Top PDF Um estudo experimental sobre o uso do teste baseado em modelo na detecção de defeitos em requisitos de software

Um estudo experimental sobre o uso do teste baseado em modelo na detecção de defeitos em requisitos de software

Um estudo experimental sobre o uso do teste baseado em modelo na detecção de defeitos em requisitos de software

Na primeira fase do TBM, Compreensão dos Requisitos, o testador possui a tarefa de entender os requisitos do sistema que irá ser testado, para poder verificar os pontos cruciais que devem ser testados. A segunda fase, Modelagem, nada mais é que a criação do modelo de teste, este que não deve ser muito extenso e deve conter de forma clara e detalhada os pontos cruciais que deverão ser testados. A próxima fase, Definição de Critérios de Seleção de Teste, possui o objetivo de definir os casos de testes que serão gerados. A quarta e quinta fases, Geração e Concretização de Casos de Teste, estão relacionados a etapa de automatização dos casos de teste, de forma que estes se tornem executáveis, fazendo que o processo de teste se torne sistemático. Na penúltima fase, Execução dos Testes, como o próprio nome já diz, é onde ocorrem os testes do sistema. E por último, Análise dos Resultados, é onde os resultados da etapa anterior são analisados, e então pode ser verificado se há falhas ou não para serem corrigidas. Assim, como resultado, podem
Mostrar mais

51 Ler mais

Modelo para avaliação da qualidade da tradução entre requisitos e casos de uso

Modelo para avaliação da qualidade da tradução entre requisitos e casos de uso

Um documento de especificação de requisitos de software (Software Requirements Specification - SRS) é decisivo para o desenvolvimento de um bom produto final. A indústria de software vem demonstrando crescente interesse pela engenharia de requisitos (ER), isto é, entender o que se deseja construir antes de começar a fazê-lo. Os requisitos de software constituem a base a partir da qual a qualidade é medida. Assim, a falta de conformidade com eles pode significar falta de qualidade. Existem diversas abordagens para escrever um SRS e especificar casos de uso. Os requisitos, SRS e especificação de casos de uso podem ter diferentes aspectos de qualidade, tais como, legibilidade, integralidade, consistência, não ambigüidade, etc. As métricas desempenham um papel essencial na detecção de defeitos dos requisitos, fornecendo meios para a visualização de discrepâncias e a identificação de pontos fora de uma situação projetada. A literatura apresenta métricas que são aplicadas nos requisitos, ou nos casos de uso, porém estas não avaliam a qualidade do mapeamento.
Mostrar mais

158 Ler mais

Uma contribuição ao teste baseado em modelo no contexto de aplicações móveis

Uma contribuição ao teste baseado em modelo no contexto de aplicações móveis

Devido ao crescente número e diversidade de usuários, novas abordagens de teste são necessárias para reduzir a ocorrência de defeitos e garantir uma melhor qualidade em aplicações móveis. As particularidades desse tipo de software exigem que as técnicas de teste tradicionais sejam revisitadas e novas abordagens propostas. A natureza direcionada a eventos e as funcionalidades de aplicações móveis demandam que os testes sejam executados de maneira automatizada. O Teste Baseado em Modelo (TBM) apresenta-se como uma abordagem válida e promissora que oportuniza o uso de um processo definido, bem como de mecanismos e técnicas formais para o teste de aplicações móveis. Esta dissertação de mestrado tem como objetivo investigar a adoção de TBM junto à técnica de modelagem Event Sequence Graph (ESG) no teste de aplicações móveis para a plataforma Android. Inicialmente, o TBM é avaliado com o apoio de ESG e da ferramenta Robotium. Com base nos resultados obtidos e desafios identificados, propõe-se uma abordagem específica que fundamenta o reúso de modelos de teste para (i) reduzir o esforço manual demandado na etapa de concretização de casos de teste e (ii) testar distintas características inerentes ao contexto de mobilidade. Uma ferramenta de apoio foi projetada e desenvolvida para automatizar a abordagem proposta. Um estudo experimental em ambiente industrial é conduzido para avaliar a abordagem e a ferramenta propostas quanto à efetividade na redução do esforço requisitado para a concretização, bem como à capacidade de detecção de defeitos em aplicações móveis desenvolvidas na plataforma Android.
Mostrar mais

159 Ler mais

Sistema de Detecção de Defeitos Visuais em Pisos Cerâmicos Baseado em Processamento de Imagens e Aprendizado de Máquina

Sistema de Detecção de Defeitos Visuais em Pisos Cerâmicos Baseado em Processamento de Imagens e Aprendizado de Máquina

e afetado pela fadiga. Sendo assim, o processo poderia ser melhorado utilizando um sistema automatizado para este fim. Neste contexto, o presente trabalho prop˜ oe um sistema completo para verifica¸ c˜ ao de defei- tos visuais em pisos cerˆ amicos baseado em processamento de imagens e aprendizado de m´ aquina. O sistema possui quatro etapas: aquisi¸ c˜ ao de imagens, pr´ e-processamento, extra¸c˜ ao de caracter´ısticas e classifica¸ c˜ ao. Na etapa de extra¸ c˜ ao de caracter´ısticas, foram comparados dois algo- ritmos. Na classifica¸c˜ ao foram testados cinco classificadores, visando buscar o melhor resultado para esta aplica¸ c˜ ao. O sistema foi imple- mentado utilizando as bibliotecas OpenCV. O sistema apresentou re- sultados satisfat´ orios em rela¸ c˜ ao ao tempo de processamento e a taxa de acerto, demonstrando a viabilidade t´ ecnica desta proposta.
Mostrar mais

107 Ler mais

Uso de metodologias de desenvolvimento de software e de engenharia de requisitos em empresas de tecnologia: um estudo a partir de um survey

Uso de metodologias de desenvolvimento de software e de engenharia de requisitos em empresas de tecnologia: um estudo a partir de um survey

Around 2001 came the Agile Manifesto, which aimed to reduce document formalizations and focus on continuous deliveries, multidisciplinary teams, and facilitate requirements changes. Requirements engineering activities are fundamental in the software development process, which directly influences the quality of the product. So not to leave aside some documents and artifacts made in traditional methodologies, a good relationship between Agile Methodologies and Requirements Engineering is necessary. With this, the motivation to research as Requirements Engineering activities was made in Information Technology companies that use Agile Methodologies. For this, a survey was elaborated that was answered by several professionals of Information Technology. Through the answers it was possible to identify the methodology used in the company, which techniques of agile methodologies are used and how the Requirements Engineering is used in these companies surveyed. With the results obtained from the questionnaire, a comparison was made with the results of surveys of works related to this questionnaire.
Mostrar mais

68 Ler mais

Proposta de metodologia para a fase de análise de requisitos de software baseado em práticas de gestão do conhecimento para obtenção de qualidade de software

Proposta de metodologia para a fase de análise de requisitos de software baseado em práticas de gestão do conhecimento para obtenção de qualidade de software

Os Estudos Etnográficos são uma análise de componente social das tarefas desempenhadas numa dada organização. Quando um dado conjunto de tarefas se torna rotineiro para uma pessoa, é de se esperar que esta sinta dificuldade em articular todos os passos que segue ou todas as pessoas com as quais interage para levá-las a cabo. Através de uma observação direta das atividades realizadas durante um período de trabalho de um funcionário é possível encontrar requisitos que não seriam observáveis usando técnicas convencionais. Esta observação pode ser acompanhada de registros áudio/vídeo, porém não convém usá-los em demasia visto que o tempo necessário para processá-los pode ser demasiado. Nesta técnica assume-se que o representante do cliente observado desempenha as suas funções "corretamente", pelo que convém ter algum cuidado na escolha do mesmo.
Mostrar mais

50 Ler mais

Um estudo empírico sobre o uso do BDD e seu apoio a engenharia de requisitos

Um estudo empírico sobre o uso do BDD e seu apoio a engenharia de requisitos

Ainda Damian e Zowghi (2002) constataram que a dificuldade de identificação de stakeholders torna-se ainda mais crítica em ambientes de desenvolvimento distribuído. Sem a percepção pres[r]

139 Ler mais

Um modelo de processo de apoio ao desenvolvimento de software baseado em componentes,...

Um modelo de processo de apoio ao desenvolvimento de software baseado em componentes,...

O processo foi todo definido através de padrões abertos: o SPEM, como um perfil UML, forneceu elementos de processo que descreveram toda a estrutura do Komponento; e o meta- modelo RAS de perfis de armazenamento de ativos foi seguido para a implementação dos esquemas XML, bem como da API Java de serviços de consulta. A adoção de padrões abertos oferece vantagens como: portabilidade entre diferentes plataformas (ex. um documento no formato XMI pode ser interpretado por diferentes ferramentas CASE); liberdade de escolha, no sentido de que quanto mais alternativas para uma determinada solução forem implementadas para um determinado padrão, maior a flexibilidade de escolha entre diferentes softwares ou processos de software; menores custos de integração entre sistemas que são construídos para especificações abertas e comuns entre diferentes sistemas (BIRD, 1998). A escolha de padrões abertos foi a estratégia para tornar o processo o mais adaptável possível a outros ambientes de desenvolvimento de sofwtare, atendendo o objetivo de se projetar um modelo de processo acoplável. A utilização de um meta-modelo para a definição do modelo foi determinante para a compatibilidade do Komponento com outros processos. Os meta-elementos do SPEM proporcionaram uma linguagem comum para a combinação de processos (como o exemplo de aplicação apresentado na seção 4.3) em um nível mais alto de abstração.
Mostrar mais

194 Ler mais

Comunicação de requisitos no processo de desenvolvimento de software: um modelo de classificação de fatores

Comunicação de requisitos no processo de desenvolvimento de software: um modelo de classificação de fatores

minimizar ameaças dessa natureza, foi utilizado sinônimos para as principais palavras chaves. Ameaças de validade interna: estão relacionadas a uma possível conclusão errada sobre as relações causais entre o tratamento e o resultado (WOHLIN et al., 2000). Decisões subjetivas podem ocorrer durante a seleção de artigos e extração de dados uma vez que é comum estudos primários não fornecerem uma descrição clara ou objetivos e resultados apropriados, dificultando a aplicação objetiva dos critérios de inclusão/exclusão ou a imparcialidade. A fim de minimizar erros de seleção e extração, o processo de seleção foi realizado de forma iterativa de forma que quando ocorreu dúvida na aplicação de algum critério, o estudo não foi eliminado e passou para a próxima fase. Além disso, o processo de seleção foi realizado de forma colaborativa pelo autor e por um colaborador de forma que conflitos foram discutidos e solucionados pelos mesmos em conjunto com a orientadora. Dessa forma, objetivou-se atenuar as ameaças devido ao viés pessoal na compreensão do estudo.
Mostrar mais

57 Ler mais

Modelo para suportar a atualização e consistência de requisitos em processos de manutenção de software

Modelo para suportar a atualização e consistência de requisitos em processos de manutenção de software

herdam os atributos Objeto e Estado da classe Restricao. A descrição das pré e pós- condições do sistema proposto é definida da forma “Objeto” + “Estado”. Sendo que quando uma pré-condição de um caso de uso A é relacionada com a pós-condição de um caso de uso B, o sistema determina que esta pré-condição é formada pelo mesmo “Objeto” e “Estado” da pós-condição do caso de uso B, permitindo apenas que o analista complemente a definição do “Estado” com algum comentário ou definição que julgue necessário. Este relacionamento por pré e pós-condições auxilia no suporte à consistência (requisito 3) e na análise do impacto das requisições de mudanças (requisito 1). Detalhes sobre como esta característica auxilia no suporte à consistência podem ser obtidos na próxima seção. Em relação à analise de impacto, uma vez que uma requisição de mudança altere um caso de uso cuja pós-condição é pré-condição de outro caso de uso, este outro caso de uso também deve ser revisado, pois dependendo da mudança, também pode ser afetado.
Mostrar mais

123 Ler mais

Um modelo de processo de engenharia de requisitos para ambientes de desenvolvimento distribuído de software

Um modelo de processo de engenharia de requisitos para ambientes de desenvolvimento distribuído de software

A unidade de análise do estudo de caso 1 é composta de projetos de desenvolvimento de software que utilizaram o processo preliminar de engenharia de requisitos para ambientes de DDS. Nesse sentido, foi selecionada uma organização que realiza desenvolvimento global de software, de forma a acompanhar projetos de desenvolvimento de software desde seu início. A organização selecionada trabalha com manufatura e suporte de computadores, possuindo três unidades de desenvolvimento de software localizadas em dois continentes, responsáveis por atender a demanda de projetos internos da mesma em âmbito mundial. Também é considerada uma empresa de grande porte para o seu segmento e a sua matriz está localizada nos Estados Unidos. O processo de desenvolvimento de software é baseado no MSF, e em metodologias conhecidas, como RUP (Rational Unified Process) e PMI (Project Management Institute). A unidade de desenvolvimento onde foi conduzido o estudo é reconhecida como uma organização SW-CMM nível 2.
Mostrar mais

142 Ler mais

Abordagem para a elicitação de requisitos de software baseada em modelo de processo de negócio

Abordagem para a elicitação de requisitos de software baseada em modelo de processo de negócio

A Plataforma Pinh˜ao Paran´a visa organizar o processo de desenvolvimento de sistemas dentro da CELEPAR - Companhia de Inform´atica e Comunicac¸˜ao do Paran´a. ´ E composta por uma metodologia de desenvolvimento baseada nos padr˜oes de mercado e por v´arias aplicac¸˜oes que tratam determinadas classes de problemas. Aplicac¸˜oes, chamadas de Proto-Agentes, podem ser conectadas a quaisquer outros sistemas que utilizem sua forma de concepc¸˜ao gen´erica. O objetivo ´e potencializar a construc¸˜ao de v´arias aplicac¸˜oes empregando menos esforc¸o atrav´es do reuso de soluc¸˜oes compartilhadas. Assim, o desenvolvimento fica concentrado nas particularidades de cada aplicac¸˜ao, obtendo-se maior produtividade e qualidade durante o processo (CHIARELLO; MAYER, 2009). A Figura 16 representa a fase de An´alise proposta pelo Framework Pinh˜ao, onde ´e poss´ıvel observar a atividade “Levantar e Analisar Requisitos”, tema dessa pesquisa.
Mostrar mais

119 Ler mais

Teste de software na indústria: um estudo qualitativo

Teste de software na indústria: um estudo qualitativo

Em projetos de desenvolvimento a qualidade do produto de software ´ e fundamental para o seu sucesso. Uma das etapas que busca garantir a qualidade do produto final ´ e a valida¸c˜ ao, verifica¸c˜ ao e teste (VV&T). O teste ´ e uma das atividades chave de VV&T realizada para garantir a qualidade. T´ ecnicas de teste foram desenvolvidas para verificar e validar tanto requisitos funcionais como n˜ ao funcionais. Al´ em disso, essas t´ ecnicas s˜ ao aplicadas nas organiza¸c˜ oes por meio de estrat´ egias que definem os tipos de teste que ser˜ ao realizados, a ordem de realiza¸c˜ ao, a sua automatiza¸c˜ ao e a frequˆ encia de ocorrˆ encia. Uma quest˜ ao importante ´ e verificar como essa atividade ´ e realizada na ind´ ustria de software, como essas t´ ecnicas s˜ ao utilizadas e a sua ado¸c˜ ao em organiza¸c˜ oes desenvolvedoras de software. Este trabalho apresenta uma pesquisa qualitativa da atividade de teste. Ela utilizou a t´ ecnica teoria fundamentada aplicada em cinco empresas desenvolvedoras de software para estabelecer uma teoria da atividade de teste. Foram realizadas entrevistas com gestores de teste das empresas e, a partir dessas entrevistas, foi desenvolvido uma teoria sobre a organiza¸c˜ ao da atividade de teste. Nesta teoria, observou-se que a estrutura organizacional direciona a escolha das t´ ecnicas e ferramentas, bem como o tipo do sistema; o prazo e or¸camento condicionam a utiliza¸c˜ ao de t´ ecnicas de automatiza¸c˜ ao.
Mostrar mais

77 Ler mais

Utilização de um modelo experimental para estudo sobre o toque terapêutico.

Utilização de um modelo experimental para estudo sobre o toque terapêutico.

anestesiômetro eletrônico (Modelo 1601C, Life Science Instruments, Califórnia, EUA), composto por um transdutor de pressão ligado por um cabo a um detector digital de força, o qual é expresso em gramas. Ao transdutor era adaptada uma ponteira Universal Tips 10mL (T-300, Axygen) que estimulava diretamente a pata do animal. A ponteira era aplicada em ângulo reto na região central da pata traseira do animal com pressão gradualmente crescente, a qual provocava uma resposta de lexão característica com retirada da pata, quando o estímulo era interrompido.

8 Ler mais

Uma avaliação experimental da plataforma parallella utilizando controle preditivo baseado em modelo como um estudo de caso

Uma avaliação experimental da plataforma parallella utilizando controle preditivo baseado em modelo como um estudo de caso

Nas últimas décadas, o poder computacional de sistemas embarcados têm crescido de forma muito rápida. Em geral, tais sistema são projetados para operar sob restrições como portabilidade (peso e tamanho), consumo de recursos, baixo consumo de energia e dissipação de potência. Assim, motivado pelos fatores supracitados e pelo avanço tecnológico, assim como pela demanda crescente de desempenho por parte das aplicações embarcadas, têm surgido vários processadores e plataformas de hardware que fazem uso de arquiteturas multicore, com destaque para a Parallella, uma plataforma de alto desempenho e baixo consumo energético. Nesse sentido, o presente trabalho traz a proposta de se avaliar tal plataforma sob uma abordagem experimental, como foco em seu coprocessador Epiphany de 16 cores, quando utilizada como um acelerador em software para aplicações de controle preditivo baseado em modelo como um estudo de caso, devido sua relevância para o grupo de pesquisa do LEIA (Laboratório de Sistemas Embarcados e Aplicações de Circuitos Integrados – Universidade de Brasília). Os resultados mostram que, apesar de restrições críticas como o tamanho da memória local dos cores, a plataforma Parallella se apresenta como uma arquitetura em potencial, podendo ser vista como uma alternativa à aceleração de algoritmos em hardware. Melhorias futuras como a expansão do número de núcleos do MPSoC Epiphany e da memória local dos mesmos, como previsto pelos fundadores do projeto, poderão alavancar ainda mais o uso de tal arquitetura em aplicações embarcadas.
Mostrar mais

122 Ler mais

Um modelo de rastreabilidade entre o documento de especificação de requisitos e o modelo de casos de uso do sistema

Um modelo de rastreabilidade entre o documento de especificação de requisitos e o modelo de casos de uso do sistema

Alguns pontos como documentar as necessidades dos usuários, evitar deduções prematuras de design, apresentar requisitos não conflitantes e não redundantes, devem sempre ser considerados para alcançar a qualidade de uma SRS. Uma maneira de garantir tais aspectos é permitir uma rastreabilidade entre os requisitos [KUL03]. Para isto, é fundamental que todos os passos do projeto sejam documentados relatando, por exemplo, a qual requisito uma classe específica se refere, qual caso de teste reflete um requisito específico e assim por diante. Tais cuidados podem garantir que uma mudança em determinado ponto não se torne uma catástrofe para o projeto final, já que se terá documentado quais artefatos serão atingidos com tal procedimento.
Mostrar mais

190 Ler mais

Elementos básicos para a construção de modelo de gestão da informação para engenharia de software : estudo de caso para atividade de requisitos no SERPRO

Elementos básicos para a construção de modelo de gestão da informação para engenharia de software : estudo de caso para atividade de requisitos no SERPRO

A ciência da informação tem ampliado suas áreas de atuação, como parte da influência de suas características interdisciplinares. Uma das disciplinas correlatas em que ela tem atuado é na ciência da computação, com o uso de modelos de gestão da informação para engenharia de software. O desenvolvimento de sistemas de informação tornou-se uma atividade crítica para boa parte das organizações, em função de sua dependência dos sistemas para suas atividades operacionais e gerenciais. A dificuldade das empresas de desenvolvimento de software em entregar no prazo sistemas que atendam as exigências dos usuários, levou a adoção de técnicas de engenharia e modelos de maturidade, com objetivo de tornar a atividade mais previsível, em termos de prazos de entrega e qualidade dos sistemas. Entretanto, apenas as soluções técnicas não atenderam as expectativas dos clientes, e uma das alternativas avaliadas foi a associação entre engenharia de software e conceitos e modelos de gestão da informação e conhecimento. Esta pesquisa avaliou modelos de gestão da informação utilizados em processos de desenvolvimento de software, e identificou os elementos chave para a construção de um modelo de gestão da informação para ser integrado ao processo do Serpro de desenvolvimento de software (Processo Serpro de Desenvolvimento de Soluções - PSDS). O objetivo é que a futura utilização destes elementos em um modelo de gestão da informação para o PSDS melhore aspectos relacionados ao reuso de informações em projetos de software, e permita a redução de prazos e melhoria da qualidade dos sistemas de informação desenvolvidos pelo Serpro.
Mostrar mais

144 Ler mais

Testes de software: uma abordagem da atividade de teste software em metodologias ágeis aplicando a técnica behavior driven development em um estudo experimental

Testes de software: uma abordagem da atividade de teste software em metodologias ágeis aplicando a técnica behavior driven development em um estudo experimental

Como na metodologia de desenvolvimento genérica proposta por Pressman (2011), o Scrum também concentra suas atividades de desenvolvimento no alicerce estrutural, ou seja, atividades para levantamento de requisitos, análise, projeto, evolução e entrega do produto, de modo que estas atividades acontecem em um padrão de processo chamado SPRINT. A SPRINT é um ciclo que dura de 2 a 4 semanas e contempla uma quantidade de requisitos a serem implementados, aqui conhecidos como estórias. As estórias (stories) são definidas pelo cliente durante a fase de levantamento de requisitos e assim que são elaboradas passam a compor
Mostrar mais

54 Ler mais

Estudo da resistência aos anti-maláricos: desenvolvimento de um novo teste de sensibilidade do Plasmodium spp., baseado na detecção de hemozoína

Estudo da resistência aos anti-maláricos: desenvolvimento de um novo teste de sensibilidade do Plasmodium spp., baseado na detecção de hemozoína

Estes estudos foram realizados numa nova geração de contadores (Cell-Dyn ® , Abbott Diagnostics) que se baseiam na tecnologia MAPSS ® (Multi-Angle Polarized Scatter Separation). Trata-se de uma metodologia baseada na citometria de fluxo em que os eosinófilos são diferenciados dos restantes granulócitos através de uma característica única dos grânulos eosinofílicos: a capacidade de despolarizar a luz (Hänscheid et al, 2000). A utilização deste equipamento possibilitou a identificação de monócitos que também despolarizam a luz devido à presença do pigmento da malária (Hänscheid et al, 2000). A investigação desta ocorrência permitiu identificar doentes com monócitos contendo hemozoína e estabelecer o diagnóstico indirecto de malária. Num estudo efectuado no Serviço de Urgência do Hospital de Santa Maria, este método permitiu diagnosticar casos de malária, mesmo quando não houve suspeita clínica, durante a realização do hemograma de rotina
Mostrar mais

75 Ler mais

ELICITAÇÃO DE REQUISITOS BASEADO EM MÉTODOS ÁGEIS: UM ESTUDO DE CASO

ELICITAÇÃO DE REQUISITOS BASEADO EM MÉTODOS ÁGEIS: UM ESTUDO DE CASO

A empresa selecionada e apresentada neste estudo, por confidencialidade chamaremos XYZ, foi fundada em 1911, consistem em uma empresa metalúrgica 100% brasileira. Com a sede principal localizada na Serra Gaúcha do Rio Grande do Sul, é composta por 10 fábricas espalhadas pelo território nacional, onde, até o presente momento, emprega aproximadamente 7.000 pessoas, produz uma gama de produtos que gira em torno de 18 mil itens, sendo estes, direcionados ao segmento de linha “lar”, variando de utensílios domésticos à jardinagem, resultando na produção de mais de um milhão de peças por dia. Para gerir tanta informação envolvida no processo de produção destes itens, a empresa XYZ possui seu próprio setor de TI. Localizado em sua sede, este setor é responsável pelo desenvolvimento de todo o ERP (Enterprise Resource Planning 4 ) da empresa. Atualmente, este setor é composto por uma equipe 24 profissionais, onde a mesma se divide em 1 gerente de TI, 1 gerente de desenvolvimento e 22 desenvolvedores. Como unidade de análise da pesquisa para o presente estudo, foi selecionado uma amostra não probabilística de profissionais da área de TI da empresa XYZ, os quais atuam como gerentes e outros, ora como analista de sistemas, ora como desenvolvedores, esta amostra é composta por dez profissionais selecionados por conveniência do pesquisador e, equitativamente, pela responsabilidade por eles exercida.
Mostrar mais

44 Ler mais

Show all 10000 documents...