Top PDF Muscidae, Fanniidae e Calliphoridae (Diptera) do Projeto Maracá, Roraima, Brasil.

Muscidae, Fanniidae e Calliphoridae (Diptera) do Projeto Maracá, Roraima, Brasil.

Muscidae, Fanniidae e Calliphoridae (Diptera) do Projeto Maracá, Roraima, Brasil.

Nos Resultados, são listadas as espécies e a distribuição geográfica conhecida, inclusive com material das coleções do Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná (DZUP)[r]

9 Ler mais

Levantamento de Calliphoridae, Fanniidae, Muscidae e Sarcophagidae em um fragmento de mata na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, Brasil.

Levantamento de Calliphoridae, Fanniidae, Muscidae e Sarcophagidae em um fragmento de mata na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, Brasil.

ABSTRACT. Calliphoridae, Fanniidae, Muscidae and Sarcophagidae in a rainforest fragment in Ilha do Governador, Rio de Janeiro, Brasil. This paper aimed to study the diversity of dipterans of the families Calliphoridae, Fanniidae, Muscidae and Sarcophagidae in a fragment of the Atlantic rainforest located in the Ilha do Governador, Rio de Janeiro State, Brazil, from July 2001 to July 2002. The temporal variation occurrence of the most frequent species of the studied families in the fragment was also analyzed. The collections were performed with traps using baits of rotten fish. The most frequent and most constant species was Chrysomya megacephala (Fabricius, 1794) which is exotic and was introduced about twenty years ago in the American Continent.
Mostrar mais

5 Ler mais

Encontro do parasita Hemencyrtus herbertii (Hymenoptera: Encyrtidae) em Musca domestica (Diptera: Muscidae) no Brasil.

Encontro do parasita Hemencyrtus herbertii (Hymenoptera: Encyrtidae) em Musca domestica (Diptera: Muscidae) no Brasil.

Os dípteros muscóides das famílias Calliphoridae, Fanniidae, Muscidae e Sarcophagidae são potenci- ais vetores mecânicos de agentes etiológicos como: vírus, bactérias, cistos de protozoá[r]

2 Ler mais

Dipterofauna do arquipélago de Fernando de Noronha (Pernambuco, Brasil).

Dipterofauna do arquipélago de Fernando de Noronha (Pernambuco, Brasil).

ABSTRACT. Dipterofauna of Fernando de Noronha (Pernambuco, Brazil). This paper records some Diptera from the island of Fernando de Noronha (Pernambuco, Brazil), presenting the richness of species and their abundance. The material studied was collected in July 1973. Eight families of Diptera in a total of 11,515 specimens were studied. Among the families the following seven are new records: Calliphoridae, Muscidae, Fanniidae, Stratiomyidae, Sepsidae, Otitidae and Tabanidae. The first three and the Sarcophagidae (previously recorded) were identified to species level. The most abundant families were Sepsidae and Calliphoridae with more than 80% of the total collected, having Cochliomyia macellaria (Fabricius, 1775), as the dominant species.
Mostrar mais

3 Ler mais

Chave para adultos de dípteros (Muscidae, Fanniidae, Anthomyiidae) associados ao ambiente humano no Brasil.

Chave para adultos de dípteros (Muscidae, Fanniidae, Anthomyiidae) associados ao ambiente humano no Brasil.

Tabela 1. Espécies de Muscidae associadas com o ambiente humano no Brasil. Não incluídas as espécies identificadas apenas em nível de gênero. Trabalhos analisados: 1, Freire (1914); 2, Maria Judy de M. Ferreira, comunicação pessoal; 3, Imbiriba (1979); 4, Charlwood & Lopes (1980); 5, Linhares (1981); 6, Valério & Guimarães (1983); 7, Carvalho et al. (1984); 8, Ribeiro et al. (1985); 9, D’Almeida (1986); 10, Brum et al. (1987); 11, Monteiro-Filho & Penereiro (1987); 12, Guimarães (1988); 13, Ferreira et al. (1990); 14, Fava & Lomônaco (1990); 15, Kasai et al. (1990); 16, Honer et al. (1991); 17, Pamplona (1992a); 18, Nunes et al. (1991); 19, Carvalho & Couri (1991); 20, Bruno et al. (1993); 21, Campos & Barros (1995); 22, Lomônaco & Almeida (1995a); 23, Lomônaco & Almeida (1995b); 24, D’Almeida & Mello (1996); 25, D’Almeida & Almeida (1996); 26, Moura et al. (1997); 27, Carvalho & Pont (1998); 28, Moura et al. (1998); 29, D’Almeida & Almeida (1998); 30, Gomes et al. (1998); 31, Guimarães & Papavero (1999); 32, Ribeiro et al. (2000); 33, Pamplona et al. (2000); 34, Carvalho et al. (2000). Abreviaturas: AM=Amazonas, BA=Bahia, DF=Distrito Federal, ES=Espírito Santo, GO=Goiás, MG=Minas Gerais, MS=Mato Grosso do Sul, MT=Mato Grosso, PR=Paraná, RJ=Rio de Janeiro, RN=Rio Grande do Norte, RR=Roraima, RS=Rio Grande do Sul, SC=Santa Catarina, SP=São Paulo.
Mostrar mais

8 Ler mais

Evaliação do impacto do programa de coleta seletiva de lixo na frequência de Calliphoridae e Muscidae em Tupã-SP

Evaliação do impacto do programa de coleta seletiva de lixo na frequência de Calliphoridae e Muscidae em Tupã-SP

ABSTRACT: The present paper discusses the importance of analysing the frequency of flies of the Muscidae and Calli- phoridae family, evaluating the impact of the implementation of urban garbage collection’s programs. It was examined the case study of the city Tupa – Sao Paulo’s State- which was divided in two distinct phases: phase 1 – between June and October of 2001, characterized by the presence of landfill and; phase 2 – from November of 2001 to May of 2002, characterized by the beginning of the implementation of selective collection and recycling and gradual dump grouding. The procedure for the capture of the insects was made with ten traps made with two-liter plastics bottles placed in houses and trees around the landfill. As an attractive, 400 mL of spill from sugar cane was used and replaced weekly. In both phases of the rese-
Mostrar mais

11 Ler mais

O MOVIMENTO POLÍTICO INDÍGENA EM RORAIMA: identidades indígenas e nacionais na fronteira Brasil-Guiana

O MOVIMENTO POLÍTICO INDÍGENA EM RORAIMA: identidades indígenas e nacionais na fronteira Brasil-Guiana

No Estado de Roraima, no Brasil, o movi- mento indígena tem reivindicado uma educação indígena diferenciada, que respeite a cultura e os saberes tradicionais de cada povo, direito ga- rantido pela Constituição Federal Brasileira de 1988. Na Guiana, a tendência tem sido reivindi- car a implantação, nas comunidades indígenas, de escolas e colégios da rede do sistema nacional de ensino, e, recentemente, a Amerindian Peoples Association (APA) tem reivindicado o direito a uma educação indígena diferenciada. Num qua- dro histórico de exclusão social, nos últimos anos, os Estados Nacionais e algumas organizações não governamentais têm formulado e implantado po- líticas de inclusão social, com a participação de antropólogos. O projeto político-pedagógico do Curso de Licenciatura Intercultural, do Núcleo Insikiran de Formação Superior Indígena da Uni- versidade Federal de Roraima (desde 2009, Insti- tuto) (Carvalho; Fernandes; Repetto, 2008), no Brasil, é uma iniciativa pioneira na educação su- perior federal brasileira. Desde sua implementação em meados de 2003, quando se iniciaram as ati- vidades da Licenciatura Intercultural, o projeto tem sofrido revisões. A primeira seleção especí- fica para o curso de Licenciatura Intercultural foi realizada em janeiro de 2003, e aulas tiveram início em julho do mesmo ano, com uma turma de 60 alunos. O objetivo principal é a formação de professores indígenas que possam contribuir
Mostrar mais

13 Ler mais

O PROJETO E-JOVEM NO ESTADO DO CEARÁ: PERSPECTIVAS, ANÁLISE E DESAFIOS

O PROJETO E-JOVEM NO ESTADO DO CEARÁ: PERSPECTIVAS, ANÁLISE E DESAFIOS

Como síntese das reflexões e discussões elaboradas nos dois primeiros capítulos, fruto da pesquisa realizada e estudo dos documentos que dão base ao projeto, constato que o e-Jovem, desde a sua implementação em 2007 até os dias atuais, tornou-se sustentável e atrativo por gerar expectativas positivas para a juventude (público alvo do projeto), com a possibilidade de uma formação e certificação técnica na área de Informática. Entretanto, no estudo de caso realizado, foi possível constatar também que existem situações problemáticas em algumas questões específicas, que precisam ser tratadas, a fim de fortalecer o funcionamento do projeto em todas as realidades nas quais ele é ofertado.
Mostrar mais

115 Ler mais

O movimento político indígena em Roraima: identidades indígenas e nacionais na fronteira Brasil-Guiana.

O movimento político indígena em Roraima: identidades indígenas e nacionais na fronteira Brasil-Guiana.

Os indígenas que habitam a Terra Indígena Raposa Serra do Sol exigem a garantia e a proteção integral de suas terras e dos recursos naturais, onde arrozeiros invasores continuaram, até o início de 2009, a explorar indevidamente as terras e os rios. Pressões por parte de políticos e empresários de Roraima tentaram reverter a demarcação e a homo- logação dessa Terra Indígena, para que fosse “julgada” novamente a sua legitimidade. Após três sessões, o Supremo Tribunal Federal (STF) man- teve a decisão favorável à demarcação contínua da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, o que beneficia os povos indígenas e determina a saída dos fazendeiros da região. Em 19 de março de 2009, a decisão, por dez votos a um, dos minis- tros do STF derruba uma ação impetrada em 2005 por um senador de Roraima contra a criação da Terra Indígena de 1,7 milhão de hectares determi- nada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no mesmo ano. A demarcação foi aprovada com dezenove restrições, dezoito propostas por um dos ministros do STF em dezembro de 2008 e uma apresentada pelo presidente do STF em março de 2009.
Mostrar mais

12 Ler mais

Estratégias de reprodução social

Estratégias de reprodução social

No decurso do século XVIII, o crescimento da mineração no Estado de Minas Gerais e a crise do setor açucareiro acarretaram uma crise na economia nordestina e o deslocamento da produção bovina para o Sul do Brasil (Furtado, 1981). Os grandes latifúndios começaram a ser fracionados devido à ausência dos proprietários e à crise da pecuária bovina no Nordeste. No sertão do São Francisco, de clima muito seco, ocorreram fenômenos de abandono de terras. As áreas vizinhas ao rio que ofereciam oportunidades de produção mais interessantes concentraram os investimentos. Depois da Lei da Terra, os pequenos proprietários e camponeses começaram a estabelecer-se. Comunidades apareciam e materializavam-se em sítios nas proximidades dos poços. A existência de fontes d’água (riachos temporários, “caldeirões”, lagoas) permitia a instalação das famílias. Foi o que aconteceu na pequena região de Massaroca, onde as famílias dos vaqueiros se instalaram nas terras dos ex-donos, conservando o nome da antiga fazenda para o sítio ou a comu- nidade (Tonneau, 1994). Atualmente, seus membros são os descendentes dos primeiros ocupantes ou dos compradores das antigas fazendas. O primeiro recenseamento de terras privadas, realizado entre 1857 e 1860 pela paróquia de Juazeiro, evidencia “o pouco número de latifúndios que superaram a crise e o seu tamanho reduzido” (Garcez e Sena, 1992). Assim, numerosos vaqueiros, mestiços, escravos alforriados ou ex-condenados tomaram posse de terras situadas entre as sesmarias ou mesmo inexploradas (Prado Júnior, 1960).
Mostrar mais

337 Ler mais

MYCOCINOGENIC YEASTS ISOLATED FROM AMAZON SOILS OF THE MARACÁ ECOLOGICAL STATION, RORAIMA-BRAZIL

MYCOCINOGENIC YEASTS ISOLATED FROM AMAZON SOILS OF THE MARACÁ ECOLOGICAL STATION, RORAIMA-BRAZIL

Yeasts were isolated from soil samples collected from the Maracá Ecological Station, located on Maracá Island 130 km from Boa Vista, in the Amazon state of Roraima, Brazil. The Ultisoils are the predominant soils on the Island, especially oxissoil, with the occurrence of red-yellow ultisoils, in euthrophic and distrophic forms. Yeast isolations were done by the spread plate method on acidified Y-M Agar medium (0.3% yeast extract, 0.3% malt extract, 0.5% peptone, 1% glucose and 2% agar) with 200mg/L of chloramphenicol, 0.15% sodium propionate, and pH adjusted to 4.5 with HCl and incubated 3 to 5 days at 25 ± 3ºC (2,22). Selected colonies were streaked on Y-M agar to obtain pure cultures and maintained at 8 ± 4ºC on 2% glucose- 0.5% yeast extract- 2% malt extract- 0.1% monosodium phosphate 2% agar slants covered with sterile mineral oil.
Mostrar mais

6 Ler mais

Projeto Incorporais: método e material lúdico-didático para professores e estudantes do ensino médio – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Projeto Incorporais: método e material lúdico-didático para professores e estudantes do ensino médio – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Assim como o processo de criação dos participantes da TNI, também o processo de criação dos hipersuportes é trabalhado pela perspectiva do processo mimético de Ricoeur (1983), em que na M1 temos a prefi guração dos elementos, por exemplo, da Linguagem Visual, as imagens-link construídas por tradução intersemiótica, segundo Julio Plaza (1987), que expõem suas referências, ao invés de escondê-las, de modo que abrir uma imagem-link estimule o aprofundamento em vez da superfi cialidade. As imagens-link estão presentes na confi guração dos hipersuportes, a M2, diagramados de modo a convidar os participantes a nela inserirem suas próprias criações, por meio de um projeto gráfi co que busca a evidenciar a transversalidade de um tema. Assim, os suportes onde se materializam essas relações deverão também ser confi gurados de modo a convidar os receptores a nela inserirem suas próprias criações, por meio de um projeto gráfi co que busque evidenciar a transversalidade do tema. Deste modo, os elementos das linguagens deverão apontar para além, instigando o leitor a produzir não sobre o, mas a partir do conteúdo, caracterizando a M3, ou seja, a fruição interativa do objeto que promove a refi guração do sujeito fruidor.
Mostrar mais

15 Ler mais

Reforma agrária no Brasil: a intervenção do MST e a atualidade do programa de transição — Outubro Revista

Reforma agrária no Brasil: a intervenção do MST e a atualidade do programa de transição — Outubro Revista

Entretanto, a agroindústria capitalista que se utiliza da mecanização e da automação vive hoje no país uma situação contraditória. Ocorre que a mecanização e a automação da agroindústria estão concentradas em re- giões onde a competição entre os produtos é mais acirrada, como em mui- tas áreas do estado de São Paulo. Este quadro não se repete em outras regi- ões do país. José Martins apresenta números de um estudo do Instituto de Economia Agrícola pelo qual o índice de mecanização mundial, em 1993, foi de 52,2 hectares por trator. No Brasil, o índice em 1995 era de 104 hectares para cada trator. Também em 1993, a média mundial de colheitadeiras foi de 349 hectares por máquina. No Brasil, esse índice foi de 834 hectares por colheitadeira. Martins conclui que o desabamento do índice de mecanização significa que a produtividade da agroindústria bra- sileira entrou em queda livre nos últimos dez anos e que a perda do poder de competição dos produtos agrícolas nacionais no mercado externo se deve à incapacidade dos grandes proprietários agrícolas de elevar, no atual está- gio da globalização, a taxa de acumulação do capital agrário nacional e, conseqüentemente, interromper a crise agrária no país. 8
Mostrar mais

15 Ler mais

Atividades preliminares do programa de controle e tratamento da oncocercose no território Yanomâmi, Roraima, Brasil.

Atividades preliminares do programa de controle e tratamento da oncocercose no território Yanomâmi, Roraima, Brasil.

O r g a n i z a ç ã o P a n A m e r i c a n a d a S a ú d e (OPAS)/Organização Mundial da Saúde (OMS), junto a OEPA (Onchocerciasis Elimination Program for the Americas), em coordenar, estimular e apoiar os esforços de diversos países n a s A m é r i c a s q u e p o s s u e m f o c o s d e oncocercose, com o objetivo de eliminá-los completamente até o ano 2000, tal como é esperado com os focos africanos de oncocercose; e finalmente, no Brasil, a criação do Distrito Sanitário Yanomâmi (DSY)/FNS 4 .

4 Ler mais

AGROECOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS NA AMÉRICA LATINA: O CASO DO BRASIL

AGROECOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS NA AMÉRICA LATINA: O CASO DO BRASIL

A experiência brasileira na constituição e organização do movimento agroecológico, apresenta algumas carac- terísticas que merecem ser sublinhadas. Em primeiro lu- gar, o fato de que esse movimento foi se instituindo e se consolidando no decorrer das últimas décadas a partir de variados formatos e ênfases, mas sempre tendo como fundamento uma crítica objetiva aos padrões socialmente excludentes e ambientalmente predatórios que caracte- rizam a agricultura e o desenvolvimento rural no Brasil. A partir dessa leitura crítica sobre a natureza e das relações subjacentes ao modelo hegemônico de desenvolvimento rural, o campo agroecológico brasileiro, reunido na ANA e na ABA-Agroecologia, assume a compreensão de que o enfrentamento desse modelo é, antes de tudo, um desafio no plano político (Petersen 2008). Sob essa perspectiva, a proposta agroecológica emergiu e tem feito seu caminho num campo de disputa na sociedade, no qual a produção familiar assume uma franca oposição aos privilégios de uma elite econômica predatória e parasitária. Essa disputa política não poderá se resolver sem a efetivação de uma estratégia de ocupação massiva dos territórios pelas expe- riências da Agroecologia como força material de produ- ção e fonte de inspiração de políticas (Gomes de Almeida 2009).
Mostrar mais

11 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

Como foi expresso neste mesmo documento, o grande desafio para a efetiva promoção e proteção dos direitos humanos no Brasil é o de concebê-los e programá-los na sua universalidade, interdependência e indivisibilidade, tratando-os de maneira transversal. Dentre os eixos, chamou a atenção a ausência de um segmento destinado a garantir o direito à Memória, Verdade e Justiça pelos crimes cometidos no passado ditatorial; mas a queixa não demorou a chegar até o secretário da SEDH, e ex-preso político, que se desculpou publicamente durante o discurso inaugural, caracterizando a omissão como um “cochilo”, incluindo-o posteriormente como o sétimo eixo orientador. Durante a seção solene da abertura, tiveram a palavra o presidente Lula, o ministro Vannuchi, o presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, Pompeo de Mattos e a representante do Fórum de Entidades Nacionais de Direitos Humanos, Deise Benedito. Coube a esta última proferir um discurso que pretendia representar a sociedade civil partícipe do encontro sócio-estatal.
Mostrar mais

163 Ler mais

Foraging by Polybia (Trichothorax) ignobilis (Hymenoptera, Vespidae) on flies at animal carcasses

Foraging by Polybia (Trichothorax) ignobilis (Hymenoptera, Vespidae) on flies at animal carcasses

ABSTRACT. Foraging by Polybia (Trichothorax) ignobilis (Hymenoptera, Vespidae) on flies at animal carcasses. Proteins for brood nutrition of social wasps are obtained from many prey, including insects (even bees and other wasps), spiders and bits of decaying meat. After being captured and killed, prey are reduced to a shapeless mass and distributed to the brood. Little is known about the foraging activity, especially on this group. Herein we describe the sequence of foraging behaviours of the social wasp Polybia (Trichothorax) ignobilis for hunting flies (Diptera: Calliphoridae and Muscidae) over pig carcasses. To our knowledge, there are few scientific descriptions of prey foraging behaviour on this species.
Mostrar mais

5 Ler mais

Notas sobre alguns morcegos da ilha de Maracá, Território Federal de Roraima (Mammalia, Chiroptera)

Notas sobre alguns morcegos da ilha de Maracá, Território Federal de Roraima (Mammalia, Chiroptera)

Foram analisadas oito espécies de morcegos (Pteronotus parnellii rubiginosus, Carollia p. bilobatum, Uroderma magnirostrum, Chiroderma v. villosum, Artibeus fuliginosus, [r]

6 Ler mais

Key to the adults of the most common forensic species of Diptera in South America

Key to the adults of the most common forensic species of Diptera in South America

ABSTRACT. Key to the adults of the most common forensic species of Diptera in South America. Flies (Diptera, blow flies, house flies, flesh flies, horse flies, cattle flies, deer flies, midges and mosquitoes) are among the four megadiverse insect orders. Several species quickly colonize human cadavers and are potentially useful in forensic studies. One of the major problems with carrion fly identification is the lack of taxonomists or available keys that can identify even the most common species sometimes resulting in erroneous identification. Here we present a key to the adults of 12 families of Diptera whose species are found on carrion, including human corpses. Also, a summary for the most common families of forensic importance in South America, along with a key to the most common species of Calliphoridae, Muscidae, and Fanniidae and to the genera of Sarcophagidae are provided. Drawings of the most important characters for identification are also included.
Mostrar mais

17 Ler mais

Show all 10000 documents...