Top PDF Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB): um estudo de caso no município de Teixeira de 2010/2011

Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB): um estudo de caso no município de Teixeira de 2010/2011

Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB): um estudo de caso no município de Teixeira de 2010/2011

The present article seeks to verify the application of FUNDEB's teaching resources destined to education in the town of Teixeira - PB, with basis on data provided by SIOPE in the biennium 2010/2011. This is a case study, that counted with a bibliographical research based on books, manuals, legislation, and other electronic documents, all previously consulted in order to give support to the approaches realized on the course of this academic work, that in a comparative analysis, carried out from SIOPE's data concerning to the application of FUNDEB's funds, showed the existence of some disparities in the application of the resources directed to teaching in the year of 2010, specially between the months of January and December, when the expenses with teaching were under 50% almost all over the year, if compared to the following year of 2011, in which the application of resources and the expenses with this category were, in all months, highly above than in the previous year. Although in both years the percentages are within the limits established by FUNDEB, the possibility of a lower outlay with teaching in the year of 2010 expresses that there was a smaller investment in this class valorization, what numbers reveal to have occurred in 2011. Despite this disparities, the results of this research shows that the investment made by the town of Teixeira-PB in teaching has been within the standards established by FUNDEB, what accredits the town next to MEC's control and fiscalization departments and other related institutions, as one of the towns of Paraíbathat reached thethresholdof 60% ofthe resources of theapplicationFUNDEB.
Mostrar mais

17 Ler mais

Efeitos do fundo de desenvolvimento da educação básica e valorização dos profissionais da educação - FUNDEB na educação infantil de Medianeira - Paraná

Efeitos do fundo de desenvolvimento da educação básica e valorização dos profissionais da educação - FUNDEB na educação infantil de Medianeira - Paraná

Esta pesquisa analisou efeitos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação na educação infantil do município de Medianeira, Estado do Paraná. A motivação para realizar a pesquisa esteve relacionada ao desejo de compreender a relação e a influência entre políticas públicas de financiamento da educação e os efeitos na educação. O estudo desenvolveu-se a partir de levantamento documental sobre os atos administrativos do município de Medianeira, relacionados à educação infantil, como lei orçamentária, plano plurianual, leis municipais de cargos e salários dos profissionais da educação infantil, bem como levantamento de dados quantitativos e financiamento da educação infantil após o Fundeb. O conjunto desses dados foi analisado com foco no contexto da prática, do ciclo de políticas. O percurso teórico- metodológico, contou com pesquisadores da área da educação e das ciências sociais A reconstituição histórica acerca da construção jurídico-brasileira dos direitos das crianças de zero a cinco anos, principalmente, após a Constituição Federal de 1998 e leis infraconstitucionais subsequentes, na formação e organização do campo da educação infantil como integrante da educação básica, foi fundamental para melhor compreensão das políticas educacionais no contexto da prática. Os efeitos revelados pela pesquisa demonstraram que houve: diminuição do déficit de vagas da educação infantil, mas com dificuldades de se atingir a meta do PNE 2014, de matricular 50% das crianças nas creches; aumento de gastos com a educação infantil, de forma mais intensa a partir de 2010, motivados por investimentos em construção de creches e aumento no quadro de profissionais; criação de cargo de educador infantil com atualização e equiparação dos vencimentos aos demais professores da rede municipal. Finalmente, foram observados aspectos relacionados: ao Conselho do Fundeb no município, que evidenciou a necessidade de atuação mais dinâmica no sentido de influir no planejamento das ações; e ao Plano Municipal de Educação, em fase de elaboração e que busca a participação mais efetiva da sociedade civil.
Mostrar mais

109 Ler mais

Os recursos do Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de valorização dos profissionais da educação (FUNDEB) aplicados na esfera municipal: um estudo no município de Santa Terezinha na Paraíba

Os recursos do Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de valorização dos profissionais da educação (FUNDEB) aplicados na esfera municipal: um estudo no município de Santa Terezinha na Paraíba

Na tabela 02, as receitas destinadas ao FUNDEB veem aumentando consideravelmente em virtude da crescente arrecadação de impostos subvinculados à educação. Ao analisar a evolução das receitas, tendo como base o ano 2009, notou-se que o seu montante em 2010 atingiu um aumento de 14,97% e que no ano seguinte saltou para 41,34%. Numa análise vertical, tendo como base o total das receitas, as transferências de recursos recebidos pelo município são as que possuem maior representatividade em comparação aos demais itens,destacando-se o ano 2010 com o percentual de 92,11%. Para o ano de 2011, houve uma queda, chegando aos 86,50%. Notou-se também que no período vigente de 2009 a 2011, ocorreu a complementação da União em virtude de não ter alcançado o valor mínimo por aluno anual. Já as receitas de aplicação financeiras com recursos do FUNDEB representam menos de 1%.
Mostrar mais

21 Ler mais

As receitas do sistema tributário para a manutenção e o desenvolvimento da educação básica: um estudo de recursos financeiros alocados para financiar o orçamento da educação básica no município de Passo Fundo-RS

As receitas do sistema tributário para a manutenção e o desenvolvimento da educação básica: um estudo de recursos financeiros alocados para financiar o orçamento da educação básica no município de Passo Fundo-RS

Krawczyk (2011) ressalta que a pesquisa na área de políticas educacionais, ao longo dos tempos, estabeleceu um diálogo relevante com outras disciplinas. Esse clima sociopolítico influencia fortemente a escolha dos temas de pesquisas em polí- tica educacional, que, nos dias de hoje, continuam ocupando um espaço importante na produção científica: a relação entre educação e sociedade; a gestão do sistema educacional e da escola, a participação, a autonomia escolar, o financiamento, en- tre outras matérias. Esse cenário influencia o debate e a produção acadêmica em torno da democratização da gestão escolar e seu confronto com as teorias da admi- nistração empresarial, contrapondo o discurso da democratização ao da eficácia. O diálogo da educação com as diferentes áreas disciplinares não se dá de forma simultânea, pois a preocupação dessas com a educação – e vice-versa – está rela- cionada aos problemas e aos desafios que a realidade apresenta.
Mostrar mais

34 Ler mais

INCLUSÃO NO ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM ESTUDO DE CASO

INCLUSÃO NO ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM ESTUDO DE CASO

Este estudo tem como problemática principal compreender como os professores do município de Santa Rosa (RS), que tra- balham nas salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) e nas salas do ensino regular, entendem e efetivam a inclusão no espaço escolar. Para o método emprega-se a pesquisa bibliográfica, complementada pela pesquisa de campo na modalidade qualitativa. A realização da coleta de dados aconteceu por meio de observações em salas de aula e salas do aten- dimento educacional especializado, em duas escolas municipais que possuem o atendimento, e entrevistas semiestruturadas, envolvendo professores da sala de aula do ensino regular, educadoras do atendimento educacional especializado e monitoras que auxiliam no processo de inclusão das crianças nessas escolas. A análise desse material foi embasada pelos pressupostos de Bardin (2011), com a Análise de Conteúdo. A vivência nesses espaços de compartilhamentos permitiu compreender que a inclusão é um processo que não pode ter práticas isoladas, e todos necessitam estar dispostos a irem na mesma direção ou em busca de um mesmo objetivo. Os profissionais necessitam ter clareza das ações ainda recorrentes nesse processo. Palavras-chave: Educação inclusiva. Atendimento educacional especializado. Ensino regular. Formação docente.
Mostrar mais

19 Ler mais

As TIC gestão da Educação Básica: um estudo de caso na percepção dos educadores

As TIC gestão da Educação Básica: um estudo de caso na percepção dos educadores

Entretanto, as rápidas transformações e alterações ocorridas nas instituições escolares provocaram uma integração das TIC às práticas pedagógicas e às necessidades de se realizar diversas atualizações aos gestores, professores e alunos. Para Oliveira (2007) com a presença das TIC no ambiente escolar, o professor pode criar espaços de aprendizagem com base na informatização do ensino e transmissão de informações. O professor, em conjunto aos demais membros da comunidade escolar, que procuram associar as TIC aos métodos ativos de aprender, estão buscando meios de ampliar e desenvolver a habilidade técnica ligada ao domínio da tecnologia. Neste caso, as ferramentas tecnológicas devem ser pensadas de modo a ser utilizadas na prática pedagógica de toda a comunidade escolar e ainda no desenvolvimento do currículo. Os benefícios trazem atrativos aos aluno que contribuem para seu aprendizado, como solicitar que assista um vídeo na web para montar animações e explicar os conteúdos na aula seguinte, como também fazer exercícios de múltipla escolha em um aplicativo e podendo corrigir de maneira automática, com a plataforma encaminhando direto ao seu Professor os resultados.
Mostrar mais

93 Ler mais

A escola de educação básica e a formação inicial em pedagogia: um estudo de caso

A escola de educação básica e a formação inicial em pedagogia: um estudo de caso

Fui até a escola me apresentar, levei a carta de apresentação dizendo que eu era da Pedagogia. Já conhecia a escola, mas como trocou a diretora, eu não a conhecia... Então me apresentei. Ela me orientou a ir a Secretaria de Educação pra abrir um protocolo pra que eu possa ter a liberação. Eu levei os documentos [...]. Depois, a secretaria me contatou dizendo [...] está liberado, tu podes fazer tua prática na escola. E, claro, conversei novamente com a diretora, depois dessa aprovação para ver disponibilidade de turma, conversei com a professora, expliquei para a professora o período que eu vou ficar, como é que vai ser... os assuntos obrigatórios a desenvolver... Então, na verdade é uma conversa com a professora, com a supervisora pedagógica que tem na escola e com a diretora.”(PFA) 33 .
Mostrar mais

86 Ler mais

Os fazeres de um grupo de Iniciação Científica na Educação Básica: um estudo de caso

Os fazeres de um grupo de Iniciação Científica na Educação Básica: um estudo de caso

Identifico que é um grupo realmente de estudo e que eles se dedicam muito a isso, pelo menos nas falas que a gente faz, quando eles falam no nome do GEIC, eles falam em pesquisar sobre, trazer informações sobre, inclusive chegaram já a falar para mim que eles estavam fazendo uma pesquisa sobre chimarrão, que precisaria quem tivesse rótulos, “Professora tu não tens...” aí eu falei “Até eu quero saber o resultado, porque eu também tomo”. Então assim, de modo que é um grupo bastante envolvido e que cada dia eu percebo que tem mais interesse (Professora P1).

22 Ler mais

Conteúdos negligênciados no ensino de ciências: um estudo de caso na educação básica

Conteúdos negligênciados no ensino de ciências: um estudo de caso na educação básica

A sociedade do século XXI exige dos sujeitos inseridos uma série de atributos que vão além do conhecimento científico. Nesse sentido, o ensino de ciências estando dentro de um contexto de educação escolar tem o objetivo de garantir, por meio dos conteúdos, a formação integral do sujeito por meio do trabalho com conceitos, procedimentos e atitudes. No entanto, será essa a realidade encontrada dentro das escolas? Há conteúdos importantes para serem trabalhados com os estudantes, mas que acabam sendo negligenciados pelo professor? Sendo assim a presente investigação buscou examinar se na prática pedagógica do ensino de ciências há conteúdos que os professores não costumam abordar em aula, identificando, também, possíveis causas para tal situação. A investigação, de caráter qualitativo, foi realizada em escolas públicas da região metropolitana de Porto Alegre – RS, enquadrando-se em um estudo de caso. Para atender ao objetivo da pesquisa, foram utilizados como instrumentos de coletas de dados: entrevista semiestruturada partindo de uma questão confrontativa e observação direta de aulas, proposta por Yin (2005) e Flick (2009). As entrevistas foram realizadas com dez professores de ciências buscando identificar os aspectos relacionados aos conteúdos negligenciados no ensino de ciências. Além disso, foram observadas as aulas de cinco professores, a fim de verificar na prática o trabalho com os conteúdos em aula. Os dados coletados foram analisados por meio da Análise Textual Discursiva descrita por Moraes e Galiazzi (2011). Da análise dos dados emergiram três categorias intituladas: I) a prática docente e os processos de ensino e de aprendizagem; II) conteúdos e os processos de ensino e de aprendizagem; e III) os conteúdos e seus impactos para a formação integral do sujeito. Cada categoria auxilia na compreensão e no debate em relação aos conteúdos negligenciados no ensino de ciências, bem como, aos motivos que levam o professor a negligenciar conteúdos, formas de evitar tal prática e aos impactos causados pelos conteúdos na formação integral dos estudantes. Sendo assim, a presente investigação pode auxiliar o professor acerca da importância de não negligenciar conteúdos necessários à formação escolar e à vida do estudante em sociedade.
Mostrar mais

158 Ler mais

Competências em língua portuguesa à saída da licenciatura: o caso da licenciatura em Educação Básica da ESELx (2010-11)

Competências em língua portuguesa à saída da licenciatura: o caso da licenciatura em Educação Básica da ESELx (2010-11)

Para o futuro, e caso se mantenha a realização de uma prova de língua portuguesa para o aceso aos mestrados profissionalizantes, propõe-se que sejam repensados dois aspetos essenciais. Em primeiro lugar, deve ser repensada a forma de avaliar o conhecimento linguístico dos candidatos, dado que, como já foi referido, o sucesso na realização de exercícios como os propostos no Grupo III não corresponde a um efetiva mobilização destes aspetos na produção de textos. Em segundo lugar, deve ser repensada a avaliação da compreensão leitora, de forma a diversificar o género de textos apresentados e identificar de forma unívoca a subcompetência em avaliação em cada questão.
Mostrar mais

14 Ler mais

Probabilidade de transição na educação básica por regiões do Brasil em 2010

Probabilidade de transição na educação básica por regiões do Brasil em 2010

Como as taxas de rendimento escolar referem-se apenas ao aproveitamento dos alunos no final do ano letivo, existem, por sua vez, as taxas de transição ou de fluxo escolar. Estas analisam a progressão dos alunos entre os anos letivos consecutivos e são compostas por: taxa de promoção, taxa de repetência, taxa de evasão e migração para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Estes três indicadores educacionais de fluxo escolar são verificados entre alunos de uma coorte, e podem ser usados também para uma análise comparativa entre períodos diferenciados. O cálculo dessas taxas é baseado nas informações sobre o rendimento e o movimento escolar dos alunos (INEP, 2017).
Mostrar mais

17 Ler mais

Desenvolvimento de um modelo para avaliar o nível de manutenção Lean de uma organização : caso de estudo

Desenvolvimento de um modelo para avaliar o nível de manutenção Lean de uma organização : caso de estudo

O aumento da concorrência trazido pela crescente globalização pressiona as organizações a evoluir para sobreviverem. Tal evolução traduz-se no constante ajuste ao mercado sempre a mudar, na melhoria de qualidade nos seus produtos/serviços sempre acompanhada pela redução de custos. A manutenção é central na obtenção destes objetivos pela óbvia redução de custos e aumento de fiabilidade que proporciona. De acordo com Cabral (2013), reconhece-se hoje que a manutenção não é “um mal necessário” da produção, mas antes uma das áreas mais importantes e atuantes da atividade industrial. O seu contributo para o bom desempenho produtivo, segurança, qualidade do produto, boas relações interpessoais, imagem da organização, rentabilidade económica do processo produtivo e para a preservação dos investimentos é de muito elevado peso. A exigência crescente imposta pelas normas de qualidade à manutenção também atesta este facto.
Mostrar mais

109 Ler mais

A municipalização da educação básica no Brasil: um estudo sobre o município de Xaxim (SC)

A municipalização da educação básica no Brasil: um estudo sobre o município de Xaxim (SC)

, com destaque para a Emenda Constitucional 14/1996 (FUNDEF); Lei 9.394/96 (LDB); Emenda Constitucional 53/2006 (FUNDEB); Emenda Constitucional 59/2009; Lei 13.005/2014 (PNE 2014-2024); Decreto Estadual 276/1991; Decreto Estadual 2.344/1997; Lei Estadual Complementar 487/2010 e Decretos Estaduais 502 e 671/2011. Com vistas a esse conjunto de políticas, o município de Xaxim implementou inúmeras ações de expansão da rede municipal de ensino. Em 2018, a rede municipal respondia por: 77% do total de matrículas do ensino fundamental, sendo 94% das matrículas dos anos iniciais e 55%, dos anos finais. Conforme os dados, a rede municipal abrange 97% de toda educação infantil, sendo 98% do atendimento em creches e 97% da pré- escola; em contrapartida, representava 0% do ensino médio, perfazendo um total de 72% do atendimento total da educação básica. Cabe destacar que a rede privada responde por apenas 3% do total de atendimentos da educação básica e a rede estadual por 25%.
Mostrar mais

185 Ler mais

Modelo 2010- 2011

Modelo 2010- 2011

Total . . . . . . . 10,0 B3.- Como en la posición pedida, es conveniente situar una pieza como ésta de modo que los planos que contienen las circunferencias sean frontales para así poderlas trazar como tales y simplificar la representación. Es también conveniente incluir en este caso una sección o ‘corte a un cuarto’, análogo al que se ofrece en diédrico. Calificación orientativa: Correcta definición de la pieza . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5

10 Ler mais

Gestão ambiental integrada ao desenvolvimento sustentável: um estudo de caso em Passo Fundo (RS).

Gestão ambiental integrada ao desenvolvimento sustentável: um estudo de caso em Passo Fundo (RS).

trumento de gestão desses espaços que integra aspectos até agora fragmen- tados nas práticas administrativas e incorpora efetivamente as dimensões social e ambiental ao processo, direcionando os municípios para o desenvol- vimento sustentável. O sistema utiliza ferramentas que viabilizam a partici- pação comunitária e a visão estratégica no processo decisório, adaptando modelos de desenvolvimento utilizados na esfera empresarial, como o balanced scorecard (BSC) e a metodologia de análise ecossistêmica, que é capaz de elaborar um balanço ponderado multinível de índices obtidos em ações de monitoramento da região observada. Uma importante discussão proposta no artigo é a definição de indicadores de sustentabilidade para cada um dos aspectos abordados, considerando a necessidade de parâme- tros que possam identificar o grau de sustentabilidade das cidades. O muni- cípio de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul (Brasil), serviu de piloto para a avaliação do instrumento proposto.
Mostrar mais

32 Ler mais

O Programa Mais Educação: um estudo de caso no município de Cuité - PB

O Programa Mais Educação: um estudo de caso no município de Cuité - PB

{...}quatro escolas-classe com capacidade para mil alunos cada, em dois turnos de quinhentos alunos, e uma escola-parque composta dos seguintes setores: (a) pavilhão de trabalho; (b) setor socializante; (c) pavilhão de educação física, jogos e recreação; (d) biblioteca; (e) setor administrativo e almoxarifado; (f) teatro de arena ao ar livre e (g) setor artístico. A escolaparque complementava de forma alternada o horário das escola- classe, e assim o aluno passava o dia inteiro no complexo, onde também se alimentava e tomava banho. O Centro abrigava crianças dos sete aos 15 anos, divididas por grupos a princípio organizados pela idade cronológica. Previa-se a construção de residências para 5% do total das crianças da escola, que fossem reconhecidamente abandonadas, e que ali viveriam.
Mostrar mais

40 Ler mais

EDUCAÇÃO PÚBLICA: ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE MANHUAÇU/MG

EDUCAÇÃO PÚBLICA: ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE MANHUAÇU/MG

Qualifica-se em educação básica obrigatória, àquela que atende entre crianças e adolescentes dos quatro aos dezessete anos, subdividida em pré-escola; ensino fundamental; ensino médio. A LDB (Lei de Diretrizes Base da Educação, 1996) no capítulo II, especifica, ainda, que a educação infantil deverá ser oferecida em creches, ou entidades equivalentes, às crianças de até três anos, a pré-escola para as idades de três a cinco anos, o ensino fundamental a partir dos seis anos de idade tendo duração de nove anos e o ensino médio com duração de três anos, com continuação ao engresso aos cursos superiores. Cabendo aos municípios “o investimento prioritário na educação infantil e no ensino fundamental. Para poderem atuar em outros níveis de ensino (como o ensino médio ou a educação superior), não podendo existir nenhuma criança fora da creche ou da pré- escola na cidade, por exemplo” (BRASIL, LDB, art. 11, inciso V).
Mostrar mais

7 Ler mais

Educação do campo: um estudo de caso no município de Ingá-PB

Educação do campo: um estudo de caso no município de Ingá-PB

O presente trabalho monográfico aborda o tema Educação do Campo, apresentando um breve histórico que ressalta a evolução da educação rural para a Educação do Campo e sua proposta pedagógica. Como principais referenciais teóricos temos Roseli Salete Caldart, Bernardo Mançano Fernandes, Mônica Castagna Molina, Ângela Monteiro Pires, Celi Zulke Taffarel e Cláudio de Lira Santos Junior. Utilizou-se esta base teórica de estudo para analisar a Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Honório Alves em suas práticas pedagógicas em relação à Educação do Campo. Com a pesquisa qualitativa os resultados mostram as práticas que favorecem articular os conteúdos com a realidade dos alunos; por outro lado, constata-se que a ausência de uma formação específica sobre Educação do Campo impede que a escola se desenvolva como tal, e que com a referida formação possibilita-se aos professores e gestores da escola a capacidade de coordenar a construção de um currículo que contemple diferentes dimensões formativas e que articule o trabalho pedagógico na dimensão do conhecimento com práticas de trabalho, cultura e luta social.
Mostrar mais

43 Ler mais

Quebrar o Teto de Vidro na Administração Pública Brasileira: o caso do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Quebrar o Teto de Vidro na Administração Pública Brasileira: o caso do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Eu acredito que as minhas duas formações na área de educação e na área das leis contribuíram muito para que eu fosse convidada para estar aqui hoje. Quanto às atitudes, acredito que, para estar num cargo de chefia, você tem sempre que passar equilíbrio e passar calma para sua equipe, e essas atitudes são trabalhadas nas [NOME DA INSTITUIÇÃO] e também na carreira de advocacia. Na carreira de advogado, é preciso saber digitar uma petição, se atentar ao Direito, ao que quer pedir ao juiz, tem que saber explicar objetivamente, inclusive oralmente. Tudo isso eu fazia (como advogada) e isso contribuiu muito. Porque são características e atitudes que eu utilizo na minha atuação de hoje. Além disso, eu trabalhei no processo de reestruturação de ensino da [NOME DA INSTITUIÇÃO], especificamente na Universidade [NOME DA UNIVERSIDADE], em que fizemos uma grande mudança, fizemos um estudo. Esse projeto me trouxe visibilidade porque não fiz sozinha, contei com uma equipe multidisciplinar. Isso me deu visibilidade porque impactou na Força Aérea inteira, no sistema de ensino, mais especificamente nos cursos de carreira. O sucesso desse projeto me deixou mais empoderada como profissional porque eu tive oportunidade de colocar muitas das minhas ideias em prática. Cada um da equipe dava as ideias e o final tivemos um projeto brilhante. E algo e contribuiu muito também foi a minha segunda graduação já que, além de me deixar mais forte e confiante, eu realizei um sonho e isso me deixou mais forte e empoderada, porque me veio muito reconhecimento pessoal, auto reconhecimento. Assim, ter realizado esse sonho me deixou mais forte. Além disso o meu mestrado em Ciência Política e Psicologia Social também me trouxe a sensação de ter subido um degrau, me senti mais forte profissionalmente e também contribuiu para o alcance desse cargo, pois foi quando conheci a pessoa que me convidou para a ocupação desse cargo
Mostrar mais

136 Ler mais

Manutenção industrial mecânica: estudo de caso sobre a gestão da manutenção

Manutenção industrial mecânica: estudo de caso sobre a gestão da manutenção

Este estudo de caso exploratório tem como objetivo a proposta de um modelo de gestão para o processo de manutenção industrial mecânica de uma indústria localizada no sudoeste do Paraná. Através da descrição do processo produtivo e equipamentos utilizados na empresa, são apresentados modelos de cadastro de equipamentos, ordens de serviço e plano de manutenção, criando uma memória organizacional das atividades de manutenção. Visando minimizar as manutenções corretivas nos equipamentos da empresa, que custam mais e prejudicam sua capacidade produtiva. Esta forma de gestão organiza e documenta as atividades do processo para que o acompanhamento das atividades seja feito através da análise de indicadores como disponibilidade e tempo médio entre falhas. Assim, com essa análise, podemos estabelecer valores meta para as atividades da empresa, onde o custo de manutenção não seja maior do que o custo para aumento da disponibilidade dos equipamentos.
Mostrar mais

61 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados