• Nenhum resultado encontrado

[PDF] Top 20 Caracterização da resposta inflamatória nos carcinomas mamários em cadelas

Has 10000 "Caracterização da resposta inflamatória nos carcinomas mamários em cadelas" found on our website. Below are the top 20 most common "Caracterização da resposta inflamatória nos carcinomas mamários em cadelas".

Caracterização da resposta inflamatória nos carcinomas mamários em cadelas

Caracterização da resposta inflamatória nos carcinomas mamários em cadelas

... utilizando cadelas portadoras de carcinoma mamário, com o objetivo de caracterizar a resposta inflamatória associada ao tumor e realizar a imunofenotipagem dos leucócitos no sangue periférico por ... See full document

154

Cultivo primário de células oriundas de carcinomas mamários de cadelas e caracterização...

Cultivo primário de células oriundas de carcinomas mamários de cadelas e caracterização...

... em cadelas, chegando a 52% da população de fêmeas, e entre os animais afetados, 50% das neoplasias se apresentam sob a forma ...e caracterização de modelos animais para o estudo de neoplasias humanas é de ... See full document

132

Análise prognóstica da imunoexpressão de proteínas relacionadas à transição epitelial-mesenquimal nos carcinomas mamários esporádicos de cadelas

Análise prognóstica da imunoexpressão de proteínas relacionadas à transição epitelial-mesenquimal nos carcinomas mamários esporádicos de cadelas

... reação inflamatória em diversas fases e facilitam o recrutamento de células inflamatórias ao alteraram a função de quimiocinas e a biodisponibilidade de importantes citocinas pró- ... See full document

92

Caracterização imuno-histoquímica de células do infiltrado inflamatório e de citocinas pró e anti-inflamatórias nos carcinomas mamários caninos

Caracterização imuno-histoquímica de células do infiltrado inflamatório e de citocinas pró e anti-inflamatórias nos carcinomas mamários caninos

... nos carcinomas papilares e tubulares em relação ao GC, isto deve-se a maior atividade dos linfócitos e macrófagos nestes tumores, como demonstram nossos ...a resposta inflamatória, promovendo a ... See full document

69

Análise da expressão de MDR1, MRP1, MRP2 e da superfamília EGFR nos carcinomas mamários esporádicos de cadelas

Análise da expressão de MDR1, MRP1, MRP2 e da superfamília EGFR nos carcinomas mamários esporádicos de cadelas

... nos carcinomas de células escamosas orais nos seres humanos demonstrou que elas são extremamente capazes de predizer o comportamento dos tumores (XIA et ...a caracterização do papel de HER3 como um ... See full document

128

Análise da expressão de MDR1, MRP1, MRP2 e da superfamília EGFR nos carcinomas mamários esporádicos de cadelas

Análise da expressão de MDR1, MRP1, MRP2 e da superfamília EGFR nos carcinomas mamários esporádicos de cadelas

... nos carcinomas de células escamosas orais nos seres humanos demonstrou que elas são extremamente capazes de predizer o comportamento dos tumores (XIA et ...a caracterização do papel de HER3 como um ... See full document

128

Associação entre os níveis de resíduos piretróides e graus de agressividade dos carcinomas mamários espontâneos de cadelas

Associação entre os níveis de resíduos piretróides e graus de agressividade dos carcinomas mamários espontâneos de cadelas

... dos carcinomas mamários de cadelas A avaliação da expressão gênica das neoplasias de mama da mulher, geralmente utilizando técnica como o TMA, permite a identificação taxonômica de subtipos distintos ... See full document

125

Caracterização imunofenotípica dos carcinomas mamários pouco diferenciados

Caracterização imunofenotípica dos carcinomas mamários pouco diferenciados

... de resposta ao bloqueio hormonal e a resistência ao tamoxifeno (35) ...à resposta com antracíclicos; no entanto este efeito poderia ser secundário a co-amplificação do gene da proteína topoisomerase II ... See full document

89

Estudo da resposta inflamatória em tumores mamários de cadela

Estudo da resposta inflamatória em tumores mamários de cadela

... certos carcinomas humanos, o número de células Treg encontra-se especialmente aumentado nos focos tumorais e a sua presença é suficiente para inibir a proliferação de linfócitos T CD8 + citotóxicos específicos ... See full document

122

Avaliação da quimioterapia metronômica em carcinomas mamários de cadelas por imunomarcações

Avaliação da quimioterapia metronômica em carcinomas mamários de cadelas por imunomarcações

... afeta cadelas não ...a resposta de carcinomas mamários caninos à QM por mensuração da DMV e detecção do VEGF tecidual, índice apoptótico (IA) e índice de proliferação celular ...28 ... See full document

71

Expressão imuno-histoquímica da topoisomerase III? nos carcinomas mamários

Expressão imuno-histoquímica da topoisomerase III? nos carcinomas mamários

... nos carcinomas mamários negativos para a topoisomerase IIIβ indica que este subgrupo de pacientes pode ser um subtipo menos agressivo de carcinomas ductais de ... See full document

59

Neoplasias mamárias em cadelas e gatas

Neoplasias mamárias em cadelas e gatas

... tumores mamários e as diferentes raças caninas e ...as cadelas de raça pura como estando sobre-representadas, face às de raça indeterminada, no grupo de animais com neoplasias deste ...tumores ... See full document

99

Via da vitamina D em tumores de mama de cadelas

Via da vitamina D em tumores de mama de cadelas

... concentração utilizada, indicando ativação genômica da via da VD e que o tecido permanece metabolicamente ativo em cultura. Entretanto, não houve diferença da expressão gênica de outros genes envolvidos com o metabolismo ... See full document

197

Comparative study of systemic early postoperative inflammatory response among elderly and non-elderly patients undergoing laparoscopic cholecystectomy

Comparative study of systemic early postoperative inflammatory response among elderly and non-elderly patients undergoing laparoscopic cholecystectomy

... a IL-6 pode ser utilizada como um marcador inflamatório, pois tem seus níveis elevados precocemente frente ao dano tecidual. Por isso, as dosagens de interleucina-6 e da proteína C-reativa têm sido utilizadas por ... See full document

7

Carcinomas mamários de tipo basal: perfil clínico-patológico e evolutivo.

Carcinomas mamários de tipo basal: perfil clínico-patológico e evolutivo.

... neste grupo de tumores. Como adotamos a positividade para CK5 como elemento deinidor do fenótipo basal, este resultado aponta o marcador como um possível indicador de pior prognóstico nas pacientes com tumores ... See full document

6

Perfil imuno-histoquímico de carcinomas mamários invasores em homens.

Perfil imuno-histoquímico de carcinomas mamários invasores em homens.

... dos carcinomas da mama masculina é pouco ...eram carcinomas do tipo ductal não-especial (95%) e um do tipo lobular ...dos carcinomas de mama no sexo masculino permite traçar paralelos com os tumores ... See full document

6

Avaliação ultrassonográfica de tumores mamários e linfonodos locorregionais em cadelas

Avaliação ultrassonográfica de tumores mamários e linfonodos locorregionais em cadelas

... As cadelas, assim como as mulheres, apresentam uma elevada incidência de neoplasia mamária, por isso a incessante busca de diagnóstico mais ...das cadelas com neoplasia ...em cadelas, e assim ... See full document

69

Marcadores moleculares em câncer de mama em mulheres jovens (idade < 35 anos): estudo comparativo com mulheres pós-menopausa (idade entre 50 - 65 anos)

Marcadores moleculares em câncer de mama em mulheres jovens (idade < 35 anos): estudo comparativo com mulheres pós-menopausa (idade entre 50 - 65 anos)

... os carcinomas de mama, uma vez que os tumores com o mesmo grau, estágio e tipo histológico podem apresentar diferentes prognósticos e respostas à terapia (ELSTON & ELLIS, 1991; REIS-FILHO et al, ...A ... See full document

103

Hemoglobin metabolism by-products are associated with an inflammatory response in patients with hemorrhagic stroke

Hemoglobin metabolism by-products are associated with an inflammatory response in patients with hemorrhagic stroke

... uma resposta inflamatória que desencadeia a liberação de IP-10 e MIP-1b, e a sobrecarga sistêmica de ferro se corre- laciona com prognósticos piores; e os perfis inflamatórios sistêmico e no LCR 72 horas ... See full document

7

Carcinomas mamários de tipo basal: estudo clínicopatológico e imunofenotípico em mulheres brasileiras

Carcinomas mamários de tipo basal: estudo clínicopatológico e imunofenotípico em mulheres brasileiras

... é caracterizado por elevada expressão de painel de genes tipicamente expressos pelas células epiteliais luminais da mama (“câncer luminal”). O grupo RE-negativo engloba três subgrupos de tumores: um com superexpressão de ... See full document

115

Show all 10000 documents...