Top PDF Estatutos da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Preâmbulo

Estatutos da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Preâmbulo

Estatutos da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Preâmbulo

2. O Centro, referido no número anterior, tem como objetivo potenciar a articulação entre a comunidade académica e a sociedade civil, constituindo, simultaneamente, uma fonte de financiamento da Faculdade. 3. O Centro presta serviços diferenciados, designadamente, de investigação externamente solicitada, formação não graduada, consultoria, consultas de psicologia, produção de materiais pedagógicos e tecnológicos, sem prejuízo de outros que venham a ser promovidos ou solicitados, dispondo, para o efeito, de um conjunto de recursos humanos e materiais comuns.
Mostrar mais

18 Ler mais

FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO PORTO (FPCEUP)

FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO PORTO (FPCEUP)

A este propósito, importa salientar que, aquando da aprovação dos Estatutos da Faculdade, em 1990, esta já dispunha de quatro centros de investigação (Instituto de Consulta Psicológica, Formação e Desenvolvimento 26 ; Centro de Ciências do Comportamento Desviante 27 ; Centro de Psicologia do Desenvolvimento e Educação da Criança 28 ; Centro de Investigação e Intervenção Educativa 29 ), os quais passaram a ter, desde essa data, um enquadramento legal consentâneo com a lei que rege todos os aspectos orgânico-funcionais da instituição. Na dependência do Instituto Nacional de Investigação Científica (INIC), existia também, desde 1980, o Centro de Psicologia, mais tarde integrado na Faculdade, assim como o Centro de Investigação e Intervenção Educativa que, apesar de ter sido aprovado pelo Conselho Científico, rapidamente passou a ser financiado pelo INIC. Posteriormente, surge o Centro de Cognição e Afectividade, financiado, a partir de Maio de 1994, pela Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (JNICT).
Mostrar mais

6 Ler mais

Estatutos da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Preâmbulo

Estatutos da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Preâmbulo

Estatutos da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Preâmbulo A Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), adiante designada por Faculdade, foi criada em 1911 com a dupla missão de ensino e de promoção da investigação. A Faculdade é a herdeira directa da acção desenvolvida no passado pela Escola Politécnica, fundada em 1837 como instituição de ensino superior técnico, de desenvolvimento das ciências e da sua museologia. Tendo uma tradição centenária de grande relevo no panorama intelectual português, a Faculdade contribuiu para a criação, transmissão e preservação da ciência e da cultura científica, bem como para a formação de cientistas, de professores e dos mais diversos quadros superiores.
Mostrar mais

33 Ler mais

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Atendendo a isto, foi testada uma versão alternativa da PIPS sem o item 12, a qual, apesar de revelar um bom ajustamento, de permitir ultrapassar algumas das limitações observada[r]

66 Ler mais

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

A vocês companheiras de tese, Verónica, Cláudia P., Vanessa e Inês agradeço todo o companheirismo desde o início desta aventura, cada mensagem de incentivo, cada leitura exímia do que me “vai na alma” só pelas minhas expressões faciais e o bom humor com que me contagiaram nas noitadas intermináveis que seriam, certamente, muito mais difíceis de ultrapassar sem vocês… A ti Verónica quero agradecer por seres mais do que uma colega de tese, por teres acompanhado os meus primeiros passos no mundo da psicologia, por todos os momentos partilhados, desde os serões de estudo até às serenatas, cortejos e tantas outras coisas que nos fazem levar Coimbra no coração, pelo ombro amigo, pela força e, principalmente, pela amizade incondicional.
Mostrar mais

64 Ler mais

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

92 bem-estar subjetivo da nossa amostra de estudantes. Little (1989) considera que os projetos pessoais têm uma relação direta com o bem-estar humano, sendo que sua persecução pode ser facilitada ou frustrada por forças internas ou externas ao indivíduo. Nesse sentido, seria interessante a criação de medias que possibilitassem uma intervenção psicológica para ajudar o aluno no desenvolvimento de um projeto de carreira associados ao curso, considerando que esse aluno recém ingressado na educação superior pode estar bastante motivado, pois este é o passo inaugural em direção ao objetivo de uma formação superior. Não convém deixar que ele se perca durante o caminho e abandone o curso, por isso, também entendemos como necessário uma intervenção a fim de promover a saúde pessoal/emocional dos estudantes através de envolvimento institucional e atribuição de bolsas de estudo.
Mostrar mais

128 Ler mais

Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

receiving or not radiotherapy, are related to patients’ social functioning in the treatment phase; (3) greater positive social interaction and greater perceived emotional/[r]

268 Ler mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE EDUCAÇÃO

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE EDUCAÇÃO

Contudo, a nova proposta do curriculo do curso de Licenciatura em Administração e Gestão da Educação(AGE) visa responder a uma necessidade que se faz sentir na mocidade moçambicana no âmbito de formação de técnicos, gestores de Educação a diferentes níveis, como por exemplo, do MEC, DPEC, SDEJT, directores de escola e professores com nível superior. A fim de dota-los de conhecimentos científicos teóricos e práticos profundos relacionados com a Administração e Gestão da Educação e formar profissionais para actuar no campo da educação e garantir a organização, gestão escolar e todas as actividades promovidas pelo supervisor pedagógico.
Mostrar mais

286 Ler mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO

No decorrer da investigação sobre o burnout Maslach, Leiter & Schaufeli (2000) focaram o seu interesse no estudo de um fenómeno considerado no pólo oposto que foi designado pelos autores como engagement. De acordo com os autores o pólo oposto do burnout não seria um estado neutro mas sim um estado de saúde mental positivo de bem-estar relacionado com o contexto ocupacional e que implica mais do que a ausência do burnout. Esta tendência coincide com a investigação actual sobre a “psicologia positiva” que se focaliza sobre a força humana e o óptimo funcionamento do ser humano, e não tanto sobre as fraquezas e as dificuldades (Seligman e Csikszentmihalyi, 2000) e por ser recente as suas explicações teóricas e teste empírico são bastante reduzidas. Na perspectiva de Schaufeli e colaboradores o engagement não e um estado oposto mas antes uma dimensão distinta de bem-estar (Schaufeli et al., 2000).
Mostrar mais

80 Ler mais

Faculdade de Ciências da Educação FACES Curso Psicologia

Faculdade de Ciências da Educação FACES Curso Psicologia

Brino e de Rose (2006) realizaram uma pesquisa onde investigaram a sequência fazer – dizer. O objetivo da pesquisa foi buscar e apurar as variáveis.. controladoras do auto relatos de cr[r]

72 Ler mais

Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

Estes resultados estão de acordo com o que era expectável no que diz respeito aos casais férteis com filhos estarem juntos há significativamente mais tempo que os inférteis [r]

44 Ler mais

Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

Para além destes fatores, seria interessante replicar este estudo com um grupo comparativo (e.g., casais inférteis submetidos à PMA.. Em suma, e tendo conta os presentes resultados, pod[r]

50 Ler mais

Universidade do Porto Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Universidade do Porto Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Efetivamente, os modelos de duplo processo propõem que o comportamento antissocial, atributo próximo da externalização (Kennealy et al., 2010; Patrick et al., 2005), tem subj[r]

79 Ler mais

Universidade de Coimbra Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Universidade de Coimbra Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Resumo: Partindo das abordagens teóricas da Confiança Interpessoal, do Desenvolvimento Psicossocial ao longo do ciclo de vida de Erikson e da Aceitação-Rejeição Interpessoal (IPARThe[r]

49 Ler mais

Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

A infância é um período privilegiado, no qual os pais desenvolvem esforços para orientar os comportamentos dos filhos, no sentido de se tornarem adultos autónomos e responsáveis, com base em padrões morais sociavelmente ajustados (Baumrind, 1989). De acordo com Kuczynsky e Grusec (1997) os pais exercem uma influência incontestável na transmissão de valores aos filhos, por diversas razões. Em primeiro lugar, são eles os principais agentes sociais responsáveis pela educação das crianças; em segundo, a afectividade subjacente à relação estabelecida entre pais e filhos fomenta a interiorização de normas e valores por parte da criança e, finalmente, o fenómeno da co- habitação propícia a monitorização e, concomitantemente, a compreensão dos comportamentos das crianças pelos seus progenitores.
Mostrar mais

45 Ler mais

Universidade de Coimbra Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Universidade de Coimbra Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Na validade divergente da componente Autocriticismo Situacional, é esperado uma correlação negativa com o total da Escala de Autocompaixão, assim como com as subes[r]

37 Ler mais

Universidade de Coimbra - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Universidade de Coimbra - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Um dos instrumentos de eleição que tem vindo a ser utilizado no estudo do modelo de três fatores é o Inventário de Traços Psicopáticos (ITP; Youth Psychopathic Traits Inventory ; Ander[r]

53 Ler mais

Universidade de Coimbra Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Universidade de Coimbra Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

O presente estudo pretende explorar o efeito preditor da ocorrência dos maus-tratos e de um funcionamento psicossocial pobre na sintomatologia depressiva, e o efei[r]

37 Ler mais

UC/FPCE. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

UC/FPCE. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

amostra foi recolhida nos Centros Educativos da DGRS de Coimbra (Olivais), Lisboa (Bela Vista, Navarro Paiva e Caxias) e Porto (Santo António) no âmbito do programa Gerar Percursos Sociais (GPS); em instituições de acolhimento de adolescentes e jovens (como o Colégio de S. José em Viseu e a Quinta da Conraria em Coimbra); e em estabelecimentos de ensino dos distritos de Leiria, Coimbra e Castelo Branco (jovens que foram referenciados pelos professores como alunos que revelavam problemas disciplinares e manifestavam condutas de oposição/desafio). Para a constituição desta amostra contribuíram ainda os alunos do 4º ano da unidade curricular de Intervenções Cognitivo-Comportamentais no Comportamento Anti-Social (ICCCAS) do Mestrado Integrado em Psicologia da Universidade de Coimbra no ano lectivo 2009/2010. Em todas as instituições foram seleccionados jovens com algum grau de comportamento anti-social. A partir da passagem da Checklist para o Comportamento Anti-Social (baseada nos critérios de diagnóstico do DSM- IV), foi possível subdividir esta amostra em duas amostras: amostra de jovens com Perturbação de Oposição e amostra de jovens com Perturbação de Conduta, consoante preenchessem um maior número de critérios para uma ou outra perturbação.
Mostrar mais

50 Ler mais

Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

A revisão sistemática corrente analisa a literatura existente relativamente à presença ou ausência de uma relação entre medidas de avaliação neuropsicológica e queixas subjetivas cogni[r]

104 Ler mais

Show all 10000 documents...