Estrutura-Conduta-Desempenho

Top PDF Estrutura-Conduta-Desempenho:

O MODELO ESTRUTURA-CONDUTA-DESEMPENHO E A TEORIA EVOLUCIONÁRIA NEOSCHUMPETERIANA: UMA PROPOSTA DE INTEGRAÇÃO TEÓRICA.

O MODELO ESTRUTURA-CONDUTA-DESEMPENHO E A TEORIA EVOLUCIONÁRIA NEOSCHUMPETERIANA: UMA PROPOSTA DE INTEGRAÇÃO TEÓRICA.

Vistos sob uma perspectiva histórica, os dois referenciais compreendem teorias da firma que se adaptam a características produtivas específicas, dependentes, portanto, do estágio de desenvolvimento tecnológico da sociedade. Ainda que a teoria neos- chumpeteriana represente uma nova forma de análise, diferente da tradição da organi- zação industrial (KUPFER, 1998) e possa ser vista como mais adequada ao paradigma das tecnologias da informação e comunicação em curso (TIGRE, 2005), sua integra- ção ao modelo E-C-D permite análises mais precisas e de grande poder de diagnóstico. Em outras palavras, a consistência do modelo pode ser ampliada, incorporando-lhe fundamentos evolucionários, por decorrência dinâmicos e históricos do processo de transformação industrial. Da mesma forma, o paradigma converge com a teoria neos- chumpeteriana, pois, nele, estão presentes diversos elementos que afetam a competiti- vidade e a conduta (inovativa) das organizações. Com essa visão em mente, o trabalho se propõe a integrar a abordagem evolucionária neoschumpeteriana ao paradigma Estrutura-Conduta-Desempenho, propondo uma abordagem de amplo alcance na ex-
Mostrar mais

23 Ler mais

MODELO ESTRUTURA-CONDUTA-DESEMPENHO EM TERMINAIS INTERMODAIS DO CORREDOR CENTRO-LESTE

MODELO ESTRUTURA-CONDUTA-DESEMPENHO EM TERMINAIS INTERMODAIS DO CORREDOR CENTRO-LESTE

Este trabalho objetiva analisar a estrutura de mercado, conduta e desempenho dos terminais intermodais graneleiros localizados no corredor logístico Centro-Leste brasileiro, apoiando-se no paradigma Estrutura-Conduta-Desempenho. Para tanto, fez-se um estudo de caráter qualitativo-quantitativo baseando-se em dados primários e secundários. Os resultados apontam que o setor é altamente concentrado, caracterizando uma estrutura oligopolista. Para conduta, evidenciou-se a adoção de praticas concorrenciais cooperativa, visando o equilíbrio do mercado; enquanto que média do desempenho operacional da indústria mostrou- se ineficiente. Conclui-se que a estrutura e conduta de mercado podem prejudicar o desempenho operacional dos terminais intermodais de transbordo de grãos do corredor Centro-Leste, desfavorecendo a competitividade da movimentação e exportação das commodities do país, somado as ineficiências estruturais logísticas existentes.
Mostrar mais

17 Ler mais

Impactos da lei dos medicamentos genéricos sobre a estrutura de mercado e a conduta da indústria farmacêutica no Brasil

Impactos da lei dos medicamentos genéricos sobre a estrutura de mercado e a conduta da indústria farmacêutica no Brasil

As condições de entrada, ou mais precisamente, as barreiras à entrada no mercado, têm um papel primordial no modelo estrutura-conduta- desempenho. Com efeito, é a liberdade de entrada, nos mercados competitivos, que impede as firmas de manterem lucros excessivos no longo prazo. Quanto maiores os impedimentos à entrada de firmas num mercado, o que poderia decorrer de restrições legais, patentes, requerimento de altos investimentos, custo do capital, economias de escala, entre outros, maior a capacidade das firmas que atuam em tal mercado de exercerem poder. Da mesma forma, as perdas que as firmas teriam ao sair do mercado, decorrentes de custos irrecuperáveis (custos sunk 5 ), atuariam no sentido de inibir a entrada. A concentração industrial é a dimensão de estrutura de mercado que, na literatura, tem recebido tratamento mais amplo e detalhado. Teoria e prática sugerem que o caráter, a intensidade e a efetividade da competição são, significativamente, afetados pelo grau de concentração de ofertantes em determinado mercado (BAIN, 1968).
Mostrar mais

84 Ler mais

Estrutura e conduta da indústria de medicamentos fitoterápicos do Brasil

Estrutura e conduta da indústria de medicamentos fitoterápicos do Brasil

O modelo teórico a ser utilizado na análise da estrutura e padrão de concorrência da indústria de fitoterápicos é o de organização industrial, ou seja, o modelo de Estrutura-Conduta-Desempenho (ECD), que melhor se adapta ao estudo da dinâmica dos mercados. O modelo ECD é amplamente utilizado na análise econômica de Organização Industrial e é considerado a principal base da análise de mercados e da intervenção do Estado nos mercados (regulação de mercados específicos e regulação antitruste). Em essência, consiste na concepção de que existe uma cadeia de causalidade partindo da estrutura de mercado (basicamente, as condições técnicas e produtivas, de um lado - o da “oferta” -, e de substitutibilidade dos produtos, do outro - o da “demanda”), através da conduta das empresas (seu comportamento, inclusive estratégico), implicando no desempenho (ou performance) tanto das empresas quanto do mercado (em termos de preços, crescimento, eficiência produtiva e alocativa).
Mostrar mais

179 Ler mais

Análise da estrutura, conduta e desempenho da indústria processadora de soja no brasil no período de 2003 a 2010.

Análise da estrutura, conduta e desempenho da indústria processadora de soja no brasil no período de 2003 a 2010.

proposta por F. M. Scherer, conhecida como mo- delo Estrutura-Conduta-Desempenho (Modelo ECD). Tem como principal objetivo a análise da alocação dos recursos escassos sob as hipóteses de equilíbrio e maximização dos lucros. Recentemente, alguns desenvolvimentos na matematização dos modelos de empresa e de interação entre essas (teoria dos jogos) levaram os estudiosos a rebatizar esta corrente de Nova Economia Industrial (NEI). Nesse desdobramento há um aumento da importância das condutas empresariais na determinação das estruturas de mercado; a empresa deixa de ser um agente passivo para adotar estratégias arbitrárias. Os principais fundamentos da ação governamental na preservação da concorrência (regulação) e seus efeitos sobre a estrutura da indústria e sobre a estratégia das empresas (defesa da concorrência) são oriundos dessa corrente.
Mostrar mais

22 Ler mais

Concentração de mercado: um diagnóstico do varejo hipermercadista no Brasil entre 2009-2017 / Market concentration: a diagnosis of hypermarket retail in Brazil between 2009-2017

Concentração de mercado: um diagnóstico do varejo hipermercadista no Brasil entre 2009-2017 / Market concentration: a diagnosis of hypermarket retail in Brazil between 2009-2017

Esta pesquisa lançará mão de duas metodologias distintas, porém complementares. Inicialmente, será feita uma abordagem qualitativa partindo de uma revisão bibliográfica para que seja possível compreender as variáveis envolvidas e as possíveis explicações de seu comportamento. Em seguida, passar-se-á a uma apreciação quantitativa utilizando indicadores estatísticos para análise dos dados. Esta etapa baseia-se no modelo de Estrutura-Conduta- Desempenho [E-C-D], oriundo da Organização Industrial, que objetiva identificar as variáveis que impactam no desenvolvimento entre firmas. Assim, utilizaremos o índice de Hirshman- Herfindahl [HHI] que é frequentemente empregado no estudo da concentração industrial bem como a Razão de Concentração [CR n ].
Mostrar mais

13 Ler mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ESTRUTURAL DE COBERTURAS EM ESTRUTURA DE AÇO NA FORMA DE ARCO CIRCULAR E PARABÓLICO

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ESTRUTURAL DE COBERTURAS EM ESTRUTURA DE AÇO NA FORMA DE ARCO CIRCULAR E PARABÓLICO

Neste item apresentam-se os parâmetros para o desenvolvimento do trabalho e dimensionamento dos modelos que compõem o estudo comparativo da avaliação do desempenho de coberturas metálicas em arco já existentes, com geratrizes circunferencial e parabólica. São apresentados os valores de carga permanente, carga variável e efeito do vento para cada modelo e após, no Capítulo 4, utilizando-se os coeficientes de majoração das ações e fazendo as combinações das mesmas no software SAP 2000, finalmente é feita a verificação das barras mais solicitadas, para posteriormente serem apresentados os resultados e conclusões. Para efeito de dimensionamento, considerou-se a situação mais desfavorável para efeito do vento em todos os casos analisados.
Mostrar mais

128 Ler mais

TERMO DE APROVAÇÃO MARIA ELIÉTE LACERDA LUCCHESI MELHORIA DO DESEMPENHO DISCENTE: ANÁLISE DE UMA UNIDADE COM DESEMPENHO INSATISFATÓRIO

TERMO DE APROVAÇÃO MARIA ELIÉTE LACERDA LUCCHESI MELHORIA DO DESEMPENHO DISCENTE: ANÁLISE DE UMA UNIDADE COM DESEMPENHO INSATISFATÓRIO

O desempenho insuficiente de uma escola municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental da periferia da cidade de Limeira, com 500 alunos, aproximadamente, é o centro de análise desta dissertação. O objetivo deste trabalho é, portanto, identificar as causas desse baixo desempenho e propor intervenções que levem à melhoria dos resultados. A justificativa, para tanto, se deve ao fato de que a escola tem apresentado baixo desempenho nos indicadores nacionais e estaduais nos últimos anos, o que tem acarretado à unidade escolar o pior IDEB do município. Situada em uma região periférica da cidade, a comunidade atendida pela unidade escolar apresenta situação socioeconômica desfavorável e alta vulnerabilidade social. As crianças advindas dessa realidade não têm o mesmo capital cultural das famílias de classe média e alta. Diante do contexto em que se encontra a escola, se fez necessário pesquisar os índices por ela alcançados desde que começou a participar das avaliações externas, que mostram a evolução dos resultados. Além disso, foram entrevistados integrantes do corpo docente, pais de alunos, coordenador pedagógico e vice-diretor a fim de buscar dados referentes às causas atribuídas a esse insucesso e às dificuldades para a melhoria do desempenho dos alunos. A análise dos dados fundamentou-se em Patto (1999) e Peregrino (2010) no que se refere à constituição dos fatores extraescolares e em Charlot (2000, 2005) que trata do sucesso escolar na perspectiva da relação com o saber. Além disso, foram utilizadas as pesquisas de Soares (2007, 2009) no que tange ao efeito escola e ao papel da gestão frente ao desempenho discente. Nesse sentido, um Plano de Ação Educacional pretende fazer da unidade escolar uma instituição voltada para a aprendizagem, tornando concretas as características das escolas eficazes por meio da promoção de linhas de ações direcionadas à própria gestão, aos docentes, aos discentes e aos pais dos alunos.
Mostrar mais

216 Ler mais

Indicadores de desempenho logístico: estudo de múltiplos casos no setor de bens de...

Indicadores de desempenho logístico: estudo de múltiplos casos no setor de bens de...

A pesquisa considera ainda que a competência de mensuração se traduz em três perspectivas: a avaliação funcional, a avaliação por processos e o benchmarking. Segundo os autores a avaliação funcional se dá como forma de identificar problemas potenciais e prover bases para um desempenho superior, escolhe-se então em medir as quatro grandes áreas já citadas: medidas dos ativos utilizados na condução da logística; controle de custos; nível de serviço ao cliente e produtividade dos recursos humanos e equipamentos. A avaliação de processos, conforme abordagem parte da necessidade de criar valor na percepção dos usuários e neste sentido a mensuração por processos exige novas métricas, voltadas para a cadeia de suprimentos, representadas pelas métricas de custo em suas diferentes formas, a orientação ao cliente e as medidas da cadeia de suprimentos propriamente dita. Como última perspectiva tem-se o benchmarking, como forma de comparar o desempenho obtido com outras atividades internas ou externas a empresa e também com operações concorrentes, realizadas fora do domínio da organização.
Mostrar mais

152 Ler mais

UMA ANÁLISE SOBRE A ESTRUTURA, CONDUTA E DESEMPENHO DO SETOR DE SUPERMERCADOS DO BRASIL

UMA ANÁLISE SOBRE A ESTRUTURA, CONDUTA E DESEMPENHO DO SETOR DE SUPERMERCADOS DO BRASIL

Como mostrado por Rojo (1998), a formação de uma reputação vinculada ao supermercado, baseado na elaboração de um mix de produtos e serviços preferíveis pelo consumidor, juntamente com a promoção de produtos chamariz e pela melhor estratégia de localização, é na verdade uma forma de conduta que também visa à diferenciação. Supondo que a localização e a diferenciação dos serviços sejam fixos no curto prazo, a principal forma de atrair novos clientes e gerar esta reputação seria então via preço. Portanto, mesmo sob a influência da diferenciação de produtos, tem-se ainda o nível de preços como variável estratégica principal levada em conta na conduta dos supermercados. Neste caso, as firmas trabalharão com baixas margens de vendas, com preços próximos a patamares competitivos. A franja auferirá lucro zero e as grandes firmas, por trabalharem com melhores estruturas de custos médios, obterá algum lucro econômico.
Mostrar mais

107 Ler mais

Conduta em Infertilidade – Normas de Orientação Clínica

Conduta em Infertilidade – Normas de Orientação Clínica

Nos termos da alínea c) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 66/2007, de 29 de Maio, na redacção dada pelo Decreto Regulamentar nº 21/2008, de 2 de Dezembro, emite-se a Norma sobre Conduta em Infertilidade para os Cuidados de Saúde Primários – edição revista em Dezembro de 2010.

23 Ler mais

ESTRUTURA, CONDUTA E GOVERNANÇA NA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE: UM ESTUDO MULTICASO NO RIO GRANDE DO SUL.

ESTRUTURA, CONDUTA E GOVERNANÇA NA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE: UM ESTUDO MULTICASO NO RIO GRANDE DO SUL.

Dessa forma, considera-se como literaturas acadêmicas que dão base teórica para a presente pesquisa a Nova Economia Institucional, a Teoria dos Custos de Transação e a Organização Industrial. A partir dessas teorias objetivou-se mapear a realidade empírica da cadeia produtiva do leite no Rio Grande do Sul, com atenção especial para as estruturas de mercado, conduta dos agentes e governança das transações. Além dos aspectos empíricos traçados e desvendados, as contribuições geradas se concentraram também nas próprias teorias. Afirma-se isso já que a originalidade do trabalho foi utilizar a NEI, ECT e OI para estabelecer uma relação direta e causal entre estruturas de mercado de matéria prima, conduta dos agentes e governança da cadeia, conforme o proposto por esse estudo.
Mostrar mais

32 Ler mais

Apostila de Estruturas de Dados

Apostila de Estruturas de Dados

Um arquivo em disco representa um elemento de informação do dispositivo de memória secundária. A memória secundária (disco) difere da memória principal em diversos aspectos. As duas diferenças mais relevantes são: eficiência e persistência. Enquanto o acesso a dados armazenados na memória principal é muito eficiente do ponto de vista de desempenho computacional, o acesso a informações armazenadas em disco é, em geral, extremamente ineficiente. Para contornar essa situação, os sistemas operacionais trabalham com buffers, que representam áreas da memória principal usadas como meio de transferência das informações de/para o disco. Normalmente, trechos maiores (alguns kbytes) são lidos e armazenados no buffer a cada acesso ao dispositivo. Desta forma, uma subseqüente leitura de dados do arquivo, por exemplo, possivelmente não precisará acessar o disco, pois o dado requisitado pode já se encontrar no buffer. Os detalhes de como estes acessos se realizam dependem das características do dispositivo e do sistema operacional empregado.
Mostrar mais

202 Ler mais

Além de L sobre 10 : diretrizes para o lançamento estrutural arquitetônico

Além de L sobre 10 : diretrizes para o lançamento estrutural arquitetônico

Em primeiro lugar, importante esclarecer que o propósito central da diretriz de lançamento estrutural aqui tratada é o de provocar no arquiteto projetista o raciocínio estrutural à fase do partido e do desenvolvimento do estudo preliminar arquitetônico. Ao contrário de constituir-se uma ferramenta “lacônica” de lançamento estrutural, a diretriz tem como objetivo promover no arquiteto o pensamento e a reflexão integral entre as partes que constituem o projeto, ou seja, o argumento essencial entre a arquitetura e a estrutura. De modo algum pretende-se neste trabalho, mais ainda nesta fase, o esgotamento das possibilidades de aplicabilidade e utilização dos elementos estruturais e de suas variações, mais precisamente das vigas; tarefa sabidamente impossível. Pretensões existem quanto às análises qualitativas dos projetos que compreendem uma observação e reflexão mais apurada cujo foco é o de aprofundar a apreciação e o entendimento das relações entre arquitetura e estrutura.
Mostrar mais

199 Ler mais

Estrutura de mercado e desempenho da industrial brasileira: 1973-1975

Estrutura de mercado e desempenho da industrial brasileira: 1973-1975

A medida mais adequada para essa variável é o. percentual das vendas da firma sobre o total da indústria a[r]

256 Ler mais

Bol. da PM n.º 015 22FEV   CD CRD CJ Orientações aos Colegiados

Bol. da PM n.º 015 22FEV CD CRD CJ Orientações aos Colegiados

Faço saber que de acordo com o art. 1º e art. 2º, inciso I, letras “a” e “b”, ambos do De- creto Estadual nº 2.155/78, cumprindo determinação do Sr. Comandante Geral ou Comandante tal, estás sendo processado nesta instância administrativa, pelos seguintes motivos: por ter procedido incorretamente no desempenho do cargo, tido conduta irregular e praticado ato que afeta o SENTIMENTO DO DEVER, porque, quando de serviço no dia xxx de xxxx do ano de xxxx, foi flagrado pelo Oficial Supervisor realizan- do operação policial militar não autorizada, abordando veículos na Rua tal, em frente ao nº tal, quando de- veria estar com a viatura baseada no local tal, entre 18 hs e 06 hs, cumprindo o que previa o planejamento da Unidade, dando azo, com tal procedimento, a que o fato fosse denunciado na Ouvidoria da PM, incidindo, assim, nas transgressões previstas no art. 14, inciso II; números 07, 20, 25 e 26, do inciso II, do Anexo I, com as agravantes dos incisos II, IV, V, VIII e X, do art. 19, tudo do RDPMERJ;
Mostrar mais

5 Ler mais

Avaliação dos sistemas de controle gerencial em instituição de ensino superior com o performance management and control.

Avaliação dos sistemas de controle gerencial em instituição de ensino superior com o performance management and control.

A sua aplicação em uma instituição de ensino superior, que possui um plano estratégico implantado e em constante revisão, além de um sistema de avaliação de desempenho e controle gerencial em pleno curso de implantação, propiciou apontar os pontos fracos do sistema. A utilização da entropia da informação trouxe robustez ao tratamento dos dados, pois permitiu verificar a dispersão das respostas em alguns quesitos fundamentais. Os maiores índices encontrados de entropia da informação residiram nas questões sobre a possibilidade de penalidades pelo não alcance das metas e na comunicação oficial da alta administração para os gestores sobre o planejamento estratégico.
Mostrar mais

24 Ler mais

Benefícios do uso de tecnologia de informação para o desempenho empresarial.

Benefícios do uso de tecnologia de informação para o desempenho empresarial.

A utilização dos conceitos apresentados pelo projeto de pesquisa, em espe- cial da estrutura de benefícios de tecnologia de informação no desempenho empresarial, como uma metodologia, deve ser garantida por meio de proce- dimentos da administração de TI, que também estejam relacionados com a governança de TI. A figura 5 apresenta esse enfoque metodológico, com base no modelo Cobit (Control objectives for information and related technology), utilizado pela Empresa.

28 Ler mais

Estágio em Manutenção no Centro de Produção de Electricidade do Pego

Estágio em Manutenção no Centro de Produção de Electricidade do Pego

VERIFICAÇÃO DE APERTO DA LIGAÇÃO ENTRE A CONDUTA DA FASE L1 TRANSFORMADORES BAT, BBT, MKC E ALTERNADOR (LIGAÇÕES DA CONDUTA À TERRA), LIGAÇÕES ENTRE A CONDUTA DA FASE L1 e AS RESTANTES E AS LIGAÇÕES EXISTENTES JUNTO A JUNTAS DE COMPENSAÇÃO DE BORRACHA.

83 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados