Top PDF A análise documentária na representação do conhecimento: estudo bibliométrico da produção científica

A análise documentária na representação do conhecimento: estudo bibliométrico da produção científica

A análise documentária na representação do conhecimento: estudo bibliométrico da produção científica

Estudo da produção científica sobre Análise Documentária (AD) no Brasil, focalizando o escopo e a produtividade da comunidade que se ocupa da atividade e pesquisa em AD, envolvendo aplicação de técnicas bibliométricas. Objetivos específicos: identificar os autores mais produtivos; verificar sua vinculação com entidades de ensino e pesquisa no Brasil; localizar autores e trabalhos mais citados; identificar períodos mais produtivos e seus autores; conhecer tipos de documentos mais citados; saber quais foram os idiomas dos trabalhos citados; identificar disciplinas e teorias que subsidiaram os trabalhos nesse domínio. A fundamentação teórica compreende assuntos relacionados Análise Documentária, destacando o tratamento da informação, a representação do conhecimento, as relações da AD com outras disciplinas e as tecnologias de informação e comunicação (TIC’s), aspectos terminológicos, processos envolvidos; apresenta ainda uma comparação entre os termos ‘análise documentária’ e ‘análise de assunto’ a partir de definições encontradas na literatura. Sobre a Bibliometria, destaca-se a análise de citação. A revisão de literatura apresenta uma síntese de investigações anteriores realizadas no Brasil referentes à Análise Documentária. Trata-se de uma pesquisa de caráter exploratório e descritivo, que se iniciou com o levantamento bibliográfico da produção científica no Brasil referente à Análise Documentária, nas fontes: BRAPCI (Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação); Base PERI da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais - ECI/UFMG, escolhidas para este estudo, tendo em vista que são bases importantes da área de Biblioteconomia e Ciência da Informação; artigos do ENANCIB (Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência
Mostrar mais

112 Ler mais

A pesquisa sobre patentes na Ciência da Informação: estudo bibliométrico e cientométrico da produção científica :: Brapci ::

A pesquisa sobre patentes na Ciência da Informação: estudo bibliométrico e cientométrico da produção científica :: Brapci ::

O reconhecimento do papel representado pelo conhecimento frente ao sistema de Ciência, Tecnologia & Inovação (CT&I), assim como os nuances de suas relações nos contextos de produção, representação e divulgação, assumem relevância significativa no contexto contemporâneo. A interação entre diversos componentes no processo de criação do conhecimento em CT&I resulta numa constante criação de informação e conhecimento, investimentos centrais para o aumento de aprendizado e inovação. O campo da CI parece acompanhar essa tendência. Nos últimos anos, observa-se um crescimento exponencial do número de trabalhos publicados sobre a temática de patentes, embora esteja predominantemente representada por estudos quantitativos. O aperfeiçoamento de tecnologias empregadas na análise de produção tecnológica, aliado à necessidade de políticas científicas e tecnológicas definidas à luz dos contextos locais e globais, pode explicar o interesse do campo e de seus produtores sobre os estudos de patentes.
Mostrar mais

13 Ler mais

Análise da produção científica sobre o tema “Competência Digital” no Brasil e no mundo: um estudo bibliométrico e bibliográfico

Análise da produção científica sobre o tema “Competência Digital” no Brasil e no mundo: um estudo bibliométrico e bibliográfico

A pesquisa bibliométrica e bibliográfica sobre as palavras-chave "Competência digital" e "Competências digitais" e "Digital competence" adotando a busca nas bases de dados: Biblioteca do Conhecimento online (B-on); Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP); Portal de Periódicos da CAPES; Catálogo de teses e dissertações da CAPES; Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) e Google Acadêmico (Google Scholar) resultou na criação de um banco de dados, que possibilita a ampliação da literatura e escrita dos polos da pesquisa de tese de doutoramento “Identificação de Competências Digitais para o contexto da Rede Nacional de Escolas de Governo (RNEG): uma proposta de fortalecimento do capital humano da rede”.
Mostrar mais

35 Ler mais

bibliometria temática em artigos de periódicos brasileiros :: Brapci ::

bibliometria temática em artigos de periódicos brasileiros :: Brapci ::

Resumo: Objetiva identificar a temática da produção científica na área de Organização e Representação do Conhecimento no Brasil utilizando a bibliometria temática que apresenta limites metodológicos mesmo quando realizada em bases de dados bibliográficas, devido à dispersão decorrente da variabilidade de assuntos abordados nas palavras-chaves de um conjunto de artigos de periódicos, além de ocorrerem inconsistências, uso de sinônimos, variações linguísticas, e critérios diferenciados de nivelamento do tratamento da informação pelos autores. Realizou-se estudo exploratório com 150 artigos da BRAPCI sobre Organização da Informação e temas afins, publicados entre 1996 e 2013. Através da técnica de leitura skimming foram identificados os assuntos dos artigos, usados como nós temáticos para análise métrica de similaridade. A análise exploratória dos nós identificou 756 itens e a análise de cluster trouxe como resultado um diagrama com nós por similaridade de palavras, similaridade de codificação e mapa de nós comparados por número de itens codificados que permite visualizar os temas estudados. A análise bibliométrica identificou tópicos de pesquisa na área, as correlações temáticas tratadas nos artigos, indicando relações mais ou menos fortes, que podem ser demandas sociais de pesquisa, evolução e tendências informacionais contemporâneas.
Mostrar mais

14 Ler mais

Produção científica em Retinopatia da Prematuridade: um estudo bibliométrico do fator de risco para alterações visuais

Produção científica em Retinopatia da Prematuridade: um estudo bibliométrico do fator de risco para alterações visuais

Diversos estudos vêm se utilizando da bibliometria como um recurso para análise da produção científica em várias áreas do conhecimento. Por meio do acesso à biblioteca eletrônica de periódicos científicos Scielo, verificamos que essa metodologia tem sido aplicada em vários estudos no campo da Saúde e suas sub-áreas, como por exemplo: Economia da Saúde (SAES, 2000); Saúde da Criança e do Adolescente (BLANK, 2006; GOLDANI et al, 2007), Enfermagem (SILVA, MARTINI, BECK, 2011), Nutrição (TOMÁS-CASTERÁ, SANZ-VALERO, WANDEN-BERGHE, 2010) Saúde Mental (RAZZOUK et al, 2006), Educação Física (ROSA; LETA, 2010), Oftalmologia (RAGGHIANTI et al, 2006), Saúde Pública e Saúde Coletiva (RUMMLER; SPÍNOLA, 2004) e da educação especial SAESPIZZANI, 2008; SILVA, 2004; HAYASHI, 2004; RAVELLI et al, 2009; ROSA et al, 2009).
Mostrar mais

111 Ler mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS SOB A ÓTICA DA SUSTENTABILIDADE: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO DE ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

GERENCIAMENTO DE PROJETOS SOB A ÓTICA DA SUSTENTABILIDADE: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO DE ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

O objetivo deste estudo consiste em apresentar o cenário das pesquisas na área de Sustentabilidade no Gerenciamento de Projetos (Sustainability in Project Management), na base de dados Web of Science, incluindo a caracterização da produção e dos aspectos metodológicos. O trabalho descritivo e quantitativo, de natureza bibliométrica, busca levantar as características da produção acadêmica, para tanto, foi realizada uma pesquisa bibliométrica, na qual foram investigados 3.690 artigos publicados no período de 2008 a 2018, na respectiva base de dados, objetivando ampliar o conhecimento referente às publicações relacionadas à sustentabilidade no gerenciamento de projetos. Inicialmente foi identificado o total de publicações, sendo caracterizados por suas áreas temáticas, tipos de documentos, ano das publicações, autores, agências financiadoras e instituições, países, idiomas e, por fim, foram analisados através do software vosviewer as cocitações e mapas textuais de palavras chaves. A sustentabilidade do gerenciamento de projetos nesta pesquisa apresenta-se como uma importante ferramenta para a disseminação e oportunidade de aplicação de conceitos de sustentabilidade visando tornar o projeto sustentável nas esferas econômica, social e ambiental no meio ao qual a empresa encontra-se inserida. O estudo também evidencia o tripé da sustentabilidade e a importância da interação entre seus três pilares, a necessidade de maior incentivo para que se proporcione mais pesquisas e
Mostrar mais

30 Ler mais

Produção científica brasileira sobre álcool e outras drogas: um estudo bibliométrico

Produção científica brasileira sobre álcool e outras drogas: um estudo bibliométrico

RESUMO: Trata-se de um estudo bibliométrico que visou quantificar e descrever as características da produção científica em álcool e outras drogas nas universida- des brasileiras no período de 2003 a 2012. O estudo compreendeu a busca de re- sumos de teses de doutorado e dissertações de mestrado depositadas no Banco de teses da Capes. Através da aplicação de métodos matemáticos e estatísticos sobre as fontes bibliográficas foram analisados um total de 350 resumos de teses e 739 resumos de dissertações. Todas as referências encontradas foram sistemati- zadas em planilha do software Statiscal Package Social Science, versão 15.0 de a- cordo com as seguintes variáveis: tipo de estudo (mestrado ou doutorado), ano de publicação, área de conhecimento, região geográfica e instituição de ensino superior. O presente estudo evidenciou que a maior parte da produção científica sobre a temática de álcool e outras drogas, desenvolvida no período investigado, se deu no formato de dissertações, com maior concentração de estudos na região sudeste, tradicional pólo de pesquisa científica em diversas áreas. Novas investi- gações são importantes no sentido de aprofundar a análise das produções aca- dêmicas coletadas para além dos resumos, contribuindo para uma verificação mais detalhada do perfil das pesquisas, em caráter de dissertação e tese, desen- volvidas no país.
Mostrar mais

12 Ler mais

Interfaces educação especial e fonoaudiologia: um estudo bibliométrico baseado na produção científica de dissertações e teses

Interfaces educação especial e fonoaudiologia: um estudo bibliométrico baseado na produção científica de dissertações e teses

A Fonoaudiologia e a Educação Especial estabelecem relações de proximidade por possuírem objetos de estudos semelhantes, além de que o trabalho integrado entre os profissionais maximiza possibilidades de crescimento para ambas as áreas de conhecimento. Nesta perspectiva, o objetivo geral proposto nesta pesquisa encontra-se em compreender como a Fonoaudiologia foi tomada como objeto de pesquisa na Educação Especial com base na análise da produção científica de dissertações e teses do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos (PPGEEs/UFSCar). Para tanto, mapeou-se a produção científica em Educação Especial com interface em Fonoaudiologia e identificou os principais aspectos que favorecem essa integração. As fontes de dados foram às dissertações e teses defendidas no PPGEEs/UFSCar no período de 1981 a 2005. Este Programa foi escolhido por ser o primeiro e único da área no país. Os procedimentos metodológicos para desenvolver a pesquisa envolveram os seguintes passos: a) revisão de literatura em Educação Especial e Fonoaudiologia; b) levantamento e coleta de dados das dissertações e teses em Educação Especial defendidas no PPGEES/UFSCar que possuam interface com a Fonoaudiologia; c) categorização e análise bibliométrica. Os resultados obtidos, por meio da análise bibliométrica, revelaram que 74 trabalhos analisados fazem referência à interface entre Educação Especial e a Fonoaudiologia; a deficiência auditiva foi a mais investigada; a temática focada nos trabalhos foi “Ensino-aprendizagem” e ao realizar a análise quantitativa das referências utilizadas nos trabalhos que fazem co-relação com a área de Fonoaudiologia observou-se que se encontraram indexados na Pro-fono: Revista de Atualização Científica e no Journal of Speech and Hearing Disorders; os da área de Educação Especial na Revista Brasileira de Educação Especial. Enfim, este estudo caminhou na direção de valorizar a interdisciplinaridade existente entre estas áreas de conhecimento, apontou tendências e temas emergentes que podem favorecer a atuação conjunta desses profissionais. Além disso, a dissertação pretendeu contribuir para a construção de um processo salutar de reflexão e avaliação do conhecimento produzido em Educação Especial consolidado na produção científica de teses e dissertações e sua interface com a Fonoaudiologia.
Mostrar mais

187 Ler mais

Análise bibliométrica de publicações sobre o tema Agenda 2030 na área da Ciência da Informação indexadas na Web of Science

Análise bibliométrica de publicações sobre o tema Agenda 2030 na área da Ciência da Informação indexadas na Web of Science

Este estudo descreve o comportamento bibliométrico da produção científica da área do conhecimento da Ciência da Informação sobre a temática Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável a nível mundial, indexada na Web of Science (WoS) e na Biblioteca do Conhecimento Online (b-on). A Agenda 2030, fixada na cimeira da ONU em 2015, apresenta os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) abrangendo o desenvolvimento económico, cultural, ambiental e social. Este estudo dá a conhecer o cenário global sobre a temática enunciada e revela o estado de arte da área do conhecimento da Ciência da Informação perante o tema. Apresentam-se os resultados das pesquisas desde o ano de 1986, privilegiando os anos de 2015 até 2018. Nas conclusões, refere-se que a produção científica encontra-se em processo de crescimento e acredita-se que esta tendência se mantenha. Relativamente aos assuntos e categorias, tratados nas publicações, salientam-se os temas da Sustentabilidade, ODS, Acesso à Informação, entre outros. A Agenda 2030 continua em expansão e desenvolvimento a nível internacional e admite-se que a produção científica reflita novas áreas de investigação.
Mostrar mais

12 Ler mais

Produção do conhecimento de Enfermagem sobre os anos potenciais de vida perdidos: estudo bibliométrico

Produção do conhecimento de Enfermagem sobre os anos potenciais de vida perdidos: estudo bibliométrico

Trata-se de um estudo descritivo por revisão bibliométrica. Este é um método acessível de análise quantitativa da produção científica sobre determinado assunto. A bibliometria é uma disciplina das ciências da Biblioteconomia e Informação, usualmente utilizada para medir e monitorar a produção científica. Suas aplicações são amplas em diversas áreas, como a saúde. Esse método, além de permitir a recuperação da informação, subsidia a avaliação qualitativa da atividade científica, fundamental para que o pesquisador possa acompanhar o que se produz em sua área de estudo 11 . Ainda,
Mostrar mais

13 Ler mais

Produção e colaboração científica em Organização e Representação do Conhecimento: análise bibliométrica do GT2 do ENANCIB no período de 2009 a 2014

Produção e colaboração científica em Organização e Representação do Conhecimento: análise bibliométrica do GT2 do ENANCIB no período de 2009 a 2014

Resumo: Objetivou-se caracterizar a comunidade científica brasileira em Organização e Representação do Conhecimento da Ciência da Informação, a partir da publicação de trabalhos no GT2 do ENANCIB (Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação) no período de 2009 a 2014 por meio de indicadores bibliométricos de produção e ligação. A partir dos 215 trabalhos apresentados, foram analisados os autores mais produtivos, relações de gênero entre autores, tipo de autoria, instituições mais produtivas, temáticas mais estudadas e redes de colaboração entre autores/instituições, construídas por meio dos softwares Excel e UCINET. Os resultados indicam 27 pesquisadores e 14 instituições como os mais produtivos, com destaque para a Região Sudeste. A maior parte dos trabalhos foi realizada por autores do sexo feminino e em colaboração científica, com predominância de colaboração intrainstitucional, sendo a maior rede de colaboração composta por 37 autores. Houve maior concentração nas abordagens tecnológica e epistemológica e poucos trabalhos em torno da abordagem cultural do campo da Organização e Representação do Conhecimento neste universo de pesquisa.
Mostrar mais

25 Ler mais

Representação documentária de fotografias de artes arquitetônicas: um estudo aplicado

Representação documentária de fotografias de artes arquitetônicas: um estudo aplicado

Atributos biográficos – características do autor e das circunstâncias em que o registro fotográfico foi feito. Como exemplo teríamos data, local, título, se foi publicada em algum lugar, se está sujeita a condições restritivas de uso, se foi apresentada em exposições, etc. Atributos temáticos – toda fotografia tem um tema, um argumento, um significado e representa algo. Neste sentido, a imagem possui duas facetas distintas: a primeira refere-se ao aspecto denotativo (concreto, objetivo, o que se vê na imagem?) e a segunda ao conotativo (abstrato, subjetivo, do que trata a imagem?). A análise das características denotativas pode ser realizada a partir de:
Mostrar mais

16 Ler mais

AS CIÊNCIAS HUMANAS NO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI (1988-2003): UMA EXPERIÊNCIA DE PESQUISA A PARTIR DA BIBLIOMETRIA

AS CIÊNCIAS HUMANAS NO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI (1988-2003): UMA EXPERIÊNCIA DE PESQUISA A PARTIR DA BIBLIOMETRIA

A segunda linha, que reúne um pequeno número de projetos, é Antropologia e História do Conhecimento sobre a Amazônia. A reflexão e a prática de pesquisa em Antropologia e História, voltadas ao pensamento, à ciência e às formas de expressão simbólica como a arte e as manifestações culturais dos diferentes povos, constituem um dos seus campos de investigação. Essa perspectiva tem implicações teóricas, metodológicas e práticas, iluminadas pelas observações e interpretações de documentos e fontes etnográficas na Amazônia. Desse ponto de vista, torna-se relevante focalizar os paradigmas que informam diferentes perspectivas de análise e reflexão, os métodos das ciências, análise de trajetórias, biografia, história oral e memória social, a arte e a cultura material, bem como técnicas de pesquisa como a observação participante, o distanciamento crítico, o estranhamento, a alteridade, a identidade, a diferença, entre outras. Vale salientar que, para essa linha de pesquisa, é significativa a relação entre campo científico e campo político, assim como os problemas relacionados com as consequências dos projetos de pesquisa e de intervenção, a participação e as representações sociais.
Mostrar mais

24 Ler mais

Tanise Pedron da Silva Mestre em Extensão Rural Professora do Instituto Federal de Sergipe (IFS) Professora da Faculdade do Nordeste da Bahia (FANEB) e-mail: tani_agronomiayahoo.com.br José Antônio Costabeber in memoriam Doutor em Agroecologia, Campesinat

Tanise Pedron da Silva Mestre em Extensão Rural Professora do Instituto Federal de Sergipe (IFS) Professora da Faculdade do Nordeste da Bahia (FANEB) e-mail: tani_agronomiayahoo.com.br José Antônio Costabeber in memoriam Doutor em Agroecologia, Campesinat

Quanto à delimitação do público a representar a amostra do universo de estudo, buscou-se entrevistar àqueles que mantém sua história de vida relacionada diretamente com a agropecuária, e vínculo igualmente direto com a trajetória de lutas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Este recorte pretende abarcar as famílias que se utilizam de um saber-fazer e de todo o universo de relações que são típicas do modo de vida do rural, conectadas diretamente com a produção de alimentos. Haguette (1995, p. 86) define entrevist a como “um processo de interação social entre duas pessoas, [...] e que tem por objetivo a obtenção de informações [...].” Almeida (1989, p. 114) considera a entrevista como um “instrumento excelente para pesquisa de campo”, e que “difere da simples conversa pelo fato de ser deliberadamente planejada com intenção de alcançar um objetivo específico pelo uso de técnicas adequadas ”.
Mostrar mais

19 Ler mais

AS CIÊNCIAS HUMANAS NO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI (1988-2003): UMA EXPERIÊNCIA DE PESQUISA A PARTIR DA BIBLIOMETRIA

AS CIÊNCIAS HUMANAS NO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI (1988-2003): UMA EXPERIÊNCIA DE PESQUISA A PARTIR DA BIBLIOMETRIA

A segunda linha, que reúne um pequeno número de projetos, é Antropologia e História do Conhecimento sobre a Amazônia. A reflexão e a prática de pesquisa em Antropologia e História, voltadas ao pensamento, à ciência e às formas de expressão simbólica como a arte e as manifestações culturais dos diferentes povos, constituem um dos seus campos de investigação. Essa perspectiva tem implicações teóricas, metodológicas e práticas, iluminadas pelas observações e interpretações de documentos e fontes etnográficas na Amazônia. Desse ponto de vista, torna-se relevante focalizar os paradigmas que informam diferentes perspectivas de análise e reflexão, os métodos das ciências, análise de trajetórias, biografia, história oral e memória social, a arte e a cultura material, bem como técnicas de pesquisa como a observação participante, o distanciamento crítico, o estranhamento, a alteridade, a identidade, a diferença, entre outras. Vale salientar que, para essa linha de pesquisa, é significativa a relação entre campo científico e campo político, assim como os problemas relacionados com as consequências dos projetos de pesquisa e de intervenção, a participação e as representações sociais.
Mostrar mais

24 Ler mais

A GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO: DESAFIOS, ABORDAGENS E PERSPECTIVAS DO INEP – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

A GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO: DESAFIOS, ABORDAGENS E PERSPECTIVAS DO INEP – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Na contemporaneidade, a fruição de informações e conhecimentos deixa de se restringir à interação face a face e passa a ser realizada e recuperada igualmente de forma assíncrona, como mote, aliás, para o desenvolvimento de novos e diversos gêneros textuais relacionados à interação mediada e quase interação mediada. Castells (1996; 1997; 1998) e Drucker (2004), entre outros, discorrem a respeito da sociedade da informação/conhecimento como uma forma de chamar a atenção para o elevado grau do volume e da velocidade de produção, disseminação e consumo de informações e conhecimentos. Destacamos, contudo, a necessidade de se pensar nas consequências, imediatas e futuras, do paradigma já posto, dado e pouco questionado sobre “sociedade da informação/conhecimento”. Esse paradigma, diante da própria história da humanidade, representa, a meu ver, uma afirmação que não faz jus a essa história e tampouco aos já concretizados e potenciais benefícios da era da internet. Nesse sentido, numa referência à sociedade da informação, Eriksen (2001, apud BAUMAN, 2007, p. 57), afirma que:
Mostrar mais

167 Ler mais

uma abordagem cognitiva  com protocolo bal. :: Brapci ::

uma abordagem cognitiva com protocolo bal. :: Brapci ::

Esta constatação de um desdobramento da etapa de análise de assunto por meio da identificação e seleção de conceitos confirma a visão mais complementar de autores como Cleveland & Cleveland (2001) e Lancaster (2003) na qual os indexadores atribuem termos que descrevem a necessidade do usuário e não somente do conteúdo. Para Lee & Schleyer (2012, p.1747) os indexadores analisam o conteúdo de um documento conceitualmente e decidem não somente do que trata o documento, mas também daquilo que interessa ao usuário ou a um grupo de usuários. Dessa forma, a representação vai além do conteúdo documentário e se complementa com o contexto sociocognitivo do indexador que inclui o conhecimento de vocabulários especializados de áreas de domínios utilizadas por usuários do sistema de recuperação da informação, durante representação de suas necessidades de busca e recuperação.
Mostrar mais

25 Ler mais

Classificação das áreas de conhecimento do CNPq e o campo da Enfermagem: possibilidades e limites

Classificação das áreas de conhecimento do CNPq e o campo da Enfermagem: possibilidades e limites

La clasificación de las áreas de conocimiento viene siendo objeto de discusión por parte de los gestores y administradores de C&T y por la comunidad científica en busca de instrumentos de apoyo a la sistematización de datos, principalmente para actividades de gerencia y administración. La principal tabla de áreas utilizada por el CNPq está reconocidamente desactualizada, necesitando de revisión o reclasificación. El objetivo de este artículo es contribuir para el actual debate sobre el asunto, con base en resultados previos de participación en trabajo de revisión de la referida tabla, realizado en la década de 1990, bien como de investigación en el área de la organización y representación del conocimiento en el contexto de la Ciencia de la Información. Se presenta una propuesta de reformulación del Área de Conocimiento de Enfermería y algunas reflexiones sobre las posibilidades de este proceso en curso.
Mostrar mais

6 Ler mais

PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE GESTÃO AMBIENTAL NO BRASIL: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO E DE REDES DE COAUTORIA

PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE GESTÃO AMBIENTAL NO BRASIL: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO E DE REDES DE COAUTORIA

Luna, Silva e Carvalho (2013) pesquisaram as publicações realizadas em periódicos acadêmicos nacionais, cuja temática era Gestão Ambiental, no período de 2002 a 2012. A amostra englobou os artigos científicos publicados em periódicos classificados pela Qualis/CAPES, em 2012, como A1, A2, B1 e B2 para todas as áreas, disponibilizados na base de dados SciELO e que possuíam, inseridos no título e/ou corpo de texto, o termo chave: Gestão Ambiental. Os resultados obtidos apontam evolução significativa da temática no período de 2002 a 2012; o número de publicações foi maior nos anos de 2006 e 2012, o estudo acredita que seja em virtude das aplicações e certificações do Sistema de Gestão Ambiental ISO 14000 nas indústrias, além da Conferência Rio+20, realizada no ano de 2012.
Mostrar mais

26 Ler mais

Inovação e modelos de negócio: um estudo bibliométrico da produção científica na base Web of Science.

Inovação e modelos de negócio: um estudo bibliométrico da produção científica na base Web of Science.

Resumo: Este artigo analisa as características das publicações relacionadas aos temas Inovação e Modelos de Negócios. A pesquisa foi realizada na base de dados Web of Science da ISI Web of Knowledge, procurando identificar as principais áreas temáticas, os autores, os tipos de documentos, o título das fontes, o ano das publicações, as instituições, os idiomas e países destas publicações, assim como a identificação dos “hot topics” relacionados ao tópico “Innovation and Business Models” e relacionou as publicações mais citadas com os autores que mais publicam sobre a temática pesquisada. A análise dos dados teve por base os cálculos dos índices h-b e m. De acordo com os resultados deste estudo, o número de publicações cresceu de forma significativa no período analisado, concentrando-se nos Estados Unidos, com 97% das publicações escritas no idioma inglês, e tendo como principal fonte o periódico WIT Transactions on Ecology and the Environment. Dentre os 20 tópicos combinados com os temas pesquisados, os temas Mercado, Gestão, Estratégia, P&D e Indústria apresentaram índice m ≥ 2, podendo, então, ser classificados como tópicos exclusivos com alcance não apenas na sua própria área de pesquisa. Constatou-se ainda que as dez publicações com o maior número de citações, sendo uma referência na temática pesquisada, não pertencem aos autores que mais publicam sobre o tema.
Mostrar mais

12 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados