Equipamento de Construção DL420. Potência do motor SAEJ1995, bruto 209 kw(280 2,000 rpm. Capacidade da Caçamba (SAE) m3 (4.6-9.

Texto

(1)

Equipamento de Construção

DL420

Potência do motor SAEJ1995, bruto 209 kW(280 HP)@ 2,000 rpm

Peso Operacional

22,300 kg (49,163lb)

(2)

A NOVA CARREGADEIRA DE RODAS DL420

POSSUI TODAS AS VANTAGENS

(3)

A NOVA PÁ-CARREGADEIRA DL420, ALÉM DE POSSUIR TODAS AS VANTAGENS DO

MODELO ANTERIOR, OFERECE AINDA MAIS VALOR AO OPERADOR.

AUMENTO DA PRODUÇÃO, devido ao

uso de um motor de nova geração

"Common-Rail" e a sincronização

excelente entre o sistema de tração e

hidráulico.

CONFIABILIDADE APERFEIÇOADA, através

do uso de novos materiais de alto

desempenho, o desenvolvimento de

novas técnicas de concepção estrutural

assistidas por computador e por

programas de testes intensivos e

sistemáticos. Todas essas características

são combinadas para aumentar a vida útil

de componentes essenciais e reduzir os

custos operacionais.

ERGONOMIA

MELHORADA,

maior

conforto e visibilidade excelente ao

redor que garante condições de

trabalho seguras e agradáveis.

(4)

Integração perfeita de potência e inteligência. O poder de escavação impressionante que permite que os

materiais mais difíceis sejam abordados e, por outro, a alta potência de tração que permite uma fácil

penetração. Com um sistema hidráulico poderoso, o operador pode trabalhar rapidamente e de modo

potente.

No coração da carregadeira está o motor eletrônico Cummins QSM11.

(5)

MOTOR CUMMINS QSM 11

TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA

O motor de baixa emissão QSM 11 combina um sistema de injetor de alta pressão patenteado com eletrônica de autoridade completa para desempenho de baixo nível superior com um aumento de torque forte.

Um torque maior permite uma maior manobra da carregadeira durante o movimento.

O motor possui dois modos de operação: "Power" ou "Eco"

A transmissão é extremamente regular e as relações de transmissão são otimizadas. Não há choques, o que resulta em um nível apreciável de conforto para o operador.

A força de tração é ideal em todas as condições de trabalho.

A combinação dessas características permite que a carregadeira mantenha velocidade alta sob todas as condições e favoreça a penetração e, assim, um enchimento ideal da caçamba a cada ciclo.

A transmissão possui três modos de operação:

· Manual

· Automática (mudança automática para todas as marchas)

· Semi-Automática (automática com função "kick down" para a primeira marcha)

4 SISTEMA DE AMORTECIMENTO DE CARGA

Este sistema é ideal para todas as situações de carga e

1 ALTO LEVANTAMENTO (OPCIONAL)

Como a hipersustentação está equipada além da sustentação padrão, os clientes têm outras opções.

ARTICULAÇÃO EM Z

A geometria de elevação Z é muito robusta e concebida

especialmente para cargas pesadas. Poucas peças móveis, cargas reduzidas, simplicidade, tudo contribui para uma boa estabilidade da carregadeira. Esta geometria permite movimentos muito rápidos da caçamba e garante o posicionamento angular correto em todas as situações. A capacidade de despejo rápido da caçamba facilita o descarregamento de materiais.

3 DIFERENCIAL ZF

Os eixos da máquina são equipados com diferenciais de deslizamento limitado na parte dianteira e traseira. Isso garante automaticamente o esforço máximo de tração e uma condução fácil em terra macia e enlameada. Além disso, também reduz o risco de derrapagem e, ao mesmo tempo, evita o desgaste excessivo dos pneus.

e aumenta a produtividade e conforto do condutor.

Tambémminimiza a quantidade de material derrubado durante a viagem.

5 DIREÇÃO HIDRAULICA

O sistema de direção garante direção suave mesmo com o motor em baixas rotações.

(6)

Como o operador sabe que o carregadeira DOOSAN é um produto resistente, de confiança, com

grande reserva de potência, ele confia que a máquina pode trabalhar por períodos longos. Para a

DOOSAN, confiança significa, acima de tudo, durabilidade, disponibilidade, acessibilidade e

simplicidade.

(7)

1 CAÇAMBA REFORÇADA

O fundo da caçamba é reforçado.

2 GRADE DO RADIADOR

A grade do radiador é composta de aço reforçado para maior resistência ao choque.

3 VEDAÇÃO ORFS

Para assegurar perfeita vedação de óleo, todas as tomadas, mesmo as de baixa pressão usadas para as linhas de pilotagem, são do tipo ORFS

4

RADIADORES MONTADOS

EM APOIOS DE BORRACHA

Os radiadores de alumínio são montados em apoios de borracha para resistir vibrações de forma eficaz.

5 EIXO CARDÃ

A vedação de poeira protege o equipamento de poeira, lama e areia e reduz o desgaste durante o uso. A válvula de descompressão da ventilação é instalada para evitar o enchimento excessivo.

6 COBERTURA DO EIXO

Diâmetro aumentado Rolamentos de bronze Eixo cromado

(8)

Conforto para o operador

Um espaço de trabalho perfeito foi criado para você. A taxa de trabalho da carregadeira de rodas está

diretamente ligada ao desempenho de seu operador. A DOOSAN projetou a DL420 colocando o operador

no centro de suas metas de desenvolvimento. Mais espaço, melhor visibilidade, ar condicionado, um

assento muito confortável, espaço de armazenamento suficiente. Todos estes elementos garantem que o

operador possa trabalhar durante horas em excelentes condições.

VISIBILIDADE

A visibilidade foi melhorada em todas as direções

e o tamanho da cabine foi aumentado

.

AR CONDICIONADO

O sistema de ar condicionado de alto desempenho fornece

um fluxo de ar que é ajustado e eletronicamente controlado

de acordo com as condições. Um filtro de ar duplo o

ambiente do operador. O ambiente do operador.

O conforto é comparável ao de um carro novo.

(9)

1 COLUNA DE DIREÇÃO

A coluna de direção possui funções telescópicas e basculantes.

2 APOIO PARA O BRAÇO

O posicionamento correto com controles simples facilitam o trabalho do operador.

3

JOYSTICK (OPCIONAL)

As alavancas de controle são muito precisas. Opções diferentes estão disponíveis para corresponder ao que o operador está acostumado, bem como uma alavanca auxiliar opcional.

CONSOLE LATERAL

O console de controle foi atenciosamente posicionado à direita do operador. É providenciada a instalação de interruptores para equipamentos adicionais, se necessário.

5 CÂMERA - VISÃO TRASEIRA (OPCIONAL)

PAINEL INDICADOR CENTRAL

Um painel indicador de alta visibilidade permite que o operador verifique as funções essenciais da carregadeira.

7 QUEBRA - SOL E ESPELHO RETROVISOR

ASSENTO DE SUSPENSÃO DE AR (OPCIONAL)

O DL420 é equipado com um assento de

suspensão de ar muito confortável. Múltiplos ajustes centrais são fornecidos.

Assento com suspensão pneumática e aquecimento (opc.)

(10)

MANUTENÇÃO SIMPLES

Operações de manutenção rápidas e simples em longos intervalos aumentam a

disponibilidade do equipamento no local. A DOOSAN desenvolveu

a DL420 com a

intenção de fornecer maior produtividade para o usuário. Um projeto detalhado

que

(11)

1 FILTRO HIDRÁULICO DE RETORNO DE ÓLEO

O filtro de retorno de alta capacidade, de alta eficiência, fabricado com o meio de fibra de vidro pode eliminar até 99,5% de substâncias estranhas para proteger o equipamento hidráulico dispendioso e prolongar substancialmente o ciclo de substituição.

2 JUNTAS CENTRAIS

As juntas centrais da máquina são particularmente robustas. Os pontos de fixação estão posicionados para suportar forças de flexão e torção. Uma grande quantidade de espaço foi deixada para permitir o acesso fácil aos componentes internos.

3 FILTRO DE TRANSMISSÃO

Os filtros de transmissão são de fácil acesso e, como o restante dos componentes de serviço da máquina, podem ser verificados a partir do solo.

4 FILTRO DE AR

O filtro de ar forçado remove 99.9% das partículas. É precedido por um pré-filtro de alta capacidade. Os intervalos de limpeza e substituição do cartucho são muito longos.

3 VENTILADOR REVERSIVEL

A ventilador do radiador possui uma capacidade de fluxo reversível para facilitar a limpeza do radiador quando a máquina está funcionando em ambientes empoeirados.

6 PONTOS DE VERIFICAÇÃO DA PRESSÃO

HIDRÁULICA

Os pontos de teste da pressão são agrupados. (Pressão principal, direção, frenagem, etc.)

7 DIAGNÓSTICO DE TRANSMISSÃO

A transmissão pode ser diagnosticada usando um computador laptop para interagir com o sistema de diagnóstico.

8 DRENAGEM DO COOLANT E DO ÓLEO

DO MOTOR

Os drenos estão instalados em locais muito acessíveis para facilitar o esvaziamento sem o risco de poluir o meio-ambiente.

(12)

TELECOMUNICAÇÕES

Fluxo de dados da máquina para a web

BENEFÍCIOS DE SERVIÇOS TELEMÁTICOS

FUNÇÕES

O Serviço Telemático da Doosan fornece diversas funções para suportar o seu grande desempenho

h 'fl 11 1 ; -· _ ... •

·-A Doosan e seus revendedores apoiam os clientes para melhorar a eficiência do trabalho com serviços oportunos e responsivos

Cliente

Melhorar a eficiência do trabalho · Serviço oportuno e preventivo

· Melhorar as habilidades do operador comparando o padrão de trabalho

·

Gerencia a frota com mais eficiência

Revendedor

Serviço melhor para os clientes · Fornece melhor qualidade de serviço · Mantém o valor da máquina

· Melhor compreensão das necessidades mercadológicas

Doosan

Atenta à voz do cliente

· Usa dados de campo relacionados à qualidade · Aplica o perfil de utilização do cliente para

desenvolver novas máquinas

FUNÇÃO

GPS · Localização· Geo-fence

E-Relatórios por e-mail · Relatório Diário, Semanal e Mensal · Total de horas de

operação Horas de operação

· Horas de operação por modo ·

Peças de manutenção Manutenção preventiva por item ciclo de substituição · Código de Falha

Código de Falha/Alerta

· Alertas da Máquina no Painel Indicador Nível do combustível

Informação do combustível · Consumo do combustível

· Tara de descarga Capacidade de descarga

· Contagem do Ciclo de Trabalho

ESCAVADEIRA CARREGADEIRA COM PNEUS ADT

Todos os modelos Todos os modelos Todos os modelos

Todos os modelos Todos os modelos

Todos os modelos

Todos os modelos

Todos os modelos

Todos os modelos Apenas nível 4 Apenas nível 4

Todos os modelos Apenas nível 4

Todos os modelos Todos os modelos Apenas nível 4

modelos Todos os modelos

Apenas nível 4 Todos os modelos Apenas nível 4

N/A N/A Todos os modelos

Todos os modelos

SERVIÇO TELEMÁTICO

(OPCIONAL)

I I I,;,_... _,_, '

-·-Informação de combustível GPS

Horas de operação

Manutenção preventiva

Código / Aviso de falha

Produtividade ADT Relatórios

TERMINAL DE SERVIÇO TELEMÁTICO TELECOMUNICAÇÃO SERVIÇO DE TELEMÁTICA DA DOO-SAN NA INTERNET

O terminal do serviço de telemática é instalado na máquina/ conectado ao EPOS TM

Dados de GPS, EPOS TM são enviados para o servido designado por GSM, telecomunicação por satélite A Doosan, o fornecedor e o cliente podem facilmente monitorar os dados de GPS EPOS TM do Serviço Central de Telemática na internet

(13)

REDE GLOBAL DE CDPs (CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO DE PEÇAS)

A Doosan fornece entrega mundial rápida e precisa de peças genuínas da Doosan através da sua rede global de CDPs (centros de distribuição de peças).

de Peças Globais

de Centros de Distribuição Peças

CDPs foram criados conforme ilustrado abaixo, incluindo o CDP Original em Ansan, na Coreia do Sul. Os outros sete CDPs incluem um na China (Yantai), um nos EUA (Chicago), um no Brasil (Campinas), dois na Europa (Alemanha e Reino Unido), um no Oriente Médio (Dubai), e um na Ásia (Singapura).

MPDC: Centro de Distribuição de Peças Original

..

PDC: Centro de Distribuição de Peças

e

Redução do Custo

de Distribuição de Fornecimento Índice Máximo de Peças Entrega de Peças com distância/temp o reduzido Serviço de suporte

suporte mínimoMínima

REDE GLOBAL DE PEÇAS

REDE GLOBAL

A rede global do CGDP (Centro Global de Distribuição de Peças) maximiza sua taxa de suprimento, assegurando que cada centro seja armazenado com todas as peças importantes necessárias para as empresas na sua área. A rede também minimiza o tempo e os custos necessários para a entrega de peças posicionando os CDPs próximo aos principais mercados em todo o mundo. Os CDPs da Doosan comunicam-se com os clientes em seu fuso horário, informando que estão abertos para operação, e entregam as peças o mais cedo possível.

Alemanha Reino Unido Dubai Yantai Singapura Ansa Chicago Brasil COREIA BENEFÍCIOS DOS CDPs

(14)

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MOTOR

Descrição geral O Cummins QSM11 de alto desempenho combina um sistema de injeção de combustível de 6 cilindros em linha, de alta pressão

com injeção direta controlada eletronicamente e o radiador acionado por turbo oferece baixo consumo de combustível e emissões.

(Fase I Área: Cummins QSM11) -BRUTO SAEJ1995 Potência nominal 209 kW {280 HP)@ 2,000 rpm (SAEJ1995, bruto) Potência Max. 231 kW {310 HP)@ 1,700 rpm (SAEJ1995, bruto) Potência Máxima 148kgf.m (1,450N.m)@ 1,400 rpm

Deslocamento

10,800cc (659 cu.in)

Diâmetro x curso

0125x147mm

Forro de cilindro substituível úmido

Purificador de ar de 3 estágios incluindo um pré limpador muito eficiente, elementos principal e de segurança.

Ventilador do tipo "puller" hidraulicamente conduzida com possibilidade de ajuste Bateria Voltagem do sistema:24 V Quantidade: 12V x 2 Capacidade(AMP): 150Ah

Potência de início

24V /7.5 kW

Alternador

24V /70A

EIXOS

Os eixos dianteiro e traseiro com reduções de cubo planetário são construídos com base em componentes com boa reputação.

Equipados de fábrica, os diferenciais de patinagem controlada dianteiro e traseiro asseguram que a tração seja a melhor possível em todas as circunstâncias.

Diferencial de deslizamento ilimitado

Dianteiro (30%)

I

Traseiro (45%)

ângulo de oscilação

+/·11·

Freio

Discos úmidos de multi-placa e circuito duplo. Atuação hidráulica com bomba e acumulador.

Os discos de freio de metal sinterizado aumentaram os intervalos de manutenção dos discos:

Um freio de estacionamento de mola aplicado e liberado hidraulicamente é montado no eixo da transmissão.

TRANSMISSÃO

Transmissão "Full Power Shift". Pode ser utilizada nos modos manual ou automático.

Esta transmissão é baseada em componentes que têm excelente reputação mundial. Ela é equipada com um sistema de modulação que permite uma mudança de engrenagem suave e inversão de direção de viagem. Os dispositivos de segurança também protegem a transmissão de operações ruins.

A mudança de engrenagem e direção é operada por uma única alavanca à esquerda do volante. Um controle de direção de viagem também é montado no comando hidráulico.

Com um dispositivo eletrônico especial, a transmissão pode ser testada e ajustada facilmente para um desempenho ótimo e eficiente.

A transmissão pode ser desengatada pela operação do pedal de freio para aumentar a potência disponível para as bombas hidráulicas.

Um dispositivo de segurança impede a inicialização do motor se a transmissão não estiver em ponto morto.

Conversor de torque

Tipo: Estator de roda livre Relação de stall: 2.104

Tração máxima

19.5ton Velocidade de viagem, kph Para frente: 6.5- -12.4- -18.4- -38 (1- 2-3- 4) Para trás:6.5 - 12.4 - 18.4 (1- 2 - 3)

(15)

SISTEMA HIDRÁULICO

Duas bombas de pistão axial sensíveis à carga com deslocamento variável. A válvula de controle principal de 2 bobinas de dupla ação é controlada por uma única alavanca.

O deslocamento automático da lança e o retorno da caçamba para escavação é padrão. Todas as linhas hidráulicas estão equipadas com vedações especiais (ORFS)

Principal fluxo máximo

126 l/min (52.8gal/min)

Pressão operacional

250bars

Pressão do circuito piloto

30bars

Capacidade de filtragem na linha de retorno

10 mícrons

Tempo dos ciclos de carregamento

Velocidade de elevação (carregado) 5.8 segundos Velocidade de despejo (carregado) 1.4 segundos Velocidade de descida (vazio) 3.0 segundos

CABINE

A cabine modular permite uma visibilidade excelente em todas as direções. A ventilação ótima é obtida por numerosas saídas de ventilação. Os botões de toque controlam o ar de recirculação, o ar condicionado e os sistemas de aquecimento. O ar da cabine é filtrado.

Todas as informações necessárias para o operador são centralizadas na frente dele. As principais funções são acionadas

através de comutadores localizados em um console àAmplos espaços

de armazenamento estão bem localizados. Existem vários lugares de

armazenamento bem localizados. A cabine montada sobre coxins viscosos e equipada com assento de suspensão pneumática oferece maior conforto ao operador.

Porta de acesso

1

Saídas de emergência

2

A cabine está em conformidade com ROPS ISO 3471 e FOPS: (ISO 3449)

Nível de ruído externo garantido Lwa

(seguindo ISO 6395, 2000 /14/ EO 104.7dB(A)

SISTEMA DE DIREÇÃO

O sistema de direção é do tipo sensor de carga com amplificador de fluxo e válvula de prioridade. Ângulo de direção 40" fluxo de óleo 200 t/min (52.8 gal/min)

Pressão operacional

200 bars Cilindros da direção (2) Diâmetro x curso: 100

x

450 mm

Sistema de direção de emergência com bomba hidráulica impulsionada por motor elétrico. (Opcional)

SISTEMA DE ELEVAÇÃO

O sistema de elevação com dois cilindros e configuração Z é projetado para os trabalhos mais difíceis.

A força de ruptura (210 kN com uma caçamba de 4,0 m3) é muito importante e

os movimentos da caçamba são velozes.

Os ângulos da caçamba são mantidos em boas posições em toda a gama de movimentos da caçamba. Cilindros de elevação (2) Diâmetro x curso: 160x 928 mm Cilindros da caçamba(1) Diâmetro x curso: 180x 600mm

MANUTENÇÃO

A manutenção é simples devido ao acesso excelente.

A transmissão é controlada eletronicamente. Um sistema de codificação de erros permite um diagnóstico fácil dos sistemas e uma interação adequada.

Motor

(óleo) :34 t

{8.9 US gaQ

Radiador (líquido de refrigeração) :

50 t (13.2 US gaQ

Combustível: 367 t (97 US gal)

Óleo hidráulico: 230 t (60,8 US gal)

Transmissão e conversor de

torque:

54t(14.2 US gaO

Eixo dianteiro: 5tt(13.5 US gaO

(16)

alto

(completamente erguida)

ida)

alcance máximo) 1)

DADOS

Tipo do carregadeira Propósito geral Rocha Material Leve Elevação Para o alto

Montagem da caçamba PINO

EM PINO EM PINO EM PINO EM PINO EM PINO EM PINO EM PINO EM PINO EM

Configuração Código Dentes Dentes (std.) Borda parafusada Dentes Borda parafusada Dentes & Segmentos

Dentes Dentes Borda parafusada

Borda parafusada

Capacidade acumulada ISO/SAE m³ 4,0 4,2 3,7 3,9 4,1 3,5 4,3 4,5 4,2

Tipo de dente Adaptador Dente adaptador Dente adaptador Dente adaptador Dente adaptador Dente - - Largura da caçamba mm 3.270 3.270 3.040 ,3.040 3.200 3.231 3.354 3.354 3.270 Largura da caçamba kN 210 210 220 220 220 210 190 190 205 Carga de equilíbrio estático (vertical) kg 18.190 18.070 18.210 18.087 18.030 17.960 18.120 18.020 15.790 Carga de equilíbrio estático (em volta

completa)

kg 15.780 15.680 15.790 15.691 15.640 15.580 15.720 15.630 13.700 Altura da caçamba (a 45'') (completamente

erguida)

A mm 2.960 3.087 2.960 3.087 2.960 2.884 2.802 2.955 3.600 Alcance da lixeira (a 45º) (completamente

erguida)

B mm 1.400 1.266 1.400 1.266 1.400 1.489 1.567 1.395 1.290 Altura da lixeira (na lixeira máxima) (no

alcance máximo) 1)

c

mm 658 860 685 860 685 592 484 689 924 Alcance da lixeira (na lixeira máxima) (no

alcance máximo) 1) D mm 1.480 1.414 1.480 1.414 1.480 1.537 1.571 1.470 2.068 Profundidade de escavação E mm 130 130 130 130 130 130 130 130 85 Altura no ponto de pivô da caçamba F mm 4,300 4,300 4,300 4,300 4.300 4.300 4.300 4.300 4.807 Ângulo máximo de inclinação na posição de

carregamento

G ° 46,5 46 46 46 46 46 46 46 50

Ângulo de inclinação máximo em plena elevação H ° 59 59 59 59 59 59 59 59 60 Ângulo máximo de inclinação no solo I ° 42 42 42 42 42 42 42 42 44 Ângulo máximo de inclinação em alcance

máximo J

° 57 57 57 57 57 57 57 57 57

Ângulo máximo da caçamba em alcance máximo

K ° 71 71 71 71 71 71 71 71 60

Ângulo máximo da caçamba no solo L ° 64 64 64 64 64 64 64 64 64 Ângulo máximo da caçamba completamente

erguida

M ° 46 46 46 46 46 46 46 46 47

Raio externo no lado do pneu N mm 6,350 6,350 6.350 6,350 6.350 6.350 6.350 6.350 6.350 Raio externo na borda da caçamba o mm 6.995 6.980 6.885 6.870 6.955 6.900 7.080 7.060 7.060 Base da roda p mm 3.500 3.500 3.500 3.500 3.500 3.500 3.500 3.500 3.500 Largura dos pneus Q mm 2,985 2.985 2,985 2,985 2.985 2.985 2.985 2.985 2.985 Trilho mm 2.300 2.300 2.300 2.300 2.300 2.300 2.300 2.300 2.300 Distância do solo R mm 520 520 510 510 510 510 510 510 510 Extensão geral 5 mm 8.880 8.700 8.760 8.635 8.760 8.900 9.020 8.820 9.124 Altura geral mm 3.522 3.522 3.522 3.522 3.522 3.522 3.522 3.522 3.522 Tamanho do pneu 26.5-25- 20PR (L3) 26.5-25- 20PR (L3) 26.5-25- 20PR (L3) 26.5-25- 20PR (L3) 26.5-25- 20PR (L3) 26. 5-25- 20PR (L3) 26. 5-25- 20PR (l3) 26.5-25- 20PR (l3) 26.5-25- 20PR (L3) Peso operacional kg 22.300 22.400 22.106 22.221 22.457 22.527 22.361 22.467 22.600

(17)

DIMENSÕES

"'

.c

i

1

(!) 2

'

\

\

Medido na ponta dos dentes da caçamba ou na borda do parafuso

com pneus 26.5R25VMT(l3)

Peso específico (kg/m3)

\ 2000 .li: 1800 t--- 16001---1400 1---l 12001--- 1000--- 800-- --- 600 ---400L--

---m3SAE Capacidade da Caçamba

4,8 4,5 4,0 s:::: o oo

g

<::

..

§

"'

s:::: <:: 2.2 2 1.8 1.6 1.4 1.2 tonneshn i8 .c "C

i

""

Cl) Cl) Cl.l o w Cl.l u 3

Peso material específico

<::

I!

(!)

E

::i Cl.l

!i

Fator de enchimento da caçamba

95% 100% 115%

O peso específico do material depende amplamente da taxa de umidade, valor de compactação, porcentagem de diversos

componentes, etc... Esta tabela é fornecida apenas para informação.

O fator de enchimento da caçamba também depende da natureza do material, das condições de trabalho e da habilidade do operador.

(18)

EQUIPAMENTOS PADRÃO E OPCIONAIS

EQUIPAMENTO PADRÃO

Motor Componentes elétricos e iluminação

•Motor a diesel CUMMINS QSM11 • Interruptor de desligamento da bateria

•Filtro de ar - Cartucho de elemento duplo + Filtragem com ciclone na fase anterior • Luz de trabalho - 2 dianteiras + 4 traseiras

Filtro de combustível - Filtro principal e pré-filtro de combustível com separador de água - • Luz de direção - Faróis baixos e altos •Drenos externos para óleo do motor e trocas de refrigerantes •Indicadores traseiros - Luzes de freio e ré •Ventilador do radiador hidráulico - Ventilador reversível • Alarme sonoro de ré

• Buzina elétrica

Sistema hidráulico •Alternador- 24V, 70A • Válvula de controle hidráulico - 2 bobinas

• Bomba hidráulica principal - pistão axial de deslocamento variável

•Alavancas hidráulicas

• Desativação do "boom kick" - Automática

• Sistema de auto-diagnóstico

Articulação

• Articulação da carregadeira com barra Z

Unidade de tração e sistema de frenagem • Retorno da caçamba para cavar - Automático

Cabine e Interior Chave de mudança de marcha - Manual, Auto 1f---7 4, Auto 2 f-74

• Tomada elétrica de 12V

• Filtragem dupla do ar da cabine

• Ar condicionado e aquecedor com função de recirculação

•Suporte de copo •Vidros coloridos

•Tapete

• Rádio AM/FM + MP3 (USB)

• Injetor de pára-brisa dianteiro e traseiro • Limpador de pára-brisa dianteiro e traseiro • Acendedor de cigarros

• Compartimentos de armazenamento múltiplos • Viseira

• Antena de vidro

•Assento - Suspensão mecânica

•• Cabine ROPS - ISO 3471

•• Cabine FOPS - ISO 3449 • Coluna de direção ajustável

•• Espelhos retrovisores - Interno 2

• Espelhos retrovisores - Exterior 2

• Seleção da direção do deslocamento e "kickdown" •Sistema de início de segurança

• Circuito de freio duplo com acumulador • Pedais de freio de serviço duplo • Sistema de freio secundário

• Freio de estacionamento - Elétrico, hidráulico • Deslizamento diferencial / limitado

Sistema de direção

• Sistema de direção sensível à carga

Equipamento externo

• Pára-lama

EQUIPAMENTO OPCIONAL Alguns desses equipamentos opcionais podem ser padrão em alguns mercados.Alguns desses equipamentos opcionais podem não estar disponíveis em alguns mercados. Você deve consultar o revendedor local da DOOSAN para saber sobre a disponibilidade ou liberar a adaptação de acordo com as necessidades da aplicação.

Motor

• Filtro de combustível - Separador de água com aquecedor

Sistema Hidráulico

• Óleo Hidráulico - VG32 Clima Frio

• Óleo Hidráulico - VG46 Clima Normal

• Válvula de controle hidráulico - 3 bobinas

• Sistema de isolamento de carga (LIS)

• Alavancas de controle hidráulico - Mono

• Alavancas de controle hidráulico - FNR

• Alavancas de controle hidráulico - Ponta do dedo

Cabine e Interior

• Assento - Suspensão a ar com aquecedor • Assento - Suspensão a ar

•Câmera · Visão traseira

*

As especificações e opções padrão podem variar de acordo com o país.

Elétrica e iluminação • Lâmpada de licença • Farol - Rotatório • Filtro • Limitador de velocidade Articulação

•Articulação da carregadeira de elevação com barra Z

Unidade de tração e sistema de frenagem

•Refrigerante do óleo do eixo • Corte da embreagem inteligente

Sistema de direção

• Bomba de direção de emergência

Equipamento externo

• Pára-choque - Pára-choques completo + proteção de borracha • Pára-lama - proteção de borracha

• Kit anti-ruído • Contrapeso - 0.3t •Kit de ferramentas •Compressor de ar

**

Especificação sujeita a alteração sem aviso prévio para melhoria de qualidade. •

(19)

ACESSÓRIOS

CAÇAMBAS

Propósito Geral Material Leve

Rocha em formato V

Manuseador do Material

OBJETIVO GERAL

Material Leve ROCHA EM FORMATO V

Tipo de montagem Capacidade Largura

Montagem direta 3.7 I 3.9 I 4.0 I 4.1 I 4.2 m3 3,040 I 3,200 I 3,270 mm Acoplamento rápido 3.9m3 3,297 mm Montagem direta 4.3 I 4.5 I 7.0 m3 3,300 I 3,354 mm Acoplamento rápido 7.0m3 3,300 mm Montagem direta 3.5 m3 3,230 mm Acoplamento rápido 3.9m3 3,297 mm

MANUSEADOR DO MATERIAL Montagem Direta 4.0 I 4.2 I 4.5 I 4.7m3 3,270 I 3,270 I 3,354 I 3,354 mm

QUICK - COUPLER

Quick - Coupler

Modelo Tipo de montagem Peso

QUICK - COUPLER

Quick - Coupler

DLQC42 760 kg

Propósito geral Tipo tropical Tipo de ordenação

MANUSEIO DO MATERIAL

Garfo do palete Prendedor de Toras

Modelo Comprimento

GARFO PARA PALETE DLPF42 60" I 72"

Modelo Tipo

PRENDEDOR DE TORAS DLLG42

Propósito geral Tropical Tipo de ordenação

(20)

Doosan lnfracore Korea Office (HQ)

27F, Doosan Tower, 275, Jangchungdan-ro, Jung-gu, Seul, Coreia (04563)

Tel: 82 2 3398 8114

DIPBE-1025-01-1606

Os Materiais e Especificações no catálogo estão sujeitos a mudança sem notificação.

www.doosaninfracore.com/ce/

A Doosan

Desde 1896, a Doosan, empresa mais

antiga da Coreia, evoluiu com seus

colaboradores. A empresa cresceu com

rapidamente por 10 anos. Com visão

humana a Doosan tem construído

instalações, energias, máquinas e

infraestruturas globalmente.

Primeiro na Coreia, a Doosan

desenvol-veu escavadeiras em 1985 e continuou

a construção de máquinas versáteis de

construção, incluindo escavadeiras,

car-regadeiras e caminhões articulados para

executar a filosofia humana. A Doosan

transformou-se uma líder global da

indústria de máquinas pesadas para

construção alcançando a linha de

vendas global, a linha de produção e a

linha de distribuição. Junto com grandes

bases de produção na Coreia, China,

EUA, Bélgica, República Tcheca e

Brasil, a Doosan possui 1400 redes de

revendedores e está fornecendo

pro-dutos e soluções confiáveis para o seu

negócio estável sem nenhum risco.

Imagem

Referências

temas relacionados :