Top PDF Infecção de Conotrachelus humeropictus Fiedler (Coleoptera: Curculionidae) por Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sor. e Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. no solo.

Infecção de Conotrachelus humeropictus Fiedler (Coleoptera: Curculionidae) por Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sor. e Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. no solo.

Infecção de Conotrachelus humeropictus Fiedler (Coleoptera: Curculionidae) por Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sor. e Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. no solo.

Controle de Chalcodermus bimaculatus (Boheman) (Coleoptera: Curculionidae) no solo com Beauveria bassiana (Bals.) Vuillemin e Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorokin. Aplicação de [r]

8 Ler mais

Controle de Sphenophorus levis e Conotrachelus humeropictus pelo uso combinado de nematoides e fungos entomopatogênicos

Controle de Sphenophorus levis e Conotrachelus humeropictus pelo uso combinado de nematoides e fungos entomopatogênicos

Fungos entomopatogênicos são agentes que dependem do contato direto com o inseto para causar infecção (ALVES, 1998) e, portanto, são mais usados para o controle de pragas da parte aérea ou da superfície do solo, já que, para o controle de pragas subterrâneas, o solo pode representar uma barreira para o carreamento dos conídios e contato com o hospedeiro. Assim, a sua aplicação em combinações com nematoides pode estender o movimento dos conídios para distâncias maiores no solo, com maiores chances de alcançar o hospedeiro, além de poder potencializar a virulência do nematoide por deixar o inseto possivelmente mais debilitado e suscetível a esse agente. Quando o fungo penetra no inseto, ocorre uma série de processos que ativam os corpos de defesa na hemolinfa do hospedeiro. Quando os conídios em alta concentração alcançam o inseto, vários deles conseguem penetrar a cutícula, sobrecarregando as defesas do hospedeiro e deixando-o mais susceptível ao nematoide, o que pode ocasionar a sua morte e reduzir as populações mais rapidamente que a aplicação dos agentes isoladamente (WILSON et al., 2001).
Mostrar mais

121 Ler mais

Capacidade infectiva de fungos micorrízicos arbusculares em áreas reflorestadas após mineração de bauxita no Pará.

Capacidade infectiva de fungos micorrízicos arbusculares em áreas reflorestadas após mineração de bauxita no Pará.

Glomus formosanum, G. macrocarpum e G. reticulatum apresentaram infecção muito rápida e permaneceram infectando durante todos os perío- dos de exposição da planta-isca ao solo inóculo (Ta- bela 2). Glomus nanolumem também infectou em quase todos os períodos de exposição. Archeospora leptoticha e Acaulospora tuberculata apresentaram infecção muito rápida mas não permaneceram infectivas nos demais períodos de exposição, exceto aos 35 dias. Acaulospora mellea e G. etunicatum apresentaram infecção rápida e permaneceram infectando até o final do experimento. Por sua vez, Glomus microcarpum se mostrou com infecção rápida. Acaulospora morrowiae apresentou infec- ção moderada e permaneceu infectiva até o último período de exposição, enquanto G. claroideum tam- bém apresentou infecção moderada. Paraglomus occultum apresentou um comportamento diferenci- ado neste solo em relação ao de seis anos de revegetação. Aos seis anos apresentou infecção rá- pida e no solo de 12 anos, infecção muito lenta. Este comportamento pode estar relacionado com a pre-
Mostrar mais

9 Ler mais

SOLO como meio de nutrição de plantas

SOLO como meio de nutrição de plantas

 “É a capacidade de um solo funcionar dentro dos limites de um ecossistema natural ou manejado, para sustentar a produtividade de plantas e animais, manter ou aumentar a qualidade do ar e da água e promover a saúde das plantas, dos animais e dos homens”

56 Ler mais

José Leonardo   Nutrição florestal e manejo do solo em ambientes tropicais

José Leonardo Nutrição florestal e manejo do solo em ambientes tropicais

profundidade da raiz pivotante e a tolerância ao déficit hídrico. Raiz de E[r]

159 Ler mais

HISTÓRICO E PERSPECTIVAS DA CIÊNCIA DO SOLO NO NOROESTE DA AMAZÔNIA

HISTÓRICO E PERSPECTIVAS DA CIÊNCIA DO SOLO NO NOROESTE DA AMAZÔNIA

• O atual nível de conhecimento sobre os solos não é suficiente para que o Planejamento do Uso da Terra e das atividades agropecuárias e florestais, bem como das ações de conservação e recuperação do solo e da água, seja feito em nível de microbacias hidrográficas, conforme estabelece a Legislação atual;

74 Ler mais

MANEJO NUTRICIONAL NO CAFÉ CONILON

MANEJO NUTRICIONAL NO CAFÉ CONILON

É um fertilizante Nitrogenado, desenvolvido pela Fertilizantes Heringer S/A, que reduz as perdas de Nitrogênio por volatilização, fornecendo Boro e Cobre altamente solúveis... Como funci[r]

102 Ler mais

ALTERAÇÕES DOS ATRIBUTOS FÍSICOS DE SOLOS AMAZÔNICOS EM FUNÇÃO DE DIFERENTES MANEJOS E CULTIVOS

ALTERAÇÕES DOS ATRIBUTOS FÍSICOS DE SOLOS AMAZÔNICOS EM FUNÇÃO DE DIFERENTES MANEJOS E CULTIVOS

* Mantovanelli et al. (2015) afirmam que a alta percentagem de agregados com diâmetros maiores como encontrados na área de pastagem não evidencia, em alguns casos, melhores condições de estrutura, uma vez que esses valores de agregados devem-se ao fato de o solo estar em nível de compactação e apresentar maior resistência à ruptura.

40 Ler mais

Correção da Acidez e Melhoria do Ambiente Radicular em Solos Tropicais

Correção da Acidez e Melhoria do Ambiente Radicular em Solos Tropicais

Distribuir a dose de calcário calculada sobre a superfície do solo em uma única aplicação ou de forma parcelada durante até 3 anos Reaplicar calcário na superfície somente quando o solo apresentar saturação por bases (V)<60% na camada de 0 –10 cm ou V<50% na camada de 0 –20 cm

40 Ler mais

Edson Araújo   Solos do Acre   Potencialidades, Restrições e Recuperação de Solos e Ambientes Degradados

Edson Araújo Solos do Acre Potencialidades, Restrições e Recuperação de Solos e Ambientes Degradados

Potencialidades, Restrições e Recuperação de Solos e Ambientes Degradados.. Edson Alves de Araújo.[r]

46 Ler mais

Seleção de Isolados de Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. e Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok. Contra a Broca Gigante da Cana-de-Açúcar Castnia licus (Drury) (Lepidoptera: Castniidae).

Seleção de Isolados de Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. e Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok. Contra a Broca Gigante da Cana-de-Açúcar Castnia licus (Drury) (Lepidoptera: Castniidae).

ABSTRACT - Isolates of the entomopathogenic fungi Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. and Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorok. were tested against Castnia licus (Drury) larvae, collected from Tabu Distillery sugar cane fields, in Caaporã-PB. The isolates code 645, 604, 512, 447, IPA 205, IPA 202, 610, IPA 198, IPA 214 and CG 001 of B. bassiana, as well as the isolates code 1172, 866, PL 47, IPA 204, CG 423, UOD, 860, IPA 216, E 9 and CG 100 of M. anisopliae, originated from different hosts and localities, were tested. At the concentration of 10 8 conidia/ml, the percentage of mortality caused by
Mostrar mais

7 Ler mais

Effects of Beauveria bassiana (Bals) Vuill and Metarhizium anisopliae (Metsc) Sorok on engorged females of Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787) in laboratory conditions.

Effects of Beauveria bassiana (Bals) Vuill and Metarhizium anisopliae (Metsc) Sorok on engorged females of Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787) in laboratory conditions.

BITTENCOURT, V.R.E.P.; SOUZA, E.J.; PERALVA, S.L.F.S. et al. Avaliação da eficácia in vitro do fungo entomopatogênico Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. em fêmeas ingurgitadas de Boophilus microplus (Canestrini, 1887) (Acari:Ixodidae). Rev. Bras. Parasitol. Vet., v.6, p.49-52, 1997.

4 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

As diretrizes curriculares nacionais do ensino médio – DCNEM (1999) procuram superar a dualidade existente entre as características de um ensino propedêutico, paut[r]

103 Ler mais

Aspectos biológicos e técnica de criação do gorgulho-da-goiaba, Conotrachelus psidii marshall (Coleoptera: Curculionidae)

Aspectos biológicos e técnica de criação do gorgulho-da-goiaba, Conotrachelus psidii marshall (Coleoptera: Curculionidae)

Para o desenvolvimento da técnica de manutenção das pré-pupas e pupas da praga, inicialmente, foram testadas as viabilidades dessas fases em três diferentes tipos de solo: arenoso, arenoargiloso e argiloso, com dois níveis de hidratação (saturado e úmido). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com seis tratamentos, em cinco repetições, sendo cada repetição representada por dez larvas do gorgulho. Os solos esterilizados foram colocados em frascos plásticos medindo 6,8 cm de diâmetro por 9,4 cm de altura, com orifícios em sua base, contendo uma camada de 7,0 cm de solo e tampados com tecido voil.
Mostrar mais

7 Ler mais

Biologia e manejo de Chalcodermus bicolor Fiedler (Col.: Curculionidae: Molytinae), em plantios de eucalipto

Biologia e manejo de Chalcodermus bicolor Fiedler (Col.: Curculionidae: Molytinae), em plantios de eucalipto

Este género pertenece a la subfamilia Molytinae Schoenherr, 1823 y posee cerca de 10.000 especies descritas en el mundo (OBERPRIELER et al.,2007), contenidas, según Alonso-Zarazaga & Lyal (1999),en 32 tribus. Entre estas se encuentra la tribu Sternechini Lacordarie, 1863, definida en base a los géneros Sternechus Schoenherr, 1826 y Tylomus Schoenherr, 1826, conforme Schoenherr (1826) y redefinida posteriormente según Marshall (1932) y Solari (1941). Posteriormente, en el catálogo de Alonso-Zarazaga & Lyal (1999), fueron adicionados los géneros Hypnideus Pascoe, 1881 y Chalcodermus Dejean, 1835. Este último autor no hizo referencia al género Bondarius (ROSADO-NETO, 1996) que también fue incluido a esta tribu, según Rosado-Neto (2006). Chalcodermus bicolor fue descrita por Fiedler (1936), en la subfamilia Cryptorhynchinae, siendo también mantenida por Lima (1956).
Mostrar mais

99 Ler mais

Dimorfismo sexual do gorgulho-da-goiaba Conotrachelus psidii Marshall (Coleoptera: Curculionidae).

Dimorfismo sexual do gorgulho-da-goiaba Conotrachelus psidii Marshall (Coleoptera: Curculionidae).

Nas espécies de importância econômica da família Curculionidae, foram descritas numerosas características para distinguir o sexo entre indivíduos da mesma espécie. O ângulo de inclinação do último esternito abdominal e as distribuições das manchas no rostro são caracteres utilizados na sexagem de Cosmopolites sordidus Germar (Roth & Willis 1963, Longoria 1968). A forma do penúltimo tergito é utilizada na distinção dos sexos de adultos de Homalinotus coriaceus Gyllenhal (Sarro et al. 2004), Amerrhinus ynca Salberg (Souza 2006), Conotrachelus nenuphar Herbst (Thomson 1932), Conotrachelus schooi Papp (Tedders & Payne 1986), Conotrachelus neomexicanus Fall (Bodenham et al. 1976) e Anthonomus pomorum L. (Duan et al. 1999). O comprimento do corpo e do rostro são utilizados em Spermologus rufus Boheman (Barreto & dos Anjos 1999). O espinho mesocoxal permite distinguir os machos de Anthonomus rubi Herbst (Innocenzi et al. 2002). A presença de mucrone metatibial distingue os machos de Anthonomus eugenii Cano (Eller 1995) e a forma das tíbias nos machos de Sternechus subsignatus Boheman (Rosado-Neto 1987).
Mostrar mais

5 Ler mais

Luciano Venturoso   Potencialidades e desafios na utilização de coberturas vegetais em condições edafoclimáticas na Amazônia

Luciano Venturoso Potencialidades e desafios na utilização de coberturas vegetais em condições edafoclimáticas na Amazônia

Potencialidades e desafios na utilização de coberturas vegetais em condições edafoclimáticas na Amazônia Taxas de liberações diárias de fósforo de resíduos vegetais nos períod[r]

43 Ler mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS AGROVETERINÁRIAS – CAV PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS MESTRADO EM PRODUÇÃO VEGETAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS AGROVETERINÁRIAS – CAV PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS MESTRADO EM PRODUÇÃO VEGETAL

The pineapple guava Acca sellowiana is a fruit species of the family Myrtaceae, southern native of Brazil and Uruguay. In the south of country this especie has suffered severe attacks of guava-weevil Conotrachelus psidii Marshall. The objective of this study was to determine the intensity of weevil damage in fruits of different sizes in feijoa. The experiments were carried out during the harvest of 2009/2010 (November to March), in a feijoa orchard. Five plants of three different access were chosen and, randomly selected 30 fruits per plant, measuring the diameter, the incidence and severity of weevil damage. For this study descriptive statistics was used. Data showed that the attacks on fruits began immediately after fruit set. The incidence was 100% in the evaluated fruits, the damage were directly proportional to the size of the fruit. Based on the results, management of bagging should be initiated immediately after the natural fall of the fruits.
Mostrar mais

57 Ler mais

JANAINA MOREIRA DE OLIVEIRA GOULART EMPREENDEDORISMO NA GESTÃO ESCOLAR NO MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIASRJ

JANAINA MOREIRA DE OLIVEIRA GOULART EMPREENDEDORISMO NA GESTÃO ESCOLAR NO MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIASRJ

Podemos realçar algumas justificativas para a aplicabilidade do empreendedorismo à gestão escolar, tais como: as exigências das esferas públicas, bem como de toda a socieda[r]

126 Ler mais

EDUCAÇÃO HOSPITALARDOMICILIAR NO MUNICÍPIO DE JUIZ DE FORA- MINAS GERAIS

EDUCAÇÃO HOSPITALARDOMICILIAR NO MUNICÍPIO DE JUIZ DE FORA- MINAS GERAIS

Na tentativa de responder a esse questionamento foi levantada a hipótese de que o convênio entre as secretarias de saúde e de educação de Juiz de Fora; o estreitamento [r]

108 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados