[42806-44979]AD_Fatores_Humanos_Aspectos_Med_Aero.doc

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

Universidade do Sul de Santa

Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul

Catarina – Unisul

Campus Virtual

Campus Virtual

Av

Avaliação a

aliação a Distância

Distância

Unidade de

Unidade de aprendiza

aprendizagem:

gem:

Fatores Humanos e Aspectos de Medicina AeroespacialFatores Humanos e Aspectos de Medicina Aeroespacial

Curso: Ciências

Curso: Ciências Aeron

Aeronáuticas

áuticas

Professor:

Professor:

Guilherme Webster Guilherme Webster 

 Nome do estuda

 Nome do estudante: J! P

nte: J! PAU"

AU" #$ A

#$ A"%$&#A

"%$&#A

#ata:

#ata:

'()*+),*'-Orientações: Orientações: 

Procure o professor sempre .ue tiver d/vidas0

Procure o professor sempre .ue tiver d/vidas0

$ntregue a atividade no

$ntregue a atividade no prazo estipulado0

prazo estipulado0

$sta atividade 1

$sta atividade 1

obrigatóriaobrigatória

 e fará parte da sua m1dia final0

 e fará parte da sua m1dia final0

$ncamin2e a atividade via $spa3o UnisulVirtual de Aprendizagem 4

$ncamin2e a atividade via $spa3o UnisulVirtual de Aprendizagem 4

EEAA

50

50

Questão 1

Questão 1 (2,0 pontos) (2,0 pontos)

Pe

Pesqsquiuise se sosobrbre e MEMEDIDIF F (M(Mededicical al InInoormrmatatioion n FoFormrm) ) e e cocomementnte e sosobrbre e asas condi!"es em que ele de#e ser preenchido$ %ual a sua import&ncia' %uando condi!"es em que ele de#e ser preenchido$ %ual a sua import&ncia' %uando ele pode ser substitudo'

ele pode ser substitudo'

 * MEDIF + um ormulrio que oerece -0. de desconto em uma passa/em  * MEDIF + um ormulrio que oerece -0. de desconto em uma passa/em rea ao cliente que no esti#er com uma boa sa1de, das quais en/lobam * rea ao cliente que no esti#er com uma boa sa1de, das quais en/lobam * En

Eneermrmididadade e ou ou inincacapapacicidadadede, , papassssou ou popor r umuma a ciciruru/i/ia a rerececentntememenentete,, represente um risco a se/uran!a ou a

represente um risco a se/uran!a ou a pontualidade ao #oo, precisa de aten!opontualidade ao #oo, precisa de aten!o acompanhante m+dico, etc$ 3 en#io a empresa de#e ser eita a 42h antes do acompanhante m+dico, etc$ 3 en#io a empresa de#e ser eita a 42h antes do #oo$ MEDIF + preenchido e en#iado a empresa, assim analisado em 5-h$ #oo$ MEDIF + preenchido e en#iado a empresa, assim analisado em 5-h$ Por+m a companhia a+rea de acordo com seus crit+rios

(2)

6amb+m tem o F7ME8 + um n1mero que a cia a+rea cadastra o P9E que tem quadro clnico :est#el: e bem deinido$ Ele tem #alidade de 0; (um) ano e costuma ser aceito pelas cias a+reas associadas ao I767$ Este carto da mais conorto ao passa/eiro, pois nesse consta as recomenda!"es m+dicas e

indica!"es sobre a situa!o medica do passa/eiro, e /arante rapide< e pri#acidade no embarque$

Questão 2 (2,0 pontos)

=oc> + piloto de aerona#e de pequeno porte no pressuri<ada$ 3 proprietrio da aerona#e instalou um sistema de mscara e o?i/>nio por cilindros que ornece uma mistura de ar enriquecido at+ @0. de 32, e di< que dessa orma h possibilidade de ascender at+ 2@$000 p+s$

 7 partir deste conte?to, ar/umente sobre a se/uran!a e o que no oi contemplado nessa adapta!o$

* 7 2@000A + imposs#el de se #oar, pela bai?a presso, e bai?o n#el de 3B $ Este sistema au?iliar esta lon/e de ser eica< para um #oo nesta altitude$ 9o n#el de #oo 2@0, temos a chamada ( 6C8  6empo 1tilo de consci>ncia ) que #aria de @ ( i#ro )$ Este sistema poderia ser usado apenas em emer/>ncia$

Questão 3 (,0 pontos)

Habese que a condi!o de trabalho na a#ia!o, de uma orma /eral, + muito propensa ao estresse e a adi/a$ 7 partir dessa airma!o, leia os se/uintes te?tos*

• 3 piloto comercial e a ornada de trabalho* o tempo de ornada, o

descanso e os acidentes, aspectos relacionados ao ator humano  Cma re#iso de literatura$

Dispon#el em* Jhttp*inseer$ibict$brsipaerinde?$phpsipaerarticle#ieKL$  7cesso em 22 an$ 20;$

(3)

Dispon#el em* J http*KKK$anac$/o#$brassuntosle/islacaole/islacao ;leisleino4;-de0@05;O-5L$ 7cesso em ;4 e#$ 20;4$

 7ps a leitura, enumere e e?plique, em um te?to de no mnimo ;0 linhas, os limites le/ais pre#istos de ornada de trabalho, limites horas de #oo e de pouso e de repouso em situa!o normal, com cru<amento de usos horrios e trabalho noturno$

R: 9o Qrasil nos temos a (lei 4$;--5) tem como obeti#o e#itar estres,

cansa!o e adi/a$

Hobrea#iso + o perodo de tempo nunca inerior de  horas e no e?cedente a ;2 horas em local de escolha do tripulante, de#endo apresentarse em local determinado no pra<o de no#enta minutos$

3s imites de horas de #oo, em a#i"es con#encionais so ;00 horas mensais, 200 e 40 trimestrais e ;000 horas anuais$ Em a#i"es turboh+lice so ;00 horas mensais, 200 e @@ trimestrais e O@ horas anuais$ Em a#i"es a ato so -@ horas mensais, 20 trimestrais e -@0$ Em helicpteros O0, 20 trimestrais e O0 anuais$

 7 reser#a + um perodo de tempo nunca inerior a  horas e no e?cedente a  horas$ Fol/as mensais, se tem como mnimos* 3ito e meia, ou sea, oito num m>s e no#e no outro para tripulantes de aerona#es turbo h+liceR 9o#e para tripulantes de aerona#es a ato narroK bodSR E de< para tripulantes de aerona#es a ato Kide bodS$

Cma tripula!o de#er ser mnima simples, composta e de re#e<amento$ 7 tripula!o mnima + a determinada na orma de certiica!o de classe de aerona#e$ Para se ter uma tripula!o composta basta acrescentar um piloto qualiicado a n#el de piloto em comando e o mnimo de 2@. do n1mero de comissrios$ T a de re#e<amento tem que se acrescentar um piloto qualiicado a n#el de piloto em comando, um copiloto, um mec&nico de #oo quando aplicado e cinquenta por cento do n1mero de comissrios$

Para a ornada + contado o tempo a partir da hora da apresenta!o da tripula!o ori/inal ou do tripulante de reor!o, considerando que acorrer  primeiro$ Ela + contada entre a hora da apresenta!o em local de trabalho e a hora em que o mesmo + encerrado, sendo que nunca poder ser inerior a 0

(4)

minutos da hora pre#ista para o incio do #oo e ela ser considerada encerrada 0 minutos aps a parada inal dos motores$ Hendo computada ;2 horas para uma tripula!o mnima ou simples, ;5 para tripula!o composta e 20 para tripula!o de re#e<amento$ 3 trabalho noturno no e?ceder de ;0 horas para tripula!o simples e para perodos que abran/em o dia e a noite a hora noturna ser computada de cinquenta e dois minutos e trinta se/undos

epouso + o espa!o de tempo ininterrupto aps uma ornada, em que o tripulante ica desobri/ado da presta!o de qualquer ser#i!o$ 6er a dura!o diretamente relacionada ao tempo da ornada tendo os se/uintes limites* ;2 horas de repouso aps ornada de at+ ;2 horasR ; horas de repouso para uma  ornada de mais de ;2 horas e at+ ;@ horasR 25 horas de repouso aps ornada de mais de ;@ horas$ %uando ocorre o cru<amento de tr>s ou mais usos horrios em um sentido + acrescido em sua base domiciliar 2 horas por uso cru<ado de descanso$

=oo e pousoR #oo + o perodo compreendido entre o incio do deslocamento quando se tratar de aerona#e de asa i?a, ou sea, no momento da decola/em at+ o corte dos motores$ 6emse como limites O horas e meia de #oo e cinco @ para tripula!o simples, ;2 horas de #oo e  pousos para tripula!o composta, ;@ horas de #oo e 5 pousos para uma tripula!o de re#e<amento e - horas sem limites de pousos para tripula!o de helicpteros$

Questão 4 (,0 pontos)

3bser#e o quadro abai?o, que e?pressa a quantidade de e?posi!o a radia!"es csmicas ioni<antes por hora para uma determinada altitude$

(5)

Fonte* I767 (20;0)

Pesquise quais so os riscos decorrentes dessa e?posi!o, os #alores recomendados de limite de e?posi!o atuais e, epidemiolo/icamente, se h repercusso para o aerona#e/ante$ %ue condi!"es a/ra#am essa e?posi!o e que medidas podem ser trabalhadas a im de redu<la'

* Diariamente os pilotos icam e?postos a di#ersos tipos de radia!"es inoni<antes e no ioni<antes$

 7 radia!o ioni<ante + constituda por ot"es suiciente ener/+ticos para remo#er el+trons aos tomos, criando radicais li#res, com capacidade de daniicar o D97$

3 eeito na c+lula depende diretamente da ase do ciclo celular em que a e?posi!o U radia!o sur/e, ou sea, se esti#er em di#iso celular, pode ser atal

3s danos causados pela radia!o ioni<antes so di#ersos, trabalhos

desen#ol#idos e estudos em cima dela mostram que h risco de cataratas, malorma!"es etais e atraso no desen#ol#imento intelectual$

 7 radia!o csmica, O0. + pro#eniente da /al?ia, enquanto ;0. #em do sol$ Esta aumenta com a altitude$

 7 radia!o csmica ao n#el do mar atin/e 0,0 VH=h (unidade usada para dar  uma a#alia!o do impacto da radia!o ioni<ante ) enquanto na altitude em que circula a maioria dos a#i"es comerciais, esse #alor + quase ;00 #e<es superior$

(6)

3 cientista e doutor em radia!"es da euters ealth)  8ientistas da Cni#ersitS 8olle/e ondon, comentou que, XA uma preocupa!o crescente quanto U e?posi!o U radia!o dos #iaantes mais requentes e o risco de desen#ol#er c&ncer XA $ 3utro estudo ora eito no Instituto do 8&ncer na Dinamarca,

8openhanem, com 400 pilotos e atendentes de bordo que  #iaaram por mais de @000h, entre eles oram re/istrados O2 casos de c&ncer, enquanto a m+dia da popula!o do pas + de 44 casos$

 7 dose limite de radia!o para tripulantes + de ;mH#, sendo que a dose anual que o tripulante recebe #aria de 0$2mH# a O$;mH#$

 7s e?posi!"es so maiores nos polos do que no equador, perodos intensos de ati#idade solar podem aumentar a e?posi!o para n#eis peri/osamente altos, tamb+m quando h e?ploso solar, a radia!o liberada pode ser mil #e<es maior que a normal$

Foram anos de estudos e aten!o para o assunto a im que o mesmo

/anhasse aten!o, a/ora esta sendo construda uma tecnolo/ia que i/uala a radia!o csmica do n#el do mar a aerona#e$

Fontes * http*KKK$inoa#iacao$com20;00radiacaoumperi/oin#isi#el$html http*KKK$boasaude$com$brnoticias;2;5cientistasa#aliamriscoderadiacao emlinhasaereas$html

https*KKK$re#istase/uranca$comriscosocupacionaisdosproissionaisda a#iacao

Imagem

Referências

temas relacionados :