Top PDF O PAPEL DE UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: RELATO DE CASO

O PAPEL DE UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: RELATO DE CASO

O PAPEL DE UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: RELATO DE CASO

No Brasil, as leis de educação especial asseguram o direito ao ensino especializado de indivíduos que apresentam deficiência sensorial, mental, física ou múltipla. Crianças que apresentam prejuízo no rendimento escolar devido a quadros de TDAH e de dislexia não são amparadas legalmente por uma atenção especial. Na busca por igualdade de direitos educacionais, em 2010 iniciou-se a ruptura desse paradigma com a aprovação do Projeto de Lei 7081/2010 no Senado Federal, que impõe ao Poder Público “manter programa de diagnóstico e tratamento de transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) e de dislexia para estudantes do ensino básico” (BRASIL, 2010). O texto aprovado prevê que as escolas deverão garantir cursos de capacitação aos professores para a prática educacional adequada, além, da importância de executar o programa com equipes compostas por educadores, psicólogos, médicos, fonoaudiólogos e especialistas em psicopedagogia. Mesmo que em forma de Projeto de Lei, fica claro que há uma necessidade de um olhar especial para as crianças com TDAH, visto que este quadro clínico prejudica a aprendizagem dessas crianças. Nesse sentido, a integração multidisciplinar entre psicologia, neurociência e educação poderia colaborar para a maneira de ensinar e de aprender da criança, trabalhando na formação de professores, para que tenham uma metodologia de ensino ativa, de tal maneira que o aluno construa o seu conhecimento (MAIA et. al., 2011).
Mostrar mais

14 Ler mais

IMPORTÂNCIA DA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR NO TRATAMENTO DA ÚLCERA POR PRESSÃO EM PACIENTES COM SEQUELAS INCAPACITANTES: RELATO DE CASO

IMPORTÂNCIA DA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR NO TRATAMENTO DA ÚLCERA POR PRESSÃO EM PACIENTES COM SEQUELAS INCAPACITANTES: RELATO DE CASO

O paciente que necessita de cuidados específicos pós-internação de longa permanência ou vítima de seqüelas incapacitantes deverá ter uma abordagem multidisciplinar que poderá ser prestada em domicílio, a fim de proporcionar um perfil diferenciado com melhoria da qualidade de vida, e ainda atuando com papel humanizador, respeitando o indivíduo independente de suas deficiências e limitações, além de compreender as suas necessidades, tanto em questões saúde- doença como também no processo emocional (BARROS J. e LEMOS J.).

6 Ler mais

Estágio supervisionado em educação de surdos na perspectiva da educação inclusiva: relato de experiência

Estágio supervisionado em educação de surdos na perspectiva da educação inclusiva: relato de experiência

O passo inicial consistiu em um período de observação das aulas. Conhecer as vivências dos alunos foi considerado um elemento necessário para o cumprimento dos propósitos estabelecidos. Consciente de seu papel investigativo, foi escolhida como metodologia a observação participante, que, segundo Cicourel (1975), é o “processo pelo qual se mantém a presença do observador em uma situação social com a fina- lidade de realizar uma investigação científica. Nesse caso, o observador é parte do contexto sob observação, ao mesmo tempo modificando e sendo modificado por este contexto” (CICOUREL, 1975, p. 89). O caráter de observador participante garantiu, por exemplo, informações sobre a cooperação do grupo, que foram importantes para se compreender e interpretar a situação estudada.
Mostrar mais

16 Ler mais

ABORDAGEM AO PÉ DIABETICO: UM RELATO DE CASO

ABORDAGEM AO PÉ DIABETICO: UM RELATO DE CASO

De acordo com VIEIRA et al.,(2010 apud BELHO HORIZONTE, 2006)O pé diabético é uma das mais graves e onerosas complicações do diabetes mellitus. A amputação de uma extremidade inferior ou parte dela é geralmente uma conseqüência de uma úlcera no pé. Uma estratégia que inclua prevenção, educação dos pacientes e dos profissionais de saúde, tratamento multidisciplinar das úlceras do pés e sua rígida monitoração pode reduzir as taxas de amputação entre 49 a 85%.

9 Ler mais

O Papel da família e da escola inclusiva num percurso de desenvolvimento resiliente : um estudo de caso

O Papel da família e da escola inclusiva num percurso de desenvolvimento resiliente : um estudo de caso

Deixamos para final a articulação feita entre a família, a escola, os professores de apoio/outros professores e como contribuíram para a sua progressão e bem-estar. Sem dúvida podemos considerar que esta equipa a nível da Escola/Academia de Música conseguiu arranjar estratégias e conciliá-las de modo eficaz. No entanto, temos que obrigatoriamente realçar e tendo em conta os testemunhos das entrevistas o papel basilar da família, proporcionando-lhe todas as possibilidades de aprendizagens em várias vertentes. Não podemos deixar de diferençar o professor de Educação Especial, e tendo em conta os depoimentos das entrevistas, a sua relação de pura amizade que se criou entre o nosso sujeito de estudo e o referido professor. Professor do quadro deste Agrupamento, dedicou grande parte da sua vida ao ensino da Matemática, de quem é um apaixonado, mas que em final de carreira se dedicou ao Ensino Especial. Dotado de uma profunda dedicação a todos os alunos NEEP com quem trabalha directamente, aplica os seus conhecimentos a nível da Matemática e outras áreas da ciência aos alunos com dificuldades. Este professor, no nosso ponto de vista, tornou-se uma ponte estreita entre a Escola e a família, pois toda a documentação que era necessário assinar pela Encarregada de Educação, este professor deslocava-se a casa do nosso sujeito de estudo e inteirava-se do modo como o J.C. vivia o seu quotidiano, nascendo uma profunda amizade desde o 6º ano de escolaridade que começou a acompanhá-lo, apenas em questões de organização, até ao 9º ano, sendo o J.C. um bom aluno, nomeadamente a Matemática. Não esquecendo que o nosso sujeito de estudo aproveitava todas as oportunidades de que dispunha para esclarecer dúvidas ou clarificar algumas questões que, na sua mente, ainda não estavam organizadas.
Mostrar mais

244 Ler mais

Hipertrigliceridemia: há um papel para a aferese profilática? Relato de um caso.

Hipertrigliceridemia: há um papel para a aferese profilática? Relato de um caso.

A hipertrigliceridemia grave tem sido associa- da de forma consistente ao aumento do risco cardiovascular e a outras complicações, nome- adamente, pancreatite aguda. Descrevemos um caso de uma mulher de 64 anos, com miocar- diopatia hipertrófica e síndrome metabólica com valor sérico de triglicerídeos de 3260 mg/ dL. Foi efectuada plasmaferese e optimizado o tratamento médico para alcançar uma redução rápida e efectiva dos níveis dos triglicerídeos, prevenindo complicações clínicas. Após três sessões de plasmaferese, verificou-se uma re- dução marcada dos triglicerídeos e do coles- terol total. Existem alguns casos descritos na literatura demonstrado a importância da plas- maferese no tratamento da pancreatite aguda em contexto de hipertrigliceridemia grave. Os autores pretendem com este caso demonstrar a aplicabilidade desta técnica em contexto de prevenção primária em doentes com níveis de triglicerídeos extremamente aumentados.
Mostrar mais

4 Ler mais

A abordagem do bruxismo em paciente infantil: relato de caso

A abordagem do bruxismo em paciente infantil: relato de caso

Por outro lado, a abordagem oclusal reversível é o método mais utilizado pelos clínicos. Esse método consiste na utilização de aparelhos intraorais removíveis colocados entre os maxilares. As placas oclusais podem ser confeccionadas em diferentes materiais, podendo ser rígidas ou resilientes, e podem diferir quanto à sua espessura e extensão da cobertura oclusal, estabelecendo diferentes relações intermaxilares consoante a sua indicação terapêutica (DIAS RAB, 2015).

9 Ler mais

RELATO DE CASO: ABORDAGEM DO PACIENTE DPOC E SUAS COMORBIDADES

RELATO DE CASO: ABORDAGEM DO PACIENTE DPOC E SUAS COMORBIDADES

Objetivo: relatar o caso de um paciente portador de doença pulmonar obstrutiva crônica, diabetes mellitus, insuficiência cardíaca, psoríase, hipertensão e obesidade. Método: as informações foram obtidas por meio de revisão do prontuário, entrevista com o paciente e revisão da literatura. Considerações finais: o caso relatado e as publicações levantadas trazem a luz a discussão do estilo de vida do paciente e os cuidados de enfermagem, diante da complexidade que é a doença pulmonar obstrutiva crônica, além de sua associação às demais comorbidades que afetam diretamente a qualidade de vida do indivíduo.
Mostrar mais

9 Ler mais

Atividades de mediação pedagógica em educação inclusiva : a percepção do professor generalista sobre a prática educativa multidisciplinar

Atividades de mediação pedagógica em educação inclusiva : a percepção do professor generalista sobre a prática educativa multidisciplinar

podem e devem contemplar ações e atividades que atendam os aspectos físico, emocional, afetivo, cognitivo, social, cultural, ... As práticas, não mais são do que atividades que concretizem e permitam a criança se expressar – É com essa concepção que proponho a reflexão sobre a Educação Inclusiva ... algumas experiências concretas em que os alunos compreenderam o sentido abstrato e subjetivo de um texto ... o modo como o projeto interventivo contribuiu para a utilização dos recursos lúdicos, das brincadeira e das atividades visando superar os desencontros acadêmicos ... o maior sucesso foi a promoção de quatro alunos, após anos de intervenção, utilizando todos os recursos disponíveis, inclusive a participação da família ... uma aluna que não conseguia abstrair nem compreender cálculos, com a mediação e desenvolvimento de atividades psicomotoras, ela superou os desafios para desenvolver o raciocínio lógico – matemático... atenção individualizada e ao mesmo tempo de integração com todos os demais alunos... priorizar as necessidades de aprendizagem respeitando suas limitações em um clima de bom relacionamento entre professor, família e demais alunos ... a atuação da sala de recursos com o projeto de psicomotricidade”.
Mostrar mais

54 Ler mais

Abordagem multidisciplinar para fechamento de diastemas

Abordagem multidisciplinar para fechamento de diastemas

A cobiça por um belo sorriso é frequente em nossa sociedade, contribuindo para o avanço de novas técnicas, tecnologias e materiais que reestabeleçam função, saúde e a harmonia do sorriso. A presença de diastemas costuma ser uma queixa de insatisfação estética na população. Uma das alternativas de tratamento são as restaurações cerâmicas que apresentam como principais vantagens, a pouca remoção da estrutura dental sadia e os resultados estéticos de excelência, devido as propriedades ópticas serem semelhantes à dos dentes naturais. Aliado à qualidade do material, é imprescindível o diagnóstico da etiologia do diastema e o planejamento do caso baseado nos parâmetros estéticos para a obtenção de um resultado satisfatório. Este trabalho irá relatar um caso clínico de fechamento de diastemas anteriores, onde foram utilizadas analises estéticas e ferramentas como o mock-up, auxiliando a realização da cirurgia plástica periodontal na remodelação do sorriso gengival e na confecção de facetas cerâmicas com mínimo desgaste de esmalte, visando uma melhora na arquitetura gengival e dentária da paciente.
Mostrar mais

90 Ler mais

Transplante facial: uma abordagem multidisciplinar

Transplante facial: uma abordagem multidisciplinar

a passar por um processo de revisão por peritos externos. • No caso da aceitação, em qualquer das fases ante- riores, a mesma será comunicada ao Autor principal. Num prazo inferior a um mês, o Conselho Editorial enviará o ar- tigo para revisão dos Autores já com a formatação final, mas sem a numeração definitiva. Os Autores dispõem de cinco dias para a revisão do texto e comunicação de quais- quer erros tipográficos. Nesta fase, os Autores não podem fazer qualquer modificação de fundo ao artigo, para além das correcções de erros tipográficos e/ou ortográficos de pequenos erros. Não são permitidas, nomeadamente, alte- rações a dados de tabelas ou gráficos, alterações de fundo do texto, etc.
Mostrar mais

40 Ler mais

Stalking: abordagem penal e 
          multidisciplinar

Stalking: abordagem penal e multidisciplinar

Qualquer abordagem ao fenómeno do stalking, quer seja teórica ou a partir de uma vertente prática, inclui na sua análise a dimensão do risco. O stalking assume a conotação de aviso, perigo e imprevisibilidade, ou seja, a sua experiência relaciona-se com a perceção de ameaça constante. Compreender o stalking implica a sua conceptualização enquanto múltiplos riscos – risco de violência, de persistência, de reincidência e de dano. O stalking constitui-se como fator de risco de violência e, em alguns casos, como fator de risco de homicídio. A avaliação de risco em casos de stalking surge como um passo essencial para uma prática informada, funcionado como plataforma da tomada de decisão relativamente a medidas de atuação junto dos stalkers, bem como de proteção às suas vítimas. Pretende-se assim dotar os profissionais de competências e instrumentos para uma avaliação de risco ponderada e eficaz em casos de stalking.
Mostrar mais

148 Ler mais

Fratura coronorradicular: uma abordagem multidisciplinar.

Fratura coronorradicular: uma abordagem multidisciplinar.

Introdução: Uma fratura coronorradicular envolve esmalte, dentina e cemento, podendo ou não haver comprometimento pulpar. Vários tratamentos são propostos na literatura, desde a colagem do fragmento dental até a extrusão cirúrgica do fragmento remanescente. O presente trabalho descreve um caso de fratura coronorradicular com envolvimento pulpar e a abordagem multidisciplinar dada ao caso. Descrição do caso clínico: Paciente procurou tratamento odontológico por causa de um “dente quebrado”. O tratamento realizado consistiu em um retalho mucoperiosteal para remoção dos fragmentos dentais, tratamento endodôntico, restauração provisória, extrusão ortodôntica, uma nova restauração e a proservação do caso. Conclusão: Em pacientes jovens, na região anterior, a extrusão ortodôntica acompanhada do tratamento restaurador é uma opção de tratamento conservador e estético. Descritores: Fratura coronorradicular; tratamento multidisciplinar; endodontia; ortodontia.
Mostrar mais

5 Ler mais

O ensino de geometria na educação inclusiva: o caso dos alunos surdos

O ensino de geometria na educação inclusiva: o caso dos alunos surdos

O presente artigo teve como objetivo apresentar reflexões acerca do ensino de geometria para alunos surdos. No cenário inclusivo, há uma constante necessidade de que os conteúdos ensinados para os alunos surdos sejam apresentados em sala de aula usando a comunicação visual, isto é, apresentando-lhes imagens, símbolos, desenhos, materiais que proporcionam uma visualidade. Aliado a essa questão, vê-se a importância do uso da língua de sinais. Levando em consideração que muitos conceitos da geometria podem ser apresentados de forma visual, observa-se que o aluno surdo apresenta facilidades na aprendizagem desses conteúdos. O referido artigo buscou embasamento na filosofia de Ludwig Wittgenstein (1989), de autores ligados à educação matemática, como Pais (2006) e Gottschalk (2004), e autores da Educação de Surdos e Língua de Sinais, como Quadros & Karnopp (2004).
Mostrar mais

10 Ler mais

Contributo exploratório para uma abordagem digital inclusiva: o caso das universidades de ensino a distância

Contributo exploratório para uma abordagem digital inclusiva: o caso das universidades de ensino a distância

Resumo: Novos contextos de sala de aula ao nível dos cenários de ensino superior têm vindo a metamorfosear-se, conduzindo-nos a novas realidades onde se promove uma aprendizagem cada vez mais aberta em termos de acessibilidade e de inclusão digital. É neste contexto que o ensino a distância surge como potenciador e proporcionador de novos caminhos e experiências pedagógicas diversificadas. O contexto de sala de aula virtual assume um novo design de espaço e tempo onde emergem ambientes virtuais de aprendizagem aptos a acolher qualquer estudante com e sem necessidades educativas especiais (NEE) e/ou dificuldades de aprendizagem (DA), motivando-o para uma aprendizagem autónoma e flexível considerando a gestão de espaço, de tempo respeitando os seus ritmos e estilos de aprendizagem pessoais. É certo que as inovações/adaptações tecnológicas assumem um papel central no processo. Contudo é também urgente criar, harmonizar e padronizar novas alternativas pedagógicas para que estas estejam verdadeiramente ao alcance de todos e em especial em universidades em regime totalmente online.
Mostrar mais

8 Ler mais

Educação inclusiva

Educação inclusiva

Numa linguagem de fácil acesso, a obra pode ser utilizada por professores e estudantes que desejam obter um panorama geral dos diferentes tipos de deficiências e outras características de alunos que irão requerer atenção por parte dos professores do ensino regular, ao mesmo tempo, encontrarão, em cada capítulo, a preocupação com informações fundamentadas na literatura específica da área de educação especial e inclusiva.

2 Ler mais

ABORDAGEM CURRICULAR DO DESENHO UNIVERSAL PARA APRENDIZAGEM: IMPLICAÇÕES PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA INCLUSIVA

ABORDAGEM CURRICULAR DO DESENHO UNIVERSAL PARA APRENDIZAGEM: IMPLICAÇÕES PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA INCLUSIVA

Frank Presley de Lima Neves 1 Jurema Lindote Botelho Peixoto 2 Resumo: O objetivo deste estudo foi investigar como o conceito do Desenho Universal para a Aprendizagem (DUA) tem sido utilizado nas pesquisas no cenário nacional e suas implicações para uma Educação Matemática Inclusiva. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa bibliográfica utilizando os procedimentos do Mapeamento na Pesquisa Educacional no portal de teses e dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), no período de 2008 a 2018, e selecionadas três teses e seis dissertações. As análises demonstraram que nenhum dos trabalhos enfocou o ensino de matemática, entretanto, abordaram o DUA em três dimensões: 1)
Mostrar mais

26 Ler mais

SOBRE DESENHO, MEMÓRIA E APRENDIZAGEM: uma abordagem neurocientífica visando a educação inclusiva

SOBRE DESENHO, MEMÓRIA E APRENDIZAGEM: uma abordagem neurocientífica visando a educação inclusiva

No âmbito da modalidade perceptiva visual, que é essencial para o ato de desenhar assim como a modalidade motora, requer salientar que: a) objetos em movimento são aqueles que mais atraem o olhar atento das crianças e que esta atenção é perceptível muito cedo porque o pesquisador/observador precisa apenas registrar o movimento ocular da criança; b) pessoas, animais domésticos e veículos são os primeiros objetos, e as primeiras categorias, que se movimentam perto das crianças; c) frente ao movimento, ao olhar atento e a percepção deste interesse, pais e cuidadores tendem a nomear para as crianças esses objetos. Desta tríade, objeto em movimento/olhar atento/nome do objeto, surge as primeiras relações entre figuras (o objeto em sua totalidade) e o seu nome. Duas premissas são fundamentais aqui: i) é o movimento que estabelece para a criança a relação correta entre a totalidade do objeto e o seu nome; ii) é a percepção da totalidade do objeto (asseverada pelo movimento) e o conjunto de detalhes de sua forma visual que, mais tarde, vão permitir que a criança estabeleça relações de pertencimento categorial entre, por exemplo, o gato e o cão. São as figuras visuais compostas e completas do gato e do cão (com corpo, cabeça, quatro patas, orelhas e rabo), associadas a contextos espaciais específicos, que irão permitir o processamento mental de semelhanças e discrepâncias entre dois objetos (o cão e o gato) e a dedução de pertencimento a um mesmo grupo categorial. Na avaliação mental nada impede a compressão de que o cão é um pouco diferente do gato, mas imprime-se com maior força a constatação de que o cão e gato são extremamente diferentes de “papai “ou “sofá”. Neste caso a configuração “ter cabeça, corpo, quatro patas e rabo é a dica visual para agrupar cão e gato na mesma categoria geral e natural.
Mostrar mais

19 Ler mais

Modificações do estilo de vida na síndrome dos ovários policísticos: papel do exercício físico e importância da abordagem multidisciplinar.

Modificações do estilo de vida na síndrome dos ovários policísticos: papel do exercício físico e importância da abordagem multidisciplinar.

A síndrome dos ovários policísticos (SOP) é uma desordem endócrina heterogênea com prevalência de 5 a 10% nas mulheres em idade reprodutiva. Na SOP, há associação com vários fatores de risco para desenvolvimento de doença cardiovascular, como resistência à insulina, dislipidemia, diabetes mellitus, hipertensão arterial, disfunção endotelial, obesidade central, síndrome metabólica e marcadores pró-inflamatórios crônicos. A prática de exercício físico, juntamente com orientação nutricional, tem sido recomendada como estratégia de primeira linha no tratamento da oligomenorréia, hirsutismo, infertilidade e obesidade nas mulheres com SOP. Nesse sentido, o objetivo da presente revisão foi analisar o papel específico do exercício e/ou atividade física nas modificações da composição corporal, sistema cardiovascular, níveis plasmáticos bioquímicos e hormonais e função reprodutiva de mulheres com SOP.
Mostrar mais

7 Ler mais

Demência : uma visão multidisciplinar do papel do psicólogo

Demência : uma visão multidisciplinar do papel do psicólogo

A perda progressiva de capacidades cognitivas e motoras associadas às pessoas sofrendo de demência leva, muitas vezes, à sua institucionalização (Schulz et al. 2004). A equipa multidisciplinar de profissionais envolvida no cuidado depara-se, no seu dia-a-dia, com dificuldades na sua intervenção, às quais o psicólogo apresenta competências para dar resposta (Néri, 2004). O presente estudo de natureza qualitativa, tem como objetivo geral aferir a perspetiva dos membros da equipa multidisciplinar de prestação de cuidados sobre que tipo de trabalho e apoio esperam dos psicólogos na prestação de cuidado a pessoas sofrendo de demência. A amostra foi constituída por 13 profissionais a desempenhar diferentes funções em cinco lares para idosos. Para o processo de recolha de dados foram realizadas entrevistas, através de um guião construído para o efeito. Os principais resultados obtidos sugerem que a perspetiva dos profissionais acerca do papel do psicólogo vai de encontro aquilo que eles esperam deste, no que atende à avaliação e intervenção junto do utente e na orientação à equipa. Adicionalmente, constatou-se que os profissionais reconhecem a importância do papel do psicólogo na prestação de cuidados na demência.
Mostrar mais

44 Ler mais

Show all 10000 documents...