QUEBRANDO A BANCA. Sistema Tegumentar. Prof. Victor Roberto

Texto

(1)

Sistema

Tegumentar

Prof. Victor Roberto

QUEBRANDO A BANCA

(2)

Você Vai Aprender Nesse Módulo

 Aspectos fisiológicos da pele

(3)

Anatomia da Pele

A pele representa 8 a 16% do peso corpóreo total e pode atingir até 2 m² de extensão em um

indivíduo adulto, o que lhe confere a

denominação de maior órgão do corpo humano.

É essencial para a vida humana. Ela forma uma barreira entre os órgãos internos e o ambiente

externo e participa em numerosas funções

orgânicas vitais.

(4)

Camadas da

pele

(5)

Epiderme

A epiderme é a camada mais externa de células epiteliais estratificadas, composta predominantemente de queratinócitos.

A epiderme é composta de cinco camadas distintas, que, da mais interna para a mais externa, são: o estrato germinativo (basal), estrato espinhoso, estrato

granuloso, o estrato lúcido e o estrato córneo.

A epiderme é avascularizada.

(6)

Epiderme

As características da epiderme variam em diferentes áreas do corpo. É mais espessa nas palmas das mãos e nas plantas dos pés e contém quantidades aumentadas de queratina. A espessura da epiderme pode aumentar com o uso, podendo resultar em calosidades nas mãos ou em calos que se

formam nos pés.

A junção da epiderme com a derme é uma área de muitas ondulações e sulcos, conhecida como cristas interpapilares. Essa junção fixa a epiderme à derme e possibilita a troca livre de nutrientes

essenciais entre as duas camadas.

A epiderme possui células próprias: queratinócitos, melanócitos, células de Langerhans e células de Merkel

(7)

Epiderme

Descrição das camadas da pele

Camada Córnea: é constituída por células mortas, sem núcleo e completamente achatadas em forma

de lâminas. Nesta camada ocorre o

desprendimento constante dos queratinócitos e consequentemente uma renovação constante da

epiderme.

A camada lúcida: é constituída por uma fina camada de células achatadas, cujos núcleos celulares apresentam sinais de degeneração e existem poucas organelas citoplasmáticas. Estas células estão parcialmente preenchidas por Nem

todas as regiões do corpo possuem esta camada

(8)

Epiderme

Camada granulosa: é caracterizada pela presença de células poligonais com núcleo central, achatadas, com a presença de grânulos de queratina no citoplasma. Na camada granulosa os queratinócitos encontram-se menos hidratados, achatados e com maior produção de queratina.

Camada espinhosa: é formada por de células cuboides ou ligeiramente achatadas, com núcleo central e pequenas expansões no citoplasma que dá o aspecto espinhoso. Os queratinócitos continuam produzindo queratina e apresentam-se ligeiramente achatados e unidos entre si,

permanecendo na camada espinhosa por aproximadamente 26 a 42 dias.

Camada basal: é a camada mais profunda da epiderme que faz contato direto com a derme. É formada por uma única fileira de células prismáticas. É a camada onde ocorre intensa divisão celular, responsável pela renovação da epiderme, fornecendo células para substituir as que são

perdidas na camada córnea, a renovação da epiderme acontece em torno de 15 a 30 dias.

(9)

Cé lulas pr óp rias

Queratinócitos

são as células mais numerosas da epiderme. São células que realizam

a produção de queratina.

Melanócitos

produtores de melanina, cuja função é de proteger a pele contra

os raios ultravioleta

Células de Langerhans fazem parte do sistema imunológico

células de Merkel

Células especializadas em sensações mecanorreceptoras e comumente encontradas nas palmas das mãos,

nos pés e nos lábios

Epiderme

(10)

Derme

A derme é uma camada de tecido conjuntivo, que apresenta espessura variável de 1 a 4 mm.

É constituída de mucopolissacarídios, fibras colágenas, elástica e reticulares.

Divide-se em duas camadas importantes: a derme papilar, ou perianexal, e a reticular.

O componente da derme que mais se destaca é o colágeno, uma proteína fibrosa, que atua como a principal proteína estrutural do

organismo e é encontrada nos tendões, nos ligamentos e nos revestimentos dos ossos e representa 70% do peso seco da pele.

(11)

Derme

A Derme é rica em nervos sensitivos mielinizados, como:

corpúsculo de Vater-Pacini

(pressão)

corpúsculos de Meissner

(tato),

corpúsculos de Krause

(frio)

corpúsculos de Ruffini

(sensibilidade

térmica)

(12)

Hipoderme

O tecido subcutâneo ou hipoderme é a camada mais interna da pele.

Consiste principalmente em tecido adiposo, que proporciona um acolchoamento entre as camadas cutâneas, os músculos e os ossos.

Promove a mobilidade da pele, modela os contornos do corpo e o isola.

O tecido adiposo é depositado e distribuído de acordo com o sexo da pessoa e contribui, em parte, para a diferença na forma do corpo entre homens e mulheres.

A alimentação excessiva resulta em depósito aumentado de gordura abaixo da pele.

Os tecidos subcutâneos e a quantidade de gordura depositada constituem fatores importantes na regulação da temperatura corporal.

(13)

Funções da pele

Proteção Sensação Equilíbrio

hídrico

Função de resposta

imune

Produção vitamina

Regulação temperatura

corporal

(14)

Funções: Proteção

A pele que reveste a maior parte do corpo não tem mais que 1 mm de espessura, porém ela proporciona uma proteção muito efetiva contra a invasão por bactérias e outros materiais estranhos.

A pele espessada das palmas das mãos e plantas dos pés protege contra os efeitos do traumatismo constante que ocorre nessas áreas.

O estrato córneo – a camada externa da epiderme – proporciona a barreira mais efetiva contra a perda epidérmica de água e a penetração de fatores ambientais, como substâncias químicas, micróbios e picadas de

insetos.

A junção dermoepidérmica é a camada basal, que é composta de colágeno

A camada basal desempenha quatro funções. Ela atua como arcabouço para a organização tecidual e como molde para a regeneração; fornece uma permeabilidade seletiva para filtração do soro; atua como barreira física

entre diferentes tipos de células; e liga o epitélio às camadas celulares subjacentes.

(15)

Funções: Sensação

As terminações receptoras dos nervos na pele permitem ao corpo monitorar constantemente as condições do ambiente imediato.

As principais funções dos receptores na pele consistem na sensação de temperatura, dor, toque suave e pressão (ou toque intenso).

As diferentes terminações nervosas respondem a cada um dos diferentes estímulos.

Embora as terminações nervosas se distribuam por todo corpo, elas são mais

concentradas em algumas áreas do que em outras. Por exemplo, as polpas digitais são

mais densamente inervadas do que a pele nas costas.

(16)

Funções: Equilíbrio hídrico

O estrato córneo – a camada mais externa da epiderme – tem a capacidade de absorver água, evitando, assim, uma perda excessiva de água e de eletrólitos a partir da parte interna

do corpo e retendo a umidade nos tecidos subcutâneos.

Quando a pele é lesionada, como ocorre no caso de uma queimadura grave, grandes quantidades de líquidos e eletrólitos podem ser perdidas com rapidez, levando,

possivelmente, ao colapso circulatório, choque e morte.

A pele não é totalmente permeável à água. Pequenas quantidades de água evaporam continuamente a partir da superfície cutânea. Essa evaporação, denominada perspiração

insensível, alcança aproximadamente 600 mℓ/dia em um adulto de constituição

(17)

Funções: Equilíbrio hídrico

A perda de água insensível varia com a temperatura do corpo e a do ambiente.

No indivíduo com febre, a perda pode aumentar.

Durante a imersão em água, a pele pode acumular água até 3 a 4 vezes o seu peso normal, como a inchação da pele que ocorre depois de um banho

prolongado

(18)

Proporção de

água no corpo

(19)

O corpo produz continuamente calor em consequência do metabolismo dos alimentos na produção de energia.

Esse calor é dissipado principalmente através da pele.

Três processos físicos principais estão envolvidos na perda de calor do corpo para o ambiente.

Funções: Temperatura

(20)

Funções: Temperatura - Processos

O primeiro processo: a radiação – refere-se à transferência de calor para outro objeto de temperatura inferior situado a determinada distância.

O segundo processo: a condução – refere-se à transferência de calor do corpo para um objeto mais frio em contato com ele.

O terceiro processo: a convecção, que consiste no movimento de moléculas de

ar quente para longe do corpo – refere-se à transferência de calor por condução

para o ar adjacente ao corpo.

(21)

Funções: Temperatura

A evaporação a partir da pele ajuda a perda de calor por condução. O calor é conduzido através da pele para as moléculas de água em sua superfície, causando evaporação da

água.

A água na superfície da pele pode ser proveniente da perspiração insensível, do suor ou do ambiente.

Normalmente, todos esses mecanismos de perda de calor são usados, entretanto, quando a temperatura ambiente é muito alta, a radiação e a convecção não são efetivas, e a

evaporação passa a constituir a única maneira de perder calor.

A velocidade de perda de calor depende principalmente da temperatura da superfície da pele, que é uma função do fluxo sanguíneo cutâneo.

(22)

O fluxo sanguíneo aumentado para a pele resulta na liberação de mais calor para a pele e em maior taxa de perda de calor a partir do corpo. Em contrapartida, o fluxo sanguíneo

cutâneo diminuído reduz a temperatura da pele e ajuda a conservar o calor no corpo.

Quando a temperatura do corpo começa cair, como ocorre em um dia frio, os vasos sanguíneos da pele sofrem constrição, reduzindo, assim, a perda de calor pelo corpo

A sudorese é outro processo pelo qual o corpo pode regular a velocidade da perda de calor. Não ocorre sudorese até que a temperatura corporal central ultrapasse 37°C, independentemente da temperatura cutânea. Em ambientes extremamente quentes, a

velocidade de produção de suor pode ser alta a ponto de alcançar 1 ℓ por hora. Em algumas circunstâncias (p. ex., estresse emocional), a sudorese pode ocorrer como

reflexo e pode não estar relacionada com a necessidade de perder calor do corpo

Funções: Temperatura

(23)

Funções: Produção de vitamina

A vitamina D é essencial na prevenção da osteoporose e do raquitismo, uma patologia que provoca deformidades

ósseas e resulta do déficit de vitamina D, cálcio e fósforo A pele exposta à luz ultravioleta pode converter as

substâncias necessárias para sintetizar vitamina D

(colecalciferol).

(24)

Funções: Resposta imune

As pesquisas confirmaram uma ação definida das células de Langerhans na facilitação da captação de alergênicos associados à imunoglobulina E (IgE). Essa ação desempenha um papel central na patogenia da dermatite atópica e de outras doenças alérgicas, como

asma e rinite alérgica.

Esses achados sustentam o conceito de um mecanismo regulador sistêmico como fator desencadeante para as doenças alérgicas e sugerem que esse deflagrador pode ser agravado por inflamação

local do eczema tópico

(25)

Funções: Considerações gerontológicas

As principais alterações na pele dos indivíduos idosos incluem ressecamento, enrugamento, pigmentação desigual e várias lesões proliferativas.

As alterações celulares associadas ao envelhecimento incluem adelgaçamento na junção da derme e epiderme. O resultado desse adelgaçamento consiste na menor quantidade de locais de

fixação entre as duas camadas cutâneas, o que significa que até mesmo uma lesão menor ou estresse da epiderme pode causar cisalhamento a partir da derme. Esse fenômeno pode

contribuir para a vulnerabilidade aumentada da pele idosa ao traumatismo.

Com o avançar da idade a epiderme e a derme sofrem adelgaçamento e se achatam, provocando rugas, depressões e sobreposição das pregas cutâneas

(26)

Funções: Considerações gerontológicas

A perda das substâncias como elastina, colágeno e tecido adiposo, diminui a proteção e o acolchoamento dos tecidos e órgãos subjacentes, diminui o tônus muscular e resulta

na perda das propriedades de isolamento do tecido adiposo.

A reposição celular torna-se lenta em consequência do envelhecimento.

As glândulas sudoríparas e sebáceas diminuem em número e na sua capacidade funcional, levando à pele seca e descamativa.

O crescimento dos pelos diminui gradualmente, particularmente na parte inferior das pernas e dorso dos pés. O adelgaçamento é comum no couro cabeludo, nas axilas e na

área púbica.

Outras funções afetadas pelo processo normal de envelhecimento incluem a função de barreira da pele, a percepção sensorial e a termorregulação.

(27)

QUESTÕES

(28)

1. (FAUEL – 2019) O Sistema Tegumentar compreende:

(A) Os músculos.

(B) A pele.

(C) Os ossos.

(D) A visão.

(29)

1. (FAUEL – 2019) O Sistema Tegumentar compreende:

(A) Os músculos.

(B) A pele.

(C) Os ossos.

(D) A visão.

(30)

2. (IF-TO – 2019) A pele é o maior órgão do corpo humano, representando 15% de seu peso. É composta por três camadas principais: epiderme (camada externa), derme (camada intermediária) e hipoderme ou tecido celular subcutâneo (camada interna). A epiderme é um epitélio estratificado composto de queratinócitos e formado por quatro camadas celulares distintas. Assinale a alternativa que apresenta corretamente quais são estas camadas.

(A) Camada lipoide, córnea, malpighiana e basal.

(B) Camada córnea, granulosa, espinhosa e germinativa.

(C) Camada magma, granulosa, espinhosa e germinativa.

(D) Camada ulcerativa, córnea, malpighiana e basal.

(E) Camada lipoproteica, granulosa, espinhosa e germinativa.

(31)

2. (IF-TO – 2019) A pele é o maior órgão do corpo humano, representando 15% de seu peso. É composta por três camadas principais: epiderme (camada externa), derme (camada intermediária) e hipoderme ou tecido celular subcutâneo (camada interna). A epiderme é um epitélio estratificado composto de queratinócitos e formado por quatro camadas celulares distintas. Assinale a alternativa que apresenta corretamente quais são estas camadas.

(A) Camada lipoide, córnea, malpighiana e basal.

(B) Camada córnea, granulosa, espinhosa e germinativa.

(C) Camada magma, granulosa, espinhosa e germinativa.

(D) Camada ulcerativa, córnea, malpighiana e basal.

(E) Camada lipoproteica, granulosa, espinhosa e germinativa.

(32)

3. (FUNDATEC – 2019) Conforme Diagnóstico de Enfermagem da NANDA 2018-2020, é a “suscetibilidade a dano em membrana mucosa, córnea, sistema tegumentar, fáscia muscular, músculo, tendão, osso, cartilagem, cápsula articular e/ou ligamento que pode comprometer a saúde”. Essa definição refere-se a qual diagnóstico de enfermagem?

(A) Risco de integridade tissular prejudicada.

(B) Risco de lesão.

(C) Risco de integridade da pele prejudicada.

(D) Integridade da pele prejudicada.

(E) Integridade tissular prejudicada.

(33)

3. (FUNDATEC – 2019) Conforme Diagnóstico de Enfermagem da NANDA 2018-2020, é a “suscetibilidade a dano em membrana mucosa, córnea, sistema tegumentar, fáscia muscular, músculo, tendão, osso, cartilagem, cápsula articular e/ou ligamento que pode comprometer a saúde”. Essa definição refere-se a qual diagnóstico de enfermagem?

(A) Risco de integridade tissular prejudicada.

(B) Risco de lesão.

(C) Risco de integridade da pele prejudicada.

(D) Integridade da pele prejudicada.

(E) Integridade tissular prejudicada.

(34)

4. (CETREDE – 2019) Sobre a derme, assinale a alternativa CORRETA.

(A) Na derme não se situam nervos.

(B) A derme é dividida em camada papilar, mais interna, e camada reticular, mais externa.

(C) As fibras colágenas presentes na derme proporcionam flexibilidade e as fibras elásticas conferem grande força de tensão à pele.

(D) A derme contém muitos tipos de diferentes células, incluindo fibroblastos e fibrócitos, macrófagos, mastócitos e leucócitos sanguíneos, particularmente neutrófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos.

(E) O controle realizado pela hipófise e pelas fibras nervosas simpáticas sobre o

fluxo sanguíneo na derme proporcionam um mecanismo de termorregulação.

(35)

4. (CETREDE – 2019) Sobre a derme, assinale a alternativa CORRETA.

(A) Na derme não se situam nervos.

(B) A derme é dividida em camada papilar, mais interna, e camada reticular, mais externa.

(C) As fibras colágenas presentes na derme proporcionam flexibilidade e as fibras elásticas conferem grande força de tensão à pele.

(D) A derme contém muitos tipos de diferentes células, incluindo fibroblastos e fibrócitos, macrófagos, mastócitos e leucócitos sanguíneos, particularmente neutrófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos.

(E) O controle realizado pela hipófise e pelas fibras nervosas simpáticas sobre o

fluxo sanguíneo na derme proporcionam um mecanismo de termorregulação.

(36)

5. (Prefeitura de Garuva- SC – 2020) Para tratar de feridas, é importante conhecer a estrutura anatômica da pele. A afirmativa correta para distinguir a constituição das três camadas distintas da pele, de fora para dentro, é:

(A) Hipoderme, Derme e Epiderme

(B) Epiderme, Derme e Hipoderme

(C) Derme, Epiderme e Hipoderme

(D) Hipoderme, Epiderme e Derme

(37)

5. (Prefeitura de Garuva- SC – 2020) Para tratar de feridas, é importante conhecer a estrutura anatômica da pele. A afirmativa correta para distinguir a constituição das três camadas distintas da pele, de fora para dentro, é:

(A) Hipoderme, Derme e Epiderme

(B) Epiderme, Derme e Hipoderme

(C) Derme, Epiderme e Hipoderme

(D) Hipoderme, Epiderme e Derme

(38)

6. (IBFC) Em relação a anatomia e a fisiologia da pele, assinale a alternativa correta:

(A) A hipoderme é uma camada constituída basicamente de queratina e colágeno.

(B)A pele é o menor orgão do corpo humano, com uma espessura menor que 0,1 mm e uma surpefície aproximada de 1 m

2

.

(C) A pele é composta por duas camadas: uma profunda, chamada hipoderme; e outra superficial, chamada epiderme, sendo que as duas camadas formam a derme.

(D) A pele mantém a integridade da superfície corporal pela migração e pela

descamação, podendo recuperar a superfície das feridas pela intensificação dos

mecanismos normais de reposição celular.

(39)

6. (IBFC) Em relação a anatomia e a fisiologia da pele, assinale a alternativa correta:

(A) A hipoderme é uma camada constituída basicamente de queratina e colágeno.

(B)A pele é o menor orgão do corpo humano, com uma espessura menor que 0,1 mm e uma surpefície aproximada de 1 m

2

.

(C) A pele é composta por duas camadas: uma profunda, chamada hipoderme; e outra superficial, chamada epiderme, sendo que as duas camadas formam a derme.

(D) A pele mantém a integridade da superfície corporal pela migração e pela

descamação, podendo recuperar a superfície das feridas pela intensificação dos

mecanismos normais de reposição celular.

Imagem

Referências

temas relacionados :