- 1 - REGULAMENTO N.º 2/2010. que estabelece as modalidades técnicas e financeiras do concurso anual de teses de doutoramento sobre

Loading.... (view fulltext now)

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

REGULAMENTO N.º 2/2010

que estabelece as modalidades técnicas e financeiras do concurso anual de teses de doutoramento sobre

"AS PESSOAS COLECTIVAS TERRITORIAIS LOCAIS E REGIONAIS NA UNIÃO EUROPEIA"

organizado pelo Comité das Regiões

A MESA DO COMITÉ DAS REGIÕES,

TENDO EM CONTA o Regulamento (CE, Euratom) n.º 1605/2002 do Conselho, de 25 de Junho de 2002, que institui o Regulamento Financeiro aplicável ao orçamento geral das Comunidades Europeias1 na redacção que lhe foi dada pelo Regulamento (CE, Euratom) n.º 1995/2006 do Conselho, de 13 de Dezembro de 20062,

TENDO EM CONTA o Regulamento (CE, Euratom) n.º 2342/2002 da Comissão, de 23 de Dezembro de 2002, que estabelece as normas de execução do Regulamento (CE, Euratom) n.º 1605/2002 do Conselho que institui o Regulamento Financeiro aplicável ao orçamento geral das Comunidades Europeias3, com a última redacção que lhe foi dada pelo Regulamento (CE, Euratom) n.º 478/2007 da Comissão, de 23 de Abril de 2007, que estabelece as normas de execução do Regulamento (CE, Euratom) n.º 1995/2006 do Conselho, que institui o Regulamento Financeiro aplicável ao orçamento geral das Comunidades Europeias4.

1 JO L 248 de 16.9.2002, p. 1. 2 JO L 390 de 30.12.2006, p. 1. 3 JO L 357 de 31.12.2002, p. 1. 4 JO L 111 de 28.4.2007, p. 13.

(2)

TENDO EM CONTA a decisão da Mesa do Comité das Regiões, de 13 de Novembro de 1996 (DI CdR 53/96 rev.), que autoriza a realização de um concurso anual de teses de doutoramento,

CONSIDERANDO o seguinte:

(1) Em 1996, o Comité das Regiões (CR) iniciou um diálogo com o mundo académico europeu através da organização de um concurso anual de teses de doutoramento sobre "As pessoas colectivas territoriais na União Europeia".

(2) Para o efeito, estabeleceu regulamentação sobre as modalidades técnicas e financeiras respeitantes à organização do concurso.

(3) Perante o interesse crescente pelo papel das pessoas colectivas territoriais locais e regionais europeias, o Comité das Regiões decidiu tomar medidas para incentivar um número suficiente de candidatos, mas também susceptível de ser abrangido pela verba orçamentada disponível anualmente para o efeito.

(4) As modalidades financeiras devem ser harmonizadas com o disposto no Regulamento n.º 003/2007 da Mesa do Comité das Regiões sobre o reembolso das despesas de deslocação e o abono das ajudas de custo de viagem e por dia de reunião dos membros e dos suplentes do Comité das Regiões e no Regulamento n.º 005/2007 da Mesa do Comité das Regiões sobre o reembolso das despesas de deslocação e o pagamento das ajudas de custo por dias de estada e de viagem dos peritos, oradores e investigadores que participam nas actividades do Comité das Regiões, bem como na Decisão n.º 326/2007 do Secretário-Geral do Comité das Regiões sobre as disposições de aplicação do Regulamento n.º 003/2007 sobre o reembolso das despesas de deslocação e o abono das ajudas de custo de viagem e por dia de reunião dos membros e dos suplentes do Comité das Regiões.

(5) É, pois, necessário revogar e substituir o Regulamento n.º 13/2007 da Mesa do Comité das Regiões, entrado em vigor em 1 de Janeiro de 2008, que estabelece as modalidades técnicas e financeiras do concurso de teses anual "As pessoas colectivas territoriais na União Europeia",

5

(3)

ADOPTA O PRESENTE REGULAMENTO:

PRIMEIRA PARTE Disposições gerais

Artigo I Objecto do concurso

O Comité das Regiões organiza um concurso anual de teses destinado a premiar os trabalhos de teses de doutoramento sobre as dimensões locais e regionais na União Europeia.

A tese de doutoramento deve incidir nos aspectos regionais e/ou locais a título principal e não subsidiário.

Numa lista não exaustiva de temas possíveis a tratar incluem-se a coesão económica, social e territorial, as redes de infra-estruturas e de transportes transeuropeus, a saúde, a educação, a cultura, a investigação, a inovação, o emprego, a criação de empresas, o crescimento económico, os transportes, os serviços públicos, o ambiente, o desenvolvimento sustentável, a formação profissional, o respeito do princípio de subsidiariedade e da boa governação, a descentralização, a cooperação territorial, a comunicação sobre assuntos europeus.

Artigo II Condições de participação no concurso

O concurso é aberto aos autores de uma tese de doutoramento apresentada numa universidade de um Estado-Membro da União Europeia e que satisfaça os critérios referidos no artigo I. A tese de doutoramento deverá ser redigida numa das línguas oficiais da União Europeia. O candidato deve ter obtido um dos diplomas mencionados no anexo I nos doze meses anteriores à data-limite para apresentação de candidatura ao concurso do ano em causa.

O candidato deve enviar em duplicado:

 o texto integral da tese de doutoramento, numa das línguas oficiais da União, em papel e em versão electrónica em formato "pdf" (Cd-Rom);

 um resumo que apresente a tese e exponha a sua problemática (3 páginas no máximo), redigido em inglês ou francês. O resumo deve permitir uma primeira avaliação da conformidade da tese com a problemática regional e/ou local;

(4)

 certidão da obtenção de um dos diplomas universitários indicados no anexo I.

A documentação completa de candidatura deverá ser enviada ao Secretariado-Geral do Comité das Regiões antes do fim do prazo para apresentação das candidaturas mencionado no aviso de concurso. Para o efeito, faz fé a data do carimbo dos correios ou a data do recibo de entrega (serviço de mensagens).

O dossiê pode ser entregue ou enviado por correio para a Direcção de Serviços de Apoio aos Trabalhos Consultivos (Unidade de Estudos e Programação Legislativa), para o seguinte endereço:

Direction des Travaux Consultatifs Unité Études et Programmation législative Rue Belliard 101

1040 Bruxelles BELGIQUE

Os documentos de candidatura enviados ao Secretariado-Geral do Comité das Regiões não serão devolvidos. As teses recebidas estarão à consulta na biblioteca do CR.

Os títulos das teses que satisfaçam as condições de admissão bem como os nomes dos autores e das universidades em causa serão publicados no sítio Internet do Comité das Regiões. Artigo III Prémio

O primeiro prémio é de 6 000 EUR (seis mil euros). O júri tem ainda a faculdade de atribuir, no máximo, mais quatro prémios de mérito de 2 000 EUR (dois mil euros) cada um.

Artigo IV Selecção dos premiados

As teses de doutoramento que preencham as condições de admissão ao concurso são submetidas à apreciação do júri.

O júri é nomeado pelo Presidente do Comité das Regiões, por proposta do Secretário-Geral, e é composto por professores e/ou outros docentes universitários e um ou mais membros do Comité.

A presidência do júri cabe a um membro ou suplente do Comité das Regiões. O júri selecciona a ou as melhores teses.

(5)

Artigo V Entrega dos prémios

Os prémios são entregues pelo Presidente do Comité das Regiões. A entrega solene dos prémios é feita por ocasião de uma reunião plenária do Comité das Regiões. Os premiados são convidados pelo Comité das Regiões.

Artigo VI Direito de reprodução e difusão

O júri pode sugerir à Mesa do Comité das Regiões a publicação das teses de doutoramento premiadas.

A Mesa do Comité das Regiões pode decidir, mediante acordo do(s) autore(s), da publicação de uma ou mais teses pelo Comité das Regiões.

Os premiados autorizam o Comité das Regiões a reproduzir e a difundir aos seus membros os resumos das teses. Se os premiados o desejarem, as suas teses são publicadas no sítio Internet do Comité das Regiões.

SEGUNDA PARTE Modalidades financeiras

A) Reembolso das despesas incorridas pelos membros do júri e abono das ajudas de custo

Artigo VII Reembolso das despesas de deslocação e abono das ajudas de custo de viagem e por dia de reunião

O reembolso das despesas de deslocação e o abono das ajudas de custo de viagem e por dia de reunião dos membros do júri são efectuados com base no disposto no Regulamento n.º 005/2007 da Mesa do Comité das Regiões sobre o reembolso das despesas de deslocação e o pagamento das ajudas de custo por dias de estada e de viagem dos peritos, oradores e investigadores que participam nas actividades do Comité das Regiões, bem como na Decisão n.º 326/2007 do Secretário-Geral do Comité das Regiões sobre as disposições de aplicação do Regulamento n.º 003/2007 sobre o reembolso das despesas de deslocação e o abono das ajudas de custo de viagem e por dia de reunião dos membros e dos suplentes do Comité das Regiões (anexo II).

(6)

Artigo VIII Gratificação devida pela apreciação das teses de doutoramento

Os membros do júri são abonados de uma gratificação por cada tese de doutoramento apreciada. O seu valor é fixado em 400 EUR (quatrocentos euros).

Artigo IX Despesas postais

O Comité das Regiões reembolsa integralmente as despesas postais incorridas pelos membros do júri, mediante apresentação dos documentos comprovativos.

B) Reembolso das despesas incorridas pelos premiados e abono das ajudas de custo

Artigo X Reembolso das despesas de deslocação e abono das ajudas de custo

O reembolso das despesas de deslocação e o abono das ajudas de custo de viagem dos premiados são efectuados com base no disposto no Regulamento n.º 005/2007 da Mesa do Comité das Regiões sobre o reembolso das despesas de deslocação e o pagamento das ajudas de custo por dias de estada e de viagem dos peritos, oradores e investigadores que participam nas actividades do Comité das Regiões, bem como na Decisão n.º 326/2007 do Secretário-Geral do Comité das Regiões sobre as disposições de aplicação do Regulamento n.º 003/2007 sobre o reembolso das despesas de deslocação e o abono das ajudas de custo de viagem e por dia de reunião dos membros e dos suplentes do Comité das Regiões (anexo II). O reembolso das despesas de deslocação e o abono das ajudas de custo limitam-se a 2 000 EUR (dois mil euros) por premiado e cobrem unicamente as despesas incorridas com a participação na entrega solene dos prémios a convite do Comité das Regiões.

(7)

TERCEIRA PARTE Disposição final

Artigo XI Entrada em vigor

O presente regulamento revoga e substitui o Regulamento n.º 13/2007 da Mesa do Comité das Regiões, entrado em vigor em 1 Janeiro de 2008, que estabelece as modalidades técnicas e financeiras do concurso de teses anual "As pessoas colectivas territoriais na União Europeia", organizado pelo Comité das Regiões.

O presente regulamento entra em vigor em 16 de Março de 2010. Feito em Bruxelas, em

Pela Mesa

do Comité das Regiões

Mercedes Bresso Presidente

* * * ANEXOS

I. Diplomas exigidos para a candidatura ao concurso de teses

II. DI CdR 42/2007 – Regulamento n.º 003/2007 sobre o reembolso das despesas de deslocação e o abono das ajudas de custo de viagem e por dia de reunião dos membros e dos suplentes do Comité das Regiões e Decisão n.º 0014/2009 sobre as disposições de aplicação do citado regulamento 003/2007

III. DI CdR 43/2007 – Regulamento n.º 005/2007 sobre o reembolso das despesas de deslocação e o pagamento das ajudas de custo por dias de estada e de viagem dos peritos, oradores e investigadores que participam nas actividades do Comité das Regiões

(8)

Os candidatos ao concurso devem ser titulares de um dos seguintes diplomas universitários reconhecidos nos Estados-Membros da União Europeia:

Alemanha Doktor (por exemplo Dr. jur., Dr. phil.) Áustria Doktorat (por exemplo Dr. iur, Dr. phil)

Bélgica Docteur/Doctor/Dotktor

Bulgária докторат/Doctorat

Chipre Doctor (PhD)

Dinamarca Ph.D. (desde 1 de Setembro de 1988) Eslováquia Philosophiae Doctor (PhD)

Eslovénia Doktorat

Espanha Doctor

Estónia Doktorikraad

Finlândia Tohtori (em finlandês), Doktor (em sueco)

França Doctorat

Grécia διδακτορικό δίπλωμα /Didaktorikon diploma

Hungria Doktori Oklevél (PhD)

Irlanda Doctor of Philosophy (Ph.D) Itália Dottore di Ricerca (Dr.)

Letónia Doktors

Lituânia Daktaro Diplomas

Malta Doctor's Degree (PhD)

Países Baixos Doctor (dr.)

Polónia Doktor

Portugal Doutor

Reino Unido Doctor of Philosophy (Ph.D.) República Checa Doktor (PhD)

Roménia Doctorat

Suécia Filosophie doktor (fil. Dr) (ekonomie, juris, etc.) _____________

Imagem

Referências

temas relacionados :