Top PDF Estudo Antropométrico de pré-escolares da calha do Rio Negro, Amazonas, Brasil. II- Barcelos.

Estudo Antropométrico de pré-escolares da calha do Rio Negro, Amazonas, Brasil. II- Barcelos.

Estudo Antropométrico de pré-escolares da calha do Rio Negro, Amazonas, Brasil. II- Barcelos.

Assim, a utilização desta metodologia, evidenciou que 3 1 , 1 % dos pré- escolares do município de Barcelos, apresentavam inadequação no indicador "altura/ idade", o que id[r]

10 Ler mais

Estudo antropométrico de pré-escolares da calha do Rio Amazonas, Brasil. I - Nhamundá.

Estudo antropométrico de pré-escolares da calha do Rio Amazonas, Brasil. I - Nhamundá.

Entretanto a confrontação percentual dos resultados do presente estudo, com aqueles da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição (INAN, 1990), praticamente, nivela em termos epidemio[r]

8 Ler mais

Estudo antropométrico da população infantil da calha do Rio Negro, Amazonas, Brasil. III - parque nacional do Jaú.

Estudo antropométrico da população infantil da calha do Rio Negro, Amazonas, Brasil. III - parque nacional do Jaú.

ABSTRACT — A cross-sectional study was carried out in the Jaú National Park (1999), involving 49 pre-school children and 130 school children, in order to evaluate their nutritional stat[r]

5 Ler mais

Estud. av.  vol.24 número68

Estud. av. vol.24 número68

É fácil compreender que esse nome popular procurou indicar as múltiplas bocas do Delta de Breves. Observações feitas em imagens de satélites e cartas to- pográficas detalhadas puderam caracterizar a região deltaica terminal como sendo um Finger Delta: ou seja, um delta de múltiplos braços terminais intercalados por diversos canais alongados. A partir da Baía das Bocas, onde as embarcações pro- venientes de Breves para o sul / sudeste ressentem-se da movimentação das ondas que ali ocorrem, as águas projetando-se para o Rio Pará recebem no meio do caminho as correntes do delta do rio do baixo Tocantins, seguindo para a Baía de Guajará-Mirim, frente a Belém do Pará, e atingindo o litoral da Baía de Marajó, dominada por manguezais (área que precede a cidade de Soure). Logo o largo canal se transforma no Rio Pará, denominação que na Amazônia significa “rio mar”. O setor fluvial que se prolonga do Delta de Breves e da Baía das Bocas tem larguras desmedidas que alcançam até 22 quilômetros. Um fato importante que documenta a ordem de grandeza do paleoestreito de Breves durante o período de seis mil a cinco mil anos a.p. designado optimum climático, quando os mares estiveram a três metros acima de seu nível atual. Em posição intermediária entre a Baía das Bocas e a Baía do Marajó, verifica-se a embocadura do Rio Tocan- tins, através de uma outra trama deltaica regional da margem direita do Rio Pará (Abaietetuba). Mais a jusante, ocorre o desemboque do Rio Guamá nas proximi- dades de Belém do Pará. Sendo necessário lembrar que, após o sítio de Belém do Pará, ocorrem pequenos setores de prainhas (Mosqueiros) e antigos campos de dunas prefixadas por vegetação psamófila: subárea até há pouco tempo envolvida por densas florestas tropicais biodiversas.
Mostrar mais

10 Ler mais

FRANK DO CARMO GUEDES GESTÃO DO CONFLITO E CLIMA ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO EM UMA

FRANK DO CARMO GUEDES GESTÃO DO CONFLITO E CLIMA ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO EM UMA

A presente dissertação foi desenvolvida no âmbito do Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação (PPGP) do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF). O caso de gestão estudado propõe uma análise do processo de gestão dos conflitos escolares em uma escola do Estado do Amazonas, na qual os índices de registro em livros de ocorrência são percebidos em assimetria no período que compreendem os anos de 2011 e primeiro semestre de 2015. O objetivo desse trabalho é subsidiar novas propostas para melhorias do ambiente escolar, por meio de um processo de mediação eficiente nos conflitos intraescolares. Para isso é necessário o reconhecimento do perfil dos relacionamentos interpessoais ocorridos entre escola e comunidade tendo por base os relatos dos registros de enfrentamentos postos no livro de ocorrências escolar. Para tanto utilizamos a método de análise documental, na qual fizemos um recorte ficando com apenas dezesseis registros em maior evidência. Esses registros foram classificados conforme quadros produzidos e definidos a partir dos referenciais teóricos. A partir das classificações, foram verificados registros com relatos em comum estabelecendo três categorizações de análise: agressão verbal, agressão física e comportamento irregular. Para essa utilizamos uma revisão bibliográfica que teve por base as ideias de Chrispino (2007), Abramoway e Mancini (2008), Nascente, Luis e Fonseca (2015) e Fonseca Rodrigues e Antonio (2012) porque tratam especificamente de temas abordados nas análises como: indisciplina, violência e conflito escolar e como são percebidos nas formas de utilização dos livros de ocorrência. Diante das análises foi constatado que não ocorre um processo de mediação de conflitos no ambiente da escola em estudo e que os processos ocorridos em meio aos registros só provocam outros conflitos. Também foi verificado que teor dos registros é reduzido e não oferece subsídios suficientes para os processos de análise e mediação do conflito. Frente a isso foi proposto um Plano de Ação Educacional que traz quatro ações que visam sistematizar os registros de ocorrência através de um formulário específico para que viabilizem informações eficientes para a mediação. Dentre essas ações também será oferecida uma formação para o sujeito educacional que poderá exercer a função de mediador e uma roda de conversas com alunos e demais comunitários que os motivem a utilizar essa nova ferramenta.
Mostrar mais

142 Ler mais

Variação espacial de cátions, ânions e variáveis físico-químicas no rio Solimões-Amazonas entre Manaus e Jutaí, bacia amazônica.

Variação espacial de cátions, ânions e variáveis físico-químicas no rio Solimões-Amazonas entre Manaus e Jutaí, bacia amazônica.

potencial hidrogeniônico (pH), condutividade elétrica (CE), sólidos totais em suspensão (STS) e carbono orgânico total (COT). As coletas foram realizadas em maio, julho e setembro de 2012 em sete pontos na calha principal do rio Solimões- Amazonas e na foz de alguns dos principais tributários: rios Jutaí, Juruá, Japurá e Purus. Os cátions e ânions foram analisados por cromatografia de íons, STS por gravimetria, pH por potenciometria, alcalinidade por titulação potenciométrica, CE por condutimetria e o COT por oxidação catalítica por combustão. As concentrações médias dos cátions seguiram esta ordem Ca 2+ >Na + >Mg 2+ >K + e dos ânions SO
Mostrar mais

10 Ler mais

SIMONE MARIA MELO DA SILVA PROCESSO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: CASO DA REGIONAL METROPOLITANA V

SIMONE MARIA MELO DA SILVA PROCESSO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: CASO DA REGIONAL METROPOLITANA V

O recurso para manutenção destina-se aos pequenos reparos essenciais para um bom funcionamento da unidade escolar, sem que haja necessidade de cálculo estrutural. Como exposto nos procedimentos gerais do Anexo Único da Resolução SEEDUC 3630/2007, o gestor poderá consertar, substituir ou instalar bombas d‟água, revisão elétrica, incluindo substituição de lâmpadas, interruptores, bocais, reatores, quadro de força, troca de transformadores e demais acessórios elétricos, reparo na iluminação externa das unidades escolares, reparo em registro, sifão e torneiras, substituição, reparos e instalação de caixa de descarga externa, trocar telhas quebradas, limpar cisterna, caixa de gordura e fossa, contratar serviço de capina, construção de pequenos muros de alvenaria, conserto de grades e telas. O gestor pode, ainda, utilizar os recursos na instalação de aparelhos elétricos e eletrônicos, equipamentos e materiais permanentes, inclusive ventiladores, pintura e reparo de pintura, reparo de fechadura, substituição de vidro quebrado, reparo e substituição de piso e azulejos, dentre outros.
Mostrar mais

120 Ler mais

O PROCESSO DE ESCOLHA DE GESTORES ESCOLARES NA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO AMAZONAS: PROBLEMATIZAÇÕES E POSSIBILIDADES

O PROCESSO DE ESCOLHA DE GESTORES ESCOLARES NA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO AMAZONAS: PROBLEMATIZAÇÕES E POSSIBILIDADES

A presente dissertação teve por finalidade analisar o processo de escolha de gestores escolares da Rede Estadual de Ensino do Amazonas, que acontece por meio da indicação técnica e política. No entanto, conforme estabelecido no Art. 206 da Constituição Federal de 1988, a educação, deve ser pautada no princípio democrático o que não se enxerga nesse modelo. Também se destaca que os critérios adotados para a escolha, pontuados na Resolução do Conselho Estadual de Educação do Amazonas, nem sempre são obedecidos pelos atores responsáveis pelo processo. Para subsidiar essa análise, foi utilizada da como metodologia a pesquisa qualitativa com uso da entrevista como instrumento. Realizou-se ainda pesquisa documental, levantando registros e instrumentos normativos e bibliográficos, tendo como principais referenciais teóricos obras de Heloísa Lück, Henry Mintzberg e Vitor Paro. Também foram realizadas pesquisas comparativas acerca do processo de escolha de gestores escolares de cinco estados brasileiros, quais sejam: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Tocantins, que utilizam modelos de escolhas de gestores de escolas distintos ao que acontece no Amazonas. Essas pesquisas serviram de embasamento para a criação de uma proposta de processo de seleção de gestores escolares para a Rede Estadual de Ensino do Amazonas, sendo contemplados critérios técnicos, definição de perfil e competência profissional, englobando o conhecimento e as habilidades técnicas do candidato a gestor de escola. Concluindo então que, o processo de escolha de gestores escolares da Rede Estadual de Ensino do Amazonas, que é por indicação, no que se refere aos procedimentos atuais, há formas diversas para essa escolha, sendo que na Capital os gestores ao serem indicados são entrevistados, porém para as escolas do Interior, os procedimentos diferem do que acontece na Capital, incorrendo em despadronização do processo.
Mostrar mais

132 Ler mais

A cidade, um foco de diversidade agrícola no Rio Negro (Amazonas, Brasil)?.

A cidade, um foco de diversidade agrícola no Rio Negro (Amazonas, Brasil)?.

Resumo: As regiões do Médio e Alto Rio Negro, apesar de serem isoladas da malha de comunicação terrestre e das frentes de colonização, caracterizam-se por uma articulação cada vez mais forte entre a área florestal, a das comunidades, e a urbana, ou seja, as pequenas cidades ribeirinhas. Esta complementaridade, temporária ou definitiva, se traduz por uma expansão da agricultura periurbana. Propomos uma abordagem comparativa da diversidade agrícola entre o urbano e o florestal. Analisamos as relações entre formas de manejo dos espaços cultivados (superfícies, ciclo de uso e práticas), plantas cultivadas e redes sociais envolvidas no acesso aos recursos fitogenéticos. A análise mostra uma recomposição dos sistemas agrícolas com a permanência de uma alta diversidade agrícola, porém marcada por uma maior vulnerabilidade do sistema em decorrência da diminuição do tempo de pousio e da diminuição da força de trabalho disponível. No contexto urbano, as estratégias tradicionais de manejo dos recursos agrícolas se combinam a um outro objetivo, o do acesso à terra. A análise aponta para a necessidade de uma reflexão sistémica sobre as possíveis formas de conservação deste patrimônio biocultural.
Mostrar mais

17 Ler mais

Morbidity of Chagas heart disease in the microregion of Rio Negro, Amazonian Brazil: a case-control study

Morbidity of Chagas heart disease in the microregion of Rio Negro, Amazonian Brazil: a case-control study

The ECGs showed that 11.3% of the seropositive in- dividuals presented ventricular extrasystoles, 7.5% pre- sented bradycardia, 7.5% presented left bundle branch block (LBBB) of the bundle of His, 3.8% presented right bundle branch block (RBBB), 1.9% presented atrio- atrio- ventricular (AV) block and 3.8% presented ventricular repolarisation alterations (flat T wave). Among the se- ronegative subjects, 0.9% presented ventricular extra- systoles, 5.6% presented bradycardia, 1.9% had first-de- gree RBBB and 1.9% had first-degree AV block (Table II). The frequency of LBBB was noteworthy because it is typically rare in Chagas disease in the endemic areas. Fig. 2 shows a typical case of Chagas disease with an increase in the heart area seen on the chest radiograph, polymorphic extrasystoles on the ECG and a third-degree
Mostrar mais

5 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Orientando-se por esses princípios do planejamento, o Estado do Rio de Janeiro criou metas para cada Unidade Escolar, em função da projeção do IDEB para a rede Estadual, e por ter como objetivo estar entre os cinco primeiros no ranking do IDEB em 2013. Essas metas são monitoradas pelos Agentes de Acompanhamento da Gestão Escolar que subsidiam o trabalho do gestor, dando o apoio necessário. O edital da seleção interna (RIO, 2013a) para AAGE estabelece como uma das atribuições: orientar o Gestor e a comunidade escolar na identificação dos problemas da escola, levando-os à definição de metas e elaboração dos planos de ação para melhoria dos resultados e verificar a execução e eficácia das ações propostas nos planos de ação, com vistas ao alcance das metas estabelecidas.
Mostrar mais

99 Ler mais

UMA NOVA ESPÉCIE DE SPASALUS (COLEOPTERA PASSALIDAE) DO ALTO RIO NEGRO. AMAZONAS, BRASIL.

UMA NOVA ESPÉCIE DE SPASALUS (COLEOPTERA PASSALIDAE) DO ALTO RIO NEGRO. AMAZONAS, BRASIL.

Tórax: Pronoto (Fig. 2) com a borda anterior concava nas proximidades dos ângulos anteriores que, por sua vez são protraídos e agudos; Sulco médio podendo apresentar pontuação.. Laterai[r]

4 Ler mais

Estudo antropométrico e clínico do estado nutricional em um grupo de crianças pré-escolares de Manaus, 1976

Estudo antropométrico e clínico do estado nutricional em um grupo de crianças pré-escolares de Manaus, 1976

Oito (6,6%) das crianças se apresentavam com atrofia nutricional indicativa de desnutrição aguda- característica de crianças até recente- mente nutridas de modo s:.tisfat[r]

6 Ler mais

VANDERLEA BARRETO DO AMARAL OS LIMITES DA IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO REFORÇO ESCOLAR NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DA REGIONAL METROPOLITANA VII DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

VANDERLEA BARRETO DO AMARAL OS LIMITES DA IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO REFORÇO ESCOLAR NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DA REGIONAL METROPOLITANA VII DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Oficina II: Estudará a adequação do material utilizado nas dinâmicas e sua adequação diante do grau de dificuldade dos discentes. Eles terão acesso ao relatório de desempenho dos alunos, de uma escola fictícia o que ajudaria bastante aos professores do Projeto a realizarem um trabalho mais eficiente com seus alunos. Tal relatório deve ser elaborado pela gestão pedagógica junto aos professores das turmas regulares das quais os estudantes fazem parte. Será aberto um espaço de aproximadamente uma hora com atividades que estimulem a reflexão sobre a prática docente. Nesse ponto, está o objetivo da formação continuada com vistas a não exigir dos dinamizadores que sejam apenas aplicadores de dinâmicas, mas que juntos possam pensar estratégias de trabalho para a promoção do aprendizado do aluno e para aprimorarem de forma consciente a sua prática cotidiana.
Mostrar mais

129 Ler mais

Beobachtungen am Amazonas und Rio Negro

Beobachtungen am Amazonas und Rio Negro

Konkurrenz. Manaos fiel infolgedessen wirtschaftlich stark zurück. Zur Zeit der Hoch¬ konjunktur gründeten Amerikaner «The Amazonas River Steam Navigation Com¬ pany», welche mit Motorschiffen auch die wichtigeren Nebenflüsse bis an die Landes¬ grenzen befuhr. Diese Gesellschaft wurde später verstaatlicht unter dem Namen SNAPP (Abkürzung für «Servigio de Navegacao da Amazonia e Administracao do

6 Ler mais

Mudanças no padrão epidemiológico da malária em área rural do médio Rio Negro, Amazônia brasileira: análise retrospectiva.

Mudanças no padrão epidemiológico da malária em área rural do médio Rio Negro, Amazônia brasileira: análise retrospectiva.

A retrospective study on reported malaria cases in the municipality (county) of Barcelos, Ama- zonas State, Brazil, was performed from 1992 to 2004, emphasizing the high endemic area along the Padauiri, an affluent of the Rio Negro. 16,795 cases were reported, 10,318 (61.4%) from the ru- ral area and 6,477 (38.6%) from the urban area. Mean annual parasite index for the period was 136.7 per 1,000 inhabitants in the urban area and 613.6 per 1,000 in the rural area of Barcelos and 708.9 per 1,000 in the Padauiri area. In the latter area, two periods were considered: one epi- demic, from 1992 to 1998, and the other post-epi- demic, from 1999 to 2004. Comparing the two pe- riods, the male/female ratio changed from 1.8 to 1.14, mean patient age from 17.9 to 14.8, propor- tion of Plasmodium falciparum cases from 51.9% to 23.7%, proportion of slides with low P. falci- parum parasite density from 35.3% to 44.9%, and proportion of P. vivax from 24% to 35% (all these differences were statistically significant, with p < 0.05). The changes in the epidemiological pattern of malaria in the Padauiri area will be further elucidated through prospective studies.
Mostrar mais

10 Ler mais

Entre tradições e modernidade: conhecimento ecológico local, conflitos de pesca e manejo pesqueiro no rio Negro, Brasil.

Entre tradições e modernidade: conhecimento ecológico local, conflitos de pesca e manejo pesqueiro no rio Negro, Brasil.

Outra regra cultural associada ao controle de uso dos recursos naturais é a ‘panema’, que significa pessoa azarada nas atividades produtivas (Wagley, 1976). Ela pode ser adquirida de várias maneiras: mulher grávida que se alimenta de caça ou peixe capturado pelo caçador ou pescador, mulher menstruada que toca em apetrechos de pesca, desconfiança ou cobiça de alimento entre amigos, quebra de restrições alimentares por gestantes, entre outros (Smith, 1981, 1983, 1985). Estudando a caça na Reserva Extrativista do Alto Juruá, no Acre, Dias e Almeida (2004) notam que a causa da ‘panema’ é sempre relacionada a uma ação humana do caçador ou das pessoas a ele ligadas, sendo que esta ação representa uma conduta inadequada em relação ao corpo do animal morto. Portanto, mais que azar nas atividades produtivas, ‘panema’ é uma norma de conduta com relação aos animais da floresta e do rio. A ‘panema’ é curada por meio de rituais religiosos com curandeiros ou xamãs, além de banhos e defumações com plantas e animais, nos quais participam o pescador e seus apetrechos. Um tariano da ilha do Uábada citou que o pescador com ‘panema’ deve tomar banho de cipó-jacitara (Araceae) por duas sextas-feiras consecutivas. Silva et al. (2007) citam outras plantas utilizadas para tratar a ‘panema’ no rio Negro.
Mostrar mais

23 Ler mais

JOSIANE CRISTINA DA COSTA SILVA UM ESTUDO SOBRE A POLÍTICA E O MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DE

JOSIANE CRISTINA DA COSTA SILVA UM ESTUDO SOBRE A POLÍTICA E O MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DE

Além disso, pode-se ir mais longe, instituindo-se um momento específico para que escolas e Secretarias façam um estudo dos dados produzidos pela avaliação. Os gestores estaduais se manifestaram a respeito, ao serem indagados se, em seus estados, há um momento ou data específica para que os profissionais estudem os resultados da Prova Brasil. A maior parte, oito respondentes (61,5%), disse que há um momento específico e os outros cinco (38,5%) declararam que não. No entanto, entre os que afirmaram haver uma data definida, notaram-se respostas evasivas, como no “início do ano letivo e no decorrer dele”, “nas formações continuadas e nas reuniões pedagógicas”, “após a divulgação dos resultados [em] encontros com o propósito de discutir os resultados com as Secretarias Municipais e com as escolas”. Apenas o Gestor 8 citou uma data bem específica: “Dia 11 de agosto, o dia D”.
Mostrar mais

139 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados