Top PDF Diagnósticos de enfermagem identificados em pacientes transplantados renais de um hospital de ensino

Diagnósticos de enfermagem identificados em pacientes transplantados renais de um hospital de ensino

Diagnósticos de enfermagem identificados em pacientes transplantados renais de um hospital de ensino

O t ransplant e de órgãos const it ui um a últ im a esperança de sucesso na recuperação de doenças em estágio term inal. A Enferm agem part icipa de form a atuant e desde a captação do órgão at é as consult as no am bulat ório após o t ransplant e, exigindo pessoal capacitado. Esse trabalho tem por obj etivos identificar os principais diagnósticos de enferm agem em pacient es transplantados renais, em um a unidade de int ernação de um hospital de ensino no m unicípio de Fortaleza- Ce, e propor int ervenções baseadas nas reais necessidades desses pacientes. Estudo descritivo- exploratório, de natureza qualitativa. A população foi constituída por pacient es t ransplant ados em pós- operatório m ediat o e com com plicações pós- t ransplante, sendo a am ost ra de doze pacient es. A colet a dos dados ocorreu at ravés da aplicação de um hist órico de enferm agem e para a análise foi abordada a seqüência das etapas do PE, utilizando- se a taxonom ia I I da NANDA. Foram ident ificados dezessete diagnóst icos de enferm agem , o que perm it iu a elaboração de int ervenções baseadas nas reais necessidades desses pacientes. Acreditam os que, as intervenções sugeridas fundam entadas com referencial t eórico, serão de sum a im port ância para a prática dos enferm eiros que t rabalham nessa área, e principalm ent e no hospit al em quest ão. Descrit ores: Diagnóst ico de Enferm agem ; Avaliação em Enferm agem ; Transplant e de rim .
Mostrar mais

9 Ler mais

Pacientes transplantados renais: análise de associação dos diagnósticos de enfermagem.

Pacientes transplantados renais: análise de associação dos diagnósticos de enfermagem.

L a insuficiencia renal crónica es una enfermedad con serias implicaciones físicas, psicológicas y socio-económicas para el paciente. El trasplante renal proporciona calidad de vida a los renales crónicos. El objetivo de ese estudio es analizar las asociaciones entre los diagnósticos enfermeros, los factores relacionados y las características definitorias presentes en pacientes trasplantados renales de un hospital universitario. Un estudio transversal de carácter exploratorio y descriptivo ha sido desarrollado con 58 pacientes entre los meses de diciembre de 2004 y abril de 2005. L os instrumentos de recogida de datos fueron: guión de entrevista y examen físico. L os resultados mostraron asociaciones entre Deterioro del patrón de sueño y Disfunción sexual, Deterioro del patrón de sueño y Patrones sexuales inefectivos, Disfunción sexual y Patrones sexuales inefectivos. Se concluye que el estudio aportó para la identificación de diagnósticos enfermeros relacionados a características específicas de estos pacientes.
Mostrar mais

7 Ler mais

Diagnósticos de enfermagem em pacientes  renais de um hospital unisitário de FortalezaCE

Diagnósticos de enfermagem em pacientes renais de um hospital unisitário de FortalezaCE

A identificação dos diagnósticos de enfermagem em pacientes com transplante renal é um instrumento adequado e de extrema importância, pois proporciona uma linguagem própria da enfermagem, facilita a comunicação entre o profissional e o paciente e delimita o âmbito de trabalho de competência do enfermeiro. Objetivou- se, neste estudo, analisar a distribuição dos diagnósticos de enfermagem presentes em pacientes transplantados renais de um hospital universitário localizado na cidade de Fortaleza-CE. A população foi composta pelos transplantados renais acompanhados no ambulatório de transplante renal desse hospital. Trata-se de estudo quantitativo do tipo transversal de caráter exploratório e descritivo. Foram avaliados 58 pacientes com transplante renal entre os meses de dezembro/04 e abril/05. Os instrumentos de coleta de dados foram: roteiro de entrevista e exame físico. Os resultados mostram o predomínio do sexo masculino, com média de idade de 40 anos, sendo casada a maioria, com média de 2 filhos. A procedência era das cidades do interior do Ceará ou de outros estados do país, tinham renda familiar de 4 salários mínimos em média, não usavam nenhum método contraceptivo. A maioria era aposentada, com baixa escolaridade, católica e não faziam de bebida alcoólica nem de fumo. Duração média de 52 meses de diálise, principalmente a hemodiálise. A maioria teve como doador do enxerto renal cadáver e está em média com seis anos e meio de transplantado. Foram identificados 39 diagnósticos de enfermagem, dez dos quais acima do percentil 75, com presença de seis domínios dos doze investigados. Em relação às associações entre os diagnósticos de enfermagem, encontramos relação entre Padrão de sono perturbado e Disfunção sexual, Padrão de sono perturbado e Padrões de sexualidade ineficazes, Disfunção sexual e Padrões de sexualidade ineficazes. Nos diagnósticos Percepção sensorial perturbada: visual e Percepção sensorial perturbada: auditiva foram encontradas diferenças de média com a idade e o tempo de diálise respectivamente. O primeiro diagnóstico manifestou-se em pacientes transplantados renais com idade mais avançada. O segundo diagnóstico esteve presente em pacientes com maior tempo de diálise. Percebemos que o estudo dos diagnósticos de enfermagem nos proporcionou um maior conhecimento da realidade desses pacientes, contribuindo para uma possível implementação de ações de enfermagem eficazes para a resolução dos problemas identificados. Isto pode contribuir para nortear a assistência de enfermagem ao transplantado renal e proporcionar uma melhor qualidade de vida a essa clientela.
Mostrar mais

106 Ler mais

Diagnósticos de enfermagem em pacientes submetidos à hemodiálise: semelhanças entre o modelo de adaptação e a NANDA internacional

Diagnósticos de enfermagem em pacientes submetidos à hemodiálise: semelhanças entre o modelo de adaptação e a NANDA internacional

Estudio descriptivo y transversal, cuyo objetivo es identificar los elementos del modelo de adaptación de Roy en pacientes sometidos a hemodiálises. Participaron 178 pacientes de un centro de diálisis de una ciudad en el noreste de Brasil. La recolección de datos ocurrió entre Octubre/2011 y Febrero/2012, por formas de entrevista y examen físico. Identificados 22 problemas adaptativos, destacando: la retención de líquido intracelular, hiperpotasemia, hipotermia, edema y intolerancia a la actividad. Están relacionados con los estímulos: Lesión del riñón; circulación extracorpórea; hemodiálises; no sigue la restricción de agua; alteraciones electrolíticas; ambiente frío; y los efectos adversos relacionados con el tratamiento. A los comportamientos: anuria, desequilibrio electrolítico, aumento de peso en un corto período, los aumentos en el potasio sérico, la temperatura corporal por debajo de 36 ° C, la retención de líquidos, fatiga y dificultad para realizar actividades de la vida diaria. Llegamos a la conclusión de que los problemas más frecuentes se identifican en el modo fisiológico del modelo, por lo tanto, la enfermera debe elaborar intervenciones específicas de enfermería que tratan de adaptarse a la clientela.
Mostrar mais

104 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAED - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAED - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Inicialmen te, foi proposto um sistema de “teste de competência mínima” (Minimum Competency Test – MCT) (DEE, 2008 apud BROOKE, 2012), no qual o desempenho dos alunos era avaliado para identificar aqueles que apresentavam baixo desempenho e que seriam atendidos em salas de reforço. Contudo, apesar de os índices de aprovação dos alunos dos anos iniciais do ensino regular terem melhorado, não há dados que comprovem que essa melhora dos resultados tenha sido um reflexo da aplicação desta estratégia, ou se, simplesmente, esse instrumento foi utilizado para a certificação de conclusão de nível de ensino pelos estudantes. Por outro lado, havia os defensores do sistema “high stakes” 8 , aqueles
Mostrar mais

130 Ler mais

Diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem CIPE® a uma paciente com pielonefrite: relato de caso

Diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem CIPE® a uma paciente com pielonefrite: relato de caso

A utilização do processo de enfermagem vinculado a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) proporciona a equipe de enfermagem autonomia em seu trabalho, permitindo a adesão de práticas cientificas durante a assistência, sendo uma forma de documentação da atuação do profissional, valorizando a enfermagem frente à sociedade. Desta forma, através dos diagnósticos, resultados e intervenções mencionadas a paciente com pielonefrite aguda, obteve uma melhor adesão ao tratamento, verbalizou seus sentimentos através da comunicação assertiva, fortalecendo o vínculo com profissional cuidador, havendo diminuição do processo de ansiedade, demonstrando interesse em adotar condutas que antes não faziam parte de sua rotina. Além disso, o uso da CIPE® para construção das afirmativas diagnósticas, nos mostra a possibilidade de outros métodos para aplicação do processo de enfermagem, possuindo aplicação individual como coletiva, revelando-se um instrumento que pode contribuir com a organização e a qualidade do cuidado prestado, orientando e facilitando a tomada de decisões no ambiente hospitalar. Por fim, espera-se que este trabalho, possa estimular a utilização de taxonomias durante o uso do processo de enfermagem, subsidiar pesquisas na área e aumentar relatos de casos de experiências acadêmicas, e que estas possam ser um meio de obter melhorias da qualidade de vida de pacientes, além da satisfação dos profissionais.
Mostrar mais

8 Ler mais

INFLUÊNCIA DO TEOR DE FERRO NOS PARÂMETROS DE RESISTÊNCIA DE UM REJEITO DE MINÉRIO DE FERRO

INFLUÊNCIA DO TEOR DE FERRO NOS PARÂMETROS DE RESISTÊNCIA DE UM REJEITO DE MINÉRIO DE FERRO

No Capitulo 2 é apresentada uma revisão sobre as barragens de rejeitos enfatizando as características dos sistemas de disposição, as características dos rejeitos de minério de ferro, o[r]

173 Ler mais

A APROPRIAÇÃO DE RESULTADOS DO PROEB E AS ESTRATÉGIAS UTILIZADAS POR DUAS ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE JUIZ DE FORA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

A APROPRIAÇÃO DE RESULTADOS DO PROEB E AS ESTRATÉGIAS UTILIZADAS POR DUAS ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE JUIZ DE FORA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

os professores só concentram no Proeb na hora que marca a data, às vezes você pede para fazer um trabalho desde o início do ano, mas eles só pegam para fazer, por exemplo, colocar um pouco de algumas questões parecidas, por exemplo, em uma prova bimestral trabalhar com aqueles descritores e não, eles só fazem algo quando marcam a prova “agora eu vou trabalhar”. Nesse "meiozinho", nesses quinze dias. Eu, nesse tempo, eu não acho que teve mudança não... só se preocupam com os resultados da escola os (professores) antigos ... os novatos, esses não. A rotatividade atrapalha também, eu acho. Porque a gente, às vezes chega achando que uma professora vai continuar no 3º ano, mas no ano seguinte ela não pega, aí vem outro, tem as questões das licenças, vem um, depois vem outro, entendeu? Não tem uma sequência. Se tem Proeb no 9º ano eles (professores antigos) não querem pegar o 9º ano, isso acontece também no Proalfa (3º ano do ensino fundamental), eles não querem. Esse ano a gente já escutou comentários assim, porque vai ter mudança, né? Aí, tipo assim: "Ah eu escolhi essa série só porque não tem Proeb, aí já vou pegar ano que vem de novo, entendeu?" Assim, para eles fica parecendo assim que tão pegando uma coisa a mais, entendeu? E no Proalfa, mesma coisa, os professores não pegam o 3º ano do ensino fundamental. Resumindo, não houve uma mudança significativa. (COORDENADORA PEDAGÓGICA ESCOLA A. Entrevista concedida em 23 de setembro de 2015).
Mostrar mais

122 Ler mais

PRÁTICAS DE GESTÃO ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO NA ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM MAURÍCIO DE AZEVEDO DE JANAÚBAMG

PRÁTICAS DE GESTÃO ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO NA ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM MAURÍCIO DE AZEVEDO DE JANAÚBAMG

A presente dissertação investiga as práticas de gestão escolar da Escola Estadual Joaquim Maurício de Azevedo, município de Janaúba/MG. Essa investigação buscou analisar até que ponto as práticas de gestão da Escola Estadual Joaquim Maurício de Azevedo correspondem às práticas apresentadas nas quatro dimensões do Prêmio Gestão Escolar. Como objetivo geral, vislumbrou-se compreender as práticas de gestão da Escola Estadual Joaquim Maurício de Azevedo e confrontá-las com as práticas apresentadas ao Prêmio Gestão Escolar. Para alcançar os objetivos, realizou-se um estudo de caso de natureza descritiva-qualitativa, tendo como instrumentos para coleta e interpretação dos dados a pesquisa bibliográfica, a análise documental e entrevistas semiestruturadas realizadas com os membros da equipe gestora e aos professores. A partir disso, a dissertação está estruturada em três capítulos. O primeiro capítulo desta pesquisa teve como função apresentar o caso estudado, discorrendo sobre a descrição da Secretaria de Estado de Educação e da Superintendência Regional de Ensino de Janaúba, apresentar a unidade escolar em estudo, o Prêmio de Gestão Escolar, bem como suas categorias analisadas de acordo o regulamento do Prêmio de Gestão Escolar 2013 – época em que a escola foi vencedora em nível Regional. As categorias do Prêmio analisadas neste trabalho são a Gestão Pedagógica que engloba o Planejamento e Ações Pedagógicas e os Indicadores de Resultados Educacionais; a Gestão Participativa; a Gestão de Pessoas e Liderança e a Gestão de Infraestrutura. Objetivou-se, ainda, no primeiro capítulo desta dissertação descrever a autoavaliação da escola e, assim, destacar a dimensão da gestão sob análise, além de apresentar e comparar a escola pesquisada com três escolas estaduais do município de Janaúba que tem características semelhantes. No segundo capítulo foi analisada a problemática do caso de gestão, através do diálogo com um referencial teórico e a pesquisa de campo. A pesquisa de campo envolveu atores do processo educativo: equipe gestora, principalmente, e professores da escola, através da observação e da realização de entrevistas. O diálogo com os referenciais teóricos se fez através dos trabalhos de Heloísa Luck, Vitor Henrique Paro, Henry Mintzberg, Márcia Cristina da Silva Machado e Thelma Lúcia P. Polon entre outros. A partir das práticas de gestão identificadas, formulou-se a proposta que foi apresentada no terceiro capítulo. Essa proposta teve como objetivo um plano de ação educacional – PAE, que contribua para a redução das diferenças entre as práticas apresentadas e as práticas efetivas da Escola Estadual Joaquim Maurício de Azevedo.
Mostrar mais

153 Ler mais

Plano de Gestão de Resíduos Hospitalares em Centros de Saúde – Normas de Orientação Clínica

Plano de Gestão de Resíduos Hospitalares em Centros de Saúde – Normas de Orientação Clínica

Nesse sentido, deve constar a defi nição das responsabilidades, dos deveres e dos códigos de boa prática, para os diferentes grupos profi ssionais que, trabalhando diariamente no CS/ES[r]

116 Ler mais

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

O curso seria oferecido na modalidade semi-presencial; parte à distância, usando como suporte a plataforma moodle, parte com momentos presenciais. Haverá um sistema de tutoria, com profissionais selecionados para atender a esta demanda e que darão todo suporte acadêmico ao cursista. A avaliação de desempenho no curso será feita durante o mesmo, totalizando 49 pontos, além de uma prova presencial totalizando 51 pontos, conforme vigora a legislação para esta modalidade de ensino. Esta avaliação presencial deverá ser compatível com a proposta metodológica de estudo de caso, privilegiando a aprendizagem relacionada à capacidade de aplicação de conceitos, estratégias e instrumentos à prática de trabalho do gestor ou futuro gestor. Receberá o certificado o cursista que somar, ao final do curso, a pontuação mínima de 70 pontos. Este certificado, além de capacitá-lo para concorrer às eleições de diretor e vice-diretor escolar, se eleito e conseguir atingir a meta projetada para o IDEB de sua unidade escolar o habilitará a ter um acréscimo de 10% em seus vencimentos.
Mostrar mais

93 Ler mais

FABIANO VIEIRA TITO FLUXO INFORMACIONAL DO SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL DA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE UBÁMG

FABIANO VIEIRA TITO FLUXO INFORMACIONAL DO SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL DA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE UBÁMG

Essas ações deverão envolver também possíveis intervenções nas instituições de ensino, intervenções essas condicionadas à autonomia das instituições e à realidade pública. Campanhas de convencimento e educacionais serão os focos das iniciativas. Para a questão da infraestrutura, foi solicitado ao NTE que realizasse um levantamento atualizado de demandas para os equipamentos mínimos necessários às instituições. A resposta, encaminhada em 25 de agosto de 2017 (anexo IV), trouxe uma relação de impressoras, scanners e conexões com a internet existentes nas escolas estaduais da SRE/Ubá pormenorizada mais adiante. Na concepção do pesquisador, a proposta de ação que melhor resolveria os problemas encontrados com a pesquisa desenvolvida seria a criação de um software de suporte para o preenchimento do RP1. Tal proposta, contudo, é de difícil implementação nesse momento por ter um custo significativo em vista as atuais condições financeiras do estado. Devido a isso, considera-se essa Ação na dimensão do desejável, do ideal; e não do real, do possível.
Mostrar mais

157 Ler mais

REPROVAÇÃO NO 6º ANO: UM ESTUDO DE CASO EM TRÊS ESCOLAS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE JUIZ DE FORA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

REPROVAÇÃO NO 6º ANO: UM ESTUDO DE CASO EM TRÊS ESCOLAS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE JUIZ DE FORA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Vários foram os fatores identificados pelos atores entrevistados como responsáveis pela reprovação neste segmento escolar. Podemos identificar os que foram mais citados: imaturidade dos alunos, falta de hábitos de estudos em casa e de acompanhamento familiar, falta de conhecimentos e defasagem de aprendizagem e de conteúdo, o não comprometimento adequado por parte de todos os atores envolvidos no processo ensino-aprendizagem, a questão da dificuldade de adaptação com a transição dos alunos do 5º para o 6º ano, a preparação dos docentes para o trabalho neste ano de escolarização, dentre outros. Todos estes fatores são aspectos relevantes para o entendimento do fenômeno de reprovação neste ano escolar que estamos analisando. Porém, como em nossa pesquisa não temos como refletir sobre todos eles, nos ateremos, nas próximas seções, a discutir sobre os 2 fatores que foram indicados pelos profissionais da educação entrevistados como os principais responsáveis pela repetência neste segmento de ensino, isto é: as dificuldades de adaptação que implicam na aprendizagem e a ausência de habilidades adequadas dos professores para lidar com esta fase de transição.
Mostrar mais

98 Ler mais

Prevalência de infecção em transplante renal de doador vivo versus falecido: revisão sistemática e metanálise.

Prevalência de infecção em transplante renal de doador vivo versus falecido: revisão sistemática e metanálise.

Foram selecionados 14 estudos, todos disponíveis na lín- gua inglesa. Desses, para leitura na íntegra, incluímos cinco estudos. Após contato com um autor, foi excluído um estu- do e apenas quatro estudos preencheram os critérios de in- clusão e apresentaram o desfecho infecção entre transplan- tados renais de doadores vivos versus falecido os desenhos.

6 Ler mais

A IMPLEMENTAÇÃO E A OPERACIONALIZAÇÃO DO PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR EM TRÊS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE MANAUS

A IMPLEMENTAÇÃO E A OPERACIONALIZAÇÃO DO PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR EM TRÊS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE MANAUS

Em síntese, a adesão das escolas ao ProEMI começa com a seleção das unidades escolares, que pode ser inciativa, segundo a atual Coordenadora Institucional, tanto das Coordenadorias Distritais quanto do próprio Secretário Estadual. Depois disso, a relação das escolas é submetida à apreciação do Departamento de Políticas e Programas Educacionais, por meio da Gerência do Ensino Médio. A partir disso, o Coordenador Institucional expede Aviso aos gestores da indicação e os orienta quanto aos objetivos do programa e sobre o preenchimento de cadastro no PDDE Interativo. Por fim, após a consolidação pela SEB/MEC dos PRC inseridos no PDDE Interativo, o Secretário de Educação Estadual elabora o Plano de Atendimento Global (PAG) e o insere no Programa de Ações Articuladas (PAR)/SIMEC.
Mostrar mais

142 Ler mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIHORIZONTES Programa de Pós-graduação em Administração Mestrado Heraida Maria Caixeta Borges

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIHORIZONTES Programa de Pós-graduação em Administração Mestrado Heraida Maria Caixeta Borges

Inovação social é um processo iniciado por atores no sentido de responder a uma aspiração social, atender a uma necessidade, oferecer uma solução ou beneficiar-se de uma oportunida[r]

99 Ler mais

UM MÉTODO RECURSIVO DE GERAÇÃO DA FUNÇÃO DE RESPOSTA COMPLEXA EM FREQUÊNCIA

UM MÉTODO RECURSIVO DE GERAÇÃO DA FUNÇÃO DE RESPOSTA COMPLEXA EM FREQUÊNCIA

A resposta é calculada através do método da superposição modal, onde as equações de movimento são desacopladas pela transformação de coordenadas e resolvidas independentemente, uma a u[r]

123 Ler mais

Diagnósticos de enfermagem identificados em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva Adulto.

Diagnósticos de enfermagem identificados em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva Adulto.

Os dados foram coletados diretamente nos prontu- ários dos pacientes e transcritos individualmente pa- ra uma planilha do programa Excel for Windows, para identificação das informações necessárias e exclusão das repetições. Os diagnósticos de enfermagem obtidos foram submetidos a correções de ortografia, análise de sinonímia, adequação de tempos verbais, uniformiza- ção de gênero e de número e exclusão das expressões pseudoterminológicas, definidas como elementos que ocorrem de forma casual no discurso, mas que não de- signam conceitos particulares, sendo considerado lixo terminológico (10) .
Mostrar mais

7 Ler mais

O ATENDIMENTO ÀS CRIANÇAS DE TRÊS ANOS NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE JUIZ DE FORA: UM DESAFIO À GESTÃO DA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O ATENDIMENTO ÀS CRIANÇAS DE TRÊS ANOS NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE JUIZ DE FORA: UM DESAFIO À GESTÃO DA QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Entre essas conquistas duas merecem destaque: o reconhecimento da Educação Infantil como primeira etapa da Educação Básica, com a LDB/96 e a obrigatoriedade da matrícula a partir dos 4 anos pela Lei nº 12.796/2013. Essa última também regulamenta que a pré-escola, deve ter uma carga horária anual de 800 horas, distribuídas por no mínimo 200 dias letivos com um atendimento que deve ser de quatro horas por dia, para turno parcial, e de sete horas para o integral. Esse tempo deve envolver, principalmente, atividades voltadas para o brincar, para a convivência entre as crianças, e não para a absorção e avaliação de conteúdos. As redes municipais e estaduais de ensino têm até 2016 para se adequar e acolher alunos de 4 a 17 anos .
Mostrar mais

121 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados