Top PDF Perineurioma esclerosante: relato de caso e revisão da literatura.

Perineurioma esclerosante: relato de caso e revisão da literatura.

Perineurioma esclerosante: relato de caso e revisão da literatura.

Resumo: O perineurioma esclerosante é uma neoplasia benigna rara, constituída exclusivamente por células com diferenciação perineural, dispersas em meio a estroma fibroso denso. Acomete preferen- cialmente a pele dos quirodáctilos e das regiões palmares e se apresenta como pápula ou nódulo firme, normocrômico e assintomático. Apresentamos um caso de perineurioma esclerosante localizado na região palmar esquerda de uma paciente feminina de 16 anos de idade, com detalhada demonstração dos aspectos clínicos, histopatologia e revisão da literatura publicada em língua inglesa.
Mostrar mais

7 Ler mais

Leiomiossarcoma perineal: relato de caso e revisão da literatura.

Leiomiossarcoma perineal: relato de caso e revisão da literatura.

17. Randleman Jr C D, Wolff B G, Dozois R R, Spencer R J, Wieland L H, Ilstrup D M. Leiomyosarcoma of the rectum and anus. A series of 22 cases. Int J Colorect Dis 1989; 4: p. 91-96. 18. Nunes B L B B P, Nossa F L C, Albino P A, Rossoni M D, Formiga G J S, Silva J H. Sarcoma anorretal – Relato de Caso e revisão da literatura. Rev Bras Coloproct 1998;18(3): p.186- 189.

4 Ler mais

Mucinose Folicular: revisão da literatura e relato de um caso.

Mucinose Folicular: revisão da literatura e relato de um caso.

A paciente em questão representa um caso típico de MuF primária, tanto em sua morfologia como em sua topografia, idade de apresentação e evolução. O diagnósti- co diferencial fez-se num primeiro momento com a hanse- níase tuberculóide, sobretudo pela presença de disestesias no nível da lesão e posteriormente com a sarcoidose e lúpus eritematoso, diagnósticos que foram descartados ao reali- zar-se o exame anatomopatológico, que mostrou-se caracte- rístico de MuF.

6 Ler mais

CISTO DENTÍGERO: REVISÃO DE LITERATURA E RELATO DE CASO

CISTO DENTÍGERO: REVISÃO DE LITERATURA E RELATO DE CASO

Atualmente na literatura encontramos várias teorias para a origem de um cisto dentígero. Uma das mais aceitas é de que o cisto dentígero tem sua origem associada a coroas de dentes retidos, na sua porção cervical, por alterações no epitélio reduzido do órgão do esmalte (MONSERAT et al., 2002, FREITAS et al., 2000). Outra teoria diz que após a formação completa da coroa do dente, há um acúmulo de líquido entre esta e o epitélio reduzido do esmalte, ou ainda de uma inflamação dos tecidos periapicais originados a partir da polpa necrótica dos dentes decíduos (MONSERAT et al., 2002; ZANIRATO et al., 1998).
Mostrar mais

9 Ler mais

Aids e miopatia relato de um caso e revisão da literatura.

Aids e miopatia relato de um caso e revisão da literatura.

RESUMO — É relatado o caso de um paciente com miopatia de apresentação clínica inco¬ mum como manifestação inicial da infecção por HIV. O paciente apresentava aumento de volume dos membros acompanhado de sinais flogísticos e elevação dos níveis séricos de en- zimas musculares. A alteração histopatológica predominante consistia em necrose segmentar de fibrocélulas musculares esqueléticas. Evoluiu com pneumonia por Pneumocystis carinii, tratada satisfatoriamente com sulfametoxazol e trimetropim. Apesar do uso sucessivo de indometacina, prednisona e dexametasona, a miopatia continuava a progredir. Após admi-
Mostrar mais

5 Ler mais

Hemocromatose hereditária: relato de caso e revisão da literatura.

Hemocromatose hereditária: relato de caso e revisão da literatura.

RESUMO – Racional – A hemocromatose hereditária associada ao gene HFE é a doença hepática hereditária mais comum nas populações caucasianas e refere-se à associação de estoques aumentados de ferro com um dano tissular progressivo (como por exemplo, cirrose hepática, diabetes mellitus, cardiomiopatia), quando o diagnóstico e o tratamento são tardios. Objetivos - É apresentado o caso de uma paciente de 44 anos portadora de hemocromatose hereditária assintomática, cujo diagnóstico foi feito a partir da detecção casual de alterações na cinética do ferro. Apresenta-se, também, uma breve revisão da literatura sobre a doença. Conclusão - A existência de métodos diagnósticos capazes de identificar a doença antes que surjam suas complicações e a possibilidade de terapêutica efetiva que permita evitar as suas manifestações, tornam a hemocromatose hereditária entidade ideal para profilaxia primária, alterando completamente a sua história natural.
Mostrar mais

9 Ler mais

Hemangiopericitoma renal: relato de caso e revisão de literatura.

Hemangiopericitoma renal: relato de caso e revisão de literatura.

Macroscopicamente a maioria dos tumores se ma- nifesta como lesões bem delimitadas ou com uma fina cápsula, associada a uma ampla rede de vasos e, por ve- zes, com nódulos satélites pequenos encontrados sepa- radamente da massa. Apenas uma minoria está aderida a tecidos vizinhos. O tamanho dos tumores relatados na literatura varia entre 2 e 25cm. (4)

4 Ler mais

Disceratose congênita: relato de caso e revisão da literatura.

Disceratose congênita: relato de caso e revisão da literatura.

idade, pardo, natural e procedente de Belo Horizonte, com hiperpigmentação reticulada associada a lesões hipocrômicas e atróficas na região cervical (Figura 1), axilas, região inguinal (Figura 2) e palma das mãos (Figura 3). As lesões cutâneas iniciaram-se aos sete anos de idade com acentuação lenta e progressiva. Exibia também ceratose pontuada nas palmas, coiloníquia, estrias longitudinais e distrofia das unhas dos pododác- tilos (Figura 4), além de placas leucoceratóticas no dorso da língua (Figura 5). Apresentava ainda microce- falia (<percentil 2,5), dolicocefalia, ptose palpebral uni- lateral, ponte nasal alta e implantação baixa dos cabelos (Figura 6). Encontrava-se no percentil 10 para altura e 25 para peso, e não se observou retardo mental. Na his- tória pregressa havia relato de criptorquidia unilateral corrigida cirurgicamente. Não apresentava queixas res- piratórias. Os pais não eram consangüíneos e não havia casos semelhantes na família (duas únicas irmãs não acometidas).
Mostrar mais

8 Ler mais

Síndrome de Munchausen: relato de caso e revisão da literatura.

Síndrome de Munchausen: relato de caso e revisão da literatura.

Descrita pela primeira vez pelo médico inglês Richard Asher, em 1951, a síndrome de Munchausen (SM) é um transtorno factício em que o paciente se mostra aguda e dramaticamente doente, com a habilidade de mimetizar sinais e sintomas de forma a necessitar de internações prolongadas, procedimentos de diagnósticos invasivos, longo tempo de terapia com as mais variadas classes de drogas e cirurgias. Descreve-se um caso de SM do Hospital Universitário Walter Cantídio, da Universidade Federal do Ceará, em que a paciente apresentava artrite e enfisema subcutâneo. Na ocasião, ela tinha 26 anos, era agente de saúde e tinha sérios problemas familiares. Este estudo também aborda uma revisão de literatura.
Mostrar mais

3 Ler mais

Cisto de colédoco: relato de caso e revisão da literatura.

Cisto de colédoco: relato de caso e revisão da literatura.

reconstrução feita por hepatojejunostomia em Y-de-Roux, conduta cirúrgica adotada no caso relatado. O tratamento do tipo III é mais controvertido, pois não há consenso, uma vez que esse tipo é raro. O padrão tem sido sua excisão com esfincteroplastia. O tratamento dos cistos do tipo IV tam- bém é controverso, podendo ser realizada tanto a excisão total quanto a hepatectomia parcial 1,2,3,4,13 .

4 Ler mais

Hamartoma do baço: relato de caso e revisão da literatura.

Hamartoma do baço: relato de caso e revisão da literatura.

A apresentação clínica dos hamartomas do baço ger- almente é silenciosa 6 .O aparecimento de dor abdominal inespecífica, a presença da febre de origem obscura e queixas urinárias já foram descritas associadas a esse tu- mor 3,16 . A ruptura espontânea causando quadro agudo de hemoperitônio também já foi relatado na literatura 8 .A as-

3 Ler mais

Complexo de Carney: relato de um caso e revisão da literatura.

Complexo de Carney: relato de um caso e revisão da literatura.

Setenta e dois por cento dos pacientes tinham mixomas cardíacos, com idade de detecção da neoplasia variando de 10 a 40 anos (média: 24,4 anos e mediana: 25 anos); os tumores eram únicos em 16 pacientes e múltiplos em 13, podendo, neste último caso, ser assin- crônicos, e localizavam-se, preferencialmente, nos átrios, embora tenha sido registrada a sua ocorrência em câmaras ventriculares. Anormalidades cutâneas ocorreram em 80% dos pacientes, sendo que 14 pacientes tinham lesões hiperpigmentadas, 6 tinham mixomas e 12 tinham ambas as condições; as lesões hiperpigmentadas, ou lentiginose, eram escuras (marrons ou negras), em geral pequenas e se distribuiam na face, incluindo região perioral e perior- bitária, pálpebras, orelha, lábios, tronco, conjuntiva ou esclera, vulva e, menos freqüentemente, em membros inferiores e superiores; essas lesões eram precoces, poden- do aparecer desde o nascimento ou ser percebidas mais tardiamente. Mixomas cutâneos estavam presentes em 45% dos pacientes; a maioria desses tumores são múlti- plos, com idade de aparecimento variando de 2 a 38 anos (média: 17,7 anos); sua principal localização era palpe- bral, mas podiam se localizar, em ordem decrescente de freqüência, em mamilos, couro cabeludo, face, orelhas, axila, tronco, membros, períneo, palato e língua.
Mostrar mais

11 Ler mais

ESTOMATITE NICOTÍNICA – RELATO DE CASO E REVISÃO DA LITERATURA

ESTOMATITE NICOTÍNICA – RELATO DE CASO E REVISÃO DA LITERATURA

2008). Normalmente, a estomatite nicotínica está associada ao tabagismo de charuto e cachimbo ou ainda ao fumo invertido, com uma correlação positiva entre a intensidade do tabagismo e a gravidade da condição. Essa patologia caracteriza-se geralmente por um epitélio espessado, com acantose moderada e aumento significativo da espessura da ortoceratina, suprajacente. As glândulas salivares menores podem mostrar alterações inflamatórias em graus variados, os ductos excretores podem apresentar metaplasia e o tecido glandular podem conter células de inflamação crônica e certa fibrose (REGEZI, 2000). A estomatite nicotínica atinge principalmente homens, em sua maioria na meia idade, por volta de 45 anos, assim como no caso relatado. A formação da lesão ocorre ao longo do tempo sendo caracterizada como uma agressão crônica, ocorrendo na mucosa palatina, que se torna difusamente cinza ou branca com pápulas levemente elevadas com centro vermelho pontilhado, podendo haver áreas leucoplásicas no palato, além de coloração amarronzada ou negra nos dentes. (UNIOESTE, 2018; NEVILLE et al.,2009).
Mostrar mais

6 Ler mais

SÍNDROME DE MONDOR, RELATO DE CASO E REVISÃO DA LITERATURA

SÍNDROME DE MONDOR, RELATO DE CASO E REVISÃO DA LITERATURA

O artigo relata um caso de uma paciente portadora de Síndrome de Mondor, uma rara complicação pós-cirúrgica. Discute-se fatos relativos ao tratamento e orientações paramédicas. A relevância do estudo se dá diante do elevado número cirurgias plásticas. Segundo a ISAPS, International Society of Plastic Surgery, em 2013 foram realizadas mais de 1.491.721 procedimentos na especialidade.

5 Ler mais

APLASIA CUTIS: REVISÃO DE LITERATURA E RELATO DE CASO

APLASIA CUTIS: REVISÃO DE LITERATURA E RELATO DE CASO

É consenso na literatura que as lesões extensas devem ser tratadas cirurgicamente. As grandes dificuldades técnicas para o tratamento cirúrgico são: a escassez de tecido cutâneo íntegro para planejamento de retalho; a má adaptação dos retalhos cutâneos sobre o leito da ferida devido à vascularização anômala e ao tecido de granulação já formado sobre a ferida (4) ; a absorção dos enxertos ósseos que pode ocorrer quando estes são colocados sobre enxertos de dura-máter No entanto, há relatos de bons resultados de reconstituição do couro cabeludo com retalhos autólogos e expansores de tecidos (4,24) . As cranioplastias autólogas ou heterólogas são realizadas em abordagens mais tardias devido ao pouco crescimento dos ossos do crânio após a cicatrização da pele (16) .
Mostrar mais

24 Ler mais

CILINDROS CAPILARES: RELATO DE CASO E REVISÃO DE LITERATURA

CILINDROS CAPILARES: RELATO DE CASO E REVISÃO DE LITERATURA

Os cilindros capilares (CC) caracterizam-se por concreções cilíndricas branco-amareladas que envolvem a haste capilar, sem, porém, a ela aderir 1 . Foram pela primeira vez descritos, em 1957, por Kligman e, apesar de não ser incomuns, suas referências bibliográficas são relativamente raras, principalmente em livros-texto 2 . Essas estruturas medem entre 3 e 7 mm de comprimento, localizando- se a variável distância do couro cabeludo 2 . A seguir será descrito um caso dessa doença e faz-se também uma breve revisão da literatura.

6 Ler mais

Síndrome de Morquio: relato de caso e revisão da literatura.

Síndrome de Morquio: relato de caso e revisão da literatura.

Material e Método : Ana- lisamos um paciente do sexo masculino, 16 anos, sindrômico, com alterações esqueléticas e extra-esqueléticas desde os dois anos de idade.. Pais consangüíneos e q[r]

5 Ler mais

Osteoma de mastóide: relato de caso e revisão da literatura.

Osteoma de mastóide: relato de caso e revisão da literatura.

O osteoma de mastóide relatado no caso acima é provavelmente do tipo compacto, por apresentar características deste, tais como: esférico, fixo ao córtex da mastóide, mas podendo penetrar dentro das células mastóideas. Esta conclusão ficou prejudicada, pela não realização do procedimento cirúrgico e avaliação anatomopatológica.

4 Ler mais

Condrossarcoma laríngeo: relato de caso e revisão de literatura.

Condrossarcoma laríngeo: relato de caso e revisão de literatura.

O quadro clínico é variado, podendo ser assintomático nas pequenas lesões ou se apresentar por dispnéia progressiva, estridor, disfagia, disfonia e raramente ocasionando dor. Casos de paralisia “idiopática” das pregas vocais têm sido descritos na literatura como conseqüência de condrossarcomas da laringe 2,3 . O surgimento de

4 Ler mais

Show all 10000 documents...