Top PDF Fraturas do osso zigomático: Análise retrospectiva de dois anos

Fraturas do osso zigomático: Análise retrospectiva de dois anos

Fraturas do osso zigomático: Análise retrospectiva de dois anos

Objetivo: Avaliar a epidemiologia das fraturas do osso zigomático dos pacientes atendidos em um hospital de emergência e trauma. Métodos: Nesta pesquisa, 291 pacientes com fraturas no osso zigomático atenderam aos critérios de inclusão. Os dados foram coletados em prontuários do setor de Cirurgia e Traumatologia Buco- Maxilo-Facial, no período de janeiro de 2011 a dezembro de 2012 e, posteriormente, submetidos à análise estatístico-descritiva. Resultados: Neste estudo, 273 (93,8%) foram do gênero masculino e 18 (6,2%) do feminino. A faixa etária mais acometida foi de 20 a 29 anos. A causa mais frequente foi o acidente motociclístico (61,9%). O uso de álcool foi relatado por 25,1% dos pacientes e apenas 2% relataram o uso de capacete no momento do acidente. Observou-se padrão único de fratura na região de corpo do osso zigomático de 56,4%, seguida por 12,7% na região de arco zigomático e associação mais frequente com a maxila em 8,6% dos casos. A lesão em tecido mole esteve presente em 57%, sendo a contusão mais frequente (28,3%). Conclusão: As principais vítimas de fraturas do osso zigomático são indivíduos do sexo masculino, na terceira década de vida que pilotam motocicleta sem capacete.
Mostrar mais

28 Ler mais

Fraturas do côndilo mandibular: análise clínica retrospectiva das indicações e do tratamento

Fraturas do côndilo mandibular: análise clínica retrospectiva das indicações e do tratamento

(27,50%), perfazendo um índice masculino/fe- minino de 2,63. A idade variou de 4 a 92 anos, com mediana de 22 anos. A faixa etária mais acometida foi a dos 10 - 19 anos (32,50 %). As etiologias das fraturas de côndilo foram classificadas em acidentes de tráfego, (incluin- do o automobilístico, de bicicleta e atropela- mentos); quedas de alturas e em nível do chão, violência física e acidentes de trabalho, basea- das na Classificação Internacional de Doenças. Os acidentes de tráfego foram a causa mais comum das fraturas perfazendo, 20 pacientes (50%), seguidos das quedas com 13 (32,50%) e agressões com cinco pacientes (12,50%). Dois pacientes sofreram trauma por acidentes de trabalho (5%).
Mostrar mais

6 Ler mais

Análise retrospectiva de 129 implantes osseointegráveis de ancoragem zigomática utilizados na reabilitação de maxilas severamente reabsorvidas em protocolo de dois estágios em um período de 7 anos

Análise retrospectiva de 129 implantes osseointegráveis de ancoragem zigomática utilizados na reabilitação de maxilas severamente reabsorvidas em protocolo de dois estágios em um período de 7 anos

Algumas técnicas cirúrgicas específicas para o IAZ também surgiram como forma de simplificar o tratamento, aumentando a previsibilidade e diminuindo a morbidade. Branemark em 1988 foi quem primeiro descreveu a técnica, inicialmente usada para pacientes com considerável perda óssea decorrentes de trauma, ressecção tumoral em maxila ou defeitos congênitos. Posteriormente, Stella & Warner (2000), preconizaram uma modificação, na qual não há a realização da janela óssea na região anterior do seio maxilar, mas sim um entalhe de orientação para inserção do implante. Este slot é realizado lateralmente ao pilar zigomático sem que haja preocupação com a integridade da membrana do seio maxilar. Atualmente, essa técnica tem uma maior aceitação mundialmente, e pode ser igualmente usada para casos de maxilas atróficas totalmente edentulas, cuja etiologia foi a perda dentária precoce. Outras técnicas tem surgido desde então, como por exemplo: técnica exteriorizada, abordagem minimamente invasiva com o uso de guias de perfuração e abordagem cirúrgica por navegação assistida por computador. Entretanto estas técnicas tem tido menor aceitação e indicações mais específicas. (VAN STEENBERGHE et al. 2003; SCHARMM et al., 2000)
Mostrar mais

86 Ler mais

Avaliação retrospectiva das fraturas mandibulares tratadas no hospital universitário, da universidade federal de Santa Catarina, entre 2005 e 2010

Avaliação retrospectiva das fraturas mandibulares tratadas no hospital universitário, da universidade federal de Santa Catarina, entre 2005 e 2010

Este estudo retrospectivo objetivou avaliar o perfil das fraturas mandibulares tratadas entre 01 de janeiro de 2005 e 31 de dezembro de 2010, pelo Serviço de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do Hospital Universitário/UFSC. Os dados avaliados incluíram aspectos sócio-comportamentais, fatores relacionados à ocorrência do trauma, características da fratura e atendimento ofertado. Foram avaliados prontuários de 102 pacientes, predominando o sexo masculino numa razão homem/mulher de 4:1. As fraturas se concentraram em pacientes leucodermas (95%), na faixa etária de 21-30 anos (41,2%), onde 98% negou o uso de drogas. Trabalhadores da área de artes, cultura, esporte, lazer e educação foram mais atingidos. As fraturas se distribuíram similarmente entre os anos e trimestres estudados. Acidente de trânsito foi o principal fator etiológico envolvido, seguido de queda e agressão. Houve uma correlação estatisticamente significativa entre o trauma decorrente de queda e o grupo etário acima de 40 anos (p = 0.048). O sinal e sintoma mais comuns foram trismo e dor, respectivamente. Os sítios anatômicos mais atingidos foram o côndilo, seguido do corpo mandibular. Traumas decorrentes de agressão acometeram estatisticamente mais o ângulo (p = 0.03) e parassínfise mandibular (p = 0.021). Fraturas concomitantes de face foram observadas em 13.7% dos pacientes, sendo mais prevalente a de osso zigomático. A maioria dos pacientes procurou atendimento dentro dos 5 primeiros dias após o a fratura. O tempo médio de internação foi de 2,16 dias, onde o tratamento mais empregado foi uma associação entre redução aberta e fechada (63.72%). Apenas 5,9% pacientes desistiram do tratamento. Complicações pós-operatórias foram observadas em 19,61% dos pacientes, sendo a mais frequente o edema.
Mostrar mais

69 Ler mais

Distribuição de tensões em dois sistemas de implantes com pilares de fibra de vidro e titânio e osso adjacente através da análise por elementos finitos

Distribuição de tensões em dois sistemas de implantes com pilares de fibra de vidro e titânio e osso adjacente através da análise por elementos finitos

Wiskott, Nicholls e Belser (1995), fizeram uma revisão bibliográfica das metodologias e testes relacionados com fadiga de materiais odontológicos e chegaram a algumas conclusões. Primeiramente, constatou-se que a maioria dos eventos de fraturas de estruturas protéticas acontece após um período de muitos anos, não estando relacionada a um episódio isolado de sobrecarga, mas sim a falha por fadiga. As falhas por fadiga são explicadas pela propagação de microfraturas em áreas de concentração de estresse. Essas regiões normalmente são aquelas que apresentam irregularidades ou diferenças de geometria. Tem sido mostrado que o polimento e acabamento das superfícies podem estender a vida clínica dos materiais. O fenômeno de fadiga é dividido em três estágios distintos. Estágio 1: ocorre à propagação das fissuras ao longo da estrutura dos materiais, a progressão da ruptura é lenta ocorrendo poucos nanômetros por ciclo. Estágio 2: a direção de propagação da fenda é alterada e se mantêm proporcional pelo estresse de tensão. Estágio:3 ocorre a falha total ou ruptura catastrófica do material por clivagem intragranular. A partir da identificação destes estágios os autores afirmaram que, para testes de fadiga com aplicações dentárias, deve se aplicar um mínimo de 10 6 ciclos.
Mostrar mais

81 Ler mais

Análise retrospectiva de 504 colonoscopias.

Análise retrospectiva de 504 colonoscopias.

Os exames considerados incompletos foram aqueles onde não se atingiu o ceco. As causas para tal estão listadas na tabela 06. A dificuldade técnica foi respon- sável por 24% dos exames incompletos, e por apenas 2,78% das colonoscopias realizadas. Portanto, o nível de excelência na realização de colonoscopias pelo ser- viço foi de 97,22%. Dados atuais da literatura mundial Tabela 11 - Análise de 504 colonoscopias quanto aos exames histopatológicos das 163 polipectomias realizadas.

8 Ler mais

Recanalização da artéria femoral superficial com stents Zilver: técnica padronizada e análise retrospectiva de 3 anos.

Recanalização da artéria femoral superficial com stents Zilver: técnica padronizada e análise retrospectiva de 3 anos.

Após uma angioplastia com balão, é fundamental a compreensão da ocorrência de quatro fatores: a forma- ção de trombos, hiperplasia intimal, remodelamento negativo e o efeito de recoil, ou de mola. Os stents são capazes de eliminar, devido à sua força radial, estes dois últimos 7,8 . A formação de trombos é tratada preventi- vamente com o uso de agentes antiagregantes plaquetá- rios e anticoagulantes. Já a hiperplasia intimal vem sendo tratada com sucesso, no território coronariano, através do emprego dos stents liberadores de droga, que, no território femoral, se encontram em fase de estudo multicêntrico internacional. A hiperplasia intimal con- siste basicamente na proliferação de células musculares lisas e deposição de matriz extracelular, em resposta à lesão provocada pela própria angioplastia e à presença do stent em si 9-12 .
Mostrar mais

8 Ler mais

Análise da neoformação óssea em transplantes de osso autólogo, osso bovino mineral...

Análise da neoformação óssea em transplantes de osso autólogo, osso bovino mineral...

a importância que seus professores tiveram durante o seu período de formação acadêmico-científica. Com mais de 30 anos de experiência como cirurgião plástico e centenas de contribuições no campo da cirurgia plástica, o autor fez nesse artigo uma reflexão sobre três características profissionais que são de extrema relevância e que representam os pilares para o avanço da medicina e da cirurgia plástica como especialidade: 1- Reconheça e honre as contribuições e os profissionais que o antecederam; 2- Comprometa-se com a especialidade e realize suas próprias contribuições para que haja o avanço da cirurgia plástica; e 3- Ensine e dê oportunidade aos profissionais mais novos, acreditando que eles também farão suas contribuições e poderão perpetuar os ensinamentos adquiridos, que, por sua vez, poderão servir como base para os próximos avanços e novas técnicas na especialidade.
Mostrar mais

132 Ler mais

Fraturas diafisárias do úmero : dois tratamentos cirúrgicos em comparação

Fraturas diafisárias do úmero : dois tratamentos cirúrgicos em comparação

Existem várias abordagens cirúrgicas. A abordagem antero-lateral é a preferida para fraturas proximais e do segmento médio, para fraturas do terço distal trata-se de uma abordagem mais complicada pois o nervo radial relaciona-se antero- lateralmente com a articulação do cotovelo. A abordagem posterior, embora não seja a primeira escolha de muitos cirurgiões, pela extensa disseção, pela necessidade de manusear o nervo radial ou a artéria braquial profunda e pelo facto da relação direta entre o dispositivo e o nervo radial (quando assenta na goteira radial), pode ser aplicada em fraturas que se estendem ao longo de toda a diáfise ou mesmo para as porções intra-articulares.
Mostrar mais

72 Ler mais

Estudo comparativo entre a fixação interna rígida com parafuso compressivo tipo neck screw e microplacas com microparafusos nas fraturas do complexo zigomático

Estudo comparativo entre a fixação interna rígida com parafuso compressivo tipo neck screw e microplacas com microparafusos nas fraturas do complexo zigomático

As fraturas tetrapoides do complexo zigomático necessitam de uma exatidão na correção, além de eficiente fixação interna para se obter um bom resultado final. Almejando aprimorar as vantagens e minimizar as desvantagens das técnicas de fixação interna rígida, foi desenvolvido o parafuso neck screw. A estabilidade necessária para a correta fixação vem de um sistema de compressão dinâmica aumentando o contato entre os cotos fraturados. O presente trabalho teve como objetivos avaliar: a fixação e a estabilidade das fraturas do complexo zigomático tipo B proporcionadas pelo parafuso neck screw, aplicado na região da sutura frontozigomática e comparando com uma técnica de microplacas e microparafusos, na região da sutura frontozigomática e no bordo da região orbitária inferior; o conforto ou desconforto pós-operatórios à palpação relatados pelo paciente e o tempo cirúrgico médio empregado. Para avaliar a eficiência do parafuso neck screw, trinta pacientes com fratura tetrapoide de zigoma tiveram realizadas tomografias computadorizadas em cortes axiais e coronais para evidenciação das fraturas e planejamento cirúrgico; os pacientes foram submetidos ao procedimento cirúrgico, com osteossíntese através do parafuso neck screw e a técnica de microplaca e microparafuso na região frontozigomática, com o tempo cirúrgico registrado; após vinte e quatro horas e trinta dias foram submetidos a novo exame tomográfico. Os resultados coletados e mensurados foram submetidos a teste estatístico de Mann Whitney entre as técnicas usadas e teste T para o tempo. O ponto principal desta pesquisa está na proposição de uma técnica para a redução e fixação das fraturas- disjunção do complexo zigomático minimamente invasivo em relação às outras técnicas comparadas na literatura. A técnica com o parafuso neck screw neste trabalho garante estabilidade da fixação pelo acompanhamento tomográfico. A análise da estatística sobre as mensurações se demonstrou altamente significativa. O acompanhamento clínico dos pacientes nos apresentou ausência de assimetria facial, enoftalmo, ou diplopia; o tempo operatório é significativamente reduzido e com a observação da diminuição do desconforto referido pelos pacientes diante da palpação na região frontozigomática, pois o parafuso neck screw tem um alojamento intraósseo.
Mostrar mais

84 Ler mais

Perfil epidemiológico e análise retrospectiva : dez anos do Centro de Referência em Aids de Santos - Craids

Perfil epidemiológico e análise retrospectiva : dez anos do Centro de Referência em Aids de Santos - Craids

91,3% eram heterossexuais, enquanto nos homens, esse valor caiu para 56%. Na amostra, cerca de 80% da população não usou preservativo até a admissão no serviço, independente do grau de escolaridade, opção sexual e número de parceiros. Nos pacientes que apresentaram múltiplos parceiros, a frequência de DST prévia foi 28,5%. Na análise, 65% dos pacientes realizaram o VDRL, índice não satisfatório dentro do protocolo de abordagem sindrômica do Programa Municipal de DST/AIDS de Santos. Atra- vés deste estudo transversal de dez anos do CRAIDS demonstramos que a cidade de Santos se encaixou no perfil epidemiológico brasileiro no que diz respeito à epidemia pelo HIV. Apontamos falhas em alguns setores do serviço do Centro de Referência, mos- trando necessidade de os profissionais de saúde se atualizarem por meio de estatísticas a fim de procu- rarem superar tais deficiências do sistema.
Mostrar mais

12 Ler mais

Estudo clínico-patológico das neoplasias de glândulas salivares: Uma análise retrospectiva dos últimos 13 anos

Estudo clínico-patológico das neoplasias de glândulas salivares: Uma análise retrospectiva dos últimos 13 anos

Os tumores de glândulas salivares constituem cercade 5% a 8% das neoplasias da região de cabeça e pescoço em adultos e em crianças, respectivamente. Os tumores benignos representam a maioria dessas lesões, porém algumas lesões malignas apresentam um comportamento agressivo, sendo então necessário o estudo dessas neoplasias. Neste trabalho avaliamos as características clínico-patológicasdos casos de neoplasias de glândulas salivares, do município de Campina Grande - Paraíba. Foi realizada a coleta de dados dos casos de neoplasias de glândulas salivares ocorridos no período de janeiro de 2002 a dezembro de 2014. Foram incluídos no estudo os pacientes com tumores primários de glândulas salivares, diagnosticados no Hospital Fundação Assistencial da Paraíba (FAP). Os dados foram obtidos com base no prontuário médico completo de cada paciente, analisando as seguintes características: sexo, idade, origem populacional, tipo de glândula e comportamento biológico. Foi organizada uma ficha elaborada para o estudo e, posteriormente feita à análise estatística descritiva e analítica. Dos31 casos avaliados, 93,8% (n=29) eram malignos e 6,3% (n=2) eram benignos. Houve uma ligeira predileção das neoplasias de glândulas salivares pelo sexo masculino; quanto ao tipo de glândula 71% (n=22) correspondiam a glândulas salivares menores; 61,3% (n=19) eram não brancos e a localização mais comum foi o palato com 35,5% (n=11). Não houve diferenças estatísticas quando comparado o sexo com o tipo de tumor (p=0,48)..Houve uma maior frequência dos tumores malignos, sendo o Carcinoma Mucoepidermoide o mais prevalente e as glândulas salivares menores mais atingidas.
Mostrar mais

22 Ler mais

Avaliação de seis anos de fraturas cervicais subaxiais.

Avaliação de seis anos de fraturas cervicais subaxiais.

O traumatismo raquimedular decorrente destas fraturas tem um alto custo econômico para sociedade. Embora seja difícil realizar esta medida quantitativamente, o maior gasto se deve a perda de vários anos de trabalho produtivo associado a maior sobrevida destes pacientes devido aos avanços na reabilitação oferecidas fazendo com que a estimativa de vida destes pacientes chegue próximo ao normal 12 . O gasto médico estimado em toda a vida do

3 Ler mais

Fraturas da clavícula distal: comparação de dois métodos de tratamento cirúrgico.

Fraturas da clavícula distal: comparação de dois métodos de tratamento cirúrgico.

As fraturas no grupo 2 foram fixadas com cerclagem cla- vicular, duas âncoras no processo coracoide e dois fios de Kirschner através da articulac¸ão AC. Acesso por incisão ver- tical anterior a partir do foco da fratura e extensão até a ponta do processo coracoide. Duas âncoras metálicas de 5 mm (Hexagon Ind. Com. Aparelhos Ortopédicos, Campinas, SP, Bra- sil) foram fixadas ao processo coracoide e os fios de sutura (não absorvíveis, tranc¸ados, estéreis, compostos de polieti- leno) foram passados através de dois furos feitos previamente no fragmento medial da clavícula e amarrados em posic¸ão anatômica; adicionalmente, dois fios de Kirschner foram pas- sados através da articulac¸ão AC para aumentar a estabilidade,
Mostrar mais

6 Ler mais

Infecção hospitalar num berçário de alto risco: análise de dois anos.

Infecção hospitalar num berçário de alto risco: análise de dois anos.

H á dois anos não observamos mais surtos de diarréia em nosso berçário. Isto ocorreu devido à introdução de medidas de precauções entéricas pre- cocemente para qualquer caso suspeito. Orienta-se isolar o caso inicial e todos os contatos, não permitindo novas admissões nesta enfermaria, colher coprocul- turas a cada 48 horas do caso suspeito e dos contatos; enfatiza-se a necessidade da lavagem das mãos após o cuidado com o paciente e desinfecção de material contaminado^.

5 Ler mais

Fratura de complexo zigomático – relato de caso

Fratura de complexo zigomático – relato de caso

Ao exame físico regional, foram identificados edema e hematoma periorbitário, equimose subconjuntival com presença de fraturas múltiplas de terço médio sendo composta por assoalho e parede lateral de órbita esquerdo, pilar zigomático esquerdo e afundamento em região de arco zigomático, hipoestesia em asa do nariz, lábio superior; todos esses sinais em lado esquerdo, sem presença de sinais de alterações oculares e limitação de abertura bucal.

7 Ler mais

Fraturas da extremidade proximal do úmero: estudo comparativo entre dois métodos de fixação.

Fraturas da extremidade proximal do úmero: estudo comparativo entre dois métodos de fixação.

Os critérios de inclusão foram: 1) fratura em duas partes (colo ci- rúrgico) ou fratura em três partes (colo cirúrgico e tubérculo maior); 2) baixa energia do traumatismo; 3) pacientes hígidos ou com co- morbidades compensadas; 4) pacientes que eram funcionalmente independentes antes do trauma. O mecanismo de trauma em todos os casos foi a queda ao solo. Nenhum paciente apresentava lesões associadas. Os casos foram operados com tempo médio de uma semana da data da fratura (variando entre cinco e nove dias). As cirurgias, em ambos os grupos, foram realizadas com técnica se- melhante, apenas variando quanto ao tipo de implante utilizado. O acesso cirúrgico feito por via deltopeitoral, com mínima agres- são tecidual. Dois sítios de sutura foram previamente colocados nos tendões supra-espinhal e subescapular, próximos a inserção óssea. Estes foram utilizados para auxiliar na redução e como adjuvantes à fixação do fragmento proximal à placa.
Mostrar mais

6 Ler mais

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL: UMA ANÁLISE RETROSPECTIVA

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL: UMA ANÁLISE RETROSPECTIVA

O presente artigo versa sobre os processos de Tomada de Contas Especial julgados pelo Tribunal de Contas da União entre o primeiro semestre do ano de 2000 e o primeiro semestre de 2012, os quais foram analisa- dos a partir do estudo dos pressupostos do controle na Administração Pública, bem como dos conceitos de prestação de contas, da teoria da agência, da accountability e da governança corporativa, além dos normativos que regem o instituto da Tomada de Contas Especial. A metodologia utilizada para o estudo do caso é do tipo quantitativo-descritivo e visa identificar as principais características dos processos de Tomada de Contas Especial instaurados no âmbito da Administração Pública Federal nos últimos anos. Os dados foram coletados por meio de pesquisas bibliográficas e documentais.
Mostrar mais

18 Ler mais

Análise epidemiológica das fraturas acetabulares.

Análise epidemiológica das fraturas acetabulares.

Diante dos dados apresentados foi possível concluir que a amostra corresponde somente à região de Campi- nas e entorno, por não se tratar de um estudo multi- cêntrico. As fraturas acetabulares ocorreram em maior proporção no sexo masculino, sendo o lado esquerdo o mais acometido. O mecanismo de lesão que mais oca- sionou esse tipo de fratura foram os acidentes automo- bilísticos, mostra que a fratura acetabular é bastante correlacionada ao trauma de alta energia.

4 Ler mais

Displasia fibrosa do osso temporal: relato de dois casos.

Displasia fibrosa do osso temporal: relato de dois casos.

Optado pela realização de uma mastoidectomia radical com meatoplastia ampla. Foi retirado pólipo de conduto auditivo externo e observado material de aspecto esbranquiçado, descamativo até o interior da orelha media, semelhante a colesteatoma. Mastóide preenchida por tecido de aspecto fibro-ósseo semelhante a osso esponjoso, ocupando também todo o aditus e antro; cavidade timpânica de volume reduzido; ausência de bigorna e martelo, e resquícios de estribo.

6 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados