Top PDF PARÂMETROS GENÉTICOS EM MAXIXE SEM ESPÍCULOS.

PARÂMETROS GENÉTICOS EM MAXIXE SEM ESPÍCULOS.

PARÂMETROS GENÉTICOS EM MAXIXE SEM ESPÍCULOS.

Este trabalho foi conduzido com o objetivo de estimar alguns parâmetros genéticos em seis caracteres em dezenove progenies de maxixe da qual as plantas produzem frutos com a epidemie[r]

5 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos em maxixe (Cucumis anguría L.).

Estimativas de parâmetros genéticos em maxixe (Cucumis anguría L.).

Os caracteres avaliados foram de numero, peso e produção de frutos, sendo utiliza.. dos os dados médios de plantas.[r]

9 Ler mais

Crescimento e alterações fisiológicas pós-colheita em frutos de maxixe (Cucumis anguria)

Crescimento e alterações fisiológicas pós-colheita em frutos de maxixe (Cucumis anguria)

Frutos de maxixe com espículos foram obtidos da região metropolitana de Belo Horizonte (CEASA). No laboratório, os frutos foram selecionados quanto à uniformidade de tamanho, além de serem descartados os que apresentavam danos mecânicos e deformações. Em seguida, foram colocados em baldes devidamente numerados, onde foram submetidos à aplicação de diferentes doses de etileno (0; 1; 10; 100 e 1000 µL/L) além de frutos controle (sem aplicação de etileno), como no experimento I. Após 48 horas, os baldes foram abertos e os frutos colocados sobre bancada, em condições ambientais. Foram realizadas nos dias 0, 2, 4, 5, 7 e 8 avaliações da perda de massa fresca e clorofila total.
Mostrar mais

91 Ler mais

Desempenho agronômico e parâmetros genéticos em genótipos de batata-doce.

Desempenho agronômico e parâmetros genéticos em genótipos de batata-doce.

PMT, PC, e PMC ocasiona melhoria no caráter FORM. A seleção para produção de raízes pode ser conduzida no caráter PT, já que este caráter é mais simples de ser avaliado e é altamente correlaciona- do ao PC, que tem maior importância comercial. A seleção no caráter MV pro- move aumento nas características PMT e PMC e não causa efeitos nas demais. Para a maioria das características houve predominância dos efeitos ambientais sobre os genéticos. Os genótipos BD-15, BD-42 e BD-67 se destacaram por apre- sentar maiores valores de produtividade comercial de raízes e de matéria verde de ramas, apresentando potencial para alimentação humana e animal.
Mostrar mais

7 Ler mais

Estimação de parâmetros genéticos de uma população F2 de suínos

Estimação de parâmetros genéticos de uma população F2 de suínos

A correlação genética entre duas características é, segundo PIRCHNER (1983), a correlação entre efeitos dos genes que a influenciam. FALCONER (1987) definiu-a como correlação entre os valores genéticos de um indivíduo, para as características consideradas. De acordo com FALCONER (1987) a causa de correlações genéticas é principalmente, pleiotropismo, embora ligações gênicas sejam uma causa de correlação transitória. Pleiotropismo é a propriedade pela qual um gene afeta duas ou mais características, de modo que se o gene estiver segregando, causará variação simultânea nas características que ele afeta. Alguns genes podem aumentar ambas as características enquanto outros aumentam uma e reduzem a outra, sendo que os primeiros tendem a causar correlação positiva, e os outros correlação negativa.
Mostrar mais

62 Ler mais

Utilização de dados parciais na seleção de codornas de corte para produção de ovos.

Utilização de dados parciais na seleção de codornas de corte para produção de ovos.

As estimativas de herdabilidade encontradas para os grupos genéticos UFV1 e UFV2 foram de baixa magnitude e variaram de 0,07 a 0,09 e de 0,09 a 0,13 (Tabela 2). Em relação ao grupo genético UFV1, Ribeiro et al. (2012), ao trabalhar com o mesmo grupo, encontraram estimativas semelhantes de herdabilidade, que variaram de 0,03 a 0,16. Venturini et al. (2012), em estudos com galinhas poedeiras, também encontraram estimativas semelhantes de herdabilidade, que variaram de 0,09 a 0,27 e 0,03 a 0,33. A característica produção de ovos, normalmente, apresenta valores de herdabilidade de baixos a moderados, que indicam que grande parte da variação da característica decorre de variações no ambiente (Teixeira et al., 2012).
Mostrar mais

5 Ler mais

Chiquinha Gonzaga e o Maxixe

Chiquinha Gonzaga e o Maxixe

The present work intends to focus on a brazilian music kind maxixe, that fixed between the musical way by the end of XIX century. It’s a historical musicology research work, analysis done by several musical scores, but focusing on Chiquina Gonzaga conductor work. In this retrospective was looked for composer information, in a intention to have a better understanding of her relationship with maxixe kind, so important to the spread of her work and the maxixe kind, as well as to indicate the musical aspects that are related with Brazilian Popular Music development of that time. Political and social relevant aspects to the genese understanding and maxixe spreading are also part of this search, knowing that the delimited period has for its characteristic the search for a national character in the music, over to european compositional models. Tells the importance of the Theater of Magazine as to the composer as to maxixe, and the popular music development, also focus on a problematic symbiosis between maxixe kind and brazilian tango, and the other kinds vogue to the epoca, and the maxixe kind changes denominations in a search for a better society acceptability. Highlighting a great value character to Brazilian Popular Music, Chiquinha Gonzaga, was one of the musicians that lived all this process and committed herself in this way.
Mostrar mais

146 Ler mais

Estimação de parâmetros genéticos de características reprodutivas em suínos.

Estimação de parâmetros genéticos de características reprodutivas em suínos.

As estimativas dos componentes de (co)variância foram obtidas pelo REML, utilizando o programa MTDFREML (BOLDMAN et al., 1995). Para a estimação das herdabilidades direta e materna, bem como da correlação entre os efeitos genéticos direto e materno, foram utilizados os componentes de variância e covariância obtidos a partir de análise de característica única e, para as estimativas de corre- lações genéticas, foram feitas análises conjuntas das características, avaliando-as duas a duas. O seguinte modelo foi usado para as análises:

8 Ler mais

Aspectos ambientais e genéticos de características reprodutivas e produtiva em cabras leiteiras utilizando amostragem de Gibbs.

Aspectos ambientais e genéticos de características reprodutivas e produtiva em cabras leiteiras utilizando amostragem de Gibbs.

Observou-se que a correlação genética estimada entre IPP e IP foi positiva e moderada. Esse fato pode ter ocorrido em virtude de a criação voltar-se à produção de leite, pois animais precoces tendem a ser reprodutivamente superiores. Daí, resulta que, ao apresentarem primeiro parto precocemente, esses animais tenderão a apresentar menores intervalos de parto. No entanto, sabe-se que a resposta correlacionada não depende exclusivamente da correlação genética entre as características, mas também das herdabilidades das características envolvidas no processo de seleção. Dessa forma, apesar da moderada correlação genética entre as características IPP e IP, a resposta correlacionada pela seleção indireta, mesmo eficiente, poderá resultar em ganhos genéticos baixos. Ao utilizarem metodologia de análise REML com modelo multivariado para estimação de parâmetros genéticos em caprinos de várias raças, Montaldo et al. (2010) relataram resultados similares aos desta pesquisa para a raça Saanen. Destaca-se que a característica intervalo de parto apresentou herdabilidade baixa (0,02 – 0,15), a corroborar com os resultados obtidos.
Mostrar mais

15 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos para características reprodutivas de suínos.

Estimativas de parâmetros genéticos para características reprodutivas de suínos.

Em suínos, as características reprodutivas são consideradas como sendo da porca, e sua importância está relacionada ao aumento da eficiência do sistema, pois quanto melhor o desempenho reprodutivo do rebanho, menor será o custo de manutenção por matriz. As estimativas de herdabilidade das características reprodutivas nos animais são normalmente baixas, e a variabilidade existente em tais estimativas é atribuída, principalmente, a fatores não genéticos e genéticos não aditivos.

6 Ler mais

Parâmetros genéticos em progênies de polinização livre de acerola.

Parâmetros genéticos em progênies de polinização livre de acerola.

Os índices b 1 e b 2 , que quantificam a relação da variação genética perante a variação ambiental entre e dentro de progênies, respectivamente, revelam uma condição mais favo- rável pa[r]

6 Ler mais

Índice Multiefeitos e estimativas de parâmetros genéticos em aceroleira.

Índice Multiefeitos e estimativas de parâmetros genéticos em aceroleira.

As comparações dos métodos de seleção que propiciam diferentes intensidades de seleção devem basear-se no ganho genético e não apenas na acurácia seletiva. Considerando a seleção dos 30 melhores indivíduos pelo método do Índice Multiefeitos, os três melhores indivíduos de cada uma das dez melhores famílias pela seleção entre e dentro de famílias, os 62 indivíduos (o melhor de cada família) pela seleção dentro de famílias, e de 10 genitores e 10 famílias pela seleção entre genitores, entre famílias e seleção de irmãos (ou seleção de fa- mílias, nos dois sexos, usando sementes remanes- centes, respectivamente), obtiveram-se os ganhos genéticos e acurácias (Tabela 6).
Mostrar mais

9 Ler mais

Parâmetros genéticos da resistência da soja a Cercospora sojina.

Parâmetros genéticos da resistência da soja a Cercospora sojina.

Pelo menos um dos tipos de epistasia (aa, ad ou dd) foi significativa para os dois conjuntos de gerações es- tudadas, indicando a importância de se utilizar o modelo completo nas suas análises (Tabela 3). Os efeitos gené- ticos (m, a, d) associados ao modelo simples foram to- dos significativos. Entretanto, efeitos de dominância e suas interações epistáticas são menores nas espécies autógamas (Brim & Cockerham, 1961). As técnicas de melhoramento que se beneficiam da alta variância aditiva e da interação aditiva x aditiva, para a obtenção de ga- nhos genéticos, são mais importantes no melhoramento
Mostrar mais

7 Ler mais

Parâmetros genéticos de caracteres agronômicos em genótipos de mamoneira.

Parâmetros genéticos de caracteres agronômicos em genótipos de mamoneira.

No cruzamento 'BRS 149 Nordestina' x 'Mirante 10', os valores de herdabilidade foram baixos e inferiores ao cruzamento 'BRS 149 Nordestina' x 'Sipeal 28', para a maioria dos caracteres, exceto EST e FLO, com variação de 24,6% para NFR a 86% para florescimento (Tabela 1). Valores baixos foram também observados no cruzamento 'BRS 188 Paraguaçu' x 'EBDA MPA 17', com exceção para FLO. Nesse cruzamento, os coeficientes de herdabilidade variaram de 4,1% para o NFR a 65,5% para FLO. Esses resultados permitem inferir que a seleção para FLO poderá garantir maiores progressos genéticos no melhoramento da espécie, considerando as populações avaliadas. Amaral (2003) estimou parâmetros genéticos de estatura de plantas para a população de mamona 'Guarani' e obteve coeficiente de herdabilidade de 60%, o que indica a possibilidade de sucesso de seleção de progênies de menor porte. Os resultados observados no presente trabalho, no cruzamento 'Nordestina' x 'Mirante 10', são compativeis com os resultados de Amorim et al. (2007), que, ao trabalhar com girassol, obtiveram valores altos de herdabilidade para precocidade de florescimento e estatura de planta.
Mostrar mais

6 Ler mais

Coeficiente de repetibilidade e parâmetros genéticos em capim-elefante.

Coeficiente de repetibilidade e parâmetros genéticos em capim-elefante.

CUNHA, M.V. da; LIRA, M. de A.; SANTOS, M.V.F. dos; FREITAS, E.V. de; DUBEUX JUNIOR, J.C.B.; MELLO, A.C.L. de; MARTINS, K.G.R. Association between the morphological and productive characteristics in the selection of elephant grass clones. Revista Brasileira de Zootecnia, v.40, p.482-488, 2011. DAHER, R.F.; MALDONADO, H.; PEREIRA, A.V.; AMARAL JÚNIOR, A.T. do; PEREIRA, M.G.; FERREIRA, C.F.; RAMOS, S.R.R.; TARDIN, F.D.; SILVA, M.P. da. Estimativas de parâmetros genéticos e de coeicientes de repetibilidade de caracteres forrageiros em clones de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.). Acta Scientiarum Agronomy , v.26, p.483-490, 2004. FALCONER, D.S. Introduction to quantitative genetics. 2.ed. London: Longman, 1987. 340p.
Mostrar mais

7 Ler mais

Estimativas de parâmetros genéticos e identificação de QTLs candidatos em cajueiro.

Estimativas de parâmetros genéticos e identificação de QTLs candidatos em cajueiro.

O cajueiro, por ser uma espécie perene, apresenta vários aspectos biológicos peculiares que tornam o seu melhoramento genético bastante diferenciado do melhoramento de espécies vegetais anuais. Dentre os referidos aspectos, citam-se: ciclo reprodutivo longo, reprodução sexuada e assexuada, expressão dos caracteres ao longo das várias idades. Em consequência destes fatores, verificam-se os seguintes reflexos no melhoramento desta espécie: utilização dos indivíduos selecionados para produção durante vários anos; uso de avaliações repetidas em cada individuo ao longo do tempo; seleção envolvendo comparações de indivíduos avaliados em diferentes condições ambientais; relevância da unidade de seleção “indivíduo” em detrimento da unidade de seleção “média de grupos de indivíduos”, fato que demanda a predição dos valores genéticos individuais para fins de seleção; outro fator a considerar nesta espécie é a possível alteração no controle genético dos caracteres ao longo das idades (RESENDE, 2002).
Mostrar mais

141 Ler mais

Parâmetros genéticos, dissimilaridade e desempenho per se em acessos de abóbora.

Parâmetros genéticos, dissimilaridade e desempenho per se em acessos de abóbora.

Pelo coeficiente de variação genotí- pica verificam-se menores valores para as características número de ramos, número de ramificações da gavinha e número de dias para florescimento da primeira flor masculina. Já nas caracte- rísticas massa do fruto e prolificidade fo- ram observadas as maiores estimativas do coeficiente de variação genotípica. Bezerra Neto et al. (2006), avaliando li- nhagens de abóbora também verificaram maior coeficiente de variação genotípica para a característica massa de fruto em comparação com as demais caracte- rísticas avaliadas. Maiores estimativas dos coeficientes de variação genotípica indicam a maior possibilidade de pro- gressos genéticos com a seleção (Freitas et al., 2009).
Mostrar mais

10 Ler mais

Produção de cachos e parâmetros genéticos de híbridos de caiaué com dendezeiro.

Produção de cachos e parâmetros genéticos de híbridos de caiaué com dendezeiro.

Ganhos genéticos elevados podem ser obtidos com a seleção de indivíduos com base em seus valores genotípicos para o caráter peso total de cachos (Tabela 6), com o objetivo de propagação clonal para plantios comerciais. Os ganhos genéticos com a clonagem dos cinco melhores indivíduos, para peso total de cachos, variaram de 71,6 a 99,8%, o que indica grande vantagem sobre a seleção de progênies, para as quais os ganhos genéticos com a seleção das cinco melhores progênies variaram de 34 a 55% (Tabela 4). Quando se considera a densidade de plantio de 143 plantas por hectare (Cunha & Lopes, 2010) e as médias baseadas nos sete anos de avaliação da PTC, as produtividades anuais de cachos desses indivíduos foram de: 26,1 Mg ha -1 (ind 272 – RUB90), 26,9 Mg ha -1
Mostrar mais

8 Ler mais

SELEÇÃO DE LINHAGENS, PARÂMETROS GENÉTICOS E CORRELAÇÕES ENTRE CARACTERES EM SOJA

SELEÇÃO DE LINHAGENS, PARÂMETROS GENÉTICOS E CORRELAÇÕES ENTRE CARACTERES EM SOJA

Os objetivos desse trabalho foram selecionar linhagens avaliar, parâmetros genéticos e correlações entre caracteres de soja. O experimento foi conduzido na área experimental da Fazenda Capim Branco pertencente à Universidade Federal de Uberlândia na safra de 2016/2017. Avaliaram-se 22 genótipos em delineamento de blocos completos casualizados com três repetições para 15 caracteres morfo-agronômicos. Os caracteres agronômicos relacionados ao ciclo, altura, número de nós e vagens totais tiveram coeficiente de determinação genotípico superiores a 70%. 15 genótipos obtiveram produtividade de grãos superior à média nacional de safra 2016/2017, isto é, a 2882 kg/h -1 . As correlações fenotípicas entre caracteres que foram significativas oscilaram de -0,49 a 0,89, cujas estimativas de correlação genotípica foram superiores à correlação fenotípica, indicando que os fatores genéticos contribuíram mais que os ambientais. Considerando o caráter produtividade de grãos, foi possível identificar número de vagens de três grãos e número total de vagens para a seleção indireta. As linhagens 2lP14, B2P1, B2P28, B1P33 e 2AP11 destacam-se como genótipos superiores na seleção direta.
Mostrar mais

44 Ler mais

Show all 9100 documents...