Top PDF Gestão do Conhecimento: um estudo de caso com profissionais de uma empresa de tecnologia da informação

Gestão do Conhecimento: um estudo de caso com profissionais de uma empresa de tecnologia da informação

Gestão do Conhecimento: um estudo de caso com profissionais de uma empresa de tecnologia da informação

Diante das novas tendências das organizações modernas, que utilizam o conhecimento como base para obter vantagem competitiva sustentada, o presente estudo tem como objetivo verificar como ocorre o processo de gestão do conhecimento numa empresa de tecnologia da informação, identificando as práticas de gestão do conhecimento utilizadas pela empresa e verificando a percepção dos seus profissionais acerca dos processos de gestão do conhecimento adotadas pela organização. Para tanto, foi realizado um estudo de caso descritivo, de caráter qualitativo e quantitativo, que teve como objeto de estudo o serviço de solução em BPO da Provider, mais especificamente o contrato de concessão de serviços de atendimento à Energisa Paraíba (EPB), sendo os dados coletados através de um questionário aplicado aos colaboradores nos níveis operacional e gerencial. Com a análise dos dados, entende-se que a empresa utiliza involuntariamente práticas de gestão do conhecimento e que essas práticas têm contribuído para sua evolução nos segmentos em que atua.
Mostrar mais

24 Ler mais

A influência da tecnologia de informação na gestão da cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma empresa industrial paraibana

A influência da tecnologia de informação na gestão da cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma empresa industrial paraibana

O objetivo da presente pesquisa foi compreender a influência do uso da Tecnologia da informação na Gestão da Cadeia de Suprimentos através da análise do desempenho de algumas variáveis, elencadas para estudo, com base no trabalho de Maçada, Feldens e Santos (2007). De forma específica, a pesquisa pretendeu ainda, elencar os possíveis elementos que constituem a cadeia de suprimentos da organização em estudo, os sistemas informacionais adotados, a sua forma de implementação e os consequentes impactos gerados por tais sistemas. Para tanto, metodologicamente, a pesquisa trata-se de um estudo de caso desenvolvido em uma organização industrial, denominada genericamente de empresa Alfa. Quanto à sua tipologia, a pesquisa foi classificada como descritiva, e utilizou abordagem qualitativa. Os dados coletados foram provenientes de técnicas como a observação e a entrevista, esta última efetuada com gerentes da referida organização. A análise de dados foi desenvolvida através do método de análise de conteúdo com grade fechada. Os resultados apontam os significativos benefícios adquiridos pela organização a partir do uso da tecnologia, além de destacar alguns pontos negativos deste processo, como barreiras, resistência e dependência.
Mostrar mais

89 Ler mais

Estratégia para crescimento através da gestão da qualidade alinhada com a gestão da informação e do conhecimento: Um estudo de caso em uma empresa do ramo da construção civil em Natal/ RN

Estratégia para crescimento através da gestão da qualidade alinhada com a gestão da informação e do conhecimento: Um estudo de caso em uma empresa do ramo da construção civil em Natal/ RN

Resumo: O excelente cenário brasileiro vivenciado pelo setor da construção civil esta acirrando cada vez mais a competitividade, afetando o ambiente interno das organizações, fazendo com que estas busquem excelência por meio de gestão da informação, do conhecimento e da qualidade. Este trabalho tem como objetivo identificar como as gestões da informação e do conhecimento podem facilitar na implantação da ISO 9001 em uma construtora. A metodologia adotada foi à pesquisa descritiva exploratória com estudo de caso em uma construtora de médio porte estabelecida em Natal – RN, com aplicação de um questionário semi-estruturado. Dentre os resultados obtidos, verificou-se que a empresa não contemplava sistema gerencial de informação e nem planejamento estratégico. Apesar disso, 25% dos colaboradores entrevistados responderam que a empresa possuía um sistema gerencial de informação e 57% acreditavam que a empresa possuía planejamento estratégico. A gestão da qualidade esta sendo implementada através dos registros dos procedimentos internos e 86% dos colaboradores estão convictos que a empresa realmente possui esses procedimentos registrados. Com relação às considerações finais, o trabalho demonstrou o real interesse pela implementação da ISO 9001, porém a ausência de um sistema de informação gerencial e a inexistência do planejamento estratégico na organização dificulta o ápice das operações.
Mostrar mais

11 Ler mais

Sinergias entre gestão do conhecimento e planejamento tecnológico em empresas de tecnologia da informação : um estudo de caso

Sinergias entre gestão do conhecimento e planejamento tecnológico em empresas de tecnologia da informação : um estudo de caso

A importância da Gestão do Conhecimento (GC) como forma de agregação de valor para as organizações é largamente reconhecida. Articulando um conjunto de macro- atividades que envolve ações relacionadas à criação e difusão de conhecimento, a GC oferece subsídios para auxiliar o cumprimento dos objetivos organizacionais. Por outro lado, no âmbito de empresas da área de Tecnologia da Informação (TI), o pla- nejamento tecnológico (PTe) é um importante instrumento de GC, que leva em conta tanto as necessidades de mercado quanto a proposição de novas soluções a partir do acervo tecnológico disponível. Essa importância deve-se ao fato do PTe ser uma atividade intensiva no uso e na geração de conhecimento. Desta forma, é pertinente esclarecer as relações entre GC e PTe para a formulação de processos de GC ade- quados e para o aproveitamento do conhecimento gerado no PTe na solução de problemas futuros. Esta dissertação tem por objetivo estudar essas relações, bus- cando contribuir para o esclarecimento das sinergias existentes entre essas duas áreas. Como material de estudo, tomou-se o caso de uma organização da área de TI do Distrito Federal, adotando-se como instrumento de PTe o Technology Roadmap- ping (TRM). O TRM é orientado às necessidades do negócio e auxilia na identifica- ção, seleção e desenvolvimento das alternativas tecnológicas que permitirão alcan- çar os objetivos estratégicos da organização. Os resultados encontrados desnudam pontos em que o PTe (via TRM) pode enriquecer significativamente o modelo de GC de uma organização, ao mesmo tempo em que, mostrando os insumos de conheci- mento requeridos na construção de um TRM, permite levantar novas demandas a serem atendidas pela GC.
Mostrar mais

100 Ler mais

Impacto da geração Y nos processos de gestão de pessoas e na cultura organizacional: um estudo de caso em empresa de Tecnologia da Informação

Impacto da geração Y nos processos de gestão de pessoas e na cultura organizacional: um estudo de caso em empresa de Tecnologia da Informação

Atualmente, a geração Y compõe uma importante parcela do mercado de trabalho. Os indivíduos dessa geração apresentam características positivas, como, por exemplo, facilidade em lidar com a tecnologia, vontade de crescer na empresa e ambição, bem como características consideradas negativas, como individualismo, instabilidade, entre outras. O cenário empresarial atual, cada vez mais dinâmico e competitivo, influencia às organizações a buscarem inovações com a finalidade de atender a nova lógica do mercado e o investimento em novas tecnologias e pessoas com capacidade para lidar com o novo está diretamente ligado à produtividade e à rentabilidade das empresas. Este estudo, caracterizado como descritivo, buscou analisar como os processos de gestão de pessoas e a cultura organizacional de uma empresa do ramo de Tecnologia da Informação (TI) necessitaram de adaptações para receber os colaboradores da geração Y. Utilizou-se a técnica do estudo de caso e, dentro do mesmo, a aplicação de entrevista e questionários para levantamento dos dados pertinentes. Por meio das abordagens qualitativa e quantitativa, verificou-se que há uma grande influência da cultura organizacional nos colaboradores e que, na verdade, é o ambiente que influencia os mesmos, e não os colaboradores que influenciam o ambiente da empresa. Observou-se que a organização estudada se preocupa em receber e reter os profissionais das gerações X e Y e que o tratamento é o mesmo para ambas.
Mostrar mais

25 Ler mais

Proposta de um plano de ação em gestão do conhecimento para departamentos de tecnologia da informação: estudo de caso

Proposta de um plano de ação em gestão do conhecimento para departamentos de tecnologia da informação: estudo de caso

O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma proposta de um plano de ação em gestão do conhecimento para um departamento de tecnologia da informação numa empresa do setor eletro-eletrônico. A revisão literária mostra definições básicas de conhecimento e de tecnologia da informação, gerando embasamento para contextualização de modelos de gestão do conhecimento. O modelo utilizado para o caso estudado é o de Leonard-Barton (1998), por apresentar maior afinidade com a estrutura apresentada pelo departamento de tecnologia da informação da organização estudada. Obtem-se como resultados a criação de um plano de ação, levando-se a mudanças organizacionais, à busca de parcerias externas e, principalmente, à criação de monitoramento on-line, gerando a visualização de necessidades de propagação do conhecimento.
Mostrar mais

101 Ler mais

Tecnologia de informação e gestão de canais de distribuição: um estudo de caso sobre a aplicação da tecnologia de informação na integração entre uma empresa siderúrgica e seu atacado

Tecnologia de informação e gestão de canais de distribuição: um estudo de caso sobre a aplicação da tecnologia de informação na integração entre uma empresa siderúrgica e seu atacado

Apresenta, através de um estudo de caso, as formas de aplicação da tecnologia em um modelo de integração colaborativa entre uma empresa siderúrgica e alguns de seus atacadistas2. Aborda [r]

102 Ler mais

A TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO À GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO: UM ESTUDO DE CASO DO PRC – PROGRAMA DE REPASSE DO CONHECIMENTO NO SETOR ELÉTRICO

A TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO À GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO: UM ESTUDO DE CASO DO PRC – PROGRAMA DE REPASSE DO CONHECIMENTO NO SETOR ELÉTRICO

Nesse contexto, foi formatado um documento de análise do PRC, elencando critérios para garantir a eficácia do Programa, que são: Análise do Perfil Ocupacional referente à função em que o empregado está enquadrado; Histórico Funcional dos últimos três anos; Análise da PAQL – Proposta de Alteração no Quadro de Lotação dos últimos três anos; Análise do STR – Sistema de Treinamento de pessoa, identificando treinamentos relevantes realizados (doutorado, mestrado, especialização, qualificação e cursos no exterior) nos últimos três anos; Identificação da quantidade de treinandos e espaço para descrição das não-conformidades identificadas na análise. Ainda conforme a Eletrosul (2007), durante essa análise será observado se o empregado efetuou o repasse de seus conhecimentos para mais de um treinando; se houve treinamentos relevantes não contemplados no PRC; se o empregado esteve enquadrado em funções relevantes nos últimos três anos, através de seu histórico funcional; se o empregado desempenhou atividades relevantes, não contempladas no PRC; se para cada conhecimento/atividade descrita no PRC foi criado um item específico de conhecimento, e se estão registrados os processos de cada item do conhecimento (registro do conhecimento).
Mostrar mais

12 Ler mais

Tratamento contábil dispensado ao capital intelectual sob a ótica da gestão do conhecimento : o caso de uma empresa de tecnologia da informação

Tratamento contábil dispensado ao capital intelectual sob a ótica da gestão do conhecimento : o caso de uma empresa de tecnologia da informação

competência, porém seu valor pode ser classificado dentro da estrutura intema, como exemplo, a atitude dos funcionários em relação ao local de trabalho, aos clien[r]

87 Ler mais

Competitividade empresarial e gestão do conhecimento: um estudo de caso de empresa do setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC), sobre contribuições de capacitação e treinamento para o alinhamento estratégico

Competitividade empresarial e gestão do conhecimento: um estudo de caso de empresa do setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC), sobre contribuições de capacitação e treinamento para o alinhamento estratégico

 Ameaça de produtos substitutos: Produtos estabelecem um teto nos preços. Essas ameaças são representadas pelos bens e serviços que possuem uma finalidade semelhantes aos seus, ou atendem às mesmas necessidades. No geral, são aqueles que não são os mesmos produtos, mas que atendem às mesmas necessidades. Geralmente eles surgem em mercados de pequeno porte, porém, que se estabilizam com o passar do tempo. Por isso, é prudente avaliar este tipo de produto, uma vez que sua competitividade é limitada, mas continua relevante de certa forma. Um importante fator a ser estudado, é se o produto produzido pela empresa passa a ser obsoleto com o passar do tempo, sendo que para evitar isso é necessário investimento em pesquisa e tecnologia.
Mostrar mais

86 Ler mais

A transferência do conhecimento na implantação de um sistema integrado de gestão para a área de tecnologia da informação: um estudo de caso em uma empresa do setor energético

A transferência do conhecimento na implantação de um sistema integrado de gestão para a área de tecnologia da informação: um estudo de caso em uma empresa do setor energético

Segundo Davenport e Prusak (1998), a transferência de conhecimento sempre ocorre em uma organização, quer esse processo seja gerenciado ou não. Transferências cotidianas do conhecimento, localizadas e fragmentadas, fazem parte da vida organizacional. Um empregado, ao questionar como se faz um determinado trabalho, ou quando ele já passou por um problema e compartilha a solução dada com outro colega, pratica a chamada transferência cotidiana do conhecimento. Essa transferência, no entanto, é localizada e fragmentada. Segundo os autores, embora haja uma profusão de conhecimento nas organizações, a existência não assegura o seu uso, sendo necessário estabelecer estratégias de transferência de conhecimento.
Mostrar mais

146 Ler mais

O uso da Gestão do Conhecimento no processo de produção de software: um estudo de caso em uma empresa de tecnologia da informação

O uso da Gestão do Conhecimento no processo de produção de software: um estudo de caso em uma empresa de tecnologia da informação

Ainda segundo os autores supracitados, há oito elementos construtivos que compõem o ciclo do conhecimento, dentre os quais são: a identificação, a aquisição, o desenvolvimento, a partilha ou distribuição, a utilização, a retenção, as metas e a avaliação. Desse modo, para tornar o processo mais sólido, Probst et al (2002) propõem utilizar como primeira etapa do processo as Metas do conhecimento, pois, são elas que dão embasamento ao planejamento dos demais processos. No final do ciclo é utilizado o elemento construtivo chamado Avaliação do conhecimento. Neste item, todo o processo será avaliado e os possíveis erros serão corrigidos para o início de um novo ciclo.
Mostrar mais

27 Ler mais

Gestão do conhecimento e auditoria interna : um estudo de caso em empresa pública

Gestão do conhecimento e auditoria interna : um estudo de caso em empresa pública

[...] São poucas as organizações que definiram estratégias de GC; em muitos casos, não se definiu nenhuma área para coordenar as ações. Apenas duas organizações afirmaram ter uma unidade específica de coordenação das ações de GC. A expressão Gestão do Conhecimento é desconhecida para a grande maioria das organizações. Portanto, fica claro que Gestão do Conhecimento não é ainda uma prioridade nos ministérios analisados. Além disso, ainda predomina na maioria das organizações o conceito de gestão da informação, e são poucas as ferramentas para melhorar o compartilhamento do conhecimento à disposição da maior parte das instituições. A conclusão a que se chega é que a maioria dos ministérios setoriais vive ainda uma fase pré-Gestão do Conhecimento. Mesmo nos ministérios em que já se definiu uma estratégia de GC, o tema ainda não foi disseminado. Merece destaque o fato de que entre os oito ministérios com estratégia de GC, apenas um considera que houve disseminação e que, conseqüentemente, ela é conhecida pela maioria dos servidores (BATISTA et al., 2005, p. 57).
Mostrar mais

106 Ler mais

A utilização da tecnologia da informação no transporte de cargas fracionadas: estudo de caso em uma empresa do segmento

A utilização da tecnologia da informação no transporte de cargas fracionadas: estudo de caso em uma empresa do segmento

O transporte é uma das principais atividades da cadeia de suprimentos, e tem importância nos tempos atuais, pela sua relevância segundo o conceito do mix de marketing e por representar a maior atividade da distribuição física. Tradicionalmente, a logística concentrou seus esforços no fluxo físico do processo, ao passo que o fluxo de informações por muitos anos não teve a atenção que merecia. Nos dias atuais, é impossível pensar em transportes sem a agregação de valor da tecnologia da informação, que se tornou uma área vital para o sucesso do negócio. Esta dissertação tem o objetivo de identificar as tecnologias de informação que podem ser empregadas na atividade do transporte de cargas fracionadas e como a utilização destas tecnologias contribuiu para o aumento da competitividade e produtividade das empresas do segmento. Serão abordadas no presente trabalho as tecnologias de EDI, Comunicações, Rádio Freqüência, Código de Barras e RFID. É importante ressaltar, que estas são algumas tecnologias, e não todas as disponíveis no amplo mercado de TI (tecnologia da informação) e que as tecnologias não são responsáveis isoladamente pelos resultados empresariais, pois o sucesso de um negócio é a soma de vários fatores de gestão. O estudo de caso demonstra os resultados positivos e evidencia a real magnitude da tecnologia da informação no “core business” das empresas de transportes de cargas, pois possibilitou à empresa pesquisada ganhos de produtividade, agilidade, precisão, segurança, rastreabilidade e respostas aos clientes que seriam impossíveis sem o uso da tecnologia, além do acompanhamento de todas as etapas das operações da empresa.
Mostrar mais

119 Ler mais

CRM: um estudo de caso do suporte da tecnologia da informação em uma empresa industrial do estado do Ceará

CRM: um estudo de caso do suporte da tecnologia da informação em uma empresa industrial do estado do Ceará

Através da análise dos dados obtidos no decorrer deste trabalho, pôde3se concluir que apesar de haver uma percepção generalizada por parte dos profissionais entrevistados quanto à relevância do tema Gestão de Relacionamento com Clientes. Foram constatadas grandes variações em relação à maturidade do processo interno de gestão de relacionamento com clientes em toda a organização. Observou3se também que a utilização tanto de estratégias de estratégias de CRM quanto das ferramentas de TI disponíveis para o apoio do CRM não são sistematicamente planejadas de forma integrada a partir de diretrizes conduzidas pela organização, mesmo assim, observa3se a efetiva utilização, em maior ou menor nível, de diversas ferramentas de TI, distribuídas entre as três camadas estratégicas de CRM descritas no referencial teórico deste trabalho.
Mostrar mais

173 Ler mais

Tecnologia da informação como ferramenta de apoio a gestão do conhecimento

Tecnologia da informação como ferramenta de apoio a gestão do conhecimento

conhecimento organizacional pode se manifestar de várias formas, geralmente através de práticas estruturadas ou não. O conjunto de tais práticas estruturadas é o que constitui a chamada Gestão do Conhecimento. Embora o foco de estudo das organizações do conhecimento se estabeleça em torno de empresas de tecnologia ou de serviços, é possível entender que qualquer organização, independente de seu porte ou setor, desenvolve e possui um acúmulo de conhecimento. Uma empresa baseada em conhecimento é uma organização de aprendizagem que reconhece o conhecimento como um recurso estratégico, e cria conhecimento que pode ser processado internamente e utilizado externamente, aproveitando o potencial de seu capital intelectual, onde o trabalhador do conhecimento é componente crítico. Oliveira (2003) relata que o bem mais importante de uma organização é o conhecimento, ou capital intelectual, e este capital inclui o conhecimento tácito como a experiência armazenada por cada colaborador e o conhecimento explícito como os documentos, políticas e procedimentos existentes. O conhecimento tácito para ser transmitido precisa ser convertido em palavras, números ou imagens que todos da corporação possam entender. Nesse processo de conversão do conhecimento tático em explícito é que o conhecimento organizacional é criado. O conhecimento e a experiência adquiridos com o tempo criam vantagens competitivas que não podem se copiados, onde numa economia incerta, apenas o conhecimento é fonte segura de vantagem competitiva.
Mostrar mais

42 Ler mais

A diversidade de género dentro do setor de tecnologia da informação: um estudo de caso sobre uma empresa de tecnologia brasileira

A diversidade de género dentro do setor de tecnologia da informação: um estudo de caso sobre uma empresa de tecnologia brasileira

2 Associação para a Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex) realizou um estudo que apontou que, em dez anos, não apenas diminuiu a proporção de mulheres no mercado de TI como também aumentou a diferença salarial entre homens e mulheres (estudo realizado em março de 2019) (Gonçalves, 2019). As mulheres são minoria no setor de tecnologia. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), realizada pelo IBGE, apenas 20% dos profissionais de TI são do sexo feminino. Este problema também é constatado nas universidades, onde elas representam apenas 15% dos estudantes de ciências da computação e engenharia, de acordo com o mesmo estudo. Essa ausência de diversidade não é negativa apenas no aspecto social, mas também causa prejuízos financeiros para as organizações (Lima, 2019). Ou seja, o ambiente da tecnologia é, hegemonicamente masculino. Diante deste cenário, é esperado que as mulheres encontrem mais barreiras para ascender a funções executivas nas áreas da tecnologia. Isso implica que os decisores, no que concerne à carreira, supostamente, sejam homens e esta balança continue a pesar mais para um lado do que para outro. Por mais que as empresas procurem medidas e políticas para promover a diversidade, os comportamentos sexistas e neosexistas ainda prevalecem dentro das suas próprias empresas, dificultando e criando barreiras para o ingresso das mulheres no setor da tecnologia. As desproporções são ainda mais acentuadas em alguns cargos de Core TI (e.g.: diretores de TI, técnicos de programação e engenheiros de computação) onde os homens representam mais de 87% dos ocupantes desses postos (Gonçalves, 2019). Além disso, segundo o estudo realizado pela Softex, em média, os homens ganham 11% mais que as mulheres da área, no Brasil. Uma das possíveis explicações levantadas pelo estudo para explicar o aumento da diferença salarial é a baixa participação das mulheres em cargos diretivos e de gestão, ou seja, o poder de tomada de decisão e os salários mais altos estão “nas mãos dos homens” (Gonçalves, 2019). O estudo ressalta ainda que os profissionais da área progridem na carreira à medida que se qualificam. Por isso, é notória a importância de estimular políticas públicas para o desenvolvimento da educação, bem como fomentar a participação da mulher no setor de TI.
Mostrar mais

109 Ler mais

Aplicação da técnica Spin selling​: estudo​ ​de​ ​caso​ ​em​ ​uma​ ​empresa​ ​de​ ​tecnologia​ ​da​ ​informação

Aplicação da técnica Spin selling​: estudo​ ​de​ ​caso​ ​em​ ​uma​ ​empresa​ ​de​ ​tecnologia​ ​da​ ​informação

O objetivo geral proposto para o presente trabalho foi de realizar um estudo da aplicação prática da técnica de SPIN ​Selling ​em uma empresa de tecnologia, intitulada empresa alfa. Ante ao exposto, os resultados obtidos foram satisfatórios pelo fato de todos os entrevistados terem apresentado um nível bom de conhecimento da técnica de vendas SPIN ​Selling​, o que permitiu à pesquisadora analisar como se aplica a técnica para diferentes usos (venda de produto ​ ​e​ ​engajamento​ ​de​ ​cliente)​ ​na​ ​empresa​ ​alfa,​ ​desde​ ​a​ ​sua​ ​teoria​ ​até​ ​a​ ​prática.
Mostrar mais

46 Ler mais

A GESTÃO DO CONHECIMENTO APLICADA AO SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

A GESTÃO DO CONHECIMENTO APLICADA AO SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

RESUMO O aumento do número de sistemas de informação, e suas integrações, tem elevado a complexidade do parque tecnológico organizacional. Uma vez que os processos organizacionais são atividades que envolvem pessoas, procedimentos e tecnologia, o setor de tecnologia da informação deve conhecer a relação entre os elementos pessoas, processos organizacionais e sistemas de informação para melhor gerir o parque tecnológico. A gestão do conhecimento pode ser útil no apoio ao conhecimento destes elementos. Neste contexto, o presente estudo objetiva analisar as práticas de gestão do conhecimento na percepção dos profissionais de tecnologia da informação. Para isto foi proposto um instrumento de pesquisa para identificar a percepção dos profissionais de tecnologia da informação. A pesquisa é caracterizada como descritiva, de abordagem quantitativa. A coleta de dados utiliza instrumento do tipo e-survey, com escala likert de cinco pontos, onde o público-alvo são profissionais de tecnologia da informação, atuantes na cidade de Belo Horizonte-MG. As técnicas de análise constituem em regressões marginais lineares, e análise fatorial. Como resultado conclui-se que os respondentes tendem em concordar com 78% das práticas propostas e, o percentual restante de 22%, os participantes não concordam e nem discordam das fases, sendo importante destacar que nenhuma fase apresenta tendência de discordância pelos respondentes. A percepção dos respondentes, sendo estes pessoas atuantes no setor de TI, fortalece a coesão das práticas propostas, haja vista que a proposição foi fundamentada em base teórica conceitual e percebida por indivíduos que vivenciam a realidade do setor de TI.
Mostrar mais

22 Ler mais

Gestão do conhecimento em micro e pequenas empresas: um estudo de caso da geração e gerenciamento do conhecimento na empresa Promaqi

Gestão do conhecimento em micro e pequenas empresas: um estudo de caso da geração e gerenciamento do conhecimento na empresa Promaqi

As micro e pequenas empresas (MPEs) necessitam adentrar nessa nova forma de produzir, disponibilizar e utilizar conteúdo da rede para que possam oferecer serviços que estejam sintonizados com o que os usuários necessitam além de saberem utilizar outros meios informacionais para aquisição de informação e posterior geração de conhecimento. Utilizar a Internet como ferramenta de obtenção de informações por vezes pode se tornar um problema, mas uma boa gestão dessas informações pode trazer benefícios únicos e de forma barata para esse setor que é responsável por mais de 90% dos empregos do país. Juntos da necessidade de informações e a abertura de canais de comunicação com os usuários e colaboração dos funcionários é notória a grande massa do fluxo informacional que pode ser utilizado de forma benéfica para a produção e/ou melhoria de produtos e serviços. A necessidade de analise desse fluxo de informação para a geração de conhecimento faz-se necessária uma vez que as pequenas e médias empresas podem estar subutilizando as fontes de informação pertinentes aos seus interesses, seus produtos, consumidores e colaboradores.
Mostrar mais

80 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados