• Nenhum resultado encontrado

O Último Sermão do Profeta Muhammad

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "O Último Sermão do Profeta Muhammad"

Copied!
16
0
0

Texto

(1)

O Último Sermão do

Profeta Muhammad

(2)

Uma Advertência Final

O

amado Profeta Muhammad, que Deus o exalte, nasceu em Meca, Arábia Saudita, por volta de 570 EC. É um exemplo para toda a humanidade. Foi um homem notável em todos os momentos. Destacou-se em todos os segmentos da vida como profeta, governante, filósofo, orador, soldado, marido, amigo, pai, tio, sobrinho e avô. Era um homem de amor, paciência, coragem, sabedoria, generosidade, inteligência e magnitude, que inspirou milhões de vidas em todo o mundo.

Deus diz, no Alcorão, que ele foi enviado como misericórdia, aos povos do mundo.

“Nós te enviamos como uma misericórdia para os povos”. (Alcorão 21:107)

Sua missão profética começou na idade de quarenta anos, por volta de 610 EC e continuou até 632 EC. A humanidade foi

(3)

levada do caminho da ignorância ao caminho correto. Foi abençoada com a orientação de Deus.

Pouco antes de sua morte, o Profeta Muhammad fez um sermão durante o Hajj, que ficou conhecido como seu “Sermão de Despedida.” Esse sermão final não era apenas um lembrete a seus seguidores, mas também, uma advertência importante. O último sermão confirma o fim de sua missão profética.

O ano 10 da Hégira (calendário islâmico) é considerado como o mais significativo por três razões. Primeiro, foi o ano em que o Profeta fez o seu Sermão de Despedida durante sua peregrinação a Meca. Segundo, foi o ano em que diversas comitivas esperaram o Profeta para prestar homenagens ou fazer a paz com os muçulmanos. Terceiro, foi o período dourado do Islam quando multidões de pessoas abraçaram a fé, ao aceitar a mensagem do Profeta.

(4)

O Profeta Muhammad empreendeu sua peregrinação de despedida no ano 10 da Hégira. É um dos eventos históricos mais significativos nas mentes dos muçulmanos, porque foi a primeira e última peregrinação feita pelo Profeta Muhammad e, também, um modelo de como realizar o quinto pilar do Islam, o Hajj.

O último sermão do Profeta Muhammad foi feito durante o Hajj do ano de 632 EC, o nono dia de Dhul Hijjah, o décimo segundo mês do ano lunar, em Arafat, o dia mais abençoado do ano. Incontáveis muçulmanos estavam presentes.

O Sermão de Despedida:

Após louvar e agradecer a Deus, o Profeta, que Deus o exalte, disse:

“Ó Povo, preste atenção, porque eu não sei se estarei entre vocês novamente depois desse ano. Portanto, ouçam o que estou

(5)

dizendo, com muita atenção e levem essas palavras àqueles que não puderam estar presentes hoje.

Ó Povo, assim como consideram esse mês, esse dia e essa cidade como sagrados, considerem a vida e a propriedade de todo muçulmano como sagradas. Devolvam os bens que lhes forem confiados aos seus legítimos donos. Não prejudiquem uns aos outros para que ninguém os prejudique. Lembrem-se de que encontrarão seu Senhor e Que pedirá contas de seus atos. Deus proibiu a usura (juros) e, portanto, todas as obrigações baseadas em juros devem ser renunciadas. O seu capital, entretanto, deve ser mantido. Não devem infligir nem sofrer qualquer injustiça. Deus julgou que não deve haver juros e que todo o juro devido a Abbas ibn Abd’al Muttalib deve, portanto, ser renunciado...

Tenham cuidado com Satanás, pela segurança de sua religião. Ele perdeu a

(6)

esperança de desviá-los nas grandes coisas, então fiquem atentos para não o seguirem nas pequenas coisas.

Ó Povo, é verdade que têm certos direitos em relação às suas mulheres, mas elas também têm direitos sobre vocês. Lembrem-se de que as tomaram como esposas, somente sob a custódia de Deus e com Sua permissão. Se elas mantiverem os seus direitos, então, pertence-lhes o direito de serem vestidas e alimentadas com gentileza. Tratem bem suas mulheres e sejam gentis, porque são suas parceiras e ajudantes dedicadas. É seu direito que não façam amizade com quem não aprovem e, também, que sejam castas.

Ó Povo, ouçam-me com atenção, adorem a Deus, façam suas cinco orações diárias, jejuem durante o mês de Ramadan e paguem o Zakat. Façam o Hajj se tiverem meios.

(7)

Toda a humanidade descende de Adão e Eva. Um árabe não é superior a um não-árabe, nem um não-árabe tem qualquer superioridade sobre um árabe; o branco não tem superioridade sobre o negro, nem o negro é superior ao branco; ninguém é superior, exceto pela piedade e boas ações. Aprendam que todo muçulmano é irmão de todo muçulmano e que os muçulmanos constituem uma irmandade. Nada que pertença a um muçulmano é legítimo ao outro, a menos que seja dado de livre e espontânea vontade. Portanto, não cometam injustiças contra vocês mesmos.

Lembrem-se de que, um dia, apresentar-se-ão perante Deus e responderão por seus atos. Então, fiquem atentos e não se desviem do caminho da retidão após a minha partida.

Ó Povo, nenhum profeta ou apóstolo virá depois de mim e nenhuma nova fé

(8)

nascerá. Reflitam bem, portanto, ó povo e compreendam as palavras que eu lhes transmito. Deixo duas coisas, o Alcorão e o meu exemplo - a Sunnah, se os seguirem jamais se desviarão.

Todos aqueles que me ouvem, devem passar minhas palavras adiante, muitas vezes, que os últimos as compreendam melhor do que aqueles que me ouvem diretamente. “Seja minha testemunha, Ó Deus, de que eu transmiti a Sua mensagem a seu povo”.

Assim o amado Profeta completou seu Sermão de Despedida e ao fazê-lo, próximo da congregação de Arafat, a revelação desceu: “... Hoje, completei a religião para vós; e vos escolhi o Islam como religião...” (Alcorão 5:3).

Mesmo hoje, o Sermão da Despedida do Profeta Muhammad é passado a cada

(9)

muçulmano, em todos os cantos do mundo, por todos os meios de comunicação possíveis. O Profeta é lembrado por todos os muçulmanos, nas mesquitas, por intermédio de preleções. De fato, os significados desse sermão são surpreendentes, tocando alguns dos direitos mais importantes que Deus tem sobre os homens e que os homens têm, uns sobre os outros. Embora a alma do Profeta tenha deixado esse mundo, suas palavras continuam vivas em nossos corações.

(10)

Lista de Livros Grátis em Português www.fambras.org.br

Cópia Gratuita do Nobre Alcorão na Língua Portuguesa

www.fambras.org.br

OBS: Esperamos que após o término da leitura de nossos livros, repasse-os a outras pessoas, para que o benefício seja distribuído em todos os lugares.

(11)

Lista de Mesquitas e Instituições Islâmicas no Brasil Federação das Associações Muçulmanas do Brasil

R Tejupá, 188 – Jabaquara - São Paulo - SP - Brasil - CEP: 04350-020 Tel: (55 11) 5035-0820 Fax: (55 11) 5031-6586 Email: info@fambras.org.br www.fambras.org.br Mesquita Brasil

R Br. de Jaguara, 632 - Cambuci - São Paulo - SP - Brasil - CEP: 01516-000

Tel: (55 11) 3208-3726

Fax: (55 11) 3208-6789 Email: sbm@mesquitadobrasil.com.br

Liga da Juventude Islâmica Beneficente do Brasil

R Br. de Ladário, 922 - Pari - São Paulo - SP - Brasil - CEP: 03010-000

Tel: (55 11) 3311-6734

Email: ligaislamica@ligaislamica.org.br www.ligaislamica.org.br

(12)

Mesquita Abu Bakr

R Henrique Alves dos Santos, 161, Jd das Américas, CP 242 - S Bernardo do Campo - SP - CEP: 09725-530 Tel: (55 11) 4122-2400

Fax: (55 11) 4332 2090 portal@islambr.com.br

www.islambr.com.br

Mesquita de Santo Amaro

(Federação das Entidades Muçulmanas do Brasil) Av. Yervant Kissijkian, 106 - Sto Amaro - São Paulo - SP - CEP: 04657-001 Tel: (55 11) 5563-8917 / 5031-0810 Fax: (55 11) 5563-8917 sociedadesobem@gmail.com www.sobem.com.br Mesquita de Santos

Sociedade Beneficente Islâmica do Litoral Paulista Av. Afonso Pena, 309, Litoral - Santos – SP - CEP: 11020-001

Tel: (55 13) 32725726

islamica@uol.com.br

Mesquita de Mogi das Cruzes

Sociedade Beneficente Islâmica de Mogi das Cruzes Av. Francisco Ferreira Lopes, 1304 - Mogi das Cruzes - SP- CEP: 08735-200

(13)

Mesquita Muçulmana de Barretos

União Beneficiente Muçulmanos de Barretos Rua 06 nº 100 esquina com a 21 Barretos - SP Cep: 14780-000

Sociedade Beneficente Muçulmana do Rio de Janeiro

Rua Gonzaga Bastos, 77 – Tijuca – Rio de Janeiro - RJ - CEP 20541-000

Tel: (55 21) 2224-1079 sbmrjbr@yahoo.com www.sbmrj.org.br

Instituto Latino Americano de Estudos Islâmicos

R Saadeddine Ali Wardeni, 26 - Jd. Guaporé - Maringá - PR - CEP 87060 -250

Tel: (55 11) 44 3024-0020

contato@academiaislamica.org.br

www.academiaislamica.org.br

Centro Cultural Beneficente Islâmico de Foz do Iguaçu

Rua Meca S/N - Jardim Central

CEP: 85864-410 - Foz do Iguaçu - PR - Brasil Tel: (55 45) 3573-1126

ccbifoz@hotmail.com

(14)

Centro Cultural Islâmico da Bahia

Rua Dom Bosco, 190 – Nazaré – Salvador – BA – Brasil

Tel: (55 71) 3241-1337

centroislamicodabahia@hotmail.com www.ccib.org.br/index.htm

Centro Islâmico do Recife

R da Glória, 353 - Boa Vista - Recife - PE - Brasil - CEP:50060-280

Tel: (55 81) 3423-1393

cir-pe@hotmail.com

Associação Beneficente Muçulmana do Rio Grande do Norte

Av Romualdo Galvão, 1155 - Lagoa Nova - Natal - RN - Brasil - CEP: 59056-100

Tel: (55 84) 3222-4070

islamnatal@islamnatal.org www.islamnatal.org

Mesquita Rei Faiçal

R São Marcos, 125 - Vila Siam - Londrina - PR – Brasil – CEP: 86039-020

Tel: (55 43) 9139-5872

contato@londrinaislam.com http://londrinaislam.webs.com

(15)

Centro Cultural Islâmico de Porto Alegre

R Dr Flores, 62 sl 1001 – Centro – Porto Alegre – RS CEP: 90030-002

Tel: (55 51) 3085-6201

islamboy@islamboy.com.br www.islamboy.com.br

Centro Islâmico Cultural do Pará

R Ferreira Cantão, 534 – Campina – Belém – PA – CEP: 66017-110

Tel: (55 91) 3222-1374

omatit@ig.com.br

Centro Islâmico de Manaus

R Ramos Ferreira, 789 – Centro – Manaus – AM – CEP: 69010-120

Centro Islâmico de Florianópolis

R Felipe Schmidt, 291 7 and – Centro – Florianópolis – SC – CEP: 88010-000

Centro Cultural Beneficente Islâmico do Ceará

R São Paulo, 1831 cs 8 – Jacarecanga – Fortaleza – CE – CEP: 60030-101

(16)

Mesquita de Cuiabá

R Baltazar Navarros, 9 – Bandeirantes – Cuiabá – MT – CEP: 78010-020

Tel: (55 65) 3623-9454

sbmc_mt@hotmail.com

www.islamcuiaba.com/sbmc-mesquita-de-cuiabá/

Mesquita de Ponta Grossa – Sociedade

Rua do Rosário, 138 – Centro – Ponta Grossa – PR – CEP: 84010-150

Tel: (55 42) 3025-5775

sheikhnoureddine@hotmail.com

Mesquita Palestina

R Palestina, 205 – São Luiz – Criciúma – SC – CEP: 88803-170

mesquitapalestina@hotmail.com www.islamcriciuma.com.br

Sociedade Beneficente Muçulmana de Paranaguá

R Nestor Victor, 804 cx postal 241 – Leblon – Paranaguá – PR – CEP: 83203-540

Tel: (55 41) 3423-1737

Referências

Documentos relacionados

De fato, para encurtar uma história muito longa, pois eu poderia continuar com esses dois lados da questão durante toda a manhã, não há uma posição no mundo onde

Você que fica perto da costa e tem apenas pequenas provações, provavelmente não saberá muito sobre Suas maravilhas no fundo - mas se você for feito para ir

Jesus Cristo não veio ao mundo para salvar os pecadores simulados, mas verdadeiros pecadores, nem Ele desceu do céu para buscar aqueles que não estão doentes com o pecado,

Não furte a Deus da sua glória, mas diga-se hoje: “Então, entoou Moisés e os filhos de Israel este cântico ao SENHOR, e disseram: Cantarei ao SENHOR, porque

SERMÃO DE SANTO ANTÓNIO AOS PEIXES. DO PADRE

As mulheres que sofrem violência não têm a quem recorrer, o autor de violência conhece ou trabalha na Delegacia, a casa abrigo fica na capital e se residem na zona rural, a

Apenas uma alternativa não está de acordo com o texto: O SERMÃO DA PLANÍCIE (PARA NÃO SER ESCUTADO). a) O sermão da Planície discorre sobre as bem- aventuranças referentes a um

Os peixes não foram castigados por Deus no dilúvio, sendo, por isso, exemplo para os homens que pouco ouvem e falam muito, pouco respeito têm pela palavra de Deus.. Evidencia-se que