Top PDF O Geoplano como recurso didático no ensino da Geometria Plana

O Geoplano como recurso didático no ensino da Geometria Plana

O Geoplano como recurso didático no ensino da Geometria Plana

Este trabalho resulta de uma pesquisa de campo de cunho qualitativo, aplicado em uma turma do 6º ano de uma escola particular na cidade de Campina Grande, PB. O tema abordado é o ensino da Geometria Plana, com o auxílio do Geoplano. Defende-se neste trabalho, a importância de uma aprendizagem significativa da geometria, enfatizando a relevância da utilização do material concreto e manipulável. A motivação deste trabalho, surgiu da inquietude sobre o desinteresse dos alunos no estudo da geometria, onde buscou-se uma ferramenta que viesse a tornar esse estudo mais atrativo. Utilizamos o geoplano com o intuito de possibilitar uma melhor percepção visual das formas geométricas, facilitando na compreensão dos conceitos, instigando e envolvendo os alunos constantemente no processo de aprendizagem. A proposta é criar um novo cenário no ambiente escolar, privilegiando a investigação para a construção do conhecimento.
Mostrar mais

63 Ler mais

ALEGORIAS DO FESTIVAL DE PARINTINS: UM RECURSO DIDÁTICO PARA O ENSINO DA GEOMETRIA PLANA

ALEGORIAS DO FESTIVAL DE PARINTINS: UM RECURSO DIDÁTICO PARA O ENSINO DA GEOMETRIA PLANA

Ao apresentar a maquete, perguntamos aos alunos se observaram figuras geométricas planas, 20 deles confirmaram ver e 06 disseram não ter identificando-as, fator preocupante, uma vez que “*...+ a geometria tem tido pouco destaque nas aulas de Matemática e, muitas vezes, confunde-se seu ensino com o das medidas” (BRASIL, 1998, p. 122), mas que simultaneamente serviu de estímulo ao desenvolvimento do recurso didático no ensino ao referido conteúdo. Acerca dos conhecimentos geométricos foi indagado se sem estes é possível conceber uma alegoria, 12 disseram que sim e 15 responderam que não é possível. Sendo que, após a apresentação os alunos foram unânimes em responder positivamente sobre a construção das alegorias no trabalho com a geometria e aceitação do referido recurso didático potencializar este ensino de maneira verdadeiramente significativa.
Mostrar mais

15 Ler mais

USO DO SOFTWARE GEOGEBRA NO ENSINO DE GEOMETRIA PLANA

USO DO SOFTWARE GEOGEBRA NO ENSINO DE GEOMETRIA PLANA

Ao utilizar o software GeoGebra para estudar geometria, geometria anal´ıtica e ´algebra e tamb´em como recurso nas minhas aulas de geometria, observei que tal recurso poderia servir como apoio para o ensino aprendizagem dos alunos no que refere-se `a Matem´atica. Visando a uma melhor aprendizagem do aluno no ensino da geometria, pensei em uma proposta de interven¸c˜ao que fizesse o aluno trabalhar, de uma forma mais prazerosa, esse conte´ udo. Com o uso do software GeoGebra, tentei elaborar aulas pr´aticas, para que eles pudessem visualizar, abstrair, conjecturar, a interpretar situa¸c˜oes criadas, e, por fim, a generalizar os conceitos e aprofundar os principais conceitos da geometria plana.
Mostrar mais

73 Ler mais

Análise de um Jogo como Recurso Didático para o Ensino da Geometria: Jogo dos poligonos

Análise de um Jogo como Recurso Didático para o Ensino da Geometria: Jogo dos poligonos

nobre compreende a importância dos jogos de exercícios para a formação do ser humano, preconiza sua utilização no sistema educacional de sua organização. O Ratio Studiorum, por exemplo, ensina o latim com o seguinte método: a gramática latina aparece em cinco tabelas – a primeira para o gênero e a declinação, a segunda para as conjugações, a terceira para os pretéritos e as duas últimas para a sintaxe e a quantidade. Por intermédio de exercícios de caráter lúdico, as crianças substituem o ensino escolástico e o psicatismo pelo emprego das tábuas murais.” (KISHIMOTO, 1988) Um exemplo de jogos voltados à educação naquela época foram os jogos de carta com o objetivo de ensinar Filosofia, pelo frade franciscano, Thomas Murner. Kishimoto (1988) relata ainda que:
Mostrar mais

112 Ler mais

AMBIENTES DE GEOMETRIA DINÂMICA NO ENSINO DE FUNÇÕES E GEOMETRIA PLANA.

AMBIENTES DE GEOMETRIA DINÂMICA NO ENSINO DE FUNÇÕES E GEOMETRIA PLANA.

Com a evolução tecnológica e a modernização do ensino, o professor deve buscar meios e instrumentos criativos e motivacionais para despertar o interesse dos alunos fazendo-os questionar e raciocinar. Neste contexto, os softwares de geometria dinâmica crescem de importância de forma a melhorar o processo de ensino/aprendizagem. Este trabalho apresenta uma proposta com softwares de geometria dinâmica, em especial o GeoGebra, como instrumentos complementares no ensino de funções e geometria euclidiana plana na educação básica. Primeiramente foi feita uma breve revisão bibliográfica sobre funções, geometria euclidiana plana e ambientes de geometria dinâmica para, em seguida, apresentar o software GeoGebra, como programa base do trabalho mostrando sua interface e os seus principais recursos. No desenvolvimento do trabalho são apresentadas propostas de ensino sobre as funções afim, quadráticas, trigonométricas e geometria utilizando o software GeoGebra, mostrando sua importância para observação de parâmetros, características, comportamentos do gráfico das funções, construção de figuras e a consequente visualização e assimilação por parte do aluno. Verifica-se que a utilização de tais softwares é de suma importância por ser mais um recurso no processo de ensino/aprendizagem.
Mostrar mais

94 Ler mais

O ensino de geometria plana para uma aluna com surdocegueira no contexto escolar inclusivo

O ensino de geometria plana para uma aluna com surdocegueira no contexto escolar inclusivo

Concordando com Nacarato, Lorenzato (2006, p.18), que também é um incentivador do uso desses materiais em sala de aula, define material didático (MD) como sendo “[...] qualquer instrumento útil ao processo de ensino-aprendizagem. Portanto, MD pode ser um giz, uma calculadora, um filme, um livro, um quebra-cabeça, um jogo, uma embalagem”. No entanto, o autor, ao refletir sobre a escolha do material pelo professor, alerta que essa tomada de decisão deve ser feita após o professor indagar o porquê da escolha desse material em detrimento de outro: “[...] para apresentar assunto, para motivar os alunos, para auxiliar a memorização de resultados, para facilitar a redescoberta pelos alunos? São as respostas a essas perguntas que facilitarão a escolha do MD (material didático) mais conveniente à aula”. Os materiais manipuláveis podem ser classificados, segundo Lorenzato (2006), como material concreto estático ou dinâmico. No estático, por exemplo, não se permite a alteração física do objeto, sendo utilizado somente para observação de algumas propriedades, o que, conforme o autor incorre-se o risco de se ter um conhecimento superficial desse objeto. Já o material manipulável dinâmico permite a sua transformação conforme as operações da pessoa que o utiliza, o que, em sua visão, facilita a percepção de propriedades e a realização de redescobertas, podendo melhorar a aprendizagem.
Mostrar mais

115 Ler mais

REFLEXÕES QUANTO À IMPORTÂNCIA DAS CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS NO ENSINO DA GEOMETRIA PLANA

REFLEXÕES QUANTO À IMPORTÂNCIA DAS CONSTRUÇÕES GEOMÉTRICAS NO ENSINO DA GEOMETRIA PLANA

Sem dúvidas o que difere esses softwares das tradicionais ferramentas, quadro e giz, é a capacidade de se construir figuras, movimentá-las e ainda sim manter suas propriedades. Propriedades essas, que são determinadas pelo usuário no começo da construção. Essa “capacidade” do programa é o Princípio da Propriedade Mantida (PPM). Este é o principal recurso desses programas. Esse princípio nos possibilita “estabilidade sob ação de movimento” (GRAVINA, 2001, p.83) e como as propriedades da figura são mantidas podemos então dizer que o PPM nos leva, despretenciosamente, devido à naturalidade com que ocorre, há uma busca incessante pelas “variações invariantes”. É a busca de tudo o que permanece
Mostrar mais

99 Ler mais

GEOMETRIA EUCLIDIANA PLANA E SUAS APLICAÇÕES NO ENSINO BÁSICO

GEOMETRIA EUCLIDIANA PLANA E SUAS APLICAÇÕES NO ENSINO BÁSICO

geoplano. Esta ferramenta é muito poderosa para ser utilizada em sala de aula, pois ela permite que os alunos visualizem as construções geométricas que estão sendo realizadas, bem como possibilita a construção das mais variadas figuras geométricas. Além disso, é uma ferramenta lúdica que não possui um custo elevado, sendo portanto acessível para ser utilizada em sala de aula. No capítulo 10, apresentamos dez propostas de exercícios para serem realizados em sala de aula com o uso do geoplano, para estudar perímetro de figuras planas, convexidade e não convexidade de figuras, áreas das figuras, diagonais, dentre outros. A atividade proposta foi realizada com os alunos da 1a série do ensino médio da escola estadual Profa. Dolores Martins de Castro, na própria escola. No capítulo 10, apresentamos também uma análise sobre os benefícios da atividade no aprendizado dos alunos.
Mostrar mais

153 Ler mais

A tecnologia como recurso didático no ensino da geometria descritiva : desenvolvimento da capacidade de visualização mental do espaço

A tecnologia como recurso didático no ensino da geometria descritiva : desenvolvimento da capacidade de visualização mental do espaço

relação direta entre a capacidade de pensamento abstrato e a compreensão da geometria descritiva que pode não estar relacionada com as metodologias de ensino aplicadas em aula, uma vez que não existem alunos no meio termo, isto é, que na sua forma mais básica consigam estabelecer relações espaciais em algumas situações e não noutras. Por outras palavras, a capacidade inata do aluno em pensar abstratamente, ou a falta dela, pode estar diretamente relacionada com a sua capacidade de atingir ou não atingir os objetivos de aprendizagem em geometria descritiva. Isto comprova-se pelo facto de não existirem alunos na janela de cotação entre os 50 e os 56 pontos no teste de avaliação. Apesar de ser uma janela pequena é aquela que comprova que, nesta amostra, um aluno que não consiga traduzir dados é um aluno que não vai conseguir fazer construções complexas mentalmente no espaço e traduzi-las para o papel pois não consegue traduzir bidimensionalmente aquilo que acontece tridimensionalmente, por mais simples que seja. Já os que têm a capacidade de visualizar o espaço mentalmente e pensar abstratamente, poderão atingir vários níveis de complexidade no seu raciocínio. Nesta pequena amostra poderíamos comprovar isso com os dois grupos de alunos que se apresentam entre os 56 e 81 pontos e os 81 e os 100 pontos. No fundo o que os distingue é o desempenho no processo de resolução e a forma como o conseguem compreender na sua totalidade ou não, em níveis de complexidade de construção diferentes.
Mostrar mais

243 Ler mais

Geometria euclidiana plana e suas aplicações no ensino básico

Geometria euclidiana plana e suas aplicações no ensino básico

geoplano. Esta ferramenta é muito poderosa para ser utilizada em sala de aula, pois ela permite que os alunos visualizem as construções geométricas que estão sendo realizadas, bem como possibilita a construção das mais variadas figuras geométricas. Além disso, é uma ferramenta lúdica que não possui um custo elevado, sendo portanto acessível para ser utilizada em sala de aula. No capítulo 10, apresentamos dez propostas de exercícios para serem realizados em sala de aula com o uso do geoplano, para estudar perímetro de figuras planas, convexidade e não convexidade de figuras, áreas das figuras, diagonais, dentre outros. A atividade proposta foi realizada com os alunos da 1a série do ensino médio da escola estadual Profa. Dolores Martins de Castro, na própria escola. No capítulo 10, apresentamos também uma análise sobre os benefícios da atividade no aprendizado dos alunos.
Mostrar mais

153 Ler mais

Geogebra: uma ferramenta auxiliar para o ensino da geometria plana

Geogebra: uma ferramenta auxiliar para o ensino da geometria plana

A principal intenção desse trabalho é disseminar a utilização de uma nova tecnologia, que tem caráter educativo o (software Geogebra), para Professores que lecionam Matemática. Considerando que as dificuldades apresentadas no domínio de conceitos geométricos pelos alunos do ensino básico é uma preocupação dos sistemas de ensino em nosso cotidiano e partindo da premissa que os professores necessitam melhorar a aprendizagem de seus alunos, foi feito um trabalho que envolvesse um recurso novo, a qual se possa utilizar em sala de aula. Tal recurso trata-se de um software educativo, que se chama Geogebra, ou seja, um software de Geometria Dinâmica. Esse software possui um recurso que possibilita a transformação contínua em tempo real, ocasionado pelo “arrastar”.
Mostrar mais

48 Ler mais

JOGOS COMO RECURSO DIDÁTICO NO ENSINO DE MATEMÁTICA

JOGOS COMO RECURSO DIDÁTICO NO ENSINO DE MATEMÁTICA

professores. O presente trabalho versa sobre a importância dos jogos pedagógicos como um recurso didático para facilitação do processo de ensino/aprendizagem na educação matemática. Este recurso está presente na cultura do ser humano há anos e proporciona prazer ao fazê-lo. Apesar de ser lúdico e fazer transparecer uma atividade livre, sua característica principal é ter regras. Dentre seus benefícios favorece a concentração, permite o trabalho em equipe, permite criar estratégias e é motivador. Para testar a eficácia do jogo foi feita uma pesquisa de campo aplicando dois testes: um antes e um depois de trabalhar com um jogo, em três turmas do 6º ano do Ensino Fundamental 2, em um a escola pública. O conteúdo abordado foi Geometria: “polígonos regulares”, utilizando o “Centro de Referência Virtual do Professor” de Minas Gerais para nortear as atividades. A análise dos resultados foi construída por meio de estudos gráficos e reflexões acerca do desempenho dos alunos.
Mostrar mais

46 Ler mais

Uso de um aplicativo como recurso didático para o ensino de geometria molecular

Uso de um aplicativo como recurso didático para o ensino de geometria molecular

O estudo da geometria está partindo do método de fixação de modelos e formas sem que haja de fato a construção do conhecimento. Não há uma aprendizagem significativa, principalmente, se o aluno não estiver interessado na construção do conhecimento, como afirma Moreira (2012). Por isso, faz-se necessário o uso de metodologias distintas que abordem os conceitos de forma clara, utilizando de conhecimentos prévios dos estudantes e do seu contexto cotidiano, despertando assim, o interesse e seus pensamentos e atitudes críticas. Segundo Passos (2004), este problema está relacionado ao fato dos alunos não manipularem peças geométricas. O acesso que os alunos têm com a geometria é dado através dos livros didáticos, os quais abordam o tema de forma obscura sem aproximar o conceito da realidade, apenas trazem definições e moldes geométricos. Enfatizando a dificuldade na tridimensionalidade, Farias et al (2014), abordam a utilização de modelos tridimensionais como facilitadores no processo de ensino-aprendizagem se comparados as representações bidimensionais. Os alunos ao visualizarem moléculas em três dimensões compreendem muito mais as informações apresentadas no modelo do que se estivessem utilizando as imagens bidimensionais em um livro didático. Para Farias et al (2014), uma possibilidade promissora de minimizar a dificuldade na visualização de modelos em três dimensões é a utilização de recursos pedagógicos como ferramenta de ensino.
Mostrar mais

68 Ler mais

O Uso de dobraduras como recurso para o ensino da geometria plana : histórias, teoremas e problemas

O Uso de dobraduras como recurso para o ensino da geometria plana : histórias, teoremas e problemas

Este trabalho foi desenvolvido com o intuito de contribuir para a formação do professor de matemática na apropriação e transmissão do conteúdo de Geometria Euclidiana Plana no ensino básico para seus alunos e, para que esse objetivo fosse alcançado, o meio encontrado foi a utilização de material concreto, uma vez que trabalhar com ferramentas táteis torna o aprendizado lúdico e mais eficaz. Desta forma, foi elaborada uma proposta de ensino com instruções de fácil acesso ao docente e que possibilite sua prática, já que a matéria prima é comum no meio estudantil: folha de papel. Isto foi motivado pelo fato de acreditarmos que realizando trabalhos em sala de aula com materiais didáticos usando dobras de papel, levaria o aluno a realizar não somente descobertas como também criar um embasamento teórico para os futuros temas sobre geometria.
Mostrar mais

67 Ler mais

O uso do celular como recurso didático no ensino de geometria para alunos do ensino fundamental

O uso do celular como recurso didático no ensino de geometria para alunos do ensino fundamental

A atividade por nós elaborada – sequência didática – para ser desenvolvida, utilizando o GeoGebra, veio mostrar que é possível, sim, o celular adentrar a escola com finalidades outras do que, meramente, acessar redes sociais, jogos, fotos. Apesar da resistência de alguns professores, a nossa pesquisa evidenciou que, se bem planejada a sua utilização, o celular pode ser um aliado para combater a desmotivação dos alunos e ser uma possibilidade de ter uma resposta significativa no ensino e na aprendizagem dos alunos. No nosso caso, percebemos que propor uma metodologia nova – uso do celular – chamou a atenção dos alunos, foi atrativo e ajudou na visualização de conceitos da geometria como: ponto, reta, segmento, ângulos, polígonos, retas paralelas e retas perpendiculares. Alunos, que tinham dificuldades nesses conteúdos, acabaram conseguindo construir um conhecimento matemático através do GeoGebra, no celular.
Mostrar mais

17 Ler mais

OpenSim: um recurso didático no ensino do desenho

OpenSim: um recurso didático no ensino do desenho

Segundo Coutinho et al (2009) a investigação ação assume-se como uma combinação entre a ação (mudança) e a investigação (compreensão), organizadas num processo cíclico ou em espiral que permite a alternação entre a intervenção e a reflexão. Desta forma, esta metodologia assume-se como uma importante ferramenta de investigação que, associada à educação, permite ao professor uma análise e intervenção sobre a sua prática letiva. Pela sua capacidade exploratória e reflexiva, esta metodologia poderá ser utilizada também enquanto estratégia de ensino, na procura e resolução de problemas, contribuindo, assim, para a melhoria da prática educativa (Coutinho et al, 2009).
Mostrar mais

128 Ler mais

Poemas como recurso didático para o ensino de química

Poemas como recurso didático para o ensino de química

O Ensino de Química tem sido caracterizado, pela utilização de metodologias reprodutivistas, baseadas na memorização de conceitos e fórmulas, dificultando o processo de ensino aprendizagem dos alunos. Tais metodologias, ainda são utilizadas indo em contradição as orientações de documentos como os Parâmetros Curriculares Nacionais, Parâmetros Curriculares Nacionais - orientações complementares e Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, que orientam que os currículos das escolas utilizem metodologias baseadas na contextualização e cotidiano do aluno, entretanto esse mesmo documento aponta uma série de conteúdos a serem trabalhos nos currículos, de forma que os professores se sentem pressionados a fazer uma escolha, ou trabalham profundamente certos conteúdos baseados na contextualização e cotidiano ou abordam todos dos temas descritos no currículo. O emprego desse tipo de metodologia (reprodutivista) ainda pode ser associado à formação inicial do professor que atua em sala de aula, tendo em vista que muitos professores lecionam disciplinas nas quais não possuem formação inicial especifica. No caso dos cursos de formação inicial de professores de Química, muitas vezes é dado mais ênfase na parte específica do curso, deixando o que diz respeito ao Ensino em segundo plano. Além disso, conteúdos voltados para o Ensino são geralmente trabalhados nos últimos anos dos cursos de licenciatura, quando os alunos já estão acostumados a trabalhar a parte mais especificada do curso. Já as formações continuadas, por apresentam um tempo curto, não oferecem suporte o suficiente para que os professores possam refletir sobre sua prática e consigam colocar em prática novas metodologias. De esta forma discutir sobre recursos didáticos que podem ser utilizados em sala de aula é de grande importância, para reverter essa situação. Um recurso didático é qualquer material que o professor possa utilizar em sala de aula para auxiliar sua aula, na disciplina de Química, o recurso mais utilizado pelos professores é a experimentação, entretanto existem outros recursos como: jogos, música, vídeos, simuladores, literatura. Assim este trabalho possui a temática de discutir sobre as possibilidades do uso de poemas para o Ensino de Química, uma vez que os poemas podem motivar e despertar o interesse dos alunos sobre o conteúdo a ser trabalhado em sala de aula. Além deste fato os poemas apresentam aspectos que transitam entre os campos sociais, políticos, econômicos e ambientais, da época em que foi escrito e isso pode ser utilizado para contextualizar o conteúdo em sala de aula, e mais, podem ser uma ferramenta capaz de possibilitar a interdisciplinaridade, que também é muito discutida quando o assunto é Ensino.
Mostrar mais

67 Ler mais

Um Curso de Geometria Euclidiana Plana

Um Curso de Geometria Euclidiana Plana

ˆ Observemos que, como consequˆencia imediata do Teorema do Angulo Externo, a soma de dois dos ˆangulos de um triˆangulo qualquer ´e sempre menor do que a medida de um ˆangulo Universida[r]

92 Ler mais

Recreações em geometria plana e espacial

Recreações em geometria plana e espacial

Em geometria, uma construção com régua e compasso é o desenho geométrico de figuras tais como segmentos de reta, triângulos ou ângulos usando apenas uma régua e um compasso idealizados, ou seja: a régua pode ser usada para construir um segmento tão longo quanto se queira que contenha dois pontos dados. Tal régua não é graduada e não pode deslizar sobre a construção geométrica; o compasso pode ser usado para construir a circunferência de centro em um dado ponto A e que passa por um dado ponto B. Assim deve ter pernas tão compridas quanto precisamos. As construções com régua e compasso são baseadas nos três primeiros postulados dos Elementos de Euclides por isso são também conhecidas por “construções euclidianas”, apesar dos termos “régua” e “compasso” não aparecerem nessa obra.
Mostrar mais

68 Ler mais

O blog como recurso didático no ensino da geografia

O blog como recurso didático no ensino da geografia

Este artigo é fruto das preocupações a respeito da inclusão tecnológica nas escolas, tendo em vista as dificuldades existentes nas mesmas. Objetiva verificar a percepção dos professores de geografia da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Profa. Obdúlia Dantas, localizada no município de Catolé do Rocha-PB, sobre a utilização das novas tecnologias, mais especificamente o blog, enquanto instrumento didático-pedagógico no ensino dessa disciplina. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica, qualitativa, descritiva, que possibilitou identificar e descrever elementos necessários para transmissão e assimilação ativa de conhecimentos tecnológicos, cujos resultados se mostram incipientes, haja vista a negação dos educadores em participarem da pesquisa. Apropriamo-nos da tecnologia, incorporando-a em nosso dia a dia e utilizando-a efetivamente na concretização dos objetivos educacionais, pois a ascensão tecnológica modifica algumas dimensões da inter-relação com a realidade, preparando-nos para a utilização significativa desse recurso que em muito contribui para a solução de problemas, auxiliando também às propostas pedagógicas disponibilizadas no computador, na Internet e nos blogs. A criação de painéis, textos escritos, desenhos e apresentações multimídia são outras formas de registro e divulgação de trabalhos desenvolvidos através desse aparato tecnológico. A multiplicidade de meios que podem ser utilizados na sala de aula estimula o desenvolvimento do domínio de diferentes linguagens. Para isso, devemos conhecer as características específicas dos blogs na Internet, que permitem não só divulgar a produção dos educandos - tornando-a acessível a todos e em qualquer lugar do mundo – como também possibilita a interatividade e a troca de experiências, mais do que qualquer outro meio de comunicação.
Mostrar mais

29 Ler mais

Show all 10000 documents...