Top PDF Gestão de resíduos sólidos: um estudo de caso no Partage Shopping Campina Grande

Gestão de resíduos sólidos: um estudo de caso no Partage Shopping Campina Grande

Gestão de resíduos sólidos: um estudo de caso no Partage Shopping Campina Grande

O “Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos”, como pode-se ver na pesquisa, não pode ser apenas um plano, precisa ser gerenciado a todo momento, pois se trata de uma operação dinâmica, que necessita de acompanhamentos para evitar que a operação fuja do planejado ou até mesmo seja executada de forma indevida, necessita ser fiscalizado, para garantir que todos envolvidos estejam de fato cumprindo o que foi estabelecido em contrato, necessita de revisão para verificar se os meios utilizados continuam sendo aplicados corretamente ou se estão adequado a continuidade do plano. Dito isto, o PGRS do Partage Shopping precisar ser reavaliado, para que possa ser mais técnico e fundamentado em normas que lhe dê a devida diretriz e respaldo, como também ser reavaliado a operacionalização, estruturação dos meios e criar ferramentas de controles, afim manter as ações de acordo com o plano.
Mostrar mais

20 Ler mais

Estudo de caso sobre gestão de resíduos sólidos da construção civil na cidade de Florianópolis

Estudo de caso sobre gestão de resíduos sólidos da construção civil na cidade de Florianópolis

A sustentabilidade dos centros urbanos tem se tornado cada vez mais importante para a conservação do meio ambiente. A indústria da construção civil é responsável por gerar aproximadamente metade dos resíduos sólidos urbanos, além de ser uma grande consumidora de matéria prima, logo, faz-se necessário que está indústria busque atender à legislação brasileira, referente à gestão dos resíduos sólidos gerados pelo seu processo. Através de um estudo de caso de uma obra na cidade de Florianópolis, este trabalho busca verificar o cumprimento da legislação de resíduos sólidos da construção civil dentro do canteiro de obras. Além do cumprimento da legislação, através de entrevistas com diversos colaboradores da obra, busca-se descobrir quaisquer dificuldades que tenham aparecido durante o processo de implantação. Os resultados deste trabalho mostram que a resistência a este modelo de gestão de resíduos ainda é altíssima e que são poucas as obras que compreendem a importância da sustentabilidade no canteiro de obras.
Mostrar mais

79 Ler mais

Gestão de resíduos sólidos – Estudo de caso de Shopping Center

Gestão de resíduos sólidos – Estudo de caso de Shopping Center

O presente trabalho tem como foco mostrar a gestão de resíduos em empreendimentos, com um estudo de caso em um tradicional Shopping Center de Fortaleza. Assim, foi explanado alguns pontos da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e de outras legislações, nacional, estadual e municipal. Além disso, foram feitos diversos levantamentos a respeito do setor de shoppings centers , de modo a mostrar como foi o comportamento dos centros comerciais ao longo de 10 anos, de 2006 a 2016. Após isso, evidenciou-se quais os tipos de resíduos e se quantificou a geração. Tal fato, deu-se através das análises dos relatórios mensais emitidos pelas empresas que realizam o gerenciamento de resíduos sólidos do shopping, assim como também dos tickets de pesagem dos resíduos recicláveis. Ainda, com essas informações, verificou-se o atendimento aos Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) e Planos de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS) e seus condicionantes. Ademais, foram propostas algumas oportunidades para otimizar o sistema de gestão de resíduos do empreendimento.
Mostrar mais

66 Ler mais

Gestão dos resíduos sólidos e logística reversa: um estudo de caso em uma organização do setor de construção civil

Gestão dos resíduos sólidos e logística reversa: um estudo de caso em uma organização do setor de construção civil

Na indústria da construção civil, a busca por desenvolvimento sustentável é importante em grande parte devido à alta produção de resíduos sólidos. Assim, a logística reversa surge como ferramenta para colaborar para uma gestão sustentável. Este trabalho corresponde a um estudo de caso realizado na construtora OAS. S.A. sobre o tratamento dado aos resíduos sólidos advindos da obra Vias de Acesso ao porto de Salvador. Os objetivos da pesquisa são, portanto, compreender como a empresa realiza a gestão dos resíduos sólidos na obra Vias de Acesso ao porto de Salvador, bem com verificar como a logística reversa é percebida pelos colaboradores e se é empregada no empreendimento. O estudo de caso foi desenvolvido a partir de entrevistas individuais, orientadas por um roteiro semiestruturado, e observação direta. Aplicou-se o método de análise de conteúdo, em que foi realizada leitura comparativa das citações dos sujeitos de pesquisa. O trabalho revelou que a logística reversa já é empregada no empreendimento da OAS. S.A. e é reconhecida como algo importante pelos gestores. Foi possível concluir que a logística reversa colabora para uma gestão sustentável da organização, possibilitando a reutilização dos resíduos sólidos e diminuindo os impactos gerados pelos mesmos no meio ambiente em torno da obra.
Mostrar mais

22 Ler mais

Gestão de resíduos sólidos: estudo de caso em uma instituição hospitalar em Belo Horizonte – MG

Gestão de resíduos sólidos: estudo de caso em uma instituição hospitalar em Belo Horizonte – MG

Com os avanços tecnológicos e o aumento da competitividade, emerge a necessidade, tanto legal quanto social, de as empresas descartarem corretamente seus resíduos, atendendo não só às exigências para seu funcionamento, como também as exigências do mercado. Nesse aspecto, a presente pesquisa teve como objetivo principal analisar a gestão de resíduos sólidos segundo a percepção de gestores que atuam em uma organização hospitalar, localizada na região metropolitana de Minas Gerais. O arranjo metodológico se norteou por um estudo de caso de abordagem qualitativa e descritiva, em um hospital localizado no estado de Minas Gerais. A coleta dos dados ocorreu por meio da realização de entrevistas semiestruturadas, a partir de um roteiro com quinze questões, aplicadas a dez gestores da empresa. Os resultados apontaram para a relevância de as organizações terem conhecimento dos resíduos que geram,
Mostrar mais

14 Ler mais

Gestão integrada de resíduos sólidos urbanos: um caso de estudo na Península de Setúbal

Gestão integrada de resíduos sólidos urbanos: um caso de estudo na Península de Setúbal

Identifica-se também que ao considerar-se como 75% o nível mínimo para a recolha dos resíduos, o peso da mão-de-obra é reduzido em contrapartida do peso dos combustíveis que aumenta. Esta situação poderá ser explicada pelo facto de ao exigir-se um nível de enchimento mais elevado, acaba-se por visitar menos ecopontos. Assim, tendo menos ecopontos no processo a duração total da rota é necessariamente menor (tendo em conta a duração específica para recolha dos resíduos em cada ecoponto), sendo que a distância percorrida poderá não decrescer na mesma medida.
Mostrar mais

238 Ler mais

Gestão de resíduos sólidos urbanos e perspetiva de melhoria. Caso de estudo: Assomada - Cabo Verde

Gestão de resíduos sólidos urbanos e perspetiva de melhoria. Caso de estudo: Assomada - Cabo Verde

v Esta dissertação tem por finalidade a caracterização da situação atual da gestão dos resíduos sólidos urbanos na cidade de Assomada, identificando as principais dificuldades associadas à gestão de resíduos e apresentando sugestões para a melhoria da estratégia de gestão de RSU na Cidade objeto de estudo. A avaliação da produção dos resíduos, caracterizando e quantificando os resíduos produzidos desde a origem da produção até o destino final, aliada ao grau de satisfação da população em relação à gestão de RSU e à disponibilidade para futura colaboração para a melhoria desta, e à perceção da população da Ribeira da Barca relativamente à localização da lixeira municipal. A metodologia adotada para o desenvolvimento do trabalho baseou-se em informações fornecidas pelos órgãos municipais, a Direção Municipal de Ambiente e Saneamento, em pesquisas bibliográficas, realizações de inquéritos à população servida pelos respetivos serviços e trabalho experimental (quantificação e caracterização dos resíduos e análises laboratoriais). Para que haja uma melhor gestão dos resíduos é preciso conhecer o que tem sido produzido. A pesquisa empreendida demonstra que a cidade enfrenta sérias dificuldades de gestão de RSU produzidos no município alvo de estudo. Também se constatou que as estratégias a implementar devem apostar principalmente na educação ambiental, dando um contributo para que as políticas públicas dinamizem a gestão integrada de resíduos integrando os diversos sectores da sociedade civil, para que estratégias mais eficazes sejam elaboradas.
Mostrar mais

99 Ler mais

A GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: UM ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE GUARATINGUETÁ

A GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: UM ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE GUARATINGUETÁ

A Resolução CONAMA nº 005/1993 define resíduos sólidos como: resíduos nos estados sólido e semissólido que resultam de ativida- des de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola e de serviços de varrição. Ficam incluídos nesta definição os lodos provenientes de sistemas de tratamento de água, aqueles gerados em equipamentos e instalações de controle de poluição, bem como determinados líquidos cujas particularidades tornem inviável o seu lançamento na rede pública de esgotos ou corpo de água, ou exijam para isso soluções técnica e economicamente inviáveis em face à melhor tecnologia disponível.
Mostrar mais

30 Ler mais

Estudo de caso de um posto de entrega voluntária na gestão de resíduos sólidos recicláveis, Florianópolis - SC

Estudo de caso de um posto de entrega voluntária na gestão de resíduos sólidos recicláveis, Florianópolis - SC

Desde os tempos mais remotos até pouco mais de um século atrás, antes de surgirem as primeiras indústrias na Europa, o lixo era produzido em pequena quantidade e constituído essencialmente de sobras de alimentos. A partir da Revolução Industrial, as fábricas começaram a produzir objetos de consumo em larga escala e a introduzir novas embalagens no mercado, aumentando consideravelmente o volume e a diversidade de resíduos gerados nas áreas urbanas. (CAMPOS et al, 2005) Além disso, a composição dos produtos ganhou complexidade devido ao incremento tecnológico e ao lançamento de novos produtos no mercado. Iniciou-se então a Era dos descartáveis, conceito criado em 1960 pelo crítico social Vance Packard (apud MARTINS, 2006), que descreve um novo modo de vida da sociedade americana, onde o espírito e o ego buscam sua satisfação no consumo de bens materiais, e ele previu que isto aconteceria numa taxa crescente. Ou seja, grande parte dos produtos é inutilizada e jogada fora com enorme rapidez.
Mostrar mais

63 Ler mais

Reciclagem e gestão de resíduos sólidos no município de Santana do Ipanema: um estudo de caso da atual situação

Reciclagem e gestão de resíduos sólidos no município de Santana do Ipanema: um estudo de caso da atual situação

O município coleta uma média de 23 toneladas por dia de resíduos, que chegam a uma média de 550 á 600 toneladas por mês. Cada município tem um custo por tonelada para mandar seus resíduos para o aterro, isso inclui também o setor privado. O município de Santana do Ipanema tem o custo de R$ 67,00 reais por tonelada para mandar seus resíduos para o aterro, o que dá uma média de R$ 1.541,00 de custo diário para o município, e de aproximadamente R$ 38.525,00 mensal. Valor esse que poderia ser reduzido caso o município realizasse algum tipo de ação de reciclagem e/ou compostagem de seus resíduos, através de cursos de capacitação para os trabalhadores da Core Ambiental e até mesmo os servidores municipais responsáveis pela limpeza da cidade e podendo incentivar a criação de uma associação para trabalhos de triagem e processamento de resíduos sólidos urbanos.
Mostrar mais

37 Ler mais

CONFLITO SOCIOAMBIENTAL NA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: ESTUDO DE CASO EM IGUATU, CEARÁ, BRASIL

CONFLITO SOCIOAMBIENTAL NA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: ESTUDO DE CASO EM IGUATU, CEARÁ, BRASIL

Em um estudo realizado em setembro de 2015, visando conhecer a percepção da população em relação ao destino final dos resíduos sólidos urbanos no município de Iguatu - CE, constatou-se, por meio de alguns relatos, que os participantes da pesquisa “argumentaram que gostariam que o lixão fosse mais afastado da cidade, deixando transparecer a preocupação maior com o aspecto cênico da paisagem, em detrimento da questão ambiental” (FEITOSA et al., 2016, p. 46). Alguns dos comentários observados foram: “Deveria ser mais distante da cidade e a prefeitura tomar uma medida”; “Muito feio na entrada da cidade”; “Era bom um local mais distante para não prejudicar a população” (FEITOSA et al., 2016, p. 46).
Mostrar mais

18 Ler mais

Gestão e caracterização dos resíduos sólidos da LUBNORPETROBRAS: estudo de caso

Gestão e caracterização dos resíduos sólidos da LUBNORPETROBRAS: estudo de caso

No ano de 2008, o levantamento realizado quanto à geração, ao descarte e aos tipos de resíduos foi feito de forma mais detalhada, onde se conseguiu, por exemplo, separar o resíduo borra oleosa dos trapos e papel contaminados com ela e os flex-pig, sendo a mesma estudada em separado. Neste estudo, incluiram-se também alguns resíduos que não foram caracterizados anteriormente, como embalagens metálicas contaminadas, resíduos contaminados com óleo ou produto químico, abrasivo de jateamento, cartuchos e tonners, e os resíduos de coleta seletiva (papel, papelão, plástico e metal), não incluindo junto com coleta seletiva os resíduos orgânicos da área administrativa, caracterizados separadamente.
Mostrar mais

157 Ler mais

Gestão de resíduos sólidos na CEAGESP

Gestão de resíduos sólidos na CEAGESP

Esta pesquisa mostra uma visão dos programas de gerenciamento de resíduos sólidos em uma empresa pública, com estudo de caso na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), que tem uma rede de entrepostos no qual se encontra o Entreposto Terminal de São Paulo (ETSP), considerado um dos maiores do mundo em volume de comercialização e principal da América Latina. Por meio desse estudo buscou-se atingir o objetivo principal de analisar a existência de programas de gestão de resíduos sólidos na Ceagesp procurando identificar sua relação com a sustentabilidade ambiental, que foi desenvolvido cumprindo os objetivos específicos de identificar, descrever e quantificar os resíduos sólidos provenientes da comercialização do ETSP, relacioná- los aos programas existentes na companhia relacionados com a sustentabilidade ambiental, e apresentar sugestões de ações sustentáveis que possam contribuir com melhorias para companhia. Foram apresentados conceitos teóricos de Sustentabilidade, Gestão de Resíduos Sólidos, PDCA, Resíduos Sólidos, sua classificação e destinação e a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Foram utilizadas as metodologias bibliográfica, documental, quantitativa e descritiva, além de questionários enviados as áreas responsáveis pelo assunto em questão, para responder os objetivos propostos por esse trabalho. Com os dados apresentados verificou-se a existência de vários programas de gestão de resíduos sólidos relativos à sustentabilidade ambiental, como a coleta seletiva, o encaminhamento dos resíduos sólidos para reciclagem, e o reaproveitamento de alimentos pelo Banco Ceagesp de Alimentos (BCA), além desses programas foram constatados vários outros ligados a sustentabilidade ambiental, como o Conpet, os programas de uso racional de água e energia (Pure) e (Pura), as licitações sustentáveis, e a Associação Nossa Turma. De acordo com os resultados apresentados foram propostas sugestões baseadas nos critérios de sustentabilidade e no ciclo PDCA. A Ceagesp deve continuar investindo na sustentabilidade ambiental porque além de trazer benefícios financeiros, contribui para a preservação do nosso planeta.
Mostrar mais

86 Ler mais

Gestão de resíduos sólidos não convencionais: o caso do GERESOL - Centro de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de Jundiaí – SP

Gestão de resíduos sólidos não convencionais: o caso do GERESOL - Centro de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de Jundiaí – SP

O estudo aborda questões que remetem à crença de um conflito entre Ecologia x Economia advindo da regulamentação de proteção do meio ambiente. Assim, analisa-se a solução para problemas ambientais de destinação de resíduos a partir da experiência do Centro de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de Jundiaí - GERESOL, no contexto da atitude de empresários e administradores públicos, ao considerarem a questão ambiental em suas decisões e adotarem concepções administrativas e tecnológicas ambientalmente sustentáveis. Da mesma forma, analisam-se alguns dos instrumentos típicos para o uso sustentável dos recursos naturais nas ações relativas ao Reuso e a Reciclagem.
Mostrar mais

12 Ler mais

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM EVENTOS: UM ESTUDO EM PARANAÍBA-MS

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM EVENTOS: UM ESTUDO EM PARANAÍBA-MS

O compromisso de coordenar corretamente os resíduos sólidos é da administração pública municipal, desde seu recolhimento até seu destino final, que tem que ser ambientalmente garantido. O lixo gerado e não recolhido, organizado de maneira anormal nas ruas, rios e córregos, ocasiona de imediato a obstrução de bueiros aumentando as enchentes no período das chuvas, além da extinção de área verde, mau odor, aumento de animais e insetos entre os quais se podem citar moscas, baratas e ratos, todos com sérios riscos à saúde pública. Uma pesquisa nacional de saneamento básico em 2008 apontou que uma a cada três cidades brasileiras apresentou caso de enchentes, de 2004 a 2008, e que 30,7% das Prefeituras acreditavam que os resíduos descartados em ruas, avenidas, rios, lagos e córregos foram a razão primordial para as enchentes nos municípios pesquisados (JACOBI; BESEN, 2011).
Mostrar mais

17 Ler mais

Gerenciamento de resíduos sólidos - Estudo de caso.

Gerenciamento de resíduos sólidos - Estudo de caso.

A prestação de serviços públicos de coleta, tratamento e destino final dos resíduos sólidos tem sido um dos maiores desafios para os tomadores de decisão visto que o gerenciamento dos processos e a insatisfação da sociedade, assim como opiniões divergentes no processo de decisão. Diante disso, torna-se necessário desenvolver metodologias que tenham como objetivo melhorias na tomada de decisão dos processos inerentes a gestão dos resíduos sólidos urbanos. Nesse sentido, o trabalho pretende apontar um modelo de gerenciamento a partir da percepção dos tomadores de decisão dos resíduos sólidos urbanos (RSU) no município do Crato, sendo uma pesquisa de natureza exploratória e descritiva. Através dos resultados obtidos pode-se considerar que modelo proposto foi avaliado utilizando dados de 26 critérios essenciais para a área de RSU. Considerando a sua importância, em cada atributo existente, pode-se concluir que o Modelo Multicritério Macbeth atingiu bons resultados mostrando sua eficiência fazendo a melhor análise de decisão, tendo como input a visão do tomador de decisão local. Assim, se considerou apropriada e eficiente à utilização da ferramenta aqui proposta para auxiliar na tomada de decisão, pelo fato de seus resultados serem precisos e condizentes com a situação analisada no trabalho.
Mostrar mais

6 Ler mais

O plano diretor como instrumento de gestão de resíduos sólidos: o caso de Campina Grande - PB

O plano diretor como instrumento de gestão de resíduos sólidos: o caso de Campina Grande - PB

Esse estudo se justifica pela necessidade de estudar os problemas de ordem ambiental, especialmente os resíduos sólidos que se encontram destacados no contexto das cidades, particularmente nas cidades em condições socioeconômicas complexas, como é o caso de Campina Grande-PB. O objetivo da presente pesquisa é analisar os planos diretores como instrumento de gestão de resíduos sólidos de Campina Grande-PB, incluindo no âmbito dessa discussão o arcabouço jurídico- urbanístico desse município. Em relação aos aspectos metodológicos, adotou-se o estudo de caso; A pesquisa também é documental e quanto aos fins foi considerada exploratória e descritiva. A obtenção de dados secundários foi a partir dos planos diretores de 1996 e 2006, da legislação urbanística (sites, artigos, dissertações e teses) sobre a temática e outros. Elaborou-se a seguinte hipótese de pesquisa: o conteúdo dos planos diretores e seus métodos são abstrações legais que não contribuem para a gestão dos resíduos sólidos no Município de Campina Grande- PB. De acordo com o embasamento teórico, há uma lacuna intensa entre o entendimento do que são os Planos Diretores de Campina Grande e o que poderiam ser. Os Planos Diretores deveriam ser instrumentos baseados na realidade do município dando destaque à questão política em detrimento da técnica. Em relação ao conteúdo, constatou-se que os Planos Diretores de Campina Grande foram elaborados de forma bastante genérica, não podendo ser considerados instrumentos de gestão de resíduos sólidos.
Mostrar mais

20 Ler mais

A vida que vem dos resíduos sólidos: contribuições dos catadores de materiais recicláveis em Campina Grande-PB

A vida que vem dos resíduos sólidos: contribuições dos catadores de materiais recicláveis em Campina Grande-PB

A ARENSA (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis da Comunidade Nossa Senhora Aparecida) criada oficialmente em agosto de 2010 vem contribuindo para que a gestão de resíduos sólidos aconteça no município de Campina GrandePB, propiciando a diminuição dos resíduos sólidos que são diariamente encaminhados para o aterro sanitário de Puxinanã-PB. .... A implantação da coleta seletiva nos bairros situados no entorno da sede da ARENSA, propiciassem o aumento de renda, melhoria das condições de trabalho, o reconhecimento e resgate da autoestima desse grupo de profissionais. A realização desse estudo foi possível observar que as condições de trabalho em que vivem os catadores e catadoras de materiais recicláveis da ARENSA ainda não são ideais para realização do bom desempenho de seu trabalho. Portanto, devido ao amplo processo de sensibilização e formação a que eles estão sendo constantemente submetidos foi possível a conquista de novas áreas (244 residências atendidas na área estudada; 7.006,4 kg de materiais arrecadados mensalmente), e, consequentemente, o aumento da renda mensal desses trabalhadores (de R$ 80,00 para R$ 235,31) (SOUSA, 2012, p.5).
Mostrar mais

51 Ler mais

Segregação dos resíduos sólidos hospitalares: Estudo de caso em hospital da rede pública de Campina Grande- PB

Segregação dos resíduos sólidos hospitalares: Estudo de caso em hospital da rede pública de Campina Grande- PB

Os resíduos sólidos são todos os restos sólidos ou semi-sólidos das atividades humanas ou não-humanas, que embora possam não apresentar utilidade para a atividade fim de onde foram gerados, podem virar insumos para outras atividades. Exemplos: aqueles gerados na sua residência e que são recolhidos periodicamente pelo serviço de coleta da sua cidade e também a sobra de varrição de praças e locais públicos que podem incluir folhas de arvores, galhos e restos de poda. Até algum tempo atrás (e em alguns lugares você ainda irá encontrar essa definição), os resíduos eram definidos como algo que não apresenta utilidade e nem valor comercial. No entanto, este conceito mudou. Atualmente a maior parte desses materiais pode ser aproveitada para algum outro fim, seja de forma direta, como por exemplo as aparas de embalagens laminadas descartadas pelas indústrias e utilizadas para confecção de placas e compensados, ou de forma indireta, por exemplo, como combustível para geração de energia que é usada em diversos processos (GUNTHER, 2004).
Mostrar mais

38 Ler mais

Análise de indicadores da gestão de resíduos sólidos urbanos na cidade de Campina Grande (PB) a partir da percepção dos atores sociais

Análise de indicadores da gestão de resíduos sólidos urbanos na cidade de Campina Grande (PB) a partir da percepção dos atores sociais

O presente estudo tem como objetivo fazer uma análise dos indicadores de sustentabilidade que auxiliarão a Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos na cidade de Campina Grande (PB), considerado as questões sociais, econômicas e ambientais. A pesquisa se caracteriza como descritiva de caráter exploratório e quantitativa. O trabalho foi realizado através de um levantamento bibliográfico, que serviu para fundamentar a questão em análise e, posteriormente, uma pesquisa de campo fez com que todo o levantamento descrevesse a realidade através da pesquisa realizada. A coleta de dados foi realizada com a aplicação de 100 (cem) questionários pessoais compostos de indicadores relacionados a questão do Resíduos Sólidos, tomando como base os estudos de GONÇALVES (2013) e POLAZ; TEIXEIRA (2009), os quais foram aplicados entre agentes de limpeza pública, estudantes, professores e a participação da sociedade em geral, permitindo assim, a análise dos referidos indicadores para diagnosticar e selecionar aqueles mais adequados para a perspectiva da Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos Sustentáveis indicados pelos atores sociais, que foram os responsáveis pelo índice de indicadores de sustentabilidade selecionados na pesquisa. Os resultados mostraram que os indicadores: coleta seletiva, educação nas escolas sobre os resíduos sólidos e seu manuseio e políticas para o meio ambiente são indicadores importantes para análise da gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos na cidade de Campina Grande (PB). Conclui-se que os indicadores permitiram uma análise quanto a realidade fática da problemática dos Resíduos Sólidos Urbanos, bem como um direcionamento para os gestores públicos, pesquisadores e para a sociedade quanto a uma adequada gestão dos resíduos sólidos no tocante as dimensões analisadas. Não revestindo-se essas políticas apenas de caráter peremptório, mas, que a atual Gestão de Resíduos Sólidos em Campina Grande ainda carece de um suporte maior no tocante a infraestrutura do local final para o depósito de tais resíduos, um incentivo maior as cooperativas de catadores de resíduos e, por fim, uma gestão integrada entre governo e sociedade, inicialmente através de uma educação ambiental e posteriormente, por uma incrementação estrutural do município, medidas estas que permitirão uma verdadeiro desenvolvimento sustentável da Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos.
Mostrar mais

146 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados