Top PDF Gestão da segurança do trabalho um estudo de caso no posto São Sebastião, São Bento - PB

Gestão da segurança do trabalho um estudo de caso no posto São Sebastião, São Bento - PB

Gestão da segurança do trabalho um estudo de caso no posto São Sebastião, São Bento - PB

Nos dias atuais com os avanços econômicos, políticos, sociais e tecnológicos as empresas buscam novos meios para se tornarem competitivos no mercado, ao mesmo tempo em que procuram proporcionar aos seus colaboradores um ambiente de trabalho com condições seguras e saudáveis. Como as pessoas constituem o principal patrimônio para qualquer organização, a implantação de normas de segurança como estratégia de negócio tornou-se fundamental para o sucesso das empresas. Neste contexto, o objetivo principal deste estudo é compreender como ocorre o processo de gestão da segurança do trabalho em um Posto Revendedor de Combustível, mostrando a percepção dos colaboradores acerca das práticas de segurança adotadas pela empresa e como os usos das ferramentas de segurança do trabalho contribuem para o bom desenvolvimento de suas atividades profissionais. O trabalho apresenta uma abordagem qualitativa e quantitativa através de uma pesquisa descritiva, com características de estudo de caso, sendo os dados obtidos a partir de uma entrevista e um questionário fechado, ambos adaptados do modelo de Melo (2002). A partir da análise de resultados notou-se que a empresa adota algumas normas de segurança, principalmente relacionadas ao fornecimento dos Equipamentos de Proteção Individuais e a sua fiscalização quanto ao seu uso, mas há resistência pelos colaboradores quanto ao uso destes. Portanto, conclui-se que a empresa pesquisada tem certa preocupação quanto à segurança de seus funcionários, buscando proporcionar um ambiente de trabalho confortável e com qualidade de vida. No entanto, torna-se necessário uma maior conscientização dos colaboradores para a importância da Segurança do Trabalho.
Mostrar mais

26 Ler mais

Estudo ergonómico de um posto de trabalho em contexto real: a atividade de picking

Estudo ergonómico de um posto de trabalho em contexto real: a atividade de picking

O conceito de organização do trabalho está no centro da ergonomia, sendo definida como o modo que o trabalho é estruturado, distribuído, processado e supervisionado. É uma característica ―objetiva‖ do ambiente de trabalho e depende de muitos fatores, incluindo o estilo de gestão, o tipo de produto ou serviço, o nível e o tipo de tecnologia e, ainda, as condições de mercado (Hagberg et al., 1995). Para além destes, a organização do trabalho lida com temas como os seguintes: agendamento de trabalho, como é o caso dos horários de descanso, horas de trabalho e trabalho por turnos; tipo de trabalho, como a complexidade de tarefas e esforço necessário para as cumprir; aspetos interpessoais de trabalho, no que diz respeito a relações com os supervisores e colegas de trabalho; preocupações de carreira, tais como a segurança no emprego e as oportunidades de crescimento; estilo de gestão, ou seja, uma gestão participativa e o trabalho em equipa; características organizacionais, tais como, por exemplo, a cultura e as comunicações (Carayon & Smith, 2000).
Mostrar mais

82 Ler mais

Práticas de contabilidade gerencial em organizações do terceiro setor: um estudo de caso no orfanato São Sebastião localizado no município de Monteiro – PB

Práticas de contabilidade gerencial em organizações do terceiro setor: um estudo de caso no orfanato São Sebastião localizado no município de Monteiro – PB

Em decorrer da história, em muitos momentos, os empreendimentos humanos sempre dependeram de uma boa gestão, de pessoas capacitadas para o trabalho e de sua eficiência para organizá-las para atingir os objetivos estabelecidos. Diante dessa necessidade, viu-se então a inevitabilidade de se criarem organizações pra que as metas exigidas pudessem vir de forma mais rápida e satisfatória. Representando o espeço onde as pessoas costumam empregar e demonstrar a sua competência, as organizações realizavam determinadas atividades indo a partir da utilização de inúmeros recursos econômicos, dando assim o embasamento para o empreendimento.
Mostrar mais

56 Ler mais

Gestão em segurança e saúde no trabalho

Gestão em segurança e saúde no trabalho

A saúde e segurança dos trabalhadores também pode ser afectada pelos problemas de violência no local de trabalho, juntamente com o stress, o álcool, o tabaco e o HIV/Sida. Este tipo de problemas está mais associado a factores de risco de natureza biológica e psicossocial e não é propriamente abrangido por áreas como a medicina do trabalho, a engenharia de segurança, a higiene do trabalho, a psicologia do trabalho ou a ergonomia. Os problemas da violência no local de trabalho, na perspectiva da prevenção dos riscos profissionais e da promoção da saúde dos trabalhadores, só ganharam visibilidade a partir dos anos 90. Primeiro, houve uma tomada de consciência da frequência e gravidade das formas de violência física e dos seus custos para as vítimas, as famílias, as empresas, a sociedade e o Estado. Mais tarde é que se começou a falar mais especificamente sobre outras formas de violência, mais subtis e mais psicológicas, como o assédio (sexual, primeiro; moral, depois).
Mostrar mais

125 Ler mais

Conformidade ergonômica dos controles no posto de trabalho do operador de trator: estudo de caso NH 7630

Conformidade ergonômica dos controles no posto de trabalho do operador de trator: estudo de caso NH 7630

Iida (2005) ressalta a importância do posicionamento do corpo humano em relação ao seu posto de trabalho, seus alcances e movimentos. Os movimentos que tendem a se afastar da posição normal do corpo, é chamado de abdução, tem-se como exemplo o movimento do membro inferior, para o acionamento de uma alavanca de pé, caso esse controle esteja posicionado em um local incorreto, pode ocasionar uma lesão para o operador em uso freqüente deste controle.

16 Ler mais

Estudo de caso de um posto de entrega voluntária na gestão de resíduos sólidos recicláveis, Florianópolis - SC

Estudo de caso de um posto de entrega voluntária na gestão de resíduos sólidos recicláveis, Florianópolis - SC

Como mostrado em ABRELPE (2009), a questão se agrava quando se trata de grandes centros urbanos, onde a mudança de hábitos da sociedade moderna tem levado a um aumento considerável na produção de resíduos sólidos domésticos. É o caso de algumas grandes cidades brasileiras que têm atingido padrões europeus na produção de resíduos sólidos, com índices que ultrapassam 1,2 kg/hab.dia considerando todos os resíduos manipulados pelos serviços de limpeza urbana (domiciliares, comerciais, de limpeza de logradouros, de serviços de saúde e entulhos). A Prefeitura Municipal de Florianópolis através de seu canal de notícias na internet (FLORIANÓPOLIS, 2011), divulgou que a partir dos valores de resíduos sólidos coletados em 2010 e considerando a população do município de Florianópolis em 404.224 habitantes (IBGE, 2010), a geração anual per capita de resíduos sólidos foi de 372,27 kg / hab.ano (=1,020 kg / hab.dia). Dessa forma, a capital catarinense figura como um dos municípios brasileiros com a maior taxa de geração de lixo per capita, sendo maior inclusive que grandes capitais como Curitiba, que tem taxa de geração de resíduos em torno de 0,72 kg/hab.dia.
Mostrar mais

63 Ler mais

Plano de emergência em posto de combustível um estudo de caso

Plano de emergência em posto de combustível um estudo de caso

Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), os desastres naturais afetaram mais de 500 milhões de pessoas entre 1970 e 2005, sendo o número de fatalidades superior a 1 milhão. A existência de planos de emergência e contingência poderiam ter minimizado a gravidade da maioria deles. Isto deixa claro a importância da existência de Planos de Emergência bem elaborados. O objetivo geral deste trabalho foi efetuar uma comparação do Plano de Emergência existente em um posto de combustíveis, com as normas em vigência. Para o desenvolvimento deste estudo foi selecionado um posto de combustíveis brasileiro e o método de avaliação escolhido foi uma Análise Preliminar de Risco (APR). O check list elaborado para o posto distribuidor de combustíveis foi apenas para avaliar situações de risco de incêndio e explosões. Esta análise mostrou ao posto distribuidor de combustíveis diversas situações em que poderiam ocorrer este tipo de emergência, após análise dos resultados entende-se que a situação do posto é pouco satisfatória do ponto de vista de segurança contra incêndio e explosões, visto que vários requisitos importantes de segurança deveriam ter sido implementados a bastante tempo, mas ainda não foram.
Mostrar mais

58 Ler mais

O Laboratório Didático de Ciências e Matemática na visão de professores do Ensino Médio: Um estudo de caso na cidade de São Bento - PB

O Laboratório Didático de Ciências e Matemática na visão de professores do Ensino Médio: Um estudo de caso na cidade de São Bento - PB

O objetivo do presente trabalho foi fazer uma análise do que pensam alguns professores de ciências e Matemática de uma escola pública, situada na cidade de São Bento, no sertão da Paraíba, no tocante a importância dos laboratórios didáticos no processo ensino-aprendizagem. A metodologia utilizada foi baseada na aplicação de um questionário contendo 08 questões objetivas, que foram respondidas por oito professores, sendo três de Física, um de Matemática, dois de Biologia e dois de Química. Inicialmente, foi feita uma revisão bibliográfica relacionada com o tema em questão. Com os resultados obtidos, realizou-se uma discussão, tomando como base as questões mais relevantes. Acreditamos que os resultados obtidos foram importantes, pois e podem ajudar de alguma maneira, os professores no exercício de sua prática docente.
Mostrar mais

23 Ler mais

Gestão estratégica e gestão por competências: um estudo de caso no Fórum de Patos – PB

Gestão estratégica e gestão por competências: um estudo de caso no Fórum de Patos – PB

A apresentação dos modelos evidencia as diferenças que são perceptíveis pelos integrantes da organização no gerenciamento do setor de recursos humanos. Enquanto que o modelo de gestão de pessoas tradicional está baseado em preceitos da administração científica, focado em processos rígidos e burocratas, com uma grande diferenciação entre os cargos e centralização das decisões pela equipe que integra o topo da pirâmide organizacional, o foco do modelo de gestão de pessoas por competências está voltado para eficácia da gestão de pessoas. A teoria GPPC tem como proposta desenvolver a organização de forma flexível, com a participação ativa dos colaboradores, englobando a existência de comportamentos e capacidades que algumas organizações dominam, voltando sua administração para o crescimento do seu quadro profissional, visando garantir sua sobrevivência dentro de um contexto cada vez mais exigente por bons resultados.
Mostrar mais

60 Ler mais

Estudo ergonômico do posto de trabalho de médicos ultrassonografistas

Estudo ergonômico do posto de trabalho de médicos ultrassonografistas

De acordo com a Associação Brasileira de Ergonomia (ABERGO, 2016), existem três ramos de especialização em ergonomia: física, cognitiva e organizacional. A ergonomia física está relacionada às características da anatomia humana, antropometria, fisiologia e biomecânica e as relacionam as atividades físicas. A ergonomia cognitiva se refere aos processos mentais, como por exemplo, a percepção, raciocínio e memória, auxiliando no estudo das interações entre o ser humano e o sistema em que está. A ergonomia organizacional, diz respeito à otimização dos sistemas sócio técnicos e suas estruturas organizacionais, políticas e processos.
Mostrar mais

57 Ler mais

A gestão da segurança e saúde no trabalho em projetos de construção desenvolvidos na África Ocidental: estudo de caso - linhas orientadoras de gestão.

A gestão da segurança e saúde no trabalho em projetos de construção desenvolvidos na África Ocidental: estudo de caso - linhas orientadoras de gestão.

Objetiva-se com esta parte do estudo contextualizar o tema, expondo diferentes temáticas necessárias à sustentação da investigação. A parte I encontra-se estruturada em três subpartes. A primeira é iniciada com uma abordagem aos Sistemas de Gestão SST, a sua evolução e o impacto das normas ISO. São ainda referidas as linhas orientadoras da OIT sobre SGSST, assim como a relevância da integração de SG para a área de SST, suas vantagens e constrangimentos. Na segunda subparte é efetuada uma breve caracterização do setor da construção, evidenciando aspetos pertinentes como o peso que o setor ocupa na economia do País, aliado à enorme incidência de acidentes. O subtítulo termina com a apresentação de um determinado número de fatores que podem influenciar o desempenho da segurança e saúde no trabalho no setor da construção. A terceira e última subparte/subtítulo exibe uma caracterização sumária do País onde o projeto foi desenvolvido, focando temas como: contexto político; situação sócio económica e emprego; proteção social e implementação de normas internacionais de trabalho. Pretende-se com esta última informação percecionar as condições externas influenciadoras para o projeto na área de SST.
Mostrar mais

73 Ler mais

O processo de Urbanização de São Bento-PB

O processo de Urbanização de São Bento-PB

De acordo com Dantas (2011) a indústria de redes de dormir desde a sua procedência está ligada diretamente as suas atividades artesanais, tendo um reconhecimento de grande importância cultural aos seus lugares de produção e técnicas de fabricação identificadas. Sua utilização inicial deu-se por parte dos povos indígenas nativos que aqui habitavam que, certamente as fabricavam à partir de fibras vegetais de natureza local. A rede é ainda hoje um artefato funcional de grande utilidade. Desde à praticidade de poder ser armada em qualquer lugar, ao conforto que oferece em áreas de clima quente. A rede é o primeiro berço, a dormida tranqüila e o descanso, após o trabalho, do nordestino. Do litoral ao sertão.
Mostrar mais

41 Ler mais

Gestão de negócios internacionais: uma abordagem da Empresa Santa Luzia de São Bento - PB

Gestão de negócios internacionais: uma abordagem da Empresa Santa Luzia de São Bento - PB

Compreender como é a atuação do gestor de negócios internacionais é de fundamental importância, quando se busca o sucesso da empresa a qual faz parte, o estudo na área possibilita vários benefícios e consequentemente mostrará as técnicas da administração adequadas especificamente a área de gestão internacional, que por ser recente, ainda necessita de uma visão mais atenciosa dos estudiosos do setor. Como justificativa o artigo torna-se importante para a academia, pois busca verificar a gestão de negócios internacionais em uma organização de pequeno porte. Tendo como problemática: Quais os principais problemas e benefícios encontrados por uma empresa exportadora? Sendo assim o principal objetivo do estudo é avaliar a gestão de negócios internacionais através de uma abordagem da empresa Santa Luzia de São Bento - PB. Observando como a empresa desenvolve suas atividades, busca-se mostrar, os benefícios gerados pelas exportações para a organização que decide atuar no mercado internacional. Para isso, foi realizado uma pesquisa na Empresa Santa Luzia LTDA, onde foi comparada a forma de atuação do gestor da empresa com teorias de estudiosos da área. Sendo considerada uma pesquisa descritiva, qualitativa, tendo como ferramenta de pesquisa um roteiro, que foi respondido pelo gestor e proprietário da empresa. Como resultados foi observado que, realmente, é gratificante para empresa a busca desses mercados estrangeiros, e que comparado aos benefícios ganhos pela organização, os problemas tornam-se quase irrelevantes.
Mostrar mais

26 Ler mais

Análise do grau de maturidade da cultura da segurança do trabalho: estudo de caso

Análise do grau de maturidade da cultura da segurança do trabalho: estudo de caso

O presente trabalho analisou o grau de maturidade da cultura da segurança do trabalho presente em três obras de grande porte no ramo da construção civil na cidade de Curitiba- PR. Para a análise, foram estudadas e adaptadas teorias definindo 5 aspectos para assim, caracterizar o grau de maturidade das obras visitadas. As teorias foram estudadas e adaptadas caracterizando e diferenciando os graus de maturidade no setor definidas as que apresentavam maior impacto e clareza na visão da autora. Após a análise e adaptação foi desenvolvido um questionário com baseado na literatura existente sobre o assunto e realizadas entrevistas junto aos colaboradores das três obras. As questões visam avaliar os aspectos anteriormente citados da cultura de segurança: Confiança, Lições aprendidas, Comprometimento, Comunicação e Conscientização. Após as entrevistas, compilação das respostas e análise de quesitos como: baixo número de acidentes registrados em relação ao tamanho das obras, a eficiência na comunicação e repasse de informações entre os funcionários e técnicos de segurança, os programas de segurança e a contínua implantação de melhorias, a preocupação da empresa com a realização de treinamentos contínuos e os procedimentos de segurança realizados diariamente, verificou-se que as obras possuem alto grau de maturidade da cultura de segurança do trabalho, caracterizado como Avançado pela autora. Contudo devido a pequena amostragem de pesquisa e pelo grupo atuar em vários centros urbanos com diferentes equipes e legislações, inclusive for a do Brasil, não foi possivel afirmar que este seja o grau de maturidade da cultura de segurança do trabalho do grupo como um todo. Sendo assim, indica-se para trabalhos futuros a realização de um comparativo entre um maior número de obras do grupo em diferentes centros de atuação, para que assim se possa afirmar sem restrições o grau de maturidade da cultura de segurança do trabalho do grupo em questão.
Mostrar mais

79 Ler mais

Análise Ergonômica do Trabalho: Aplicação de um Estudo Postural em um Posto de Trabalho na Indústria Pesqueira

Análise Ergonômica do Trabalho: Aplicação de um Estudo Postural em um Posto de Trabalho na Indústria Pesqueira

Com relação à temperatura e ventilação do ambiente, de acordo com as ob- servações e relatos dos operadores o local, é possível considerar que a temperatu- ra é variável, pelo fato de o ambiente ser aberto para o mar. O uso de equipamen- to de proteção individual como a capa de chuva pode causar desconforto nos dias mais quentes, segundo relato. O material da capa de chuva impede a troca gasosa e restringe os movimentos dos membros superiores, dificultando os movimentos do corpo. A exposição ao sol e chuva depende da hora do dia e também da direção do vento. A iluminação do local foi considerada pelos trabalhadores como boa para as atividades de trabalho.
Mostrar mais

9 Ler mais

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde do trabalho

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde do trabalho

Implementado Programa de Controlo de Emergência Local PCEL 1101, com lista de contactos de emergência. Implementado sistema de detecção e neutralização de fugas de cloro, com sinalização na supervisão e com pirilampo exterior. Incluído no Plano de M anutenção. Sinalização de segurança (Perigo - Cloro). Implementado Programa de Protecção Individual ITR 1141 (Óculos de Protecção; M áscara Completa de Protecção Química c/filtro a2B2E2K1-P2; Luvas de Protecção Impermeáveis; Calçado de Segurança). Formação/Informação relativa à utilização dos EPI. Desde Fevereiro de 2001 esta operação deixou de ser realizada por um só colaborador e passou a dois colaboradopres (INF/DPR/01/03). Implementado sistema de consignação das válvulas dos clorómetros (Programa de Controlo de Energias Perigosas ITR 1120). análise de ocorrências com os colaboradores para sensibilização relactiva aos perigos e possíveis lesões decorrentes de fugas e contacto / exposição ao cloro gasoso. Selados os oríficios de comunicação entre as diversas salas da instalação de modo a reduzir a propagação e a confinar qualquer fuga de cloro na respectiva zona de armazenagem. afixada no local Ficha de Segurança e Intervenção (FSI 1101). Confirmada e comunicada às Equipas de Emergência a localização dos Centros de Saúde / Hospitais mais próximos das instalações. Disponibilizada a Chave de abertura da caixa de protecção da máscara de protecção com respiração autónoma. Efectuada sensibilização às equipas de emergência relativa à seleção e utilização dos dispositivos de protecção respiratória em fugas de cloro e também relativamente ao fecho e controlo das entradas das instalações. Utilização de azoto para limpeza de tubagens.
Mostrar mais

77 Ler mais

VALTER DE SOUZA JÚNIOR CAPITAL DE GIRO APLICADO A UM POSTO DE COMBUSTÍVEL: UM ESTUDO DE CASO DO POSTO MACEDO

VALTER DE SOUZA JÚNIOR CAPITAL DE GIRO APLICADO A UM POSTO DE COMBUSTÍVEL: UM ESTUDO DE CASO DO POSTO MACEDO

0 valor do CCL também pode ser obtido pela diferença entre as contas não circulantes, ou seja, passivo não circulante (Exigível a Longo Praz:o e Patrimônio liquido) menos o ati[r]

65 Ler mais

Gestão da segurança na construção de infra-estruturas ferroviárias : estudo de caso

Gestão da segurança na construção de infra-estruturas ferroviárias : estudo de caso

A gestão de riscos pode ser resumida a três fases principais, a identificação dos riscos, a sua avaliação e a tomada de medidas para que os riscos diminuam até valores considerados como aceitáveis. Em primeiro lugar, identificam-se todos os tipos de riscos que possam vir a ocorrer na elaboração de determinada tarefa. Numa segunda fase são analisadas as causas dos riscos e as probabilidades de ocorrência e é ainda feita uma hierarquização dos riscos, sendo possível deste modo observar os picos de risco e por fim, tomam-se as medidas preventivas associadas às tarefas mais críticas em termos de segurança.
Mostrar mais

288 Ler mais

Qualidade de vida no trabalho: estudo de caso na Câmara de Vereadores de Picuí – PB

Qualidade de vida no trabalho: estudo de caso na Câmara de Vereadores de Picuí – PB

O tema Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) se faz presente como fator relevante no contexto sócio organizacional, principalmente na área de gestão de pessoas das organizações modernas, sejam elas, da administração pública a exemplo das câmaras municipais de vereadores que são órgãos legislativos dos municípios, ou privada. O presente estudo tem por objetivo “analisar o nível de satisfação dos colaboradores quanto a Qualidade de Vida no Trabalho na Câmara de Vereadores do Município de Picuí-PB”. A metodologia parte de um referencial teórico e se consubstancia na aplicação de um questionário onde a pesquisa do foi desenvolvida segundo o modelo de indicadores de QVT de William A. Westley (1979). Caracteriza-se quanto aos fins, como uma pesquisa de natureza exploratória e descritiva, utilizando para os meios os tipos bibliográfica, pesquisa de campo e estudo de caso, de natureza quantitativa. O universo da pesquisa foram 16 servidores da empresa dos quais, 14 participaram como respondentes. A análise dos dados obtidos permitiu avaliar o nível de satisfação dos colaboradores quanto a QVT na Câmara, o que demonstra que, o nível de concordância da maioria dos pesquisados apresenta um nível positivo de satisfação, de modo que, na soma total de todas as dimensões, 71,4% concordaram, ao passo em que 20,8% não discordaram nem concordaram e 7,8% discordaram. Ao concluir os trabalhos, depreendeu-se que as ações analisadas neste estudo articulista podem aumentar, de fato, o nível de satisfação, a melhoria da motivação e o compromisso dos gestores e colaboradores com a organização, servindo como fonte de dados para a implantação ou o desenvolvimento de novos estudos. Palavras-chave: Gestão de Pessoas. Qualidade de Vida no Trabalho. Câmara de Vereadores.
Mostrar mais

34 Ler mais

Cultura de segurança no trabalho: estudo de caso no setor da construção civil

Cultura de segurança no trabalho: estudo de caso no setor da construção civil

Os itens constantes da NR-18 não se dirigem exclusivamente aos empregadores cujo objeto social é a construção civil, mas também aos empregadores que realizem atividades ou serviços de demolição, reparo, pintura, limpeza e manutenção de edifícios em geral, de qualquer número de pavimentos ou tipo de construção, de urbanização e paisagismo, independente de seu objeto social. A NR-18 foi publicada em julho de 1995 e após sua publicação passou-se a observar com senso mais crítico as condições e o meio ambiente de trabalho, sendo que estes vêm sendo consideravelmente modificados para melhor, porém muito tem que se avançar (RAZENTE; THOMAS; DUARTE, 2005).
Mostrar mais

59 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados