Top PDF Fungos contaminantes e produtores de aflatoxinas em castanha do Pará (Bertholletia excelsa HUMB. & BONPL 1808).

Fungos contaminantes e produtores de aflatoxinas em castanha do Pará (Bertholletia excelsa HUMB. & BONPL 1808).

Fungos contaminantes e produtores de aflatoxinas em castanha do Pará (Bertholletia excelsa HUMB. & BONPL 1808).

As amostras de castanha em granel eram compostas de 1 ,0 kg e 5  ouriços de cada ori  cem. Depois de trituradas sem processo de desengorduramento, de cada uma delas foi to  mado uma al[r]

11 Ler mais

Caracterização microbiológica de fungos em castanhas de cajú e castanhas do Pará comercializadas no mercado do Ver-o-Peso, Belém-PA, Brasil / Microbiological characterization of fungi in cashew cashews Pará and chestnuts marked in the Ver-o-Peso market, B

Caracterização microbiológica de fungos em castanhas de cajú e castanhas do Pará comercializadas no mercado do Ver-o-Peso, Belém-PA, Brasil / Microbiological characterization of fungi in cashew cashews Pará and chestnuts marked in the Ver-o-Peso market, Belém-PA, Brazil

A presença de fungos em alimentos naturais, vem se tornando constante em países importadores de grãos alimentícios, fato que demonstra um alerta no sentido da fiscalização adequada dos produtos adquiridos estabelecendo padrões que determinem limites mais específicos à tolerância do nível de contaminação. Em virtude da importância dos fungos durante o processo de deterioração da castanha, torna-se constante a busca por pesquisas que visem a identificação das espécies contaminantes e seu potencial patogênico (CATRILLÓN, et al. 1988)
Mostrar mais

10 Ler mais

Fungos associados à castanha-do-Brasil (Bertholletia excelsa Humb. & Bompl) e ao amendoim (Arachis hypogaea L.) comercializados em Fortaleza (Ceará)

Fungos associados à castanha-do-Brasil (Bertholletia excelsa Humb. & Bompl) e ao amendoim (Arachis hypogaea L.) comercializados em Fortaleza (Ceará)

Resumo - O isolamento e a identificação dos fungos associados a amostras de amêndoas de castanha-do-Brasil e de amendoim, com e sem casca, comercializados na cidade de Fortaleza (Ceará), foram conduzidos em laboratório. Espécies de Aspergillus, especialmente A. flavus, e de Penicillium foram as de ocorrência mais comum em ambos os produtos. Os fungos Curvularia lunata, Emericella nidulans, Fusarium verticilloides, Gongronella butleri, Graphium putredinis, Macrophomina phaseolina, Paecilomyces variotii, Saksenae vasiformis, Syncephalis sphaerica e Syncephalastrum racemosum são relatados, pela primeira vez, afetando amêndoas de castanha-do-Brasil no nosso país. Análises conduzidas com isolados de A. flavus obtidos de amêndoas de castanha-do-Brasil revelaram que cinco dos dez isolados obtidos a partir de amêndoas sem casca eram eficientes produtores das aflatoxinas B 1 e G 1 . Nenhum isolado do amendoim se mostrou aflatoxigênico. A provável presença de aflatoxinas nesses dois produtos no Brasil, e sua importância para a saúde dos consumidores são também discutidas.
Mostrar mais

6 Ler mais

Estudo de variabilidade genética de aspergillus flavus como base para o desenvolvimento de PCR multiplex para detecção de fungos produtores de aflatoxinas em castanha-do-brasil e bastanha de caju

Estudo de variabilidade genética de aspergillus flavus como base para o desenvolvimento de PCR multiplex para detecção de fungos produtores de aflatoxinas em castanha-do-brasil e bastanha de caju

espécies de Aspergillus e de outros fungos oportunistas. Existe uma vasta literatura relacionada a investigações do rDNA, usado na identificação de espécies de Aspergillus e outros fungos de interesse médico, mas nenhum trabalho foi encontrado investigando produtores e não produtores de aflatoxinas. Spreadbury et al. (1993) desenvolveram primers específicos originados da região ITS para diagnosticar lesões pulmonares causadas por A. fumigatus. Trabalho semelhante foi realizado por Zhao et al. (2001). Radford et al. (1998) também exploraram a variabilidade no rDNA região IGS para discriminar subespécies de A. fumigatus, para uso no monitoramento do patógeno em ambientes hospitalares. A análise das seqüências do rDNA região ITS dos isolados de A. flavus examinados neste estudo, mostrou identidade com seqüências de A. oryzae, confirmando a tão citada identidade entre as duas espécies (Egel et al., 1994; Geisen et al., 1998), também já esperávamos que nossos isolados apresentassem identidade com A. oryzae. É corrente a opinião que A. oryzae é um membro das espécies do grupo A. flavus dos quais também fazem parte A. parasiticus e A. sojae sendo que nesse grupo, A. flavus e A. parasiticus são produtores de aflatoxinas e A. oryzae e A. sojae como fungos produtores de koji (Chen et al., 2002).
Mostrar mais

149 Ler mais

Streptomyces associados a formigas da tribo Attini e seus efeitos sobre os fungos Escovopsis weberi e outros microrganismos

Streptomyces associados a formigas da tribo Attini e seus efeitos sobre os fungos Escovopsis weberi e outros microrganismos

Através da contagem do número de conídios que germinaram nas placas controle, foi possível verificar que o percentual de germinação é muito baixo, em torno de 3,5 %, ou seja, nas placas onde foram inoculados 5000 conídios, apenas 200 germinaram. Os fatores que estão relacionados com esta baixa viabilidade podem ser devido a tensão superficial entre os conídios, deixando-os agrupados, dificultando a contagem do número exato de conídios através da câmara de Neubauer. O meio de cultivo utilizado também pode ter influenciado na não germinação dos conídios in vitro, mas, como o percentual de germinação nas placas controle foi muito baixo para todas as linhagens de Escovopsis weberi, pode-se dizer que estes fungos apresentam baixa viabilidade.
Mostrar mais

69 Ler mais

BIORREMEDIAÇÃO, UMA ALTERNATIVA NA UTILIZAÇÃO EM ÁREAS DEGRADADAS PELA INDÚSTRIA PETROLÍFERA

BIORREMEDIAÇÃO, UMA ALTERNATIVA NA UTILIZAÇÃO EM ÁREAS DEGRADADAS PELA INDÚSTRIA PETROLÍFERA

Dentre as técnicas desenvolvidas, a técnica da biorremediação se utiliza de microrganismos (bactérias e fungos) para realizar a remoção de contaminantes tóxicos do meio ambiente, o q[r]

18 Ler mais

RAIF MARLICE SILVA DE LIMA POLÍTICA DE RESULTADO E BONIFICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM TRÊS ESCOLAS DA COORDENADORIA DISTRITAL 3 DO ESTADO DO AMAZONAS

RAIF MARLICE SILVA DE LIMA POLÍTICA DE RESULTADO E BONIFICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM TRÊS ESCOLAS DA COORDENADORIA DISTRITAL 3 DO ESTADO DO AMAZONAS

melhorar a qualidade do ensino” ( DOURADO, 2011, p. Cabe ao gestor escolar gerir estes conflitos e colocar a comunidade escolar a par da realidade da escola, demonstrando sua capacidade[r]

124 Ler mais

Isolamento e seleção de fungos filamentosos produtores de lipases.

Isolamento e seleção de fungos filamentosos produtores de lipases.

diversos tipos de óleos vegetais e triglicerídeos. A maior produção foi detectada em meio de cultura que continha trioleína, tendo sido produzida pouca ou nenhuma lipase em meios com ácidos graxos. Verificaram, também, que a adição de carboidrato (exceto frutose) ao meio basal já contendo o óleo de oliva aumentou a produção da lipase e que foi produzida pouca lipase na presença de triglicerídeos contendo ácidos graxos de cadeia curta como a tributirina e a tricaprilina. JACOBSEN et al. (1989a), em estudos realizados em fermentador de 1000 L de capacidade, empregaram meio de cultura cuja composição básica continha uréia como fonte nitrogenada, sais minerais e óleo de oliva (1%, p/v) sob a forma de emulsão previamente preparada com solução de goma acácia e pH inicial ajustado para 6,5. O crescimento máximo da cepa de G. candidum foi alcançado após 22 h de cultivo, mas a produção máxima de lipase aconteceu com 27 h. Foi verificado que o pH, após um decréscimo lento na etapa inicial da fermentação, subiu novamente chegando ao valor de 7,4 na fase estacionária. No caldo fermentado, livre da massa micelial, foi verificado que as quantidades de proteína e de lipase eram baixas nos estágios iniciais do crescimento e altas na fase estacionária, após 20 h de cultivo. JACOBSEN et al. (1989b), em outro estudo, demonstraram que este fungo produzia maior quantidade de lipase quando era crescido em meio que continha peptona (1%, p/v) em vez de uréia. Ao adicionarem óleo de oliva ou Tween 80 ao meio basal com peptona foi percebido aumento de produção da enzima ocorrendo aumento significativo com o Tween. Dados da literatura mostram que surfactantes, especialmente o Tween 80, quando adicionados ao meio de cultura para o crescimento de fungos filamentosos, aumenta o rendimento de produção de muitas enzimas extracelulares (FAITH et al., 1971; ASTHER & CORRIEU, 1987).
Mostrar mais

206 Ler mais

Isolamento e seleção de fungos produtores de β-galactosidase

Isolamento e seleção de fungos produtores de β-galactosidase

Os micro-organismos representam a maior diversidade biológica, química, molecular e fisiológica dos seres vivos, e o isolamento a partir de recursos naturais, como o solo, é de grande importância para a obtenção de novas linhagens. O objetivo deste trabalho foi isolar e selecionar linhagens de fungos com potencial para a produção de β-galactosidase, com atividade de transgalactosilação. Foram coletadas amostras de solos, feitas diluições seriadas e inoculadas, em ágar Sabouraud modificado com lactose. Os fungos foram repicados até a obtenção de colônias isoladas e os micro-organismos selecionados foram identificados por cultivo entre lâmina e lamínula. O processo fermentativo para a produção da enzima foi feito no estado sólido com lactose a 1% (p/v) em frascos de cultura e mantido a 26 ºC por 7 dias. A β-galactosidase produzida foi parcialmente purificada com etanol e determinados os efeitos do pH e da temperatura na atividade enzimática, por meio de planejamento fatorial de dois níveis. A atividade de transgalactosilação foi avaliada, variando o pH e a concentração da enzima e o perfil dos carboidratos obtidos foi analisado por cromatografia líquida de alta eficiência. O fungo que expressou a maior atividade de β-galactosidase foi identificado como Penicillium sp e apresentou para a atividade enzimática os valores ótimos de pH e temperatura de 4,5 e 60 ºC, respectivamente. A β-galactosidase produzida pelo fungo Penicillium sp apresentou atividade hidrolítica e de transgalactosilação, tendo potencial para ser explorada industrialmente na produção de prebióticos.
Mostrar mais

22 Ler mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: UMA AVALIAÇÃO EM PERSPECTIVA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: UMA AVALIAÇÃO EM PERSPECTIVA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

críticas e sugestões possam ser analisadas pelo “grupão”. No entendimento da pesquisadora, é necessária uma maior discussão para correção e alinhamento das sugestões dos profe[r]

92 Ler mais

FRANK DO CARMO GUEDES GESTÃO DO CONFLITO E CLIMA ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO EM UMA

FRANK DO CARMO GUEDES GESTÃO DO CONFLITO E CLIMA ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO EM UMA

ambiente e na repressão de atitudes conturbadas e turbulentas (normalmente classificadas pela escola de indisciplina). No entanto, as atitudes impositivas da escola [r]

142 Ler mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA M ARCELOF ERNANDOT ERENCE

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA M ARCELOF ERNANDOT ERENCE

Além de uma síntese do questionamento já realizado por vários autores sobre os dados quantitativos da reforma agrária, sobretudo nos governo FHC e Lula, nesse capítulo realiza-se também uma reflexão sobre a ausência de sintonia entre os modelos dos assentamentos e das políticas de incentivo criadas em relação à “herança camponesa” dos assentados do sul e sudeste do Pará. De um lado o corte geométrico, os lotes “regulares”, a rigidez dos limites impostos pela demarcação oficial. De outro as famílias de assentados cujos filhos crescer e passam a precisar de terra para trabalhar oi ainda a família que complementa sua dieta de proteínas com carne de “caça”, muitas vezes ausente no “seu” lote devido a forma como foi feita a divisão dos mesmos. O Estado, por meio de suas agências de fomento e assistência, incentiva a inserção nos mercados, o empreendedorismo, a especialização da produção camponesa quando muitas famílias estão preocupadas com sua autonomia e bem estar na “roça”, com a sua produção “para o gasto”. Claro que há os assentados que especializam a produção e chegam até a comprar mais lotes dentro do assentamento. Mas esse modelo não serve a todos. Essas questões irão ressurgir mais concretamente no capítulo 5, quando as entrevistas com os assentados mostrarão claramente a dificuldade de várias famílias em permanecer em seus lotes.
Mostrar mais

211 Ler mais

Modelagem do Comportamento Inelástico de Estruturas de Aço: Membros sob Flexão em Torno do Eixo de Menor Inércia

Modelagem do Comportamento Inelástico de Estruturas de Aço: Membros sob Flexão em Torno do Eixo de Menor Inércia

Duas formulações inelásticas de elementos finitos reticulados planos, que consideram também os efeitos de segunda ordem e tensões residuais e estão disponíveis no programa, são[r]

102 Ler mais

Classificação Macroscópica, identificação da microbiota fúngica e produção de aflatoxinas em híbridos de milho.

Classificação Macroscópica, identificação da microbiota fúngica e produção de aflatoxinas em híbridos de milho.

Apesar de encontrar alta incidência de fungos no milho recém-colhido (tabela 2) e umidade média de 18%, não foram detectadas micotoxinas. Isso pode ser atribuído ao curto espaço de tempo para a formação das mesmas, ou número reduzido de linhagens fúngicas com potencial toxigênico. Não foi constatada diferença significativa com relação à incidência de fungos nos diferentes híbridos. Porém, a contaminação por Fusarium sp. nos híbridos de milho recém-colhidos foi significativamente superi-

5 Ler mais

Determinação e fracionamento de bário em castanha-do- Pará

Determinação e fracionamento de bário em castanha-do- Pará

Informações sobre a associação de elementos essenciais e tóxicos com os diferentes compostos presentes em um determinado alimento são importantes para monitorar os benefícios ou riscos de sua ingestão. Um trabalho preliminar avaliou os perfis cromatográficos de magnésio, ferro, cobalto, molibdênio, prata, mercúrio e chumbo associados com frações de diferentes massas moleculares presentes na castanha-do-Pará utilizando-se diferentes procedimentos de extração em meios básico, ácido e água. Os perfis para os elementos foram diferentes em cada caso considerado, ou seja, compostos de baixa e alta massa molecular (LMW e HMW), conforme o meio empregado para a extração. Os elementos Co, Ag e Hg apresentaram similaridade nos perfis cromatográficos e foram extraídos mais eficientemente com NaOH indicando maior associação aos compostos de HMW. O chumbo demonstrou percentuais semelhantes na extração tanto em meio ácido quanto em meio básico, porém apresentou picos cromatográficos mais pronunciados na região de alta massa molecular. Os metais Mg e Fe estavam presentes em maiores teores, porém não foram extraídos com bom percentual para os diferentes meios. Assim, ficou evidente a associação dos elementos aos compostos de HMW 1 .
Mostrar mais

115 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA ROGÉRIO DA CUNHA BRITO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA ROGÉRIO DA CUNHA BRITO

This study deals with ethyl esters obtainment by using three neutralization soapstock generated from the refining process of Buriti oil, Passion fruit and Brazilian nut (Pará nut). At first, acidification of blots was performed to obtain fatty acids concentration, in order to do so it was used a reagent sulfuric acid leaving to react for 50 min at a temperature of around 85 ° C. Moreover, there was formation of three phases: oil component, fat emulsion and phase acidic water, the supernatant phase (oil component) of interest in the possible presence of fatty acids. Characterization by gas chromatography lees of three samples was performed to quantify the fatty acids present therein, the molar masses were determined and also the acid value. The oil components resulting from the acidification reaction were characterized by a saponification number, acid number and the conversion ratios which have the following values: for burity 96.5%, 94.2% for passion fruit and 90.4% and for Brazilian nut. The acidification of the product (oil component) of burity, passion fruit and Brazilian nut were subjected to esterification reaction, in which ethanol was used as a reactant molar ratio 1:30 (oil: ethanol) and 5% catalyst (in relation to the mass of the oil component). The reaction occurred for 60 minutes at a temperature of about 90 ° C. The same parameters were applied for the three reactions. The characterization of ethyl esters was determined by some quality parameters required by ANP, as acidity index, bulk density, kinematic viscosity at 40 ° C and also the content of ethyl esters present in the sample. The rates of conversion of oil components to ethyl esters showed the following percentage: 93.42% (buriti), 91.71% (passion fruit) and 89.38% (Brazilian nut). Despite the higher conversion into ethyl esters have been observed for the Buriti, samples of passion fruit and Brazilian nutt, also had satisfactory results, as those values revealed that the samples have high potential for reuse serving as raw material for production biodiesel.
Mostrar mais

48 Ler mais

Cinética de fermentação e parâmetros ruminais de animais alimentados com dietas contendo níveis de inclusão de torta da amêndoa de castanha-do-pará

Cinética de fermentação e parâmetros ruminais de animais alimentados com dietas contendo níveis de inclusão de torta da amêndoa de castanha-do-pará

A interação tempo vs tratamento da relação dos ácidos acético:propiônico (P<0,014) (Tabela 7), demonstrou efeito quadrático nos T0 e T30, e diminuição desta relação com a inclusão da torta. Duas e quatro horas, após a alimentação, ocorreram os menores valores para ambos os tratamentos. O teor de extrato etéreo, mais elevado no T30, possivelmente, explica a relação molar dos ácidos acético:propiônico, que decresceram com a inclusão da TAC à dieta. A relação acetato:propionato não foi alterada pela adição de castanha de caju à dieta (PIMENTEL et al., 2012), enquanto Vargas et al., (2002) observaram decréscimo na relação acetato:propionato de 3,09 2,93, sugerindo que o fornecimento de lipídeos insaturados (grão de soja moído e óleo de soja) inibiu as bactérias ruminais Gram-positivas e estimularam as produtoras de propionato.
Mostrar mais

38 Ler mais

Flora encontrada nos soutos e a sua utilidade

Flora encontrada nos soutos e a sua utilidade

A presença dos soutos em Portugal continental é mais significativa na região a norte do rio Tejo, preferencial- mente em zonas com altitudes acima dos 500 m e com baixas temperaturas no Inverno. Na Madeira, esta cul- tura distribui-se, maioritariamente, em zonas monta- nhosas e húmidas ao longo da costa sul, em terrenos muito acidentados e com solos ácidos, onde a plantação de outras culturas se torna pouco praticável. Os dados apresentados neste capítulo resultaram da inventariação das plantas vasculares e da vegetação encontradas nas 3 zonas de maior produção de castanha na Madeira: Cur- ral das Freiras, Jardim da Serra e Serra de Água. As três regiões sofrem uma forte pressão humana, não se encontrando comunidades vegetais indígenas em bom estado de conservação. O Curral das Freiras apresen- ta uma baixa fitodiversidade, enquanto o Jardim da Serra constitui a região com maior biodiversidade.
Mostrar mais

15 Ler mais

PROJETO EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL: ANÁLISE DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DO PROGRAMA EM DUAS ESCOLAS DO NORTE DE MINAS GERAIS – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

PROJETO EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL: ANÁLISE DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DO PROGRAMA EM DUAS ESCOLAS DO NORTE DE MINAS GERAIS – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Os objetivos do Programa Mais Educação desenham um modelo de educação integral articulada com políticas locais e em parceria com a família, comunidade, com a soc[r]

152 Ler mais

PROPEC-Programa de Pós Graduação em Engenharia Cívil :: Métodos de avaliação da resistência e transmitância térmicas do sistema de fechamento em Light Steel Framing

PROPEC-Programa de Pós Graduação em Engenharia Cívil :: Métodos de avaliação da resistência e transmitância térmicas do sistema de fechamento em Light Steel Framing

Na Figura B.1 apresenta-se a estratificação da temperatura para o fechamento que apresenta isolante e camada de ar como camadas intermediárias e o perfil em aço em form[r]

110 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados