Top PDF Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Campo Mourão – PR

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Campo Mourão – PR

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Campo Mourão – PR

Os hábitos da população vêm se modificando desde o século XVIII, as gerações seguintes a partir daquele século se tornaram mais consumistas. É visível a quantidade de resíduos dispostos de forma irregular nas cidades, principalmente nos grandes centros urbanos. A geração per capita de RSU no Brasil em 2013 foi de 1,041 Kg/hab./dia, no Paraná de 0,78 Kg/hab./dia e no Município de Campo Mourão de 0,68 Kg/hab./dia. O objetivo do presente trabalho é realizar um diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Campo MourãoPR, face ao que estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Os elementos metodológicos se caracterizam pelo levantamento dos requisitos legais aplicáveis à gestão de RSU, aplicação de questionários e visitas in loco nos bairros Jardim Laura, Jardim Copacabana, Jardim Residencial Araucária e Jardim Franscisco Ferreira Albuquerque. O Município apresenta falhas quanto ao cumprimento do estabelecido na PNRS, como por exemplo, a inexistência do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos e de incentivos às associações e cooperativas de catadores.
Mostrar mais

41 Ler mais

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos do município de Mandaguaçu - PR

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos do município de Mandaguaçu - PR

O presente trabalho teve como objetivo realizar um diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos gerados na cidade de Mandaguaçu-PR. Para isso, os dados qualitativos referentes ao período de janeiro de 2016 a junho de 2017 foram levantados com auxílio dos funcionários do Departamento de Meio Ambiente e da contabilidade da Prefeitura deste município. Além disso, foi realizada a composição gravimétrica dos resíduos encaminhados à Cooperativa de Recicláveis de Mandaguaçu (COREMAN), entre os meses de janeiro e abril de 2017, totalizando doze amostragens. E, por fim, foi analisada a aderência do município quanto a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) (Lei Federal 12.305/10) conforme Índice de Sustentabilidade de Limpeza Urbana (ISLU) que varia de 0 – 1, sendo que 1 indica maior adesão à Lei. Desse modo, com o conhecimento destes dados constatou-se que a geração total de resíduos recicláveis do município é de 315 t/ano; a geração de resíduos sólidos é de 7560 t/ano, e o ISLU foi considerado alto com o valor de 0,786, sem levar, contudo, em consideração a eficiência dos serviços.
Mostrar mais

52 Ler mais

Diagnóstico e proposição de melhorias no sistema de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos do município de Serranópolis Do Iguaçu – PR

Diagnóstico e proposição de melhorias no sistema de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos do município de Serranópolis Do Iguaçu – PR

Tendo em vista que as questões ambientais tornam-se a cada dia mais preocupantes para as gestões púbicas, deste modo este trabalho objetivou realizar um diagnóstico no sistema de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos no município de Serranópolis do Iguaçu - PR. Assim como, sugerir melhorias, considerando-se que se trata de um município de pequeno porte, onde as problemáticas ambientais ainda podem ser trabalhadas com mais especificidade e acompanhamento constante da gestão pública, podendo-se estudar e elaborar formas de prevenção de futuros impactos ambientais. Para tanto, elaborou-se um estudo bibliográfico consistente das variadas questões ligadas aos resíduos sólidos do município, com levantamentos de dados e estatísticas futuras, e posterior análise crítica necessária para elaboração das proposições de melhorias que poderiam ser incrementadas nos serviços, além de métodos e formas de gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos. Adotou-se o procedimento de pesquisa em vários artigos científicos, livros e conversas com profissionais da área para o levantamento de dados, além da pesquisa quali quantitativa realizada com um número significativo da população serranopolitana. Assim sendo, foram abordados neste trabalho as definições pertinentes, a forma de gerenciamento de resíduos sólidos, os aspectos jurídicos, econômicos, sociais e ambientais ligados a esta problemática, a percepção da população e perspectivas futuras. A fim de propor melhorias para o gerenciamento de resíduos sólidos municipais, recomenda-se uma gradativa evolução nas questões ambientais, buscando-se encontrar uma maneira saudável de desenvolvimento.
Mostrar mais

103 Ler mais

Diagnóstico e proposição de diretrizes para o gerenciamento de resíduos sólidos urbanos no município de Matelândia - PR

Diagnóstico e proposição de diretrizes para o gerenciamento de resíduos sólidos urbanos no município de Matelândia - PR

Os resíduos ganham destaque como um grave problema contemporâneo, uma vez que, a gestão inadequada gera diretamente impactos importantes, tanto ambientais, quanto na saúde pública. Desta forma, o objetivo deste estudo foi diagnosticar e propor diretrizes para o gerenciamento de resíduos sólidos urbanos no Município de Matelândia, Paraná. O diagnóstico comtemplou a levantamento quali-quantitativo dos resíduos sólidos urbanos gerados no município, avaliação das condições ambientais da associação de catadores do município e aterro sanitário e percepção ambiental dos munícipes. Desta forma a metodologia do presente estudo se deu por meio de quarteamento dos resíduos destinados ao aterro sanitário, aplicação de índices para avaliação das condições ambientais e aplicação de questionários aos munícipes. A pesquisa foi realizada no período compreendido entre os meses de janeiro a março de 2015. Os resultados do diagnóstico permitiram caracterizar a coleta regular de resíduos e a coleta seletiva, além de identificar problemas quanto a associação de catadores de materiais recicláveis. O Índice de Coleta seletiva demostrou que a associação é operada em condições inadequadas. A quantificação da geração de resíduos sólidos domiciliares permitiu identificar na infraestrutura física e operacional que no município são gerados 0,334 Kg/hab.dia. Calculou-se o Índice de Aterro de Resíduos e por meio deste pode-se afirmar que o aterro é operado de forma inadequada. Observou-se ainda que além das falhas operacionais no aterro sanitário recebe resíduos industriais e comerciais. A análise da percepção ambiental mostrou que 66% dos munícipes desconhecem a disposição final dada aos resíduos. A caracterização da postura adotada pelos munícipes sobre o tema resíduos sólidos revelou que, segundo os entrevistados, grande maioria da população realiza a segregação dos resíduos recicláveis. Os objetivos, programas, ações, indicadores e metas foram propostos com base no diagnóstico realizado, sendo estes referentes a regularização dos cronogramas de coleta convencional e seletiva, adequação da infraestrutura e operação do aterro sanitário, cadastramento dos grandes geradores de resíduos do município e melhoria das condições de trabalho dos colaboradores da associação de catadores de resíduos recicláveis. O município de Matelândia carece de infraestrutura operacional e pessoal específicos para o manejo dos resíduos sólidos, gerando assim diversas falhas no sistema de gerenciamento. De maneira geral o presente estudo pode ser visto como uma ferramenta para o progresso nas condições do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Matelândia, apontando aspectos a serem melhorados.
Mostrar mais

87 Ler mais

Diagnóstico sobre o gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Peritiba - SC

Diagnóstico sobre o gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Peritiba - SC

A presente pesquisa teve como propósito a realização de um diagnóstico sobre o gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos (RSU) no município de Peritiba/SC. O crescente aumento populacional traz consigo a necessidade de produção e consumo cada vez maior. Paralelo a isso vem a problemática da geração de resíduos, principalmente dos RSU. Esses resíduos, se dispostos inadequadamente trazem muitos prejuízos ao meio ambiente e aos que nele estão inseridos, como contaminação atmosférica, de recursos hídricos e dos solos, disseminação de vetores e doenças, dentre outros problemas que se agravam a cada dia. Na atualidade, a preocupação com a manutenção das condições do meio ambiente e das gerações futuras são assuntos de foco mundial, pois vários fenômenos até então inexistentes começaram a aparecer e se intensificar, como o aquecimento global, os ciclones, terremotos, etc. Durante a pesquisa analisou-se quali- quantitativamente a geração e o perfil do sistema de gerenciamento, como também foram apresentadas propostas e medidas de melhoria e/ou adequações. O levantamento das informações, através da observação a campo e dos processos e de entrevistas orais semiestruturadas resultaram em dados e informações sobre o manejo dos RSU envolvendo a coleta, abrangência e roteiro da coleta, tipo de resíduo coletado e quantidade, acondicionamento, transporte, triagem, destinação e forma de gerenciamento dos resíduos por parte da população. Foram acompanhadas as atividades e processos desenvolvidos pela empresa responsável pela coleta dos rejeitos e resíduos orgânicos e também atividades desenvolvidas pelo catador autônomo responsável pela coleta seletiva de materiais recicláveis. Através da realização da pesquisa e análise dos dados, pode-se concluir que a população urbana do município de Peritiba - SC, objeto de estudo, produz 38.000 kg de RSU/mês, isto é, 0,855 kg/habitante/dia, estando acima da média nacional que estipula 0,500 kg/habitante/dia, para cidades com até 30.000 habitantes. O perfil do sistema de gerenciamento dos RSU do município de Peritiba/SC apresenta um cenário distinto entre o poder público e a população, pois o layout do sistema de gerenciamento está coerente com o perfil do município, porém a geração é elevada e a segregação ainda não ocorre de forma correta. O manejo dos RSU por parte da empresa coletora e do catador autônomo atende as necessidades e exigências do município em todas as etapas do processo, mas há uma lacuna referente à grande produção destes resíduos, que atualmente está acima da média nacional.
Mostrar mais

60 Ler mais

Diagnóstico e gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Tuneiras do Oeste - PR

Diagnóstico e gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Tuneiras do Oeste - PR

With the disorderly growth of cities, the production of waste has been increasing considerably, and this becomes a big problem, especially in cities where there is no sanitary landfill. The objective of this work is to present how it is occurring to the destination of the solid waste of the municipality of Tuneiras do Oeste - PR at the present time. Although the sanitary landfill is already under construction complying with all the environmental, sanitary and economic criteria, it was verified that the municipal waste is currently deposited in an open pit without any environmental protection mechanism. Through the gravimetric composition, 25% of the solid waste in the municipality corresponds to recyclable waste, demonstrating the importance of the implementation of selective garbage collection that would reduce the waste by overloading the landfill and the future landfill, generating savings and being able to revert in income to associations. The research refers to the creation of an Integrated Solid Waste Management System, implementing the Environmental Education policy. Educate future generations to avoid consumerism, reduce, reuse, recycle, teach to have an ecological conscience, preserve natural resources, awaken correct actions, develop sustainable activities, are attitudes towards the environment and a life with more quality. Garbage can no longer be the big problem, becoming a source of jobs and raw materials for various sectors of the economy. But for all these solutions to be effective, the effective commitment of all, government and civil society, is needed in a joint effort for better environmental conditions.
Mostrar mais

39 Ler mais

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos no município de Missal - PR

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos no município de Missal - PR

O diagnóstico do gerenciamento de resíduos sólidos possibilita a identificação das fontes geradoras e como estas estão manejando seus resíduos. Neste contexto, o objetivo do presente estudo foi realizar um diagnóstico sobre o gerenciamento dos resíduos sólidos gerados no município, bem como o levantamento de dados quali- quantitativos sobre as fontes geradoras dos resíduos sólidos e analisar como se encontra o perfil atual. O estudo foi realizado no Município de Missal localizado no oeste do Paraná. Foi realizado o levantamento das fontes geradoras que contemplam o sistema de logística reversa (LR), resíduos sólidos urbanos (RSU), e resíduos de construção civil (RCC), por se tratarem de resíduos onde cabe ao município realizar a destinação e disposição final. Levantaram-se as fontes geradoras desses resíduos por meio de questionários. Utilizou-se a composição gravimétrica por meio do método de quarteamento no intuito de verificar a eficiência da coleta seletiva do município. Verificaram-se ainda os dados quali-quantitativos registrados pela prefeitura quanto aos RCC. Ao realizar os questionários pode-se identificar que grande parte das empresas realiza o controle de geração, orientações ao consumidor, armazenamento, destinação e disposição final dos resíduos gerados corretamente. Ao realizar o método de quarteamento foi possível identificar que ainda existe grande quantidade de resíduos recicláveis sendo acondicionado no aterro controlado, o que indica que a coleta seletiva necessita de melhorias. Os resíduos de construção civil são coletados pela prefeitura e esta realiza a disposição final dos mesmos, sendo que, os que se enquadram na Classe B, com base na Resolução CONAMA 307/2002, são reciclados pela associação de catadores do município. Ao final do estudo, observou-se de modo geral, o que no município de Missal as empresas e o poder público vêm representando um bom papel quanto ao gerenciamento de seus resíduos, pois realiza a coleta, destinação e disposição de seus resíduos.
Mostrar mais

76 Ler mais

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos de Minas Gerais e a política nacional

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos de Minas Gerais e a política nacional

Adicionalmente, são necessários investimento e custeio em programas que permitam cada vez mais somente o envio de rejeitos aos aterros. A coleta seletiva, por sua vez, tem papel fundamental nesse processo. Ela requer igualmente um modelo com viabilidade econômica, social e política, sobretudo na logística e comercialização dos resíduos recicláveis e nas condições de trabalho dos catadores. Para implementar esta política, o município necessita de recursos financeiros e em contrapartida as instituições financeiras da União somente repassarão recursos para municípios que apresentarem seus planos de gestão integrada de resíduos sólidos, os quais demonstrem a sustentabilidade financeira da solução proposta e contemplem, preferencialmente, uma solução consorciada a outros municípios.
Mostrar mais

114 Ler mais

Diagnóstico socioambiental da coleta seletiva no município de Campo Mourão - PR

Diagnóstico socioambiental da coleta seletiva no município de Campo Mourão - PR

O presente trabalho de conclusão de curso teve como objetivo realizar um diagnóstico sócio-ambiental da coleta seletiva no município de Campo Mourão. Destarte, foram realizadas visitas e entrevistas semi-estruturadas junto aos agentes envolvidos na coleta seletiva municipal, a Secretaria de Meio Ambiente, a empresa titular dos serviços públicos de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e as organizações formalizadas por catadores de materiais recicláveis. As visitas à empresa titular dos serviços de coleta e organizações de catadores teve o propósito de identificar a infraestrutura das entidades e levantamento das informações qualiquantitativas que subsidiaram a pesquisa. Os resultados deste trabalho evidenciaram que o município conta com uma associação e uma cooperativa em funcionamento, em média a coleta seletiva recolhe 70 toneladas ao mês de materiais recicláveis, que representam apenas 3,5% da geração total de Resíduos Sólidos Urbanos. A empresa responsável pela coleta elabora anualmente um Plano de Educação Ambiental que prevê parcerias com o executivo municipal e junto a entidades particulares em atividades a diversas organizações locais e escolas municipais e estaduais. Conclui-se a partir do diagnóstico realizado, que o Poder Público Municipal realiza ações discretas de educação ambiental, àquelas em parceria com a empresa titular dos serviços de coleta, e a fiscalização quanto à participação da população no sistema de coleta seletiva é inexistente. As organizações de catadores necessitam de melhorias em infraestrutura e apoio do município. O maior impedimento de avanço na gestão e gerenciamento da coleta seletiva é a inexistência de um Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos que estabeleça metas e programas específicos visando a promoção do sistema.
Mostrar mais

78 Ler mais

Gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Cafelândia – Paraná e o cumprimento da política nacional de resíduos sólidos

Gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos no município de Cafelândia – Paraná e o cumprimento da política nacional de resíduos sólidos

Além do diagnóstico da situação dos resíduos sólidos no município, não há nenhuma outra lei, ou documento que comprove o cumprimento dos demais itens que deveriam constar nos planos, como: identificação das áreas favoráveis para disposição final ambientalmente adequada de rejeitos e áreas contaminadas e respectivas medidas saneadoras; identificação da possibilidade de implantação de soluções consorciadas ou compartilhadas com outros Municípios; identificação dos geradores sujeitos ao plano de gerenciamento ou ao sistema de logística reversa; sistema de cálculo dos custos da prestação dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos; metas de coleta seletiva e reciclagem dos resíduos e das formas e dos limites da participação do Poder Público local.
Mostrar mais

50 Ler mais

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos do Município de Brejo do Cruz-PB

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos do Município de Brejo do Cruz-PB

Com o advento da revolução industrial e os altos investimentos em tecnologia, vários hábitos foram surgindo na população mundial, iniciando um novo tipo de comportamento, que, cada vez mais, vem produzindo lixo de forma alarmante. Daí vem, então, a preocupação com o destino final adequado dos resíduos sólidos urbanos, preocupação que visa o bem-estar da população e a diminuição na utilização de recursos naturais. Para Sposito (2002, p. 55), “a cidade recebeu diretamente as consequências do rápido crescimento populacional imprimido pela revolução industrial, e sofreu, a nível de estruturação de seu espaço interno, muitas transformações”.
Mostrar mais

16 Ler mais

Caracterização quantitativa e gravimétrica dos resíduos sólidos urbanos do Município de Campo Mourão - PR

Caracterização quantitativa e gravimétrica dos resíduos sólidos urbanos do Município de Campo Mourão - PR

Um sistema de gerenciamento ideal é aquele que objetiva minimizar a quantidade gerada de resíduo, levando em conta o atendimento das necessidades sociais e buscando a sustentabilidade do sistema. Vinculado a isso, têm-se a utilização de processos de tratamento dos resíduos como a incineração, a reciclagem e a compostagem, a escolha de um método de disposição menos agressivo ao ambiente e de acordo com a situação do município e principalmente, a conscientização e participação efetiva da comunidade para garantir o sucesso gerenciamento. Neste contexto, também mostra-se importante a implantação de programas de coleta seletiva e de educação ambiental para sensibilização da comunidade (MAGALHÃES, 2008).
Mostrar mais

55 Ler mais

Elaboração de um plano de gerenciamento de resíduos sólidos (PGRS) de uma empresa prestadora de serviços de bebidas no município de Campo Mourão – PR

Elaboração de um plano de gerenciamento de resíduos sólidos (PGRS) de uma empresa prestadora de serviços de bebidas no município de Campo Mourão – PR

O presente trabalho teve como objetivo a elaboração de uma proposta de um Plano Gerenciamento de Resíduos Sólidos de uma empresa prestadora de serviços de bebidas no município de Campo Mourão - PR. No estudo foi realizada a caracterização do empreendimento; o levantamento de dados e informações através de visitas semanais no local, entrevistas e registros fotográficos; diagnóstico da situação atual do gerenciamento dos resíduos; a caracterização quantitativa dos resíduos sólidos gerados pelo empreendimento. A partir da metodologia empregada foi possível propor uma proposta de manejo adequada para cada tipo de resíduo gerado, e posterior destinação final dos mesmos de acordo com a legislação em vigor. Com os resultados obtidos foi possível verificar que a maior geração de resíduos é de natureza orgânica com geração de 260,55 kg/mês, também observou- se que o empreedimento precisa se adequar as legislações vigentes pois não segrega seus resíduos corretamente, em vista disso a necessidade e importância de maiores ações de treinamento, sensibilização e educação ambiental.
Mostrar mais

32 Ler mais

ANÁLISE DE SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS PARA MUNICÍPIO DE PEQUENO PORTE

ANÁLISE DE SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS PARA MUNICÍPIO DE PEQUENO PORTE

Buscou-se estudar os possíveis sistemas de gestão de resíduos sólidos urbanos para municípios de aproximadamente, 50 mil habitantes, tomando-se como base o município de Adamantina-SP. Através de diagnostico da realidade social, econômica e ambiental, e da investigação da viabilidade econômica da usina de triagem e compostagem de lixo da Prefeitura Municipal. Para atingir os objetivos propostos no desenvolvimento do presente, foram utilizadas várias fontes de dados, material cartográfico, censos oficiais, entrevistas, aplicação de questionários, trabalhos de campo, diagnóstico dos resíduos urbanos e visitas técnicas em outras cidades.
Mostrar mais

12 Ler mais

Gerenciamento de resíduos sólidos urbanos: estudo de caso no município de Pato Branco – PR

Gerenciamento de resíduos sólidos urbanos: estudo de caso no município de Pato Branco – PR

No terceiro capítulo o “Referencial Teórico”, o objetivo é trazer o contexto histórico e fornecer os subsídios necessários para compreensão dos resultados. Na sua primeira seção, “Resíduos sólidos: definição e classificação”, buscou-se delimitar o conceito de resíduos sólidos e apresentar as classificações usualmente utilizadas. Na segunda seção, “Aprofundando a questão dos resíduos sólidos urbanos: outros conceitos”, procurou-se compreender os conceitos de coleta seletiva, destinação final, logística reversa e responsabilidade compartilhada. Na terceira seção, “Políticas e legislações relacionadas aos Resíduos Sólidos” constituiu-se em um levantamento sobre as Leis, relativas aos resíduos sólidos, em âmbito nacional, estadual e municipal. Na última seção do capítulo, “Gerenciamento de resíduos sólidos urbanos: percepção sobre as relações sociedade e natureza”, a intenção foi elaborar um resgate histórico sobre o crescimento populacional, a percepção ambiental e a geração de resíduos sólidos, que tornou-se indissociável das atividades desenvolvidas pelo homem.
Mostrar mais

151 Ler mais

Proposta de um plano de gerenciamento de resíduos sólidos (PGRS) para uma vidraçaria no município de Campo Mourão – Paraná

Proposta de um plano de gerenciamento de resíduos sólidos (PGRS) para uma vidraçaria no município de Campo Mourão – Paraná

Segundo a NBR10004 (ASSOCIAÇAO..., 2004) resíduos sólidos é definido por quaisquer resíduos nos estados sólido e semi-sólido, que resultam de atividades de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola, de serviços e de varrição. Ficam incluídos nesta definição os lodos provenientes de sistemas de tratamento de água, aqueles gerados em equipamentos e instalações de controle de poluição, bem como determinados líquidos cujas particularidades tornem inviável o seu lançamento na rede pública de esgotos ou corpos de água, ou exijam para isso soluções técnica e economicamente inviável em face à melhor tecnologia disponível.
Mostrar mais

35 Ler mais

Proposta de um plano de gerenciamento de resíduos sólidos (PGRS)de um posto de combustível no município de Campo Mourão - Paraná

Proposta de um plano de gerenciamento de resíduos sólidos (PGRS)de um posto de combustível no município de Campo Mourão - Paraná

Segundo a NBR 10004 (ASSOCIAÇÃO..., 2004a) resíduos sólidos é definido por quaisquer resíduos nos estados sólido e semi-sólido, que resultam de atividades de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola, de serviços e de varrição. Ficam incluídos nesta definição os lodos provenientes de sistemas de tratamento de água, aqueles gerados em equipamentos e instalações de controle de poluição, bem como determinados líquidos cujas particularidades tornem inviável o seu lançamento na rede pública de esgotos ou corpos de água, ou exijam para isso soluções técnica e economicamente inviáveis em face à melhor tecnologia disponível.
Mostrar mais

36 Ler mais

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos eletroeletrônicos no município de Missal - PR

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos eletroeletrônicos no município de Missal - PR

É fato evidente que a disposição final dos resíduos sólidos torna-se mais abstrusa à proporção que aumentam a população e a industrialização e se impulsiona o consumo de produtos que empregam muitos componentes em sua fabricação. Evitar a geração de resíduos a partir do impedimento de produzir ou de consumir é, todavia, impossível, pois surgiriam diversos tipos de problemas, como o desemprego, a pobreza, e a transferência da produção para outras regiões. A questão deve ser analisada de forma criativa, buscando soluções que diminuam os impactos causados pelos resíduos, suprimindo-os, desde que possível na origem, ou dando-lhes um destino útil, reciclando-os em novas matérias-primas.
Mostrar mais

44 Ler mais

Estimativa da geração de resíduos da construção civil no município de Campo Mourão-PR

Estimativa da geração de resíduos da construção civil no município de Campo Mourão-PR

Para uma gestão eficaz é necessário que o município tenha um diagnóstico atual da situação dos RCC. Fatores como quantidade de resíduos gerados, demanda de materiais para construção, diversidade dos materiais, composição gravimétrica devem ser levantados o mais próximo possível da realidade. Fatores políticos fazem com que este tipo de problema não tenha prioridade nos planos de gestão municipal na grande maioria das cidades.

27 Ler mais

Importância da associação Assesi para o gerenciamento dos resíduos sólidos do município de Serranópolis do Iguaçu – PR

Importância da associação Assesi para o gerenciamento dos resíduos sólidos do município de Serranópolis do Iguaçu – PR

Atualmente a geração dos resíduos é um grande desafio a ser enfrentado, sobretudo nos grandes centros urbanos. A partir da segunda metade do século XX, com os novos padrões de consumo provenientes dos avanços tecnológicos, a produção de resíduos vem crescendo continuamente em ritmo superior à capacidade de absorção da natureza. Além dos elevados volumes, o descarte inadequado desses resíduos pode ser capaz de colocar em risco e comprometer os recursos naturais e a qualidade de vida das atuais e futuras gerações (COSTA et al., 2009).
Mostrar mais

49 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados