Top PDF A Presença de Alcalóides em Espécies Botânicas da Amazônia - Menispermaceae.

A Presença de Alcalóides em Espécies Botânicas da Amazônia - Menispermaceae.

A Presença de Alcalóides em Espécies Botânicas da Amazônia - Menispermaceae.

An Integrated System of Classification of Flowering Plamts.. Boletim do IMPA[r]

11 Ler mais

A presença de alcalóides em espécies botânicas da Amazônia. 111 - Annonaceae (1)

A presença de alcalóides em espécies botânicas da Amazônia. 111 - Annonaceae (1)

Neste trabalho, focalizaremos a família Annonaceae e nos subseqüentes as demais famílias onde fo- ram observados resultados positivos, objeti- vando estabelecer o con[r]

10 Ler mais

Plantas apícolas de importância para Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae) em fragmento de cerrado em Itirapina, SP.

Plantas apícolas de importância para Apis mellifera L. (Hymenoptera: Apidae) em fragmento de cerrado em Itirapina, SP.

Eucalyptus e Pinus, e plantios comerciais de Citrus. Segundo a classifi cação de fi tofi sionomias de cerrado de Ribeiro & Walter (1998), a área do Valério pode ser classifi cada como cerradão, caracterizando-se por apresentar fl ora com elementos do cerrado sensu strictu e da mata, com cobertura arbórea de 50-60%. O extrato arbóreo é composto por in- divíduos tortuosos e eretos, contendo poucas espécies com caducifolia na estação da seca e alturas médias de 8 m a 15m. Levantamento da fl ora apícola. Durante o período de um ano (dezembro/2004 a novembro/2005) foram coletados ramos com fl ores das plantas para preparação de exsicatas e confecção do laminário de referência de pólen. As coletas foram realizadas quinzenalmente ao longo de uma trilha pré-determinada com cerca de 3000 m de extensão, seguindo método baseado em Sakagami et al. (1967). Dessa forma, foram consideradas como componentes da fl ora apícola da área em estudo, as plantas cujos grãos de pólen foram constatados nas amostras de mel coletadas nas colméias e/ou nas cargas de pólen coletadas diretamente das corbículas das campeiras de A. mellifera. As exsicatas após a identifi cação realizada pelo Laboratório de Sistemática Vegetal da ESALQ foram depositadas no Laboratório de Insetos Úteis. Coleta de amostras de mel e de cargas de pólen. Para coleta das amostras de mel e de cargas de pólen foram utilizadas cinco colônias de A. mellifera L. habitando caixas racionais tipo Langstroth. As colônias foram mantidas dentro da área de estudo e avaliadas durante o período de fevereiro a novembro de 2005.
Mostrar mais

9 Ler mais

Pyrrolizidine alkaloids from Senecio species.

Pyrrolizidine alkaloids from Senecio species.

As diferentes espécies animais apresentam suscetibilidades variáveis frente aos APs, na dependência do tipo de metabolismo enzimático destes no microssoma hepático. A produção do núcleo pirrólico em baixas quantidades e as altas taxas de conjugação com a glutationa parecem ser as razões para a maior resistência de ove- lhas e hamsters à toxicidade destes alcalóides 54 . A ingestão crônica

7 Ler mais

Strychnos L. da América do Sul e Central

Strychnos L. da América do Sul e Central

O gênero Strychnos é constituído por 150 espécies, que ocorrem no mundo inteiro, especialmente nas Américas do Sul e Central, na África, na Ásia e na Austrália (Aimi et al., 1989). A grande maioria destas espécies ocorre na forma de cipós ou arbustos de pequeno porte (Lorenzi, 1998). Apenas S. pseudoquina, uma espécie nativa da América do Sul, se apresenta como uma árvore de médio porte, tendo a sua altura variando de 3 a 5 m de altura (Lorenzi, 1998).

12 Ler mais

Ecologia e comportamento do Bugio-Ruivo (Alouatta guariba clamitans Cabrera, 1940) em fragmentos florestais na depressão central do Rio Grande do Sul, Brasil

Ecologia e comportamento do Bugio-Ruivo (Alouatta guariba clamitans Cabrera, 1940) em fragmentos florestais na depressão central do Rio Grande do Sul, Brasil

O bugio-ruivo, Alouatta guariba clamitans, é uma espécie dependente das florestas, embora possa eventualmente deslocar-se por curtas distâncias em áreas abertas (Galetti et al., 1987). Essa espécie se encontra sob ameaça (Vulnerável) no estado do Rio Grande do Sul devido, principalmente, à destruição e à fragmentação de seus hábitats (Marques, 2004). Sua conservação, portanto, depende criticamente de uma melhor compreensão dos fatores que determinam sua permanência ou extinção em paisagens fragmentadas. Dessa forma, esse estudo teve como objetivo analisar aspectos da ecologia (demografia, ecologia de paisagem) e do comportamento de Alouatta guariba clamitans em fragmentos de floresta estacional decidual, localizados no município de Santa Maria, RS, Brasil. Representa o primeiro estudo dessa natureza que compara populações de A. g. clamitans em um grande número de fragmentos florestais de diferentes tamanhos em uma mesma região, portanto, minimizando as diferenças entre localidades quanto a fatores não mensurados (produtividade do hábitat, grau de impacto antrópico, composição da comunidade de predadores e coexistência com outras espécies de primatas, por exemplo).
Mostrar mais

145 Ler mais

Plantas cultivadas com potencial para meliponicultura em agroecossistema orgânico na região serrana do Estado do Espírito Santo/  Plants cultivated with potential for meliponiculture in organic agroecosystem in the mountainous region of Espírito Santo Sta

Plantas cultivadas com potencial para meliponicultura em agroecossistema orgânico na região serrana do Estado do Espírito Santo/ Plants cultivated with potential for meliponiculture in organic agroecosystem in the mountainous region of Espírito Santo State

Algumas espécies de plantas cultivadas, podem ser menos visitadas durante o período floral, caracterizando maior ou menor importância para a coleta de pólen e/ou néctar, ou seja, se tiver duas ou mais espécies de plantas cultivadas no mesmo período floral, as abelhas farão a escolha pela espécie de maior potencial polinífero ou nectarífero. Cabe ainda ressaltar que existem espécies cultivadas que tem seu período floral nas ocasiões de estiagem prolongadas, invernos rigorosos, bem como outros fatores que podem influenciar nas aparições das floradas normais de época, surgindo então a demanda por estes recursos naturais essenciais para vida das abelhas.
Mostrar mais

11 Ler mais

VAGNO DOS SANTOS RAMOS A IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO AVANÇAR EM UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL DE MANAUS - AMAZONAS

VAGNO DOS SANTOS RAMOS A IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO AVANÇAR EM UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL DE MANAUS - AMAZONAS

A opinião dos alunos que frequentam o PA sobre a implementação do Programa de Correção de Fluxo Escolar é de extrema importância, visto serem eles os protagonistas das ações[r]

144 Ler mais

Sobre a consistência lógica da lei tendencial da queda da taxa de lucro de Marx — Outubro Revista

Sobre a consistência lógica da lei tendencial da queda da taxa de lucro de Marx — Outubro Revista

A resposta de Laibman à Kliman and Freeman contém uma proposição crucial: “O teorema de Okishio pode ser posto desta forma: se uma mudança técnica viável é feita e a taxa real[r]

35 Ler mais

Presença européia na Amazônia

Presença européia na Amazônia

A Amazônia constituía-se num grande problema para a metrópole portuguesa, no que dizia respeito à sua proteção. O constante perigo de invasões estrangeiras (espanhóis, franceses e holandeses) tornava imperiosa para sua conquista a ocupação. O contexto internacional fazia urgente a imediata demarcação das fronteiras estabelecidas pelo Tratado de Madri, e na região norte das terras recém-descobertas pelos portugueses a presença de colonos constituía-se insignificante, a uns poucos degredados.

6 Ler mais

A GESTÃO DO PROJETO PROFESSOR DIRETOR DE TURMA: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL JÚLIO FRANÇA EM BELA CRUZ (CE)

A GESTÃO DO PROJETO PROFESSOR DIRETOR DE TURMA: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL JÚLIO FRANÇA EM BELA CRUZ (CE)

A presente dissertação tem como objetivo a análise da gestão do Projeto Professor Diretor de Turma na EEEP Júlio França, município de Bela Cruz, CE. Esse projeto foi implementado na Rede Estadual de Ensino do Ceará no ano de 2008, como projeto piloto em 25 Escolas Estaduais de Educação Profissional, para oferecer uma nova dinâmica ao trabalho de sala de aula, com a presença de um novo personagem, intitulado Diretor de Turma. A função desse professor é mediar os processos de ensino e de aprendizagem entre alunos e demais professores da respectiva turma, de forma a tornar o ambiente da sala um espaço favorável à aprendizagem pelo fomento de novas atitudes entre professores, alunos e família. Em 2010, esse projeto foi expandido para as escolas regulares, atingindo 92% delas em 2013, nas turmas de ensino médio. As ações do Projeto Professor Diretor de Turma buscam compreender o aluno da escola pública na sua individualidade, numa perspectiva de desmassificação que, pelo desenvolvimento de um trabalho cooperativo, levem os professores a conhecer a realidade e as dificuldades desses alunos e apoiá-los na superação desses desafios. O referencial teórico para apoiar as discussões acerca do desafio da escolarização dos jovens das camadas populares, que é o aluno típico do ensino médio público, foi baseado em Lopes (2005), Peregrino (2011), Burgos (2012), Cury (2008) e Fanfani (2000). A metodologia da pesquisa compreendeu análise documental, entrevistas, questionários e observação não participante. Os resultados da pesquisa mostraram que o Projeto Professor Diretor de Turma na EEEP Júlio França, vem-se consolidando como uma experiência de sucesso, com um envolvimento muito ativo do diretor, dos coordenadores e dos professores que concorrem para que o projeto aconteça da melhor forma possível, tendo o reconhecimento dos seus efeitos positivos na vida pessoal e acadêmica dos alunos. Mesmo assim, foram detectados aspectos que demandam ajustes nas atividades do projeto na escola, sendo proposto um Plano de Ação Educacional no Capítulo 3. Esse plano traz também sugestões de melhoria para a Coordenação Regional e Estadual, relativas à estrutura, à operacionalização e à gestão a fim de que Projeto Professor Diretor de Turma se consolide como uma Política Educacional sustentável.
Mostrar mais

169 Ler mais

Sérgio Roberto Moraes Corrêa Doutorando em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Campina Grande (PPGCS-UFCG) Professor do Deptº. de Educação Especializada da Universidade do Estado do Pará E-mail: s

Sérgio Roberto Moraes Corrêa Doutorando em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Campina Grande (PPGCS-UFCG) Professor do Deptº. de Educação Especializada da Universidade do Estado do Pará E-mail: s

De fato, ainda no início de século XXI, segundo Francisco Oliveira (2005), são essas complexidades evidenciadas, que envolvem a grandeza e a abundância com que a natureza dotou essa região, que fazem com que a Amazônia continue sendo importante tema de debates em escala nacional e mundial, onde a modernidade, expressa por uma Zona Franca de Manaus, contrasta com a presença de civilizações indígenas (em geral, violentadas); com a grilagem dos maiores latifúndios que a história da humanidade já presenciou; com a luta – muitas vezes mortal – dos posseiros, colonos e retirantes pela terra; com a beleza das matas e a sua destruição criminosa; com a guerra entre as empresas de mineração e os garimpeiros, indígenas, quilombolas. A história desses contrastes marca profundamente a formação territorial da Amazônia e eles têm entre si um elo comum: a rapidez com que os grupos econômicos se apoderam das riquezas naturais dessa imensa região (Idem, p. 60-61)
Mostrar mais

27 Ler mais

Atividade biológica e alcalóides indólicos do gênero Aspidosperma (Apocynaceae): uma revisão.

Atividade biológica e alcalóides indólicos do gênero Aspidosperma (Apocynaceae): uma revisão.

A. excelsum (sapopema) é uma espécie com grandes aplicações na medicina popular. No Peru é utilizada por Índios Shipibo-Conibo, para o tratamento da hepatite e malária, e por outros nativos como afrodisíaco, vasodilatador, antiséptico, antimicrobiano, cicatrizante, aumento da pressão sanguínea e bronquite. No Brasil, é utilizada como carminativa, estomáquica, contra bronquite, inflamação, febre, diabetes, câncer e malária (Mejia & Rengifo, 2000; Perez, 2002). Apesar das várias indicações terapêuticas e de sua grande aplicação como poderoso agente antimalárico (Perez, 2002) poucas pesquisas biológicas têm sido conduzidas com esta espécie. Os dados que provavelmente sustentam estas indicações etnofarmacológicas, em especial a atividade antimalárica, que é comum nas espécies do gênero, é a presença do conteúdo alcaloidal, da qual são conhecidos cerca de 18 alcalóides indólicos,
Mostrar mais

8 Ler mais

ROSÂNGELO FERNANDES DE ASSIS ESTRATÉGIAS DA GESTÃO ESCOLAR DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA: UMA ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DO PROERD EM UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA ESTADUAL DO AMAZONAS

ROSÂNGELO FERNANDES DE ASSIS ESTRATÉGIAS DA GESTÃO ESCOLAR DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA: UMA ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DO PROERD EM UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA ESTADUAL DO AMAZONAS

De fato, a presença do policial na escola, embora seja importante na proteção e segurança, dentro ou nas imediações da mesma, precisa de uma maior reflexão, analisando com cuidado os seus prós e contras. A relação com os educadores e educandos, por exemplo, precisa ser bem esclarecida, pois, além de desempenharem funções específicas de polícia, também se espera que os policiais participem do processo pedagógico da escola, aconselhando, orientando e alertando os alunos sobre as consequências de práticas ilícitas. Mas, será essa a função da polícia? E a escola? Qual o seu papel no processo? Estamos diante de um novo modelo educacional?
Mostrar mais

78 Ler mais

Cará Moela (Dioascorea bulbifera): estudo fisíco-quìmico e avaliação fitoquímica / Cará Moela (Dioascorea bulbifera): physical-chemical study and phytochemical evaluation

Cará Moela (Dioascorea bulbifera): estudo fisíco-quìmico e avaliação fitoquímica / Cará Moela (Dioascorea bulbifera): physical-chemical study and phytochemical evaluation

As plantas produzem uma larga e diversa ordem de componentes orgânicos divididos em metabólitos primários e secundários. Os metabólitos primários possuem função estrutural, plástica e de armazenamento de energia. Os metabólitos secundários, produtos secundários ou produtos naturais, aparentemente não possuem relação com crescimento e desenvolvimento da planta (TAIZ e ZEIGER, 2006). Metabólitos secundários nas plantas podem ser divididos em três grupos distintos quimicamente: terpenos, compostos fenólicos e componentes contendo nitrogênio, os alcalóides (SHAHIDI, 1997).
Mostrar mais

9 Ler mais

POSSÍVEIS ESTRATÉGIAS PARA A REDUÇÃO DA REPROVAÇÃO EM UMA ESCOLA PÚBLICA DO RIO DE JANEIRO

POSSÍVEIS ESTRATÉGIAS PARA A REDUÇÃO DA REPROVAÇÃO EM UMA ESCOLA PÚBLICA DO RIO DE JANEIRO

A sexta e última ação, é a proposta de criação de um Grêmio Estudantil, que será desdobrada em vários momentos, desde a criação do Grêmio à avaliação das propostas apresentadas. A proposta é desenvolver no jovem o protagonismo, o acompanhamento das ações desenvolvidas na escola. O processo de responsabilização envolve o aluno, portanto, é preciso dar voz e vez a ele nas decisões tomadas no dia a dia da escola. A coordenadora pedagógica, como responsável pela ação, conversará com os alunos sobre a ideia e fará a eleição dos membros do Grêmio. Cada ano acontecerá uma nova eleição, novos grupos. Os membros do Grupo se reunirão 1 vez ao mês e a reunião contará com a presença do coordenador pedagógico, um diretor e os representantes de turma. A reunião será registrada em um livro ata e, nela serão discutidas aspectos gerais da escola (pedagógico e administrativo). Algumas de suas atribuições são: Congregar o corpo discente da referida escola; Defender os interesses individuais e coletivos de todos os alunos da escola; Reunir-se com representantes de turma para discussão de aspectos pedagógicos e administrativos, além de outras.
Mostrar mais

137 Ler mais

Produção de metabólitos secundários em cultura de células e tecidos de plantas: o exemplo dos gêneros Tabernaemontana e Aspidosperma.

Produção de metabólitos secundários em cultura de células e tecidos de plantas: o exemplo dos gêneros Tabernaemontana e Aspidosperma.

As espécies do gênero Aspidosperma, família Apocynaceae também biossintetizam alcalóides indólicos com inúmeras aplicações farmacológicas, tais como aspidospermina (10) (diurético, hipotensivo, estimulante respiratório) (Farnsworth et al., 1973), olivacina (11) (anticancerígeno) (Guilbaud et al., 1996), ioimbina (12) (bloqueador alfa-adrenérgico). Por tratar-se de espécies silvestres produtoras de madeiras nobres de grande durabilidade, as espécies deste gênero estão sob risco de extinção. A espécie Aspidosperma ramifl orum, por exemplo, está seriamente ameaçada de extinção. Estas espécies possuem diversos compostos com interesse farmacológico, e pesquisas em nosso laboratório mostraram que a espécie possui uma marcada atividade antileishmania e antimicrobiana contra bactérias Gram positivas (Ferreira et al., 2004, Tanaka et al., 2006, Tanaka et al., 2007) (Figura 2 e 5).
Mostrar mais

15 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA ALINE SANTOS DE ALMEIDA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA ALINE SANTOS DE ALMEIDA

O “tempo necessário” para as atividades complementares foi definido no tópico “Objetivos e Metas”, no qual apresentou duas metas referentes ao eixo da jornada de trabalho, a [r]

179 Ler mais

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Pesquisadores como Fernando Abrucio (2009), na pesquisa Práticas Comuns dos Diretores Eficazes, promovida pela Fundação Victor Civita, reconhecem a capacitação profis[r]

93 Ler mais

Show all 10000 documents...