Top PDF Gestão pública: um estudo sobre a satisfação do servidor a partir do reconhecimento no trabalho

Gestão pública: um estudo sobre a satisfação do servidor a partir do reconhecimento no trabalho

Gestão pública: um estudo sobre a satisfação do servidor a partir do reconhecimento no trabalho

Esta pesquisa se trata de um estudo de campo de método quantitativo, o qual tem como elemento de estudo o reconhecimento no trabalho, traz com objetivo geral conhecer os fatores de satisfação que afetam o servidor da Diretoria da Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, a partir do reconhecimento no trabalho. A DGTES é composta por 39 servidores, e estar dividida em duas Gerencias: Gestão do Trabalho e Gerência da Educação na Saúde; estar localizada na sede da SMS, no bairro da Torre. Participaram desta pesquisa 32 servidores da referida diretoria, dos quais 24 mulheres e 8 homens.Para participarem desse estudo os voluntários foram informados sobre os objetivos do estudo e assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Na análise dos resultados forma identificados que o fator de maior importância para manter a satisfação no trabalho para os servidores respondentes do questionário é remuneração com 44%, seguido de fazer o que gosta com 31%. Sobre o reconhecimento percebe-se que a metade dos trabalhadores não foi contemplada com nenhum tipo de reconhecimento no trabalho. Também foi identificado que mais causa sofrimento no espaço de trabalho é ser cobrado por resultados sem recursos ou ferramentas adequadas e suficientes para a realização das tarefas.
Mostrar mais

35 Ler mais

INFLUÊNCIA DA SOCIALIZAÇÃO NA SATISFAÇÃO: AS MAIORES DIFICULDADES PARA A ADAPTAÇÃO DO SERVIDOR

INFLUÊNCIA DA SOCIALIZAÇÃO NA SATISFAÇÃO: AS MAIORES DIFICULDADES PARA A ADAPTAÇÃO DO SERVIDOR

Com o progresso do pensamento administrativo, a mudança na estrutura organizacional tem sido cada vez mais necessária para se adequar ao novo modelo de gestão de pessoas que hoje deixou de ser apenas um departamento de pessoal, responsável por contratações, demissões e elaboração de folha de pagamento para transformar-se em um setor que trata também de gerir pessoas, sendo responsável desde o momento do recrutamento e seleção passando pelo treinamento, capacitação, desenvolvimento e manutenção destas pessoas nas organizações. De todas as atividades pertinentes ao setor de Gestão de Pessoas foi verificada a inexistência de um processo de integração na Universidade do Estado Amazonas, diante desta situação foi dado enfoque em um estudo sobre a influência da socialização em relação à satisfação dos servidores da Universidade do Estado do Amazonas e foi elaborada uma proposta de Integração para os servidores da UEA. Diante disso, o presente artigo objetivou explanar sobre os principais elementos característicos da gestão de pessoas como a Evolução do setor de Recursos Humanos e também como se deu esta evolução no Brasil bem como o contexto atual do setor de recursos humanos e a importância do Processo de Integração nas empresas. A partir de uma análise teórica, em literatura especializada, para atingir o objetivo proposto, a pesquisa desenvolvida caracterizou-se como descritiva, com abordagem qualitativa em face dos conceitos dos diversos autores citados no decorrer do projeto. Justificou-se este estudo pela necessidade de se propor uma sugestão de melhoria para ser implementada na UEA para o momento de ingresso dos novos servidores, para desta forma minimizar os diversos problemas decorrentes da falta de um Processo de Integração de Pessoal.
Mostrar mais

24 Ler mais

A relação entre reconhecimento e satisfação com a supervisão mediada pela justiça procedimental : o papel moderador da clareza do trabalho

A relação entre reconhecimento e satisfação com a supervisão mediada pela justiça procedimental : o papel moderador da clareza do trabalho

A satisfação com a supervisão previne intenções de turnover, o que traz repercussões impactantes para a retenção dos empregados mais eficientes e no sucesso organizacional. Neste estudo, procurámos avaliar a relação entre o reconhecimento obtido e a satisfação com o supervisor, mediada pela percepção de justiça procedimental, bem como o eventual efeito de moderação da clareza do papel nesta relação. Os participantes foram trabalhadores de um grande município português da função pública (n=2232). Os resultados mostraram a existência de uma relação positiva significativa entre o reconhecimento e a satisfação com a supervisão, mediada pelas percepções de justiça procedimental dos empregados, tendo sido refutada a hipótese de moderação da clareza do papel nesta relação. Conclui-se que um bom desempenho verificado em empregados mais motivados, mais satisfeitos e de maior valor para a sobrevivência e o sucesso organizacional, não depende apenas das atitudes mais corretas adotadas pelos seus representantes de poder; mais do que já alguma vez se pensou, importa sobretudo que os empregados percepcionem como justos os procedimentos condutores das decisões, adotados pelo líder relativamente aos resultados organizacionais. Este efeito significativo das suas percepções de justiça advém do significado que dão aos atributos, no seu ambiente social de trabalho, percebidos como significativos ao seu bem-estar organizacional. Os resultados do estudo permitem sugerir novas abordagens de investigação bem como implicações práticas para a Gestão de Recursos Humanos.
Mostrar mais

41 Ler mais

SATISFAÇÃO NO TRABALHO DO DOCENTE DE LÍNGUA INGLESA: um estudo exploratório na rede pública estadual de Palmas - TO

SATISFAÇÃO NO TRABALHO DO DOCENTE DE LÍNGUA INGLESA: um estudo exploratório na rede pública estadual de Palmas - TO

Encontra-se ainda com marcada presença em estudos realizados sobre a safisfação, relações e influências da Teoria das Necessidades Humanas Básicas. Aao nos reportarmos à teoria de Herzberg, que baseado nos princípios de Maslow, desenvolveu a Teoria dos Dois Fatores. Assim, para Herzberg, há necessidades motivadoras - que dizem respeito à realização, ao reconhecimento da responsabilidade, ao trabalho propriamente dito, à possibilidade de progressão na carreira que proporciona ao profissional gozar a satisfação e o sentimento de felicidade, e necessidades contextuais – salário, políticas internas da empresa e que se referem à gestão, as relações institucionais, interpessoais, condições de trabalho apropriadas e satisfatórias além da estabilidade/segurança, que atendem à intenção de proteger-se da dor e do alívio momentâneo da insatisfação e da infelicidade (Herzberg, 1968, citado por Herzberg, 1997a). O autor posiciona- se afirmando que não procede a idéia de que “se não é satisfatório, então é insatisfatório”, quando se analisa as questões do comportamento do sujeito em seu contexto laboral, ou seja, a satisfação e a insatisfação são fenômenos independentes, que nem sempre estão relacionados.
Mostrar mais

90 Ler mais

Avaliação do impacto da formação continuada do servidor público: um estudo na Escola de Gestão Pública do Estado do Ceará

Avaliação do impacto da formação continuada do servidor público: um estudo na Escola de Gestão Pública do Estado do Ceará

O presente estudo investiga a avaliação de impacto das ações de capacitação do Programa de Ouvidores do Estado do Ceará, e como é influenciado pelas características do suporte organizacional, transferência de treinamento e suporte da aprendizagem contínua, segundo os modelos MAIS e IMPACT. Portanto, tem-se a seguinte questão de pesquisa: Quais os impactos do Programa de Formação de Ouvidores para a melhoria da qualidade dos serviços de Gestão Pública do Estado do Ceará? Sendo assim, o objetivo geral do estudo é avaliar os impactos do curso de Formação de Ouvidores Egressos realizados na EGP-CE no período de 2011 a 2013. O desenvolvimento desse estudo foi exposto à luz da proposição de Bruyne et. al. (1977), cuja proposição epistêmica Quadripolar (epistemológico, teórico, morfológico e técnico) estabelece uma via metodológica proposto por Popper (2007). Os dados quantitativos foram colhidos através de questionários, desde as ações instrucionais ocorridas entre os anos de 2011 e 2013 colhidos de 72 ouvidores participantes da administração direta do Estado do Ceará. Os dados qualitativos foram aplicados a 9 instrutores e 11 gestores por entrevistas semiestruturadas. Os dados foram tratados através da análise fatorial e equações estruturais que apresentaram bons índices de confiabilidade. Os resultados evidenciaram que Suporte Organizacional e à Transferência são importantes preditores de impacto, evidenciados por variáveis relacionadas ao apoio gerencial, melhoria na rotina de trabalho, autonomia e melhoria de indicadores, gerando impactos para a satisfação do usuário.
Mostrar mais

281 Ler mais

A voz do servidor público da UFPA: um estudo sobre os sentidos da promoção da saúde no local de trabalho

A voz do servidor público da UFPA: um estudo sobre os sentidos da promoção da saúde no local de trabalho

Introdução: A Política Nacional de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal (PASS) se consolidou como política de Estado, sendo um instrumento legal das ações de promoção e vigilância a saúde entre os órgãos públicos da Administração Pública Federal do executivo. A PASS norteia-se por três eixos: assistência à saúde do servidor; perícia em saúde e vigilância e promoção à saúde. Esse último eixo preconiza que sejam desenvolvidas ações transformadoras nos contextos de trabalho, capazes de repercutir em ganho de saúde para os servidores. Metodologia: Estudo descritivo e exploratório; abordagem de pesquisa qualitativa, com aporte teórico- metodológico das práticas discursivas de Spink (2010). A pesquisa se constituiu de entrevistas semiestruturadas e teve como objetivo investigar os sentidos atribuídos a promoção da saúde pelos servidores da UFPA. Participaram da entrevista 17 (dezessete) servidores públicos federais do quadro de pessoal da UFPA. Resultado e discussão: A análise das entrevistas ocorreu por meio de dois processos distintos: o conhecimento dos servidores acerca da “saúde” e da “promoção da saúde”, evidenciado por meio de termos/palavras, e o da elaboração de quatro categorias que emergiram a posteriori, das falas dos participantes, sendo: 1- os sentidos acerca da promoção da saúde no local de trabalho; 2- ganhos de saúde no trabalho com a promoção da saúde; 3 promoção, vigilância e intervenção em saúde; e 4- informação, a base para o ganho de saúde. As categorias foram interpretadas a partir das narrativas, à luz dos parâmetros dos cinco campos centrais de ação da promoção da saúde propostos na carta de Ottawa, das diretrizes que integram o conjunto de ações da PASS e do referencial teórico. O resultado da pesquisa apontou a necessidade
Mostrar mais

161 Ler mais

Estudo bibliográfico sobre a gestão pública com foco na transparência

Estudo bibliográfico sobre a gestão pública com foco na transparência

A partir deste momento do trabalho com a seleção do portfólio bibliográfico, realizar-se-á a análise bibliométrica dos artigos, a qual segue o modelo proposto a partir da figura 4 e busca os seguintes aspectos: (i) Análise temporal dos artigos. (ii) Palavras-chave. (iii) Locais de publicação. (iv) Relevância dos artigos. (v) Característica de autorias. Tais procedimentos se justificam na medida em que contribuem para resposta ao objetivo final, na medida em que tem a capacidade de situar acerca das principais características das publicações a serem analisadas, e como essas características influenciam no desempenho do tema pesquisado, questão esta proposta no problema de pesquisa deste estudo. Esses resultados serão apresentados no item 4.2 ―resultado da análise bibliométrica‖.
Mostrar mais

67 Ler mais

Profissionalização da função pública: estudo sobre o processo de avaliação de desempenho do servidor em estágio probatório

Profissionalização da função pública: estudo sobre o processo de avaliação de desempenho do servidor em estágio probatório

A avaliação de desempenho do servidor público no período do estágio probatório, exigida a partir da Emenda Constitucional nº 19/1998, tem por finalidade analisar, no período de três anos, se o profissional aprovado em concurso público possui as habilidades e competências necessárias ao desenvolvimento do cargo público em que teve provimento, bem como permitir que a Administração Pública possa acompanhá-lo e propor treinamentos e políticas de adaptação ao cargo. Com essa configuração, a avaliação especial de desempenho, como é denominada, em sua natureza é instrumento de profissionalização da função pública que pode refletir na maximização da eficiência administrativa. O objetivo desse trabalho foi investigar se a avaliação especial de desempenho submetida ao servidor do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) está em consonância com o sistema jurídico vigente e possui efetividade na sua operacionalização. Para tanto, foi realizado um estudo de caso no MPRN no qual preponderaram três técnicas de levantamento de dados: a) documental, feita a partir dos documentos oficiais da instituição, principalmente a Resolução nº 243/2013-PGJ, que regulamenta o instituto avaliativo; b) aplicação de questionários online, desenvolvido por meio da plataforma survey monkey, submetidos aos servidores efetivos que ingressaram em 2011 e concluíram o estágio probatório em 2014 e que permaneceram na instituição; c) e entrevista semiestruturada com representantes da Diretoria de Gestão de Pessoas (DGEP) e da Comissão de Estágio Probatório. Na análise dos dados utilizou-se o método bibliográfico e exegético para discutir os aspectos relacionados à legalidade, em que se analisou a correspondência objetiva da Resolução institucional com as normas previstas na Constituição Federal e legislação estadual (regras gerais). Para a discussão referente à efetividade, utilizou-se da estatística descritiva na apresentação dos dados quantitativos e da análise do conteúdo na interpretação dos dados qualitativos. Concluiu-se que a avaliação especial de desempenho do MPRN atende às formalidades legais e, de outra parte, no viés da efetividade, precisa implementar práticas que diminuam a possibilidade de julgamentos subjetivos pelo avaliador e que promovam a comunicação entre a Administração Superior, os estagiários e avaliadores, conciliando o desenvolvimento administrativo com o individual.
Mostrar mais

128 Ler mais

Um estudo comparativo dos níveis de satisfação e o grau de importância da qualidade de vida no trabalho em uma Instituição Pública

Um estudo comparativo dos níveis de satisfação e o grau de importância da qualidade de vida no trabalho em uma Instituição Pública

Nos dias atuais, o cenário mundial se caracteriza por constantes transformações que impõem às organizações mudanças contínuas em seus modos de gestão, as quais exigem profissionais cada vez mais capacitados para atenderem à demanda do mercado. Entretanto, ao tempo em que se tornam mais produtivas e competitivas, constatam mais adoecimento físico e psicológico de seus profissionais. Neste contexto, surge a necessidade de investimento na Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) para minimizar e erradicar tais efeitos negativos. Diversos conceitos são atribuídos à QVT, mas por ser um tema complexo não há um consenso acerca de sua definição. Modelos avaliativos de QVT surgem, principalmente, a partir da década de 70 e se destacam como referência ainda nos dias atuais. Este estudo, de caráter quantitativo, tem como objetivo realizar uma análise comparativa entre os graus de satisfação e os graus de importância atribuídos à QVT sob a ótica dos servidores, terceirizados e gestores de uma instituição publica federal. Como ferramenta de coleta de dados, utiliza-se um questionário baseado no Modelo de Walton, que identifica oito fatores relacionados à QVT. Para as interpretações e análises dos resultados aplicam-se os métodos estatísticos clássicos: análise exploratória de dados e inferência estatística, em particular, os testes de hipóteses não-paramétricos, teste de Wilcoxon e teste de Mann-Whitney. Os resultados obtidos revelam que, para todos os fatores, o grau de satisfação dos servidores está em discordância negativa em relação ao grau de importância. Conclui-se, portanto, que esses fatores apresentam uma deficiência em relação à QVT, e que este déficit resulta de um desequilíbrio entre as reais necessidades dos servidores, dada a importância que atribuem à QVT e o não atendimento das mesmas pela instituição pesquisada.
Mostrar mais

82 Ler mais

Gestão por competências na Gestão Pública: um estudo sobre competências comportamentais no CRAS - PB

Gestão por competências na Gestão Pública: um estudo sobre competências comportamentais no CRAS - PB

Quanto a realizarem mudanças no processo de trabalho, foi possível perceber que isso não acontece, as profissionais assistente social, psicóloga e recepcionista relataram que as decisões são apenas seguidas, e a técnica administrativa apesar de responder que busca realizar, não demostrou nenhuma atitude em relação a mostrar melhoras para atender ao cidadão. O usuário está ali para ser ajudado diante de suas necessidades, quando ele procura a organização está precisando de ajuda, não sabe exatamente o que deseja, mas precisa de alguma ajuda para descobrir. E, é a partir deste momento que ele cria à boa ou má impressão que têm com a organização e o modo como à ajuda a suprir suas necessidades. A essa competência pode-se dizer a organização expressa de maneira regular, o que é preocupante, pois, por se tratar de um CRAS, essa competência precisa ser expressa pelos seus funcionários, visto que ela é de grande importância, é a finalidade fim da organização.
Mostrar mais

71 Ler mais

A Psicodinâmica do Reconhecimento no Trabalho de Informática de Terceirizados e Concursados de uma Instituição Pública

A Psicodinâmica do Reconhecimento no Trabalho de Informática de Terceirizados e Concursados de uma Instituição Pública

Outro trabalho com profissionais de informática, foi a tese de Merlo (1999), que resultou no livro “A informática no Brasil: prazer e sofrimento no trabalho”. Pesquisa realizada com analistas de informática da Brasildados, filial de Porto Alegre, aborda em detalhes a organização do trabalho desses profissionais (bastante taylorizada), identificando de imanente ao ofício o sofrimento e patologias. Além dos analistas os digitadores também foram investigados. Nos analistas foi identificado como característica desses profissionais a aceleração, sofrimento psíquico e ‘marcas do trabalho’, que são movimentos e formas de pensar que são acompanham os analistas nos espaços fora do trabalho. Esses profissionais utilizando-se de estratégias defensivas como a perda da memória recente – como “ideologia defensiva”. A profissão foi escolhida após uma formação universitária e foi considerada pelos participantes como uma “profissão completa”. Foi registrada a necessidade de adaptação constante do que está prescrito nos manuais, mas com razoável espaço para criação quando diante do real – considerado um trabalho com possibilidade de sublimação. A maior parte do trabalho é realizada isoladamente e manifestou-se a necessidade de reconhecimento. A valorização do trabalho entre os pares é rara, devido à divisão do trabalho, mas o reconhecimento pelo cliente existe, embora algumas vezes essa satisfação possa mudar de uma hora para outra, caso alguma falha seja identificada (o que acontece eventualmente). Assim, conclui-se que o julgamento de beleza, realizado pela direção, pela tarefa cumprida e até pela burla necessária para dar conta dos prazos previstos, existe de forma limitada e sem qualidade. Observou-se que nas funções de criação aparecem algumas formas de agressão psíquica por causa da responsabilidade do posto e pressões própria do cargo.
Mostrar mais

130 Ler mais

Sobre a gestão financeira de escola pública: um estudo de caso

Sobre a gestão financeira de escola pública: um estudo de caso

A maioria dos respondentes colocou que os recursos financeiros disponibilizados pelos governos estadual e federal não eram suficientes para atender a demanda da manutenção e pedagógicas do Colégio. Conforme o Gráfico 3, anterior, grande parte dos respondentes desconhecia os valores recebidos pelo Colégio. Ressalta-se que a informação sobre esses recursos estão disponíveis para estudantes, professores e demais servidores da educação, assim como, para toda a comunidade escolar, em uma consulta ao site educacional do governo, e também no mural do Colégio.
Mostrar mais

51 Ler mais

Gestão da qualidade e sua relação com a satisfação e o  no trabalho de servidores técnico

Gestão da qualidade e sua relação com a satisfação e o no trabalho de servidores técnico

do trabalho e comunicação do líder) e a importância de macrofatores no contexto brasileiro (oportunidades de crescimento na carreira e de progresso profissional, sistema justo de promoções e influência da organização empregadora) como antecedentes fortemente associados ao vínculo com a organização (BORGES- ANDRADE, 1994). Também a preocupação da organização com o bem-estar de seus empregados é fator de comprometimento afetivo (GOMIDE JÚNIOR; SIQUEIRA, 2004). O programa da qualidade (Modelo Gespública) trata das dimensões “ambiente de trabalho, “valores e cultura e “remuneração e benefícios” como modos e processos gerenciais estabelecidos na SRTE/CE por seus dirigentes. Os resultados desta pesquisa evidenciam que expectativas dos servidores técnico- administrativos relacionadas a essas dimensões não foram atendidas e por vezes, sequer consideradas. Isso pode ter relação com a piora do comprometimento no trabalho de servidores. A necessidade de continuar investigando os modos de gestão e objetivos do programa da qualidade pode ser fator de redução nessa piora uma vez que a insatisfação dos servidores nessa área pode ter impacto direto no seu comprometimento afetivo com a instituição. Ampliar a participação dos servidores na elaboração de objetivos e políticas da SRTE/CE deve ser estimulada, superando o convite de participar apenas na aplicação de modos de gestão como está estruturado o programa da qualidade. Desse modo, para que o servidor se comprometa com o programa da qualidade
Mostrar mais

144 Ler mais

Controle interno na gestão pública: o caso da assistência à saúde suplementar do servidor da UFC

Controle interno na gestão pública: o caso da assistência à saúde suplementar do servidor da UFC

De concreto, é fato que tal regramento não é integralmente cumprido pela SRH. Após a exigência inicial de apresentação do comprovante de pagamento do plano de saúde, ocorrido em setembro de 2008, somente em junho de 2010 foi que a SRH passou a cobrar a apresentação de tais comprovantes em regime semestral. Novamente a fragilidade dos procedimentos de controle interno se faz sentir. Portanto, ao não adotar a obrigatoriedade da comprovação mensal de pagamento do plano de saúde, o órgão gestor local, no caso a SRH/UFC, submete a risco a segurança dos pagamentos efetuados. Por outro lado, o servidor que, por um motivo qualquer, resolve cancelar seu plano de saúde e não atenta ou desconhece a necessidade de imediata comunicação ao órgão gestor local fica sujeito à devolução dos valores recebidos durante o espaço temporal decorrido entre a data do cancelamento do contrato e o da comprovação semestral, criando, em tais casos, uma situação de certa forma constrangedora para o servidor e perfeitamente evitável se observado na íntegra o que determina a norma legal.
Mostrar mais

103 Ler mais

Um estudo sobre a repercussão do conflito trabalho – família e família – trabalho na satisfação no trabalho e na família e sua consequência na satisfação do hóspede: o caso da rede hoteleira de Porto de Galinhas

Um estudo sobre a repercussão do conflito trabalho – família e família – trabalho na satisfação no trabalho e na família e sua consequência na satisfação do hóspede: o caso da rede hoteleira de Porto de Galinhas

Os funcionários acima de 34 anos da amostra foram os que se mostraram mais satisfeitos com o seu trabalho, o que pode ser reflexo do amadurecimento profissional e/ou da dificuldade de oportunidade de empregos quando a idade avança. Dagis e Newstrom (1992, pg. 125) corroboram dizendo “á medida em que os empregados vão ficando mais velhos, tendem a mostrar-se ligeiramente mais satisfeitos com seus cargos. Aparentemente, acabam por diminuir suas expectativas para níveis mais realistas, ajustando-se melhor às respectivas situações de trabalho”. Porém, os pesquisados apresentaram leve nível de conflito entre trabalho e família devido ao tempo que o trabalho demanda deixando de atender as responsabilidades familiares. Múltiplos papéis podem competir pelo tempo de uma pessoa. Greenhaus e Beatell (1985) colocam que o conflito entre o trabalho e a família está positivamente relacionado ao número de horas de trabalho semanais, horas extras e irregularidade de trabalho em turno. O que conforme Mullins (2004, pg 28) “na hotelaria faz parte da atividade trabalhar durante longas horas , inclusive fora do horário normal”.
Mostrar mais

175 Ler mais

Casamentos contemporâneos : um estudo sobre os impactos da interação família-trabalho na satisfação conjugal

Casamentos contemporâneos : um estudo sobre os impactos da interação família-trabalho na satisfação conjugal

acordo com os dados do último censo divulgados pelo IBGE (2003), na última década, o  número  de  famílias  ­  de  qualquer  espécie  ­  cresceu  duas  vezes  mais  que  a  população  como  um  todo,  embora  o  número  de  divórcios  tenha  triplicado  e  o  de  casamentos  de  papel  passado diminuído  em 12%.  Somados  a  esse  panorama  estatístico  tanto  a  mídia  quanto  os  dados  dos  consultórios  psicológicos  e  as  queixas  gerais  de  pessoas  jovens,  adultas  e  maduras,  nos  apresentam  um  quadro  paradoxal  onde  as  pessoas  mostram­se  motivadas  a  ingressar  em  um  relacionamento  conjugal  mesmo  que  esse  apresente  dificuldades.  Essa  aparente  contradição  sugere  que  há  cada  vez  mais  gente  formando  famílias  a  partir  de  novas  bases.  Há  uma  transformação  do  que  era  o  modelo  hegemônico  de  família  e  também  mais  pessoas  optando  por  formatos  menos  tradicionais. Como coloca Vaitsman (1994) a inexistência de um modelo dominante é o  que caracteriza atualmente os casamentos e famílias. Isso nos leva a pensar que, quando  havia  clareza  e  consenso  sobre  o  que  era  uma  família  e  um  casamento,  era  mais  fácil  para as pessoas darem conta da tarefa. Ainda hoje, quando ouvimos a história de alguém  que  formou uma família,  logo nos vem a imagem de um casal  heterossexual com seus  filhos.  Dificilmente  imaginamos  uma  situação  como  essa:  um  casal  homoafetivo  que  mora com um amigo heterossexual e sua filha que é cuidada e criada pelos três  4  . 
Mostrar mais

293 Ler mais

Gestão de qualidade : estudo sobre a qualidade dos serviços e a satisfação dos clientes em piscinas municipais

Gestão de qualidade : estudo sobre a qualidade dos serviços e a satisfação dos clientes em piscinas municipais

Para medir o serviço de qualidade, Alexandris e colaboradores, em 2004, desenvolveram uma escala baseada no modelo proposto por Brady e Cronin (2001). Esta escala resulta das seguintes escalas referenciadas na literatura: a SQS (Service Quality Scale) relativa à medição da qualidade de interacção, qualidade de instalações e qualidade do resultado; the Sport Commitment Scale (Scanlan et al., 1993); uma adaptação da versão da escala de Oliver’s referente à Satisfação dos clientes e para medir a Comunicação “Passa- Palavra” utilizamos uma escala de três itens. Em estudos anteriores (Alexandris et al, 2001; Zeithaml et al., 1996) foram utilizados itens similares para a medição deste factor.
Mostrar mais

104 Ler mais

Gestão de satisfação e fidelidade do cliente na hotelaria :um estudo sobre os fatores que influenciam a satisfação e a fidelidade do turista internacional no Brasil

Gestão de satisfação e fidelidade do cliente na hotelaria :um estudo sobre os fatores que influenciam a satisfação e a fidelidade do turista internacional no Brasil

GIL, A. Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5ta ed., São Paulo: Atlas, 1999. GONÇALVES, C. A, et all. Avaliação de um modelo de mensuração de desempenho de serviços oferecidos por empresas públicas. VII Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, Lisboa-Portugal, 8-11 Out. 2002. GONÇALVES FILHO, C.; GUERRA, R. S.; MOURA A.I. Mensuração de satisfação, qualidade, valor e expectativa em instituições de ensino superior: um estudo do modelo ACSI através de equações estruturais. XXVII Encontro Nacional dos Programas de Pós- Graduação em Administração -ANPAD, Atibaia- São Paulo, 20-24 de Setembro de 2003. GONZALEZ, M. O. A.; AMORIM, C. G.; RAMOS, R.E.B. A relação entre a satisfação e a fidelidade do cliente com a lucratividade da empresa. XXIV Encontro Nacional de Engenharia de Produção -ENEGEP, Florianópolis-Brasil, 3-5 Nov. 2004, p.8.
Mostrar mais

143 Ler mais

A avaliação de desempenho do servidor e a reforma do Estado: a busca de novos paradigmas à gestão da coisa pública

A avaliação de desempenho do servidor e a reforma do Estado: a busca de novos paradigmas à gestão da coisa pública

No capítulo segundo se discorrerá sobre a interdisciplinaridade do Direito Administrativo e da Administração Pública com os postulados, saberes 0 técnicas hauridos da Administração (ci[r]

402 Ler mais

O trabalho em saúde mental: um estudo de satisfação e impacto.

O trabalho em saúde mental: um estudo de satisfação e impacto.

Apesar da importância, no planejamento de políticas públicas, do conhecimento da satisfação e do impacto do trabalho nos profissionais de saúde mental, há es- cassez de estudos sobre o assunto no Brasil. Este estudo investigou a satisfação e o impacto do trabalho em 133 profissionais de quatro serviços de saúde mental do Rio de Janeiro, com as escalas SATIS-BR, IMPACTO-BR e um questionário sobre características sócio-demo- gráficas e do trabalho. Para a análise das associações entre variáveis foram empregados os testes Kruskal- Wallis, Mann-Whitney, qui-quadrado e regressão line- ar múltipla. O programa SPSS 10.1 foi utilizado nas análises. O escore médio de satisfação foi de 3,30 e o es- core médio de impacto foi de 2,08, em escala variando de 1 até 5. Sessenta e dois vírgula quatro por cento dos profissionais apresentaram um nível intermediário de satisfação. Observou-se que quanto maior a escolari- dade, menor a satisfação. O impacto do trabalho não está associado com quaisquer das variáveis estudadas. O nível intermediário de satisfação obtido é compatí- vel com os resultados de outros estudos. O impacto do trabalho sobre estes profissionais é reduzido. Diferen- temente de outros estudos realizados nos Estados Uni- dos e Europa, não foram observadas diferenças entre equipes hospitalares e comunitárias.
Mostrar mais

9 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados