Top PDF Morfoanatomia foliar da reófita Raulinoa echinata R.S. Cowan - Rutaceae.

Morfoanatomia foliar da reófita Raulinoa echinata R.S. Cowan - Rutaceae.

Morfoanatomia foliar da reófita Raulinoa echinata R.S. Cowan - Rutaceae.

RESUMO – (Morfoanatomia foliar da reófita Raulinoa echinata R. S. CowanRutaceae). Reófitas são espécies vegetais confinadas aos leitos de rios e riachos de fortes corredeiras, crescendo acima do nível das inundações, mas não além do alcance da ocorrência regular das rápidas enchentes. A morfoanatomia foliar de Raulinoa echinata R.S.Cowan (Rutaceae) foi investigada objetivando compreender a adaptação às peculiaridades do hábitat reofítico. As folhas de R. echinata são dorsiventrais e hipoestomáticas. A epiderme é uniestratificada e os estômatos são anomocíticos. As células-guarda estão dispostas acima do nível das demais células epidérmicas (característica hidromórfica), mas com átrio externo conspícuo (característica xeromórfica). Aspectos mais marcantes relacionados ao hábitat reofítico são estenofilia e presença de suberina nas paredes periclinais internas das células epidérmicas. A área foliar varia com a intensidade de exposição ao sol, a densidade estomática varia com o fluxo do rio; as espessuras dos tecidos do mesofilo variam com ambas condições. Ductos secretores e idioblastos com cristais de fosfato de cálcio ocorrem no mesofilo. Os dados revelaram plasticidade da estrutura foliar às condições peculiares do ambiente reofítico e as condições sombreadas ou expostas ao sol.
Mostrar mais

10 Ler mais

Morfoanatomia foliar e composição química dos óleos essenciais de sete espécies de Melaleuca L. (Myrtaceae)

Morfoanatomia foliar e composição química dos óleos essenciais de sete espécies de Melaleuca L. (Myrtaceae)

Diversos autores têm se dedicado, nas últimas décadas, ao estudo das estruturas secretoras, dentre eles destacando-se Fahn (1979; 1988); Bentley e Elias (1983), Rodriguez et al. (1984) e Roshina e Roshina (1993). Locais de síntese e acúmulo de terpenos, componentes dos óleos essenciais, bem como as características estruturais dos tecidos secretores têm sido identificadas histoquimicamente (Ascensão et al., 2005; 1998ª, 1998b; Gershenzon et al., 1989) contribuindo para o conhecimento dos processos de síntese e acúmulo dos secretados nas diversas espécies. O estudo das estruturas secretoras é de grande importância tanto para o conhecimento da sua organização e funcionamento no corpo do vegetal, quanto para o tipo de material secretado (Castro, 1987), podendo também ser utilizado como caráter taxonômico (Metcalfe e Chalk, 1950). West (1969) afirma que as famílias primitivas do complexo basal ranaleano têm como característica unificadora a presença de idioblastos e cavidades secretoras. Famílias como Myrtaceae, Rutaceae, Flacourtiaceae e Teaceae podem em muitos casos ser identificadas pela análise das estruturas secretoras (Gentry, 1993).
Mostrar mais

89 Ler mais

Anatomia do lenho de Raulinoa echinata R.S.Cowan (Rutaceae) uma espécie endêmica. Wood anatomy of Raulinoa echinata R.S.Cowan (Rutaceae) an endemic species.

Anatomia do lenho de Raulinoa echinata R.S.Cowan (Rutaceae) uma espécie endêmica. Wood anatomy of Raulinoa echinata R.S.Cowan (Rutaceae) an endemic species.

RESUMO – A anatomia vegetal é útil para a caracterização das espécies e do ambiente em que estas vivem. Muitas espécies respondem a algumas características ambientais com alterações na anatomia do lenho, por exemplo, na quantidade de vasos e raios, o que contribui para a sobrevivência no ambiente. Outras respostas anatômicas do lenho, devido às condições isiológicas-estruturais presentes em diferentes regiões do caule, também são comuns. O presente estudo analisou a anatomia do lenho de Raulinoa echinata, espécie endêmica da mata ciliar do Vale do Itajaí, a im de buscar alterações do lenho em resposta a algumas características ambientais, além daquelas provocadas pelas diferentes regiões do caule. Para tanto, amostras do lenho foram coletadas em duas regiões: próximo do solo e à altura do peito (1,30 m). Possíveis respostas de R. echinata ao ambiente ripário foram observadas no comprimento e na frequência das ibras, na largura dos raios e no comprimento e na frequência total de vasos, com diferenças signiicativas, entre as duas regiões, apenas em características quantitativas. A espécie apresentou, ainda, vasos múltiplos tangenciais e em cacho, características até então não descritas para Rutaceae. Não foram vistos na espécie canais traumáticos, característica comum para Rutaceae.
Mostrar mais

11 Ler mais

Potencial germinativo e morfoanatomia foliar de plântulas de pinhão-manso originadas de germoplasma criopreservado.

Potencial germinativo e morfoanatomia foliar de plântulas de pinhão-manso originadas de germoplasma criopreservado.

Após a avaliação do teor inicial de água, foram determinados a curva de dessecação das sementes e o efeito imediato desta sobre a germinação das sementes. Para obtenção da curva de dessecação, foram coletadas amostras de sementes após 0, 24, 48, 72, 96 e 120 horas de permanência sobre sílica-gel, analisadas quanto ao teor de água e germinação. Em seguida, o tegumento foi removido e os endospermas foram esterilizados em câmara de fluxo laminar, por imersão do material em etanol a 70% por 1 min, seguido de 15 min em solução de hipoclorito de sódio (alvejante comercial a 50%, com 2,0 a 2,5% de cloro ativo) e tríplice lavagem em água destilada e autoclavada. As sementes foram colocadas para germinar em meio de cultura MS (Murashige & Skoog, 1962), e o pH do meio foi ajustado para 5,7±0,1 antes da autoclavagem. Para germinação, as sementes foram mantidas em sala de crescimento com temperatura de 25±2ºC, sob fotoperíodo de 16 horas com radiação luminosa de 30 mmol m -2 s -1 .
Mostrar mais

9 Ler mais

Cultivo in vitro de Ruta graveolens (Rutaceae): efeito de trocas gasosas, de irradiâncias e de fitorreguladores na morfoanatomia e no metabolismo secundário

Cultivo in vitro de Ruta graveolens (Rutaceae): efeito de trocas gasosas, de irradiâncias e de fitorreguladores na morfoanatomia e no metabolismo secundário

Abstract - There is a growing interest in the in vitro biosynthesis of bioactive secondary metabolites in plant tissues in vitro propagated medicinal plants as Ruta graveolens (Rutaceae), of which several types of cultures in vitro, including cell suspensions, callus, shoots, adventitious and hairy roots have been established, mostly on MS on MS medium with different growth regulators. However, there are few studies on the effect of auxins and cytokinins, e.g. meta-topolin (m-TP) in combination with 2,4-dichlorophenoxyacetic acid (2,4-D) or naphthalene acetic acid (NAA), on the production of secondary metabolites such as alkaloids. This study aimed to determine the achievement of m-TP in in vitro tissues of R. graveolens and the best auxin and cytokinin combination to induce callus or shoots aiming at secondary metabolite accumulation. Nodal and internodal segments, leaves and roots from R. graveolens vitroplants were cultured on MS medium supplemented with combinations and concentrations of 2,4-D (0.5 and 1 mg L -1 ), NAA (0.5 and 1 mg L -1 ), kinetin (KIN) (0.5 and 1 mg L -
Mostrar mais

145 Ler mais

V E R S Õ E S DE ORFEU

V E R S Õ E S DE ORFEU

As indicações cênicas, com suas ressonâncias poéticas, funcionam ainda como uma introdução para a fala de Orfeu, que expressa o sentimento de ligação eterna à mulher amada:?. O RFEU : Vo[r]

8 Ler mais

Morfoanatomia foliar de espécies de Croton sect. Luntia (Euphorbiaceae) como contribuição para a taxonomia do gênero

Morfoanatomia foliar de espécies de Croton sect. Luntia (Euphorbiaceae) como contribuição para a taxonomia do gênero

Os nectários extraflorais são comuns não só em Croton, mas em toda a família Euphorbiaceae (Elias 1983). A literatura tradicional, desde o início do século XX, já registrava variações na posição dos nectários na folha (Solereder 1908). Estas estruturas foram relatadas sobre as nervuras; nos ângulos das nervuras de primeira ordem ou de segunda ordem; na superfície da lâmina, sem contato direto com as nervuras; na margem foliar, sobretudo onde há dentes e sinuosidades; na raque; e nas regiões proximal ou distal do pecíolo. Com exceção da raque, todas as demais posições foram observadas no conjunto de espécies analisadas no presente trabalho. A variação morfológica e na posição ocupada pelos NEFs tem possibilitado a utilização destas estruturas em abordagens taxonômicas, quer como um carater diagnóstico ou como um carater unificador (Solereder 1908, Metcalfe e Chalk 1957, Wilkinson 1979). No caso de Croton, os NEFs acropeciolares/basilaminares e laminares são conspícuos e, por serem facilmente visualizados foram relatados nas descrições originais das espécies. Por outro lado, a carência de descrições das glândulas marginais em muitas espécies parece estar relacionada com o tamanho reduzido destas estruturas.
Mostrar mais

54 Ler mais

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

We address the efficiency of expenditure in education provision by comparing the output (PISA results) from the educational system of 25, mostly OECD, countries with resources employed[r]

39 Ler mais

W O R K I N G PA P E R S E R I E S

W O R K I N G PA P E R S E R I E S

We evaluate to which extent relevant fiscal policy events taking place in the course of 2002 produced a reaction in the long-term bond segment of the capital markets.. Firstly, we identi[r]

53 Ler mais

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

The ordered probit analysis confirmed the overall estimation results from the linear panel regressions. Interestingly, there is some evidence for different approaches of the agencies with regard to the distance between ratings thresholds. For instance, for Moody’s the estimated thresholds point to a relatively large jump between the ratings for BBB– and BBB. This suggests that countries close to the non-investment grade rating are given a wider range before they actually cross that threshold. For Fitch, the hypothesis of equal distances is strongly rejected as the thresholds for higher ratings are further apart than those of the lower ratings. In this case the kink lies at the A rating. On the other hand, no clear switching pattern emerges for S&P.
Mostrar mais

67 Ler mais

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

The prevalence of either Ricardian or non-Ricardian fiscal regimes is important both for practical policy reasons and to assess fiscal sustainability, and this is of particular relevan[r]

46 Ler mais

W O R K I N G PA P E R S E R I E S

W O R K I N G PA P E R S E R I E S

The following variables are considered endogenous: unemployment rate, growth rate of total factor productivity, inflation rate, terms of trade, hours per worker, growth rate of governme[r]

57 Ler mais

L D E R E Q U IS ITO S P A R A FO R N E C E D O R E S

L D E R E Q U IS ITO S P A R A FO R N E C E D O R E S

A proibi•‚o de utiliza•‚o n‚o se aplica a produtos que s‚o empregados apenas em quantidades muito pequenas e pelo pessoal especializado, dentro dos laboratˆrios das empresas do grupo Randon. A l…m disso, poder‚o ser feitas exce•†es para subst•ncias cuja utiliza•‚o ocorrem em processos nos quais n‚o … poss„vel proibi-las totalmente, devido a regulamentos da legisla•‚o vigente ou requisitos de seguran•a. Nos casos em que for necess‡rio fazer exce•†es, dever‚o ser tomadas medidas especiais de seguran•a para evitar danos Œs pessoas e ao meio-ambiente. A s exce•†es devem ser acertadas com os respectivos departamentos de suprimentos das empresas do grupo Randon.
Mostrar mais

69 Ler mais

Hyphomycetes sobre o folhedo de Caesalpinia echinata Lam. com duas novas citações para o Brasil.

Hyphomycetes sobre o folhedo de Caesalpinia echinata Lam. com duas novas citações para o Brasil.

ABSTRACT- (Hyphomycetes on leaf litter of Caesalpinia echinata Lam. with two new records from Brazil). Hyphomycetes were abundant on plant debris and play a part on decomposition of these substrates. Samples of Caesalpinia echinata leaf litter were collected in two areas of State of São Paulo, at “Parque Municipal do Ibirapuera” and “Reserva Biológica de Mogi-Guaçu”, from February 2005 to February 2006. The leaves were prepared by washing with serial changes of sterile distilled water and incubated in moist chambers at environment temperature. Third-two Hyphomycetes were isolated. Of these, four species are described for the first time to Brazil, seven are new records to São Paulo State and seventeen are cited for the first time to Brazil-wood leaf litter.
Mostrar mais

12 Ler mais

C O N T R A S T E S E C O N V E R G Ê N C lA S E N T R E B R A S IL E A R G E N T IN A

C O N T R A S T E S E C O N V E R G Ê N C lA S E N T R E B R A S IL E A R G E N T IN A

N o e n t a n t o , a a s p ir a ç ã o d e e lim in a r a b a r b á r ie , n e u tr a liz a n d o a n tu a ç ã o in d íg e n a , s ó c o m e ç o u a s e r d e v e ra s s a tis f e ita a lg u n s a n o s d e p o is , já q u a s e n o fin a l d o s é c u lo X IX , c o m a c h a m a d a c a m p a n h a d o D e s e r to d e 1 8 7 9 , à q u a l v o lta re i m a is a d ia n te . A a lta q u a lid a d e d a lite r a tu r a a r g e n tin a d o s o ito c e n to s p r o d u z iu p e ç a s e s p e c ia lm e n te s ig n ific a tiv a s s o b re o q u e e r a c o n s id e r a d o d o m ín io d a b a r b á r ie . Jo sé l l e r n á n d e z ( 1 8 3 4 - 1 8 8 6 ) p e r c o r r e u m a t r a j e t ó r i a q u e v a i d a a d m ir a ç ã o p e la v id a g a u c h a e in d íg e n a d o s P a m p a s à e x e c r a ç ã o d a lillim a e m fa v o r d a p rim e ira . S e u s p o e m a s E l G a u c h o M a r t i n F ie r r o , d e 1 8 7 2 , e L a V u e l t a d e M a r t i n F ie r r o , d e 1 8 7 9 , a c o m p a n h a m e s s e tr a je to a o s a b o r d a s m u d a n ç a s d e p o s iç ã o p o lític a d o a u t o r q u e , d e n d v e r s á rio d e M itr e e S a r m ie n to , p a s s a a a lia d o d e R o c a , o h e r ó i d a C a m p a n h a d o D e s e rto (V in as, 2 0 0 3 :1 7 3 1 7 4 ) . S e n o p rim e iro p o e m a ín d io s e g a ú c h o s tê m e m c o m u m a lib e rd a d e in c o n tid a , o d e s a p e g o m a te r ia l e a r e b e ld ia d ia n te d a s n o r m a s e s ta ta is , n o s e g u n d o , a c o r a g e m e a v itim iz a ç ã o d o g a u c h o c o n tr a s ta m c o m a b r u ta lid a d e e a irre v e rê n c ia d o ín d io d o s to ld o s p a m p ia n o s :
Mostrar mais

34 Ler mais

Morfologia foliar de indivíduos jovens e adultos de Caesalpinia echinata Lam. numa floresta semidecídua do Sul da Bahia.

Morfologia foliar de indivíduos jovens e adultos de Caesalpinia echinata Lam. numa floresta semidecídua do Sul da Bahia.

A folha é o órgão mais importante para a realização das trocas de carbono e água entre planta e atmosfera. De acordo com as características do ambiente em que se encontram, as folhas apresentam adaptações anatômicas, morfológicas e fisiológicas que permitem a manutenção de um balanço positivo de carbono. Folhas de sombra são, em geral, mais finas, apresentam menor massa específica e menor razão entre parênquimas paliçádico e lacunoso do que folhas de sol (ARANDA et al., 2004). Tais características podem variar entre grupos ecológicos ou entre espécies, e influenciam a capacidade de sobreviver e crescer em ambientes de clareiras ou no sub-bosque das matas fechadas. Assim, a avaliação das mudanças na morfologia foliar em resposta a diferentes ambientes de crescimento proporciona critérios importantes para analisar a plasticidade morfológica e fisiológica com relação às adaptações ao sol ou sombra, bem como para prover informações referentes à compreensão dos aspectos ecofisiológicos relacionados com a regeneração natural e a reintrodução de espécies arbóreas nativas no seu habitat.
Mostrar mais

10 Ler mais

B R U N O CA R A Z Z A D O S S A N T O S

B R U N O CA R A Z Z A D O S S A N T O S

contribuir para o debate sobre como as leis são produzidas no Brasil, e para quem.... Construção da Base de Dados?[r]

34 Ler mais

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

The main focus of this paper is the relation between the cyclical components of total revenues and expenditures and the budget balance in France, Germany, Portugal, and Spain.. We try [r]

48 Ler mais

CLAUDIA OLIVEIRA CURY VILELA A I N S T R U Ç Ã O P A R A O S D E S F A V O R E C I D O S D A S O R T E

CLAUDIA OLIVEIRA CURY VILELA A I N S T R U Ç Ã O P A R A O S D E S F A V O R E C I D O S D A S O R T E

Diante do exposto, com certa inquietude sobre aspectos que envolvem os desvalidos socioeconomicamente, os marginalizados e os excluídos do processo de escolarização, embrenha[r]

248 Ler mais

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

WO R K I N G PA P E R S E R I E S

The results show some evidence in favour of the existence of expansionary fiscal consolidations, for a few budgetary spending items (general government final consumption, social transf[r]

52 Ler mais

Show all 10000 documents...