Candomblé e Umbanda As Diferenças

Texto

(1)

Candomblé e Umbanda

As Diferenças

(2)

© 2013 de Paulo Sett

Título Original em Português:

Candomblé e Umbanda – As Diferenças

Capa e Miolo: Diana Reis Revisão: Paulo Sett Impressão: PerSe

Dados registrados na Biblioteca Nacional

Sett, Paulo

Candomblé e Umbanda – As Diferenças – RJ, 2013

1.Afro-brasileiro – Religião Candomblé e Umbanda

Impresso no Brasil / Printed in Brazil

É proibido a reprodução

Nenhuma parte desta obra poderá ser reproduzida, copiada, transcrita ou mesmo transmitida por meio eletrônico,

(3)
(4)
(5)

AGRADECIMENTOS...09

HOMENAGENS... 11

PALAVRAS INICIAIS... 13

Capítulo 1 - Origens A NATUREZA E SEUS REINOS: MINERAL, VEGETAL, A NIMAL E HUMANO... 16

ORIGEM DA RELIGIÃO DO CANDOMBLÉ... 24

OLORUN, ORIXÁS E O PLANETA TERRA... 26

ORIGEM DA RELIGIÃO DE UMBANDA... 32

ZAMBI, GUIAS DE UMBANDA E O PLANETA TERRA... 36

CASAS DE ORIGENS... 37

COMENTÁRIOS SOBRE AS DIFERENÇAS DO CANDOMBLÉ PARA A UMBANDA... 39

Capítulo 2 - Dogmas REENCARNAÇÃO E RESSURREIÇÃO... 43

LENDAS DOS ORIXÁS... 46

ENREDO DOS ORIXÁS, INKISSES E VODUS... 93

O DIABO EXISTE?... 82

QUEM SEGUE A BIBLIA?... 87

Capítulo 3 - Iniciações INICIAÇÃO NO CANDOMBLÉ E NA UMBANDA... 90

a. Iniciação no Candomblé... 90

b. Iniciação na Umbanda... 92

(6)

a. Obori... 94

b. Amaci... 96

ABIKU... 97

HIERARQUIA...100

CARGOS NO CANDOMBLÉ E NA UMBANDA...105

Capítulo 4 - Ojoyês e Médiuns de Umbanda reencarnados OGANS, EKEJIS, CAMBONOS E SAMBAS...115

Capítulo 5 - Jogos Divinatórios O JOGO DE BÚZIOS...120

JOGOS DE CARTAS E OUTROS ORÁCULOS...122

Capítulo 6 - Liturgia INDUMENTÁRIA DOS ORIXÁS E ENTIDADES...126

MACUMBA, O QUE É ISSO?...131

EBOS, SACRIFICIOS, SACUDIMENTOS, OFERENDAS E BA-NHOS LUSTRAIS...133

a. Sacrifícios de animais...134

b. Sacudimentos...136

c. Oferendas...138

d. Banhos lustrais... 139

COMO LIDAR COM O FUMO E AS BEBIDAS ALCOÓLI-CAS...140

Capítulo 7 - Missão MISSÃO DE CADA UM...147

(7)

TRANSFORMAÇÃO...149

O QUE SEGUIR: CANDOMBLÉ OU UMBANDA?...150

PALAVRAS FINAIS...154

(8)
(9)

AGRADECIMENTOS

Agradeço ao Grande Pai Olorun - Todo Poderoso, por ter-me permitido a vida e ter encontrado a Religião do Candomblé, em especial a Raiz de Ketu.

Agradeço à minha Mãe Hildeth por ter-me colo-cado no mundo, ter-me amado, ter-me criado e ter res-peitado as minhas vocações e gostos.

Agradeço ao meu Pai Acácio (in memória) pelas mesmas razões citadas, referentes à minha mãe.

Agradeço ao Orisá Orunmilá-Ifá toda a sabedoria do Seu segredo a mim passado e por mim conquistado. Agradeço ao meu Pai Ògún, meu Orisá Protetor, todas as graças recebidas até hoje e em especial a todos os Seus ensinamentos por mim adquiridos.

(10)

Ati Oyá, minha Avó de Orisá.´

(11)

HOMENAGENS

À minha saudosa esposa Maria Aparecida (in me-mória) pelos vinte e nove anos que tivemos de vida em comum e sua dedicação a mim e aos Orixás.

Aos meus filhos queridos Ana Aparecida e Luiz Gustavo pela dedicação e o respeito a mim, aos Orixás e Entidades Espirituais do meu Ilê Iyami Asé Ògún, bem como, pela convivência sadia e harmoniosa exis-tentes entre nós, o que permitiu o ambiente do lar, ideal para que fosse possível escreve este livro.

(12)

À primeira Ekeji Camila do Meu Pai Ògún do nosso Ilê Iyami Asé Ògún pela dedicação e o empenho à sua Orisá Osun, desde o primeiro dia que pisou em nossa casa.

À minha filha de Orisá, Abian Joyce de Osun, que presta homenagem a sua mãe Osun na capa deste li-vro.

Aos demais filhos de Orixá e de Umbanda que me acompanham e tem demonstrado também um grande amor e dedicação a seus Orisás e seus Guias Es-pirituais.

(13)

PALAVRAS INICIAIS

O presente livro tem por finalidade desmistificar al-guns conceitos, tabus e filosofias existentes no meio do Candomblé e da Umbanda e, principalmente, tentar orientar, com o devido respeito, aos atuais e futuros in-tegrantes da Religião do Candomblé e da Religião de Umbanda, sobre coisas que não se encontram escritas ou divulgadas, mas que acontecem corriqueiramente, de tal forma que possa esclarecer as dúvidas, que são muitas.

A Religião do Candomblé foi criada nos idos de 1800, com orientações recebidas da África, dos cultos primitivos, lá existentes há mais de 50.000 anos, aproxi-madamente, ocasião em que surgiu o primeiro ser hu-mano na Terra no Continente Africano (convicções ar-queológicas).

(14)

Tudo o que é falado neste livro não tem o objetivo de criticar nada ou contradizer ninguém, por simples contradição. Eu me baseei sempre na história e na tra-dição de casas sérias de Candomblé e de Umbanda, para formar a minha opinião sobre tudo o que argu-mento neste livro.

Foi um trabalho de muito critério, para não suscitar dúvidas e nem trazer discórdia sobre os seus objetivos, que são os mais honestos e verdadeiros possíveis, des-de o começo des-de sua concepção.

INFORMAÇÃO IMPORTANTE:

Os termos em yorubá foram todos aportuguesados para permitir o entendimento da linguagem a todos, indistintamente, pois o objetivo deste livro é permitir a compreensão, não só dos adeptos da Religião do Can-domblé, mas também aos irmãos de Umbanda, simpa-tizantes e leigos.

Imagem

Referências

temas relacionados :