Top PDF O DESENVOLVIMENTO OVOCITÁRIO EM Macrobrachium amazonicum(Heller, 1862)(CRUSTACEA: DECAPODA: PALAEMONIDAE), CAMARÃO DULCÍCOLA DA REGIÃO AMAZÔNICA.

O DESENVOLVIMENTO OVOCITÁRIO EM Macrobrachium amazonicum(Heller, 1862)(CRUSTACEA: DECAPODA: PALAEMONIDAE), CAMARÃO DULCÍCOLA DA REGIÃO AMAZÔNICA.

O DESENVOLVIMENTO OVOCITÁRIO EM Macrobrachium amazonicum(Heller, 1862)(CRUSTACEA: DECAPODA: PALAEMONIDAE), CAMARÃO DULCÍCOLA DA REGIÃO AMAZÔNICA.

gônadas de Μ amazonicum é variável segundo o grau de maturação de cada um, dispondo-se as células iniciais na região central, e as mais avançadas progressivamente em regiões interm[r]

7 Ler mais

METODOLOGIA PARA A INTRODUÇÃO DO MANEJO COMUNITÁRIO NA PESCA ARTESANAL DO CAMARÃO MACROBRACHIUM AMAZONICUM NAS COMUNIDADES DE PARINTINS/AM

METODOLOGIA PARA A INTRODUÇÃO DO MANEJO COMUNITÁRIO NA PESCA ARTESANAL DO CAMARÃO MACROBRACHIUM AMAZONICUM NAS COMUNIDADES DE PARINTINS/AM

Segundo Mérona (1995), o manejo de pesca na Amazônia é um problema atual, muito agudo devido aos conflitos de pesca e o grande desenvolvimento desta atividade. A várzea nesta região é, extremamente, rica em recursos naturais e, ainda pouco explorada (McGRATH et al., 2008). Nessas áreas encontram-se ribeirinhos que utilizam destes recursos para a subsistência (DA COSTA et al., 2016) e para uma renda extra, em pequenas transações. Tais populações tiveram sua origem na ocupação da Amazônia ao longo dos seus rios (LIMA, 1994), atualmente, é acrescida por imigrantes de áreas de baixa renda, muitas vezes, incentivados pelas facilidades obtidas junto ao governo federal, como o seguro desemprego (BEGOSSI, 2002). No ano de 2004, a estimativa era de que na região Amazônica existiam 230.000 pescadores e que, a pesca local, movimentava recursos da ordem de 400 milhões de reais (ALMEIDA et al. 2004). Em 2012, o número estimado é de 368.000 pescadores, sendo a grande maioria deles, moradores de várzea (DORIA et al., 2012), os dados caracterizam um crescimento de 62,5% em 10 anos, e uma pressão exploratória crescente sobre o pescado. Alia-se a este fato, o aproveitamento parcial da extração, boa parte do pescado é descartada, cerca de 60% em determinadas épocas do ano (OLIVEIRA, et al., 2007; BATISTA e BARBOSA, 2008).
Mostrar mais

22 Ler mais

BIOLOGIA E ECOLOGIA DO CAMARÃO DULCÍCOLA Macrobrachium surinamicum HOLTHUIS, 1948 (DECAPODA: PALAEMONIDAE) NO ESTUÁRIO GUAJARÁ, PARÁ, COSTA NORTE DO BRASIL

BIOLOGIA E ECOLOGIA DO CAMARÃO DULCÍCOLA Macrobrachium surinamicum HOLTHUIS, 1948 (DECAPODA: PALAEMONIDAE) NO ESTUÁRIO GUAJARÁ, PARÁ, COSTA NORTE DO BRASIL

Macrobrachium surinamicum é uma espécie de camarão do Atlântico cuja biologia ainda é pouco conhecida. Na Amazônia ele é frequentemente capturado como fauna associada à M. amazonicum, espécie predominantemente dulcícola amplamente comercializada na região amazônica pela pesca artesanal, atendendo as necessidades alimentícias e econômicas da comunidade ribeirinha. Com o objetivo de caracterizar a distribuição espaço-temporal do camarão dulcícola M. surinamicum na Baía do Guajará e Ilha de Mosqueiro, correlacionando a abundância desta espécie com fatores abióticos (temperatura e salinidade) e, além disso, investigar a estrutura populacional, as principais relações biométricas e elucidar alguns aspectos da reprodução desta espécie, foram realizadas expedições mensais na Baía do Guajará e na Ilha de Mosqueiro de maio/2006 a abril/2007. As amostragens foram realizadas com utilização de armadilhas conhecidas localmente como matapis. Um total de 361 camarões foram capturados sendo a maior abundância em dezembro e a menor em julho de 2006. A maior captura foi na Ilha de Arapiranga e menor na Ilha de Mosqueiro. A abundância diferiu significativamente em dezembro/06 e nenhuma variável estudada teve influência significativa na abundância de M. surinamicum. Os machos foram maiores que as fêmeas e a proporção sexual total não diferiu significativamente do esperado de 1:1. A frequência de fêmeas e machos entre locais e meses foi maior em dois períodos do ano, denotando dois prováveis períodos de recrutamento: um maior de novembro a fevereiro e outro menor, de abril a maio. As relações entre o comprimento do cefalotórax (CC) e as demais variáveis indicaram crescimento alométrico positivo. A maturidade sexual de M. surinamicum ocorreu em tamanhos diferentes para fêmeas e machos, sendo que o tamanho médio da primeira maturação (L 50 ) de fêmeas foi 5,47 mm de CC e de machos
Mostrar mais

105 Ler mais

Características limnológicas da água, sedimento e efluentes em viveiros de crescimento final do camarão-da-amazônia, Macrobrachium amazonicum, submetidos a diferentes níveis de arraçoamento e tipos de despescas

Características limnológicas da água, sedimento e efluentes em viveiros de crescimento final do camarão-da-amazônia, Macrobrachium amazonicum, submetidos a diferentes níveis de arraçoamento e tipos de despescas

Grow-out ponds are ecosystems at the first stages of ecological succession. In this research, a limnological study on grow-out ponds of Macrobrachium amazonicum subjected to different feed levels and harvest management was performed. Twelve 0.01 ha earthen ponds were stocked with 20 juveniles.m -2 . Prawns fed commercial diet at a rate of 7 to 9% of biomass until 14 a . week. Then, each three ponds were fed with 3%, 5% and 7% of prawn biomass. Three other ponds were subjected to selective harvest. After 145 days of stocking, all ponds were drained and harvested. The following water parameters were weekly determined: temperature, dissolved oxygen, oxygen biochemical demand, pH, total alkalinity, electrical conductivity, nitrate-N, nitrite-N, ammonia-N, total nitrogen, soluble orthophosphate, total phosphate, chlorophyll a, chlorophyll b, chlorophyll c, pheophytin, suspended total solids and turbidity. Limnological parameters did not show any temporal pattern. Exchange water and daily feeding slightly affected water quality and effluents. Carbon and nitrogen did not accumulated in water column or soil while phosphate was immobilized or trapped by the mud. Feeding rate and kind of harvest showed low effect on water quality, effluents and none on accumulation of carbon, nitrogen and phosphorus, in the mud. Correlation among water quality parameters are weak or absent. Data suggest that intrinsic characteristics of each pond play a major role on pond ecology.
Mostrar mais

94 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA PRISCILA SOARES LIMA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA PRISCILA SOARES LIMA

Assim, essas formações devem promover o embasamento para a construção de um currículo diversificado que não gere hiperescolarização. Esse currículo deve ser construído coletivamente com a comunidade escolar, considerando o conselho escolar - constituído por representantes de todos os seguimentos de sujeitos envolvidos na escola, tais como, funcionários, docentes, pais, alunos, representantes da Associação de Pais, Mestres e Comunitários (APMC) e comunitários. Deve contemplar, em sua construção, que 60% corresponda à base nacional e que 40% da carga horária de cada disciplina seja destinada ao desenvolvimento de projetos e/ou atividades diversificadas que auxiliem na aprendizagem significativa dos alunos. Além disso, é fundamental que esse currículo seja vinculado a um calendário com a execução dessas ações, seguido do planejamento destas ações contidas no calendário, de forma a construir um trabalho coletivo e, preferencialmente, interdisciplinar, proporcionando um melhor aproveitamento do tempo nesta escola de tempo integral.
Mostrar mais

198 Ler mais

TESE DE DOUTORADO Ecologia, pesca e dinâmica populacional do camarão- da-Amazônia – Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (DECAPODA:PALAEMONIDAE) – capturado na região das ilhas de Belém – Pará – Brasil

TESE DE DOUTORADO Ecologia, pesca e dinâmica populacional do camarão- da-Amazônia – Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (DECAPODA:PALAEMONIDAE) – capturado na região das ilhas de Belém – Pará – Brasil

Macrobrachium amazonicum capturados na Baía do Guajará (PA) e Ilha de Mosqueiro no período de abril/2006 a agosto/2007. Valores maiores que 0.7 foram destacados em negrito. ....................................................................... 149 Tabela 2: Variação do comprimento da carapaça e massa dos espécimes de camarão-da-Amazônia coletados na Baía do Guajará e Ilha de Mosqueiro (PA). N = número de exemplares coletados em cada categoria, CC = comprimento da carapaça, DP = Desvio padrão, F = fêmea, M = macho, IND = sexo indeterminado e T = total. .............................................................................. 150 Tabela 3: Resultados de ANOVA dois critérios do comprimento da carapaça (CC em milímetros) e massa corpórea (em gramas), separadamente, em relação aos locais de coleta e sexo na Baía do Guajará (PA) entre os meses de abril/2006 a agosto/2007. P¹ = probabilidade resultante da ANOVA; P² = probabilidade do teste de Tukey; CB = ilha do Combu; IC = Icoaraci; MQ = Ilha de Mosqueiro; S = período seco; C = período chuvoso; CS = transição período chuvoso para seco. ........................................................................................ 152 Tabela 4: Equações de regressão para as relações de CC (comprimento da carapaça) com as variáveis CA = comprimento do abdome, CCef = comprimento do cefalotórax, CQ = comprimento do segundo quelípode, Cte = comprimento do télson e CT = comprimento total de Macrobrachium amazonicum coletado no período de abril/2006 a agosto/2007 em um estuário da Amazônia brasileira. N = número de indivíduos; Y = variável dependente; X = variável independente (comprimento da carapaça); a = intersecção da reta em Y; b = ângulo de inclinação da reta e coeficiente de alometria; r² = coeficiente de determinação; F# = Teste F; F = fêmeas, M = machos, T = total (sexos agrupados); A = alometria: [ (+) alometria positiva, (-) alometria negativa]. ....................................................................................................... 156
Mostrar mais

260 Ler mais

Tecnologia pós-despesca dos camarões de água doce Macrobrachium rosenbergii e Macrobrachium amazonicum

Tecnologia pós-despesca dos camarões de água doce Macrobrachium rosenbergii e Macrobrachium amazonicum

A defumação é um método tradicional de conservação de pescado. Atualmente é utilizada para proporcionar características sensoriais especiais. O objetivo do trabalho foi traçar o perfil sensorial por meio da Análise Descritiva Quantitativa (ADQ) e avaliar a aceitação amostras de camarões limpos e com casca, defumados por método tradicional e com fumaça líquida. Quatorze termos descritores descrevendo as similaridades e diferenças entre as amostras foram gerados. A intensidade de cada descritor foi avaliada por meio de escala não- estruturada, com termos de intensidade ancorados nos extremos. O teste de aceitação foi aplicado a provadores não treinados, os quais avaliaram atributos de aparência, odor, sabor, textura e aceitação global. Os dados foram analisados por ANOVA, Teste de Tukey e Análise de Componentes Principais (ACP). Os métodos de defumação geraram diferentes perfis sensoriais. O camarão limpo defumado pelo método tradicional caracterizou-se pela rugosidade, coloração marrom-dourada, aroma e sabor característicos de produto cárneo. O camarão com casca defumado pelo método tradicional apresentou coloração marrom-dourada, firmeza, brilho, crocância, aroma e sabor característicos de produto cárneo defumado e aroma de madeira queimada. O camarão limpo tratado com fumaça líquida caracterizou-se pela rugosidade, coloração alaranjada, manchas escuras, aroma e sabor artificial e sabor amargo. O camarão com casca defumado com fumaça líquida apresentou coloração alaranjada, firmeza, brilho, crocância, aroma e sabor artificial e sabores amargo e de camarão. O teste de aceitação mostrou que os camarões defumados apresentaram aceitação considerada favorável, podendo ser satisfatoriamente comercializados e consumidos.
Mostrar mais

81 Ler mais

Repositório Institucional da UFPA: Otimização de processos de obtenção de quitina e quitosana do exoesqueleto do camarão amazônico (Macrobrachium amazonicum, HELLER, 1863)

Repositório Institucional da UFPA: Otimização de processos de obtenção de quitina e quitosana do exoesqueleto do camarão amazônico (Macrobrachium amazonicum, HELLER, 1863)

Os exoesqueletos de crustáceos, como camarão M. amazonicum (Heller, 1863) são uma das principais fontes alternativas de obtenção de quitina, precursor da quitosana. Diante das inúmeras dificuldades de se trabalhar padronizadamente com biomaterias, este trabalho teve como principal objetivo a extração de quitina e quitosana através de uma metodologia de planejamento experimental por superfície de resposta, para otimizar as principais etapas de desmineralização, desproteinização e desacetilação,. Para o planejamento das três etapas, as variáveis de resposta foram respectivamente, porcentagem de cinzas remanescentes (%CR), porcentagem de Nitrogênio total (%Ntotais) e porcentagem do grau de desacetilação (%GD). As caracterizações das etapas de Desmineralização, Desproteinização. e Desacetilação, foram analisadas consecutivamente por análise de cinzas, análise elementar e titulação potenciométrica. Após as conclusões das análises de cinzas, tanto no material in natura quanto no desmineralizado, foi possível obter, respectivamente 32,03±0,05% de (%CR) e 0,0% de (%CR). Os parâmetros de regressão do modelo de superfície de resposta foram estatisticamente significativos, com valores (R 2 ) igual a 0,89. A superfície de resposta construída para a variável % CR com regiões de iso- repostas indicaram HCl igual 1,2 M e razão 0,08g/ml, isto determina a região ótima no modelo adotado para a otimização da desmineralização. Para os ensaios de desproteinização ressalta-se que, mesmo não havendo significância quanto as variáveis em estudo, o resultado da análise elementar mostrou que em todos os ensaios do planejamento, a extração de proteínas foi realizada com eficiência, mostrando uma média de grau de desproteinização próximo a 100%. Na etapa de desactilação as variáveis também não se mostraram significantes, com % Grau de Desacetilação variando de 18,24 – 57,22. Neste trabalho, pode-se concluir que nem sempre a literatura poderá ser o apoio para eficiente extração de quitina e quitosana, dependendo neste caso, exclusivamente de testes preliminares e adaptações exclusivas para cada espécie em estudo.
Mostrar mais

65 Ler mais

Produção de pós-larvas de Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda, Palaemonidae), sob condições controladas de laboratório.

Produção de pós-larvas de Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda, Palaemonidae), sob condições controladas de laboratório.

O presente trabalho tem o propósito de determinar a produção de pós- larvas de Macrobrachium amazonicum em laboratório, cujas pesquisas foram realizadas no Departam[r]

3 Ler mais

FECUNDIDADE E FERTILIDADE DO CAMARÃO-DA-AMAZÔNIA, Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (DECAPODA: PALAEMONIDAE) EM DOIS AMBIENTES ESTUARINOS DO ESTADO DO PARÁ

FECUNDIDADE E FERTILIDADE DO CAMARÃO-DA-AMAZÔNIA, Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (DECAPODA: PALAEMONIDAE) EM DOIS AMBIENTES ESTUARINOS DO ESTADO DO PARÁ

The Macrobrachium amazonicum is a freshwater prawn with ample fishing exploration in the Amazon region, virtue of the abundance and good acceptance in the consuming market. The aim of this study was to characterize the fecundity and fertility of M. amazonicum in two estuaries environments in the State of Pará. Of form that was accomplished monthly collections in the period of September 2008 the August 2009, in the city of Vigia and Belém in the Island of Mosqueiro, the females were until the Laboratory of Ecology Aquatic and Tropical Aquaculture - LECAT in the campus of the Agricultural University Federal of the Amazom - UFRA in Belém. For the determination of fecundity 30 females were collected monthly on average ovigerous of each point of collection, the eggs adhered to the pleopods were removed, using sodium hypochlorite as 2 % of active and stored chlorine in alcohol 70%. The individual fecundity was determined from the total counting of eggs. For a determination of the volume of eggs it was selected of each place of collection randomly 50% of the total number of destined females ovigerous the fecundity, following two groups: eggs pigmented and non-pigmented. To determine fertility, ovigerous females of M. amazonicum were stored in individual glass tanks 2L. After hatching, the larvae were siphoned and counted. For all females was measured the weight of each specimen and evaluated their biometrics with the aid of a precision caliper. Females of M. amazonicum coming from the Municipality of Vigia had absolute length between 4.8 and 9.3 cm and weighing between 2.21 and 11.81 g with absolute fecundity between 38 and 5749 eggs (2296 ± 1288 eggs). For females of Belém, from the island of Mosqueiro, the length varied between 3.71 and 8.14 cm, weight between 1.27 and 11.2 g with absolute fecundity ranged from 123 and 7571
Mostrar mais

56 Ler mais

Aspectos reprodutivos do camarão Macrobrachium amazonicum (Decapoda: Palaemonidae) no estado do Amapá, foz do rio Amazonas

Aspectos reprodutivos do camarão Macrobrachium amazonicum (Decapoda: Palaemonidae) no estado do Amapá, foz do rio Amazonas

Macrobrachium amazonicum is an indigenous prawn vastly distributed in basins of South America, widely exploited by artisanal fisheries in northern and northeastern Brazil and, with great potential for aquaculture. This study aimed to investigate general aspects of population structure and reproductive characteristics (size at first maturity, fecundity and reproductive output) of M. amazonicum from two important areas to artisanal prawn fishing located at the mouth of the Amazon River, State of Amapá. The specimens were captured using 20 handcrafted traps called “matapi”. A number of 5,179 prawns were captured, 2,975 females and 2,195 males resulting in 1.35:1 female to male ratio. Santana Island and Mazagão Velho showed females predominated in the population. A reproductive peak period was observed from January to April/2009 and in December/2010, coinciding with the period of higher rainfall. The recruitment peak occurred in June and July/2009. Egg-bearing females ranged in size (carapace length) from 11.10 to 29.6 mm. Fecundity increased with female size and reached up to 7,417 eggs. This amount of eggs is considered low if compared with other Macrobrachium estuarine species. Mean egg volume increased gradually from 0.121 to 0.24 mm³ during embryogenesis, representing 68.5% of overall increase from Stage I to Stage III. Eggs of M. amazonicum are small; this is typical for Macrobrachium species, which depends on brackish water to complete the larval development. Irrespective of female size, reproductive output of M. amazonicum varied between 4.8 and 21.85% of their body weight into eggs production.
Mostrar mais

10 Ler mais

O PLANEJAMENTO DOCENTE EM DUAS ESCOLAS DA COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO 17 – ICÓ – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

O PLANEJAMENTO DOCENTE EM DUAS ESCOLAS DA COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO 17 – ICÓ – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

O planejamento docente é uma ação relevante ao trabalho do professor, considerando que é a ferramenta norteadora da ação pedagógica em sala de aula. As escolas da rede pública estadual de ensino do estado do Ceará disponibilizam 13 horas para o professor desenvolver o planejamento. Esse tempo é voltado tanto para as ações mais simples que compõem a parte burocrática da ação pedagógica quanto para a formação em serviço do professor. O caso de gestão investigou o desenvolvimento do planejamento docente dentro das horas de trabalho pedagógico – HTP, com o objetivo de identificar as formas de organização, condução e elaboração em duas escolas, inseridas em contextos relativamente semelhantes, da rede pública estadual de ensino, sob a jurisdição da Crede 17 – Icó, com vistas ao aprimoramento a partir da proposta de um Plano de Ação Educacional. A pesquisa teve como foco identificar a concepção e a prática dos professores e gestores quanto ao planejamento docente, bem como sua estruturação e organização nas escolas. Para dialogar com os dados de pesquisa, utilizamos as discussões teóricas dos autores Fusari (1990), Lück (2009) e Vasconcellos (1995), que fazem considerações acerca da temática. Para seu desenvolvimento, utilizamos a pesquisa qualitativa. Como instrumentos de pesquisa, fizemos observação nas duas escolas, aplicamos questionário em professores, e realizamos entrevistas com os gestores e professores coordenadores de área. A pesquisa demonstrou que, na Escola Verde, embora parte dos professores reconheçam a importância do planejamento docente, esta situação nem sempre condiz com a prática. Além disso, constatamos que há limitações técnicas por parte dos próprios gestores no que se refere ao oferecimento de momentos formativos aos professores, o que fragiliza a ação. Na Escola Azul, por sua vez, percebemos uma maior capacidade organizativa e de articulação com os professores, obtendo bom envolvimento dos docentes. No entanto, ainda assim percebemos, com a análise dos dados, que há pontos a serem fortalecidos na escola com relação a esta ação. Ademais, os resultados da pesquisa demonstraram formas diferenciadas de desenvolvimento em cada uma das escolas, as quais evidenciaram a necessidade de aprimoramento e de um maior aproveitamento do tempo de hora atividade. Diante dos resultados, propusemos um conjunto de ações que visam a otimizar o uso do tempo, qualificar a ação e oportunizar a formação em serviço dos professores, bem como um cronograma para início das ações. Tais ações visam ao aperfeiçoamento da prática do planejamento docente, que é uma atividade de relevância na prática pedagógica, uma vez que propicia ao professor a oportunidade de desenvolver de maneira mais qualificada o seu trabalho, refletindo no processo de ensino-aprendizagem.
Mostrar mais

114 Ler mais

Caracterização estrutural do sistema reprodutor masculino e do hepatotâncreas dos diferentes morfotipos de Macrobrachium amazonicum

Caracterização estrutural do sistema reprodutor masculino e do hepatotâncreas dos diferentes morfotipos de Macrobrachium amazonicum

O funcionamento das glândulas androgênicas é a chave fundamental para o esclarecimento da diferenciação morfotípica em decápodas uma vez que o hormônio produzido por essa glândula atua diretamente na determinação dos diferentes morfotipos (OKUMURA e HARA, 2004). Sabe-se que o tamanho das glândulas androgênicas varia dentre os morfotipos de Macrobrachium rosenbergii. Nessa espécie o morfotipo SM, apresentou o menor tamanho de glândula, enquanto o morfotipo dominante BC, apresentou o maior tamanho glandular (OKUMURA e HARA, 2004). Resultados semelhantes foram observados no presente estudo para Macrobrachium amazonicum, onde o morfotipo TC, também apresentou o menor tamanho glandular e os morfotipos GC1 e GC2 apresentaram o maior tamanho das glândulas androgênicas. Nota-se que os morfotipos GC1 e GC2 apresentaram o mesmo padrão morfológico, semelhante à observação feita para os testículos nesse estudo, onde os morfotipos GC1 e GC2 não apresentaram diferenças morfológicas. Assim sugere-se que o morfotipo GC1 seja uma transição entre o morfotipo CC e GC2 corroborando o descrito anteriormente para Macrobrachium amazonicum (PAPA et al., 2004). Assim, as glândulas androgênicas parecem estar envolvidas na diferenciação morfotípica de Macrobrachium amazonicum. A atividade secretora dessas glândulas parece ser diretamente proporcional ao desenvolvimento e diferenciação das características sexuais masculinas e em mudanças na atividade reprodutiva de Macrobrachium amazonicum. OKUMURA e HARA (2004) enfatizaram ainda que em Macrobrachium rosenbergii, a atividade secretora das glândulas androgênicas parece estar relacionada com a atividade copulatória do morfotipo dominante, uma vez que essa secreção afeta diretamente o comportamento reprodutivo dos machos. O mesmo deve ocorrer em Macrobrachium amazonicum, porém estudos sobre o comportamento reprodutivo de machos desta espécie são necessários para auxiliar no esclarecimento da dinâmica de diferenciação morfotípica e no estabelecimento dos morfotipos.
Mostrar mais

118 Ler mais

Efeito da adição de farinha de linhaça à dieta sobre a concentração de colesterol e ácidos graxos em camarões.

Efeito da adição de farinha de linhaça à dieta sobre a concentração de colesterol e ácidos graxos em camarões.

O experimento foi realizado em Itaipuaçu, município de Maricá, no estado do Rio de Janeiro, entre dezembro de 2007 e fevereiro de 2008. Foram utilizadas 500 pós-larvas de camarão-d´água-doce, com peso médio inicial de 330 mg, oriundos da Fazenda Santa Helena, Silva Jardim, RJ. As pós-larvas foram distribuídas em dois grupos e mantidas em diferentes tanques polyfit de mil litros: 1) grupo- controle, alimentado com dieta à base de caseína; 2) grupo-teste, alimentado com dieta à base de farinha de linhaça da marca Erva-Viva e caseína. Cada tanque recebeu oxigenação constante, por meio de bombas elétricas da marca Sarlo Better mod. S300 – 110 V, com capacidade de 280L/h. A limpeza dos tanques foi realizada diariamente, com renovação de 20% do volume da água. As dietas foram elaboradas segundo as características bromatológicas do Manual de Carcinicultura de Água Doce (SEBRAE/ES, 2005), e os ingredientes utilizados no seu preparo são apresentados na Tab. 1.
Mostrar mais

9 Ler mais

TOXICIDADE AGUDA E CRÔNICA DO MXD-100 EM CAMARÕES DE ÁGUA DOCE Macrobrachiumamazonicum(HELLER, 1862) (CRUSTACEA, PALAEMONIDAE) EM CONDIÇÕES EXPERIMENTAIS

TOXICIDADE AGUDA E CRÔNICA DO MXD-100 EM CAMARÕES DE ÁGUA DOCE Macrobrachiumamazonicum(HELLER, 1862) (CRUSTACEA, PALAEMONIDAE) EM CONDIÇÕES EXPERIMENTAIS

The aim of this research was to record the degree of toxicity of MXD-100, an anti-fouling with plant compounds used in biological control of aquatic organisms, with different strengths, using as a target organism freshwater crustacean. We used three replicates with a individual of Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) – Crustacea, for assay, 0.05 ppm, 0.5 ppm, 5.0 ppm and control. The tests resulted in the death of individuals in the acute dosing 5.0 ppm. There was a reduction of oxygen dissolved reaching 1.93 mg L -1 after dilution of the product in dosage acute. The results showed that the MXD-100 has the potential to be used only in closed systems and a high potential for oxidation.
Mostrar mais

5 Ler mais

FECUNDITY AND FERTILITY OF Macrobrachium amazonicum (CRUSTACEA, PALAEMONIDAE)

FECUNDITY AND FERTILITY OF Macrobrachium amazonicum (CRUSTACEA, PALAEMONIDAE)

In Brazil, studies with native freshwater prawn species were discontinued due to great importance of Macrobrachium rosenbergii. Therefore, it is necessary to continue investigations about our species, in order to develop technology adequate to our reality and in a future allow prawn farmers to culture other species. The aim of this study was to determine the fecundity and fertility of Macrobrachium amazonicum captured monthly from June 1999 to June 2001 from Jaguaribe River, Itaiçaba, Ceará, Brazil. Prawns were collected using fishing net and transferred at Biological Science Laboratory, Ceará State University (Fortaleza, Ceará, Brazil). Among the ovigerous M. amazonicum females, 60 were randomly selected to determine fecundity. The eggs adhered to the pleopods were taken out and they were then placed in a Gilson solution, and then stored in alcohol 70%. Individual fecundity was determined from the total egg counting, using a stereoscopic microscope. To determine fertility, ovigerous M. amazonicum females were stored in individual 10 L-glass tanks maintained under strong aeration. After the hatching, the larvae were siphoned and counted. The data referring to total length and weight of all the females, storage date, coloration and number of eggs, weight and coloration of gonad and number of hatched larvae were noted. With respect to average fecundity (F) by length classes, the lowest and highest number of eggs observed was 696 and 1,554, respectively. As for fecundity by weight classes, the lowest number of eggs observed was 760 and the highest, 1,690. The highest number of eggs observed individually per hatching was 2,193. Average fecundity/total length (L) and average fecundity/total weight (W) may be expressed by a linear relationship. The adjusted equations are: F = –411.6 + 203.1 L (p < 0.0001) and F = 566.4 + 157.3 W (p < 0.0001), respectively. In the analysis of average fertility (N) per length classes, the lowest and highest number of larvae observed was 374 and 1,301, respectively. With respect to fertility per weight classes, the lowest number of larvae was 581 and the highest, 1,391. In this work, the maximum number of larvae observed per hatching for females kept in laboratory was 2,594. Average fertility/total length and average fertility/total weight may be expressed by a linear relationship. The adjusted equations are: N = –1042.7 + 264.9 L (p < 0.0002); N = 384.1 + 160.3 W (p < 0.003). From these results we can deduced that fecundity and fertility of M. amazonicum are lower than ones commercial species, never- theless it can be captured during all year long. The number of captured prawns was large in the months whose level of water was low; the inverse was observed in the months that the river was with a high volume of water.
Mostrar mais

12 Ler mais

Efeito da alimentação e densidade de estocagem no desempenho zootécnico e perfil celular do hepatopâncreas do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Crustacea, Palaemonidae)

Efeito da alimentação e densidade de estocagem no desempenho zootécnico e perfil celular do hepatopâncreas do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Crustacea, Palaemonidae)

35 A temperatura média mensal variou de 20 a 28º C e foi mais baixa nos dois primeiros meses de cultivo, com médias de 20 e 24º C, respectivamente. Para o crescimento ótimo dos camarões a temperatura deve estar entre 29-31º C. Temperaturas inferiores a 14º C e superiores a 35º C são letais, e entre 18-22º C podem dificultar o crescimento (New, 1995). Em experimento realizado em tanques-rede com juvenis de M. amazonicum foi observada alta taxa de sobrevivência em animais submetidos a temperaturas inferiores a 20º C (Marques et al., 2010). Isto explica porque a baixa temperatura nos primeiros meses de cultivo não influenciou a sobrevivência dos animais. Ainda, de acordo com Maciel & Valenti (2009), M. amazonicum tolera uma ampla variação das principais características físicas e químicas da água, incluindo a temperatura. Entretanto, o recomendado é que o cultivo de M. amazonicum seja conduzido nos meses mais quentes do ano, a fim de obter um melhor crescimento.
Mostrar mais

65 Ler mais

Efeito da intensificação na larvicultura do camarão-da-malásia Macrobrachium rosenbergii

Efeito da intensificação na larvicultura do camarão-da-malásia Macrobrachium rosenbergii

37 ao aumento da competição por espaço e alimento, gerando comportamento agonístico, canibalismo e mortalidade. Quando um desses recursos fica insuficiente, torna-se um fator limitante e as taxas vitais decrescem devido à elevada energia gasta por causa do estresse resultante da competição por interferência (Moraes-Valenti et al., 2010). Neste trabalho, o alimento foi fornecido em excesso e, portanto não foi um fator limitante. Segundo Moraes-Valenti et al. (2010), o espaço pode ser o maior fator limitante, em elevadas densidades, pois cada animal teria uma área menor para explorar. Embora o ganho de peso seco, a taxa instantânea de crescimento, o índice de estágio larval e o tempo de cultivo não tenham diferido entre as densidades testadas, o aumento da mortalidade conforme a intensificação do sistema sugere que o espaço tenha sido um fator limitante. A relação entre a produtividade e a densidade de estocagem, indica que o espaço tenha sido limitante a partir da densidade de 90 larvas/L, refletindo no tamanho da população. A competição intraespecífica pode influenciar a regulação do tamanho populacional (Begon et al., 2006). Neste estudo, a similaridade entre as variáveis de desenvolvimento das larvas e a diminuição da sobrevivência conforme o aumento da densidade de estocagem, indica uma estratégia utilizada em condições de superlotação, na qual reduz a quantidade de indivíduos ao invés de afetar o desempenho larval, a fim de diminuir a competição intraespecífica na população.
Mostrar mais

124 Ler mais

Estrutura funcional do hepatopâncreas no processo digestivo em Macrobrachium amazonicum

Estrutura funcional do hepatopâncreas no processo digestivo em Macrobrachium amazonicum

As células E também devem estar relacionadas ao crescimento do hepatopâncreas nos indivíduos juvenis de M. amazonicum. Algumas vezes as porções distais de alguns túbulos hepatopancreáticos são ramificadas e revestidas por epitélio com características funcionais. Além da ramificação distal também é possível observar “brotamentos” nas regiões médias dos túbulos. Esses “brotamentos” originam outros túbulos de variados tamanhos, que também se apresentam funcionais, com lúmen contínuo ao túbulo de origem. É possível que tais padrões morfológicos estejam retratando a organogênese tardia do hepatopâncreas, uma vez que este estudo trabalhou com indivíduos juvenis. Estes padrões sugerem que a ramificação dos túbulos, e consequentemente o crescimento do hepatopâncreas, seja através de uma célula indiferenciada E que origina o início de novos túbulos.
Mostrar mais

75 Ler mais

Avaliação do frescor e vida útil do camarão de água doce, Macrobrachium rosenbergii, armazenado em gelo

Avaliação do frescor e vida útil do camarão de água doce, Macrobrachium rosenbergii, armazenado em gelo

prawn muscles during the storage. The score of faecal coliforms that was present in the storage period didn´t exceed the limits allowed for consumption. Although an increase in the psychrotrophic counting has occured, the values remained within the limits allowed for consumption. Regarding sensorial analysis, the assessors observed a degradation in flavour and odour attributes for both treatments during the storage. Sensorial analysis of tactile and oral texture showed a fast degradation in both treatments in the first days of storage. The same occured with the instrumental compression force tests, indicating that the prawn stored as a whole in ice presented a fast transition to mushiness (2 to 3 storage days). We concluded the the Macrobrachium rosenbergii stored as a whole in ice should be considered of first quality until the 2 nd or 3 rd storage day, but could be normally consumed until the 7 th
Mostrar mais

63 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados