Top PDF A presença de alcalóides em espécies botânicas da Amazônia. VII - Apocynaceae.

A Presença de Alcalóides em Espécies Botânicas da Amazônia - Menispermaceae.

A Presença de Alcalóides em Espécies Botânicas da Amazônia - Menispermaceae.

An Integrated System of Classification of Flowering Plamts.. Boletim do IMPA[r]

11 Ler mais

A presença de alcalóides em espécies botânicas da Amazônia. 111 - Annonaceae (1)

A presença de alcalóides em espécies botânicas da Amazônia. 111 - Annonaceae (1)

Neste trabalho, focalizaremos a família Annonaceae e nos subseqüentes as demais famílias onde fo- ram observados resultados positivos, objeti- vando estabelecer o con[r]

10 Ler mais

VANDERLEA BARRETO DO AMARAL OS LIMITES DA IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO REFORÇO ESCOLAR NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DA REGIONAL METROPOLITANA VII DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

VANDERLEA BARRETO DO AMARAL OS LIMITES DA IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO REFORÇO ESCOLAR NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DA REGIONAL METROPOLITANA VII DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

This research looked for evaluate the limits of the Academic Reinforcement Program implementation, created by State Secretariat of Education of Rio de Janeiro State, in 2012 June, in Metropolitan Regional VII schools. The work aims to identify and analyze the existence of problems in program implementation, besides verify the causes of non-joining or partial joining of schools that not developed it. This project aims to reduce the taxes of failure in Mathematics and English Language in high school, and assists in elevating results in large-scale reviews as SAERJ, SAERJINHO, SAEB and PROVA BRASIL. For data collection, a questionnaire was applied to teachers and managers in two schools of studied Regional, one that joined the project and other that don’t developed any action of Scholar Reinforce. In analysis was investigated the external and internal school factors that hindered the schools joining. From these factors, presents an Educational Action Plan (PAE), proposing divulgation strategies of project, besides reinforce the idea of effective parental involvement of scholar life of students. It suggests the improvement of the project methodology and raise questions about structure of schools involved in the process.
Mostrar mais

129 Ler mais

Ecologia e comportamento do Bugio-Ruivo (Alouatta guariba clamitans Cabrera, 1940) em fragmentos florestais na depressão central do Rio Grande do Sul, Brasil

Ecologia e comportamento do Bugio-Ruivo (Alouatta guariba clamitans Cabrera, 1940) em fragmentos florestais na depressão central do Rio Grande do Sul, Brasil

As características do hábitat foram avaliadas em dois níveis. Em nível de paisagem foram medidos a área do fragmento, a distância do fragmento mais próximo (DFP) e a distância média de todos os fragmentos do entorno num raio de 1.000 m (DMI), obtidas a partir de uma imagem de satélite (LANDSAT 5 TM), processadas no software CartaLinx 1.1. Em nível de fragmento foram avaliadas a altura média da vegetação, a densidade total de árvores, o diâmetro à altura do peito (DAP) médio, a densidade de árvores mortas, a riqueza e a diversidade de espécies e a importância das espécies fontes de alimento na comunidade. As O estudo fitossociológico foi realizado através do método de quadrantes (Cottam e Curtis, 1956; Martins, 1993), com pontos amostrais distantes 20 m entre si e dispostos em transecções paralelas. O número de pontos amostrados variou entre os fragmentos, de acordo com o necessário para atingir a suficiência amostral (estimada visualmente). A importância das diferentes espécies na comunidade foi expressa através do índice de valor de importância (IVI), obtido pela soma dos valores de freqüência, densidade e dominância relativas (Martins, 1993). Para analisar as relações entre a importância das fontes alimentares e as características das populações de bugios empregou-se um índice denominado IVI 18 . Esse foi composto
Mostrar mais

145 Ler mais

Plantas cultivadas com potencial para meliponicultura em agroecossistema orgânico na região serrana do Estado do Espírito Santo/  Plants cultivated with potential for meliponiculture in organic agroecosystem in the mountainous region of Espírito Santo Sta

Plantas cultivadas com potencial para meliponicultura em agroecossistema orgânico na região serrana do Estado do Espírito Santo/ Plants cultivated with potential for meliponiculture in organic agroecosystem in the mountainous region of Espírito Santo State

Algumas espécies de plantas cultivadas, podem ser menos visitadas durante o período floral, caracterizando maior ou menor importância para a coleta de pólen e/ou néctar, ou seja, se tiver duas ou mais espécies de plantas cultivadas no mesmo período floral, as abelhas farão a escolha pela espécie de maior potencial polinífero ou nectarífero. Cabe ainda ressaltar que existem espécies cultivadas que tem seu período floral nas ocasiões de estiagem prolongadas, invernos rigorosos, bem como outros fatores que podem influenciar nas aparições das floradas normais de época, surgindo então a demanda por estes recursos naturais essenciais para vida das abelhas.
Mostrar mais

11 Ler mais

Plantas apícolas de importância para Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae) em fragmento de cerrado em Itirapina, SP.

Plantas apícolas de importância para Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae) em fragmento de cerrado em Itirapina, SP.

RESUMO - O presente trabalho teve como objetivos conhecer a composição da fl ora apícola de um fragmento de cerrado da Estação Experimental de Itirapina, unidade da Divisão de Florestas e Estações Experimentais do Instituto Florestal, no município de Itirapina, SP (22º14’S e 47º49’W). O espectro polínico do mel produzido e do pólen coletado por Apis mellifera L. foram determinandos no local. Essas informações contribuem para o conhecimento do potencial de exploração da apicultura em áreas remanescentes de cerrado, como alternativa para o desenvolvimento sustentável. As plantas em fl orescimento foram coletadas quinzenalmente de dezembro de 2004 a novembro de 2005, ao longo de uma trilha com 3 km de extensão. As amostras de cargas de pólen foram coletadas quinzenalmente de fevereiro a novembro de 2005; e as amostras de mel, mensalmente de fevereiro a outubro do mesmo ano, em cinco colméias de A. mellifera instaladas numa mesma área. A fl ora local foi representada por 82 espécies pertencentes a 59 gêneros e 30 famílias, sendo 3,7% representadas no mel e 6,1% nas cargas de pólen. Asteraceae, Bignoniaceae, Malpighiaceae e Myrtaceae foram as famílias mais representativas. PALAVRAS-CHAVE: Espectro polínico, fonte de alimento, fl ora apícola
Mostrar mais

9 Ler mais

VAGNO DOS SANTOS RAMOS A IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO AVANÇAR EM UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL DE MANAUS - AMAZONAS

VAGNO DOS SANTOS RAMOS A IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO AVANÇAR EM UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL DE MANAUS - AMAZONAS

A opinião dos alunos que frequentam o PA sobre a implementação do Programa de Correção de Fluxo Escolar é de extrema importância, visto serem eles os protagonistas das ações[r]

144 Ler mais

Sobre a consistência lógica da lei tendencial da queda da taxa de lucro de Marx — Outubro Revista

Sobre a consistência lógica da lei tendencial da queda da taxa de lucro de Marx — Outubro Revista

A resposta de Laibman à Kliman and Freeman contém uma proposição crucial: “O teorema de Okishio pode ser posto desta forma: se uma mudança técnica viável é feita e a taxa real[r]

35 Ler mais

Presença européia na Amazônia

Presença européia na Amazônia

A Amazônia constituía-se num grande problema para a metrópole portuguesa, no que dizia respeito à sua proteção. O constante perigo de invasões estrangeiras (espanhóis, franceses e holandeses) tornava imperiosa para sua conquista a ocupação. O contexto internacional fazia urgente a imediata demarcação das fronteiras estabelecidas pelo Tratado de Madri, e na região norte das terras recém-descobertas pelos portugueses a presença de colonos constituía-se insignificante, a uns poucos degredados.

6 Ler mais

Causas do Desmatamento da Amazônia Brasileira

Causas do Desmatamento da Amazônia Brasileira

de forma ilegal, seguida da utilização em atividades agropecuárias. Estas vantagens comparativas se oriundam da abundância relativa de terras agricultáveis e das favoráveis condições climáticas. A introdução e expansão da atividade agropecuária (e de outras atividades econômicas) por sua vez demanda e estimula as migrações e a maior presença do governo, com o estabelecimento dos serviços básicos e da infraestrutura, incluindo a de transportes, que por sua vez também implica o aumento da lucratividade da agropecuária, reforçando a competitividade da região. No longo prazo, contudo, o fator fundamental para a sustentação econômica das atividades agropecuárias foi, e deverá ser, a adaptação de tecnologias para as condições geo-ecológicas específicas da região, em boa medida financiada pelo governo. Esse processo tem ocorrido sobretudo no cultivo da soja e na exploração pecuária ao longo das duas últimas décadas. Os objetivos geopolíticos de soberania do território e controle do potencial econômico dos recursos naturais da região complementaram os objetivos econômicos estritamente privados da ocupação e desmatamento da região. Além da busca pelo acesso aos mercados dos países vizinhos e pelo acesso rodoviário ao oceano Pacífico, os interesses geopolíticos são legitimados pela extensa fronteira política com 8 países sul americanos, gerando portanto a necessidade de monitoramento e proteção militar, sobretudo tendo-se em conta que alguns desses países são elos cruciais na rota do tráfico internacional de drogas.
Mostrar mais

101 Ler mais

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Pesquisadores como Fernando Abrucio (2009), na pesquisa Práticas Comuns dos Diretores Eficazes, promovida pela Fundação Victor Civita, reconhecem a capacitação profis[r]

93 Ler mais

Isolamento e avaliação da atividade biológica dos alcalóides majoritários de Tabernaemontana angulata Mart. ex Müll. Arg., Apocynaceae.

Isolamento e avaliação da atividade biológica dos alcalóides majoritários de Tabernaemontana angulata Mart. ex Müll. Arg., Apocynaceae.

A im de se otimizar a obtenção de alcalóides, optou-se por obter uma única fração de alcalóides totais. Para isso, a 30 g de EB, foram adicionados 300 mL de ácido clorídrico 1% e aquecidos em chapa por 10 min. Após esfriar, a suspensão foi iltrada em papel de iltro. O iltrado foi alcalinizado com solução de amônia (10%) até pH 10, e extraído com clorofórmio até reação negativa com reagente de Dragendorff. As porções de clorofórmio obtidas foram reunidas, evaporadas obtendo-se 2,05 g de alcalóides totais (AT). Foi realizada a cromatograia em camada delgada preparativa (CCDP) para se isolar os dois componentes majoritários. Para isso, gel de sílica 60 GF 254 (Merck) foi adicionada a suportes de vidro medindo
Mostrar mais

6 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA PRISCILA SOARES LIMA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA PRISCILA SOARES LIMA

Essa experiência de tempo integral em escolas rurais pode servir como uma referência para o estado do Amazonas, no que concerne ao contexto do estado, que possui diversidade cultural bastante expressiva, havendo grande demanda de formação para as especificidades culturais da parcela populacional ribeirinha e indígena, que poderiam ser atendidas em maior escala pela modalidade de escolas de educação integral no estado. Vale ressaltar que há no Amazonas escolas integrais em vários municípios, além da capital, entretanto, essas escolas se localizam em áreas urbanas dos municípios. Dessa forma, geralmente as escolas localizadas em comunidades indígenas ou ribeirinhas afastadas das áreas urbanas possuem apenas escolas de regime regular, que funcionam com horário matutino, intermediário e vespertino, e muitas vezes possuem turmas multisseriadas, conforme apresentado por Ferraz (2010) no seu estudo sobre o cotidiano de uma escola rural na Amazônia.
Mostrar mais

198 Ler mais

Referências técnicas para atuação de psicólogas(os) em Programas de Atenção à Mulher em situação de Violência [2013] - CREPOP CREPOP

Referências técnicas para atuação de psicólogas(os) em Programas de Atenção à Mulher em situação de Violência [2013] - CREPOP CREPOP

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) apresenta à categoria e à sociedade em geral o documento de Referências Técnicas para a Prática de Psicólogas(os) em Programas de atenção à mulhe[r]

120 Ler mais

Sérgio Roberto Moraes Corrêa Doutorando em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Campina Grande (PPGCS-UFCG) Professor do Deptº. de Educação Especializada da Universidade do Estado do Pará E-mail: s

Sérgio Roberto Moraes Corrêa Doutorando em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Campina Grande (PPGCS-UFCG) Professor do Deptº. de Educação Especializada da Universidade do Estado do Pará E-mail: s

Conforme apresentado no início desse artigo, a Amazônia é a expressão de um grande contraste e paradoxo, posto que possuí riquezas naturais diversas e abundantes e ao mesmo tempo abriga em seu território um dos maiores bolsões de pobreza e de exclusão social, que se expressa, dentre outras formas, através da parca produção interna de ciência e tecnologia, restrita aos ditames do mercado, que orientam fortemente o pensar, o agir, o sentir e a construção do ser amazônico. Essa situação, fomentada pelo proselitismo e arrogância da ciência euro/nortecêntrica, historicamente tem conformado e legitimado um processo de (neo)colonização, que por meio da produção/difusão do conhecimento hegemônico, tem deslegitimado os saberes e as culturas locais da região. Nesse processo, as escolas vêm assumindo sua função, em grande medida, alheia ao debate da ciência, tecnologia e inovação na Amazônia e no mundo.
Mostrar mais

27 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd- CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd- CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

O presente trabalho busca identificar as dificuldades e os desafios frequentes apontados pelos gestores como possíveis obstáculos para a autuação dos processos de prestação de contas dos recursos estaduais, de merenda e de manutenção, e que podem acabar sendo fator determinante da causa da inadimplência da Unidade Escolar. Ainda que, a Resolução SEEDUC nº 3630/2007 oriente quanto ao dispositivo de como elaborar a prestação de contas e de que maneira os recursos podem ser executados, alguns gestores apresentam dificuldades em cumprir, dentro do prazo determinado, o que lhe é confiado e exigido. Para a coleta dos dados, foi aplicado um questionário aos gestores das UEs localizadas em quatro municípios do Estado do Rio de Janeiro, a saber, Belford Roxo, Mesquita, Nilópolis e São João de Meriti, que fazem parte da Regional Metropolitana VII. Este trabalho foi elaborado a partir de um estudo de caso, a metodologia utilizada foi qualitativa, e, como principal aporte teórico utilizou-se os estudos de Heloísa Lück. Os dados coletados apontaram para três principais dificuldades de acordo com a percepção dos gestores respondentes: carência de pessoal, dificuldade em cumprir os prazos determinados pela SEEDUC/RJ e falta de tempo para se dedicar à prestação de contas. A partir dos resultados, apresenta-se um Plano de Ação cujas proposições sugerem ações palpáveis que contribuam positivamente para que o gestor possa cumprir com as exigências da Secretaria de Educação, evitando possíveis punições em decorrência do não cumprimento dos prazos. Tais proposições estão voltadas para a capacitação dos gestores, compartilhamento de experiências, busca de soluções em grupo para os obstáculos apresentados e auxilio para dirimir as dificuldades ainda apresentadas por esses gestores.
Mostrar mais

111 Ler mais

Bases florísticas para construção de trilha interpretativa e programas de Educação Ambiental na empresa Radio Hotel (SERRA NEGRA, SP)

Bases florísticas para construção de trilha interpretativa e programas de Educação Ambiental na empresa Radio Hotel (SERRA NEGRA, SP)

É notável o predomínio de espécies arbustivo-arbóreas ocorrentes nesta área de remanescente florestal, que além de servirem de abrigo e fornecerem alimento para a fauna ali presente, ainda estão localizadas próximas aos locais de importância cultural e histórica no interior do Radio Hotel Resort & Convention, tais como próximas as primeiras caixas d`água do hotel e também sendo o único percurso que permite o acesso, percorrendo a área da propriedade interna do hotel, entre a área construída para hospedagem e a área em que são oferecidas atividades de esportes e opções de lazer. Assim, estas espécies botânicas foram objeto de estudo, por agregarem alto valor a interpretação ambiental no percurso da trilha.
Mostrar mais

15 Ler mais

A GESTÃO DO PROJETO PROFESSOR DIRETOR DE TURMA: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL JÚLIO FRANÇA EM BELA CRUZ (CE)

A GESTÃO DO PROJETO PROFESSOR DIRETOR DE TURMA: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL JÚLIO FRANÇA EM BELA CRUZ (CE)

A presente dissertação tem como objetivo a análise da gestão do Projeto Professor Diretor de Turma na EEEP Júlio França, município de Bela Cruz, CE. Esse projeto foi implementado na Rede Estadual de Ensino do Ceará no ano de 2008, como projeto piloto em 25 Escolas Estaduais de Educação Profissional, para oferecer uma nova dinâmica ao trabalho de sala de aula, com a presença de um novo personagem, intitulado Diretor de Turma. A função desse professor é mediar os processos de ensino e de aprendizagem entre alunos e demais professores da respectiva turma, de forma a tornar o ambiente da sala um espaço favorável à aprendizagem pelo fomento de novas atitudes entre professores, alunos e família. Em 2010, esse projeto foi expandido para as escolas regulares, atingindo 92% delas em 2013, nas turmas de ensino médio. As ações do Projeto Professor Diretor de Turma buscam compreender o aluno da escola pública na sua individualidade, numa perspectiva de desmassificação que, pelo desenvolvimento de um trabalho cooperativo, levem os professores a conhecer a realidade e as dificuldades desses alunos e apoiá-los na superação desses desafios. O referencial teórico para apoiar as discussões acerca do desafio da escolarização dos jovens das camadas populares, que é o aluno típico do ensino médio público, foi baseado em Lopes (2005), Peregrino (2011), Burgos (2012), Cury (2008) e Fanfani (2000). A metodologia da pesquisa compreendeu análise documental, entrevistas, questionários e observação não participante. Os resultados da pesquisa mostraram que o Projeto Professor Diretor de Turma na EEEP Júlio França, vem-se consolidando como uma experiência de sucesso, com um envolvimento muito ativo do diretor, dos coordenadores e dos professores que concorrem para que o projeto aconteça da melhor forma possível, tendo o reconhecimento dos seus efeitos positivos na vida pessoal e acadêmica dos alunos. Mesmo assim, foram detectados aspectos que demandam ajustes nas atividades do projeto na escola, sendo proposto um Plano de Ação Educacional no Capítulo 3. Esse plano traz também sugestões de melhoria para a Coordenação Regional e Estadual, relativas à estrutura, à operacionalização e à gestão a fim de que Projeto Professor Diretor de Turma se consolide como uma Política Educacional sustentável.
Mostrar mais

169 Ler mais

Pyrrolizidine alkaloids from Senecio species.

Pyrrolizidine alkaloids from Senecio species.

As diferentes espécies animais apresentam suscetibilidades variáveis frente aos APs, na dependência do tipo de metabolismo enzimático destes no microssoma hepático. A produção do núcleo pirrólico em baixas quantidades e as altas taxas de conjugação com a glutationa parecem ser as razões para a maior resistência de ove- lhas e hamsters à toxicidade destes alcalóides 54 . A ingestão crônica

7 Ler mais

Show all 10000 documents...