Top PDF Myxomycetes ocorrentes em áreas de caatinga e brejo de altitude no sertão de Pernambuco, Brasil.

Myxomycetes ocorrentes em áreas de caatinga e brejo de altitude no sertão de Pernambuco, Brasil.

Myxomycetes ocorrentes em áreas de caatinga e brejo de altitude no sertão de Pernambuco, Brasil.

(Myxomycetes ocorrentes em áreas de caatinga e brejo de altitude no sertão de Pernambuco, Brasil). O bioma Caatinga, localizado na região semiárida brasileira, está distribuído em nove estados, incluindo Pernambuco. Os objetivos deste estudo foram: obter informações que contribuam para a compreensão da diversidade alfa e gama da microbiota da Caatinga; comparar a composição da mixobiota em áreas de caatinga situadas nos municípios de Serra Talhada (ST) e Mirandiba (M) com a encontrada em um enclave de floresta úmida (brejo de altitude) situado no município de Triunfo (T). Os espécimes foram coletados sobre restos lenhosos (173), folhedo (26), restos de plantas suculentas (3), casca de árvore viva (1) e fezes de herbívoros (1). Hemitrichia calyculata foi a espécie mais abundante (60 regis- tros); outras espécies comuns foram Arcyria cinerea (20), Ceratiomyxa fruticulosa (19), A. denudata (16) e H. serpula (13). Apresenta-se uma lista comentada de 37 espécies, distribuídas em 17 gêneros, sete famílias e cinco ordens. A mixobiota dos três ambientes difere entre si: CC M/ST = 0,25; CC M/T = 0,06; CC ST/T = 0,39. A relação espécie/gênero foi
Mostrar mais

15 Ler mais

Pteridófitas ocorrentes em três fragmentos florestais de um brejo de altitude (Bonito, Pernambuco, Brasil).

Pteridófitas ocorrentes em três fragmentos florestais de um brejo de altitude (Bonito, Pernambuco, Brasil).

RESUMO – (Pteridófitas ocorrentes em três fragmentos florestais de um brejo de altitude (Bonito, Pernambuco, Brasil)). O presente trabalho trata do levantamento da flora pteridofítica da Mata da Colônia, Mata da Chuva e Mata da Reserva, no município de Bonito (Pernambuco, Brasil). O local é um brejo de altitude (ca. 700-800m), cuja vegetação é diferenciada da Caatinga típica da região, condicionada principalmente pela altitude elevada, posição geográfica e aspectos climáticos que favorecem o desenvolvimento das pteridófitas. Foram realizadas 17 excursões ao local com o objetivo de coleta e observação das espécies de pteridófitas, sendo acrescentadas aos acervos de herbários, principalmente regionais, cerca de 400 espécimes. O estudo indicou a ocorrência de 93 espécies e duas variedades, distribuídas em 42 gêneros e 17 famílias. As famílias mais representativas foram Polypodiaceae, com 17 espécies e uma variedade, Thelypteridaceae e Pteridaceae, ambas com 11 espécies. O gênero Thelypteris Schmidel apresentou o maior número de espécies, com nove (e uma variedade), seguido por Asplenium L., com sete. A maioria das espécies apresentou-se como herbáceas, terrícolas e hemicriptófitas, ocorrendo no interior da mata. A flora pteridofítica local apresentou riqueza expressiva, trazendo o registro de 12 novas referências para o Estado, das quais sete ainda não haviam sido citadas para a região Nordeste.
Mostrar mais

12 Ler mais

Composição florística em trechos de vegetação de caatinga e brejo de altitude na região do Vale do Pajeú, Pernambuco.

Composição florística em trechos de vegetação de caatinga e brejo de altitude na região do Vale do Pajeú, Pernambuco.

Myracrodruon urundeuva, Amburana cearensis, Parapiptadenia zehntneri e Cereus jamacaru ocor- reram nas quatro áreas, mesmo tratando-se estas de formações distintas (tabela 1). Isto difere do obser- vado por Lyra (1982), nas duas áreas do Brejo da Madre de Deus, em que nenhuma das espécies ocorrentes na caatinga foi encontrada na mata serrana. Para Rizzini (1963), Amburana cearensis e Myracrodruon urundeuva, comuns tanto ao brejo de Triunfo como à caatinga de Serra Talhada, são espé- cies com distribuição centrada na grande floresta atlântica. Andrade-Lima (1964) discorda deste ponto de vista e referencia Amburana cearensis como espécie que ocupou, em época remota, toda a faixa entre o nordeste e o chaco argentino, numa disper- são hoje contínua pelo maciço da Mantiqueira, Chapada Diamantina e planalto goiano.
Mostrar mais

9 Ler mais

Carla de Barros Reis Diego Resende Martins Lucas Gomes

Carla de Barros Reis Diego Resende Martins Lucas Gomes

As duas últimas décadas no Brasil são marcadas por mudanças sociais importantes caracterizadas, sobretudo, pela redução da desigualdade e da pobreza. Essa redução ocorre para o país como um todo, mas de forma diferenciada entre as regiões. No Brasil, entre 1990 e 2009, o coeficiente de Gini, que mede a desigualdade de renda, reduziu-se em quase 12%, variando de 0,61 para 0,54. Essa redução foi observada em todas as regiões, sendo maior no Sul e no Sudeste, com quedas de 15% e 11,5%, e menor no Centro Oeste (8,3%). Mudanças mais acentuadas foram observadas para as taxas de pobreza. No Brasil, em 1990, a taxa de pobreza era igual a 41,92 caindo para 11,60 em 2009. Entre as regiões, as maiores quedas foram observadas para o Sul, Centro Oeste e Sudeste, 68%, 63% e 57% respectivamente. Apesar dessas reduções, diferenças regionais marcantes ainda estão presentes. Em 2009, enquanto nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste a taxa de pobreza estava em torno de 12, no Nordeste e Norte esse valor era em torno de 40 e 32,54 respectivamente 1 .
Mostrar mais

22 Ler mais

Abordagem Diagnóstica e Critérios de Referenciação de Doenças Hereditárias do Metabolismo em Idade Pediátrica e no Adulto – Normas de Orientação Clínica

Abordagem Diagnóstica e Critérios de Referenciação de Doenças Hereditárias do Metabolismo em Idade Pediátrica e no Adulto – Normas de Orientação Clínica

Nas situações acima referidas valorizar sobretudo quadros clínicos com associação de manifestações não esclarecidas. Devem ser referenciados a consulta de diagnóstico p[r]

39 Ler mais

João Márcio Mendes Pereira Doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense Contato eletrônico: joao_marcio1917yahoo.com.br Resumo: O texto analisa a luta política em torno da implementação dos programas orientados

João Márcio Mendes Pereira Doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense Contato eletrônico: joao_marcio1917yahoo.com.br Resumo: O texto analisa a luta política em torno da implementação dos programas orientados

Entretanto, apesar das orientações minimalistas do governo Cardoso, o status do tema “reforma agrária” na agenda política nacional mudaria pela confluência de um conjunto de pressões e acontecimentos desencadeados no biênio 1996-1997, em especial: a) a enorme repercussão internacional que teve o assassinato de 28 trabalhadores rurais pela polícia militar nos casos de Corumbiara/RO em agosto de 1995 e de Eldorado dos Carajás/PA em abril de 1996, os quais geraram uma onda de protestos contra a violência e a impunidade e em favor da luta social por reforma agrária no Brasil; b) o aumento em praticamente todo o país das ocupações de terra organizadas pelo Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e, em alguns estados (Pará, Goiás, Minas Gerais e parte da região canavieira nordestina), por determinados sindicatos e federações ligados à Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), recém vinculada à Central Única dos Trabalhadores (CUT); c) a tensão social crescente no Pontal do Paranapanema ⎯ região caracterizada por uma prática histórica de grilagem de terras situada num dos principais estados de agricultura capitalista consolidada ⎯, em virtude do aumento das ocupações de terra e da violência paramilitar praticada por latifundiários; d) a “Marcha Nacional por Reforma Agrária, Emprego e Justiça” organizada pelo MST, que chegou em Brasília em abril de 1997 e, mesmo sofrendo o misto de descaso e desqualificação por parte dos grandes meios de comunicação e do governo federal, acabou galvanizando a insatisfação popular contra as políticas liberais, transformando-se na primeira manifestação popular massiva contra o governo Cardoso; e) a realização de uma série de protestos no exterior organizados por entidades de apoio ao MST ⎯ principalmente durante as viagens oficiais do Presidente da República ⎯ em favor da reforma agrária e contra a violência e a repressão praticadas contra trabalhadores rurais e dirigentes do MST no Brasil.
Mostrar mais

26 Ler mais

Campanha Nacional de Alfabetização

Campanha Nacional de Alfabetização

Os trabalhadores brasileiros sempre lutaram para ter acesso à terra, e para isso várias lutas foram travadas durante toda a história do Brasil. A mais importante foi CANUDOS, liderada por Antônio Conselheiro, no sertão da Bahia e aconteceu no período de 1870 a 1897. Outras lutas e movimentos seguiram Canudos, como é o caso da luta do Contestado, em Santa Catarina (1912-1916), a luta de Lampião, no Nordeste Brasileiro (1917- 1938), ou ainda algumas “lutas radicais isoladas”, como é o caso da luta dos posseiros de Teófilo Otoni -MG (1945-1948);a revolta de dona NHOCA, no Maranhão (1951);a luta dos arrendatários em Santa Fé do Sul, em São Paulo (1959); a luta de Trombas e Formoso, em Goiás (1952-1958); a revolta do sudoeste do Paraná(1957).
Mostrar mais

112 Ler mais

Cuba e União Soviética em Angola: 1977 — Outubro Revista

Cuba e União Soviética em Angola: 1977 — Outubro Revista

Quanto aos soviéticos, os documentos confirmam uma atitude muito diferente da dos cubanos. Mas o Informe de Raúl Castro de abril-junho de 1976 mostra como a lide[r]

30 Ler mais

MARIA TEREZA GARCIA TEIXEIRA FORMAÇÃO DE GESTORES ESCOLARES NO ESTADO DE GOIÁS: O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

MARIA TEREZA GARCIA TEIXEIRA FORMAÇÃO DE GESTORES ESCOLARES NO ESTADO DE GOIÁS: O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Porém, é preciso considerar as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, instituídas pela Resolução CNE/CP nº 1, de 15 de maio de 2006, quando se refere à formação inicial e continuada do gestor escolar. O artigo 10 dessa Resolução prevê a extinção das habilitações (administração, planejamento, inspeção, supervisão e orientação educacional) dos cursos de Pedagogia. Já o artigo 14 dispõe que a licenciatura em Pedagogia assegura a formação dos profissionais da educação, conforme disposto no artigo 64 da LDBEN/96 e no §1º do mesmo artigo, segundo o qual “esta formação profissional também poderá ser realizada em cursos de pós-graduação, especialmente estruturados para este fim e abertos a todos os licenciados” (BRASIL, 2006).
Mostrar mais

127 Ler mais

Regras de Prescrição de Dispositivos Médicos na Retenção/Incontinência em Idade Pediátrica e no Adulto – Normas de Orientação Clínica

Regras de Prescrição de Dispositivos Médicos na Retenção/Incontinência em Idade Pediátrica e no Adulto – Normas de Orientação Clínica

familiar, social e laboral 3. Os dispositivos médicos dispensados em farmácia da comunidade estão restritos aos produtos cuja utilização foi determinada pelo fabricante [r]

7 Ler mais

EDUCAÇÃO INTEGRAL NO ESTADO DE PERNAMBUCO: UMA REALIDADE NO ENSINO MÉDIO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

EDUCAÇÃO INTEGRAL NO ESTADO DE PERNAMBUCO: UMA REALIDADE NO ENSINO MÉDIO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

[...] optou por um federalismo cooperativo sob a denominação de regime articulado de colaboração recíproca, descentralizado, com funções privativas, comuns e concorrentes entre os entes federativos. Com efeito, a constituição federal de 1988 reconhece o Brasil como uma república Federativa, formada pe la “União indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal...” (art.1 º da constituição). E, ao se estruturar, assim o faz, sob o princípio da cooperação recíproca, de acordo com os artigos 1 º , 18, 23 e 60, § 4 º ,I. Percebe-se, pois, que em vez de um sistema hierárquico ou dualista, comumente centralizado, a constituição Federal montou um sistema de repartição de competências e atribuições legislativas, entre os integrantes do sistema federativo, dentro de limites expressos, reconhecendo a dignidade e a sua autonomia própria (CURY, 2011, p.158).
Mostrar mais

99 Ler mais

Agrocombustíveis no Brasil e na América Latina: impactos no campo e na cidade

Agrocombustíveis no Brasil e na América Latina: impactos no campo e na cidade

Seu estudo, depois de empreender uma crítica radical ao modelo energético brasileiro e ao cenário futuro businesss as usual, iniciava uma reflexão sobre o que poderia ser a “sustentabilidade energética” no nosso país. Muito se caminhou e a energia renovável ganhou as manchetes e entrou no vocabulário usual. No entanto, não é por acaso que sua aceitação na prática se restringe quase que exclusivamente à energia hidroelétrica e à de biomassa. Há tempos que a matriz energética brasileira está principalmente calcada na energia hidroelétrica e o mercado dessa energia é extremamente interessante, para as construtoras de obras e de equipamentos, e para as vendedoras de energia. Quanto à energia de biomassa, o Brasil soube, quando da primeira crise do petróleo, aproveitar da sua condição de grande produtor de cana de açúcar para encorajar o carro funcionando com etanol e, com o alerta climático geral e a previsão de esgotamento das jazidas de petróleo, entrar com vontade na produção de biodiesel.
Mostrar mais

69 Ler mais

No Brasil, um caderno técnico sobre viabilidade de projetos de mobilidade urbana com base em transporte sobre trilhos - Mobilitas

No Brasil, um caderno técnico sobre viabilidade de projetos de mobilidade urbana com base em transporte sobre trilhos - Mobilitas

O fato é que, muitas vezes, para alguns projetos pode haver sobreposição entre as faixas de demanda que tanto modos sobre trilhos e modos sobre pneus podem atender. Haverá, sempre, a tentação em se espelhar e desen- volver o projeto em questão seguindo-se benchmarkings representativos de um (sobre trilhos) ou de outro (sobre pneus). Para ilustrar, consideremos uma situação hipotética de projeto. Um bom corredor de BRT pode alcançar, em estado da arte, de 15.000 a 35.000 passageiros/hora/sentido, mas nem por isso será a primeira opção em si- tuações nas quais, durante fase de planejamento, já se observarem evidentes restrições à solução tais como, por exemplo, a necessidade de grandes áreas para desapropriação em uma região densamente povoada.
Mostrar mais

72 Ler mais

Giane Alfenas Antunes Hofmann TRATAMENTOS DE JUNTAS INVISÍVEIS EM PLACAS CIMENTÍCIAS NO FECHAMENTO DE SISTEMAS LIGHT STEEL FRAMING

Giane Alfenas Antunes Hofmann TRATAMENTOS DE JUNTAS INVISÍVEIS EM PLACAS CIMENTÍCIAS NO FECHAMENTO DE SISTEMAS LIGHT STEEL FRAMING

O setor da construção civil tem papel fundamental para a realização dos objetivos globais do desenvolvimento sustentável, pois é apontado como o setor de atividades humanas que mais consome recursos naturais e utiliza energia de forma intensiva, gerando consideráveis impactos ambientais. A cadeia produtiva da Construção Civil é responsável pela transformação do ambiente natural no ambiente construído, que precisa ser permanentemente atualizado e mantido. A demanda dos países em desenvolvimento por um ambiente construído maior e de melhor qualidade – condição para uma sociedade justa – exigirá um enfático crescimento do setor: espera-se que a indústria de materiais de construção cresça duas vezes e meia entre 2010 e 2050 em nível mundial, sendo que nos países em desenvolvimento (exceto China e Índia) será de 3,2 vezes. No Brasil, a expectativa é que o setor da construção dobre de tamanho até o ano 2022 (AGOPYAN; JOHN, 2011).
Mostrar mais

105 Ler mais

Plano de Gestão de Resíduos Hospitalares em Centros de Saúde – Normas de Orientação Clínica

Plano de Gestão de Resíduos Hospitalares em Centros de Saúde – Normas de Orientação Clínica

Nesse sentido, deve constar a defi nição das responsabilidades, dos deveres e dos códigos de boa prática, para os diferentes grupos profi ssionais que, trabalhando diariamente no CS/ES[r]

116 Ler mais

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

POLÍTICA DE FORMAÇÃO DE GESTORES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE JUIZ DE FORA EM 2011 – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Pesquisadores como Fernando Abrucio (2009), na pesquisa Práticas Comuns dos Diretores Eficazes, promovida pela Fundação Victor Civita, reconhecem a capacitação profis[r]

93 Ler mais

PROPEC-Programa de Pós Graduação em Engenharia Cívil :: ANÁLISE NUMÉRICA DE SÓLIDOS AXISSIMÉTRICOS VIA MEF: APLICAÇÃO EM ELEMENTOS DE CONCRETO, DE AÇO E MISTOS DE AÇO E CONCRETO

PROPEC-Programa de Pós Graduação em Engenharia Cívil :: ANÁLISE NUMÉRICA DE SÓLIDOS AXISSIMÉTRICOS VIA MEF: APLICAÇÃO EM ELEMENTOS DE CONCRETO, DE AÇO E MISTOS DE AÇO E CONCRETO

O Método dos Elementos Finitos pode contribuir de forma eficiente para o cálculo de tensões, deformações e deslocamentos em estruturas tais como: tubulações de ág[r]

85 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

A referida publicação trazia, em seu quinto capítulo, um roteiro para elaboração e análise de propostas pedagógicas/currículo. Dentre as propostas apresentadas pelo documento, destacava-se a discussão sobre o estabelecimento de uma proposta/currículo para a Educação Infantil, sendo enfatizado que, no país, a Educação Infantil nasce dissociada de uma intencionalidade educativa explicitada num currículo preestabelecido e, portanto, desarticulada da escola. São também descritos a falta de uma identidade própria e o conflito existente entre a concepção de pré-escola, caracterizada como extensão do lar e destinada ao atendimento das crianças na ausência da mãe, e de instância preparatória para o ensino de primeiro grau, hoje Ensino Fundamental. A ausência de uma identidade própria à pré-escola era nomeada, pelo documento, como identidade móvel, ora tendendo à escolarização, ora dirigindo-se ao assistencialismo (BRASIL, 1996b).
Mostrar mais

173 Ler mais

O PADRÃO DE DESENVOLVIMENTO DOS AGRONEGÓCIOS NO BRASIL E A ATUALIDADE HISTÓRICA DA REFORMA AGRÁRIA

O PADRÃO DE DESENVOLVIMENTO DOS AGRONEGÓCIOS NO BRASIL E A ATUALIDADE HISTÓRICA DA REFORMA AGRÁRIA

87 Segundo a consultoria Fitch, o mercado de metais e mineração se tornou o mais proeminente para o Brasil. Empresas como Vale, CSN, Gerdau e Usiminas – além da Petrobrás que embolsa 38% do total de empréstimos feitos pelo BNDES – recebem elevado aporte do Banco para a manutenção de suas atividades. O BNDES também atua fortemente no setor de papel e celulose, em companhias como Fíbria e Suzano. No caso da primeira, suprindo cerca de 15% das necessidades de financiamento de dívida da empresa, detendo 30,45% de seu capital. Segundo os analistas financeiros, esta participação foi determinante para que a Votorantim Celulose e Papel adquirisse a Aracruz Celulose S.A. (que recebeu o nome de Fíbria). Assim, o BNDES compartilha o controle da Fíbria com a Votorantim. No caso da Suzano, o Banco detém cerca de 4,4% de seu capital, mas provê cerca de 35% de suas necessidades de financiamento de dívida. No âmbito da agropecuária, os analistas destacam o caso da JBS, maior produtora de carne bovina e de carneiro do mundo. No ano de 2009, a empresa adquiriu 64% da Pilgrim´s Pride, por cerca de US$ 2 bilhões e financiou a aquisição, por meio do BNDESPar. O Banco detém 17% da JBS, além de financiar cerca de R$ 700 milhões em linhas de capital de giro. No caso da Marfrig, o Banco detém 13,9% da companhia. Também destinou recursos para a aquisição da Keystone Foods LLC, que é fornecedora da McDonald´s Corporation, passando a ter direito a indicar um membro do conselho da corporação. (DJAML, BORMANN, et alli, 2011, p. 4-5).
Mostrar mais

245 Ler mais

BRUNO CÉSAR DE NAZARETH CIRIBELLI RETENÇÃO E EVASÃO ESCOLARES NO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIAS EXATAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

BRUNO CÉSAR DE NAZARETH CIRIBELLI RETENÇÃO E EVASÃO ESCOLARES NO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIAS EXATAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

Assim, buscando estruturar a organização desta dissertação, o capítulo 1 descreve o caso de gestão em uma instituição federal de ensino superior, referente aos casos de ret[r]

123 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados