Documento assinado digitalmente com certificado digital emitido sob a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, instituída através de medida provisória nº. 2.200-2. Autoridade Certificadora emissora: AC Imprensa Oficial SP. A IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO DO PARÁ garante a autenticidade deste documento quando visualizado diretamente no portal www.ioe.pa.gov.br

CADERNO 5  1

SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014

Caderno 5 SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014

ACÓRDÃO Nº 24.595, DE 28/01/2014

Processo nº 201313265-00

Origem: Fundo Municipal de Saúde de Óbidos

Assunto: Embargo de Declaração interposto contra a decisão deste Tribunal, objeto do ACÓRDÃO Nº 23.731/13/TCM, exercício de 2007

Interessada: Ana Elza de Andrade Tavares Almeida – (Ordenadora)

Relator: Conselheiro Antonio José Guimarães

EMENTA: Embargo de Declaração. Fundo Municipal de Saúde de Óbidos. Exercício de 2007. Pelo não conhecimento do recurso. ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, em conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: Negar conhecimento ao presente Embargos, ante o não preenchimento dos requisitos específi cos previstos no caput do Art. 70, da Lei Complementar nº 84/2012.

ACÓRDÃO Nº 24.608, DE 30/01/2014

Processo nº 432302010-00

Origem: Fundo Municipal de Educação de Maracanã Assunto: Prestação de Contas de 2010

Responsável: Gerson Gomes Pinheiro Relator: Conselheiro Antonio José Guimarães

EMENTA: Prestação de Contas. FME de Maracanã. Exercício de 2010. Pela não aprovação das contas. Recolhimentos. Multa. Cópia dos autos ao MPE.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, em conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – Negar aprovação às contas do Fundo Municipal de Educação de Maracanã, exercício fi nanceiro de 2010, devendo o Ordenador de Despesas, Sr. Gerson Gomes Pinheiro, recolher aos Cofres do Município, no prazo de 15 (quinze) dias, devidamente atualizadas, as quantias de R$-50.000,00 (cinquenta mil reais), referente ao lançamento à conta agente ordenador e R$-456.163,26 (quatrocentos e cinquenta e seis mil, cento e sessenta e três reais e vinte e seis centavos), por despesas não comprovadas;

II – Determinar, ainda, que o Ordenador recolha ao FUMREAP,

multa no valor de R$-20.000,00 (vinte mil reais), no mesmo prazo, pela realização de despesas sem o devido processo licitatório, na forma do Art. 120-A, II, do RI/TCM/PA, vencida neste item a Conselheira Mara Lúcia;

III – Remeter cópia dos autos ao Ministério Público Estadual,

para as providências que entender cabíveis.

ACÓRDÃO Nº 24.621, DE 04/02/2014

Processo nº 042032005-00

Origem: Fundo Municipal de Saúde de Alenquer Assunto : Prestação de Contas de 2005

Responsáveis: Charlene Eleomar Araújo de Moraes (período de 01/01 a 31/10) e Deusalina Barbosa Ribeiro (período de 01/11 a 31/12)

Relator: Conselheiro Antonio José Guimarães

EMENTA: Prestação de Contas. FMS de Alenquer. Exercício de 2005. Pela não aprovação das contas da Sra. Charlene Eleomar Araújo de Moraes, pelos motivos expostos nos autos. Pela aprovação das contas da Sra. Deusalina Barbosa Ribeiro, devendo em seu favor ser expedido o respectivo Alvará de Quitação. Cópia dos autos ao MPE.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, em conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – Negar aprovação às contas do Fundo Municipal de Saúde de Alenquer, referente ao período de 01/01 a 31/10/2005, de responsabilidade da Sra. Charlene Eleomar Araújo de Moraes, pela ausência de licitação para aquisição de combustível junto ao Credor Francisco Bezerra Taveira, no valor de R$-85.186,99 e despesas realizadas com o Credor S.T.E Engenharia, no valor de R$-115.247,69, com dispensa de processo licitatório, sem a devida comprovação da situação de emergência do Município;

II – Aprovar as contas do Fundo Municipal de Saúde de Alenquer,

relativas ao período de 01/11 a 31/12/2005, de responsabilidade da Sra. Deusalina Barbosa Ribeiro, a quem deverá ser expedido o competente Alvará de Quitação, no valor de R$-776.932,65 (setecentos e setenta e seis mil, novecentos e trinta e dois reais e sessenta e cinco centavos);

III – Remeter cópia dos autos ao Ministério Público Estadual,

para as providências que entender cabíveis.

ACÓRDÃO Nº 24.623, DE 04/02/2014

Processo nº 882702007-00

Origem: Fundo Municipal de Saúde de Concórdia do Pará Assunto: Recurso de Revisão interposto contra a decisão deste Tribunal, objeto do ACÓRDÃO Nº 23.537/13/TCM, exercício de 2007

Interessado: Alfonço Luiz Batista – (Ordenador) Relator: Conselheiro Antonio José Guimarães

EMENTA: Recurso de Revisão. FMS de Concórdia do Pará. Exercício de 2007. Pelo conhecimento e não provimento do recurso.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, em conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: Conhecer do Recurso de Revisão para, no mérito, negar-lhe provimento, levando em conta que este em nada alterou os fundamentos da decisão objeto do ACÓRDÃO Nº 23.537/2013/TCM, vez que a única alegação apresentada, qual seja, o parcelamento do débito junto a Receita Federal, já havia sido constatada no curso da instrução processual.

ACÓRDÃO Nº 24.630, DE 06/02/2014

Processo nº 1330022007-00

Origem: Câmara Municipal de Cachoeira do Piriá Assunto: Prestação de Contas de 2007

Responsável: Francisco das Chagas Lima Relator: Conselheiro Substituto Sérgio Dantas

EMENTA: Prestação de Contas. Câmara Municipal de Cachoeira do Piriá. Exercício de 2007. Pela não aprovação das contas. Multas.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, em conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: Negar aprovação às contas da Câmara Municipal de Cachoeira do Piriá, exercício fi nanceiro de 2007, devendo o Ordenador de Despesas, Sr. Francisco das Chagas Lima, recolher as seguintes multas:

1) Ao Tesouro Municipal, a multa de R$-3.000,00 (três mil reais), com fulcro no Art. 5º, I, da Lei Federal nº 10.028/2000, face a não remessa do RGF do 2º semestre;

2) Ao FUMREAP, a multa de R$-3.000,00 (três mil reais), com fulcro no Art. 120-B, III, do RITCM, face a remessa extemporânea do 2º e 3º quadrimestre e R$-3.000,00 (três mil reais), com fulcro no Art. 120-A, II, do RITCM, face o descumprimento do Art. 167, II, da CF/88 e Art. 50, II, da LRF.

ACÓRDÃO Nº 24.631, DE 06/02/2014

Processo nº 780022006-00

Origem: Câmara Municipal de São João do Araguaia Assunto: Prestação de Contas de 2006

Responsável: José Roberto Dutra da Silva Relator: Conselheiro Substituto Sérgio Dantas

EMENTA: Prestação de Contas. Câmara Municipal de São João do Araguaia. Exercício de 2006. Pela não aprovação das contas. Multas. Cópia ao MPE.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, em conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – Negar aprovação às contas da Câmara Municipal de São João do Araguaia, exercício fi nanceiro de 2006, devendo o Ordenador de Despesas, Sr. José Roberto Dutra da Silva, recolher as seguintes quantias:

1 – Aos cofres municipais: R$-21.600,00 (vinte e um mil e seiscentos reais), devidamente atualizada, referente ao pagamento a maior dos subsídios dos Edis, conforme discriminado às fl s. 121 dos autos e R$-2.000,00 (dois mil reais), com fulcro no Art. 5º, II, da Lei Federal nº 10.028/2000, face a remessa do RGF do 1º semestre fora do prazo legal;

2 – Ao FUMREAP: R$-2.000,00 (dois mil reais), com fulcro no Art. 120-B, II, do RITCM, face a remessa extemporânea do 1º e 2º quadrimestres e R$-500,00 (quinhentos reais), com fulcro no Art. 120-A, II, do RITCM, face a não observação do regime da despesa prevista no Art. 50, II, da LRF, vencida a Conselheira Mara Lúcia;

II – Remeter cópia dos autos ao Ministério Público Estadual, para

as providências cabíveis.

ACÓRDÃO Nº 24.646, DE 11/02/2014

Processo nº 340012011-00

Origem: Prefeitura Municipal de Inhangapi Assunto: Prestação de Contas de Gestão de 2011 Responsável: José Alves Feitosa Oliveira

Relator: Conselheiro Antonio José Guimarães

EMENTA: Prestação de Contas de Gestão. Prefeitura Municipal de Inhangapi. Exercício de 2011. Pela não aprovação das contas. Recolhimento. Multas. Cópia dos autos ao MPE.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, em conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – Negar aprovação às contas de gestão da Prefeitura Municipal de Inhangapi, exercício fi nanceiro de 2011, de responsabilidade do Sr. José Alves Feitosa Oliveira, que deverá recolher aos Cofres do Município, no prazo de 15 (quinze) dias, devidamente atualizada, a quantia de R$-83.577,60 (oitenta e três mil, quinhentos e setenta e sete reais e sessenta centavos), referente aos subsídios pagos a maior ao Prefeito e Vice-Prefeito e multa no valor de R$-18.360,00 (dezoito mil, trezentos e sessenta reais), correspondente a 30% dos seus vencimentos anuais, pelo atraso na remessa dos Relatórios de Gestão Fiscal do 1º ao 3º quadrimestres, na forma do Art. 5º, I, § 1º, da Lei nº 10.028/2000;

II – Determinar, ainda, que o Ordenador de Despesas recolha ao

FUMREAP, no mesmo prazo, as seguintes multas:

1) R$-10.000,00 (dez mil reais), pela realização de despesas sem o devido processo licitatório, na forma do Art. 120-A, Parágrafo Único, do RI/TCM/PA;

2) R$-2.000,00 (dois mil reais), pela remessa fora do prazo de toda a documentação, nos termos do Art. 120-B, II, do RI/TCM/ PA;

III – Remeter cópia dos autos ao Ministério Público Estadual,

para as providências que entender cabíveis.

ACÓRDÃO Nº 24.745, DE 11/02/2014

Processo nº 201307414-00 (193982008-00) Origem: Fundo Municipal de Saúde de Bujaru

Assunto: Recurso Ordinário interposto contra a decisão deste Tribunal, objeto do ACÓRDÃO Nº 23.475/13/TCM, exercício de 2008

Interessado: Ademir Jordão Faro – (Ordenador) Relator: Conselheiro Antonio José Guimarães

EMENTA: Recurso Ordinário. FMS de Bujaru. Exercício de 2008. Pelo conhecimento e provimento parcial do recurso, devendo ser excluído do rol das irregularidades, a ausência de processo licitatório, mantendo a decisão recorrida nos seus demais termos. ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, em conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: Conhecer do Recurso Ordinário para, no mérito, dar-lhe provimento parcial, excluindo do rol das irregularidades que motivaram a decisão denegatória, a ausência de processo licitatório, tendo como credor Rick Ygor Martinelli-EPP, mantendo o ACÓRDÃO Nº 23.475/13/TCM, nos seus demais termos.

ACÓRDÃO Nº 24.756, DE 13/03/2014 Processo nº 1100012009-00

Origem: Prefeitura Municipal de Brasil Novo

Assunto: Prestação de contas de Gestão do exercício de 2009 Responsável: José Carlos Caetano – Período 01/01 a 02/04/2009 e Lindomar Carvalho Garcia – Período 03/04/ a 31/12/2009 Relator: Cons. Daniel Lavareda

EMENTA: P.M. de Brasil Novo. Exercício de 2009. Prestação de contas de Gestão. Diárias acima do ato fi xador; Remessa intempestiva da LDO e

Orçamento Programa e não recolhimento da totalidade das contribuições previdenciárias retidas dos contribuintes (José Carlos). Diárias acima do

ato fi xador; Remessa intempestiva da RREO’s e não recolhimento da totalidade das contribuições previdenciárias retidas dos contribuintes (Lindomar).

Pela não aprovação. Aplicação de multas e Recolhimentos. Cópia dos autos ao MP Estadual.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, de conformidade com a ata da sessão e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator. Decisão: Negar aprovação à prestação de contas de Gestão da Prefeitura Municipal de Brasil Novo, exercício de 2009 de responsabilidade dos Srs. José Carlos Caetano – Período 01/01 a 02/04/2009 e Lindomar Carvalho Garcia – Período 03/04/ a 31/12/2009.

ACÓRDÃO Nº 24.858, DE 01/04/2014 Processo nº 201302380-00

Origem: União das Escolas de Samba de Belém Assunto: Prestação de Contas – Exercício 2011 Responsável: Ronaldo Norberto Paiva Costa Relator: Conselheiro Cezar Colares

EMENTA: União das Escolas de Samba de Belém. Prestação de Contas. Exercício 2011. Irregularidade gravíssima. Não Aprovação. Multas. Ciência a Prefeitura Municipal de Belém. Cópia ao MPE.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por unanimidade, conforme ata da Sessão realizada nesta data e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – NÃO APROVAR as contas da União das Escolas de Samba de Belém, exercício fi nanceiro de 2011, de responsabilidade de Ronaldo Norberto Paiva Costa, por irregularidade gravíssima (ausência de comprovação de despesa de parte do valor repassado pelo poder público) das contas do Convênio nº 011/2011 fi rmado com a PMB.

II – MULTAR o ordenador de despesas, com recolhimento no prazo

de 30 (trinta) dias, devendo ser comprovado ao TCM-PA, nos termos do Art. 35, da LC nº 084/2012 c/c Art. 278, §1º, do RI/TCM/PA: Ao FUMREAP/TCM instituído pela Lei nº 7.368/2009, de 29.12.2009:

- R$ 5.000,00 (cinco mil reais), pela irregularidade danosa ao erário e descumprimento de normas legais, no caso, Art. 57, I, “a”, da Lei Complementar nº 084/2012.

III – Dê-se imediata ciência da decisão a Prefeitura Municipal

de Belém.

IV – Encaminhar cópia dos autos ao Ministério Público Estadual

para apuração de responsabilidade.

ACÓRDÃO Nº 24.879, DE 08/04/2014 Processo nº 1144402009-00

Origem: Fundo Municipal de Saúde de Goianésia do Pará Assunto: Prestação de Contas – Exercício 2009

Responsável: Itamar Cardoso do Nascimento Relator: Conselheiro Cezar Colares

EMENTA: Fundo Municipal de Saúde de Goianésia do Pará. Prestação de Contas. Exercício 2009. Remessa intempestiva da Prestação de Contas. Aprovação com Ressalva. Multa.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, conforme ata da Sessão realizada nesta data e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – APROVAR COM RESSALVA das contas do Fundo Municipal de Saúde de Goianésia do Pará, exercício fi nanceiro de 2009, de responsabilidade de Itamar Cardoso do Nascimento, impondo-se a ressalva face a remessa intempestiva da Prestação de Contas.

II – MULTAR o ordenador de despesas, com recolhimento no

prazo de 30 (trinta dias), devendo ser comprovado ao TCM-PA, nos termos do Art. 35, da LC nº 084/2012 c/c Art. 278 , § 1º, do RITCM/PA:

- Ao FUMREAP/TCM instituído pela Lei nº 7.368/2009, de 29.12.2009:

- R$ 2.000,00 (dois mil reais), pela remessa intempestiva da prestação de contas do 1°, 2° e 3° quadrimestres, nos termos do Art. 284, I, II e IV, do RI/TCM/Pa.

III – EXPEDIR Alvará de Quitação no valor de R$ 10.459.945,66

(Dez milhões, quatrocentos e cinquenta e nove mil, novecentos e quarenta e cinco reais e sessenta e seis centavos), onde se incluem R$ 759.162,96 (setecentos e cinquenta e nove mil, cento e sessenta e dois reais e noventa e seis centavos) de saldo para o exercício seguinte, condicionado ao recolhimento referido no item II.

ACÓRDÃO Nº 24.880, DE 08/04/2014 Processo nº 1144412008-00

Origem: Fundo Municipal de Assistência Social de Goianésia do Pará

Assunto: Prestação de Contas – Exercício 2008 Responsável: Itamar Cardoso do Nascimento Relator: Conselheiro Cezar Colares

EMENTA: Fundo Municipal de Assistência Social. Prestação de Contas. Exercício 2008. Remessa intempestiva da Prestação de Contas e Não envio do Parecer Conselho Municipal de de Assistência Social. Aprovação com Ressalva. Multa.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, conforme ata da Sessão realizada nesta data e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – APROVAR COM RESSALVA das contas do Fundo Municipal de Assistência Social , exercício fi nanceiro de 2008, de responsabilidade de Itamar Cardoso do Nascimento, impondo-se a ressalva face a remessa intempestiva da Prestação de Contas e não envio do Parecer do Conselho Municipal de Assistência Social.

II – MULTAR o ordenador de despesas, com recolhimento no

prazo de 30 (trinta) dias, devendo ser comprovado ao TCM-PA, nos termos do Art. 35, da LC nº 084/2012 c/c Art. 278 , § 1º, do RITCM/PA:

- Ao FUMREAP/TCM instituído pela Lei nº 7.368/2009, de 29.12.2009:

- R$ 3.000,00 (três mil reais), pela remessa intempestiva da Prestação de Contas, do 1°, 2° e 3° quadrimestres, e não envio do Parecer do Conselho Municipal de Assistência Social.

III – EXPEDIR Alvará de Quitação no valor de R$ 1.789.229,57

(um milhão, setecentos e oitenta e nove mil, duzentos e vinte e nove reais e cinquenta e sete centavos), onde se incluem R$ 160.904,51 (cento e sessenta mil, novecentos e quatro reais e cinquenta e um centavos) de saldo em bancos para o exercício seguinte, condicionado ao recolhimento referido no item II.

ACÓRDÃO Nº 24.881, DE 08/04/2014 Processo nº 874002007-00

Origem: Fundo Municipal de Saúde de Xinguara Assunto: Prestação de Contas – Exercício 2007 Responsável: Rosinete Carneiro Passos Relator: Conselheiro Cezar Colares

EMENTA: Fundo Municipal de Saúde de Xinguara. Prestação de Contas. Exercício 2007. Prestação de Contas. Aprovação.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, conforme ata da Sessão realizada nesta data e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – APROVAR as contas do Fundo Municipal de Saúde de Xinguara, exercício fi nanceiro de 2007, de responsabilidade de Rosinete Carneiro Passos.

II – EXPEDIR Alvará de Quitação no valor de R$ 8.735.706,81

(oito milhões, setecentos e trinta e cinco mil, setecentos e seis reais e oitenta e um centavos), onde se incluem R$ 230.332,10 (duzentos e trinta mil, trezentos e trinta e dois reais e dez centavos) de saldo para o exercício seguinte.

ACÓRDÃO Nº 24.950, DE 22/04/2014 Processo nº 033972010-00

Origem: Fundo Municipal de Assistência Social de Afuá Assunto: Prestação de Contas – Exercício 2010

Responsáveis: Ariedna Figueiredo Pelaes Seixas (período 01/01/ a 31/08/2010) e Mercedes Costa Silva (período 01/09/ a 31/12/2010)

Relator: Conselheiro Cezar Colares

EMENTA: Fundo Municipal de Assistência Social de Afuá. Prestação de Contas. Exercício 2010. Ariedna Figueiredo Pelaes Seixas (período 01/01 a 31/08/2010). Mercedes Costa Silva (período 01/09/ a 31/12/2010). Aprovação.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, conforme ata da Sessão realizada nesta data e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – APROVAÇÃO das contas do Fundo Municipal de Assistência Social de Afuá, exercício fi nanceiro de 2010, de responsabilidade de Ariedna Figueiredo Pelaes Seixas pelo período de 01/01 a 31/08/2010 e de Mercedes Costa Silva pelo período de 01/09 a 31/12/2010, face a ausência de irregularidade.

II – EXPEDIR Alvará de Quitação:

II.I – ORDENADOR: Ariedna Figueiredo Pelaes Seixas (período

01/01 a 31/08/2010), no valor de R$ 1.465.402,65 (um milhão, quatrocentos e sessenta e cinco mil, quatrocentos e dois reais e sessenta e cinco centavos);

II.II – ORDENADOR: Mercedes Costa Silva (período 01/09 a

31/12/2010), no valor de R$ 897.826,11 (oitocentos e noventa e sete mil, oitocentos e vinte e seis reais e onze centavos), onde se incluem R$ 45.355,75 (quarenta e cinco mil, trezentos e cinquenta e cinco reais e setenta e cico centavos) de saldo para o exercício seguinte.

ACÓRDÃO Nº 24.953, DE 22/04/2014 Processo nº 1390072008-00

Origem: Fundo Municipal de Assistência Social de Piçarra Assunto: Prestação de Contas – Exercício 2008

Responsáveis: Margareth Rose Villela Amaral Relator: Conselheiro Cezar Colares

EMENTA: Fundo Municipal de Assistência Social de Piçarra. Prestação de Contas. Exercício 2008. Aprovação.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, conforme ata da Sessão realizada nesta data e nos termos do relatório e voto do Conselheiro Relator.

Decisão: I – APROVAÇÃO das contas do Fundo Municipal de Assistência Social de Piçarra, exercício fi nanceiro de 2008, de responsabilidade de Margareth Rose Villela Amaral.

II – EXPEDIR Alvará de Quitação em favor de Margareth Rose

Villela Amaral no valor de R$ 1.232.581,76 (um milhão, duzentos e trinta e dois mil, quinhentos e oitenta e um reais e setenta e seis centavos), onde se incluem R$ 70.131,80 (setenta mil, cento e trinta e um reais e oitenta centavos) de saldo para o exercício seguinte:

ACÓRDÃO Nº 24.966, DE 24/04/2014 Processo nº 832042009-00

Origem: Fundo Municipal de Assistência Social de Tomé- Açu Assunto: Prestação de Contas – Exercício 2009

Responsáveis: Francilene de Almeida e Almeida (período 01/01 à 01/02/2009), Cecilia Reinaldo de Oliveira (período 02/02 à 05/02/2009) e Aurenice Corrêa Ribeiro dos Reis (período 06/02 à 31/12/2009)

Relator: Conselheiro Cezar Colares, com vistas a Conselheira Mara Lúcia

EMENTA: Fundo Municipal de Assistência Social de Tomé- Açu. Exercício 2009. Francilene de Almeida e Almeida(período 01/01 à 01/02/2009). Ausência de prestação de contas. Divergência na execução fi nanceira. Aprovação com ressalvas. Cecilia Reinaldo de Oliveira(período 02/02 à 05/02/2009). Divergência na execução fi nanceira. Aprovação com ressalvas. Aurenice Corrêa Ribeiro dos Reis (período 06/02 à 31/12/2009). Remessa intempestiva da prestação de contas. Divergência na execução fi nanceira. Não

envio da execução fi nanceira consolidada. Processo Licitatório Incompleto. Aprovação com Ressalvas. Multas. Ciência ao Poder Legislativo Municipal.

ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, por votação unânime, conforme ata da

No documento DIÁRIO OFICIAL. Capanema receberá construção de Unidade Integrada de Polícia. Obra de drenagem A Secretaria de Estado de Integração (páginas 64-67)