Top PDF Produção de serapilheira e decomposição do material foliar em um cerradão na Estação Ecológica de Jataí, município de Luiz Antônio, SP, Brasil.

Produção de serapilheira e decomposição do material foliar em um cerradão na Estação Ecológica de Jataí, município de Luiz Antônio, SP, Brasil.

Produção de serapilheira e decomposição do material foliar em um cerradão na Estação Ecológica de Jataí, município de Luiz Antônio, SP, Brasil.

tes vitais à sua manutenção (Herrera et al. 1981). Quando os nutrientes são continuamente extraídos do solo pelas plantas ou pela água das chuvas, a velocidade com que essa perda é reposta é fator chave para o ajuste da produtividade (Babbar & Ewol 1989), visto que para sua manutenção, as comunidades dependem de sua capacidade para circular e acumular os nutrientes existentes nos diferentes compartimentos. Nesse sentido, a produção e a decomposição de serapilheira são processos fundamentais à manutenção da ciclagem de nutrientes, sendo este o aspecto mais estudado e geralmente associado com a quantificação dos nutrientes que retornam ao solo pela decomposição. O conhecimento desses processos é valioso instrumento para estudos de diagnose ambiental e de avaliação de impactos naturais ou antrópicos, permitindo a comparação de comunidades por meio de parâmetros quantitativos de seu funcionamento (Leitão Filho 1993). A serapilheira é constituída por materiais vegetais depositados na superfície do solo, tais como folhas, cascas, ramos, troncos, gravetos, flores, inflorescências, frutos, sementes e fragmentos vegetais não identificáveis. Sua deposição introduz heterogeneidade temporal e espacial ao ambiente, podendo afetar a estrutura e a dinâmica da comunidade vegetal (Facelli & Pickett 1991). O padrão anual de produção de serapilheira é bastante diversificado, desde a queda total do material em curto período em florestas decíduas típicas, até o fluxo contínuo de detritos da biomassa aérea para o solo em florestas sempreverdes. No entanto, as situações intermediárias são mais freqüen- tes, sendo comuns os locais em que ocorre produção de material durante todo ano, com períodos de maior ou menor intensidade, relacionados a fatores ambientais e/ou genéticos (Delitti, dados não publicados).
Mostrar mais

11 Ler mais

Área de vida da choca-do-planalto Thamnophilus pelzelni Hellmayr, 1924 (Passeriformes: Thamnophilidae) na estação ecológica de Jataí, Luiz Antônio, SP

Área de vida da choca-do-planalto Thamnophilus pelzelni Hellmayr, 1924 (Passeriformes: Thamnophilidae) na estação ecológica de Jataí, Luiz Antônio, SP

O presente estudo foi conduzido na Estação Ecológica de Jataí (EEJ) (21°30’ - 21°40’S e 47°40’ - 47°50’W) (Fig. 3), localizada no município de Luiz Antônio, região nordeste do Estado de São Paulo. A EEJ representa uma das Unidades de Conservação (UC) do Estado de São Paulo e, em particular, representa uma das últimas grandes áreas de cerrado protegido na região limite deste bioma no Brasil. A EEJ foi criada em 15/06/1982, possuindo inicialmente 4.532ha que faziam divisa com os 6.267ha da Estação Experimental de Luiz Antônio (EELA). Originalmente, a EELA, destinava-se às atividades de silvicultura com Pinus e Eucalyptus para fins de experimentação e produção econômica. Recentemente, após o Decreto-Lei nº 47.096 de 18 de setembro de 2002, a EEJ ampliou sua área para 9.011ha sobre áreas antes pertencentes à EELA, que hoje possui 2.021ha. Atualmente cerca de 70% da área total da EEJ e EELA correspondem a áreas naturais, em sua maioria mata secundária de cerradão e mata ciliar, mas também há áreas de cerrado baixo e floresta semidecídua (ALMEIDA, 2002).
Mostrar mais

65 Ler mais

Diapriinae (Hymenoptera, Diapriidae) da estação ecológica de Jatí, no município de Luiz Antônio

Diapriinae (Hymenoptera, Diapriidae) da estação ecológica de Jatí, no município de Luiz Antônio

RESUMO – Diapriidae é cosmopolita e composta por cerca de 200 gêneros e duas mil espécies distribuídas por três subfamílias: Diapriinae, Belytinae e Ambositrinae. Para o Brasil são relatados cerca de 30 gêneros e 80 espécies. Diapriinae agrupa 50 gêneros distribuídos em três tribos: Psilini, Spilomicrini e Diapriini. Este estudo teve como objetivo identificar os Diapriinae coletados em áreas de Cerrado, Cerradão e Mata Ciliar na Estação Ecológica de Jataí (EEJ), em Luiz Antônio, SP, Brasil; As amostragens foram realizadas na EEJ com armadilhas Malaise e Moericke, durante dezembro de 2006 a novembro de 2009. o material biológico coletado foi encaminhado ao Laboratório de Sistemática e Bioecologia de Parasitoides e Predadores (LSBPP) da APTA, em Ribeirão Preto, SP triados e identificados com o auxilio de Masner e Garcia (2002). Foram obtidos 2610 (1621 fêmeas/62,1% e 989 machos/37,9%) exemplares de Diapriinae de 20 gêneros, dentre os quais 634 exemplares de Doliopria Kieffer (24,29% do total coletado), 492 de Coptera Say (18,85%), 323 de Trichopria Ashmead (12,38%), 306 de Idiotypa Förster (11,72%), 297 de Acanthopria Ashmead (11,38%), 281 de Basalys Westwood (10,77%), 192 de Spilomicrus Westwood (7,36%), 19 de Leucopria Masner & Garcia (0,73%), 18 de Entomacis Förster (0,69%), 11 de Szelenyiopria Fabritius (0,42%), dez de Monelata Förster (0,38%), oito de Megaplastopria Ashmead (0,31%), cinco de Ortona Masner & Garcia (0,19%), três de Caecopria Masner e de Pentapria Kieffer (0,11% cada), dois de Mimopria Holmgren, de Omopria Masner & Garcia e de Paramesius Westwood (0,08% cada) e um de Labidopria Wasmann e de Mimopriella Masner & Garcia (0,04% cada). As armadilhas Malaise capturaram 1378 espécimes de Diapriinae (52,8% do total coletado), resultado que diferiu estatisticamente (p< 0,0001) dos observados com as armadilhas Moericke 1232 (47,2%). A maior quantidade de Diapriinae foi coletada na mata ciliar (1932 / 74,0% do total coletado), seguida pelo cerradão (345 / 13,2%) e pelo cerrado (333 / 12,8%). Duas novas espécies de Diapriinae (Ortona e Szelenyiopria) foram descritas e ilustradas.
Mostrar mais

86 Ler mais

EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA – SP: UM ESTUDO COMPARATIVO DO DESEMPENHO DE ALUNOS DE CRECHES E PRÉ- ESCOLAS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA – SP: UM ESTUDO COMPARATIVO DO DESEMPENHO DE ALUNOS DE CRECHES E PRÉ- ESCOLAS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Gestores e professores das Escolas de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Limeira – SP, principalmente aqueles envolvidos diretamente com o primeiro ano do Ensino Fundamental, têm colocado, como um problema pedagógico a ser enfrentado em suas Escolas, a existência de um descompasso de aprendizagem e desempenho entre estudantes oriundos das Escolas Municipais de Educação Infantil - EMEIs (pré-escolas) e os dos Centros Infantis (Creches). Segundo a avaliação desses profissionais, os alunos provenientes das Creches municipais apresentariam dificuldades de natureza comportamental (imaturidade), espacial (quanto ao uso do caderno), no letramento matemático (contagem, reconhecimento e identificação de números de 0 a 10 e sua relação com a quantidade que representam) e, em especial, de compreensão do sistema da escrita e sua realização gráfica, como direção e linearidade. Enquanto isso, discentes advindos das EMEIs (pré- escolas) já teriam superadas essas dificuldades, configurando-se, assim, as diferenças de aprendizagem e desempenho entre estudantes da mesma etapa de ensino, porém advindos de instituições diferentes.
Mostrar mais

190 Ler mais

Diversidade e distribuição dos lagartos de uma área de ecótono entre Cerrado e Mata Atlântica, no sudeste do Brasil

Diversidade e distribuição dos lagartos de uma área de ecótono entre Cerrado e Mata Atlântica, no sudeste do Brasil

ABSTRACT The aim of this study was to characterize the Reptile fauna of Estação Ecológica de Jataí (EEJ), municipality of Luiz Antônio, northeastern region of São Paulo state, southeastern Brazil. The E.E.J is composed by Cerrado phytophysiognomies and Semidecidual forest of the Atlantic Forest, being considered an important preservation area in the state. Field sampling was carried out along 12 months of mensal trips of five consecutive days, using pitfall traps with drift fence, visual constrained search and accidental encounters. We also included previous records for the locality available on the literature. We recorded 46 species of reptiles distributed in 38 genera and 14 families. Among snakes registered during field sampling (N= 60), Crotalus durissus was the most abundant species (N= 18; 30% of the total number of individuals). Among lizards (N= 168), Cnemidophorus aff. ocellifer was the dominant species (N= 99; 58,9%). The species richness recorded at EEJ could be considered as relatively high for transitional areas of Cerrado and Atlantic Forest in São Paulo state, and it may be even higher considering records of adjacent areas as possible components of the local assemblage.
Mostrar mais

62 Ler mais

Anura, Estacao Ecologica de Jatai, São Paulo State, southeastern Brazil.

Anura, Estacao Ecologica de Jatai, São Paulo State, southeastern Brazil.

Currently, ca 5,700 anuran species are known worldwide (Frost 2009), most of them found in neotropical regions (Duellman 1988). Brazil holds the highest anuran richness in the world (IUCN 2008), with 821 species (SBH 2009) or 14 % of the world anuran diversity. In the state of São Paulo, ca 250 anuran species have been registered (Rossa-Feres et al. 2008), corresponding to 30 % of the Brazilian species and 4 % of the world anuran richness. However, even in well studied regions such as this state (e.g., Cardoso et al. 1989; Heyer et al. 1990; Haddad and Sazima 1992; Pombal and Gordo 2004; Vasconcelos and Rossa-Feres 2005), anuran surveys are still necessary because previous studies were mainly conducted on the coastal range only (Haddad 1998). The Estação Ecológica de Jataí illustrates this situation. Although this preservation area comprises one of the largest remnants of mesophytic semideciduous forests and savannas in the state, local surveys on anurans have never been registered in the literature. Our contribution the knowledge of anurans in this forest formation consists of a list of species found at the Estação Ecológica de Jataí, municipality of Luiz Antônio, state of São Paulo, Brazil.
Mostrar mais

8 Ler mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ESTRUTURAL DE COBERTURAS EM ESTRUTURA DE AÇO NA FORMA DE ARCO CIRCULAR E PARABÓLICO

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ESTRUTURAL DE COBERTURAS EM ESTRUTURA DE AÇO NA FORMA DE ARCO CIRCULAR E PARABÓLICO

No caso do Brasil, a empresa líder no setor, possui limitação de curvamento para um raio de até 16000 mm Para valores superiores, o processo de curvamento por indução de alta- frequência possibilita a conformação de “curvas poligonais”, ou seja, o inicio e o fim da peça ficam na mesma posição que a original, apenas a parte central da curva está a uma distância “e”, que corresponde a alguns milímetros da curva original. Caso a distância “e” esteja muito acima do solicitado pelo projeto, pode-se dividir a curva original em várias curvas com raio de até 16000 mm, formando uma curva poligonal e diminuindo cada vez mais a distâ ncia “e”, conforme a Figura 2.7 (GUARNIER, 2009).
Mostrar mais

128 Ler mais

Organização do material de emergência nos serviços e unidades de Saúde – Normas de Orientação Clínica

Organização do material de emergência nos serviços e unidades de Saúde – Normas de Orientação Clínica

2. A responsabilidade pela organização e planeamento da manutenção dos “carros de emergência”, no que diz respeito ao material e ao seu funcionamento, deve ser definida pelo responsável clínico da unidade de saúde ou em quem este formalmente delegue. 3. O responsável clínico pela unidade de saúde deve, também, definir a responsabilidade pela

11 Ler mais

Odonata (libélulas) do município de Luís Antônio, São Paulo, Brasil: relação com o uso do solo e riqueza faunística.

Odonata (libélulas) do município de Luís Antônio, São Paulo, Brasil: relação com o uso do solo e riqueza faunística.

Lagoa do Diogo (Figura 6G) – Ponto 17. Localiza-se na margem direita do rio Mogi-Guaçu, numa faixa de planície aluvial pertencente ao Córrego Cafundó, um de seus tributários. Comunica-se com aqueles dois cursos d’água por meio de canais estreitos existentes em suas extremidades. Em conseqüência disto, a lagoa poderia ser considerada um sistema “estuarino”, sem deixar de apresentar características lênticas (PINTO 1992). Durante a estação seca, quando o nível da água no seu interior, nos rios e nos canais de conexão apresentam os valores mais baixos, seus limites são delineados por um barranco com cerca de 2m de altura. Tal conformação, associada a um menor grau de interação com os cursos d’água acabam por lhe conferir um certo grau de individualidade (PINTO op. cit.). Apresenta grandes bancos de macrófitas aquáticas (Eichornea azurea e Salvinia sp.) que cobrem quase a totalidade de sua superfície de 0,69Km 2 . A área da bacia de drenagem é de 44,1Km 2 e a lagoa possui um volume de
Mostrar mais

62 Ler mais

GESTÃO E FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO DE MÃO DE OBRA: O CASO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA EM UM ESTUDO DE CASO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

GESTÃO E FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO DE MÃO DE OBRA: O CASO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA EM UM ESTUDO DE CASO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Não obstante a reconhecida necessidade desses serviços, tem-se observado graves falhas na gestão dos contratos de fornecimento de mão de obra terceirizada, bem com[r]

83 Ler mais

O PERFIL DO GESTOR ESCOLAR NA IMPLEMENTAÇÃO DE MODELOS DE GESTÃO: UM ESTUDO DE CASO NA REGIÃO METROPOLITANA VII DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

O PERFIL DO GESTOR ESCOLAR NA IMPLEMENTAÇÃO DE MODELOS DE GESTÃO: UM ESTUDO DE CASO NA REGIÃO METROPOLITANA VII DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Deste modo,no segundo capítulo pretende-se analisar o caso estudado propondo um diálogo sob a luz da teoria das contribuições de estudiosos no tema da gestão escolar, pois a história nos apresenta uma mudança de proposta sobre o que seria administração escolar e do perfil das pessoas envolvidas com educação e que desempenham esta função. Desde “RatioStudiorum”, plano de estudos dos jesuítas que detalhava as regras sobre a organização, estrutura e funcionamento daquele sistema, até os dias atuais, de acordo com Polon (2005), a mudança do contexto histórico tem promovido a ressignificação ou redimensionamento do papel dos hoje chamados diretores escolares. Polon (2005 ) afirma que “as políticas públicas educacionais empreendidas ao longo dos anos 1990 pelo governo brasileiro impulsionaram a redistribuição de responsabilidades administrativas, financeiras e pedagógicas do nível federal ao nível local, gerando impactos sobre a gestão escolar devido à adesão dessas políticas aos princípios de “descentralização”/desconcentração e autonomia, previstos em Lei, como decorrência das novas formas de regulação das políticas do Estado e da ação pública como tendência observada não só no Brasil como em vários outros países do mundo.” (p. 299). Trazendo para ampliara discussão, Luck;(2000), que fala sobre os desafios da liderançanas escolas, bem como Machado e Miranda (2012), que em seus estudos sobre gestão; aborda a Gestão estratégica e afirma que é o caminho para implementação de uma escola com a gestão participativa, o que por conseguinte leva a construção da autonomia.
Mostrar mais

106 Ler mais

INFLUÊNCIA DO TEOR DE FERRO NOS PARÂMETROS DE RESISTÊNCIA DE UM REJEITO DE MINÉRIO DE FERRO

INFLUÊNCIA DO TEOR DE FERRO NOS PARÂMETROS DE RESISTÊNCIA DE UM REJEITO DE MINÉRIO DE FERRO

As incertezas nas características do aterro geralmente estão relacionadas com o processo de deposição do rejeito na praia e com o próprio rejeito, onde na maioria das vezes não ocorre nenhum controle das variáveis que influenciam no processo de deposição hidráulica, tais como vazão e concentração da mistura lançada e o material depositado apresenta um alto grau de heterogeneidade. Esta variabilidade é devida principalmente a diferenças na composição do rejeito criando um padrão de seleção condicionado principalmente ao peso das partículas de ferro presente no mesmo (RIBEIRO, 2000). No caso do rejeito de minério de ferro, este tipo de seleção, pode condicionar a criação de zonas de alta concentração de partículas de ferro em determinadas regiões da barragem de rejeitos. Estas zonas tendem a apresentar diferentes propriedades geotécnicas devido principalmente as diferenças no valor do teor de ferro do depósito formado.
Mostrar mais

173 Ler mais

A Produção de Sementes Registradas

A Produção de Sementes Registradas

Na varanda da casa colonial, a família estava reunida apreciando a tarde e tomando chimarrão. Era uma casa antiga, não muito grande, há muitos anos da família Andrade. Seu Celestino, o mais velho, sentava na cadeira de ba- lanço. Dona Anita, sua esposa, sentava ao seu lado na cadeira de palhinha. E o moço era o filho do casal, Éberson. Ele era técnico agrícola, trabalhava no sítio da família e também na cooperativa do município.

20 Ler mais

Composição florística, estrutura fitossociológica e conteúdo de nitrogênio foliar em cerradão, Luiz Antônio, SP

Composição florística, estrutura fitossociológica e conteúdo de nitrogênio foliar em cerradão, Luiz Antônio, SP

16 RESUMO - (Florística e fitossociologia dos estratos arbustivo e arbóreo de um remanescente de cerradão em uma Unidade de Conservação do estado de São Paulo). Neste trabalho foram empregadas 25 parcelas permanentes de 250 m 2 . Foram definidos três estrados na comunidade: inferior (h < 4,0 m), médio (4,0 < h < 8,0 m) e superior (h > 8,0 m) e foi amostrada a vegetação com DAS (Diâmetro na Altura do Solo) igual e superior a 1,0 cm. Em uma área de 0,625 ha foram amostrados 5.284 indivíduos, 121 espécies, 74 gêneros e 41 famílias. As principais famílias representativas da área foram: Leguminosae-Faboideae, Leguminosae-Caesalpinioideae, Leguminosae-Mimosoideae, Annonaceae, Vochysiaceae, Bombacaceae, Proteaceae, Malpighiaceae, Melastomataceae e Myrtaceae. As espécies de maior IVI foram Ocotea corymbosa, Pterodon pubescens e Xylopia aromatica. Os altos valores de PSoR e de IVIA mostraram que as espécies arbóreas O. corymbosa e P. pubescens estão representadas nos três estratos da comunidade, embora predominem no estrato superior. O índice de Shannon mostrou alta diversidade florística (H' = 3,47 nat.ind. -1 ) e o índice de eqüabilidade (E' = 0,40) indicou dominância de P. pubescens e O. corymbosa na área de estudo. As distribuições diamétrica e de altura revelaram a abundância no componente da regeneração natural devido ao grande estoque de plantas jovens que compõem o estrato inferior da comunidade o que indica a existência de um denso sub-bosque nesta área de cerradão. Dentre as 114 espécies consideradas na análise fitossociológica, 20 podem ser consideradas raras por apresentarem baixa densidade de indivíduos por hectare. O levantamento florístico caracterizou a fitofisionomia da área como cerradão. A representação da vegetação em perfil permitiu caracterizar a vegetação do cerradão em estratos e a análise da estrutura fitossociológica vertical revelou que existem espécies dominantes em cada um dos três estratos da comunidade.A estimativa dos parâmetros fitossociológicos verticais permitiu valorar as espécies através da PSoR e do IVIA, associando a estrutura fitossociológica horizontal com a heterogeneidade e irregularidade dos estratos do cerradão da área de estudo, confirmando a importância de cada espécie na comunidade.
Mostrar mais

129 Ler mais

JUARINA ANA DA SILVEIRA SOUZA PERMANÊNCIA E EVASÃO ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO PROFISSIONAL

JUARINA ANA DA SILVEIRA SOUZA PERMANÊNCIA E EVASÃO ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO PROFISSIONAL

Segundo Dores Soares (1999) a dualidade de objetivos e de organização tem sido uma marca distintiva da escola média no Brasil, desde os anos de 1930 até hoje. Por um lado, buscou-se uma formação geral, tendo em vista a continuidade de estudos no nível superior; e de outro, enfatizou-se uma formação profissional, com foco no mercado de trabalho. Essa marca dualista ganhou contornos muito bem definidos entre 1942 e 1946. Durante esse período que foram criadas as Leis Orgânicas do ensino, instituindo os cursos profissionalizantes nas áreas industrial, comercial e agrícola, fomentando a separação entre a educação profissionalizante e a educação secundária (DORE SOARES, 1999, p. 778). Foi nessa época que as escolas de Aprendizes e Artífices foram transformadas em escolas Técnicas Industriais (FRIGOTO, CIAVATTA E RAMOS, 2005). Assunto já detalhado no capítulo I.
Mostrar mais

152 Ler mais

Resumen La interdependencia entre estado y MST en la constitución de un asentamiento de reforma agraria

Resumen La interdependencia entre estado y MST en la constitución de un asentamiento de reforma agraria

Ao conceber uma conclusão, embora não se constituindo algo conclusivo (finalizado) a este respeito, pode-se perceber que a centralidade deste entendimento, está calcada em determinantes nas quais demonstram diversas formas de desenvolvimento social, pois segundo Elias (1994) as relações na formação da sociedade não são homogêneas, em razão da vinculação que estas mantém de interdependência, no tocante as complexidades sociais instadas entre os agentes, que não se mantém circunscritas a formulas ou "modelos" pré-determinados. Essas relações que determinam uma dinâmica configuracional na constituição desse Assentamento e opções de vida dos assentados ocorreram em um entrelaçamento social entre o MST por meio de suas cooperativas, assentados, técnicos, dirigentes e demais espaços e agentes; pelo Estado em suas esferas governamentais a partir de suas instituições (Banco do Brasil, INCRA, EMBRAPA e EMATER); e pelo conjunto de aspectos conjunturais locais como ação de empresas do agronegócio, granjas, grandes produtores e governo municipal que foram evidenciadas e discutidas nesse estudo.
Mostrar mais

16 Ler mais

RAIF MARLICE SILVA DE LIMA POLÍTICA DE RESULTADO E BONIFICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM TRÊS ESCOLAS DA COORDENADORIA DISTRITAL 3 DO ESTADO DO AMAZONAS

RAIF MARLICE SILVA DE LIMA POLÍTICA DE RESULTADO E BONIFICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM TRÊS ESCOLAS DA COORDENADORIA DISTRITAL 3 DO ESTADO DO AMAZONAS

melhorar a qualidade do ensino” ( DOURADO, 2011, p. Cabe ao gestor escolar gerir estes conflitos e colocar a comunidade escolar a par da realidade da escola, demonstrando sua capacidade[r]

124 Ler mais

EVASÃO E PERMANÊNCIA NA EJA: POR UM TRABALHO DE QUALIDADE NA GESTÃO DE UMA ESCOLA DA REDE MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE

EVASÃO E PERMANÊNCIA NA EJA: POR UM TRABALHO DE QUALIDADE NA GESTÃO DE UMA ESCOLA DA REDE MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE

Essas publicações realizadas pela escola representam um caminho percorrido para aproximar o currículo da escola às necessidades dos educandos. O primeiro trabalho, por exemplo, intitulado “Águas, formando vidas”, tentou mapear as minas de água e esgoto a céu aberto encontrados na comunidade. Esse almanaque foi utilizado como instrumento de luta pelo saneamento básico no bairro em que a escola está localizada. O segundo projeto foi “Em busca de nossas origens”, que trabalhou com questões como racismo, história e cultura africanas. O terceiro estudou a trajetória dos movimentos sociais no Brasil e a última, e mais recente publicação, de 2012, intitulada “Ciranda Literária”, trouxe a literatura como tema central e teve como objetivo desenvolver o gosto pela leitura.
Mostrar mais

117 Ler mais

Ecologia e conservação de catetos, Tayassu tajacu Linnaeus, 1758) (Artiodactyla, Tayassuidae) em áreas de Cerrado do Estado de São Paulo.

Ecologia e conservação de catetos, Tayassu tajacu Linnaeus, 1758) (Artiodactyla, Tayassuidae) em áreas de Cerrado do Estado de São Paulo.

Os catetos e queixadas possuem importante função ecológica participando da cadeia trófica como parte da dieta de grandes felinos (GARLA, 1998; CRAWSHAW, 1995). REDFORD & FONSECA (1986) e SILVA (1994) relatam a razoável tolerância de onças pardas às alterações antrópicas desde que tais mudanças não reduzam a disponibilidade de suas presas. Deste modo o decréscimo populacional, com possibilidade de extinção local de porcos-do-mato, pode interferir profundamente na biodiversidade local, uma vez que a presença destes animais pode garantir a existência de outras espécies. Estes animais podem ainda atuar na dinâmica das populações vegetais em função da alimentação.
Mostrar mais

148 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA SAMARA FREIRE DE OLIVEIRA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA SAMARA FREIRE DE OLIVEIRA

À amiga Elizabeth Palmeira Neves, pelo apoio durante esta jornada. Aos colegas da Secretaria Estadual de Educação, que forneceram importantes informações: Antônio Marcos Castro, Ariadene Santos Sousa, Jane Lúcia Andrade Torres, Lucilene Arruda Moreira, Luís Cláudio Correa Cabral Marques, Maria Madalena de Paula Caetano, Marilene Remígio e Silva, Noélia Lima Amâncio, Sílvia Mastop de Andrade e Tiago Lima e Silva.

93 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados