Top PDF Cromoblastomicose: relato de 27 casos e revisão da literatura.

Cromoblastomicose: relato de 27 casos e revisão da literatura.

Cromoblastomicose: relato de 27 casos e revisão da literatura.

No nosso estudo podemos observar as variáveis epidemiológicas envolvidas na cromomicose, salientando-se o acometimento predominante no sexo masculino, mais notadamente nos trabalhadores rurais, e sua localização quase sempre no membro inferior. Contudo, notamos também uma tendência de alteração desses aspectos, já que cada vez mais podemos observar a doença em mulheres e o aparecimento das lesões nas demais localizações. Isso pode ser explicado pelas consequências sociais e econômicas trazidas pela revolução industrial, como a inserção crescente da mulher no mercado de trabalho. Os dados encontrados no nosso estudo são concordantes com os da literatura, sendo esta publicação a segunda sobre dados epidemiológicos da cromomicose no estado de São Paulo no intervalo de
Mostrar mais

7 Ler mais

Associação de cromoblastomicose e hanseníase: relato de dois casos.

Associação de cromoblastomicose e hanseníase: relato de dois casos.

Na literatura, observou-se poucos relatos da associação cromoblastomicose com outras doenças parasitárias5. Com relação à hanseníase, Pavithran5 descreve um caso em que a lesão cromomicótica desenvolveu-se na antiga cicatriz hansenótica. Quando comparado aos nossos casos, observa-se que em um dos pacientes estudados, as doenças desenvolveram -se concom itantem ente, sendo necessária terapêutica simultânea para que houvesse regressão das lesões. No outro, após revisão dos prontuários anteriores, constatou-se que o mesmo foi portador de hanseníase virchowiana, atualmente sem tratamento.
Mostrar mais

4 Ler mais

Hipopituitarismo Associado a Hipoglicemia: Relato de 2 Casos e Revisão da Literatura.

Hipopituitarismo Associado a Hipoglicemia: Relato de 2 Casos e Revisão da Literatura.

Dra. Maria Adelaide Albergaria Pereira: Dra. Berenice, você realizou o teste da Cortrosina simples em pacientes com síndrome de Sheehan e com deficiência de ACTH, provavelmente não tão intensa como a dos pacientes com hipofisite. Está bem documentado, na li- teratura, casos de pacientes com insuficiência adrenal secundária que não respondem ao teste da Cortrosina aguda e que necessitam do estímulo crônico. Essa ausência de resposta do cortisol no teste de estímulo agudo é vista nos pacientes com deficiência grave de ACTH. Os pacientes com síndrome de Sheehan apre- sentam, provavelmente, deficiência de ACTH menos importante do que aqueles com hipofisite, onde o com- prometimento do setor corticotrófico é mais seletivo e talvez mais intenso. Chamo a atenção, novamente, para o fato de que um dos nossos pacientes tinha deficiência de aldosterona e renina baixa, o que não fala a favor de insuficiência adrenal primária. Acho que podemos afir- mar, com certeza, que o paciente é portador de insufi- ciência adrenal secundária, já que tem cortisol muito baixo associado a níveis baixos de ACTH. Como já dis- cutimos anteriormente, ele também pode ser portador de insuficiência adrenal primária.
Mostrar mais

8 Ler mais

Doença de cushing subclínica: relato de três casos e revisão da literatura.

Doença de cushing subclínica: relato de três casos e revisão da literatura.

Por outro lado, apesar de a doença de Cushing ser a causa mais comum de hipercortisolismo (3), há poucos relatos na literatura sobre doença de Cushing subclínica (14-17). Takao e col. (14) sugerem os seguintes critérios para o diagnóstico de doença de Cushing subclínica: 1) ausência de aparência Cu- shingóide, 2) ACTH e cortisol basal plasmáticos nor- mais, 3) perda do ritmo circadiano normal de cortisol e ACTH, 4) resposta exagerada do ACTH plasmático à desmopressina e ao CRH e 5) supressão incompleta do cortisol com baixas doses de dexametasona.

6 Ler mais

Cisto nasolabial bilateral: relato de dois casos e revisão da literatura.

Cisto nasolabial bilateral: relato de dois casos e revisão da literatura.

ser lesão de partes moles não se detecta na radiografia simples, a não ser que causem erosão óssea importante no osso maxilar. A tomografia computadorizada pode mostrar a natureza cística da lesão e sua relação com a asa nasal e o osso maxilar assim como o acometimento ósseo. Comumente o paciente procura serviço médico por ter notado uma alteração facial. Em alguns casos, o diagnóstico pode ocorrer fortuitamente durante um exame rotineiro otorrinolaringológico.

4 Ler mais

Neoplasia no sítio da colostomia: relato de três casos e revisão da literatura.

Neoplasia no sítio da colostomia: relato de três casos e revisão da literatura.

Apresentamos três casos distintos de neoplasia da colostomia, com tratamentos particularizados em decorrência das características clínicas de cada doente e do exame anatomo-patológico. No primeiro caso, pelo fato da doente encontrar-se numa fase avançada da doença neoplásica (carcinomatose peritoneal), optamos pela ressecção local, objetivando apenas a melhora da função da colostomia, fato ocorrido no

4 Ler mais

Tuberculose e blastomicose laríngeas: relato de três casos e revisão de literatura.

Tuberculose e blastomicose laríngeas: relato de três casos e revisão de literatura.

A laringoscopia não mostra uma forma típica de acometimento, sendo a lesão muitas vezes indistinguível de carcinoma ou laringite crônica. A lesão pode ser nodular, exofítica, apresentar-se com área de ulceração da mucosa, bem como apenas hiperemia ou edema das pregas vocais, simulando pólipo. A epiglote e a subglote podem apresentar edema exuberante, em alguns casos necessitando de traqueostomia. 8 A similaridade da TB com o carcinoma pode

5 Ler mais

Linfoma do colo uterino: relato de dois casos e revisão da literatura.

Linfoma do colo uterino: relato de dois casos e revisão da literatura.

O segundo artigo cataloga 24 pacientes. Dessas, metade foi submetida à radioterapia (12/24), enquanto quatro (17%) foram submetidas à cirurgia exclusiva. A sobrevida média é favorável ao grupo tratado com cirurgia; entretanto, a disparidade de estádios clínicos e o número de pacientes entre os grupos tornam esta comparação de valor limitado 13 . Em uma terceira revisão

5 Ler mais

Fístula da artéria coronária: relato de três casos operados e revisão da literatura.

Fístula da artéria coronária: relato de três casos operados e revisão da literatura.

coronária comunicando com cavidades cardíacas, artéria pulmonar ou seio coronário é muito rara, porém, reveste-se de importância quando o fluxo sangüíneo é de grande magnitude. A manifestação clínica é muito variável, dependendo da magnitude do fluxo, podendo não manifestar sintomas, apresentar-se como isquemia miocárdica ou insuficiência cardíaca congestiva. O diagnóstico é possível de ser realizado pelo ecocardiograma bidimensional, no entanto a cinecoronariografia é mais objetiva e orienta a conduta clínica ou cirúrgica a ser estabelecida. O tratamento cirúrgico, relatado com sucesso pela primeira vez na literatura, em 1947, por BJORK & CRAAFORD (2) , deve ser
Mostrar mais

5 Ler mais

Síndrome de Melkersson-Rosenthal: relato de 4 casos e revisão da literatura.

Síndrome de Melkersson-Rosenthal: relato de 4 casos e revisão da literatura.

Em três casos a paralisia facial antçcedeu ao edema em tempo que variou de 2 até 34 anos; em apenas um paciente (caso 2) o edema antecedeu a paralisia facial, por 2 anos.. Em nossa ca[r]

5 Ler mais

Doença de Crohn gastroduodenal ¾ relato de quatro casos e revisão da literatura.

Doença de Crohn gastroduodenal ¾ relato de quatro casos e revisão da literatura.

O exame histopatológico das biopsias gástricas revelou infiltrado inflamatório ativo em todos os casos, com ulceração em um; nenhum granuloma foi encontrado. Em um paciente, a biopsia obtida da segunda porção duodenal foi compatível com metaplasia gástrica total. Nenhum paciente apresentava infecção pelo Helicobacter pylori (um deles havia tratado 1 ano antes).

6 Ler mais

Paracoccidioidomicose da região ocular: relato de dois casos e revisão da literatura.

Paracoccidioidomicose da região ocular: relato de dois casos e revisão da literatura.

das pálpebras e da mucosa conjuntival. A análise dos 55 casos descritos mostra que ocorreu envolvimento palpebral exclusivo em 23 deles; envolvimento palpebral e de outras estruturas oculares em 21; e envolvimento exclusivo de outras estruturas oculares que não a pálpebra em 11 casos. As outras estruturas em que já foi descrito acometimento ocular incluem córnea, conjuntiva, esclera, coróide, úvea e retina. Os achados permitem sugerir que, frente ao diag- nóstico de paracoccidioidomicose com envolvimento pal- pebral, torna-se necessária a avaliação oftalmológica com- pleta para certificar-se do não envolvimento de outras estruturas.
Mostrar mais

10 Ler mais

J. Bras. Patol. Med. Lab.  vol.47 número5

J. Bras. Patol. Med. Lab. vol.47 número5

A glândula de Bartholin (GB) pode ser sede de várias lesões tumorais, como cistos do ducto da GB, carcinomas, hiperplasias e adenomas. A hiperplasia nodular (HN) da GB é uma lesão rara e poucos casos foram relatados na literatura. Recentemente, critérios específicos estabeleceram a diferenciação entre adenomas e hiperplasias. Muitas dúvidas ainda permanecem sobre as possíveis etiologias e a conduta ideal ante essa lesão. Diante disso, o presente trabalho realizou o relato de três casos de HN e ampla revisão sobre o tema.

5 Ler mais

Hemangioma glomeruloide e a síndrome POEMS: relato de dois casos e revisão da literatura.

Hemangioma glomeruloide e a síndrome POEMS: relato de dois casos e revisão da literatura.

Resumo: O hemangioma glomeruloide caracteriza-se por enovelados capilares contidos em espaços vas- culares dilatados reminiscentes de glomérulos renais, sendo fortemente associado à síndrome POEMS (polineuropatia, organomegalia, endocrinopatia, gamopatia monoclonal e alterações cutâneas). Relatam- se dois casos da síndrome associados a hemangiomas glomeruloides e faz-se uma revisão da literatura. O primeiro é uma paciente feminina, 63 anos, internada para investigação de ascite, hepatoesplenome- galia, dificuldade de deambulação e hemangiomas cutâneos. A histopatologia de uma dessas lesões esta- beleceu o diagnóstico de hemangioma glomeruloide e direcionou a investigação, que revelou polineu- ropatia sensitivo-motora, plasmocitoma kappa-positivo em L4 e Diabetes mellitus, permitindo o diagnós- tico da síndrome. O segundo caso é de uma paciente feminina, 39 anos, com edema, ascite, derrame pleural, hemangiomas glomeruloides e linfonodomegalias (doença de Castleman). Havia um componen- te monoclonal de IgG-lambda e lesões blásticas no ilíaco direito e em L4, assim como lesão desmielini- zante sensitivo-motora nos quatro membros, compondo o diagnóstico de síndrome POEMS.
Mostrar mais

7 Ler mais

Tumor neuroendócrino primário de mama: relato de três casos e revisão de literatura.

Tumor neuroendócrino primário de mama: relato de três casos e revisão de literatura.

No presente estudo, foram revisados os diagnósticos de 1.184 casos de câncer de mama atendidos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFRMP/USP), identificando três casos que preenchiam os critérios de TNPM. Foram ava- liados os achados clinicopatológicos e imuno-histoquímicos e as terapias realizadas, buscando caracterizar padrões histo- patológicos e de comportamento distintos dos carcinomas convencionais de mama.

6 Ler mais

Ectopia renal cruzada com fusão: relato de dois casos e revisão da literatura.

Ectopia renal cruzada com fusão: relato de dois casos e revisão da literatura.

São apresentados dois casos de ectopia renal cruzada com fusão (um caso à D, que é mais comum, e outro à E), em pacientes do sexo masculino (mais frequente), com diagnóstico realizado por ocasião de investiga- ção para cálculo renal (Caso 1) e ITU (Caso 2). A ul- trassonografia e a tomografia detectaram a anomalia congênita, embora, no caso 2, os primeiros exames não tenham sido adequadamente interpretados pelo radiologista, levando a um diagnóstico errôneo de au- sência de rim E e rim D vicariante.

5 Ler mais

Bola fúngica dos seios paranasais: relato de dois casos e revisão de literatura.

Bola fúngica dos seios paranasais: relato de dois casos e revisão de literatura.

O diagnóstico de bola fúngica deve ser considerado nos casos de sinusites recorrentes ou refratárias aos trata- mentos com antibióticos previamente utilizados (caso 2) e especialmente quando forem unilaterais (6,8). Evidências radiológicas, através de radiografias e, principalmente, TC sugerem fortemente este diagnóstico (11). Entretanto, o diagnóstico definitivo é baseado nas características macroscópicas e histopatológicas da peça cirúrgica (6,8). Frequentemente, as culturas apresentam resultados nega- tivos, sendo que em apenas 23-50% dos casos as culturas Figura 1. Peça cirúrgica pós sinusotomia maxilar.
Mostrar mais

5 Ler mais

Tratamento cirúrgico da ectopia cordis: relato de três casos e revisão da literatura.

Tratamento cirúrgico da ectopia cordis: relato de três casos e revisão da literatura.

1) Cervical: o coração se exterioriza na porção superior do esterno, localizando-se na região cervical; o esterno pode ter um defeito na sua porção superior ou estar tot[r]

8 Ler mais

Osteonecrose dos maxilares associada ao uso de bisfosfonatos: revisão de literatura e relato de casos

Osteonecrose dos maxilares associada ao uso de bisfosfonatos: revisão de literatura e relato de casos

O tratamento cirúrgico é dividido em procedimentos cirúrgicos menores (debridamento, acerto ósseo, sequestrectomia) e cirurgias radicais (ressecções em bloco). Ruggiero et al.(2004) trataram quase que a totalidade dos seus pacientes com cirurgia: dos 63 casos, foram um total de 45 sequestrectomias, 16 cirurgias para ressecção segmentar e apenas 02 abordagens conservadoras. Abu-Id et al. (2008), em 78 pacientes com BRONJ, onze receberam tratamento conservador , 47 cirurgias menores e 22 casos com intervenção cirúrgica radical para ressecção e instalação de placas de reconstrução em titânio. Uma taxa de sucesso de 55,1% foi alcançada nestes pacientes. Mavrokokki et al. (2007) , Almasan et al. (2011) e Agrillo et al.(2012) também optaram por tratamentos cirúrgicos. A FIG. 17 mostra radiografia panorâmica de resolução de BRONJ por ressecção em bloco e fixação de placa de reconstrução em titânio (MARX, CILLO e ULLOA, 2007).
Mostrar mais

84 Ler mais

Show all 10000 documents...