Top PDF Gestão da Cadeia de Suprimentos: estudo de caso na Empresa Itatex em Itaporanga, PB

Gestão da Cadeia de Suprimentos: estudo de caso na Empresa Itatex em Itaporanga, PB

Gestão da Cadeia de Suprimentos: estudo de caso na Empresa Itatex em Itaporanga, PB

Este artigo aborda um estudo de caso, onde o tema é gestão da cadeia de suprimentos. Sua introdução traz conceitos de logística, cadeia de suprimentos e gestão da cadeia de suprimentos. Em seu decorrer, esses conceitos se aprofundam um pouco, mostrando evoluções nos conceitos atribuídos aos contextos de gestão integrada. A problemática aqui colocada questiona como ocorre a gestão da cadeia de suprimentos de uma empresa têxtil, tendo como objetivos propostos para chegar à resposta, analisar a gestão desta cadeia, descrevendo como esta se realiza, identificando as atividades consideradas mais importantes e mostrando possíveis falhas e propondo melhorias. O desenvolvimento deste trabalho utilizou metodologias de caráter descritivo e qualitativo para este meio de pesquisa, tendo como técnicas de pesquisa o uso da entrevista semiestruturada e da observação estruturada para colher informações sobre a cadeia de suprimentos da empresa ITATEX, que tiveram seus dados tratados, inicialmente, com a pré-análise do conteúdo colhido, que foi explorado com análises comparativas em relação aos conceitos que serviram de base, e em seguida, interpretou-se o que ocorre nessa cadeia através dessas atividades. Nos resultados, encontra-se como cada atividade acontece e como estas se integram, a exemplo do sistema de gerenciamento de informação que é praticamente o que estrutura esta cadeia, além de estarem colocados os pontos onde a empresa sente dificuldade, como a mão-de-obra desqualificada, a falta de uma estrutura para acolher a gestão da cadeia de suprimentos e os custos que envolvem a logística de recebimento de insumos.
Mostrar mais

26 Ler mais

Repositório Institucional UFC: Gestão da cadeia de suprimentos: um estudo de caso do setor siderúrgico

Repositório Institucional UFC: Gestão da cadeia de suprimentos: um estudo de caso do setor siderúrgico

Quando o sucateiro compra a sucata metálica, ele entra em contato o comprador da Gerdau e solicitando o transporte. Para realizar o transporte o Grupo Gerdau possui diversas transportadoras cadastradas em cada região, sendo no mínimo uma por estado. A solicitação de transporte pode ser feita diretamente pelo sucateiro para a transportadora. A responsabilidade pelo carregamento dos caminhões é do sucateiro. O destino das cargas e a quantidade total que deve ser compra, são definidos pela gerência regional de compras, analisando a necessidade de cada usina do Grupo. A Gerdau Cearense recebe sucata dos estados do Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte (OLIVEIRA, 2007). O modal de transporte mais utilizado é o rodoviário, essa escolha muitas vezes é imposta pela infra-estrutura da matriz de transportes no Brasil, a situação do mercado de fretes e a relação de custos com o transporte intermodal. Além do transporte rodoviário a empresa também utiliza o transporte marítimo, para a sucata que vem do estado do Amazonas e da cidade de Santarém no Pará.
Mostrar mais

63 Ler mais

A LOGÍSTICA E A GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: um estudo de caso em uma empresa da região do sul de Minas Gerais DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.4046

A LOGÍSTICA E A GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: um estudo de caso em uma empresa da região do sul de Minas Gerais DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.4046

O presente artigo tem por finalidade demonstrar a importância do gerenciamento da cadeia de suprimento e seus impactos nas organizações. Para a realização deste estudo, foram pesquisados conceitos sobre logística; Supply Chain e cadeia de abastecimento integrada; a necessidade do inter-relacionamento setorial e o papel das reuniões de S&OP (Sales and Operations Planning ou Planejamento de Vendas e Operações) para análise de viabilidade de projetos e alinhamento dos mesmos. A pesquisa também apresenta um estudo de caso realizado em uma empresa instalada na região do Sul de Minas Gerais. O estudo culminou no entendimento da necessidade de integração da cadeia logística com a tecnologia da informação, a qual auxiliará nos processos de tomada de decisão que envolvem recursos e clientes, proporcionando um modelo de governança mais estratégico e melhor competitividade no mercado.
Mostrar mais

13 Ler mais

Proposta de um modelo do fluxo de informações ao longo da Cadeia de Suprimentos: Estudo de Caso de uma empresa do ramo de tecnologia.

Proposta de um modelo do fluxo de informações ao longo da Cadeia de Suprimentos: Estudo de Caso de uma empresa do ramo de tecnologia.

As propostas para o processo de Gestão do Serviço Logístico ao Cliente visam a melhoria do fluxo de informações sobre datas de entrega, status de pedidos de compra e cumprimento dos requisitos estipulados nos PSAs. Durante a execução desta pesquisa, foi desenvolvido no sistema ERP da empresa o módulo para controle das oportunidades de vendas, entretanto, não se pode ainda observar o comprometimento da equipe de vendas em relação à confiabilidade das informações registradas. Dessa forma, tal ferramenta não é ainda utilizada para definição de prováveis datas de entrega aos clientes e nem como base para que o Departamento de Planejamento de Estoque realize suas compras. Os indicadores propostos nesse processo serão de grande importância para avaliar de forma geral o funcionamento da SC da empresa, desde a comunicação entre vendas e clientes sobre prováveis datas de entrega durantes as negociações até o acompanhamento do prazo entre recebimento de pedidos e entrega ao cliente final.
Mostrar mais

119 Ler mais

Aplicabilidade do conceito de gestão da cadeia de suprimentos sustentável em uma empresa do ramo alimentício

Aplicabilidade do conceito de gestão da cadeia de suprimentos sustentável em uma empresa do ramo alimentício

O objetivo deste trabalho é verificar a aplicabilidade do conceito de Gestão da Cadeia de Suprimentos Sustentável (GCSS) em uma empresa do ramo alimentício. Para tanto realizou-se uma pesquisa bibliográfica para identificar os conceitos de sustentabilidade, de gestão da cadeia de suprimentos, de gestão da cadeia de suprimentos sustentável e de três modelos de gestão de cadeia de suprimentos sustentável. Com base nos conceitos da pesquisa bibliográfica, foi realizado um estudo de caso onde os modelos de cadeia de suprimentos sustentável foram aplicados. Para esta pesquisa objetivou-se verificar se os modelos de gestão de cadeia de suprimentos sustentável são compatíveis com as práticas de gestão dentro de uma empresa focal e sugerir medidas de gestão que possam contribuir para a adequação da empresa a tais modelos. Os resultados encontrados na empresa focal mostraram que 77,84% do conceito de GCSS está presente dentro da GCS da empresa. Através de uma segunda análise também foi possível concluir que dentro da gestão da cadeia de suprimentos da empresa focal, em comparação ao exigido pelo conceito de GCSS, obtivemos: 80% das respostas são de requisitos sociais, 70% de requisitos econômicos e 65% de requisitos ambientais. Portanto, foi possível evidenciar a utilização dos modelos pesquisados.
Mostrar mais

66 Ler mais

GESTÃO DA QUALIDADE NA CADEIA DE SUPRIMENTOS

GESTÃO DA QUALIDADE NA CADEIA DE SUPRIMENTOS

A busca por uma posição competitiva tem fortalecido os relacionamentos na cadeia de suprimentos a fim de agregar valor, gerando produtos de qualidade. Nesse contexto, esta pesquisa pretende analisar a gestão da qualidade na cadeia de suprimentos de uma indústria calçadista do Estado da Paraíba. Foram identificados dois segmentos de gestão da qualidade relacionados à cadeia de suprimentos: práticas internas e interação com fornecedores. Para a realização do estudo empírico foi utilizada o estudo de caso múltiplo, aplicado na empresa focal e em um fornecedor. Os instrumentos de coleta de dados foram entrevistas, observações e análise documental. A análise qualitativa permitiu identificar a forma como cada uma das empresas atua em relação à gestão interna da qualidade, apontando possibilidades de melhorias. Na interação entre as empresas verificou- se que os fornecedores participam ativamente da melhoria da qualidade da empresa focal, mas não existem relacionamentos de parceria consolidados
Mostrar mais

24 Ler mais

Gestão da cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma multinacional de linha branca

Gestão da cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma multinacional de linha branca

As limitações encontradas na execução desta pesquisa estão relacionadas ao sigilo industrial. Muitas das situações evidenciadas não puderam ser detalhadas, tais como cláusulas contratuais entre fornecedor e empresa em estudo. Além disso, durante a condução deste estudo de caso, a empresa passou por uma consultoria alterando sua estratégia de estocagem, motivo pelo qual este trabalho não foi aplicado. Em relação a dados que envolvem valores não foram encontradas restrições, todavia ao multiplica-los por um fator X, alterou-se diretamente a redução de custo obtida, principal objetivo deste trabalho.
Mostrar mais

54 Ler mais

O USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E SEUS BENEFÍCIOS PARA O DESEMPENHO EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO

O USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E SEUS BENEFÍCIOS PARA O DESEMPENHO EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO

Este artigo apresenta um estudo de caso, realizado em um atacado do segmento de ferragens e ferramentas situado na cidade de Uberlândia, sobre o processo de implantação do código de barras na saída das mercadorias, no período de fevereiro de 2017 a dezembro de 2018. Os resultados encontrados indicam que o uso da tecnologia da informação está diretamente relacionado com o desempenho empresarial, pois com a implantação do código de barras aumentou-se a assertividade no processo de conferência dos pedidos de venda da empresa, além acelerar os processos logísticos. Concluímos que a tecnologia da informação é uma forte aliada das empresas para o aumento de sua eficiência e que essa é uma forte tendência que deve estar cada dia mais presente na realidade das empresas.
Mostrar mais

29 Ler mais

Gestão da Cadeia de Suprimentos como vantagem competitiva: um estudo de caso na empresa Casa do Bolo da cidade de Patos

Gestão da Cadeia de Suprimentos como vantagem competitiva: um estudo de caso na empresa Casa do Bolo da cidade de Patos

Tendo em vista que com uma cadeia de suprimentos bastante evoluída, este processo torna-se mais rápido e eficiente gerando uma diferenciação no custo, ou seja, gerando vantagem competitiva. Quanto maior for a integração entre as partes e quanto melhor for o relacionamento entre empresa e cadeia de fornecedores, melhor e mais eficiente tende a ser o funcionamento das operações da empresa, que é o atendimento ao cliente. Algumas organizações acreditam que uma cadeia de suprimentos eficiente é determinada apenas pela velocidade e redução dos custos. Contudo, a gestão da cadeia de suprimento baseada nesses aspectos acaba se deteriorando com o tempo, e algumas empresas perdem também a sua vantagem competitiva (COELHO, 2012).
Mostrar mais

21 Ler mais

Gestão de processos na cadeia de suprimentos: um estudo de caso numa organização do setor têxtil do agreste de Pernambuco

Gestão de processos na cadeia de suprimentos: um estudo de caso numa organização do setor têxtil do agreste de Pernambuco

Resumo: A cadeia de suprimentos (CS) integra o gerenciamento dos processos atribuídos à empresa foco, conectando-se com seus clientes, com seus fornecedores e consigo mesma. Esta gestão é dinâmica e reúne os processos de negócio que envolvem, desde o usuário final, até os fornecedores primários, provedores de produtos, serviços e informações que agregam valor aos clientes e stakeholders. Dada a importância da integração desses processos na CS, este trabalho tem como objetivo elaborar um diagnóstico, avaliar e propor melhorias com relação a gestão de processos ao longo da Gestão da Cadeia de Suprimentos (GCS), com base no modelo de Lambert et al. (1998) e através de uma análise SWOT. Esta pesquisa fez uso de uma abordagem qualitativa ajustada como exploratória a um estudo de caso realizado numa empresa do setor têxtil do Agreste de Pernambuco, sendo conduzido através de entrevistas presenciais e com base na aplicação de um questionário. Os resultados da pesquisa mostram que há ausência de práticas de modelos de gestão de processos, fator comprometedor à sua eficiência no GCS, como também a necessidade em formalizar os processos-chave no canal de suprimentos.
Mostrar mais

25 Ler mais

Governança da cadeia de suprimentos e distribuição de capacidades operacionais: um estudo de caso à montante da cadeia de suprimentos da indústria naval brasileira

Governança da cadeia de suprimentos e distribuição de capacidades operacionais: um estudo de caso à montante da cadeia de suprimentos da indústria naval brasileira

porque eu sou “dono”, sou presidente da empresa, diretor presidente da empresa. Eu não tenho diretamente acesso ao diretor presidente, hoje. Mas vamos dizer, o Miro foi dono, diretor geral, tenho relacionamento dele, ele tem meu celular, tenho o celular dele, eu ligo direto se for o caso. Não preciso nem passar pela secretária. Agora mudou um pouco com essa nova gestão que ele tem um percentual faz parte do conselho... meio confuso. Então se eu chegar: “Vou ligar para o diretor que chegou da Itália agora”, não sei quem é, eu sei quem é, mas não tenho acesso, acho que é o André, no anterior eu tive acesso com ele, forçou italiano, eu falo italiano. “O presidente está aqui” “Ah, parceiro aqui”. Italiano. Italiano é muito bairrista vamos dizer assim. Eles, sabendo que tem um fornecedor que é italiano e poder falar italiano diretamente sem precisar se enrolar na língua ou falar inglês que é uma terceira língua para ele, então... complica. Tem um ótimo relacionamento. Agora na parte de diretoria, nunca tive problema, diretor financeiro, diretor de produção, todos os diretores me recebem bem. Já fui a Recife, sei lá umas quatro vezes já, lá, mas eu tenho também esse comercial que já foi algumas vezes, pessoal da montagem quando está também. Estamos sempre em relacionamento, sempre em contato. É.… no caso dessa obra, os contatos diretos são, na parte de engenharia e suprimentos (CEO LACCA MARINE, ENTREVISTA, 2016).
Mostrar mais

311 Ler mais

Avaliação multicritério da educação na gestão da cadeia de suprimentos

Avaliação multicritério da educação na gestão da cadeia de suprimentos

A Gestão da Cadeia de Suprimentos ou Supply Chain Management (SCM) é um fator crítico no cenário global. É esperado o investimento em programas de educação para permitir, por exemplo, o desenvolvimento do conhecimento e habilidades dos colaboradores, relacionados com a melhoria e domínio das funções de SCM. Este trabalho descreve uma pesquisa que teve como objetivo evidenciar justificativas para adoção de programas de educação em SCM, propor um modelo para avaliação da educação na SCM e aplicá-lo em uma indústria. Na primeira abordagem foram avaliados os principais programas de educação profissional em SCM, o resultado apontou que o melhor foi o programa Certificado de Gestão em Produção e Estoque, ou Certified Production and Inventory Management (CPIM). Na segunda abordagem foi avaliado o CPIM nas competências essenciais da empresa que foi o objeto do estudo, o principal resultado da avaliação evidenciou que ele é eficaz para essa finalidade. Na terceira abordagem foram avaliados, do ponto de vista gerencial, o CPIM e o Supply Chain Operations Reference Model (SCOR). Como conclusão, obteve-se que os programas de educação devem desenvolver habilidades em SCM e Green Supply Chain (GSCM). Na quarta abordagem foi avaliada a maturidade em SCM em três unidades de negócios da empresa estudada, e, neste caso, os resultados da avaliação não revelaram diferença alguma nos níveis de maturidade, quando comparados à medida absoluta de maturidade obtida pelo Analytic Hierarchy Process (AHP). Finalmente, foi avaliada a relação entre os níveis de maturidade e os componentes do CPIM, e os resultados confirmaram que ele pode contribuir para melhorar os níveis de maturidade em SCM.
Mostrar mais

112 Ler mais

Análise da gestão da cadeia de suprimentos na indústria de computadores.

Análise da gestão da cadeia de suprimentos na indústria de computadores.

A pesquisa foi conduzida com base, princi- palmente, na análise da realidade e em dados de uma empresa representativa e líder na indús- tria de computadores, a qual atua globalmente e apresenta operações de manufatura no Brasil. A empresa que serviu de base para o estudo não será identificada, sendo o trabalho conduzido de forma exploratória. Em termos de taxonomia de métodos de pesquisa, foi utilizada a chamada pesquisa–ação ou de observação participante (Dane, 1990). Nesse caso, o pesquisador participa diretamente ou está envolvido com os eventos e/ou fenômenos observados. Esse fato fez com que significativo volume de conhecimento tácito (não formalizado) da empresa estudada e do setor industrial pudesse ser relatado no decorrer do trabalho.
Mostrar mais

15 Ler mais

Gestão da sustentabilidade na cadeia de suprimentos: um estudo das estratégias de compra verde em supermercados

Gestão da sustentabilidade na cadeia de suprimentos: um estudo das estratégias de compra verde em supermercados

(1) utilização de várias fontes de evidência. Considerando-se que as várias fontes são complementares e que um bom estudo de caso utiliza o maior número possível delas, este trabalho baseou-se em entrevistas focais não estruturadas, realizadas pessoalmente nos supermercados e por telefone com os fornecedores. As entrevistas, consideradas como relatórios verbais, estão sujeitas a problemas como preconceito, indução, memória fraca e articulação pobre ou imprecisa do entrevistador. O uso de gravadores foi uma alternativa, pois certamente fornecem versão mais precisa de qualquer entrevista que qualquer outro método (YIN, 2005). Foi realizada em um curto período de tempo, através de uma conversa informal e espontânea com o entrevistador, seguindo um roteiro de perguntas e tópicos que se originaram do protocolo de estudo de caso. Também utilizou-se de observação não estruturada através de visitas técnicas; levantamento de documentos internos (disponibilizados pelos entrevistados); assim como documentos disponíveis no endereço eletrônico de cada empresa. A técnica de triangulação consistiu em abranger possibilidade de descrição, explicação e compreensão do fato estudado.
Mostrar mais

242 Ler mais

Estudo de caso sobre a medição de desempenho da cadeia de suprimentos de uma montadora de autoveículos.

Estudo de caso sobre a medição de desempenho da cadeia de suprimentos de uma montadora de autoveículos.

Na última década, os temas medição de desempenho e gestão da cadeia de suprimentos têm sido alvos de intensas pesquisas por parte da área acadêmica, tanto no Brasil como no exterior. As empresas têm feito grandes investimentos na implementação de conceitos e práticas oriundos dessas duas áreas, visando a aumentar ou manter suas vantagens competitivas. O reconhecimento da inadequação e conseqüente falha dos sistemas de medição de desempenho tradicionais, provenientes da Contabilidade Gerencial dos anos vinte do século passado, em orientar e suportar as tomadas de decisão na maioria das empresas incentivou o interesse de pesquisadores por esse assunto. Contudo, nem sempre os desenvolvimentos nessa área têm ampliado o escopo para além das fronteiras das empresas, levando em conta a cadeia de suprimentos que cada organização está inserida. É preciso ampliar o escopo da medição de desempenho para que ela passe a suportar as iniciativas de supply chain management (SCM). Nesse sentido, este trabalho tem como objetivo verificar, por meio de um estudo de caso exploratório, o suporte que a medição de desempenho vem fornecendo aos esforços de integração e coordenação na SCM. Para tanto, um estudo de caso foi realizado em uma montadora de autoveículos. Concluiu-se que a medição de desempenho contribui para a integração e coordenação da cadeia de suprimentos, porém, isso não é um problema apenas de indicadores, mas de configuração da cadeia, da estrutura em tecnologia de informação, da estrutura organizacional e do modelo de organização da produção. Além disso, a medição de desempenho tem um papel importante nesse contexto, pois ela é uma das principais fontes de informação para as tomadas de decisões. Observou-se que compartilhar informações sobre o desempenho tanto com os distribuidores como os fornecedores, pode diminuir conflitos e melhorar a integração e a coordenação. A empresa estudada apresenta dificuldades de coordenar além da sua cadeia de suprimentos imediata e a visão de SCM dos entrevistados confunde-se com a de logística. Finalmente, constatou-se que medir o desempenho da cadeia de suprimentos pode significar trabalhar inicialmente com a rede de suprimentos imediata.
Mostrar mais

169 Ler mais

Estruturação de estratégias na cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma empresa de pequeno porte

Estruturação de estratégias na cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma empresa de pequeno porte

Diante disso, observa-se a importância de compreender o que a CS representa para a disponibilidade e o custo de um bem entregue ao cliente final por parte das empresas, independente da posição que ela ocupe nesta cadeia. Neste sentido, a metodologia sugerida por Perez-Franco (2016) elucida diversos pontos não abordados anteriormente pelos teóricos da área de Estratégia e Gestão das CS, seja por razões de falta de fundamentação teórica, seja por pouco respaldo prático, ou até mesmo pela inerente complexidade dos temas, cuja natureza torna difícil uma padronização de conceitos e validação de ferramentas.
Mostrar mais

74 Ler mais

GESTÃO DE RISCO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: UM ESTUDO DE CASO

GESTÃO DE RISCO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: UM ESTUDO DE CASO

Como previamente explicitado, o conceito de cadeia de suprimentos está relacionado ao atendimento de um pedido do cliente. As matérias primas são direcionadas para uma empresa fabricante, que por sua vez, as processa e distribui os produtos acabados para os clientes finais por meio de um sistema de distribuição. Desde o início do processo produtivo, para poder obter uma vantagem competitiva, as organizações se preocupam com o custo e a qualidade. Para que alcance seu objetivo de forma eficiente e eficaz deve-se preocupar em possuir na sua estrutura o fornecedor certo. Selecionar um fornecedor não é fácil. A definição de quantos e quais fornecedores a empresa irá trabalhar faz parte de um programa de estratégia de sourcing. Moreira (2015, p. 176), afirma que: “Sourcing Estratégico é um processo sistemático e disciplinado que visa reduzir o custo total de materiais, produtos e serviços adquiridos de fornecedores, enquanto são mantidos ou melhorados os níveis de qualidade, serviço e tecnologia”. Os mesmos autores (2015, p.182) afirmam que as atividades de Global Sourcing criam, em geral, processos intermediários adicionais tais como: distribuidores estrangeiros, agentes, despachantes e agentes alfandegários. Essas tarifas são normalmente individualmente pequenas, mas podem tornar-se significativas no total.
Mostrar mais

16 Ler mais

A influência da tecnologia de informação na gestão da cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma empresa industrial paraibana

A influência da tecnologia de informação na gestão da cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma empresa industrial paraibana

Esse tipo de integração pode ser observado na empresa Alfa; a mesma conseguiu a colaboração entre as suas atividades e setores, graças aos sistemas utilizados. O web pedidos possibilita a transmissão das informações a respeito dos pedidos feitos pelos clientes. Os dados coletados sobre a compra são automaticamente passados para a unidade produtora, que irá dar caminhamento às demais atividades do processo produtivo, agilizando assim a sua conclusão em decorrência da interação. Luís deixa bem claro ao relatar a integração possibilitada pelo sistema web pedidos, conforme as seguintes falas.
Mostrar mais

89 Ler mais

Gestão da cadeia de suprimentos de hortifrutis: estudo de caso de uma empresa   varejista de Minas Gerais

Gestão da cadeia de suprimentos de hortifrutis: estudo de caso de uma empresa varejista de Minas Gerais

Por fazer parte de uma grande rede, a empresa aproveita-se dos ganhos de escala que a matriz con- segue em suas compras junto aos fornecedores na Ceasa. Neste arranjo, a matriz atua como uma Central de Compras (CC), estrutura esta que vem se difundindo no Brasil desde meados dos anos 80, como citam Belik e Chaim (2002). Segundo esses autores, neste arranjo a função de compra e negociação é transferida para a Central de Compras. Assim, num único espaço se realizam transações virtuais para uma grande empresa varejista, neste caso, para todas as lojas da rede, sob sistema de “pool”, condomínio ou mesmo coo- perativa. O objetivo dessa prática de compras em conjunto é o de exercer o poder de compra proporcionado pelo aumento da escala. Outro diferencial importante é o fato da matriz, que atua como a CC, fazer uso de pagamento à vista, o que lhe proporciona um poder de barganha a mais junto aos fornecedores.
Mostrar mais

12 Ler mais

Resiliência na Cadeia de Suprimentos: O Caso de Uma Empresa de Cosméticos

Resiliência na Cadeia de Suprimentos: O Caso de Uma Empresa de Cosméticos

O interesse na resiliência é destacado em empresas que dispõem de pouca margem para atraso nas entregas e buscam uma postura mais proativa com relação à boa gestão de seus fornecedores (PEREIRA; SILVA, 2015), como é o caso da indústria de cosméticos. Estas empresas, em geral, orientam suas políticas de compra e seleção de fornecedores para economias de escala, muitas vezes adquirindo matéria-prima de um único fornecedor. Alguns desses fornecedores estão localizados em locais dispersos e distantes, o que faz com que as empresas trabalhem com lead times elevados. Ob- servando a estratégia de distribuição de seus produtos, as empresas de cosméticos podem optar pela venda direta, que pressupõe relacionamento ágil entre revendedoras e clientes, que em geral, não comercializam apenas uma marca. Isso reforça a necessidade da garantia do nível de serviço, sob o risco de redução de sua base de revendedoras e perda de oportunidades de venda. Nesse sentido, a área de compras precisa garantir disponibilidade de matéria-prima para evitar atrasos na produção e entrega. Procurando responder a esse desafi o, mantendo atenção na variável custo e seu impacto nos resultados da empresa, elevar o nível de serviço prestado às revendedoras e aumentar a satisfação dos clientes, o objetivo desse trabalho foi identifi car elementos para construir resiliência, tendo como foco do estudo a área de compras de uma indústria de cosméticos.
Mostrar mais

15 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados