Colégio Santa Dorotéia

Loading.... (view fulltext now)

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

Colégio Santa Dorotéia 1111 Para resolver as questões 1 e 2, LEIA o texto a seguir:

IDADE MÉDIA: "IDADE DAS TREVAS", PERÍODO MEDIEVAL DUROU DEZ SÉCULOS

A Idade Média e os temas medievais são usados até hoje em histórias reais ou fantásticas que chegaram até nós. Assim, os contos de fada, com suas princesas, castelos, dragões e reis, são geralmente ambientados na Idade Média. Ainda ouvimos falar também da bravura dos cavaleiros das Cruzadas, que atravessaram o Oriente Médio e a Europa para lutar contra os infiéis. Muitos rituais católicos têm origem medieval. Enfim, a Idade Média é uma fonte de histórias infantis, de lendas, filmes, jogos e video games. Mas ela se compôs fundamentalmente de fatos reais.

Por isso, devemos separar a realidade da imaginação. As pessoas de hoje têm uma visão idealizada desse passado, que foi recriado no imaginário da humanidade durante os últimos séculos. (...) Desse modo, os autores românticos inventaram um passado medieval cercado de ricos castelos e belas princesas. Isso estava dentro de um ideal artístico, que, no entanto, estava longe de espelhar a realidade da maioria da população que vivia naquele período.

Mas o que devemos entender, afinal de contas, quando dizemos "Idade Média"? Esse termo refere-se a

uma divisão do tempo que engloba praticamente 1 000 anos de história do continente europeu. Essa classificação para o período - "Média" - foi uma forma de os homens dos séculos XIV e XV (...)

mostrarem que eram inovadores, modernos, transformadores.

Esses homens - pintores, artistas e pensadores do chamado Renascimento - achavam que estavam rompendo com um período (...) dominado pelo pensamento da Igreja Católica. Assim, os renascentistas classificavam-se como "modernos" e acreditavam que estavam fazendo renascer o esplendor das culturas grega e romana da Antiguidade.

Entre a Idade Moderna e a Idade Antiga havia, portanto uma idade intermediária, que ficava no meio, sendo a média entre esses dois períodos. Assim nasceu o conceito de Idade Média.(...) De qualquer forma, o estudo desse período é extremamente importante, para podermos entender diversos aspectos da história do mundo ocidental.(...) Para compreender melhor esse vasto período, costuma usar-se uma subdivisão temporal entre Alta e Baixa Idade Média. A Alta Idade Média é o primeiro momento (...), já o período da Baixa Idade Média, sua segunda e última fase, foi aproximadamente do século X ao século XV. A partir dessa época, novas ideias e novas práticas foram surgindo e houve um processo de decadência das instituições feudais, que se formaram ao longo dos cinco séculos anteriores.(...) A ideia de Idade Média desde muito tempo esteve associada a atraso. (...) De maneira nenhuma podemos imaginar que foi somente isso que ocorreu no continente europeu durante os 1.000 anos de duração do período medieval. Por que não podemos dizer que a Idade Média foi uma época só de atraso para os povos europeus? Porque, embora impregnada pela mentalidade religiosa, a cultura floresceu (...). Ao mesmo tempo, se é fato que durante a Alta Idade Média a economia esteve praticamente centrada na agricultura, isso ocorria porque os feudos produziam grande parte dos produtos que necessitavam consumir e a circulação de pessoas era restrita numa Europa povoada por fortificações isoladas uma da outra. (...)

Enfim, não podemos mais continuar repetindo que a Idade Média seja um período "de trevas” (...). Na verdade, a própria Idade Moderna foi consequência de muitas conquistas medievais (...)

Disponível em: <http://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia/idade-media-idade-das-trevas-periodo-medieval-durou-dez-seculos.htm> Acesso em: 19 mar. 2018.

Colégio Santa Dorotéia

Área de Ciências Humanas Disciplina: História

Ano: 7º - Ensino Fundamental Professora: Letícia

Aluno(a): _______________________________________________ No.: _____ Turma: _____

Atividades para Estudo Autônomo

(2)

Colégio Santa Dorotéia 2 2 2 2

QUESTÃO 1

O trecho que confirma a visão preconceituosa da Idade Média é

a) A partir dessa época, novas ideias e novas práticas foram surgindo e houve um processo de decadência das instituições feudais, que se formaram ao longo dos cinco séculos anteriores.

b) Ao mesmo tempo, se é fato que durante a Alta Idade Média a economia esteve praticamente centrada na agricultura, isso ocorria porque os feudos produziam grande parte dos produtos que necessitavam consumir e a circulação de pessoas era restrita numa Europa povoada por fortificações isoladas umas da outras.

c) Desse modo, os autores românticos inventaram um passado medieval cercado de ricos castelos e belas princesas. Isso estava dentro de um ideal artístico, que, no entanto, estava longe de espelhar a realidade da maioria da população que vivia naquele período.

d) Esses homens – pintores, artistas e pensadores do chamado Renascimento - achavam que estavam rompendo com um período culturalmente atrasado do mundo ocidental, dominado pelo pensamento da Igreja Católica.

e) Por isso, devemos separar a realidade da imaginação. As pessoas de hoje têm uma visão idealizada desse passado, que foi recriado no imaginário da humanidade durante os últimos séculos.

QUESTÃO 2

De acordo com o autor do texto, estudar a Idade Média contribui para aprofundar a compreensão de diversos aspectos da história do mundo ocidental. ASSINALE a alternativa que apresenta permanências da Idade Média.

a) Celebrações e rituais cristãos. b) Exploração da mão de obra servil.

c) Inexistência de uma autoridade centralizada. d) Medo da fome e da morte.

e) Relações sociais baseadas em laços pessoais.

QUESTÃO 3

LEIA o trecho a seguir proferido pelo Papa Urbano II, convocando os cristãos a organizarem a Cruzada.

Deixai os que outrora estavam acostumados a se bater contra os fiéis em guerras particulares, lutar contra os infiéis (...). Deixai os que até aqui foram ladrões tornarem-se soldados. Deixai aqueles que outrora se bateram contra seus irmãos e parentes lutarem agora contra os bárbaros, como devem. Deixai os que outrora foram mercenários, a baixos salários, receber agora a recompensa eterna. (...) uma vez que a terra que habitais, fechada de todos os lados pelo mar e circundada por picos de montanhas, é demasiado pequena para a vossa grande população: a sua riqueza também não abunda, mal fornece o alimento necessário aos seus cultivadores (...). Tomai o caminho do Santo Sepulcro; arrebatai-o àquela raça perversa e submetei-o a vós mesmos.

As Cruzadas, além de libertar o Santo Sepulcro, tinham como objetivo a) aliviar as tensões internas da cristandade.

b) combater as guerras entre os nobres e a burguesia oriental. c) controlar as rotas comerciais pelo mar Mediterrâneo.

d) deter a invasão muçulmana na Europa.

(3)

Colégio Santa Dorotéia 3333

QUESTÃO 4

LEIA o texto a seguir:

Quando retornavam das Cruzadas, muito cavaleiros saqueavam cidades no Oriente. O material proveniente destes saques (joias, tecidos, temperos etc.) eram comercializados no caminho. Foi neste contexto que surgiram as rotas comerciais e as feiras medievais. A saída dos muçulmanos do mar Mediterrâneo também favoreceu o renascimento comercial. Foi neste contexto que começou a surgir uma nova camada social.

Disponível em: <http://www.suapesquisa.com/idademedia/baixa_idade_media.ht> a) IDENTIFIQUE a categoria social a que o trecho acima se refere.

________________________________________________________________________________ b) RELACIONE as Cruzadas e o Renascimento comercial.

________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________

QUESTÃO 5

LEIA o texto a seguir:

Nesta venerável basílica de Santiago de Compostela repousa, segundo a tradição, o corpo venerado de Santo Iago, por baixo do altar-mor (...). O pavimento do adro é de pedra; é ali que se vendem aos peregrinos pequenas conchas de mariscos, que são insígnias do santo; e também odres de vinho, sapatos, bolsas, cintos, todas as espécies de ervas medicinais e outras drogas.

Guia do peregrino de Santiago de Compostela. Citado por Gustavo Freitas. 900 textos e documentos de história. v. 1.

Lisboa: Platano, 1977. p. 153. a) IDENTIFIQUE a atividade econômica a que texto faz referência.

________________________________________________________________________________

b) EXPLIQUE a relação entre o texto e as mudanças ocorridas no cenário econômico europeu no início da Baixa Idade Média.

________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________ Para resolver as questões 6, 7 e 8, LEIA o texto a seguir:

LEIA o texto a seguir:

A EPIDEMIA DO FIM DOS TEMPOS

No início do século XIV, a China vivenciou uma epidemia mortal de peste bubônica. A peste ocorre em virtude de um bacilo, ou seja, um organismo presente no organismo dos ratos e que é repassado aos homens pelas pulgas que neles se hospedam. As pulgas, em contato com o corpo humano, regurgitam o sangue dos roedores e dessa forma a doença chega aos seres humanos. Assim que as primeiras pessoas são atingidas pela peste, a enfermidade se dissemina com grande rapidez.

Disponível em: <http://www.planetaeducacao.com.br> Acesso em: 20 mar. 2018.

(4)

Colégio Santa Dorotéia 4 4 4 4

QUESTÃO 6

CARACTERIZE a Peste Negra.

___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________

QUESTÃO 7

RELACIONE a disseminação da Peste Negra e a grande fome do século XIV.

___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________

QUESTÃO 8

RELACIONE a Peste Negra e a expansão do comércio após as Cruzadas.

___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________

A VERGONHA DA QUARTA CRUZADA

Em 1202, o exército cruzado, com voluntários da Europa, estava em Veneza, cheio de fé e fúria – e nenhum tostão no bolso. Tentou alugar uma frota de barcos para Jerusalém, que pretendia reconquistar das mãos islâmicas, nas quais havia caído em 1187. O dodge de Veneza fez uma proposta: se os cruzados o ajudassem a capturar Zara, localidade croata rival comercial da cidade italiana, ele bancaria a viagem. Cego e com 95 anos de idade, o mandatário fez os votos de cruzado e embarcou com os soldados supostamente rumo à Terra Santa, parando no caminho para trucidar os cristãos croatas, que em vão levantaram cruzes para mostrar que estavam do mesmo lado. A ameaça de excomunhão feita pelo papa Inocêncio III pouco valeu. O dodge seguiu para Constantinopla e conquistou o lugar. Ricos com as pilhagens, os cruzados pagaram a sua dívida e esqueceram a missão. No final, o dodge recebeu o pagamento na íntegra, mas os santificados guerreiros jamais puseram os pés em Jerusalém.

(5)

Colégio Santa Dorotéia 5555

GABARITO:

QUESTÃO 1 Letra D QUESTÃO 2 Letra A QUESTÃO 3 Letra C QUESTÃO 4 a) Comerciantes.

b) As Cruzadas ampliaram as rotas terrestres pelo mar Mediterrâneo e, ao fazê-lo, favoreceu o intercâmbio comercial entre Oriente e Ocidente.

QUESTÃO 5 a) Comércio.

b) No século XI, como consequência das inovações técnicas, ocorreu a produção de excedente agrícola. Esse excedente era comercializado, dando origem a um renascimento comercial e urbano. QUESTÃO 6

Peste negra é a designação pela qual ficou conhecida, durante a Baixa Idade Média, a pandemia de peste bubônica que assolou a Europa durante o século XIV e dizimou mais ou menos um terço da população europeia.

A doença é causada pela bactéria Yersinia pestis, transmitida ao ser humano através das pulgas dos ratos-pretos ou outros roedores.

QUESTÃO 7

A grande fome debilitou a população europeia, facilitando a contaminação da população pela bactéria. QUESTÃO 8

Os barcos dos comerciantes transportavam mercadoria do Oriente para o Ocidente e foram eles que levaram a bactéria para a Europa.

Imagem

Referências

temas relacionados :