Top PDF Análise microestrutural de tubos API P110, para prospecção de petróleo e gás, soldados pelo processo HF/ERW

Análise microestrutural de tubos API P110, para prospecção de petróleo e gás, soldados pelo processo HF/ERW

Análise microestrutural de tubos API P110, para prospecção de petróleo e gás, soldados pelo processo HF/ERW

Em razão dos grandes avanços obtidos nos recentes anos, tubos soldados pelo processo HF/ERW (High-Frequency/Electric Resistance Welding) têm desempenhado um papel mais ativo no setor de petróleo e gás para aplicações em águas profundas, em altas e extremamente baixas temperaturas, em condições de alta pressão e em ambientes altamente corrosivos, substituindo gradualmente tubos fabricados por outros processos.Contudo, estudos têm revelado que defeitos nas juntas soldadas são uma das principais causas de falhas em dutos, o que tem requerido a determinação dos valores de tenacidade desta região, em atendimento às rigorosas recomendações dos códigos e normas vigentes junto aos fabricantes e às empresas construtoras do setor de petróleo e gás. Como parte do processo de validação dos valores de tenacidade requeridos, este projeto de pesquisa focaliza uma análise microestrutural em tubos HF/ERW de aço microligado, classe API 5CT P110, destinados à prospecção de petróleo e gás em águas profundas, tema de relevância estratégica para o País em virtude das recentes descobertas de megacampos nas Bacias de Santos, Tupi e Libra (Pré-Sal). Neste trabalho científico serão apresentados e discutidos os resultados dos ensaios mecânicos de tração e Charpy, algumas curvas dos ensaios de CTOD (mostrando a tendência dos valores de tenacidade a serem obtidos) e as microestruturas do material-base obtidas por microscopia óptica, com especial ênfase à formação de inclusões não metálicas na junta soldada.
Mostrar mais

82 Ler mais

Análise microestrutural de tubos API N80 soldados pelo processo HF/ERW para prospecção de petróleo e gás

Análise microestrutural de tubos API N80 soldados pelo processo HF/ERW para prospecção de petróleo e gás

Em razão dos grandes avanços obtidos nos recentes anos, tubos soldados pelo processo HF/ERW (High-Frequency/Electric Resistance Welding) têm desempenhado um papel mais ativo no setor de petróleo e gás para aplicações em águas profundas, em altas e extremamente baixas temperaturas, em condições de alta pressão e em ambientes altamente corrosivos, substituindo gradualmente tubos fabricados por outros processos. Contudo, estudos têm revelado que defeitos nas juntas soldadas são uma das principais causas de falhas em dutos, o que tem requerido a determinação dos valores de tenacidade desta região, em atendimento às rigorosas recomendações dos códigos e normas vigentes junto aos fabricantes e às empresas construtoras do setor de petróleo e gás. Como parte do processo de validação dos valores de tenacidade requeridos, este projeto de pesquisa focaliza uma análise microestrutural em tubos HF/ERW de aço microligado, classe API 5CT N80, destinados à prospecção de petróleo e gás em águas profundas, tema de relevância estratégica para o País em virtude das recentes descobertas de megacampos nas Bacias de Santos, Tupi e Libra (Pré-Sal). Neste trabalho científico serão apresentados e discutidos os resultados dos ensaios mecânicos de tração e Charpy, algumas curvas dos ensaios de CTOD (mostrando a tendência dos valores de tenacidade a serem obtidos) e as microestruturas do material-base obtidas por microscopia óptica, com especial ênfase à formação de inclusões não metálicas na junta soldada.
Mostrar mais

76 Ler mais

Determinação experimental da tenacidade à fratura em baixas temperaturas de tubos de aço API 5L X70

Determinação experimental da tenacidade à fratura em baixas temperaturas de tubos de aço API 5L X70

Em razão dos grandes avanços metalúrgicos, tubos soldados pelo processo HF/ERW (High-Frequency/Electric Resistance Welding) têm desempenhado um papel mais ativo no setor de petróleo e gás, substituindo gradualmente tubos fabricados por outros processos, para aplicações em águas profundas, em altas e extremamente baixas temperaturas, em condições de alta pressão e em ambientes altamente corrosivos. Este trabalho visa avaliar a tenacidade de tubos de aço de alta resistência e baixa liga, classe API X70, soldados pelo processo HF/ERW, utilizados nos sistemas dutoviários de transporte de gás e petróleo, a partir de dados obtidos com ensaios CTOD (Crack Tip Opening Displacement). Os principais objetivos do presente projeto são: caracterização microestrutural e mecânica de aços API X70 fabricados no Brasil; avaliação da tenacidade de tubos HF/ERW de aço API X70 nacional. Após realizados os ensaios mecânicos, químicos e metalográficos, pôde-se concluir que todos os tubos produzidos atendem à norma API 5L 42ª edição para o grau X70MO de forma segura e que a tenacidade comporta-se como o esperado.
Mostrar mais

74 Ler mais

Análise da resistência à fadiga de tubos de aço API 5CT N80 Tipo Q soldados via processo de indução magnética de alta frequência (HFIW)

Análise da resistência à fadiga de tubos de aço API 5CT N80 Tipo Q soldados via processo de indução magnética de alta frequência (HFIW)

Tubos de aço utilizados na exploração e prospecção de petróleo e gás natural estão sujeitos a carregamentos dinâmicos durante o transporte (transit fatigue) e também quando em serviço. Por este motivo é imperativo que os tubos utilizados apresentem excelente integridade estrutural a fim de evitar a ocorrência de falhas prematuras devido à fadiga. Contudo, como o processo de fabricação HFIW, largamente utilizado pela indústria, envolve conformação mecânica seguida de soldagem, defeitos estarão inerentemente presentes nos tubos, notadamente uma interface entre as bordas das chapas soldadas. No presente trabalho foi investigado como a junta soldada de tubos de aço API 5CT N80 tipo Q pode contribuir para redução da vida em fadiga e como o processo como um todo pode levar a anisotropia mecânica dos tubos. Para preservar ao máximo as características originais dos tubos foram realizados ensaios de fadiga axiais utilizando corpos de prova não previstos pelas normas técnicas vigentes, com espessuras iguais as das paredes dos tubos dos quais foram retirados. Foi também desenvolvido e testado um dispositivo para realização de ensaios de fadiga utilizando trechos de tubo, o qual mostrou potencial para a realização de ensaios futuros. Os resultados dos ensaios axiais (realizados de modo a comparar a região da junta soldada como uma posição a 90° dela) indicaram que a junta soldada pode agir como um tipo de concentrador de tensões, contribuindo para a diminuição da resistência à fadiga dos tubos de maneira inversamente proporcional à carga aplicada. Também foi observado que defeitos resultantes do processo de fabricação (muitos deles macroscópicos) podem atuar como pontos para a nucleação de trincas de fadiga e que, portanto, não deveriam estar presentes no produto final. Ensaios de tração, análises metalográfias, fractográficas e de microdureza também foram realizados de modo a complementar os resultados dos ensaios de fadiga.
Mostrar mais

168 Ler mais

O PAPEL DA PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL E EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO PROCESSO DE INCLUSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

O PAPEL DA PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL E EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO PROCESSO DE INCLUSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

Marques e Cêpeda (2012) chamam a atenção para as diferentes formas operacionais reveladas durante o processo de expansão das universidades públicas e, segundo os autores, todas elas diminuíram as assimetrias e aumentaram a inclusão ao absorver o desigual. Os mecanismos identificados durante o crescimento foram: a) expansão quantitativa, que se deu por meio da expansão das vagas em Instituições de Ensino Superior (IES) já consolidadas, da expansão de vagas em conjunto com a criação de novos campi e de novos cursos em todas as IES já instaladas e da expansão de vagas e criação de novas instituições; b) expansão geográfica, com os movimentos de interiorização das instituições e vagas, com a absorção das periferias metropolitanas e das regiões de fronteira; c) expansão de acesso, com o aumento e democratização do ingresso na universidade promovido tanto por políticas focais como cotas, reservas de vagas e seleção privilegiada a grupos sociais especiais como por novos mecanismos de avaliação e seleção para ingresso como o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) Sistema de Seleção Unificada (SiSU); e d) expansão de funções com estímulo a arranjos produtivos locais (APL), a sustentabilidade e preservação , economia da cultura simbólica e conhecimento tradicional, geração de autonomia, consciência identitária e sujeitos políticos orientados para os grupos sub-representados.
Mostrar mais

125 Ler mais

ARNALDO FERNANDES CORRÊA ESTUDO DE CASO: O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DA DIRETORIA DE PESSOAL NA REGIONAL DE ENSINO DE UBÁMG

ARNALDO FERNANDES CORRÊA ESTUDO DE CASO: O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DA DIRETORIA DE PESSOAL NA REGIONAL DE ENSINO DE UBÁMG

 Divisão de Gestão de Pessoal: análise da distribuição de aulas e qua- dro de pessoal, tomando como base a legislação em vigor, objetivando designações desnecessárias; análise das pastas de Avaliação de Desempenho, objetivando averiguar se constam todas as assinaturas necessárias, como no PGDI e no termo de avaliação, bem como se as notas foram registradas corretamente no instrumento de avaliação e no SISAD, tendo em vista que a instrução incorreta e o lançamento dos dados no sistema, fora do prazo, implica em descumprimento de uma das metas do acordo de resultados; orientações a respeito de autorizações para secretariar e lecionar; composição e atuação do Colegiado Escolar; apuração pertinente aos processos de acúmulo de cargos e funções públicas, como se constam montados, analisados e publicados; análise de concessão de promoção por escolaridade adicional e progressão na carreira; gerenciamento do processo de posse e exercício dos servidores concursados; movimentações de servidores para outros lugares; funcionários em ajustamento funcional e processo de exoneração.
Mostrar mais

167 Ler mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO Programa de Pós Graduação em Educação – PPGE

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO Programa de Pós Graduação em Educação – PPGE

A observação e análise do material coletado com as entrevistas permitem-nos afirmar que a auto-disciplina e auto-organização foram elementos importantes durante o tempo Comunidade. Tais características, também mencionadas por Araújo, fazem com que os educandos continuem estudando sem desvincular-se da realidade. Outra característica é que o tempo-comunidade dos cursos ligados ao MST, diferentemente de cursos à distância de instituições de ensino, radica-se no vínculo entre teoria e luta. Verificamos que isto foi aplicado com os estudantes da Turma de Direito. Ao desenvolver práticas jurídicas nos seus Estados de origem, foram buscar a aplicação do conhecimento adquirido em sala de aula nas comunidades onde residiam. Mesmo que os componentes curriculares do Curso de Direito não fossem específicos para a questão agrária, os educandos iam aprendendo a teoria, e o Tempo Comunidade ficou vinculado às lutas sociais e práticas jurídicas desenvolvidas nas comunidades.
Mostrar mais

159 Ler mais

Processo de Gestão da Medicação – Normas de Orientação Clínica

Processo de Gestão da Medicação – Normas de Orientação Clínica

i. A informação deve ser eficaz, oportuna, exata e adequada aos diferentes níveis de intervenção profissional ao longo do processo de gestão da medicação, em especial, aquando da prescrição, dispensa, administração e monitorização da medicação. b) Promover a intercomunicação dos sistemas informáticos (e.g. prescrição eletrónica de

5 Ler mais

Orientações para a implementação de iniciativas de prevenção e controlo do tabagismo de âmbito populacional – Normas de Orientação Clínica

Orientações para a implementação de iniciativas de prevenção e controlo do tabagismo de âmbito populacional – Normas de Orientação Clínica

Promover a saúde envolve a noção de processo, de impulso, de estímulo em direção ao aumento do bem-estar geral. Esta abrangência permite incluir, não só a prevenção da doença, enquanto orientação para a ação antecipada em relação a eventual dano, que poderá ser provocado por agente agressor ou doença específica, mas, também, uma perspetiva salutogénica, de desenvolvimento de “ativos em saúde”, ou seja, de recursos e potencialidades individuais, familiares e sociais.

12 Ler mais

Avaliação da tenacidade em um aço microligado, grau API, para aplicação em linhas dutoviárias de petróleo e gás

Avaliação da tenacidade em um aço microligado, grau API, para aplicação em linhas dutoviárias de petróleo e gás

Visando estudar as propriedades mecânicas do aço microligado API 5L X70, um material utilizado para a fabricação de tubulações para linhas dutoviárias de petróleo e gás natural, foi feito um estudo da tenacidade, resistência à tração, resistência ao impacto, dureza e microestrutura do aço. Para a realização deles foram feitos diversos ensaios onde se podem adquirir as características do material. Foram realizados na Universidade Estadual Paulista Campus Guaratinguetá no Departamento de Materiais e Tecnologia os ensaios de tração, ensaio de impacto por charpy, ensaio de dureza e a metalografia do material API 5L X70, todos os ensaios foram feitos com o auxilio dos técnicos dos laboratórios. Com esses dados pode-se ser feita uma análise do material sobre sua tenacidade, sua ductilidade ou fragilidade, sua dureza, seu limite de escoamento e a sua tensão máxima. Após os ensaios foram analisados e discutido os resultados que mostraram que o aço microligado API 5L X70 é um aço muito tenaz, ele absorve energia de impacto de 300 Joules sem que ocorra uma ruptura por completo do corpo de prova, mostrando sua tenacidade.
Mostrar mais

58 Ler mais

Procedimento para disponibilização de zanamivir e.v. – Normas de Orientação Clínica

Procedimento para disponibilização de zanamivir e.v. – Normas de Orientação Clínica

O médico da GSK contacta o médico/farmacêutico do Hospital requisitante para confirmar o pedido de zanamivir e.v.. Hospital requisitante e respetivos contactos.[r]

8 Ler mais

O PROCESSO DE ESCOLHA DE GESTORES ESCOLARES NA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO AMAZONAS: PROBLEMATIZAÇÕES E POSSIBILIDADES

O PROCESSO DE ESCOLHA DE GESTORES ESCOLARES NA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO AMAZONAS: PROBLEMATIZAÇÕES E POSSIBILIDADES

Diante da contextualização apresentada, há que se observar que essa temática também tem sido trabalhada sob o ponto de vista das pesquisas que adensam essa discussão. Enfatizo pesquisa realizada pela Professora Heloísa Lück, encomendada pelo Grupo Victor Civita, em 2010, cuja finalidade foi conhecer as práticas de seleção e capacitação de diretores escolares adotadas por sistemas estaduais e municipais de ensino em todo o território brasileiro (LÜCK, 2011). A referida pesquisa mapeou como acontece o processo - em 24 Secretarias Estaduais e 11 Secretarias Municipais, incluindo o Amazonas e sua Capital. Demonstrou que a escolha de gestores escolares pode acontecer também através da eleição, depois da realização de uma prova, ou a prova e a certificação, ou pela indicação ou certificação. Mas que existem Secretarias em que é adotado o sistema misto de escolha, como por exemplo, a seleção mais eleição.
Mostrar mais

132 Ler mais

ALBA VALÉRIA BAENSI DA SILVA O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DOS CONSELHOS ESCOLARES NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE MAGÉRJ: CAMINHOS PARA A

ALBA VALÉRIA BAENSI DA SILVA O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DOS CONSELHOS ESCOLARES NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE MAGÉRJ: CAMINHOS PARA A

O presente trabalho, intitulado “O processo de implementação dos conselhos escolares na rede municipal de ensino de Magé/RJ: caminhos para a democracia na escola” teve como objetivo analisar o processo de implementação dos Conselhos Escolares na rede municipal de ensino de Magé, focando no trabalho desenvolvido pelo Departamento de Supervisão Educacional da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC). Essas análises contribuirão para a elaboração de uma proposta de intervenção que vise tornar o processo de implementação mais eficaz. No trabalho, analisou-se a legislação existente acerca da política investigada, relacionando o contexto do município de Magé com as proposições dos documentos oficiais sobre os Conselhos Escolares. Além disso, foram explicitadas de forma detalhada a estrutura da SMEC e em seguida, especificamente o caso da implementação desta política nesta rede de ensino. A realização deste trabalho foi fundamentada nas pesquisas de Bordignon (2000; 2005), Lück (2000;2006) e Dourado (2012) no que diz respeito à gestão educacional democrática e participativa, além de suas abordagens sobre as concepções e propostas de ação dos Conselhos Escolares também fundamentadas em Luiz (2013). Os textos oficiais do Ministério da Educação foram também utilizados como referências fundamentais. Destaca-se no trabalho o desenvolvimento de um Plano de Ação Educacional que compreende estratégias com ações voltadas para formação continuada para supervisores educacionais e conselheiros escolares, acompanhamento das ações dos Conselhos Escolares e a realização do prêmio gestão escolar para valorizar experiências bem sucedidas ocorridas na rede municipal de ensino.
Mostrar mais

115 Ler mais

Caracterizações microestrutural e mecânica dos aços ARBL graus 95 e 110

Caracterizações microestrutural e mecânica dos aços ARBL graus 95 e 110

A blocagem é uma técnica utilizada para melhorar a precisão com que a comparação entre os fatores de interesse são feitas, ela pode reduzir ou eliminar a variabilidade resultante da presença de fatores conhecidos que perturbam o sistema, mas que não são interessantes para o estudo. Um bloco é uma porção do material experimental que tem como característica o fato de ser mais homogêneo que o conjunto completo do material analisado. O uso de blocos envolve comparações entre as condições de interesse na experimentação dentro de cada bloco. Na análise com blocos, a aleatorização é restringida à sequência de ensaios interna dos blocos e não ao conjunto total de ensaios (BARROS NETO; SCARMINIO, 2010).
Mostrar mais

91 Ler mais

Análise da decisão portuguesa de atribuição de concessões para a pesquisa e prospecção de petróleo na costa algarvia à luz do quadro europeu de combate às alterações climáticas

Análise da decisão portuguesa de atribuição de concessões para a pesquisa e prospecção de petróleo na costa algarvia à luz do quadro europeu de combate às alterações climáticas

Na Europa, verificamos um ritmo de aumento do nível do mar consonante com o ritmo registado à escala global (consultar figura 15 relativamente à tendência registada do nível do mar na Europa entre 1992 e 2014, e figura 16, relativamente às previsões futuras do aumento do nível do mar no mesmo continente, entre 2081 e 2100), cujas previsões e tendências não se revelam suaves, sendo por isso urgente a criação de medidas de adaptação face aos impactos que o aumento do nível do mar induzirá, não só à escala europeia, mas global. Para além da criação de milhões de refugiados, oriundos de comunidades costeiras, bem como a destruição e interferência com ecossistemas marinhos e terrestres, a possibilidade de ocorrência de cheias tem ainda potencial para triplicar: “For example, the ClimateCost and PESETA II projects have estimated that a 30 cm sea level rise by the end of the 21st century, in the absence of public adaptation, would more than triple annual damages from coastal floods in the EU from EUR 5 to 17 billion. These potential impacts can be substantially reduced by timely adaptation measures, but they are associated with significant costs.” 246 À medida que as emissões antropogénicas decorrentes da queima de combustíveis fósseis seguem em trajetória ascendente, o mesmo se verifica com as temperaturas médias globais, com os incêndios florestais, com a perda de biodiversidade, com os períodos de seca prolongados, com a massa água desintegrada dos glaciares e, consequentemente, com a subida do nível do mar. De facto, devemos compreender que uma das variáveis que mais influencia a temperatura terrestre (e tudo o que lhe está associado) é a emissão de gases com efeito de estufa, através da queima de energias não renováveis. Ao assumirmos internacionalmente objectivos que apontem para um aumento máximo da temperatura média terrestre igual ou menor que 2ºC, face ao período pré-industrial, devemos efectivamente reduzir até ao zero o nosso consumo de combustíveis fósseis, não renováveis. Relativamente a este tópico, Júlia Seixas (Professora na Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade Nova de Lisboa, e integrante do CENSE 247 ), entrevistada no âmbito da presente dissertação de mestrado, expôs aquele que considera ser um processo essencial para conseguirmos não ultrapassar o limite de 2ºC: “(...) nós já estamos muito perto de esgotar o budget (...) de emissões para atingir os dois graus celsius. (...) portanto, sobra-nos uma fatia
Mostrar mais

207 Ler mais

PROPEC-Programa de Pós Graduação em Engenharia Cívil :: Desenvolvimento de metodologia para identificação modal automática de estruturas

PROPEC-Programa de Pós Graduação em Engenharia Cívil :: Desenvolvimento de metodologia para identificação modal automática de estruturas

Apesar das grandes vantagens já discutidas do método de Identificação Modal Operacional, algumas considerações matemáticas devem ser feitas com relação aos dados de entrada (aleatórios) do sistema. Todos estes algoritmos, os quais realizam a identificação de sistemas estocásticos, partem do pressuposto que a excitação provocada pelo ambiente abrange largas bandas de conteúdo de frequência com um caráter de ruído branco de média zero, fato que faz aparecer no processo de identificação modal algumas frequências adicionais sem significado físico. Além disso, é necessário assumir que os processos estocásticos sejam ergódicos 2 . Para servir para a análise modal operacional, estas premissas devem ser atendidas na construção do modelo de espaço de estados, o qual será descrito na seção seguinte.
Mostrar mais

112 Ler mais

REPOSITORIO INSTITUCIONAL DA UFOP: Avaliação comportamental de aços API 5L X52 e API 5L X70, soldados pelo processo de eletrodo revestido, utilizados em tubulações.

REPOSITORIO INSTITUCIONAL DA UFOP: Avaliação comportamental de aços API 5L X52 e API 5L X70, soldados pelo processo de eletrodo revestido, utilizados em tubulações.

Neste tipo de END, um feixe de ultrassom é introduzido no material e as informações são obtidas com base na transmissão deste feixe através do material e na sua reflexão por interfaces e descontinuidades (Figura 3.23). Os ultrassons são ondas mecânicas de frequência elevada (acima da capacidade da audição humana), usualmente faixa de 25kHz a 40MHz. Este ensaio é usado para a inspeção do interior de peças metálicas, plásticas e cerâmicas e para a medida de espessuras. Para a inspeção de peças metálicas, este ensaio apresenta um grande poder de penetração (até cerca de 6m), uma elevada sensibilidade e a capacidade de localizar descontinuidades com precisão. Com a técnica “pulso-eco”, é necessário, para a inspeção, o acesso a apenas um lado da peça. Devido às suas características, é um método de ensaio muito adequado para a detecção de descontinuidades planares (como trincas). Por outro lado, a interpretação dos resultados deste ensaio é relativamente difícil e a detecção de descontinuidades localizadas próximas da superfície pode ser problemática (MODENESI, 2001). A Figura 3.23 ilustra esquematicamente uma análise por ultrassonografia.
Mostrar mais

83 Ler mais

Analise de tensões com ultrassom em tubos soldados por resistência elétrica

Analise de tensões com ultrassom em tubos soldados por resistência elétrica

O laminador Steckel é muito parecido com o laminador de chapas grossas por se tratar de uma única cadeira reversível associada a dois fornos-bobinadeiras, como verificado na Figura 6. A placa reaquecida passa pelo laminador para redução da espessura. Ao se atingir certa espessura, a tira passa a ser enrolada nos fornos- bobinadeiras, devido ao aumento do comprimento. Uma vez atingida a espessura final, o material é desenrolado, passando para o resfriamento acelerado após o qual pode ser bobinado ou deixado reto. O processo é caracterizado por tempos interpasse longos e variáveis em cada ponto da chapa. Para que o material não sofra amaciamento considerável, quantidades de nióbio de até 0,11% são adicionadas. Desta forma, a cinética de recristalização fica muito lenta, permitindo que as diferentes regiões da bobina permaneçam com o estado microestrutural “estável” durante todo o processamento (COLLINS, L.; 2003).
Mostrar mais

120 Ler mais

SISTEMA DE AVALIAÇÃO EDUCACIONAL DE TERESINA: APROPRIAÇÃO E UTILIZAÇÃO DOS RESULTADOS PARA A ORIENTAÇÃO DE INTERVENÇÕES PEDAGÓGICAS

SISTEMA DE AVALIAÇÃO EDUCACIONAL DE TERESINA: APROPRIAÇÃO E UTILIZAÇÃO DOS RESULTADOS PARA A ORIENTAÇÃO DE INTERVENÇÕES PEDAGÓGICAS

O terceiro momento permeia o período de 2001 a 2005, fortemente marcado pelo modelo de gestão, que considerava a avaliação como um instrumento indispensável na proposição de outras políticas educacionais. A avaliação, nesse momento, deixa de ser aplicada anualmente, para ser aplicada trimestralmente. Além disso, foram também incluídos outros anos escolares (ciclo de alfabetização). No entanto, a análise dos resultados permaneceu sendo feita com base na TCT, o que não possibilitava a comparação da evolução dos resultados entre os anos escolares avaliados. Nesse período, instituiu-se, em 2004, a política de bonificação, através do Prêmio Professor Alfabetizador, que permaneceu até 2012. A bonificação estava relacionada a uma medida de desempenho dos alunos em relação à alfabetização, considerando a apropriação do sistema de escrita.
Mostrar mais

124 Ler mais

Show all 10000 documents...

temas relacionados