Top PDF Uso do sensoriamento remoto para detectar neossolos quartzarênicos: estudo de caso em Cianorte – PR

Uso do sensoriamento remoto para detectar neossolos quartzarênicos: estudo de caso em Cianorte – PR

Uso do sensoriamento remoto para detectar neossolos quartzarênicos: estudo de caso em Cianorte – PR

Esse trabalho de conclusão de curso apresenta uma pesquisa na área de sensoriamento remoto visando à identificação dos Neossolos Quartzârênicos no noroeste do estado do Paraná. Esses solos apresentam alta suscetibilidade aos processos erosivos o que pode causar problemas como perda de solos, produtividade e assoreamento dos corpos hídricos. No programa Google Earth® foram selecionados 5 pontos dentro da cidade de Cianorte que, supostamente, ocorriam Neossolos Quartzarênicos. Depois dessa seleção foi utilizada uma imagem RapidEye® que abrange parte do município de Cianorte e os pontos de verificação. Essa imagem foi utilizada para calcular os índices MSBI (Misra Soil Brightness Index, SBIMSS (Tasselled Cap - Soil Brightness Index MSS) e SBL (Soil Background Line), sendo que depois de calculados esses índices foram importados para o SIG SPRING e transformados em imagem, podendo assim, associá-los com as bandas da cena RapidEye®. Dessa forma, pode-se realizar composições coloridas e retirar amostras de pixels das áreas identificadas como Neossolos Quartzarênicos. Os resultados que destacaram com mais eficiência os Neossolos Quartzarênicos foram encontrados no segundo fatiamento com intervalo de 14583,33 a 17500 para o índice MSBI e 12437,5 a 14312,5 para o índice SBIMSS, sendo que para o índice SBL não foram encontrados resultados satisfatórios para os Neossolos Quartzarênicos. No entanto, além de destacar os Neossolos Quartzarênicos os fatiamentos realizados também destacaram outros elementos da imagem como os telhados. Dessa forma, foi realizado o teste estatístico análise dos componentes principais (PCA), que obteve um resultado de 78,32% de diferença entre as amostras de Neossolos Quartzarênicos e telhados para o índice MSBI e 77,35%% para o índice SBIMSS. Esse resultado deve-se principalmente a composição dos Neossolos Quartzarênicos que são formados basicamente por areia, o que proporciona uma uniformização na reflectância dessas amostras, já os telhados são formados por materiais distintos o que resulta em percentual de reflectância diferente para cada tipo de material. Assim, os índices MSBI e SBIMSS foram os que destacaram com mais eficiência os Neossolos Quartzarênicos, sendo que para o índice SBL não foram encontrados resultados nos três fatiamentos realizados. Cabe destacar que nesse trabalho os resultados apresentados foram em função dos índices MSBI e SBIMSS e não diretamente da reflectância dos telhados e Neossolos Quartzarênicos, além disso esse trabalho pode ser um ponto de partida para futuras pesquisas na área, já que não foram encontrados trabalhos similares no Brasil.
Mostrar mais

58 Ler mais

Uso de sensoriamento remoto na identificação de corredores ecológicos: estudo de caso da Bacia Hidrográfica do Rio Formoso, Bonito, MS.

Uso de sensoriamento remoto na identificação de corredores ecológicos: estudo de caso da Bacia Hidrográfica do Rio Formoso, Bonito, MS.

As legislações, como o Código Florestal (BRASIL, 1965), surgiram com o intuito de impor restrições sobre o uso das APPs, que têm como objetivo a proteção do ambiente natural, onde a alteração do uso da terra não é apropriada, devendo permanecer com a cobertura vegetal original. Com a proteção da vegetação, os efeitos erosivos e a lixivia- ção dos solos são reduzidos, o que contribui também para a regulariza- ção do fluxo hídrico e a redução do assoreamento dos cursos d’água e reservatórios, trazendo ainda benefícios para a biodiversidade (COSTA; SOUZA; BRITES, 1996).
Mostrar mais

7 Ler mais

Estimativa da profundidade de corpos de água com o uso de dados de sensoriamento remoto

Estimativa da profundidade de corpos de água com o uso de dados de sensoriamento remoto

Para estudos com sensoriamento remoto é fundamental o conhecimento do comportamento espectral do material em estudo e dos fatores nos quais ele sofre interferência. Dado que os objetos estão inseridos num contexto ambiental, estes sofrem interferências de múltiplas fontes, quer oriundas dos objetos adjacentes, quer oriundas do seu próprio dinamismo interno (Novo 1992). Por exemplo: a presença de pragas na lavoura ou a irrigação podem mudar o espectro na vegetação, o tamanho do pixel em que é gravada a informação pode captar o espectro de varias fontes dado que a energia integrada em um pixel é derivada de um conjunto de objetos, uma mistura de refletâncias, No caso especifico da água, uma das interferências pode ser a quantidade de sólidos em suspensão.
Mostrar mais

141 Ler mais

O USO DO SENSORIAMENTO REMOTO E DA CARTOGRAFIA DIGITAL NA GESTÃO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS AGRÍCOLAS

O USO DO SENSORIAMENTO REMOTO E DA CARTOGRAFIA DIGITAL NA GESTÃO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS AGRÍCOLAS

A ET poderá ser determinada através algoritmos implementados em softwares usados em sensoriamento remoto, com o uso de imagens orbitais, tendo como resultado final os valores totais de ET (mm/dia) (Mohamed et al., 2004 ; Nagler et al., 2005 ; Silva et al., 2005 ; McCabe et a . l, 2006 ; Menezes et al., 2007 ; Mu et al., 2007 ; Dennison et al., 2009 ; Moreira et al., 2010 ; Mota et al., 2011 ; Mu et al., 2011 ; Oliveira & Baptista, 2011 ; Lima et al.,2014). A escolha de qual algoritmo usar para o cálculo da evapotranspiração normalmente dependente de vários fatores, desde a aquisição de determinado tipo de imagens à disponibilidade de dados meteorológicos, inputs na maioria dos modelos. Dentre os vários algoritmos existentes baseados em imagens MODIS, vale destacar o SEBAL (Surface Energy Balance Algorithms for Land), que calcula a ET diária a partir do fluxo de calor latente, estimado como resíduo de balanço de energia de superfície, usado para trabalhos em escala local; o algoritmo empírico de Nagler et al. (2009) baseado no índices de vegetação (EVI) e o desenvolvido por Mu et al. (2011) usado neste estudo, que aprimorou o algoritmo RS-ET de Mu et al. (2007), e é baseado na equação de Penman-Monteith. Estes últimos têm apresentado bons resultados no caso de estudos em escalas regionais, em diversas regiões do globo (Hu et al., 2015), em diferentes situações de uso da terra e/ou climatológicas (Hu et al., 2015, Biggs et al., 2016).
Mostrar mais

128 Ler mais

Identificação de ilhas de calor por meio de sensoriamento remoto: estudo de caso no município de Goiânia – GO/2001

Identificação de ilhas de calor por meio de sensoriamento remoto: estudo de caso no município de Goiânia – GO/2001

Considerando a relação do uso e cobertura do solo existente com os valores de temperatura, é importante frisar que o uso urbano (principalmen- te o mais central/concentrado) é um importante elemento para caracterizar a ilha de calor, isto porque o uso irá especificar o grau de urbanização e ativi- dades antrópicas passíveis de ali existirem. A figura 4 apresenta a relação do uso urbano (uso rural, comercial, central, residencial urbano e suburbano) ao perfil dos valores de temperatura aparente da superfície, onde é plausível compreender que nas áreas mais centrais, e por conseguinte, mais urbaniza- das, os valores de temperatura tendem a ser os mais elevados, como ocorre nos locais com atividades comerciais, devido a pouca existência de cobertu- ra vegetal ou corpos hídricos. Em contrapartida, locais com uso residencial urbano e suburbano, como também uso rural, tendem a apresentar os meno- res valores de temperatura.
Mostrar mais

18 Ler mais

Uso do sensoriamento remoto radiométrico para a estimativa da largura do rio na Bacia do Araguaia

Uso do sensoriamento remoto radiométrico para a estimativa da largura do rio na Bacia do Araguaia

26 A combinação de vários satélites para quantificar e monitorar os hidrossistemas tem sido amplamente utilizada ultimamente (Prigent et al. (2007); Papa et al. (2008); Asdorlf et al. (2010); Papa et al. (2010); e Aires et al. (2013)). Os dados mais usados são do GRACE para quantificar a água armazenada em períodos de cheia e de seca; dados do Shuttle Radar Topography Mission (SRTM), JERS-1, T/P para avaliar a profundidade dos rios; AVHRR, MODIS e Landsat para analisar largura da área alagada; Global Precipitation Climatology Project (GPCP); e Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM) para quantificar a quantidade de precipitação na bacia hidrográfica analisada. Muitos deles associam estes dados de sensoriamento remoto com dados de estações fluviométricos e dados gerados em modelos. Os dados de estações fluviométricas servem também para validar os dados de sensoriamento remoto e por sua vez os dados de sensoriamento podem validar banco de dados existentes ou serem utilizados para alimentar ou validar modelos.
Mostrar mais

92 Ler mais

Uso de índices de vegetação por sensoriamento remoto para estudos da Caatinga: uma revisão sistemática

Uso de índices de vegetação por sensoriamento remoto para estudos da Caatinga: uma revisão sistemática

cambios climáticos, uso y ocupación de las tierras, la biomasa y el manejo forestal, entre otros, así como la teledetección remota se destaca como una herramienta de monitoreo basada en los índices de vegetación. Esta investigación tuvo como objetivo revisar la literatura sobre estudios realizados en la Caatinga que utilizan índices de vegetación de teledetección remota en su metodología y cómo se aplican. La revisión siguió las directrices de los “Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analysis (PRISMA)”. Los artículos seleccionados fueron indexados en las bases de datos Science Direct, Scopus y Web of Science. Se aplicaron a la selección de artículos las palabras clave “remote sensing”, “satellite”, “Vegetation Index” y “Caatinga”. Inicialmente, se encontraron 86 artículos: Science Diret (∑ = 29), Scopus (∑ = 54) y Web of Science (∑ = 3). La combinación de las palabras clave resultó 39 artículos que cumplían los criterios de inclusión. Después de leer los resúmenes, 17 artículos fueron meta-analizados. En general, el Índice de Vegetación de Diferencia Normalizada es el más utilizado en los estudios, con productos orbitales del Satélite Landsat 5 y estudios relacionados con el tema del cambio climático, poniendo de relieve la necesidad de acciones sostenibles que permitan la preservación de la Caatinga. p alabras clave : Producto Orbital; Sensibilidad Vegetal; Ambientes Secos.
Mostrar mais

13 Ler mais

REVISÃO SOBRE O USO DE SENSORIAMENTO REMOTO NA DETECÇÃO DE VAZAMENTOS DE ÓLEO NO MAR

REVISÃO SOBRE O USO DE SENSORIAMENTO REMOTO NA DETECÇÃO DE VAZAMENTOS DE ÓLEO NO MAR

Sensores hiperespectrais têm potencial para identificação detalhada de materiais e melhor estimativa de sua abundância, uma vez que permite o detalhamento físico-químico da substância presente na superfície imageada. Seus diferentes comprimentos de onda podem ser usados para reconhecimento da assinatura espectral de diferentes tipos de óleo, também pode ser usado para distinção de manchas formadas por outros materiais que tenham aspecto similar (BREKKE e SOLBERG, 2005b). Sensores que operam na faixa das micro-ondas são aqueles mais comumente usados para a detecção de poluição de óleo, principalmente sensores ativos como os radares. São preferíveis, comparados aos sensores óticos, por serem eficientes em quaisquer condições de tempo e luminosidade. Os mais comuns são o SLAR (Side-Looking Airborne Radar) que tem como desvantagem ser caro e estar presente em aeronaves que têm área de cobertura limitada, e o Synthetic Aperture Radar (SAR). O uso de SAR tem a vantagem de permitir o monitoramento em qualquer condição de luminosidade e climática (ESPEDAL e JOHANNESSEN, 2000; BREKKE e SOLBERG, 2005b; FINGAS e BROWN, 2014).
Mostrar mais

11 Ler mais

Coleta de resíduos na cidade de Cianorte, PR

Coleta de resíduos na cidade de Cianorte, PR

Solid waste today represent a major problem, produced and discarded by domestic human action, social and industrial. With population growth and the change in the pattern of consumption, waste generation becomes a global problem. This paper presents the form of collection and disposal of solid waste generated in the city of Cianorte, with the responsibility to collect and dispose of Transresíduos company and Sanitation Company of Paraná / SANEPAR, which is concerned with the amount of waste produced and intended inappropriately, which could have an impact on the environment and health. Companies seek to educate the public about the correct separation of waste to the landfill does not suffer from a number of waste should be separated and recycled, reducing its useful life. In this sense, the big generators have many points to improve on separation of waste. Recycling is one of the alternatives proper disposal of solid waste for both environmental and social, as well as reducing the consumption of natural resources, help in the water and energy savings. So with the help of Cianorte Prefecture was set up the Association of collectors who rescued many people from the streets and acondicionou in a shed with a structure for separating recycled, helping the family income of collectors.
Mostrar mais

32 Ler mais

Sensoriamento remoto para detecção de seringais

Sensoriamento remoto para detecção de seringais

Durante a seleção de genótipos para porta-enxerto, pouca importância foi dada à descendência e procedência das mudas de seringueira, bastando que o porta-enxerto não apresentasse incompatibilidade com o enxerto e já seria indicado para o cultivo comercial (MARTINS et al., 2000). Entre os principais clones de seringueira cultivados no Brasil, como porta-enxerto ou enxerto, estão: “RRIM 600” (Rubber Research Institute of Malaysia) com 44% da área total cultivada (IAC, 2016b), “PB 235” (Prang Besar, Malásia), “GT 1” (Gondang Tapen, Indonésia), “PR 255” (Proefstation voor Rubber, Indonésia), “IAN 873” (Instituto Agronômico do Norte, Brasil), e as séries “IAC” (Instituto Agronômico de Campinas, Brasil). No entanto, apesar desses clones apresentarem características fisiológicas e morfológicas distintas, todos eles apresentam em comum elevada susceptibilidade ao M. exigua (FONSECA et al., 1999; PAES- TAKAHASHI et al., 2015).
Mostrar mais

79 Ler mais

Interação e dinâmica de substâncias produzidas por Cladonia substellata (líquen) com Neossolos Quartzarênicos de tabuleiros costeiros do Nordeste

Interação e dinâmica de substâncias produzidas por Cladonia substellata (líquen) com Neossolos Quartzarênicos de tabuleiros costeiros do Nordeste

A degradação da paisagem natural em ambientes de Mata Atlântica nas áreas de Tabuleiros Costeiros do Nordeste ocasionou diversos impactos a sua biota. Dentre os diversos organismos capazes de indicar a interação entre elementos bióticos e abióticos desse ecossistema, os liquens têm importante destaque no seu funcionamento, sobretudo na dinâmica dos solos e ciclagem de nutrientes. Deste modo, objetivou-se determinar a interação de substâncias do líquen Cladonia substellata com Neossolos Quartzarênicos, utilizando colunas de solo e simulando episódios de chuva ou de déficit hídrico. Amostras de líquen e de solo foram coletadas no município de Mamanguape- PB para montagem de experimentos em cúpulas ao longo de seis meses e, em colunas para se determinar a capacidade de percolação ou interação das substâncias com tais solos. A adição de água em maior teor (50 mL) no início e decorrer do experimento serviu para simular episódios de chuva; menor teor de água semanalmente (2 mL) simulou o déficit hídrico da região. Dessa forma, quatro tratamentos com cinco réplicas foram desenvolvidos: T1) solo simulando déficit hídrico sobreposto pelo talo de C. substellata; T2) solo submetido a episódio de chuva sobreposto pelo talo de C. substellata; T3) solo simulando déficit hídrico incorporado com o extrato orgânico de C. substellata; T4) solo submetido a episódio de chuva incorporado com o extrato orgânico de C. substellata. Realizaram-se coletas de solo e líquen aos 90,180, 270 e 365 dias e foram determinados pigmentos e fenóis do líquen e, os percolados para o solo; análise de fertilidade, presença de hidroxilas livres além de quantificação de microrganismos presentes na biota do solo. Os resultados apontaram que C. substellata conseguiu produzir e percolar com maior eficiência suas substâncias em condição de episódios de chuva, tanto em experimentos com o talo, como os realizados em coluna, ou com adição do extrato orgânico. As amostras liquênicas demonstraram funcionamento de suas células, mediante teores crescentes das clorofilas, em todos os tratamentos, entretanto pouco se modificou na composição elementar dos solos, exceto pelo pH. A população microbiana foi bastante variada, diminuindo em tratamentos com o extrato orgânico. Com isso, conclui-se que extratos e talo de C. substellata são capazes de influenciar na química e biota de Neossolos Quartzarênicos, melhorando suas propriedades.
Mostrar mais

104 Ler mais

USO DO SENSORIAMENTO REMOTO PARA ESTUDO DA SUSCEPTIBILIDADE AO PROCESSO DE DESERTIFICAÇÃO NA REGIÃO SEMIÁRIDA DO NORTE DE MINAS GERAIS

USO DO SENSORIAMENTO REMOTO PARA ESTUDO DA SUSCEPTIBILIDADE AO PROCESSO DE DESERTIFICAÇÃO NA REGIÃO SEMIÁRIDA DO NORTE DE MINAS GERAIS

A Desertificação é considerada um dos mais graves problemas ambientais da atualidade, com a ocorrência de grandes proporções em todo o mundo, é a diminuição progressiva dos níveis de umidade e degradação do solo, é consequência do resultado da pressão antrópica sobre o meio ambiente, como também a variabilidade climática existente afetando significativamente a qualidade de vida da sociedade, tornando-se imprescindível a realização de estudos para apoiar os resultados produzidos de forma a mitigar este fenômeno. Este trabalho estudou as áreas suscetíveis à desertificação no semiárido no norte de Minas Gerais, utilizando técnicas de sensoriamento remoto para avaliar áreas e a cobertura do solo. O índice de vegetação (NDVI) a partir das imagens MODIS do satélite Terra, foi essencial para a avaliação da cobertura do solo para os anos de 2003 a 2012. Através da elaboração de um algoritmo de interseção executado em linguagem Legal do software Spring 5.1.8, os resultados obtidos determinaram o nível de degradação na região, e indicou as áreas suspeitas a desertificação de cada região, onde totalizou em 575, 5 hectares, tornando possível a avaliação e elaboração de mapas temáticos que mostram áreas que persistente no solo exposto em um período de 10 anos de estudo.
Mostrar mais

7 Ler mais

Análise da vegetação a partir de dados de sensoriamento remoto multitemporal no município de Pato Branco-PR

Análise da vegetação a partir de dados de sensoriamento remoto multitemporal no município de Pato Branco-PR

A expansão urbana no município de Pato Branco no Paraná tem ocorrido de forma desordenada. Para melhor diagnosticar essa expansão entre os anos de 1980 e 2016, realizou-se um estudo do comportamento da vegetação do município por meio do uso de mosaico de fotografias aéreas (1980), imagens de satélite QuickBird (2005) e Pleiades (2016). Utilizando-se conjunto de dados e análise multitemporal foi possível realizar o mapeamento da cobertura vegetal do município ao longo do tempo, gerando informações que podem subsidiar o planejamento. Os resultados da pesquisa indicaram que a área da cobertura vegetal do município de Pato Branco não reduziu entre os anos de 1980 e 2005. Em 1980 havia uma cobertura 20% (11,68 km²) da área total urbana, em 2005 este índice passou para 26,7% (15,55 km²), e no ano de 2016 o índice decaiu em 2,37% passando para 24,33% (14,17 km²). Em todos os períodos analisados o ICV, ficou abaixo do recomendável que é de 30%. As dificuldades enfrentadas para o avanço da cobertura vegetal do município de Pato Branco e consequentemente dos ICV entre 1980 e 2016, podem ser explicadas pelo elevado crescimento populacional do Município, equivalente a 140%.
Mostrar mais

24 Ler mais

Mapeamento e caracterização da intensidade de uso da terra pelas pastagens usando sensoriamento remoto

Mapeamento e caracterização da intensidade de uso da terra pelas pastagens usando sensoriamento remoto

RESUMO: A demanda atual por alimentos tem sido atendida por meio da exploração das reservas naturais. O Brasil apresenta 26% da sua extensão ocupada por usos agropecuários, sendo 62% desses, pastagens. Pastagens degradadas apresentam maior intensidade de uso da terra do que pastagens bem manejadas, levando à maior degradação do meio ambiente. Os sistemas de classificação da capacidade de uso de terra consideram que as pastagens se apresentam bem manejadas, consideração equivocada para a realidade brasileira. Baseado nesse enfoque, objetivou-se apresentar e validar uma metodologia de mapeamento da intensidade de uso da terra exercida por pastagens via sensoriamento remoto. O método de mapeamento foi desenvolvido e validado em bacias com características edafoclimáticas distintas. De posse da metodologia, três calibrações foram realizadas, com base nos valores de IVDN, para averiguar a influência nos resultados, sendo avaliados a partir das campanhas de campo e dos índices kappa e kappa ponderado. Os índices kappa e kappa ponderado apresentaram concordância razoável e moderada, respectivamente. Os resultados foram considerados satisfatórios para as três calibrações, evidenciando que o grau de degradação das pastagens pode ser estimado de maneira simples por sensoriamento remoto. A Bacia do Rio Limoeiro apresenta em torno de 46,9% das pastagens, no mínimo, fortemente degradadas; e 96,6% com algum grau de degradação, o que contribui para degradação dos recursos naturais e redução do potencial pecuário e econômico da bacia.
Mostrar mais

7 Ler mais

Caracterização de lavouras cafeeiras, utilizando técnicas de geoprocessamento e sensoriamento remoto, no município de Umuarama - PR.

Caracterização de lavouras cafeeiras, utilizando técnicas de geoprocessamento e sensoriamento remoto, no município de Umuarama - PR.

Ippoliti-Ramilo et al. (1999) ressalta que os levantamentos de dados agropecuários a partir da aplicação do sensoriamento remoto aliado às técnicas de geoprocessamento, em comparação a outras formas de levantamento, têm como vantagens a rapidez e a precisão, além do baixo custo quando utilizado em larga escala. Para Epiphanio et al. (2002), pesquisas relacionadas à identificação de culturas agrícolas utilizam em sua grande maioria imagens de sensores ópticos de média resolução, sendo, principalmente, provenientes dos satélites da série Landsat, cuja boa resolução espectral auxilia na distinção entre os diversos tipos de vegetação, porém sempre tendo como auxílio informações obtidas a campo para melhor precisão.
Mostrar mais

10 Ler mais

Aplicações e Princípios do Sensoriamento Remoto 2

Aplicações e Princípios do Sensoriamento Remoto 2

Desta forma, não apenas os dados de desmatamento fornecidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), desde a década de 80 (INPE, 2008), estabelecido como dado base na elaboração do Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAm), o qual demonstrou-se eficaz na redução do desmatamento a partir de sua implantação em 2004. Como esta atividade é em muitos casos precedida da exploração florestal (Pinheiro et al., 2016; Souza et al., 2018, no prelo), é esperado que o seu monitoramento em toda a Amazônia e, se for o caso o acompanhamento sistemático via sensoriamento remoto da concessão florestal, poderá se consolidar em uma variável importante para a manutenção das
Mostrar mais

25 Ler mais

As articulações escalares da indústria de confecções em Cianorte - Pr

As articulações escalares da indústria de confecções em Cianorte - Pr

Re6liz6mos neste tr6b6lho um estudo centr6do n6 6nálise do desenvolvimento d6 indústri6 do r6mo de confecções de Ci6norte, PR, tom6ndo-o como elemento indutor d6 produção e 6rticul6ção entre 6s esc6l6s geográfic6s. Ci6norte c6r6cteriz6-se por 6present6r um forte processo de industri6liz6ção p6ut6do no r6mo de confecções, sobretudo 6 p6rtir de me6dos d6 déc6d6 de 19:0, como s6íd6 p6r6 enfrent6r 6 crise econômic6 de um6 economi6 6grícol6 que predomin6v6 6té então. Compreender como se deu esse processo de tr6nsform6ção funcion6l em Ci6norte constitui um6 d6s questões motiv6dor6s deste tr6b6lho. Neste sentido, 6n6lis6mos o processo de tr6nsform6ção d6 org6niz6ção industri6l d6 áre6 6 ser pesquis6d6, resg6t6ndo como se deu su6 inserção no sistem6 de 6cumul6ção flexível, 6lém de discutir o processo de cri6ção e 6rticul6ção entre 6s esc6l6s geográfic6s, tom6ndo 6 indústri6 de confecções de Ci6norte como elemento de 6rticul6ção entre o esp6ço loc6l e o glob6l. As tr6nsform6ções no esp6ço urb6no de Ci6norte que se vincul6m 6 este processo recente de especi6liz6ção industri6l no r6mo de confecções t6mbém constitui foco de 6nálises neste tr6b6lho. P6rtindo d6 idéi6 de “síntese de múltipl6s esc6l6s”, procur6mos v6loriz6r o p6pel exercido pel6s rel6ções soci6is de cooper6ção/competição entre os 6tores privilegi6dos n6quel6 re6lid6de loc6l, 6 fim de verific6r 6s implic6ções que vincul6m 6 indústri6 de confecções como processo econômico e su6s conseqüênci6s esp6ci6is em Ci6norte. Neste c6so, 6 cri6ção do slog6n “Ci6norte: C6pit6l do Vestuário”, d6 Expovest e dos Shopping Centers de At6c6do devem ser tom6dos como result6ntes de um jogo de interesses entre os 6tores loc6is m6is privilegi6dos – sobretudo os industri6is. Dest6que especi6l deve ser d6do 6o p6pel exercido pel6s costureir6s 6 domicílio, pel6 importânci6 que tem como grupo que se insere 6tiv6mente no contexto d6 divisão soci6l e esp6ci6l do tr6b6lho, que se criou em Ci6norte em função de su6 especi6liz6ção n6 produção de roup6s. As vincul6ções esp6ci6is induzid6s pel6 indústri6 de confecções, t6nto no que se refere à estrutur6ção do esp6ço intr6-urb6no, como no sentido d6s 6rticul6ções esp6ci6is extern6s que est6 provoc6, são 6n6lis6d6s tom6ndo como referênci6 os shopping centers de 6t6c6do.
Mostrar mais

206 Ler mais

Sensoriamento remoto agrícola. - Portal Embrapa

Sensoriamento remoto agrícola. - Portal Embrapa

Diversos algoritmos de classificação têm sido usados em sensoriamento remoto, em especial os procedimentos estatísticos convencionais como os algoritmos de máxima verossimilhança e, mais recentemente, enfoques baseados em inteligência artificial, como as redes neurais. Independente do tipo de algoritmo adotado, o processo de classificação pode ser dividido em três estágios básicos. Primeiro, o estágio do treinamento, no qual são gerados os descritores de cada classe. Estes descritores são então utilizados pelos algoritmos de classificação no segundo estágio, o de atribuição de classes [ou classificação propriamente dita], para alocar cada elemento de cena de classe desconhecida àquela classe com a qual ele tenha maior similaridade. O terceiro é o estágio de teste, no qual a exatidão da classificação é avaliada. Os enfoques utilizados em cada estágio são geralmente de apelo intuitivo, largamente disponíveis, e, quando sua aplicação é apropriada, podem ser usados para uma precisa classificação dos dados. Existem, entretanto, problemas em seu uso. Logo de início deve-se salientar que a classificação é um processo subjetivo e, portanto, a qualidade final é, em parte, uma função da perícia e do discernimento do analista. O analista tem, por exemplo, controle ou influência sobre muitos fatores que afetam a exatidão da classificação. Isso inclui itens essenciais, tais como a seleção do tamanho da amostra de treinamento e do próprio delineamento amostral, a definição das classes, e a definição de numerosos parâmetros associados ao algoritmo de classificação adotado, como os que definem a taxa de aprendizagem em uma rede neural ou as probabilidades “a priori” em classificadores probabilísticos. Além disso, muitas das técnicas de classificação utilizadas fazem suposições acerca dos dados que nem sempre podem ser sustentadas. Por exemplo, o classificador de máxima verossimilhança, largamente utilizado, assume que os dados são normalmente distribuídos. Este algoritmo pode, é claro, ainda ser utilizado mesmo que suas suposições não sejam satisfeitas. Embora pequenos desvios das condições assumidas possam não ser importantes, outros podem ser uma fonte significativa de erros de classificação (Foody, 1999).
Mostrar mais

95 Ler mais

Educação cartográfica: uso de imagens de sensoriamento remoto e mapas antigos no estudo da ocupação de Candeias e Barra de Jangada

Educação cartográfica: uso de imagens de sensoriamento remoto e mapas antigos no estudo da ocupação de Candeias e Barra de Jangada

As imagens de satélite permitiram a observação das mudanças espaciais, desde a década de 70 até a atualidade. O uso desses dois materiais integrados facilitam a noção de percepção de mudanças não apenas espaciais e territoriais, mas também paisagísticas, uma vez que alguns mapas antigos mostram feições naturais e as imagens de satélite permite extrair cada elemento para comparação. Desde os primeiros mapas de Candeias e Barra de Jangada até o presente, as tecnologias de mapeamento evoluíram significativamente, e com a disponibilização de imagens de SR a articulação espacial de diferentes bases de dados necessita de uma integração para que mapas e imagens possam ser comparados, e as mudanças da paisagem melhor visualizadas. Assim, recomenda-se a realização de estudos em que se integrem os mapas antigos e imagens atuais com sobreposições para análises mais precisas de mudanças espaciais, territoriais e paisagísticas.
Mostrar mais

140 Ler mais

Aula 3.2   Sensoriamento Remoto (Cont)

Aula 3.2 Sensoriamento Remoto (Cont)

É a qualidade que se refere a aparente rugosidade ou suavidade de um alvo em uma imagem de sensoriamento remoto, ela pode “ser entendida como sendo o padrão de arranjo espacial dos elementos texturais. Elemento textural é a menor feição contínua e homogênea distinguível em uma fotografia aérea, porém passível de repetição, por exemplo, uma árvore” (Moreira, 2001). A textura varia de lisa a rugosa.

39 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados