Top PDF MANUAL DO USUÁRIO DE INFORMÁTICA SEEFDE

MANUAL DO USUÁRIO DE INFORMÁTICA SEEFDE

MANUAL DO USUÁRIO DE INFORMÁTICA SEEFDE

• Impressoras modelo Xerox Phaser 3250 DN (enviadas diretamente pela Secretaria da Educação e PNUD no início de 2009) têm três anos de garantia. Sendo assim, se o problema não tiver sido ocasionado por mau uso, a escola precisa ligar para a Assistência Técnica da Xerox (verificar telefone no manual que foi entregue junto com o equipamento), que enviará um técnico para realizar o conserto.

68 Read more

Uma contribuição para a formulação de diretrizes para elaboração do manual do usuário de edifícios.

Uma contribuição para a formulação de diretrizes para elaboração do manual do usuário de edifícios.

As empresas que buscam na qualidade um diferencial de competitividade percebem que a comunicação com o cliente é um fator importante. A esse respeito, a NBR ISO 9001:2000 (p. 8), ressalta que a organização deve determinar e tomar providências eficazes para se comunicar com os seus clientes em relação às informações sobre o produto, tratamento de consultas, contratos ou pedidos, incluindo emendas, retroalimentação do cliente e suas reclamações. Nesse contexto se encaixam os sistemas de atendimento ao consumidor (SAC), os departamentos de assistência técnica, as homepages e o manual do usuário. Ou seja, fornecer informações adequadas através de manuais confiáveis mostra-se importante uma vez que, segundo a NBR ISO 9000:2000 (p. 11), o uso do produto pretendido pelo cliente pode ser afetado pela natureza da informação, tais como instruções de operação ou manutenção.
Show more

216 Read more

Software para dimensionamento de canais em regime permanente e uniforme/ Software for constant and uniform channels dimensioning

Software para dimensionamento de canais em regime permanente e uniforme/ Software for constant and uniform channels dimensioning

O manual de apoio ao usuário elaborado tem grande relevância no uso de programas da temática de canais, dada a dificuldade em acessar o manual e a falta de detalhes quanto as opções de cálculo. O aplicativo desenvolvido apresenta a opção de acesso ao manual pelo usuário diretamente na tela de entrada ou a partir de um arquivo em formato pdf. O acesso ao manual em qualquer tela de interação de cálculo deve ser apresentado nas próximas versões.

13 Read more

Um estudo multicaso quanto à relação entre os Manuais do Usuário e a legislação vigente

Um estudo multicaso quanto à relação entre os Manuais do Usuário e a legislação vigente

Portanto, a relevância desse tema pode ser justificada tanto pelo resultado do produto ao se utilizar as recomendações contidas no Manual do Usuário, aumentando o desempenho da edificação e, consequentemente, a sua vida útil, quanto pela ausência de dados atualizados na literatura científica, no que diz respeito ao conteúdo dos manuais do usuário elaborados pelas empresas construtoras brasileiras e a relação existente entre o conteúdo destes e a melhoria da qualidade e do desempenho do produto (edificação).

9 Read more

Uma ferramenta didática para o dimensionamento e detalhamento de pilares de concreto armado.

Uma ferramenta didática para o dimensionamento e detalhamento de pilares de concreto armado.

Os ábacos gerados por Montoya et al. [5] apresentam envoltórias de momentos resistentes para diversas seções, arranjos e taxas de armadura, e são utilizados com frequência para o dimensiona- mento manual de pilares, onde o usuário seleciona uma seção e arranjo de armadura e busca uma taxa de armadura cuja envol- tória resistente cubra os esforços solicitantes. Na validação, os resultados obtidos pelo applet foram superpostos às informações contidas nos ábacos, dando origem aos gráicos comparativos apresentados nas Figuras 9 e 10.

10 Read more

Contributos do 1º ciclo do ensino básico para a promoção da saúde oral : análise de manuais escolares (1990-2010)

Contributos do 1º ciclo do ensino básico para a promoção da saúde oral : análise de manuais escolares (1990-2010)

1998, 2001 e 1994 são completamente diferentes no que respeita à Informação , pois as variáveis de análise que apresentam não coincidem entre eles. A informação transmitida aparece em forma de texto , em prosa (1994 e 1998), uma frase (1994), cinco parágrafos (1998), em poesia , uma quadra (2001); as imagens são em formato de desenho , com cor e com legenda (1998 e 2001), criança a lavar os dentes e criança com dentes (2001), boca com dentes (1998), criança a beber leite , a comer fruta e legumes e a rejeitar refrigerantes (2001), sem legenda , criança a lavar os dentes , a usar fio dentário e em balão de fala um dente (1994); as atividades são do tipo completar espaços em branco e legendar gravuras (1994) e escrever uma resposta (1998) e uma frase (1994) e a quantidade de informação aparece em três referências (2001), uma página (1998) e uma página mais duas referências (1994). Por fim temos, os manuais escolares de EM do 1.º CEB de 1992, 1993, 1999, 2002, 2003, 2004, 2006 e 2007, que são totalmente idênticos no que concerne à Informação , pois em todos eles a informação surge em forma de texto , em prosa , uma frase e a quantidade de informação aparece em uma referência . Seguidamente aos descritos anteriormente agrega-se o manual de 1995 que não tem qualquer variável de análise.
Show more

114 Read more

Desempenho cognitivo, estado emocional, qualidade de vida e habilidade motora manual de idosos participantes de oficinas de informática

Desempenho cognitivo, estado emocional, qualidade de vida e habilidade motora manual de idosos participantes de oficinas de informática

A amostra deste estudo foi por meio da técnica de amostragem por conveniência com 114 sujeitos, 58 idosos no grupo sem informática (GSI) e 56 no grupo com informática (GI). A participação dos idosos na pesquisa estava condicionada aos seguintes critérios: apresentar idade igual ou superior a sessenta anos, fazer parte de grupos de convivência, saber ler e escrever, não apresentar doenças neurodegenerativas avaliadas pelo teste Addenbrooke e nem doenças ortopédicas nos membros superiores (pós-operatório de cirurgia ortopédica, fratura recente) ou reumatológicas nas mãos (inflamação e deformidades) verificadas pelo questionário; para compor o GI deveriam participar das oficinas de informática; para compor o GSI não participar e nem ter participado de oficinas de informática nos grupos de convivência. Para compor o GSI foram selecionados os que tiveram maior semelhança com o GI (controlados os pontos de variabilidade, como sexo, faixa etária, escolaridade, renda, estado civil e realização de atividade física).
Show more

160 Read more

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

A seleção de professores é uma medida que não parece ter uma solução tão breve e foge aos limites legais das escolas e da 28ª CRE. Para além da seleção de professores, outras medidas [r]

86 Read more

Remoções de favelas na cidade do Rio de Janeiro: uma história do tempo presente — Outubro Revista

Remoções de favelas na cidade do Rio de Janeiro: uma história do tempo presente — Outubro Revista

de 2011 – quando seus representantes entregaram aos membros do COI uma notificação elaborada pela defensoria pública com base em argumentos das associações de moradores (Gismondi, 2010[r]

20 Read more

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd- CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd- CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

A Escola Estadual de Educação Profissional Maria José foi inaugurada em maio de 2012. A sua estrutura segue o modelo de Escola Técnica desenvolvida pelo Ministério da Educação para o Programa Brasil Profissionalizado, com 12 salas de aulas, um laboratório de Matemática, um de Física, um de Química e Biologia, um de Informática e um de Línguas; um auditório com 200 lugares; uma biblioteca; uma secretaria com sala de reprografia; salas de coordenação pedagógica, de estágio, de diretoria e de professores; um ginásio coberto com vestiários masculino e feminino; um refeitório; uma cozinha; um anfiteatro; uma sala para o grêmio; banheiros masculino, feminino e para pessoas portadoras de necessidades especiais e dois galpões para a montagem dos laboratórios dos cursos técnicos. Vale destacar que, apesar de possuir um espaço destinado para a montagem dos laboratórios técnicos, a escola ainda não dispõe dos equipamentos para esses laboratórios.
Show more

110 Read more

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

O papel do diretor como principal interlocutor entre escola, presídio, professores, alunos, agentes, liberdade e prisão fica configurado pelos dados desta pesquisa. Fato que a administração da rotina escolar, no que tange aos trabalhos de documentação e prestação de contas, trabalha de informática pouco diferem deste mesmo trabalho executado nas escolas extramuros, podemos afirmar, com base nas respostas obtidas que o conhecimento dos dispositivos legais, a lei afeta a execução penal, bem como as leis acerca dos direitos humanos que indicam os direitos e deveres a serem observados no fazer desses espaços, que é importante que a formação do gestor para essas escolas seja revestida de um conteúdo que privilegie amplamente essa legislação e um pronto entendimento e interpretação de toda essa gama legislativa.
Show more

123 Read more

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd – CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd – CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

O Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, de 2007, e a Política Nacional de Formação de Profissionais do Magistério da Educação Básica, instituída em 2009 foram a base para[r]

185 Read more

POSSIBILIDADES DE USO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EDUCACIONAL DO AMAZONAS NA GESTÃO DAS ESCOLAS – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

POSSIBILIDADES DE USO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EDUCACIONAL DO AMAZONAS NA GESTÃO DAS ESCOLAS – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Implantou-se, então, um sistema que utiliza, para armazenamento, computadores de grande porte da empresa americana Internacional Business Machine (IBM), conhecidos como Mainframes, banco de dados Adaptable Data Base System (Adabas) e linguagem de programação Natural, ambos da empresa alemã Software AG. Decodificando a linguagem técnica, significa dizer que o sistema foi desenvolvido numa plataforma tecnológica já considerada por muitos como obsoleta. O usuário tem à sua frente um sistema que, para funcionar, precisa receber comandos de texto, conhecidos como mnemônicos. É uma plataforma desprovida de recursos visuais gráficos, onde são trafegados apenas caracteres, sem figuras ou outros recursos que possam consumir muita banda de Internet.
Show more

137 Read more

Os incentivos fiscais como determinantes da localização das empresas multinacionais de alta tecnologia

Os incentivos fiscais como determinantes da localização das empresas multinacionais de alta tecnologia

empresas ligadas à microeletrônica ou informática, mas também para aquelas que desenvolvem suas atividades nos mais variados segmentos que vão desde a informática, [r]

48 Read more

MÔNICA FIGUEIREDO DE MORAES A INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NO DESEMPENHO ESCOLAR: ESTUDO DE CASO DE TRÊS COLÉGIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

MÔNICA FIGUEIREDO DE MORAES A INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NO DESEMPENHO ESCOLAR: ESTUDO DE CASO DE TRÊS COLÉGIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Ressalta-se que mesmo que haja uma padronização (determinada por lei) e unidades com estrutura física ideal (física, material e humana), com base nos resultados da pesquis[r]

137 Read more

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: UMA AVALIAÇÃO EM PERSPECTIVA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: UMA AVALIAÇÃO EM PERSPECTIVA – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

críticas e sugestões possam ser analisadas pelo “grupão”. No entendimento da pesquisadora, é necessária uma maior discussão para correção e alinhamento das sugestões dos profe[r]

92 Read more

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAED - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAED - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

O caso analisado nesta dissertação é a forma como a SRE de Caxambu se utiliza dos dados educacionais para realizar ações voltadas para que as metas pactuadas pela política do acordo de resultados sejam atingidas. O Acordo de Resultados analisado é uma forma através da qual o estado de Minas Gerais busca alcançar resultados positivos nos diversos setores da administração pública a partir da imposição de metas que, se alcançadas, serão utilizadas como justificativa para o pagamento do Prêmio por Produtividade. Para realizar este estudo, foi necessário realizar investigação acerca das políticas públicas educacionais e avaliações do SIMAVE para identificar como acontecem sua apropriação e utilização nas escolas. Para realização da pesquisa, foram consultados os autores como Gremaud (2012), Brooke (2011) e Andrade (2008), além de Leis, Resoluções e Decretos estaduais e federais, bem como foi realizada análise de documentos norteadores, dentre os quais a Agenda de Atividades Integradas da SEE/MG e o Manual de Boas Práticas da Equipe Regional das SRE de Minas Gerais dirigido aos analistas educacionais lotados em suas unidades. Também foi feita entrevista semiestruturada com a Diretora II e a Diretora Pedagógica da Superintendência Regional de Ensino de Caxambu e, ainda, a aplicação de questionário a 34 gestores escolares que compõem a jurisdição da SRE de Caxambu. A partir do levantamento de dados realizado, foi possível identificar que, apesar de a maioria dos gestores escolares terem conhecimento das metas, as ações realizadas pelas equipes do órgão central da Secretaria de Estado de Educação e Superintendência Regional de Ensino de Caxambu são incipientes e não atendem plenamente as necessidades das unidades escolares. Finalizando, a fim de propor melhorias neste processo de articulação, atendimento e responsabilização dos atores envolvidos, propõe-se um Plano de Ação Educacional com o intuito de dar suporte aos gestores dos órgãos centrais e das escolas para a otimização de suas ações profissionais através do uso dos dados, especialmente da avaliação, visando ao alcance das metas e cumprimento do Acordo de Resultados.
Show more

130 Read more

INFORMÁTICA

INFORMÁTICA

Moscou, Instltute of Scientific Information, 1967.. Cadernos de Jorna­ lismo e Comunicação, Rio de Janeiro..[r]

6 Read more

Informática

Informática

A FID, então, passou a preocupar-se [8], dentro do seu programa a longo-prazo, com a média de cre~cimento da produção da informação, com os problemas - de avalia[r]

6 Read more

OS DESAFIOS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO ISO 9001:2008 NA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E QUALIDADE DO ENSINO DO AMAZONAS: O CASO DA ESCOLA EDUARDO RIBEIRO

OS DESAFIOS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO ISO 9001:2008 NA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E QUALIDADE DO ENSINO DO AMAZONAS: O CASO DA ESCOLA EDUARDO RIBEIRO

- Identificar os fatores dificultadores da Certificação ISO 9001:2008 na Escola Estadual Eduardo Ribeiro, a partir da percepção de funcionários administrativos, professores, [r]

93 Read more

Show all 10000 documents...

Related subjects