• Nenhum resultado encontrado

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA. Projeto Pedagógico. Sala 1. Projeto Educativo elaborado por: Educadora de Infância.

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA. Projeto Pedagógico. Sala 1. Projeto Educativo elaborado por: Educadora de Infância."

Copied!
19
0
0

Texto

(1)

1

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

Proje

Proje

Proje

Projeto Pedagógico

to Pedagógico

to Pedagógico

to Pedagógico

Sala

Sala

Sala

Sala 1111

“Pintar o Futuro

“Pintar o Futuro

“Pintar o Futuro

“Pintar o Futuro---- Inclusão

Inclusão

Inclusão

Inclusão””””

Proje

Proje

Proje

Projeto Educativo elaborado por:

to Educativo elaborado por:

to Educativo elaborado por:

to Educativo elaborado por:

Educadora de Infância Educadora de Infância Educadora de Infância Educadora de Infância Cláudia Sofia …Em articulação com: …Em articulação com:…Em articulação com: …Em articulação com:

Aju

Aju Aju

Ajudante de Adante de Adante de Ação Educativadante de Ação Educativação Educativação Educativa Margarida Nunes

Ano Leti

Ano Leti

Ano Leti

Ano Letivo 201

vo 201

vo 201

vo 2018888 / 201

/ 201

/ 201

/ 2019999

(2)

2

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

“Quando olho para uma

criança ela me inspira dois

sentimentos, ternura pelo que

é, e respeito pelo que posso

ser”

(3)

3

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

1.

1.

1.

1.

Índice

Índice

Índice

Índice

Pág.Pág.Pág. Pág.

1. Índice--- 3

2. Caracterização da faixa etária--- 4

3. Constituição do grupo--- 5

4. Adultos da Sala 1 e respetivos horários--- 6

5. Papel dos adultos no desenvolvimento da criança--- 7

6. Organização do tempo e do espaço--- 8

7. Caracterização da sala--- 9

8. Orientações curriculares para a Pré-escolar--- 10 / 11 9. Plano Anual de Atividades da sala 1--- 12 / 17 10. Bibliografia--- 18

(4)

4

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

2.

2.

2.

2.

Caracterização

Caracterização

Caracterização

Caracterização da

da

da

da faixa etária

faixa etária

faixa etária 5555 anos

faixa etária

anos

anos

anos

Características do crescimento e desenvolvimento • É capaz de concentrar a atenção por períodos

mais longos, 20-40 minutos • É mais segura de si própria

• Aparece o interesse pelo mundo fora do lar • Tem iniciativa

• Período de transição entre individualismo e participação em grupos maiores

• Distingue melhor a realidade da fantasia • Faz perguntas sobre tudo que a rodeia • Aumenta o poder de concentração e atenção

(5)

5

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

3.

3.

3.

3.

Constituição

Constituição

Constituição

Constituição do grupo

do grupo

do grupo

do grupo

Raparigas

Raparigas

Raparigas

Raparigas---

---

--- 13

---Rapazes

Rapazes

Rapazes

Rapazes ---

---

--- 11

NOME DAS CRIANÇAS

NOME DAS CRIANÇAS

NOME DAS CRIANÇAS

NOME DAS CRIANÇAS

DATA DE NASCIMENTO

DATA DE NASCIMENTO

DATA DE NASCIMENTO

DATA DE NASCIMENTO

Alicia 6/9/13 Adam 14/2/13 Carolina 8/12/13 Carlota Cristiana Diego 30/4/13 Elaine 28/8/13 Enzo Francisco 22/12/13 Gustavo 2/5/13 Inês Leonor Faria 5/10/13 Lara Matilde 24/10/13 Miguel 11/10/13 Maria João 16/7/13 Martim 14/3/13 Maria 31/10/13 Rodrigo Silva 16/12/13 Rodrigo Fonseca 28/10/13 Soraia 17/2/13 Tiago 7/3/13 Tomás 30/7/13 Vinício 15/10/13

(6)

6

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

4.

4.

4.

4.

Adultos da Sala

Adultos da Sala

Adultos da Sala

Adultos da Sala 1111 e respe

e respe

e respe

e respetivos horários

tivos horários

tivos horários

tivos horários

Cláudia Sofia:

Cláudia Sofia:

Cláudia Sofia:

Cláudia Sofia:

9h30-17h30 (intervalo:

intervalo:

intervalo:

intervalo: 14h30-15h30)

Margarida Nunes

Margarida Nunes

Margarida Nunes

Margarida Nunes::::

7h30-16h00 (intervalo:

intervalo:

intervalo:

intervalo: 13h00-14h30)

(7)

7

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

5.

5.

5.

5.

Papel dos adultos no desenvolvimento da criança

Papel dos adultos no desenvolvimento da criança

Papel dos adultos no desenvolvimento da criança

Papel dos adultos no desenvolvimento da criança

É muito importante o papel dos pais na adaptação da criança no

Jardim de Infância. O contacto permanente entre

Pais/Educadora/Ajudante de Ação Educativa, vai facilitar o trabalho e ajudar no crescer de cada criança.

O papel da Educadora e da Ajudante de Ação Educativa é transmitir afeto, respeito e de uma forma divertida encorajar o diferente desenvolvimento de cada criança.

Para que isto aconteça, é preciso, estabelecer uma relação de confiança e colaboração em parceria entre Jardim de Infância e Família:

• Possível participação em atividades da sala

• Solicitação de trabalhos com a colaboração dos Pais em casa • Convívio em dias festivos, celebrações

• Reuniões individuais de Encarregados de Educação

O Jardim de Infância é o local onde tudo se inicia, é a primeira fase da educação básica, necessária ao longo da vida. Esta definição toma esta valência indispensável para a construção da personalidade da criança e do seu desenvolvimento cognitivo, moral, afetivo e motor.

(8)

8

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

6.

6.

6.

6.

Organização do tempo e do espaço

Organização do tempo e do espaço

Organização do tempo e do espaço

Organização do tempo e do espaço

ORGANIZAÇÃO DE UM DIA NA…

ORGANIZAÇÃO DE UM DIA NA…

ORGANIZAÇÃO DE UM DIA NA…

ORGANIZAÇÃO DE UM DIA NA…

SALA

SALA

SALA

SALA 1111

HORAS ROTINAS DIÁRIAS HORAS ROTINAS DIÁRIASHORAS ROTINAS DIÁRIASHORAS ROTINAS DIÁRIAS

7h30 7h307h30

7h30h h h h –––– 8ho08ho08ho0 8ho0

Receção das crianças

8h00 8h00 8h00

8h00 –––– 9h309h309h309h30 Acolhimento na sala 1 com a ajudante da sala 9h30m 9h30m 9h30m 9h30m –––– 9h45m9h45m9h45m 9h45m

Reunião na manta com o grande grupo • Contagem das crianças

• Canção do “Bom dia”

• Conversa sobre a atividade a realizar 10h 10h 10h 10h –––– 10h15m10h15m10h15m10h15m Atividade: . orientada / livre

. pequeno grupo / grande grupo . com material / sem material 10h15m

10h15m 10h15m

10h15m –––– 10h30m10h30m10h30m10h30m

Arrumação da sala e dos materiais utilizados na realização das atividades

10h30m 10h30m 10h30m

10h30m –––– 10h45m10h45m10h45m 10h45m Hora da fruta (antecedido e precedido por momentos de higiene)

11h 11h 11h

11h–––– 12h12h12h12h Momentos livres (recreio / sala) 12h

12h 12h

12h–––– 12h45m12h45m12h45m 12h45m

Almoço (antecedido e precedido por momentos de higiene)

13h 13h13h

13h–––– 15h30m15h30m15h30m 15h30m Brincadeira livre / finalização de trabalhos 15h30m 15h30m15h30m 15h30m–––– 15h45m15h45m15h45m15h45m Arrumação da sala 16h 16h16h 16h–––– 11116h30m6h30m6h30m 6h30m

Lanche (antecedido e precedido por momentos de higiene)

16h30m 16h30m16h30m

16h30m–––– 19h30m19h30m19h30m19h30m

Momentos livres (jogos e brincadeiras nas áreas/recreio) / saída

(9)

9

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

7.

7.

7.

7.

Caracterização da sala

Caracterização da sala

Caracterização da sala

Caracterização da sala

A sala é ampla e recebe luz natural, contudo é frequente recorrer-se à luz artificial.

Existem quatro armários na sala, um que serve para arrumar livros e materiais utilizados pela educadora, outros dois que servem de apoio aos adultos da sala e o quarto que serve para arrumar os materiais de trabalho e outros materiais que as crianças podem usar livremente, nomeadamente folhas; lápis A sala também dispõem de um pequeno lavatório.

Os trabalhos das crianças, tanto realizados com a educadora, como com a professora do Inglês, são expostos em dois placards distintos. Os realizados com a educadora são colocados no placard comprido existente dentro da sala. Os trabalhos de inglês são também colocados no placard que se encontra no interior da sala.

Existem quatro áreas distintas, são elas: ÁREA DA

ÁREA DA ÁREA DA

ÁREA DA CASINHA:CASINHA:CASINHA: constituída por uma mesa CASINHA: pequena com quatro bancos; móvel de cozinha com arrumação; garfos; facas; colheres; pratos; panelas; utensílios de cozinha e alimentos de plástico; bonecas.

Nesta área as crianças desenvolvem atividades manipulativas, sensoriais e de exploração, estabelecendo relações sociais. Representam, imaginam e criam personagens.

ÁREA DA GARAGEM: ÁREA DA GARAGEM: ÁREA DA GARAGEM:

ÁREA DA GARAGEM: existem carros e uma pista construída pela educadora da sala.

ÁREA DOS JOGOS E DAS CONSTRUÇÕES: ÁREA DOS JOGOS E DAS CONSTRUÇÕES: ÁREA DOS JOGOS E DAS CONSTRUÇÕES: ÁREA DOS JOGOS E DAS CONSTRUÇÕES: é constituída por um móvel com diversos jogos, entre eles: puzzles; dominó; jogos de associação; plasticina; legos; etc.

ÁREA DA BIBLIOTECA: ÁREA DA BIBLIOTECA: ÁREA DA BIBLIOTECA:

ÁREA DA BIBLIOTECA: é um espaço onde existem almofadas e claro diversos livros. Aqui as crianças podem escolher as histórias que pretendem “ler” umas às outras.

(10)

10

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

8.

8.

8.

8.

Orientações curriculares para a Pré

Orientações curriculares para a Pré

Orientações curriculares para a Pré

Orientações curriculares para a Pré----escolar

escolar

escolar

escolar

As Áreas de Conteúdo na Educação Pré-Escolar são uma forma de pensar e organizar a intervenção do educador e as experiências proporcionadas pelas crianças.

As áreas de conteúdo são trabalhadas a partir de atividades, visto que a criança aprende a partir da exploração do mundo que a rodeia.

Partem do nível de desenvolvimento da criança, da sua atividade espontânea e lúdica, estimulando o seu desejo de criar, explorar e transformar, tornando as suas ações em futuras reflexões cada vez mais complexas.

As Áreas de Conteúdo na Educação Pré-Escolar são três e articulam-se entre si, nomeadamente:

• ÁREA DE FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL:ÁREA DE FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL:ÁREA DE FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL: corresponde a ÁREA DE FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL: um processo que deverá favorecer, de acordo com as fases do desenvolvimento, a aquisição de espírito crítico e a interiorização de valores espirituais, estéticos, morais e cívicos. • ÁREA DE EXPRESSÃO E COMUNICAÇÃO:ÁREA DE EXPRESSÃO E COMUNICAÇÃO:ÁREA DE EXPRESSÃO E COMUNICAÇÃO: engloba as ÁREA DE EXPRESSÃO E COMUNICAÇÃO:

aprendizagens relacionadas com o desenvolvimento psicomotor e simbólico que determinam a compreensão e o progressivo domínio de diferentes formas de linguagem

DOMÍNIO DAS EXPRESSÕES: DOMÍNIO DAS EXPRESSÕES: DOMÍNIO DAS EXPRESSÕES: DOMÍNIO DAS EXPRESSÕES:

• EXPRESSÃO MOTORA:EXPRESSÃO MOTORA:EXPRESSÃO MOTORA: explora a motricidade fina, global e os EXPRESSÃO MOTORA: jogos de movimento

• EXPRESSÃO DRAMÁTICA:EXPRESSÃO DRAMÁTICA:EXPRESSÃO DRAMÁTICA: explora o jogo simbólico e sua EXPRESSÃO DRAMÁTICA: evolução, e o jogo dramático através de, por exemplo, fantoches e sombras chinesas.

• EXPRESSÃO PLÁSTICA:EXPRESSÃO PLÁSTICA:EXPRESSÃO PLÁSTICA: é um meio de representação e EXPRESSÃO PLÁSTICA: comunicação, em que os materiais usados pelas crianças deverão obedecer a critérios de qualidade. Estes devem estar sempre acessíveis às crianças, promovendo um acesso à arte e à cultura • EXPRESSÃO MUSICAL:EXPRESSÃO MUSICAL:EXPRESSÃO MUSICAL: engloba o escutar, cantar, dançar e EXPRESSÃO MUSICAL:

tocar

(11)

11

DOMÍNIO DAS LINGUAGEM ORAL E ABORDAGEM À ESCRITA DOMÍNIO DAS LINGUAGEM ORAL E ABORDAGEM À ESCRITA DOMÍNIO DAS LINGUAGEM ORAL E ABORDAGEM À ESCRITA DOMÍNIO DAS LINGUAGEM ORAL E ABORDAGEM À ESCRITA

• Fomentar o diálogo

• Ter interesse em comunicar

• Adquirir um progressivo domínio da linguagem

• Explorar o carácter lúdico da linguagem (rimas, lengalengas, poesia)

• Proporcionar diferentes situações de comunicação • Apropriar-se das funções da linguagem

• Conhecer e explorar a comunicação não verbal • “Imitar” a escrita e a leitura

• Familiarizar-se com o código escrito DOMÍNIO DA MATEMÁTICA

DOMÍNIO DA MATEMÁTICA DOMÍNIO DA MATEMÁTICA DOMÍNIO DA MATEMÁTICA

• Vivência do espaço e do tempo • Princípios lógicos

• Classificação • Formar conjuntos • Seriar e ordenar • Conceito de número

• Encontrar formas e padrões • Noção de tempo e de espaço • Utilização de materiais próprios • Medir

• Pesar

• Resolver problemas

ÁREA DE CONHECIMENTO DO MUNDO ÁREA DE CONHECIMENTO DO MUNDO ÁREA DE CONHECIMENTO DO MUNDO ÁREA DE CONHECIMENTO DO MUNDO

Enraíza-se na curiosidade natural da criança e no seu desejo de saber e compreender o porquê. Curiosidade que é fomentada e alargada na educação pré-escolar através de oportunidades de contactar com novas situações que são também de descoberta e de exploração do mundo.

(12)

12

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

9.

9.

9.

9.

Plan

Plan

Plan

Plano Anual de A

o Anual de A

o Anual de Atividad

o Anual de A

tividad

tividad

tividades da sala

es da sala

es da sala

es da sala 1111

O tema do projeto não é tão importante como o processo pelo qual as crianças passam, ao pensar, sentir, trabalhar e progredir em conjunto com as outras crianças e adultos.

O importante é que cada criança participe e cresça quanto possível num contexto de investigação e experimentação em grupo.

Ao planificar as atividades, a educadora de infância tem de conhecer as caraterísticas evolutivas da faixa etária que se encontra o grupo de crianças. Isso vai ajudar a acompanhar o crescimento destas e a planificar o seu trabalho, de acordo com as competências do grupo em geral e de cada criança em particular.

Por isso, os meus objetivos de trabalho para este ano letivo são: .Respeitar regras, colegas e adultos

.Compreender e ser capaz de integrar .Desenvolver o espírito de equipa – grupo

.Desenvolver a autonomia, sociabilidade e cooperação .Desenvolver a motricidade fina

.Desenvolver a linguagem oral .Desenvolvimento da imaginação

.Estimular a participação direta ou indireta da família nas atividades da sala

(13)

13

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

1º Perío

1º Perío

1º Perío

1º Período

do

do

do

Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos

Objetivos

Objetivos

Objetivos

Objetivos

Atividades

Atividades

Atividades

Atividades

Uma escola Mágica

• Estimular uma boa adaptação e

integração de todas as crianças novas no grupo já existente do ano anterior; • Conhecer e explorar os espaços e os

materiais;

• Tomar consciência de si e dos outros; • Melhorar as relações interpessoais:

cooperar e colaborar com os outros; • Aprender a identificar o seu nome

• Criação das áreas de atividades; • Estruturação e decoração da ala;

• Jogos cooperativos e de conhecimento mútuo;

• Dar a conhecer ao grupo o código da linguagem gestual

• Exploração livre de materiais;

• Elaboração dos quadros: presenças; dias da semana; mapa do mês; tempo; aniversários; etc.;

Dia da Alimentação

• Tomar consciência dos alimentos que

devemos comer menos e dos que devemos comer mais

• A importância da água na alimentação

• Visualizar os alimentos que fazem parte da roda dos alimentos;

• Elaborar uma Roda dos Alimentos

O Outono

• Observar a Natureza;

• Tomar consciência das mudanças que acontecem nesta estação;

• Estimular o vocabulário descritivo; • Conhecer os frutos do outono;

• Identificar a estação do ano e conhecer as suas características

• Conversa sobre o outono; • Observação de um castanheiro;

• Colagem de materiais naturais apanhados no exterior;

(14)

14

S. Martinho

• Vivenciar de forma lúdica este dia; • Fomentar a socialização

• Conto da Lenda de S. Martinho; • História da Maria Castanha;

• Elaboração de castanhas com vários materiais;

• Realização de um magusto na instituição;

• Elaboração de uma prenda alusiva ao S. Martinho;

• Recitar poesias, canções e histórias alusivas à data

Natal

• Incentivar a relação Escola/Família; • Fomentar o espírito de partilha,

solidariedade e amizade; • Vivenciar o espírito natalício

• Decoração da sala – enfeites da árvore de natal;

• Elaboração de trabalhos de carácter plástico (presente para os pais, cartão de boas festas, enfeites);

• Canções, lenga-lengas e histórias de natal;

• Realização da Festa de Natal;

• Descrever/desenhar os membros da família;

• Carta ao Pai Natal; • Ida aos Correios

(15)

15

2º Período

2º Período

2º Período

2º Período

Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos

Objetiv

Objetiv

Objetiv

Objetivos

os

os

os

Atividades

Atividades

Atividades

Atividades

Som das Cores

• Estimular o desenvolvimento da capacidade de observação;

• Promover o desenvolvimento do sentido estético;

• Visualizar e explorar uma pintura de um determinado pintor;

• Diálogo sobre as diferenças de um pintor de obras de arte e um pintor de casas; • Realização de uma pintura conjunta

entre as crianças

Inverno

• Adquirir novos conhecimentos;

• Conhecer as principais características da estação;

• Distinguir as diversas peças do vestuário;

• Alargar o vocabulário;

• Saber situar-se no tempo, reconhecendo mudanças sazonais

• Elaboração de atividades de recorte e colagem sobre vestuário;

• Leitura de histórias alusivas ao Inverno; • Canções, lenga-lengas e poesias sobre o

Inverno

Dia de Reis

• Incentivar a valorização das tradições, costumes

• Conhecer a história dos Reis Magos • Elaboração de uma coroa

• Degustação de um bolo rei

Meio Ambiente

• Levar a criança a preocupar-se com a preservação do ambiente

• Conhecer e valorizar a utilidade da água

• Leitura da história “A Gotinha de Água” • Construção de ecopontos

(16)

16

Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos

Objetivos

Objetivos

Objetivos

Objetivos

Atividades

Atividades

Atividades

Atividades

Carnaval

• Desenvolver o espírito de alegria e diversão

• Vivenciar as tradições da época de Carnaval

• Canções, poesias sobre o Carnaval • Elaboração de fatos de carnaval para o

desfile

• Participar no desfile de Carnaval

Primavera

• Conhecer as principais características da primavera

• Trabalhos individuais e de grupo sobre a estação

• Canções, lenga-lengas e poesia sobre a primavera

(17)

17

3333º Período

º Período

º Período

º Período

Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos

Objetivos

Objetivos

Objetivos

Objetivos

Atividades

Atividades

Atividades

Atividades

Amizade sobre Rodas

• Dar a conhecer as limitações de algumas crianças

• Saber respeitar o próximo com limitações

• Jogos de motricidade global (saltar ao pé coxinho, chutar a bola apenas com um pé de cada vez

Páscoa

• Transmissão de valores e costumes • Sensibilizar as crianças para o

significado da Páscoa

• Vivenciar o espírito de partilha e amizade

• Canções, lenga-lengas e poesia sobre a Páscoa

• Elaboração de uma prenda

Dia da Família

• Conhecer os membros que compõem uma família;

• Reforçar laços familiares;

• Elaborar uma prenda para oferecer a um membro da família (escolhido pela criança)

• Convidar para vir à instituição um membro da família para festejar o dia com a criança

Dia da Criança

• Incentivar o sentido da amizade • Promover o espírito de alegria

• Elaboração de uma prenda para cada criança

(18)

18

JAR

JAR

JAR

JARDIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

DIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

DIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

DIM INFANTIL POPULAR DA PONTINHA

11.

11.

11.

11.

Bibliografia

Bibliografia

Bibliografia

Bibliografia

• VASCONCELOS, T.M.S. (1997) – Coleção Educação

Pré-Escolar – Orientações Curriculares para a

Educação Pré-Escolar, Ministério da Educação, Lisboa

(19)

Referências

Documentos relacionados

22 Este é o caso, por exemplo, da TV Triãngulo, em Uberlândia, Minas Gerais.. aspectos igualmente relevantes, um posicionamento em geral mais neutro das geradoras do Rio, São Paulo

Cada criança da Sala Berçário (dos 4 aos 12 meses de idade) tem carateristicas próprias que se devem respeitar. A adaptação das crianças à sala tem sido feita de forma

Fazer chamada das crianças no início do dia; Projeção de fotografias de atividades; Jogos motores; Exploração livre dos materiais didáticos/interação adulto-criança;

desenvolvimento). É um grupo muito espontâneo, que têm diferentes formas de demonstrarem os seus sentimentos. Riem intensamente se algo lhes agrada muito ou, rapidamente choram,

 Para a realização desta lâmina, com uma pipeta pingar uma gota de cada cultura em lâminas, colocar a lamínula em um ângulo de 45°, deixá-la cair e pressionar com

humanos; condução de pesquisa envolvendo seres humanos; reconhecimento de autoria; propriedade intelectual; relação empresa/indústria- universidade; o processo de

17 CORTE IDH. Caso Castañeda Gutman vs.. restrição ao lançamento de uma candidatura a cargo político pode demandar o enfrentamento de temas de ordem histórica, social e política

As informações desta FISPQ representam os dados atuais e refletem com exatidão o nosso melhor conhecimento para o manuseio apropriado deste produto sobre condições normais