Top PDF Diagnóstico da situação atual e sugestões de melhorias para o gerenciamento de resíduos da construção civil no município de Apucarana-PR

Diagnóstico da situação atual e sugestões de melhorias para o gerenciamento de resíduos da construção civil no município de Apucarana-PR

Diagnóstico da situação atual e sugestões de melhorias para o gerenciamento de resíduos da construção civil no município de Apucarana-PR

Atualmente, sabe-se da importância de uma gestão eficiente dos resíduos sólidos urbanos para garantir maior qualidade de vida à população, sendo essa, uma questão de saneamento básico. Destaca-se ainda a enorme quantidade de resíduos gerados pela indústria da construção civil. O presente trabalho tem por objetivo diagnosticar a atual situação e propor melhorias para o gerenciamento dos resíduos da construção civil (RCC) no município de Apucarana-PR. A partir daí, e com base na literatura, foram identificados os stakeholders do processo de gerenciamento de RCC, e definida a metodologia a ser utilizada para obtenção de informações com os mesmos, por meio da aplicação de questionário, entrevistas estruturadas, visitas de campo e avaliação de informações e relatórios relacionados ao assunto, fornecidos pelos órgãos gestores na cidade. A partir dessa pesquisa, pôde-se avaliar os resultados trazidos pela implementação da Lei nº 46/2014, que estabelece as diretrizes para o gerenciamento de RCC no município, além de verificar o conhecimento dos stakeholders do processo sobre a existência e procedimentos presentes nessa lei. Ao final, esse estudo possibilitou ao pesquisador, a partir das análises e observações feitas, a elaboração de sugestões de melhorias a serem aplicadas ao gerenciamento de RCC na cidade. E por fim, pôde-se observar que o Município de Apucarana já tem caminhado alguns passos no que se refere ao adequado gerenciamento desse material.
Mostrar mais

67 Ler mais

Diagnóstico da situação atual e subsídios para o gerenciamento dos resíduos da construção civil em Guarapuava – PR

Diagnóstico da situação atual e subsídios para o gerenciamento dos resíduos da construção civil em Guarapuava – PR

A construção civil é um setor importante para economia do país, movimentando milhões de reais e gerando muitos empregos na área. Em contrapartida, é o setor responsável pela produção de uma grande quantidade de resíduos, devido ao desperdício de materiais no canteiro de obras e processos de demolição. O gerenciamento dos resíduos de construção civil deve contemplar ações de redução, reutilização, reciclagem e descarte correto de tais. A disposição em locais irregulares de resíduos de construção civil pode causar diversos impactos ambientais como: assoreamento de rios e lagos, contaminação do lençol freático, problemas de drenagem urbana e proliferação de vetores de doenças. O objetivo do trabalho consistiu em analisar os procedimentos de coleta, transporte e destinação correta de resíduos de construção civil no município de Guarapuava-PR, além de propor alternativas para reutilização e reciclagem dos mesmos. Através de levantamento de dados junto aos órgãos responsáveis, e visitas à usina de reciclagem de RCC de Guarapuava-PR, foi possível quantificar e qualificar os resíduos gerados no município. Os resíduos que chegam até a usina de reciclagem, após passarem por processos de segregação e beneficiamento, foram transformados em agregados reciclados, cuja caracterização neste trabalho ocorreu em por meio de ensaios laboratoriais realizados de acordo com algumas Normas Regulamentadoras Brasileiras. A situação dos resíduos de construção civil, em âmbito municipal, apresentou-se por meio da geração, coleta, transporte, área de triagem e destinação final, que incluem as possibilidades de reutilização e reciclagem, além da disposição irregular dos resíduos que ocorrem no município.
Mostrar mais

70 Ler mais

Diagnóstico do sistema de gerenciamento de resíduos de construção e demolição no município de Belo Horizonte - MG

Diagnóstico do sistema de gerenciamento de resíduos de construção e demolição no município de Belo Horizonte - MG

A urbanização acelerada e o rápido adensamento das cidades trazem à tona problemas relacionados à intensificação da geração de resíduos sólidos. A sociedade, os pesquisadores e o poder público têm voltado seus esforços para enfrentar as dificuldades encontradas para o manejo, tratamento e disposição adequada desses grandes volumes de resíduos produzidos. Neste contexto, destacam-se os resíduos da construção civil (RCC), uma vez que, em geral, representam uma grande parcela dos resíduos sólidos gerados no meio urbano. Um dos principais impactos enfrentados pelos municípios em relação aos resíduos da construção civil está associado à disposição irregular das enormes quantidades produzidas e aos gastos por parte da administração pública com modelos de gestão corretivas. Essa situação pode ser atribuída à ausência de políticas públicas específicas para tratar a gestão e o gerenciamento dos RCC ou ainda pelo descumprimento dessas. Com o objetivo de contribuir nesta área de conhecimento, a presente pesquisa teve por finalidade estudar a situação atual e a evolução do sistema de gerenciamento integrado de RCC no município de Belo Horizonte - MG. Dessa forma, foi realizado um diagnóstico por meio de três etapas de estudo: contextualização dos indicadores básicos locais, análise da geração de RCC e análise dos equipamentos públicos envolvidas no gerenciamento dos RCC. Com base nos resultados obtidos, foi possível verificar que o município de Belo Horizonte possui uma boa estrutura dedicada para o gerenciamento de resíduos da construção civil, de acordo com as exigências da Resolução CONAMA nº 307/2002, no entanto algumas adaptações mostraram-se necessárias. Além disso, esta pesquisa propôs e implementou uma metodologia expedita para definição de locais propensos à instalação de áreas de triagem e transbordo, a qual se mostrou eficiente quanto ao objetivo proposto. Foram apresentadas algumas limitações a partir da aplicação da metodologia sugerida, o que não invalida sua utilização enquanto análise preliminar.
Mostrar mais

137 Ler mais

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos no município de Missal - PR

Diagnóstico do gerenciamento dos resíduos sólidos no município de Missal - PR

O diagnóstico do gerenciamento de resíduos sólidos possibilita a identificação das fontes geradoras e como estas estão manejando seus resíduos. Neste contexto, o objetivo do presente estudo foi realizar um diagnóstico sobre o gerenciamento dos resíduos sólidos gerados no município, bem como o levantamento de dados quali- quantitativos sobre as fontes geradoras dos resíduos sólidos e analisar como se encontra o perfil atual. O estudo foi realizado no Município de Missal localizado no oeste do Paraná. Foi realizado o levantamento das fontes geradoras que contemplam o sistema de logística reversa (LR), resíduos sólidos urbanos (RSU), e resíduos de construção civil (RCC), por se tratarem de resíduos onde cabe ao município realizar a destinação e disposição final. Levantaram-se as fontes geradoras desses resíduos por meio de questionários. Utilizou-se a composição gravimétrica por meio do método de quarteamento no intuito de verificar a eficiência da coleta seletiva do município. Verificaram-se ainda os dados quali-quantitativos registrados pela prefeitura quanto aos RCC. Ao realizar os questionários pode-se identificar que grande parte das empresas realiza o controle de geração, orientações ao consumidor, armazenamento, destinação e disposição final dos resíduos gerados corretamente. Ao realizar o método de quarteamento foi possível identificar que ainda existe grande quantidade de resíduos recicláveis sendo acondicionado no aterro controlado, o que indica que a coleta seletiva necessita de melhorias. Os resíduos de construção civil são coletados pela prefeitura e esta realiza a disposição final dos mesmos, sendo que, os que se enquadram na Classe B, com base na Resolução CONAMA 307/2002, são reciclados pela associação de catadores do município. Ao final do estudo, observou-se de modo geral, o que no município de Missal as empresas e o poder público vêm representando um bom papel quanto ao gerenciamento de seus resíduos, pois realiza a coleta, destinação e disposição de seus resíduos.
Mostrar mais

76 Ler mais

Estimativa da geração de resíduos da construção civil no município de Campo Mourão-PR

Estimativa da geração de resíduos da construção civil no município de Campo Mourão-PR

Para uma gestão eficaz é necessário que o município tenha um diagnóstico atual da situação dos RCC. Fatores como quantidade de resíduos gerados, demanda de materiais para construção, diversidade dos materiais, composição gravimétrica devem ser levantados o mais próximo possível da realidade. Fatores políticos fazem com que este tipo de problema não tenha prioridade nos planos de gestão municipal na grande maioria das cidades.

27 Ler mais

Diagnóstico do gerenciamento de resíduos de construção e demolição no município de Matelândia - PR

Diagnóstico do gerenciamento de resíduos de construção e demolição no município de Matelândia - PR

O gerenciamento adequado dos resíduos de construção civil e demolição é uma questão urgente, que exige ações imediatas e conjuntas de todos os membros envolvidos no processo produtivo: órgão público municipal, geradores de resíduos e transportadores (RIBEIRO Jr, 2009; SINDUSCON-SP, 2005). Dentre essas partes envolvidas, o agente fundamental é o poder público municipal, que é quem irá efetivamente implantar a política de gestão adequada dos RCD (RIBEIRO Jr, 2009). Conhecer e diagnosticar o cenário atual de produção e gerenciamento dos RCD gerados possibilitará o melhor encaminhamento para a implantação de um sistema de gestão adequado desses resíduos. Portanto, o passo inicial para se ter eficácia na elaboração do Plano Municipal de Gestão de Resíduos da Construção Civil, em concordância com a Resolução CONAMA n o 307/2002, é a realizar um diagnóstico com o levantamento das características locais de gerenciamento dos RCD (PINTO e GONZALÉZ, 2005).
Mostrar mais

62 Ler mais

Gerenciamento dos resíduos da construção civil em Belo Horizonte

Gerenciamento dos resíduos da construção civil em Belo Horizonte

Algumas empresas já adotam medidas ideais e exemplares. Além da devida segregação, triagem dos resíduos, utiliza-se no próprio canteiro de obras, equipamento para reciclagem dos entulhos gerados no decorrer do processo de construção. São produzidos agregados reciclados simultaneamente á execução da obra, sendo possível o aproveitamento deste no próprio empreendimento. A adoção deste sistema acaba por eliminar a etapa de transporte, e deposição do entulho, mesmo que em locais aprovados. Dissemina-se também a possibilidade de utilização de usinas móveis de britagem. Trata-se de uma solução ambientalmente correta que, sendo progressivamente adotada pelas empresas e construtores, colaborará para um desenvolvimento mais sustentável.
Mostrar mais

52 Ler mais

Elaboração do plano de gerenciamento dos resíduos da construção civil de uma obra no município de Florianópolis - SC

Elaboração do plano de gerenciamento dos resíduos da construção civil de uma obra no município de Florianópolis - SC

Para os resíduos de Classe II, a mesma norma caracteriza como não inertes os resíduos que não se enquadram como perigosos – Classe I ou inertes – Classe II B, podendo os mesmos apresentar as seguintes características: biodegradabilidade, combustibilidade ou solubilidade em água. Para os resíduos Classe II B – Inertes, a Norma preconiza como sendo quaisquer resíduos, que quando amostrados de uma forma representativa, segunda ABNT – NBR 10.007, e submetidos a um contato dinâmico e estático com água destilada ou deionizada, á temperatura ambiente, conforme ABNT – NBR 10.006, não tiverem nenhum de seus constituintes solubilizados a concentrações superiores ao padrão de potabilidade da água, excetuando-se aspecto, cor, turbidez, dureza e sabor.
Mostrar mais

76 Ler mais

Gerenciamento de resíduos da construção civil para um conjunto habitacional

Gerenciamento de resíduos da construção civil para um conjunto habitacional

Os resíduos gerados pelas empresas da construção civil possuem um grande potencial de reciclagem e reaproveitamento. Estes resíduos podem representar até 50% do total de resíduos sólidos produzidos nos centros urbanos. Este artigo visa abordar essa problemática e aplicar a Resolução 307/2002 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), de modo que as construções se tornem cada vez mais sustentáveis e com o mínimo de desperdício de materiais. O estudo foi desenvolvido no município de Irati, Estado do Paraná. A obra, composta de 310 unidades habitacionais, faz parte do Programa Federal Minha Casa Minha Vida (MCMV) e visa beneficiar famílias com renda menor que um salário mínimo. A metodologia proposta contemplou um estudo dos resíduos gerados na obra, o armazenamento e a sua destinação correta. Observou-se que grande parte dos resíduos gerados compõe a classe A (78,75%) que é formada pelas argamassas, concretos, blocos cerâmicos e caliças. A classe B (17,50%) composta de papel, papelão e madeira. Por fim a classe C e D (3,35%), formada por tintas, vernizes e produtos que merecem uma atenção maior na forma de destinação. A pesquisa demostrou que a aplicação da metodologia de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil pode proporcionar economia às construtoras. Porém para que esta seja aplicada corretamente, uma constante conscientização e treinamento, com os colaboradores, devem ser mantidos, de modo que a minimização e cuidados na execução da obra produza o mínimo possível de resíduos.
Mostrar mais

14 Ler mais

Mapeamento do processo de gerenciamento dos resíduos da construção civil em Fortaleza

Mapeamento do processo de gerenciamento dos resíduos da construção civil em Fortaleza

Civil construction is one of the main causes of environmental impacts, not only due to the consumption of natural resources, but also due to the indiscriminate disposal of Construction and Demolition Waste (CDW). Thus, this study sought to map the flow of CDW processes – from generation to reinsertion in the market or final disposal – and hierarchize the waste according to its reuse priority. The research methodology was divided into two parts: the first step was to conduct semi-structured interviews with public and private sector representatives of the CDW management process; the second stage was attended by two technical specialists and a construction company for the creation and application, respectively, of a CDW hierarchy instrument. The research resulted in the characterization of the individual and collective activities of local companies involved in the reverse logistics of the CDW and the stakeholders of the process, in addition to listing their main obstacles. The first step of the research proved the need to study the CDW reverse chain to propose suitable solutions to the obstacles listed by its participants. The second step served to reiterate the results obtained in the first one, pointing out the residues with the greatest need for reuse, namely class A waste, wood and gypsum. The hierarchization was relevant because it enabled the prediction of the residues with greater need of treatment in an impartial and direct way. It is concluded that there is a need for the creation of new action plans, incentive policies, laws and sanctions application that allow the progress of sustainable performance in construction, as well as greater awareness of stakeholders, reduction of bureaucracy for the implementation of recycling plants, incentives for producers and buyers of recycled products, greater supervision of sorting, transportation and final destination of CDW.
Mostrar mais

90 Ler mais

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL: ESTUDO DE CASO EM EMPREENDIMENTOS COMERCIAL E RESIDENCIAL EM LONDRINA (PR)

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL: ESTUDO DE CASO EM EMPREENDIMENTOS COMERCIAL E RESIDENCIAL EM LONDRINA (PR)

representado uma eficiência de aproximadamente 50%, como visto no Gráfico 2. A baixa quantidade de não conformidades é resultado de problemas que não foram solucionados e, consequentemente, continuam existindo; assim, o status não fica como concluído e não é feito um novo registro de não conformidade. É importante destacar que a mistura de resíduos foi uma não conformidade que não foi solucionada com- pletamente nos dois empreendimentos, por mais que fossem feitos treinamentos e adotadas medidas para conter esse problema. No entanto, com o gerencia- mento de RCCs, a mistura de resíduos foi minimizada, já que antes da implantação do plano a mistura era maior. O problema dos maços de cigarro no chão no empreendimento residencial também não foi total- mente solucionado.
Mostrar mais

12 Ler mais

Diagnóstico de sistema de Gerenciamento de resíduos de construção civil em obras de construtoras de pequeno porte

Diagnóstico de sistema de Gerenciamento de resíduos de construção civil em obras de construtoras de pequeno porte

The city of Curitiba has lots of companies in the field of Construction. Data Sinduscon PR- 2015, claim that there are 1,100 member companies in Curitiba and metropolitan region and that these, approximately 60% are small businesses. This research aims to investigate the technical compliance of the management systems of solid waste construction in small construction works in the city of Curitiba, State of Parana. To achieve this goal it was created and applied a questionnaire in 12 works in the city, to verify that the management systems found in the works are consistent with the technical and regulatory requirements. Even if a lot of laws and regulations to guide these systems, we found that the reality of the works is different when it comes to waste. There is no evidence that the concerns of small construction owners with respect to RCC management is effective. It can be noticed that training employees are scarce and show inefficient, because what we see is a disposition when it comes to reduce, reuse or recycle waste on site. Even at the time of separation of waste, you can see that lack training and encouragement, because the waste are mixed in most of the works.
Mostrar mais

55 Ler mais

Descarte e reaproveitamento de resíduos da construção civil no município de Moreira Sales, PR

Descarte e reaproveitamento de resíduos da construção civil no município de Moreira Sales, PR

Moreira Sales é um município brasileiro do Estado do Paraná. Fica situada na região de Goioerê, entre os rios Piquiri, Ivaí e Goioerê, no oeste paranaense (Altitude (metros) 450; Latitude 24 º 03 ' 44 '' S; Longitude 53 º 00 ' 25 '' W). Foi fundada em 1960 (30/11/1961; Data de comemoração do município 25 de Julho). Sua população estimada em 2010 (IBGE) era de 12.606 habitantes. Possui Área territorial 357,358 km²; Distância da sede municipal à capital 522,24 km. O nome do município é uma homenagem ao antigo proprietário das terras onde hoje se encontra o Moreira Sales. As figuras 4 e 5 ilustram uma das localizações de descarte do entulho no município, jogado próximo a nascente.
Mostrar mais

49 Ler mais

Gestão de redes subterrâneas de infraestrutura urbana na cidade de Curitiba/PR: diagnóstico e sugestões de melhorias

Gestão de redes subterrâneas de infraestrutura urbana na cidade de Curitiba/PR: diagnóstico e sugestões de melhorias

A implantação de redes de infraestrutura urbana para distribuição de serviços públicos no subsolo das cidades é uma tendência verificada no mundo inteiro. Vista como uma forma de driblar os impactos visuais e garantir maior confiabilidade, o simples enterramento das redes sem coordenação ou parametrização acaba por gerar um grande desafio tanto para as empresas que as administram quanto para os gestores públicos e os cidadãos. Na cidade de Curitiba não é diferente. Este trabalho busca identificar a forma como as concessionárias de serviços públicos atuantes na cidade de Curitiba e o poder público municipal lidam com o desafio de gerenciar as redes que abastecem a população com serviços públicos no meio urbano e como este processo pode ser melhorado. Através de um diagnóstico do processo, de uma análise sobre as experiências adotadas em outras cidades e de uma revisão sobre as ferramentas de tecnologia da informação existentes para gestão urbana, as sugestões de melhoria propostas tendem a trazer maior eficiência e transparência tanto na gestão dos ativos quanto na aplicação de recursos públicos. A aplicação deste estudo vem ao encontro do aumento de investimentos públicos em infraestrutura urbana vivenciada nos últimos anos e aos interesses da população que financia esta atividade e colhe seus benefícios através de um incremento de cidadania e qualidade de vida.
Mostrar mais

66 Ler mais

Gerenciamento de resíduos de construção civil: estudo de caso em empreendimentos comercial e residencial em Londrina/Pr

Gerenciamento de resíduos de construção civil: estudo de caso em empreendimentos comercial e residencial em Londrina/Pr

Uma maneira de redução de resíduos na fonte é a utilização da tecnologia de drywall, que são “perfis estruturais de aço galvanizado, acessórios do mesmo material [...] parafusos, fitas de papel para tratamento de juntas e banda acústica [...]”. Haverá resíduo das chapas caso haja algum problema e tenha a necessidade de realizar recortes ou ajustes, mas ao invés de demolir parte da parede, basta retirar apenas um pedaço da placa (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DO DRYWALL, 2012). Assim, com a utilização de paredes de drywall, caso seja necessário a realização de quebras, haverá menor quantidade de resíduos, em volume, quando comparado com a quebra de parede de alvenaria.
Mostrar mais

105 Ler mais

Gerenciamento de resíduos no setor da construção civil: um estudo de caso

Gerenciamento de resíduos no setor da construção civil: um estudo de caso

Outra alternativa seria a utilização de práticas estabelecidas pela filosofia lean. A construção enxuta visa a melhor produtividade e a qualidade final do produto diminuindo perdas no processo produtivo. Esse método também é conhecido como lean construction que utiliza bases das filosofias de TQM e JIT. No Brasil esse método está presente desde o ano de 1990 com o objetivo de diminuir a geração de resíduos. Nesse sistema sempre há espaço para melhorias das movimentações manuais dos leiautes ou na economia de materiais. No modelo de representação de Koskela (1992), na construção enxuta dividem-se os processos em sub-processos, também é representado o fluxo de materiais, desde a etapa de matéria prima até o produto final como demonstra a Figura 1.
Mostrar mais

96 Ler mais

Simbiose industrial como instrumento de gerenciamento de resíduos sólidos da construção civil

Simbiose industrial como instrumento de gerenciamento de resíduos sólidos da construção civil

Segundo Mario Antônio Conceição, “os especialistas estão desenvolvendo métodos para reduzir a quantidade de dejetos espaciais, propondo autorrestrição em vez de regulamentação. Alguns Estados já possuem políticas que tratam do gerenciamento do lixo espacial. A Agência Espacial Europeia, por meio do Space Debris Working Group, Space Debris, SP-1109 (ESA November 1988), e os Estados Unidos, mediante a Interagency Group (Space), report on Orbital Debris (Washington, DC, February 1989), elaboraram políticas que tratam da questão (...). O lixo espacial representa dano ambiental potencial derivado das atividades espaciais”, sendo um “grave problema ambiental para a Humanidade” (CONCEIÇÃO, Mario Antônio. O lixo espacial: uma questão ambiental? In: O Novo Direito Administrativo, Ambiental e Urbanístico: estudos em homenagem à Jacqueline Morand-Deviller (Coord) Claudia Lima Marques, Odete Medauar e Solange Teles da Silva. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010, p. 359-360).
Mostrar mais

103 Ler mais

Análise do sistema de gestão de resíduos da construção civil: estudo de caso no município de Pato Branco - PR

Análise do sistema de gestão de resíduos da construção civil: estudo de caso no município de Pato Branco - PR

Com relação ao quantitativo apresentou algumas divergências quando comparadas as suas metodologias adotadas pela bibliografia, demonstrando disparidade entre os valores de 18,24%, constando um dos fatores principais sendo o coeficiente utilizado pelo método direto quanto ao peso específico, cujo valor característico de Pato Branco – PR ainda necessecita ser estudado, como também a falta de controle por parte dos coletores. Mas que se pode ter a percepção quantitativamente dos dados aproximados da geração dos RCC, podendo-se definar a geração de RCC de 0,55 t/hab.ano com o quantitativo realizado através do estudo de caso, realizado em Pato Branco.
Mostrar mais

93 Ler mais

DIAGNÓSTICO DO APROVEITAMENTO DOS RESÍDUOS DA
CONSTRUÇÃO CIVIL EM SÃO LUIS, MA

DIAGNÓSTICO DO APROVEITAMENTO DOS RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM SÃO LUIS, MA

A construção civil é reconhecida como uma das mais importantes atividades para o desenvolvimento econômico e social do país, porém é um dos setores que mais geram impactos ambientais, devido ao desperdício e à grande produção de resíduos, que muitas das vezes não possui uma destinação adequada, o que acaba gerando grandes impactos econômicos, sociais e ambientais no espaço urbano das cidades. Este trabalho objetivou realizar um diagnóstico do aproveitamento dos resíduos de construção civil em São Luís do Maranhão. Para o desenvolvimento deste trabalho foram aplicados formulários e questionários nas empresas construtoras, nas empresas coletoras e transportadoras e nos órgãos públicos que estão diretamente ligados à gestão desse tipo de resíduos. Como resultados têm que atualmente o Sistema de Gestão dos Resíduos da Construção Civil na cidade é ineficiente, já que os agentes envolvidos não cumprem com as determinações legais, o que leva a um grande número de pontos de descarte irregulares espalhados por todos os bairros, o que provocam danos ao ambiente. Existe somente um local de descarte regular que é o Aterro controlado da Ribeira que funciona sem licença ambiental de operação. O potencial de aproveitamento dos resíduos da construção civil existe, principalmente os de classe A que são predominantes entre os resíduos gerados na construção civil, na forma de agregados e na transformação de novos produtos, assim como o aproveitamento energético da madeira na forma de combustão direta em fornos de padarias, pizzarias e empresas de cerâmicas. Porém para que esse aproveitamento seja realizado de forma eficiente é necessário que o Sistema de Gestão seja aplicado da forma adequada, e que as estruturas físicas sejam criadas para suprir as necessidades tanto dos grandes geradores quanto dos pequenos, e principalmente que exista um mercado para absorver os produtos resultantes do aproveitamento desses resíduos.
Mostrar mais

109 Ler mais

ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM UM EMPREENDIMENTO HOSPITALAR

ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM UM EMPREENDIMENTO HOSPITALAR

O presente artigo consistiu na elaboração de um plano de gerenciamento de resíduos da construção civil, em um empreendimento hospitalar localizado em Serra - ES. E tem por objetivo principal a melhoria na segregação, quantificação, acondicionamento e transporte dos resíduos gerados, de modo a prover a destinação final adequada, minimizando os impactos ambientais que possam ser gerados. Para elaboração do plano, inicialmente, os resíduos gerados foram classificados conforme a Resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente nº 307/2002 e, por conseguinte, foi feita a estimativa destes através do princípio de balanço de massa. Em seguida foi determinada para o empreendimento em questão a maneira mais adequada de acondicionamento, transporte e destino final. Foi observado neste trabalho que dos resíduos totais gerados, o maior percentual foi proveniente do concreto usinado, representando cerca de 50% (88,27 t), seguido pelos blocos de concreto com 25% (43,81 t), sendo ambos classificados como Classe A. Para o gerenciamento dos resíduos gerados foi constatado que a melhor forma de acondicionamento a ser empregada, devido ao grande volume de resíduos, são as baias e que o transporte deverá ser realizada por caminhões caçambas de acordo com a classificação dos resíduos, podendo estes serem destinados para usinas de reciclagem, de beneficiamento ou para aterros de resíduos da construção civil devidamente legalizados pelas normas ambientais. Desta forma, espera-se que o plano de gerenciamento de resíduos seja empregado no bloco B e replicado para todo empreendimento, a fim de minimizar o desperdício de material e os impactos ambientais no local.
Mostrar mais

22 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados