Parametros Produtivos de Ovinos das Ra.;as Santa Ines e Morada Nova em Pastagem Cultivada no Estado do Ceara!

Texto

(1)

Parametros Produtivos de Ovinos das Ra.;as Santa Ines e Morada Nova em Pastagem Cultivada no Estado do Ceara!

Joao Bosco Borges Machado2; Antonio Amaury Oria Fernandes3; Arturo Bernardo Selaive Villarroel4

RESUMO - 0 objetivo deste trabalho foi avaliar 0desempenho produtivo de ovinos das

rayas deslanadas Santa Ines e Morada Nova, mantido em pastagens cultivadas de capim Btifel (Cenchrus ciliaris), Andropogon (Andropogon gayanus) e Leucena (Leucaena leucocephala). Os parametros de produyao analisados foram: peso total de cordeiros ao nascimento por femea parida (PTCN), peso total de cordeiros ao desmame por femea parida (PTCD) e taxa de sobrevivencia dos cordeiros do nascimento ao desmame (TS), sendo as variaveis independentes utilizadas a raya, a idade e a condiyao corporal da matriz. 0 desempenho produtivo avaliado mostrou um PTCN e um PTCD de 4,83 e 3,30 kg e 21,17 e 15,16 kg para as rayas Santa Ines e Morada Nova, respectivamente, com diferenyas significativas (P<0,05) entre as rayas. A taxa media de sobrevivencia dos cordeiros foi de 97%, nao se observando efeito significativo da raya, idade e condiyao corporal da matriz.

Palavras Chave - ovino deslanado,produyao ovina, raya morada nova, ray a santa ines.

Productive Parameters of Santa lnes and Morada Nova hair sheep on Cultivate Pasture at the State of Ceara

ABSTRACT - The objective of this study was to evaluate the productive performance of Santa Ines and Morada Nova tropical hair sheep, managed on cultivate pastures. The productive traits considered were litter weight allambing (LWL) litter weigth at weaning (LWW) and lamb survival rate from birth to weaning (LSR). The independent variables used were breed (BR), age of ewe (AE) and ewe body condition (BC). The Santa Ines and Morada Nova sheep showed values of 4.83 and 3.30 kg; and 21.17 and 15.16 kg for LWL and LWW, respectively. Sheep breed (BR) had a significant influence (P<0.05) on LWL and LWW. However, AE and BC factors did not affect these traits. Santa Ines and Morada Nova lambs had similar lamb survival rate (LSR) with average value of 97%. All factors (BR, AE and BC) did not influence LSR .

Key Words - Hair Sheep, Sheep Production, Morada Nova Breed, Santa Ines Breed

IParte da Dissertac;ao apresentada pelo primeiro autor it FAVET- UECE, para obtenc;ao do Grau de . Mestre em Produc;ao e Reproduc;ao de Pequenos Ruminantes.

2Professor do Instituto CENTEC - Lagoa Seca, Juazeiro do Norte - Ceara. CEP 63040-540

3.Professor Adjunto da Faculdade de Veterinaria da Universidade Estadual do Ceara FAVET/ UECE 4Professor Adjunto da Universidade Federal do Ceara - UFC, Departamento de Zootecnia

(2)

No Nordeste brasileiro, sao explorados aproximadamente 6,99 milh6es de ovinos, dos quais 1.33 milh6es encontram-se no Estado do Ceara, representando respectivamente 38 e 19 % do rebanho nacional e nordestino, respectivamente (IBGE, 1997). A explora<;ao destes animais representa uma importante fonte economic a para os pequenns e medios proprietarios rurais, principalmente pela produ<;aode came e pele. A cria<;aoe realizada, na quase sua totalidade, em sistema extensivo de explora<;ao e com regime alimentar exclusivamente a pasta, limitado em quantidade e qualidade pelo longo periodo de estiagem (6 meses).

o

desempenho produtivo das ovelhas Morada Nova e Santa Ines tem sido avaliado individualmente em diferentes ambientes ecol6gicos e periodos de tempo (Morada Nova = COSTA e PAGANI, 1986; FERNANDES, 1992; COSTA et aI., 1994. Santa Ines = SOUZA, 1987; VINAGRE et aI., 1993; SILVA e ARAUJO, 1998).

Este trabalho tem como objetivo avaliar comparativamente 0 desempenho produtivo

destas ra<;as,quanto ao peso total de cordeiros ao nascimento, peso total de cordeiros ao desmame por ovelha parida e taxa de sobrevivencia de cordeiros do nascimento ao desmame, sob condi<;6es similares de manejo e alimenta<;ao.

o

estudo foi realizado na Fazenda Experimental Arrial pertencente

a

Empresa de Pesquisa Agropecuaria do Ceara - EPACE, localizada no Municipio de Missao Velha, CE, no periodo de novembro/97 a setembro/98. 0 clima e tropical caracterizado por duas esta<;6es bem definidas: uma chuvosa, de janeiro a junho, e outra seca, de julho a dezembro, com

precipita<;ao pluviometrica media anual de 1.083mm (FUNCEME, 1999).

Foram avaliados dois micleos de ovinos das ra<;as Santa Ines e Morada Nova, cada um deles constituido por 72 matrizes e 3 reprodutores, mantidos em uma area de 55ha de pastagens cultivadas, constituidas de gramineas e leguminosas. Maiores detalhes sobre 0manejo animal encontra-se descrito no

trabalho publicado por MACHADO et aI. (1999).

As caracteristicas produtivas avaliadas foram: peso total de cordeiros ao nascimento

(PTCN) por femea parida, peso total de cordeiros ao desmame (PTCD) por femea parida e taxa de sobrevivencia de cordeiros do nascimento ao desmame (TS). As variaveis independentes consideradas foram a ra<;a, a idade e a condi<;ao corporal da matriz . Para idade da matriz foi considerada idade 1= 1 a 2 anos ate 4= acima de 4 anos e, para condi<;ao corporal, foram considerados os escores 1= mim, 2=-regular, 3=-boa e 4=-6tima, segundo criterios descritos por FERNANDES (1992). Para analise dos parametros, seguiu-se o seguinte modelo matematico:

y ijlm=m +Ai+Rj+II+Eij1m,, onde: y..lJm1 = Parametro produtivo

m = Media geral

Ai = Efeito de ra<;a (i = 1,2)

R = Efeito da idade da matriz (j = 1,2,3,4)

J

II = Efeito da condi<;ao corporal da matriz (1= 1, 2, 3, 4)

£1IJffi = Erro aleat6rio

Os dados foram analisados mediante analise de variancia e as medias comparadas atraves do teste de Tukey, utilizando-se 0 Statistical Analysis System ( SAS, versao 1985).

A analise da variancia dos pesos totais de cordeiros ao nascimento por femea parida

(3)

(PTCN) e dos pesos totais de cordeiros ao desmame par femea parida (PTCD) encontram-se na Tabela 1. Observa-se que a

ra9a teve efeito significativo (P<0,05) em ambos parametros, nao observando-se a me sma nas demais variaveis estudadas.

Tabela 1 - Analise da variancia de peso total de cordeiros nascidos (PTCN) e peso total de

cordeiros desmamados (PTCD) par femea parida, quanta

a

ra9a e idade e condi9aO corporal da matriz

Table I.-Analyses of variance for litter size at lambing (LSL and litter weigth at weaning (LWW) by breed, age and body condition of the ewe

Variavel GL (Degrees QM (Mean Squares)

Factors offreedom) PTCN* PTCD * LSL LWW Ra<;a 56,608* 873,048* Breed Idade da matriz 3 2,437 48,999 Age of ewe Condi<;iio corporal 3 2,627 139,666 Body condition Erro 123 1,759 59,511

As medias encontradas para peso total de cordeiros nascidos por ovelha parida foram de 4,83 e 3,30 kg e para peso total de cordeiros desmamados foi de 21,17 e 15,16 kg, respectivamente para as matrizes Santa Ines e Morada Nova, conforme e mostrado na Tabela 2.

Os resultados obtidos neste estudo mostram que0PTCN e0PTCD da ra9a Santa Ines foram superiores aos Morada Nova. Esta diferencia era esperada considerando 0maior peso corporal que apresentam as cordeiros da ra9a Santa Ines em rela9aO aos Morada Nova, evidenciando uma maior velocidade de crescimento nos primeiros. Outro fator importante a considerar, principalmente em rela9ao ao PTCN, e a fertiJidade da matriz. Neste sentido, a ra9a Morada Nova e considerada a de maior proJificidade dentre as ra9as existentes no Nordeste (SILVA et aI., 1987, 1988), porem, neste trabalho, em que os animais foram mantidos em boas condi90es

de alimenta9aO, a fertilidade nao foi diferente entre ambas ra9as.

Os val ores encontrados neste trabalho para PTCN e PTCD SaGsuperiores aos obtidos por FERNANDES (1992) para ovinos Morada Nova no Ceara, em que os pesos foram de 3,01 e 10,62kg respectivamente e estiveram influenciados pelo ana de nascimento, pela idade e peso das femeas ao parto e pelo tipo de parto. As medias tambem foram superiores ao PTCN de 3,49 kg e ao PTCD de 16,09 kg obtidos por SILVA et al (1995), os quais tiveram influencia do tipo de nascimento, do reprodutor, da idade da ovelha e do sexo da cria.

A taxa media de sobrevivencia (TS) dos cordeiros, do nascimento ate 0desmame, foi

de 97,0%, sendo de 98,17% para a ra9a Santa Ines e 94,58%, nao se observando influencia significativa (P> 0,05) da ra9a, idade e condi9ao corporal da matriz, conforme e mostrado na Tabela 3.

(4)

Tabela 2 - Medias para peso total de cordeiros nascidos (PTCN), peso total de cordeiros

desmamados (PTCD) por ovelha parida.

Table 2.-Mean rate of litter weigth at lambing (LWL) and litter weigth at weaning (LWW) by ewe lambing

Varia vel P TeN * P TeD *

R a9a

Breed

Morada Nova

Idade da matriz (anos)

Age afewe (years)

Body condition 1 2 3 4 4,83 " 3,3

°

b 21,17" 15,16b 4,17 " 3,67 " 4,17 " 4,22 a 16,81 " 1 7 ,2

°

a 19,44 a 1 9 ,18 a 3,45 a 4,07 a 4,14 a 4,58 a 14,36 a 17,35 " 19,76 a 21,17"

As taxas de sobrevivencia dos cordeiros da ra<;a Morada Nova encontradas neste trabalho estao acima das citadas na literatura brasileira. FIGUEIREDO (1986) obteve uma TS de 89% para os cordeiros nascidos de partos simples, 69% para partos duplos e 63 % para partos triplos, enquanto FERNANDES (1992) encontrou val ores de sobrevivencia de 89% e 69% respectivamente para partos simples e gemelares, os quais sofreram influencia do ana de nascimento, tipo de parto, idade e peso da matriz ao parto e pela intera<;ao ano de nascimento e tipo de parto. Tambem na ra<;aMorada Nova sao descritos valores de TS de 73,2% (MAGALHAES et al.,1994), , ate os 12 meses de idade, e de 74,6% (COSTA et al (1990), neste ultimo influenciada pela idade

da mae, ano da pari<;ao e pelo numero de cordeiros ao parto. Para ovinos da ra<;aSanta Ines, tambem os indices de sobrevivencia dos cordeiros apcs nascimento sao superiores aos relatados na literatura brasileira. SOUSA (1987) identificou TS de 77% para partos simples e 61 % para partos gemelares, enquanto SILVA e ARAUJO (1998) observaram valores de sobrevivencia de 84,58 % e LIMA et al. (1996) de 77,1 % e 88,4% em dois periodos de avalia<;ao. Num trabalho publicado por VINAGRE et al. (1989), com TS de 69%, nao foi observado diferen¢a significativa na sobrevivencia, do nascimento ao desmame, com rela<;ao ao sexo da cria, embora houve uma tendencia para uma men or TS dos machos (45,21 %) que nas femeas (54,79%).

(5)

Tabela 3 -Valores medios para taxa de sobrevivencia de cordeiros, do nascimento ao desmame, segundo a ra9a, idade e condi9ao corporal da matriz.

Table 3.- Lamb survival rate from birth to weaning according with breed, age and body condition

of ewe.

Variave1 Taxa de sobrevivencia

Ra9a Breed Santa Ines Morada Nova Idade da ma triz Age of ewe Condi9ao corporal Body condition 0,98 a 0,95 a 0,90 a 1,01a 0,96 a 0,98 a 0,95 a 0,96 a 4 0,97 a

**Medias, na coluna, seguidas de letras diferentes, diferem (P<O,05) pelo teste de Tukey

A maior sobrevi vencia e menor mortalidade dos cordeiros deste trabaIho, pode ser explicada pelo fato da boa condi9ao corporal das ovelhas da pari9ao ao desmame, aliado a que uma maior concentra9ao dos animais em pastagem cultivada permite um melhor controle dos animais. Os resultados desta pesquisa demonstram a importancia da condi9ao corporal na produ9ao dos animais.

o

peso total de cordeiros nascidos e desmamados produzidos pelas matrizes Santa Ines e superior, entre 40-45 %, que os da Morada Nova, mostrando serem cordeiros com maior velocidade de crescimento.

Na taxa de sobrevivencia dos cordeiros, do nascimento ao desmame, a ra9a parece nao ser um fator de importancia capital, mas sim a condi9ao corporal das matrizes.

(6)

MACHADO, J.B.B.; FERNANDES, A A0 ;

SELAIVE-VILLARROEL, A B.;

COSTA,A L.; LIMA, R.N.de; LOPES, E.A . Parametros reprodutivos de ovinos deslanados Morada Nova e Santa Ines mantidos em pastagem cultivada, no Estado do Ceara. Rev. Cient. Prod. Anim., v.1, n.2, p. 205-210, 1999.

COSTA, A. L. da.; PAGANI, 1. A. Comportamento produtivo de ovinos deslanados da ra9a Morada Nova no Acre. Embrapa-UEPAE-Acre, 1986 (Pesquisa em andamento, n° 48. p.1-5. 1986) COSTA, M.J.R. da. ; QUEIROZ, S. A. de. ;

RIBEIRO,J. L.C. Avalia9ao de alguns aspectos do desempenho de ovinos da ra9a Morada Nova na regiao de Franca - SP. Rev. Soc. Bras. Zootec.,vol. 19,nA. 1990.

FERNANDES, A. A. o. Genetic and phenotypic parameter estimates for growth, survival and reproductive traits in Morada Nova hair sheep. Stillwater; Oklahoma State University. 182p. PhD (Thesis). 1992.

FERNANDES, A. A. o. ; FIGUEIREDO, E. A. P. de. ; SANDERS, J. M. ; SHELTON, J.M. & MACHADO, F. H. F. Reproductive performance of Morada

Nova sheep. In: REUNIAo

TECNICO-CIENTIFICA DO PROGRAMA

COLABORATIVO PARA PEQUENOS RUMINANTES. 1. Anais ... Embrapa-CNPC. P.327-347. 1986.

FIGUEIREDO, E. A. P. de. Potencial breeding plans developed from observed genetic parameter and simulated genotypes for Morada Nova sheep in Northeast Brazil. Texas A. & M University. 165p. PhD (Thesis). 1986.

FUNCEME - Funda9ao Cearence de Meteorologia. Fortaleza, Ceara. 1999 IBGE-Funda9ao Instituto Brasileiro de

Geografia e Estatistica. Anuario Estatistico do Brasil. Rio de Janeiro. 1997.

LIMA, G. F. da C. ; MACIEL, F. C. & NOBRE, J. M. Ovinocultura uma alternati va pecuaria para pequenos criadores do semi-arido Nordestino. In:

REUNIAo ANUAL DA

SOCIEDADEBRASILEIRA DE

ZOOTECNIA. 33. Anais ... Fortaleza. SBZ. P. 524-526. 1996.

MAGALHAES, J. A. ; PEREIRA. R. G. de A. ; SILVA NETO, P. G. & TAVARES, A. C. Avalia9ao de ovinos Morada Nova em Tr6pico Umido. In: CONGRESSO

BRASILEIRO DE MEDICINA

VETERINARIA. 23 Olinda-PE. 1994. Anais ... Olinda. Soc. Bras. de Medicia Veterinaria. p.615. 1994.

SILVA, A E.D.P.; FOOTE, W.C; RIERA, G.S. Efeito do manejo nutricional sobre a taxa de ovula9ao e de foliculos, no decorrer do ana em ovinos deslanados no Nordeste do

,

Brasil. Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.22, n.6, p.635-654, 1987 SILVA, A E.D.P.; NUNES, J.P.; RIERA, G.S.;

FOOTE, W.C. Idade, peso e taxa de ovula9ao it puberdade em ovinos deslanadosno Nordeste do Brasil. Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.23, n.3, p.271-284. 1988

SILVA, P. L. R. da; ARAUJO, A. M. de. Parametros produtivos da ra9a Santa Ines, no Estado do Ceara. Sobral-CE. EMBRAPA-CNPC.· 1998 (Comunicado Tecnico n. 37, p.1-3. 1998).

(7)

SILVA, F. L. R. da. ; FIGUEIREDO, E. A. P. ; BARBIERI, M. E. & SIMPLICIO, A. A. Efeito de ambiente e de reprodutor sobre as caracteristicas de crescimento e de reproduc;ao em ovinos Santa Ines, no Estado do Ceara. Rev. Soc. Bras. Zootec. 24: 559-569. 1995.

SILVA, F. L. R. da. ; ARAUJO, A. M. de. & FIGUEIREDO, E. A. P. Caracteristicas de crescimento e de reproduc;ao em ovinos Somalis no Nordeste. Rev. Soc. Bras.Zootec. 27: 1107-1114. 1998. SOUSA, W. H. de. Genetic and environmental

factors afecting growth and reproductive performance of Santa Ines sheep in the semi-arid region of Brazil. Texas. Texas A. &M. University. 69p. Tese eMS). 1987 SAS. Institute Inc. Introductory Guide for Personal Computers. Version 7 Edition, cary, CN.USA, 1998.111p.

SIQUEIRA, S. C. P.; ARAUJO NETO, R. B. de. Prolificidade de ovinos deslanados Santa Ines, Morada Nova e Barriga Negra em pastagem nativa e suplementada e nao suplementada nas condic;6es de cerrado de Roraima. In: REUNIAo ANUAL DA

SOCIEDADE BRASILEIRA DE

ZOOTECNIA. 24. Anais ..SBZ., p 268. 1992

VINAGRE, O. T.; SIMPLICIO, T.B.; SILVEIRA, J. B.; VINAGRE, A. M .. Desempenho reprodutivo de ovelhas Santa Ines no Agreste paraibano. IN: REUNIAo

ANUAL DA SOCIEDADE

BRASILEIRA DE ZOOTECNIA. 30. Rio de Janeiro, Anais ... SBZ. p.259.

Imagem

Referências

temas relacionados :