Top PDF EFICIÊNCIA DA ISCA MIREX-S (SULFURAMIDA 0,3%) NO CONTROLE DE Atta cephalotes(HYMENOPTERA: FORMICIDAE) EM TRÊS DOSAGENS.

EFICIÊNCIA DA ISCA MIREX-S (SULFURAMIDA 0,3%) NO CONTROLE DE Atta cephalotes(HYMENOPTERA: FORMICIDAE) EM TRÊS DOSAGENS.

EFICIÊNCIA DA ISCA MIREX-S (SULFURAMIDA 0,3%) NO CONTROLE DE Atta cephalotes(HYMENOPTERA: FORMICIDAE) EM TRÊS DOSAGENS.

Objetivou-se testar a eficiência da isca granulada Mirex- S (sulfluramida 0,3%), nas dosagens de 6, 8 e 10 gramas por metro quadrado de formigueiro, em comparação com 10 gramas de uma i[r]

6 Ler mais

Avaliação de produtos para a nutrição da videira via foliar.

Avaliação de produtos para a nutrição da videira via foliar.

A nutrição da videira é fator fundamental para uma produção com qualidade. Muitas vezes, por razões fisiológicas, principalmente nutricionais, ocorrem problemas de baixa brotação, refletindo na produtividade da videira. Com o objetivo de avaliar a eficiência de formulações de macro e micronutrientes via foliar, ativadas com poliexose, na produção de videira com deficiência na brotação, realizou-se um experimento por dois anos, em um vinhedo do cv. Merlot enxertado sobre o porta-enxerto R110, formado no sistema lira, localizado no município de Monte Belo do Sul (RS). Os tratamentos, em número de 11, foram compostos por três programas de nutrição foliar, cada um com três dosagens, um programa denominado tratamento básico (TB) e um tratamento-testemunha (sem nutrição foliar) chamado de tratamento do produtor (TP). O delineamento foi o de blocos ao acaso, com três repetições. Foram avaliadas as variáveis: produtividade por gema, produtividade por gema brotada, percentagem de gemas brotadas, produção por planta e por área, qualidade das uvas ( o Brix, acidez total
Mostrar mais

9 Ler mais

EFICIÊNCIA DE ISCAS GRANULADAS À BASE DE SULFLURAMIDA E DE CLORPIRIFÓS NO CONTROLE DE Atta sexdens sexdens(HYMENOPTERA: FORMICIDAE), NO TRÓPICO ÚMIDO.

EFICIÊNCIA DE ISCAS GRANULADAS À BASE DE SULFLURAMIDA E DE CLORPIRIFÓS NO CONTROLE DE Atta sexdens sexdens(HYMENOPTERA: FORMICIDAE), NO TRÓPICO ÚMIDO.

Foi testada a eficiência de uma isca granulada com sulfluramida e de três outras com clorpirifós, em três dosagens cada por metro quadrado de formigueiro, no controle de.. Atta sexdens [r]

6 Ler mais

Controle de Atta laevigata (Hymenoptera: Formicidae) com a isca Landrin-F, em área anteriormente coberta com Eucalyptus.

Controle de Atta laevigata (Hymenoptera: Formicidae) com a isca Landrin-F, em área anteriormente coberta com Eucalyptus.

Na avaliação final, a eficiência da isca Landrin-F (tratamentos T1 e T2) foi de 85,71 e 80,00%, respectivamente, semelhante àquela apresentada pela isca Mirex-S, que foi de 86,67%, nessa última dosagem (tabela 2). Estes resultados demonstram que a isca Landrin-F pode ser aplicada de acordo com a dosagem por metro quadrado de formi- gueiro pois, desta forma, pode-se controlar A. laevigata com menor quantidade de isca. CRUZ et al. (1996), usando três iscas à base de clorpirifós, encontraram eficiência má- xima de 44,4% no controle de A. sexdens sexdens, na região norte do Brasil. No en- tanto, LINK (1997) relata controle de 100,00% para Atta sexdens piriventris (Santschi) (Hymenoptera: Formicidae), com a isca Landrin-F na dosagem de 10g/m 2 e de 75,00% para a isca Mirex à base de dodeca- cloro.
Mostrar mais

4 Ler mais

TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO EMPREGADA NO CONTROLE DO PERCEVEJO-DE-RENDA EM SERINGUEIRA

TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO EMPREGADA NO CONTROLE DO PERCEVEJO-DE-RENDA EM SERINGUEIRA

O método utilizado para o controle do percevejo-de-renda é o químico, entretanto, poucos avanços têm ocorrido na área de tecnologia de aplicação com a heveicultura que avaliam fatores relacionados à eficácia de produtos e dosagens. Desta forma, o objetivo deste experimento foi avaliar a translocação do produto tiametoxan, aplicado na parte baixa das plantas e no solo, em três dosagens, e observar o tratamento fitossanitário que proporciona melhor controle do percevejo-de-renda. O experimento foi conduzido na fazenda Plantações E. Michelin Ltda. localizada no município de Itiquira, MT. As variáveis analisadas foram modos de aplicação: granulados no solo, granulados dissolvidos aplicados no solo, pulverizados no tronco e granulados dissolvidos aplicados no painel e diferentes dosagens: 0,5 g, 0,75 g e 1,0 g de ingrediente ativo por planta de seringueira. A aplicação de granulado via solo na dosagem de 1,0 g i.a/planta foi o tratamento que proporcionou a melhor eficiência de controle da ninfa do percevejo-de-renda. Para o controle de adultos de L. heveae verifica-se que os tratamentos que apresentaram melhor eficiência de controle foram granulado via solo nas dosagens de 0,75 e 1,0 g i.a/planta e aplicação através do pincelamento de caule nas dosagens de 0,50 e 0,75 g i.a/planta, sendo que o tratamento através do pincelamento na dosagem de 0,5 g i.a/planta apresentou maior freqüência de melhor tratamento no decorrer das avaliações para o controle de adultos do percevejo-de-renda. O modo de aplicação granulado no solo e o pincelamento são os tratamentos mais indicados para o controle de L. heveae por apresentar eficiência tanto para o adulto como para a ninfa.
Mostrar mais

10 Ler mais

Indução à macho-esterilidade e formação de sementes em genótipos de trigo.

Indução à macho-esterilidade e formação de sementes em genótipos de trigo.

A variabilidade genética em programas de melhoramento é de extrema importância para o desenvolvimento de novos genótipos. Uma das principais formas de obtenção de variabilidade genética é através da recombinação genética em plantas oriundas do cruzamento de genótipos contrastantes. Em trigo, a obtenção de híbridos é trabalhosa, devido à forma natural e predominante de reprodução, por autofecundação. A indução da macho-esterilidade pode ser uma alternativa para a obtenção de sementes híbridas. O presente trabalho teve como objetivos avaliar a eficiência do gametocida ácido 2- cloroetilfosfanico (Ethrel) na indução à macho-esterilidade em trigo, estimar a frequência de polinização cruzada em genótipos de trigo cultivados a campo e determinar o efeito do produto na obtenção de sementes híbridas a campo. O produto foi aplicado em cinco variedades de trigo em três dosagens diferentes, no estádio de pré-emborrachamento, sendo que a ariedade BR 43 (mútica) foi empregada como testadora para verificar a frequência de cruzamentos. Os caracteres avaliados foram: porcentagem de pólen viável, número de grãos produzidos nas espigas ensacadas sem polinização, porcentagem de polinização dirigida e porcentagem de polinização natural. Os resultados indicaram que o produto Ethrel foi eficiente para a indução da macho-esterilidade em todas as variedades testadas; entretanto, ocorreram também prejuízos para o desenvolvimento da parte feminina, evidenciados pela redução do número de sementes produzidas em parcelas tratadas com o gametocida. As doses de 10 e 20"/ha causaram acentuada esterilidade de pólen; por outro lado, não foi verificado um incremento na produção de sementes híbridas. Assim sendo, é necessário ajustar a técnica de aplicação do Ethrel para a produção de híbridos em trigo.
Mostrar mais

5 Ler mais

Isca amilácea de cucurbitacina (Lagenaria vulgaris L.) promove maior eficiência do inseticida carbaril no controle de Diabrotica speciosa, em laboratório.

Isca amilácea de cucurbitacina (Lagenaria vulgaris L.) promove maior eficiência do inseticida carbaril no controle de Diabrotica speciosa, em laboratório.

Assim como no teste anterior, a mortalidade de D. speciosa no teste de confinamento foi superior quando se associou a isca e o inseticida (Tabela 3). Nas avaliações três e cinco dias após a aplicação, a mortalidade dos insetos no tratamento isca + carbaril diferiu da testemunha e da isca aplicada isoladamente. No tratamento com o carbaril a mortalidade apresentou valores intermediários, no entanto, não houve diferença estatística entre os demais tratamentos. Aos sete e 12 DAA os tratamentos com o inseticida associado ou não a isca causaram maior mortalidade, porém, aos dez dias após a aplicação esses tratamentos diferiram apenas da testemunha. Nas avaliações 14 e 17 DAA, a mortalidade foi acentuada apenas no tratamento isca+carbaril. Desse modo, a isca + carbaril conferiu mortalidade uniforme por todo o tempo avaliado,
Mostrar mais

5 Ler mais

Aplicações das dosagens de inibinas em Ginecologia e Obstetrícia.

Aplicações das dosagens de inibinas em Ginecologia e Obstetrícia.

Como são feitas as dosagens de inibinas As primeiras dosagens de inibinas foram feitas por um radioimunoensaio inespecífico, desenvolvido em 1987, capaz de detectar indistintamente as formas diméricas ativas das inibinas A e B e seus precursores inativos, como a subunidade α isolada. O método não chegou à rotina clínica por causa de dificuldades técnicas relacionadas à imunorreatividade dos anticorpos empregados e devido ao surgimento, nove anos mais tarde, de uma nova gera- ção de ensaios imunoenzimáticos, mais específicos e de

5 Ler mais

Análise comparativa da eficiência de três diferentes modelos de terapia fonológica.

Análise comparativa da eficiência de três diferentes modelos de terapia fonológica.

No Quadro 1 observa-se que o número de fonemas estabelecidos no sistema fonológico geral dos 21 sujeitos com a aplicação dos modelos de terapia fonológica ABAB - Retirada e Provas Múltiplas, Oposições Máximas e Ciclos Modificado foi semelhante nos três modelos. A análise estatística mostrou que o número de fonemas estabelecidos no sistema fonológico difere estatisticamente entre as avaliações iniciais e finais nos três modelos analisados. Este resultado corrobora os achados dos estudos realizados por Mota et al. (2002) em que os três diferentes modelos de terapia estudados também proporcionaram importantes generalizações nos sistemas fonológicos das crianças e por Pagan e Wertzner (2002) em que todos os pacientes apresentaram grandes ganhos em seu sistema fonológico a partir do programa terapêutico utilizado.
Mostrar mais

8 Ler mais

Eficiência da aplicação de nitrogênio no perfilhamento do arroz em três manejos de irrigação.

Eficiência da aplicação de nitrogênio no perfilhamento do arroz em três manejos de irrigação.

STRECK, E.V., KAMPF, N., KLAMT, E. Atualização em classificação taxonômica das unidades de mapeamento de levantamento de reconhecimento dos solos do estado do Rio Grande do Sul. Informe Emater, v.16, n.9, p. ??1999. TEDESCO, J.M., GIANELLO, C., BISSANI, C.A., et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre: Departamento de Solos, Faculdade de Agronomia. Universidade Federal do Rio Grande do S ul, 1995. 174p. YOSHIDA, S. Fundamentals of rice crop science. IRRI. Los

5 Ler mais

Avaliação da eficiência de três ágares seletivos no isolamento de Listeria monocytogenes.

Avaliação da eficiência de três ágares seletivos no isolamento de Listeria monocytogenes.

Quando se avalia o desempenho dos meios por tipo de amostra analisada verifica-se que o HCLA apresen- tou melhor desempenho que os demais meios tanto para amostras de equipamento, ambiente quanto de produ- to (Figura 1). Para manipuladores não houve diferença entre o desempenho dos três meios. A diferença entre os resultados obtidos com o meio HCLA e os meios LPM e PAL são estatisticamente significativas (p<0,05), já entre os meios LPM e PAL não o são (p>0,05).

4 Ler mais

Balanço e poupança energética na distribuição de águas numa fábrica de papel

Balanço e poupança energética na distribuição de águas numa fábrica de papel

Para além do aumento de eficiência que aplicação de um VEV pode trazer existe outras vantagens associadas, como o controlo da aceleração no arranque e paragem, evitando picos de corrente que existem em sistemas de arranque directo e mesmo em estrela/ triângulo, para além que em alguns processos o arranque deve ser lento para minimizar perturbações. Os variadores permitem controlar a aceleração do motor até à velocidade nominal. Outra das vantagens é o aumento da duração do motor, embora isto não seja de total consenso, pois algumas opiniões são de exactamente o contrário a variação de frequência e velocidade do motor pode danificá-lo, por aumentar a vibração mecânica e o ruído acústico [10,11]. No entanto uma das grandes vantagens é protecção eléctrica e mecânica do variador, pois é possível controlar o binário de saída e actuar em caso de esforço, na maior parte dos casos, basta reduzir a velocidade sem parar o equipamento. A redução de produção de energia reactiva é também uma das vantagens, pode é paga a partir de um determinado valor e aumenta a intensidade e perdas nos cabos desnecessariamente. No entanto neste caso, a empresa já tomou medidas para aumentar o factor de potência instalando nos barramentos através de baterias de condensadores, caso este que será falado mais à frente.
Mostrar mais

127 Ler mais

Avaliação do uso de cinzas de carvão mineral como melhorador de adesividade em misturas asfálticas

Avaliação do uso de cinzas de carvão mineral como melhorador de adesividade em misturas asfálticas

C om relaçã o à s misturas asfá lticas com o teor de C A P fixo em 5%, foi notado mudanças relevantes nos resultados de R RT obtidos para as misturas compostas por cinzas volantes “frescas” (Pecé m I e II) misturadas a cal hidratada, pois os resultados de R RT obtidos nesta etapa sã o inferiores aqueles obtidos para as misturas avaliadas a partir do uso do teor de projeto de C A P de cada mistura. Isso pode ser resultante davariabilidade na distribuiçã o de vazios no C Ps confeccionados, e da pró pria variabilidade do ensaio de resistê ncia a traçã o, uma vez que o volume de vazios é o mesmo daquele utilizado nas misturas que foram dosadas anteriormente. A demais, deve-se levar em conta que os efeitos deleté rios da á gua nessas misturas possa ter causados maiores danos, pois como o V v é o mesmo para todas as misturas analisadas, deve haver maior conectividade entre os vazios na misturas, o que aumenta a á rea superficial de contrato da á gua comas misturas asfá ltica. E m contrapartida, as outras misturas asfá lticas apresentaram os resultados de R RT bastante similares entre si, nã o havendo mudanças significativas.
Mostrar mais

118 Ler mais

Eco-eficiência na indústria de lacticínios da ilha de S. Miguel.

Eco-eficiência na indústria de lacticínios da ilha de S. Miguel.

Independentemente daquelas polémicas, a ISO 14031 define um processo de avaliação do desempenho ambiental dos sistemas das organizações. De acordo com este documento, os Indicadores para a Avaliação do Desempenho Ambiental são utilizados pelas organizações como um meio de apresentar dados quantitativos ou qualitativos ou informações de uma forma mais compreensível e útil. Eles ajudam a converter dados seleccionados em informações precisas quanto ao desempenho ambiental, através do desempenho da gestão ambiental da organização, do desempenho ambiental das operações da organização ou da condição ambiental (Kraemer, 2004). Os Indicadores Ambientais são definidos em três categorias: Comportamento ou Rendimento Ambiental, Gestão Ambiental e Situação ou Estado Ambiental.
Mostrar mais

157 Ler mais

Eficiência nutricional de clones de eucalipto na fase de mudas cultivados em solução nutritiva.

Eficiência nutricional de clones de eucalipto na fase de mudas cultivados em solução nutritiva.

Embora esse nutriente seja requerido em baixos teores pelo eucalipto, muitas vezes em solos e, ou, subsolos de muitas áreas de Cerrado, esses teores não são atingidos. Nessas condições, a adubação com o Mg resulta em respostas positivas ao crescimento das plantas, e isso não apenas na fase de mudas, uma vez que grande quantidade tanto de Mg quanto de cálcio pode ser exportada da área pela exploração florestal (Neves et al., 1990). Nesse contexto, os clones com maior eficiência na absorção (58 e GG100) e utilização (386 e I144) desse nutriente constituem materiais genéticos importantes para a implantação de florestas plantadas nessas áreas.
Mostrar mais

11 Ler mais

Três ensaios sobre o gasto local no Brasil: descentralização, eficiência e voto

Três ensaios sobre o gasto local no Brasil: descentralização, eficiência e voto

29   Os   resultados  do  trabalho  apontam  que,  tanto  na  educação,  como  na  saúde,  houve  avanços  na  fronteira  de  produção.  Na  educação,  a  produtividade  total  (Total  Factor  Productivity   Change  ‐  TFPC)  aumentou  em  média  18.7%,  enquanto  que  na  saúde  subiu  em  14.2%.   Nos  dois  casos,  o  avanço  se  deu  principalmente  por  inovação  (tecnológica  ou  gerencial),   ou  seja,  pela  mudança  técnica  (Technical  Change  ‐  TC),  ao  invés  de  elevação  da  eficiência   em  um  movimento  catching‐up  do  municípios  menos  eficientes  em  sentido  da  fronteira  (Technical  Efficiency  Change  –  TEC).  A  educação  municipal  obteve  as  melhores  evoluções   da  TFPC  no  grupo  de  municípios  que  tiraram  notas  entre  4  e  6  no  IDEB‐2009.  A  saúde   pública  dos  municípios  com  piores  níveis  de  output  está  se  distanciando  do  resto  do  país,   principalmente,  por  eles  não  conseguirem  elevar  suas  taxas  de  eficiência  técnica,  ocasionando    ganhos  totais  de  produtividade  extremamente  baixos  em  relação  às  outras  administrações municipais. 
Mostrar mais

101 Ler mais

Palha de sorgo associada ao herbicida imazamox no controle de plantas daninhas na cultura da soja em sucessão.

Palha de sorgo associada ao herbicida imazamox no controle de plantas daninhas na cultura da soja em sucessão.

Foi constatado efeito significativo das coberturas para cada dosagem do herbicida, indicando que as dosagens apresentaram controle diferenciado em função dos resíduos vegetais. Sem a aplicação do herbicida, aos 10 DAA, verificou-se melhor controle das plan- tas daninhas sob palha do híbrido Ambar, não diferindo do Sara. Quando se realizou a apli- cação do herbicida mesmo na metade da dosa- gem, novamente a palha do Ambar resultou em maior porcentagem de controle, diferindo daquela dos demais tipos de cobertura.

7 Ler mais

Marcos Leandro Mondardo Mestre e Doutorando em Geografia pela Universidade Federal Fluminense Professor Assistente da Universidade Federal da Bahia – Campus de Barreiras E-mail: marcosmondardoyahoo.com.br Resumo

Marcos Leandro Mondardo Mestre e Doutorando em Geografia pela Universidade Federal Fluminense Professor Assistente da Universidade Federal da Bahia – Campus de Barreiras E-mail: marcosmondardoyahoo.com.br Resumo

De acordo com a revista, a região entrou na mira de investidores por reunir diversas vantagens: primeiro, é uma das áreas com maior disponibilidade de terras do país. “Estima- se que o estoque disponível para novos cultivos seja de 3 milhões de hectares”. Segundo, porque apesar da alta procura nos últimos três anos, que já fez dobrar o valor da terra nos melhores locais, “a média de preços ainda é 40% inferior à do cerrado do Centro-Oeste”. Terceiro, pois os “investidores estrangeiros preferem o Mapitoba também por estar ainda fora do foco dos ambientalistas”. Ali, segundo as informações da Revista Exame, “a obrigação de preservação ambiental é de 35% da propriedade, enquanto no norte de Mato Grosso (considerado parte do bioma Amazônia) é de 80%”. Quarto, tem posição geográfica privilegiada, pois a logística é outro ponto favorável. Boa parte da região é servida pela ferrovia Norte-Sul, operada pela empresa Vale. Seus trilhos transportam soja até o porto maranhense de Itaqui para ser exportada. “Essa saída está seis dias a menos de navegação da Europa do que o porto de Paranaguá, no Paraná, de onde é embarcada a maior parte da soja produzida em Mato Grosso”. Assim, a combinação entre terras mais baratas e custo logístico inferior gera uma rentabilidade muito maior do que em outras áreas de agricultura moderna do Brasil, como a região Centro-Oeste, por exemplo.
Mostrar mais

19 Ler mais

A PROBLEMÁTICA DA EQUIVALÊNCIA TERMINOLÓGICA NAS NEGOCIAÇÕES INTERNACIONAIS: O CASO DO MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES (MIREX) DE

A PROBLEMÁTICA DA EQUIVALÊNCIA TERMINOLÓGICA NAS NEGOCIAÇÕES INTERNACIONAIS: O CASO DO MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES (MIREX) DE

Pretendemos alcançar esses objectivos partindo da identificação das carências do MIREX em termos de recursos terminológicos. É nossa finalidade, demonstrar a relevância da terminologia como meio para melhorar a eficácia e a eficiência do trabalho do MIREX, melhorar a comunicação entre os órgãos internos do MIREX e as missões diplomáticas e consulares de Angola no estrangeiro, aumentar o poder e a competência dos negociadores do MIREX nos vários processos em que o país esteja envolvido, analisar o processo de equivalência dos documentos bilingues para aferir a sua adequação aos conceitos e, por último, contribuir para a melhoria da competência dos tradutores e intérpretes ao serviço do MIREX.
Mostrar mais

80 Ler mais

Culicoides (Diptera, Heleidae) na cidade de Recife capturados com isca luminosa.

Culicoides (Diptera, Heleidae) na cidade de Recife capturados com isca luminosa.

F oram c o le ta d a s 11 esp é cie s d ife re n tes do gên ero Culicoides, a sab er: C. m a r u im L utz, 1913; C. gu ya n en sis F lo ch & A bon - n e n c , 1942; C. in sign is Lutz, 1913; C. r e tí- cu la tu s Lutz, 1913, C. p h le b o to m u s W illis- to n , 1896; C bra silia n u m F o ra ttin i, 1956; C. f u r e n s P oey, 1853; C. leopoldoi Ortiz, 1951, C. ve n e zu ele n sis O rtiz & M irsa, 1950; C. lim ai B a rretto , 1944 e C. lu tzi C osta L i­ m a, 1957.

6 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados