Plano IV - Super Conservador - Fevereiro 2014

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

$ % PL Atual 78.310.785 Renda Fixa 72.994.784 93,2% Renda Variável - 0,0% Estruturados - 0,0% Empréstimos 5.316.001 6,8%

Plano IV - Super Conservador - Fevereiro 2014

Desempenho Acumulado (%) Alocações Consolidado

GRAFICO - Rentabilidade vs Meta 24 meses

Desempenho Segmento Mensal 0,93% 5,60% 10,37% 0,78% 4,69% 8,63%

Mensal 6 meses 12 Meses

Super Conservador CDI

fev/14 jan/14 2014 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13

Super Conservador 0,93% 1,13% 2,07% 0,99% 0,72% 0,83% 0,82% 0,77% 0,63% 0,72% 0,66% 0,77% 0,85% 0,87% 0,92%

% CDI 119% 134% 127% 176% 149% 153% 137% 132% 107% 102% 96% 110% 106% 122% 120%

Renda Fixa 0,94% 1,16% 2,11% 1,01% 0,73% 0,84% 0,86% 0,78% 0,66% 0,74% 0,65% 0,79% 0,93% 0,88% 0,95%

% CDI 121% 138% 130% 181% 151% 156% 143% 135% 112% 105% 94% 113% 116% 124% 123%

CDI 0,78% 0,84% 1,63% 0,56% 0,48% 0,54% 0,60% 0,58% 0,59% 0,71% 0,69% 0,70% 0,80% 0,71% 0,77%

Resultado Mensal - Fevereiro 2014 (%)

Resultado Acumulado - 12 meses (%)

Recomendação: As informações contidas neste material são de carater exclusivamente informativo. Para maiores informações referente ao plano previdenciário entrar em contato com a

Mercado

O tom misto dos indicadores de conjuntura nos EUA e Zona Euro, os receios em torno da desaceleração da atividade econômica na China, sinais de vulnerabilidade nas economias emergentes, em parte associados ao esperado processo de mudança da política monetária nos EUA e, mais recentemente, o aumento dos riscos geopolíticos, materializado na crise da Crimeia, têm atenuado o otimismo do início do ano. Entretanto, os Estados Unidos continuam a mostrar uma trajetória favorável das atividades. Dados como produção industrial, grau de utilização da capacidade produtiva e vendas no varejo tiveram um resultado melhor do esperado pelo mercado. Espera-se a continuação do movimento de redução de U$ 10 bilhões de dólares mensais na aquisição de ativos e, consequentemente, aumento da taxa de juros.

No Brasil, o Banco Central deu indícios de continuação da tendência de alta, após mais uma correção para cima de 0,25% da taxa básica de juros na última semana do mês, mas mostrou que o fim desse ciclo não está muito longe. O grande vilão dessa discussão é a inflação, que terminou o mês em 0,69% (IPCA), puxada principalmente pelo setor de educação. De acordo com o BACEN, já é possível notar um reequilíbrio na economia brasileira. A criação de vagas em Fevereiro apresentou um resultado bem superior ao mês anterior e 111% superior ao registrado em Fevereiro do ano passado. Por outro lado, a seca que vem prejudicando tanto o abastecimento de água quanto o de energia e está começando a ter impactos sobre preços de alimentação.

Resultado Mensal - Fevereiro (%)

0,78%

0,93%

0,70% 0,75% 0,80% 0,85% 0,90% 0,95%

Super Conservador CDI

8,63%

10,37%

0,00% 2,00% 4,00% 6,00% 8,00% 10,00% 12,00%

Super Conservador CDI

Recomendação: As informações contidas neste material são de carater exclusivamente informativo. Para maiores informações referente ao plano previdenciário entrar em contato com a central de atendimento Funssest.

(2)

$ % PL Atual 59.531.335 Renda Fixa 49.465.334 83,1% Renda Variável 2.906.262 4,9% Estruturados 3.314.319 5,6% Empréstimos 3.845.420 6,5%

Plano IV - Conservador - Fevereiro 2014

Desempenho Acumulado (%)

GRAFICO - Rentabilidade vs Meta 24 meses

Alocações Consolidado

Desempenho Segmento Mensal 0,88% 5,10% 9,21% 0,78% 4,69% 8,63%

Mensal 6 meses 12 Meses

Conservador CDI

fev/14 jan/14 2014 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13

Conservador 0,88% 0,60% 1,49% 0,96% 0,58% 0,79% 0,86% 0,68% 0,13% 0,75% 0,65% 0,96% 1,08% 0,74% 0,72% % CDI 113% 72% 92% 171% 121% 146% 143% 117% 22% 106% 94% 137% 135% 104% 94% Renda Fixa 0,95% 1,17% 2,13% 1,03% 0,74% 0,86% 0,87% 0,79% 0,67% 0,75% 0,65% 0,79% 0,93% 0,89% 0,96% % CDI 122% 139% 131% 184% 154% 159% 145% 137% 113% 105% 94% 113% 117% 125% 124% Renda Variável 0,03% -7,57% -7,54% 0,62% -1,58% -0,31% 1,33% -0,40% -7,78% 1,41% 1,59% 4,00% 4,73% -0,75% -2,58% RV - IBX (ganho) 0,35% 0,57% 0,90% 0,39% 1,31% -0,95% 0,55% 0,48% 1,29% -0,33% -0,27% -0,98% -0,63% 1,26% 0,50% CDI 0,78% 0,84% 1,63% 0,56% 0,48% 0,54% 0,60% 0,58% 0,59% 0,71% 0,69% 0,70% 0,80% 0,71% 0,77%

Resultado Mensal - Fevereiro 2014 (%)

Resultado Mensal - Fevereiro (%) Resultado Acumulado - 12 meses (%)

No Brasil, o Banco Central deu indícios de continuação da tendência de alta, após mais uma correção para cima de 0,25% da taxa básica de juros na última semana do mês, mas mostrou que o fim desse ciclo não está muito longe. O grande vilão dessa discussão é a inflação, que terminou o mês em 0,69% (IPCA), puxada principalmente pelo setor de educação. De acordo com o BACEN, já é possível notar um reequilíbrio na economia brasileira. A criação de vagas em Fevereiro apresentou um resultado bem superior ao mês anterior e 111% superior ao registrado em Fevereiro do ano passado. Por outro lado, a seca que vem prejudicando tanto o abastecimento de água quanto o de energia e está começando a ter impactos sobre preços de alimentação.

Mercado

O tom misto dos indicadores de conjuntura nos EUA e Zona Euro, os receios em torno da desaceleração da atividade econômica na China, sinais de vulnerabilidade nas economias emergentes, em parte associados ao esperado processo de mudança da política monetária nos EUA e, mais recentemente, o aumento dos riscos geopolíticos, materializado na crise da Crimeia, têm atenuado o otimismo do início do ano. Entretanto, os Estados Unidos continuam a mostrar uma trajetória favorável das atividades. Dados como produção industrial, grau de utilização da capacidade produtiva e vendas no varejo tiveram um resultado melhor do esperado pelo mercado. Espera-se a continuação do movimento de redução de U$ 10 bilhões de dólares mensais na aquisição de ativos e, consequentemente, aumento da taxa de juros.

-8,88% -17,98%

8,63% 9,21%

-20,00% -15,00% -10,00% -5,00% 0,00% 5,00% 10,00% 15,00%

Conservador CDI IBOVESPA IBX

-0,32% -1,14%

0,78% 0,88%

-1,50% -1,00% -0,50% 0,00% 0,50% 1,00%

Conservador CDI IBOVESPA IBX

CDI 0,78% 0,84% 1,63% 0,56% 0,48% 0,54% 0,60% 0,58% 0,59% 0,71% 0,69% 0,70% 0,80% 0,71% 0,77%

IBX -0,32% -8,15% -8,44% 0,23% -2,89% 0,64% 0,78% -0,87% -9,07% 1,74% 1,86% 4,98% 5,36% -2,01% -3,08%

Recomendação: As informações contidas neste material são de carater exclusivamente informativo. Para maiores informações referente ao plano previdenciário entrar em contato com a central de atendimento Funssest.

(3)

$ % PL Atual 130.952.287 Renda Fixa 102.531.884 78,3% Renda Variável 15.547.529 11,9% Estruturados 6.674.810 5,1% Empréstimos 6.198.064 4,7%

Plano IV - Moderado - Fevereiro 2014

Desempenho Acumulado (%) Alocações Consolidado

Desempenho Segmento Mensal 0,82% 4,55% 8,02% 0,78% 4,69% 8,63%

Mensal 6 meses 12 Meses

Moderado CDI

fev/14 jan/14 2014 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13

Moderado 0,82% -0,01% 0,81% 0,94% 0,41% 0,71% 0,91% 0,60% -0,47% 0,81% 0,73% 1,19% 1,38% 0,61% 0,48% % CDI 106% -2% 50% 168% 85% 131% 151% 104% -80% 115% 106% 170% 173% 86% 62% Renda Fixa 0,95% 1,17% 2,14% 1,03% 0,74% 0,86% 0,87% 0,80% 0,67% 0,74% 0,64% 0,79% 0,93% 0,89% 0,96% % CDI 122% 140% 132% 184% 154% 160% 145% 138% 113% 105% 93% 113% 116% 125% 125% Renda Variável 0,03% -7,57% -7,54% 0,62% -1,58% -0,31% 1,33% -0,40% -7,78% 1,41% 1,59% 4,00% 4,73% -0,75% -2,58% RV - IBX (ganho) 0,35% 0,57% 0,90% 0,39% 1,31% -0,95% 0,55% 0,48% 1,29% -0,33% -0,27% -0,98% -0,63% 1,26% 0,50% CDI 0,78% 0,84% 1,63% 0,56% 0,48% 0,54% 0,60% 0,58% 0,59% 0,71% 0,69% 0,70% 0,80% 0,71% 0,77%

Resultado Mensal - Setembro 2013 (%)

No Brasil, o Banco Central deu indícios de continuação da tendência de alta, após mais uma correção para cima de 0,25% da taxa básica de juros na última semana do mês, mas mostrou que o fim desse ciclo não está muito longe. O grande vilão dessa discussão é a inflação, que terminou o mês em 0,69% (IPCA), puxada principalmente pelo setor de educação. De acordo com o BACEN, já é possível notar um reequilíbrio na economia brasileira. A criação de vagas em Fevereiro apresentou um resultado bem superior ao mês anterior e 111% superior ao registrado em Fevereiro do ano passado.

Mercado

O tom misto dos indicadores de conjuntura nos EUA e Zona Euro, os receios em torno da desaceleração da atividade econômica na China, sinais de vulnerabilidade nas economias emergentes, em parte associados ao esperado processo de mudança da política monetária nos EUA e, mais recentemente, o aumento dos riscos geopolíticos, materializado na crise da Crimeia, têm atenuado o otimismo do início do ano. Entretanto, os Estados Unidos continuam a mostrar uma trajetória favorável das atividades. Dados como produção industrial, grau de utilização da capacidade produtiva e vendas no varejo tiveram um resultado melhor do esperado pelo mercado. Espera-se a continuação do movimento de redução de U$ 10 bilhões de dólares mensais na aquisição de ativos e, consequentemente, aumento da taxa de juros.

Resultado Mensal - Fevereiro 2014 (%) Resultado Acumulado - 12 meses (%)

-0,32% -1,14%

0,78% 0,82%

-1,50% -1,00% -0,50% 0,00% 0,50% 1,00%

Moderado CDI IBOVESPA IBRX

-8,88% -17,98%

8,63% 8,02%

-20,00% -15,00% -10,00% -5,00% 0,00% 5,00% 10,00%

Moderado CDI IBOVESPA IBX

CDI 0,78% 0,84% 1,63% 0,56% 0,48% 0,54% 0,60% 0,58% 0,59% 0,71% 0,69% 0,70% 0,80% 0,71% 0,77%

IBX -0,32% -8,15% -8,44% 0,23% -2,89% 0,64% 0,78% -0,87% -9,07% 1,74% 1,86% 4,98% 5,36% -2,01% -3,08%

criação de vagas em Fevereiro apresentou um resultado bem superior ao mês anterior e 111% superior ao registrado em Fevereiro do ano passado. Por outro lado, a seca que vem prejudicando tanto o abastecimento de água quanto o de energia e está começando a ter impactos sobre preços de alimentação.

Recomendação: As informações contidas neste material são de carater exclusivamente informativo. Para maiores informações referente ao plano previdenciário entrar em contato com a central de atendimento Funssest.

(4)

$ % PL Atual 78.136.701 Renda Fixa 46.830.478 59,9% Renda Variável 19.851.577 25,4% Estruturados 3.479.090 4,5% Empréstimos 7.975.556 10,2%

Plano IV - Agressivo - Fevereiro 2014

Desempenho Acumulado (%)

GRAFICO - Rentabilidade vs Meta 24 meses

Alocações Consolidado

Desempenho Segmento Mensal 0,71% 3,52% 5,74% 0,78% 4,69% 8,63%

Mensal 6 meses 12 Meses

Agressivo CDI

fev/14 jan/14 2014 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13

Agressivo 0,71% -1,03% -0,33% 0,85% 0,00% 0,55% 0,96% 0,45% -1,55% 0,88% 0,85% 1,61% 1,83% 0,37% 0,01% % CDI 91% -122% -39% 152% 0% 103% 160% 77% -263% 124% 123% 230% 229% 51% 1% Renda Fixa 0,94% 1,18% 2,12% 1,05% 0,76% 0,88% 0,89% 0,81% 0,68% 0,74% 0,64% 0,78% 0,93% 0,89% 0,96% % CDI 120% 140% 253% 187% 158% 163% 148% 139% 115% 104% 92% 111% 116% 126% 125% Renda Variável 0,07% -7,57% -7,51% 0,62% -1,58% -0,31% 1,33% -0,40% -7,78% 1,41% 1,59% 4,00% 4,73% -0,75% -2,58% RV - IBX (ganho) 0,39% 0,57% 0,93% 0,39% 1,31% -0,95% 0,55% 0,48% 1,29% -0,33% -0,27% -0,98% -0,63% 1,26% 0,50% CDI 0,78% 0,84% 0,84% 0,56% 0,48% 0,54% 0,60% 0,58% 0,59% 0,71% 0,69% 0,70% 0,80% 0,71% 0,77% IBX -0,32% -8,15% -8,44% 0,23% -2,89% 0,64% 0,78% -0,87% -9,07% 1,74% 1,86% 4,98% 5,36% -2,01% -3,08%

Resultado Mensal - Setembro 2013 (%)

Resultado Acumulado - 12 meses (%) Resultado Mensal - Fevereiro 2014 (%)

Recomendação: As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo. Para maiores informações referente ao plano previdenciário entrar em contato com a central de atendimento Funssest.

Mercado

O tom misto dos indicadores de conjuntura nos EUA e Zona Euro, os receios em torno da desaceleração da atividade econômica na China, sinais de vulnerabilidade nas economias emergentes, em parte associados ao esperado processo de mudança da política monetária nos EUA e, mais recentemente, o aumento dos riscos geopolíticos, materializado na crise da Crimeia, têm atenuado o otimismo do início do ano. Entretanto, os Estados Unidos continuam a mostrar uma trajetória favorável das atividades. Dados como produção industrial, grau de utilização da capacidade produtiva e vendas no varejo tiveram um resultado melhor do esperado pelo mercado. Espera-se a continuação do movimento de redução de U$ 10 bilhões de dólares mensais na aquisição de ativos e, consequentemente, aumento da taxa de juros.

No Brasil, o Banco Central deu indícios de continuação da tendência de alta, após mais uma correção para cima de 0,25% da taxa básica de juros na última semana do mês, mas mostrou que o fim desse ciclo não está muito longe. O grande vilão dessa discussão é a inflação, que terminou o mês em 0,69% (IPCA), puxada principalmente pelo setor de educação. De acordo com o BACEN, já é possível notar um reequilíbrio na economia brasileira. A criação de vagas em Fevereiro apresentou um resultado bem superior ao mês anterior e 111% superior ao registrado em Fevereiro do ano passado. Por outro lado, a seca que vem prejudicando tanto o abastecimento de água quanto o de energia e está começando a ter impactos sobre preços de alimentação. -0,32% -1,14% 0,78% 0,71% -1,50% -1,00% -0,50% 0,00% 0,50% 1,00%

Agressivo CDI IBOVESPA IBX

-8,88% -17,98%

8,63% 5,74%

-20,00% -15,00% -10,00% -5,00% 0,00% 5,00% 10,00%

Agressivo CDI IBOVESPA IBX

(5)

$ % PL Atual 346.931.108 Renda Fixa 271.822.480 78,4% Renda Variável 38.305.367 11,0% Estruturados 13.468.219 3,9% Empréstimos 23.335.042 6,7%

Plano IV - Consolidado - Fevereiro 2014

Desempenho Acumulado (%) Alocações Consolidado

GRAFICO - Rentabilidade vs Meta 24 meses

Desempenho Segmento Mensal 0,85% 4,76% 8,38% 0,78% 4,69% 8,63%

Mensal 6 meses 12 Meses

Consolidado CDI

fev/14 jan/14 2014 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13

Consolidado 0,85% 0,19% 1,04% 0,94% 0,44% 0,71% 0,90% 0,62% -0,36% 0,80% 0,73% 1,16% 1,31% 0,63% 0,54% % CDI 109% 22% 64% 168% 91% 132% 150% 108% -62% 113% 106% 165% 164% 89% 69% Renda Fixa 0,95% 1,17% 2,13% 1,03% 0,74% 0,86% 0,87% 0,80% 0,67% 0,74% 0,64% 0,79% 0,93% 0,89% 0,96% % CDI 121% 139% 131% 183% 154% 159% 145% 137% 113% 105% 93% 112% 116% 125% 124% Renda Variável 0,05% -7,57% -7,52% 0,62% -1,58% -0,31% 1,33% -0,40% -7,78% 1,41% 1,59% 4,00% 4,73% -0,75% -2,58% RV - IBX (ganho) 0,37% 0,57% 0,92% 0,39% 1,31% -0,95% 0,55% 0,48% 1,29% -0,33% -0,27% -0,98% -0,63% 1,26% 0,50% CDI 0,78% 0,84% 1,63% 0,56% 0,48% 0,54% 0,60% 0,58% 0,59% 0,71% 0,69% 0,70% 0,80% 0,71% 0,77%

Distribuição Perfil Resultado Acumulado - 12 meses (%)

Recomendação: As informações contidas neste material são de carater exclusivamente informativo. Para maiores informações referente ao plano previdenciário entrar em contato com a

Mercado

O tom misto dos indicadores de conjuntura nos EUA e Zona Euro, os receios em torno da desaceleração da atividade econômica na China, sinais de vulnerabilidade nas economias emergentes, em parte associados ao esperado processo de mudança da política monetária nos EUA e, mais recentemente, o aumento dos riscos geopolíticos, materializado na crise da Crimeia, têm atenuado o otimismo do início do ano. Entretanto, os Estados Unidos continuam a mostrar uma trajetória favorável das atividades. Dados como produção industrial, grau de utilização da capacidade produtiva e vendas no varejo tiveram um resultado melhor do esperado pelo mercado. Espera-se a continuação do movimento de redução de U$ 10 bilhões de dólares mensais na aquisição de ativos e, consequentemente, aumento da taxa de juros.

No Brasil, o Banco Central deu indícios de continuação da tendência de alta, após mais uma correção para cima de 0,25% da taxa básica de juros na última semana do mês, mas mostrou que o fim desse ciclo não está muito longe. O grande vilão dessa discussão é a inflação, que terminou o mês em 0,69% (IPCA), puxada principalmente pelo setor de educação. De acordo com o BACEN, já é possível notar um reequilíbrio na economia brasileira. A criação de vagas em Fevereiro apresentou um resultado bem superior ao mês anterior e 111% superior ao registrado em Fevereiro do ano passado. Por outro lado, a seca que vem prejudicando tanto o abastecimento de água quanto o de energia e está começando a ter impactos sobre preços de alimentação. -8,88% -17,98% 8,63% 8,38% -20,00% -15,00% -10,00% -5,00% 0,00% 5,00% 10,00%

Consolidado CDI IBOVESPA IBX

IBX -0,32% -8,15% -8,44% 0,23% -2,89% 0,64% 0,78% -0,87% -9,07% 1,74% 1,86% 4,98% 5,36% -2,01% -3,08%

Recomendação: As informações contidas neste material são de carater exclusivamente informativo. Para maiores informações referente ao plano previdenciário entrar em contato com a central de atendimento Funssest.

Imagem

Referências

temas relacionados :