Top PDF A geografia escolar a partir do olhar de um estagiário: relato de experiência em Aroeiras-PB

A geografia escolar a partir do olhar de um estagiário: relato de experiência em Aroeiras-PB

A geografia escolar a partir do olhar de um estagiário: relato de experiência em Aroeiras-PB

Seguindo esta linha de raciocínio, o presente trabalho se configurou sob uma abordagem descritivo-reflexiva de uma experiência de estágio, na qual inicialmente foi trazida uma análise teórica e reflexões acerca da premência do Estágio Supervisionado para o docente em formação, em paralelo com uma ruminação referente à Geografia escolar, sua importância e seus percalços no contexto do ensino público. Ainda no âmbito da Geografia escolar, refletimos também sobre o papel desta na concretização do Estágio Supervisionado e consequente experiência docente do estagiário. Nesse sentido, incluímos a descrição do ambiente escolar da instituição escolhida; das relações sociais ali averiguadas; e dos temas e conceitos inseridos no cronograma durante a observação. Por fim, um relato de experiência que consistiu no princípio de uma construção da visão docente através do olhar do estagiário. 2 ESTÁGIO SUPERVISIONADO E A GEOGRAFIA ESCOLAR
Mostrar mais

21 Ler mais

Aula de geografia: um olhar a partir do estágio supervisionado do curso de Geografia – IFPE

Aula de geografia: um olhar a partir do estágio supervisionado do curso de Geografia – IFPE

Como já posto na primeira seção, este trabalho se constitui em um relato de experiência construído sob requisito da disciplina de Estágio Supervisionado I, do Curso de Geografia do IFPE. Sendo assim, o campo empírico escolhido para realizar as mediações foi a Escola Municipal de Ensino Fundamental Oton Gaspar de Farias (EMEFOGF) 4 . Acreditamos que a localização é privilegiada, pois alguns problemas no entorno da escola são recentes (como, por exemplo, a violência e as drogas), apesar de que têm se agravado muito. A sala em que se deu a regência foi a do 6º ano “D”, a turma foi selecionada em virtude de apresentar estudantes com a faixa etária menor (no horário vespertino) e de ter sido a sala mais aberta à presença de um “invasor”: o estagiário.
Mostrar mais

8 Ler mais

A pedagogia de projetos e sua contribuição metodológica para o ensino de geografia: um relato de experiência na escola Estadual professor Itan Pereira,PB

A pedagogia de projetos e sua contribuição metodológica para o ensino de geografia: um relato de experiência na escola Estadual professor Itan Pereira,PB

La pedagogía de proyectos viene ganando adeptos en la educación brasileña y surge en contrapartida a los modos tradicionales que aún persisten en la enseñanza pública del país, sus procesos y métodos se destacan por la pretensión de resignificar la enseñanza-aprendizaje en las escuelas, sea como alternativa para los obstáculos del aprendizaje, enseñanza-aprendizaje de los alumnos, así como restablecer una interacción de toda la comunidad escolar en la construcción del conocimiento. Se pretendió desarrollar un proyecto pedagógico utilizando de actividades contextualizadas e interdisciplinares con los alumnos del 9º C y D de una escuela pública, ejercitando la ciudadanía y la politización de los involucrados a partir de contenidos y conceptos geográficos (Paisaje y Lugar), mediando discusiones y reflexiones sobre problemas sociopolíticos y socioeconómicos del lugar donde están insertados, así como las potencialidades y avances, contribuyendo así a la construcción crítico-reflexiva de los involucrados. Este constructo de carácter cualitativo se basó en un trabajo realizado en la E.E.E.F.M. Prof. Itan Pereira en el primer semestre de 2017, a partir de la aplicación de mapas mentales y cuestionarios para diagnóstico de la escuela y de los estudiantes, en el municipio de Campina Grande, en el estado de Paraíba, con acciones que involucraron dos grupos 9º "C" y "D" en el primer semestre de 2017, a partir de la aplicación de mapas mentales y cuestionarios para diagnóstico de la escuela y de los estudiantes. El estudio tuvo su estructuración basada en el trípode: investigación, planificación y acción; método conocido como investigación-acción, sistematizado en torno a la metodología Pedagogía de Proyectos (PDP). Pedagogicamente hablando, el uso de los recursos didácticos propuestos para la ejecución de la PDP: mapas mentales, investigaciones en bases de datos, estudio del medio, uso de recursos audiovisuales; todos en consonancia con el principio del estudiante con agente de cuestionamientos y opiniones; mostraron cómo un proyecto bien planificado y ejecutado respetando la participación de todos en el proceso de enseñanza-aprendizaje hacen que el propósito de educar sea alcanzado y que el educando se sienta como agente principal de ese proceso. Trabajar con el método de la pedagogía de proyectos en la enseñanza de Geografía ofreció una mayor aproximación con el tema y las problemáticas abordadas, por consiguiente una mejor asimilación y entendimiento del contenido por parte de los educandos. Por lo tanto, afirmando su eficiencia pedagógica, siendo de fundamental importancia para el profesor de Geografía, buscar aplicar herramientas metodológicas significativas, que posibilite a los educandos acercarse con los contenidos.
Mostrar mais

74 Ler mais

Contribuições do estágio supervisionado em geografia na perspectiva da inclusão digital: relato de experiência a partir do uso de tablets

Contribuições do estágio supervisionado em geografia na perspectiva da inclusão digital: relato de experiência a partir do uso de tablets

O presente artigo tem como objetivo, promover um debate sobre as ações desenvolvidas na perspectiva da inclusão digital no ensino de Geografia, possibilitando relacionar as práticas exercidas no cotidiano escolar às contribuições do Estágio para a formação do futuro professor de Geografia, por meio do relato das atividades desenvolvidas durante o Estágio Supervisionado em Geografia IV, realizado na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Félix Araújo, localizado no município de Caturité-PB, o mesmo, foi desenvolvido na turma de 2° ano “B” do ensino médio, onde o principal recurso didático para o desenvolvimento das aulas foi o tablete. O método utilizado foi o fenomenológico, analisando a forma como os alunos se relacionam culturalmente, socialmente e sobretudo, como eles vivenciam o “espaço virtual” de forma particular, buscando compreender as diferentes formas de apropriação deste espaço vivido. Os resultados alcançados se mostraram satisfatórios, visto que o recurso utilizado foi eficaz no trabalho com os conteúdos da série, bem como, contribuiu no processo de ensino e aprendizagem, tornando-o dinâmico, compreensível e eficiente, uma vez que o tablete é um instrumento rico em informações para ampliação do conhecimento. Neste sentido, avalia-se que o desenvolvimento do Estágio constitui um diferencial na vida dos futuros profissionais, haja vista ter significados e interpretações que vão além da teoria, contribuindo com a melhoria da qualidade do ensino nas escolas, além de reconfigurar as práticas educacionais e comunicativas, de acordo com o novo cenário sociotécnico atual.
Mostrar mais

36 Ler mais

A importância do estágio supervisionado para a formação do professor de geografia: um relato de experiência na E. E. E. F. M. Senador Argemiro de Figueiredo, Campina Grande - PB

A importância do estágio supervisionado para a formação do professor de geografia: um relato de experiência na E. E. E. F. M. Senador Argemiro de Figueiredo, Campina Grande - PB

A metodologia utilizada foi pesquisa de campo, a partir da vivência realizada na atividade, sendo utilizados recursos como registros fotográficos e a produção de materiais didáticos que possibilitaram a reflexão sobre a profissão docente, bem como, a observação sobre a turma, o professor e o ambiente escolar. A observação enquanto pesquisa empírica possibilitou a construção de um olhar crítico sobre a profissão docente e sua formação, foi o lugar de observação do contraste entre a teoria ensinada nos componentes curriculares da universidade e a prática do cotidiano no ensino básico. Essas reflexões foram, no entanto, tecidas sobre as bases conceituais de uma pesquisa bibliográfica que utilizou-se de autores como Kimura (2008), Pimenta (2012) e Pontuschka, Paganelli, Cacete (2009), dentre outros que analisam a relação salutar entre o estágio e a formação dos futuros professores e docência em Geografia.
Mostrar mais

27 Ler mais

Principais lesões surgidas através da prática do futsal na cidade de Aroeiras – PB

Principais lesões surgidas através da prática do futsal na cidade de Aroeiras – PB

O presente estudo enfoca as principais lesões nos praticantes do futsal amador, da cidade de Aroeiras - PB. No qual ganha enfoque o futsal, que é uma atividade esportiva muito praticada, além de ser um esporte que deriva do futebol. No contexto da prática desse desporto, existem alguns índices de lesões associados a essa atividade, os quais merecem destaque, sendo69 a 88% das ocorrências principalmente nos membros inferiores (COHEN et al, 1997; SIZÍNIO,2003; BULHÕES et al, 2007).

25 Ler mais

A problemática ambiental dos impactos ambientais causados pelo lixão de Aroeiras - PB

A problemática ambiental dos impactos ambientais causados pelo lixão de Aroeiras - PB

A partir do século XVIII e XIX, com a Revolução Industrial, houve um acréscimo considerável na geração de resíduos no planeta, devido aos surgimentos das indústrias onde promoveu o desenvolvimento dos países, mas teve o seu lado negativo que foi o aumento da poluição decorrentes da produção de lixo. Os resíduos industriais são classificados em três tipos I, II e III. O primeiro é altamente prejudicial ao meio ambiente e devem ser colocado em um local isolado; o segundo refere-se aos não inertes, e a maioria dele é reciclável, mas alguns deles oferecem perigo e precisa de cuidados, já o terceiro, os inertes são aquele que não oferece perigo a natureza (RODRIGUES, 1998).
Mostrar mais

26 Ler mais

Resistência e fé: práticas de benzeção na zona rural de Aroeiras - PB

Resistência e fé: práticas de benzeção na zona rural de Aroeiras - PB

Sua reprodução total ou parcial é permitida exclusivamente para fins acadêmicos e científicos, desde que na reprodução figure a identificação do autor, título, instituição e ano da disse[r]

47 Ler mais

Análise do impacto do programa Bolsa Família na cidade de Aroeiras - PB

Análise do impacto do programa Bolsa Família na cidade de Aroeiras - PB

O Programa Bolsa Família consiste em uma transferência de renda para famílias que se encontram na linha de pobreza ou extrema pobreza, em contrapartida os beneficiários deste programa terão de cumprir condicionalidades para terem o acesso ao benefício. Este artigo teve como objetivo analisar o impacto que o Programa Bolsa Família exerce sobre as beneficiários residentes em AroeirasPB. Para tanto foi desenvolvida uma pesquisa de caráter descritivo e exploratório. O instrumento de coleta de dados utilizado foi um questionário estruturado de acordo com o estudo desenvolvido por Saibel (2010), contendo 31 questões objetivas, o mesmo foi aplicado junto a uma amostra de 196 beneficiários o que corresponde a 3,56% do universo da pesquisa. As variáveis analisadas foram: perfil do respondente, educação, saúde e percepção sobre a efetividade do programa. Com os dados obtidos na pesquisa, constatou-se alterações nas condições de vida dos beneficiários quanto a aspectos como saúde, educação, moradia, entre outros. Porém, apesar dos avanços obtidos por este programa, destacam-se os limites de sua efetividade no que se refere a porta se saída do programa.
Mostrar mais

25 Ler mais

Carta de serviços públicos na cidade de Aroeiras-PB: possibilidades de implantação

Carta de serviços públicos na cidade de Aroeiras-PB: possibilidades de implantação

A presente pesquisa trata sobre a possibilidade de implantação da Carta de Serviços Públicos, editada pelo Governo Federal, dentro do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização – GESPÚBLICA, na cidade de Aroeiras-PB. A temática visa incentivar a promoção de compromissos administrativos, visando a Desburocratização dos serviços prestados. Para haver mais eficiência no serviço público, torna-se necessário adequar às normas de atendimento aos padrões pré- estabelecidos na Carta de Serviços Públicos. No primeiro momento, buscaram-se informações que apontassem para a relevância de conhecer a eficiência na administração e no serviço público, procurando a realização de um trabalho eficaz. A temática se motivou devido a uma insistente necessidade em apresentar estratégias para um possível melhoramento sobre as ações administrativas que envolvem a burocracia no serviço público prestado. Para coletar os dados necessários, realizaram-se estudos sobre o método Documental e Bibliográfico, porque se fez necessário o uso de documentos já existentes e da literatura disponível, deste modo, a pesquisa dará um maior embasamento descrito pelos teóricos que tratam do assunto abordado. O objetivo geral da pesquisa é analisar a viabilidade de aplicação da Carta de Serviços Públicos do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização – GESPÚBLICA, no município de Aroeiras, PB. A análise temática mostrou que através do processo de elaboração, efetivação, execução e realização da Carta de Serviços Públicos, torna-se necessária a elaboração de um plano de ação com diretrizes apontando para melhores resultados. A Carta de Serviços Públicos, GESPÚBLICA, no processo de implantação, tende a gerar dentro de suas competências constitucionais da organização, mecanismo que contemple melhor comunicação com o usuário/cidadão, através de procedimentos geradores de solução imediata ao cidadão Aroeirense. Concluiu-se que, mesmo com a questão da falta de recurso disponível no município de Aroeiras, bem como, a falta de conhecimento teórico dos servidores municipais sobre a proposta da Carta de Serviços Públicos, GESPÚBLICA, os elementos da pesquisa evidenciaram a existência de aspectos relevantes, capazes de proporcionar melhorias através da desburocratização na administração pública, contemplados na formulação e execução da Carta de Serviços Públicos para a cidade de Aroeiras.
Mostrar mais

86 Ler mais

Dinâmica da paisagem do centro urbano de Aroeiras - PB: uma análise socioespacial

Dinâmica da paisagem do centro urbano de Aroeiras - PB: uma análise socioespacial

O presente estudo é baseado nos conhecimentos teóricos, científicos e empíricos, além de levantamento in loco. Este estudo tem como objetivo analisar o centro e a dinâmica espacial da cidade de Aroeiras-PB. Sendo necessária para melhor entender sua dinâmica, a observação das relações socioespaciais da área central, mediante a verificação de sua organização espacial e o desenvolvimento do comércio e serviços. Foi executado um Levantamento in loco, através de entrevista com moradores da área, podendo analisar e identificar como se deu o crescimento, à organização sócioespacial e urbana do centro da cidade. O método utilizado foi o materialismo histórico e dialético, este mostra o espaço como algo dinâmico. Trata-se de uma pesquisa exploratória qualitativa, pois foi analisado toda a dinamicidade da paisagem, mostrado por meio dos aspectos sociais, econômico, político e cultural, ou seja, as vivências do ser humano sobre a paisagem. A pesquisa foi realizada entre os anos de 2012 a 2014. Portanto, percebeu-se que no centro de Aroeiras-PB, sua organização espacial está baseada praticamente na dinâmica de comércio e serviços, que tem crescido consideravelmente em vista de ser uma cidade pequena, logo tem atraído a população local, não precisando deslocar-se com frequência para cidades médias em busca do comércio e de serviços.
Mostrar mais

31 Ler mais

Olhar atento ao estagiário do ensino no curso de Letras

Olhar atento ao estagiário do ensino no curso de Letras

Os estudos sobre a Formação de Professores vem há algum tempo,ganhando centralidade e atenção no âmbito da didática, da organização escolar e na formação de políticas públicas no campo da educação.Debates envolvendo essa temática são considerados relevantes para a concretização de mudanças qualitativas que devem ser efetivadas no âmbito educacional. Neste sentido, visando contribuir com esta discussão, direcionamos nosso estudo sobre a formação inicial do professor, tendo como referência o Estágio Supervisionado do Curso de Licenciatura em Letras UEPB/CAMPUS IV. Objetivamos relatar a experiência vivenciada como aluna do referido curso no Estágio Supervisionado III, estágio de observação da prática docente, VI período. Utilizamos a abordagem qualitativa e fundamentamo-nos em autores como: Arroyo (2000), Arnoni (2001), Freire (1996), García (1999), Perrenoud (1999), Tardif (2002), entre outros autores, que são referências nesta discussão. As conclusões a que chegamos mostram que o estágio supervisionado constitui-se como um momento importante de aprendizagem, exercitou nosso olhar atento e analítico sobre a escola, o currículo, as propostas didáticas da escola e atuação didático-pedagógico do professor. Constatamos em um contexto real de atuação profissional as possibilidades e limites da prática docente, os desafios que enfrentaremos como futuros profissionais da educação, requerendo, neste sentido, investimentos na tão necessários formação continuada, visto que cumprimos apenas uma etapa do nosso aprendizado profissional.
Mostrar mais

31 Ler mais

Educação ambiental a partir da horta escolar: uma experiência na Escola Pedro Henrique da Silva, Cuité/PB

Educação ambiental a partir da horta escolar: uma experiência na Escola Pedro Henrique da Silva, Cuité/PB

A educação para o desenvolvimento sustentável exige assim novas orientações e conteúdos; novas práticas pedagógicas onde plasmem as relações de produção de conhecimento e os processos de circulação, transmissão e disseminação do saber ambiental. Isto coloca a necessidade de incorporar os valores ambientais e novos paradigmas do conhecimento na formação dos novos atores da educação ambiental e do desenvolvimento sustentável (LEFF, 2001). A partir do momento que o indivíduo adquire o conhecimento ambiental é importante que ele torne esse conhecimento presente nas suas ações cotidianas, para que assim possa ser um agente modificador ativo em busca de uma maior consciência ambiental.
Mostrar mais

36 Ler mais

PIBID COMO FORMAÇÃO INICIAL À DOCÊNCIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA NA GEOGRAFIA

PIBID COMO FORMAÇÃO INICIAL À DOCÊNCIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA NA GEOGRAFIA

Portanto, o Pibid tem se revelado um instrumento de grande importância na formação profissional dos futuros professores, contribuindo para que este profissional possa assumir com mais segurança uma sala de aula, frente aos diversos desafios que permeiam o campo da docência. Porém, não extingue as deficiências que são encontradas nas escolas públicas, no entanto, ela auxilia como instrumento interventor e mitigador das dificuldades presentes no ambiente escolar.

9 Ler mais

Montanhismo: um relato de experiência da interdisciplinaridade entre educação física e geografia

Montanhismo: um relato de experiência da interdisciplinaridade entre educação física e geografia

Recebemos o reforço de mais três docentes da instituição, sendo selecionados três alunos de graduação (Curso de Bacha- relado em Turismo) e cinco do Ensino Médio (Curso Técnico em Telecomunicações integrado ao Ensino Médio), além de um ex-aluno e um convidado (Figura 2). Foram estabelecidos critérios rigorosos, uma vez que alguns alunos não tinham atingido a maioridade legal, o que gerou necessidade de do- cumentação e autorização dos responsáveis autenticada em cartório, mais o termo de conhecimento de risco e normas exi- gido pela unidade de conservação. Também foi realizada uma reunião prévia para orientar pais e alunos selecionados, infor- mando-os sobre os cuidados e riscos que envolvem esta ativi- dade de aventura, como por exemplo: alimentação, condições climáticas, vestimentas necessárias, equipamentos e cansaço. A partir de toda essa contextualização e preparação, a prática do montanhismo pôde ser desenvolvida de fato.
Mostrar mais

7 Ler mais

Relato especial da experiência no curso de graduação em Geografia - UAB/UEPB

Relato especial da experiência no curso de graduação em Geografia - UAB/UEPB

Foi muito gratificante e proveitoso este momento em que estive na sala de aula, ora como aluno, ora sentindo-me professora e ainda na posição de mãe, onde se pode analisar como é importante o trabalho do professor e os diferentes métodos de levar conhecimentos aos alunos. Tive uma boa visão de como se planeja uma aula e ainda como se coloca o plano em ação dentro do cronograma programado. Foi proveitoso também o momento da observação, porque obtive informações detalhadas sobre os aspectos socioeconômicos, cultural do aluno em seu contexto escolar, ajudou-me a compreender algumas dificuldades de aprendizagem de alunos, são visivelmente percebidos os problemas familiares e as dificuldades que enfrentam com: pais separados, falta de alimentos, de atenção e de carinho, dentre outros inúmeros problemas.
Mostrar mais

30 Ler mais

A vigilância sanitária no contexto escolar: um relato de experiência.

A vigilância sanitária no contexto escolar: um relato de experiência.

Neste sentido, as atividades desenvolvidas nesta proposta envolveram troca de saberes e de experiências na busca de soluções para os nós críticos da realidade local, respeitando a capacidade do outro na apropriação destes saberes, na busca de um sentido que, em vez de superpor saberes, oportunizasse a ampliação dos saberes de cada um a partir de outros entendimentos. É válido ressaltar que estas ações educativas para serem efetivas não devem ter a visão simplista e limitada de “formação” de cidadãos. Não foi essa a pretensão do projeto; pois formar, na sua concepção remete à idéia de moldagem, de massa amorfa passível de se transformar somente mediante informações, conteúdos e teorias, como algo externo ao sujeito. Teve-se a pretensão de facilitar a apropriação e a ressignificação de saberes, considerando-se as expressões das culturas locais, o singular, o específico, os saberes que são produzidos nas práticas educativas do cotidiano (5) . Há de se
Mostrar mais

4 Ler mais

Os multiletramentos como instrumento no ensino de geografia: experiência a partir do subprojeto geografia/ PIBID/UEPB

Os multiletramentos como instrumento no ensino de geografia: experiência a partir do subprojeto geografia/ PIBID/UEPB

O primeiro momento da intervenção na turma foi marcado por aplicação de um questionário. A turma escolhida no ano 2017.1 foi a do 8º Ano C, do turno da Manhã, com 20 alunos, numa faixa etária entre 13-17 anos, durante a aula de Geografia, onde é implantado o Projeto de Iniciação à Docência – PIBID/CAPES/UEPB. Neste dia, só estavam em sala apenas 18 alunos que se dispuseram a responder o questionário. A partir da coleta de dados desses questionários, foram elaborados gráficos no programa Excel e postado no Blog do PIBID com os resultados alcançados. No decorrer das aulas nesta turma, foram usados métodos que pudessem melhorar o aprendizado dos discentes, e a partir daí eles se sentiram a vontade para apresentar suas atividades uns aos outros (figura 07).
Mostrar mais

67 Ler mais

A contextualização do cotidiano no ensino de geografia: uma experiência de estágio em Campina Grande - PB

A contextualização do cotidiano no ensino de geografia: uma experiência de estágio em Campina Grande - PB

Para compreender se a Geografia local está presente nos assuntos abordados em sala de aula pelo professor da referida matéria, fizemos uma reflexão como a disciplina é abordada e de que forma ela é apresentada para os alunos do Estadual da Liberdade, bem como da Escola Estadual Argemiro de Figueiredo. Percebemos que a disciplina Geografia é vista por parte dos alunos como uma disciplina que cobra apenas memorização sobre os assuntos abordados, sem nenhuma relação com o seu dia-a-dia. Os alunos não percebem a funcionalidade dos conhecimentos geográficos, não considerando como úteis para sua vida em sociedade. Essa questão pode estar relacionada com o fato de que muitos dos professores ainda cobram que os alunos decorem os assuntos dos livros didáticos e estes, muitas vezes, apresentam uma realidade diferente daquela vivida pelo corpo discente. Defendemos em nossa pesquisa que a Geografia seja aplicada em consonância com os conhecimentos empíricos dos estudantes, pois somente assim o aprendizado será facilitado, visto que aquilo que os conhecimentos geográficos aplicados pelo professor podem ser reconhecidos pelos alunos no dia a dia. Tivemos o maior cuidado em abordar esta questão, pois acreditamos que o conhecimento deve ser o mais amplo possível, porém ele deve partir de uma base, que é o conhecimento vivido e enraizado que o estudante traz consigo.
Mostrar mais

20 Ler mais

JEAN PIAGET E O ENSINO DA GEOGRAFIA ESCOLAR: UM OLHAR SOBRE O MAPA

JEAN PIAGET E O ENSINO DA GEOGRAFIA ESCOLAR: UM OLHAR SOBRE O MAPA

Esse artigo é parte de uma pesquisa de Doutorado desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universi- dade Federal de Santa Maria (UFSM) e que se desenha como uma aproximação do ensino da Geografia com a Epistemologia Genética de Jean Piaget. Para isto trabalhamos com um grupo de adolescentes de uma escola pública do Rio Grande do Sul, localizada no município de Canoas, região metropolitana de Porto Alegre. O grupo é formado por estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental em que se buscou trabalhar a reversibilidade e a descentração do pensamento a partir do uso do mapa como ferramenta para se compreender as potencialidades de pensamento destes sujeitos.
Mostrar mais

13 Ler mais

Show all 10000 documents...