Top PDF Características papeleiras dos "rolos-restos" das fábricas de compensados do Estado do Amazonas.

Características papeleiras dos "rolos-restos" das fábricas de compensados do Estado do Amazonas

Características papeleiras dos "rolos-restos" das fábricas de compensados do Estado do Amazonas

A mesma análise foi apli- cada para a viscosidade, onde a celulose do processo Soda/Enxofre estava, na maioria das vezes, menos degradada do que as pastas do procedimento à Soda, o qu[r]

50 Ler mais

Diagnóstico das serrarias e das fábricas de laminados e compensados do estado do Amazonas.

Diagnóstico das serrarias e das fábricas de laminados e compensados do estado do Amazonas.

As informações referentes a produção, industrialização e comercialização madeirei ra através das serrarias e fábricas de laminados e compensados, nos anos de 13 8 1 , 1983 e I 9 8 5 ,[r]

16 Ler mais

Estudo papeleiro da mistura dos "rolos-restos" das fábricas de compensados do Estado do Amazonas

Estudo papeleiro da mistura dos "rolos-restos" das fábricas de compensados do Estado do Amazonas

Considerando as conclusões de Amidon, ibidem, e, sobrepondo as correlações estabe- lecidas sobre os resultados das análises quí- micas das misturas, dos "rolos-restos" e dos ma[r]

20 Ler mais

O PROCESSO DE REVISÃO CURRICULAR DOS ANOS INICIAIS DA REDE ESTADUAL DO AMAZONAS E A PARTICIPAÇÃO DOCENTE – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

O PROCESSO DE REVISÃO CURRICULAR DOS ANOS INICIAIS DA REDE ESTADUAL DO AMAZONAS E A PARTICIPAÇÃO DOCENTE – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

A presente dissertação tem como objetivo analisar o processo de revisão curricular no componente Língua Portuguesa do I ciclo do ensino fundamental, tendo como contexto de pesquisa a Coordenadoria Distrital 03, órgão de assistência e assessoramento da Secretaria de Educação do Estado do Amazonas - SEDUC/AM. A participação docente na elaboração de uma política curricular tem despertado interesse, tendo em vista a preocupação com a qualidade da educação básica brasileira, pois o “duelo” entre o currículo prescrito e o utilizado na prática acentua a necessidade do envolvimento dos sujeitos, a fim de propostas curriculares implementadas com sucesso. Por isso, a questão que motiva o estudo está formulada da seguinte maneira: como amenizar os efeitos da baixa participação docente no processo de revisão do currículo dos anos iniciais, em sua fase de implementação? A relevância do presente trabalho se situa na reflexão sobre o envolvimento dos atores que executam o currículo na prática, principalmente: os professores. A suposição desta investigação, confirmada ao longo da pesquisa, é a necessidade de estratégias para o envolvimento do professor na implementação dos ajustes curriculares. Baseada numa metodologia de natureza qualitativa, envolve primeiramente a pesquisa documental, concentrando-se nos documentos oficiais que norteiam a revisão curricular; a pesquisa bibliográfica, que salienta os estudos sobre políticas curriculares e por último a pesquisa de campo, com uma série de entrevistas semiestruturadas destinadas às gestoras e pedagogas de duas escolas distintas, bem como a oito professores regentes em sala de aula do 1º ao 3º ano. O desenvolvimento do referencial teórico da pesquisa é representado por autores que possuem reconhecida contribuição no campo da análise de políticas públicas
Mostrar mais

141 Ler mais

O PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS - PIP

O PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS - PIP

Esses aspectos foram relevantes para a melhoria dos resultados e a sua aná- lise permite afirmar que as políticas de alfabetização estão se consolidando. Os re- sultados da intervenção pedagógica demonstram, comprovadamente, um cresci- mento significativo nos anos iniciais. Por meio dos sistemas de avaliação, que é um indicador de monitoramento dos avanços da educação, pode-se notar na Sedu/ES, em resposta a um ambiente de planejamento propício ao uso de objetivos e metas quantificáveis uma conexão entre as metas do governo, os resultados da escola e do Ideb, a tendência de melhoria dos resultados Em 2011, aconteceu a primeira on- da de avaliação do Paebes/Alfa para o 3º ano do Ensino Fundamental, o que já sina- lizou uma proficiência dos alunos da rede estadual superior aos da rede municipal, onde o programa de intervenção atua de forma prioritária. Não há políticas de bonifi- cação ainda desenvolvida no estado utilizando os resultados das avaliações como indicador de qualidade. O esforço feito pela SEE, juntamente com os professores, reflete o compromisso e a vontade de buscar melhores resultados.
Mostrar mais

107 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Quando da independência do Brasil, as prisões serviam para punir os condenados, mas já tinham uma visão ressocializadora, com a apresentação em 1823, de um projeto de Código Penal por José Clemente Pereira e Bernardo Pereira de Vasconcelos. As normas sugeridas por Vasconcelos foram bastante alteradas, uma vez que instituíam a pena de morte. Foi nesse mesmo período que Dom Pedro I aprovou o Código Criminal do Império, tendo como base a justiça e a igualdade, com inspiração nos Códigos Criminais da Áustria (1803), França (1810), Baviera (1813), Nápoles (1819), Parma (1820) e da Espanha (1822). Dentre suas principais características, normatizava a redução das penas de morte e a não aplicação de penas cruéis nas penitenciárias, salvo os açoites aplicados aos escravos.
Mostrar mais

123 Ler mais

ANTONIO IDILVAN DE LIMA ALENCAR A POLÍTICA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DO ESTADO DO CEARÁ NA PERSPECTIVA DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

ANTONIO IDILVAN DE LIMA ALENCAR A POLÍTICA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DO ESTADO DO CEARÁ NA PERSPECTIVA DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

Rico (2004) ressalta que esse movimento é marcado pelo advento da internacionalização e das novas relações na economia, a partir da década de 1980, bem como pela maior compreensão da relação que existe entre desenvolvimento social do país e responsabilidade empresarial. Antes do período de redemocratização do Brasil, a participação da iniciativa privada restringia-se ao âmbito do auxílio material e financeiro diante de situações concretas, delimitadas ou pontuais – o que, como ressalta a autora, vinha marcada pelas noções de filantropia, assistencialismo e caridade; não se estabeleciam, então, as correlações entre desenvolvimento social e econômico, nem havia a preocupação de envolvimento e interação das empresas com necessidades menos imediatas da sociedade e do Estado.
Mostrar mais

106 Ler mais

IMPLANTAÇÃO DOS LABORATÓRIOS BÁSICOS PADRÃO MEC/FNDE NA REDE PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ PELO PROGRAMA BRASIL PROFISSIONALIZADO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

IMPLANTAÇÃO DOS LABORATÓRIOS BÁSICOS PADRÃO MEC/FNDE NA REDE PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ PELO PROGRAMA BRASIL PROFISSIONALIZADO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Preparar os estabelecimentos para a nova proposta curricular, melhorando sua infraestrutura, foi primordial para o desenvolvimento desta modalidade de ensino, principalmente nos aspectos técnicos, nos quais foram realizadas adaptações dos espaços para atender às demandas dos cursos solicitados, ou, quando possível, à construção de ambientes. Os recursos foram disponibilizados pelo Programa Brasil Profissionalizado, possibilitando que as ações empreendidas se realizassem e a Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio se firmasse como uma política de estado.
Mostrar mais

90 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd- CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd- CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

A presente dissertação objetivou a elaboração de uma proposta de intervenção para minimizar a defasagem de aprendizagem de Matemática em uma Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) no estado do Ceará. A partir de um caso de gestão, foram investigadas as condições de trabalho com a disciplina na instituição educacional para a proposição de alternativas à superação do problema encontrado. Esse recorte se justificou pelo fato de a autora deste trabalho, no início da pesquisa, ter sido gestora da EEEP em análise e, por isso, verificado que a defasagem de aprendizagem, especialmente em Matemática, pode se configurar como um dos principais entraves à implementação dos cursos profissionalizantes na escola. A fim de obter informações para descrever e analisar o caso, a investigação teve como metodologia o uso de entrevistas com roteiros semiestruturados e pesquisa documental. Ao final da descrição do caso no capítulo 1, levantou-se como hipóteses dois os elementos centrais que influenciam na existência do problema: a organização e as responsabilidades do trabalho da equipe gestora e o papel da gestão escolar na formação e no auxílio à atuação docente. No capítulo 2, o problema foi analisado levando-se em consideração esses dois elementos. A análise dos dados foi feita a partir da perspectiva de alguns autores: Heloísa Lück, Henry Mintzberg, Thelma Polon, José Carlos Libâneo, Márcia Lima, Ana Maria Falsarella, Sérgio Lorenzato, Plínio Moreira e Fernando Almeida. Desse modo, no capítulo 3, apresentou-se uma proposta de intervenção que consiste em ações para redefinir as atribuições da equipe gestora e organizar o seu trabalho, a fim de que a gestão possa atuar na formação e no auxílio à atuação docente, com foco no professor de Matemática. Dessa forma, nos limites desta investigação, proposições foram consideradas como uma tentativa de contribuir para superar a defasagem de aprendizagem em Matemática na escola pesquisada.
Mostrar mais

110 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA ALGIZA LOPES E SILVA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA ALGIZA LOPES E SILVA

O presente questionário destina-se à realização de um estudo intitulado “A Avaliação no estado do Amazonas: o papel do gestor nas apropriações pedagógicas pelos professores dos Anos Iniciais no processo de avaliação interna da CDE 7 ”. Procure ser o mais exato possível em suas respostas. Cabe ressaltar que todos os dados obtidos e utilizados apenas para fins desta pesquisa, sendo resguardado o anonimato. Você encontrará a seguir afirmações sobre a gestão pedagógica na sua escola. Por gentileza, considerando os dois últimos anos letivos, marque apenas uma alternativa indicando seu grau de concordância em relação às afirmativas abaixo.
Mostrar mais

148 Ler mais

SIMONE MARIA MELO DA SILVA PROCESSO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: CASO DA REGIONAL METROPOLITANA V

SIMONE MARIA MELO DA SILVA PROCESSO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: CASO DA REGIONAL METROPOLITANA V

6 O projeto Conexão Educação é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro que tem como objetivo de aperfeiçoar processos, permitindo que diretores, professores e funcionários das unidades escolares tenham mais tempo disponível para a garantia de uma educação de melhor qualidade. A Resolução SEEDUC N. 4784 de 20 de março de 2012 atribui as responsabilidades pelas informações lançadas neste Sistema. O Conexão é justificado, pois a falta de manutenção adequada dos sistemas que conduz a erros, na medida em que superestima ou subestima as matrículas efetivadas, compromete a eficácia e a eficiência das informações que subsidiam o planejamento de ações, programas e projetos da Secretaria de Estado de Educação, dependentes de dados estatísticos confiáveis e precisos. Todas as informações referentes ao Censo Escolar, aquisição de material didático e escolar, programas de avaliação externa (SERJ) Congêneres pautam-se nos dados extraídos no sistema Conexão Educação. O armazenamento doa dados neste sistema torna lançamento dos registros de informações preciso, o que conduz ao correto dimensionamento das necessidades e alocação adequada de recursos públicos conforme as reais necessidades da rede escolar; Além disso, objetiva instrumentalizar a ação de controle, melhorando os mecanismos gerenciais da informação.
Mostrar mais

120 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CAEd - CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Orientando-se por esses princípios do planejamento, o Estado do Rio de Janeiro criou metas para cada Unidade Escolar, em função da projeção do IDEB para a rede Estadual, e por ter como objetivo estar entre os cinco primeiros no ranking do IDEB em 2013. Essas metas são monitoradas pelos Agentes de Acompanhamento da Gestão Escolar que subsidiam o trabalho do gestor, dando o apoio necessário. O edital da seleção interna (RIO, 2013a) para AAGE estabelece como uma das atribuições: orientar o Gestor e a comunidade escolar na identificação dos problemas da escola, levando-os à definição de metas e elaboração dos planos de ação para melhoria dos resultados e verificar a execução e eficácia das ações propostas nos planos de ação, com vistas ao alcance das metas estabelecidas.
Mostrar mais

99 Ler mais

O PODER DO CARIMBO: UMA ANÁLISE DA LEGISLAÇÃO, DO PERFIL E DAS RELAÇÕES QUE ENVOLVEM A INSPEÇAO ESCOLAR NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

O PODER DO CARIMBO: UMA ANÁLISE DA LEGISLAÇÃO, DO PERFIL E DAS RELAÇÕES QUE ENVOLVEM A INSPEÇAO ESCOLAR NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Em relação à Deliberação CEE/RJ nº 357/2016, todos os professores inspetores escolares que responderam ao questionário entendem como um retrocesso a retirada de suas ações no processo de certificação dos concluintes da educação básica e regular e acreditam que tal dispositivo trará sérios problemas para o estado do Rio de Janeiro. Alegam que a retirada de suas ações poderá acarretar no aumento do número de documentos falsos e que o Conselho deverá rever seus atos posteriormente. Neste aspecto, observa-se que entendem a ação fiscalizatória como necessária, nos termos como se estabelecia anteriormente. Entendem que a sua conferência, autorização e assinatura são a garantia de uma regularidade, remetendo assim às práticas cartoriais e burocráticas e menos preocupadas com a orientação e busca pela regularidade por si só e não mediante ações fiscalizatórias rígidas e estabelecidas, que não cabem mais em ambientes educacionais. Trazem para si argumentos de que documentos falsos irão se proliferar, sendo que este não é um problema exclusivo da inspeção e sim um problema do estado. Por fim, ao serem questionados sobre sua atuação nas escolas relatam como tranquila e de parceria, que cumprem o que é disposto pela legislação e pela SEEDUC. Percebe-se então uma naturalização das ações dos inspetores nas escolas. Mesmo com a consciência de que atuam de forma controladora e fiscalizadora, as ações lhes parecem tranquilas e normais. Neste ponto, cabe ressaltar Niemeyer e Kruse (2008) ao dizer:
Mostrar mais

119 Ler mais

CORREÇÃO DE FLUXO DA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO AMAZONAS - PROJETO AVANÇAR EM UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE TONANTINS

CORREÇÃO DE FLUXO DA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO AMAZONAS - PROJETO AVANÇAR EM UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE TONANTINS

Universidade Federal de Juiz de Fora da UFJF, teve como objetivo analisar o processo de implementação de uma política pública direcionada para a correção do fluxo escolar da rede pública de ensino do Amazonas – o Projeto Avançar –, em uma escola estadual do município de Tonantins, no interior do estado, no ano de 2010. Esse projeto, que posteriormente veio a fracassar, foi implantado pela Secretaria de Estado da Educação e Qualidade do Ensino - SEDUC-AM, a partir de uma metodologia que visa a corrigir o fluxo escolar dos alunos que apresentam dois ou mais anos de distorção idade-série, e tem sido desenvolvido em algumas escolas da rede desde 2005. A escolha da referida escola se deve ao fato de eu ter exercido a função de gestora nela por nove anos, para em seguida assumir a função de Coordenadora Regional de Educação de Tonantins, e posteriormente de técnica da Seduc, o que facilitou meu acesso aos arquivos da secretaria da escola, aos alunos que estudaram no projeto e aos professores que atuaram nas turmas pesquisadas. O PAE elaborado e apresentado ao final deste trabalho foi estruturado buscando-se analisar o fracasso da implementação do Projeto Avançar na referida escola. Para isso, estudamos a gestão no âmbito escolar, analisamos os dados empíricos coletados através de pesquisa qualitativa, e utilizamos aportes teóricos voltados para a gestão de políticas públicas em educação e para o problema da distorção idade-série nos diferentes sistemas educacionais. A proposta é que este programa de correção de fluxo seja reimplantado na escola, a partir de melhorias significativas nos processos de implementação e monitoramento. Isso porque os dados obtidos através dos questionários aplicados aos alunos egressos, aos professores, aos técnicos e à gestora que atuam e/ou atuaram diretamente no projeto mostram que tais processos foram deficitários, sendo necessária a criação de condições favoráveis para que se tenha sucesso, tendo em vista a grande demanda de alunos em distorção na escola.
Mostrar mais

146 Ler mais

SILMAR DA SILVA FERREIRA PROGRAMA ESCOLA DA TERRA NO ESTADO DO AMAZONAS: POSSIBILIDADES E DESAFIOS DA FORMAÇÃO DOCENTE

SILMAR DA SILVA FERREIRA PROGRAMA ESCOLA DA TERRA NO ESTADO DO AMAZONAS: POSSIBILIDADES E DESAFIOS DA FORMAÇÃO DOCENTE

This thesis is developed in the Professional Master in Management and Federal University of Education Evaluation of Juiz de Fora (CAEd / UFJF). The case management to be studied presents a social problem the fact that educational policies are designed for the city and the means of urban production, which is recommended to the field is "adapt" the proposed school, curricula, timetables to situations that distinguish schools field of other schools. This study seeks to analyze the ongoing training of teachers who work in multigrade classes (characterized by focusing, in the same classroom, students of different ages and grades, under the direction of a / the single / teaching) of 1 to 5th grade in schools of rural education in the state of Amazonas, in 2014, developed by Earth School Program. This program consists of a permanent educational public policy, which comes under the umbrella Pronacampo for training / the teachers / those working in multigrade classes in the early grades of elementary education in schools located in rural areas and provide educational resources and pedagogical training that meet the specific characteristics of the populations of the field and maroon. The objectives defined for this study were to describe how the teacher training policy proposed by the Earth School Program was developed in Amazonas state in 2014; analyze the links between teacher education policy offered by the program associated with its commitment to the issue of sustainability and the concepts that were historically built for Rural Education in the midst of social struggles by ensuring the rights of the peoples of the field; and propose actions to be developed during the implementation of the Education Action Plan - PAE. Therefore, it was used as methodology the qualitative research and as tools to research that includes the lifting of the historical process in the definition of legal frameworks, in addition to the relevant documents to the Earth School Program granted by the State Coordination and the Federal University of Amazonas . During the research which was realized it is that the School of Earth constitutes an achievement in relation to the provision of continuing education to schools in the field, but not enough. It is necessary to expand the scope of their actions from a reflection on what is intended as a shift to a more promising future for the peoples of the field.
Mostrar mais

125 Ler mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM GESTÃO E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

[...] que confere à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios o financiamento de todos os níveis da educação básica, a melhoria da qualidade de ensino, de forma a garantir padrão mínimo definido nacionalmente, estabelece a responsabilidade do estado em assegurar padrões mínimos de acesso, permanência e desempenho escolar dos alunos. Para cumprir essa tarefa complexa, que envolve grandes desafios, entre eles as desigualdades extra e intraescolares: a pobreza e a violência; as novas formas de estrutura familiar; as particularidades de cada local, de cada escola e do desenvolvimento cognitivo de cada aluno é necessário reunir informações concretas sobre a população atendida e o ensino ofertado para, deste modo, programar ações que visem atingir o objetivo traçado (BRASIL, 1988).
Mostrar mais

80 Ler mais

FLÁVIO ALVES PEREIRA A INCIDÊNCIA DAS POLÍTICAS DE RESPONSABILIZAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ NAS AÇÕES DE GESTÃO PEDAGÓGICA EM ÂMBITO MUNICIPAL – O CASO DA ESCOLA MARIA NAIR (IPU-CE)

FLÁVIO ALVES PEREIRA A INCIDÊNCIA DAS POLÍTICAS DE RESPONSABILIZAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ NAS AÇÕES DE GESTÃO PEDAGÓGICA EM ÂMBITO MUNICIPAL – O CASO DA ESCOLA MARIA NAIR (IPU-CE)

Analisando a fala da Secretária Municipal de Educação em 2009 e minimizando o viés discursivo de um partido de oposição que acabara de assumir o governo, pode-se inferir que as ações educacionais por ela propostas enquanto gestora da educação da rede municipal naquele ano tem como motivação forte, ainda que não se possa afirmar que seja a única, os resultados obtidos pelo município na avaliação da Prova Brasil, um dos componentes do IDEB. Ao referir-se ao município como “falido” na área educacional e como um dos municípios de nota mais baixa no IDEB no estado do Ceará, percebe-se certo constrangimento com esses indicadores, o que, segundo alguns autores, é uma das consequências das políticas de accountability, que se concretiza por meio de uma de suas variáveis: as avaliações externas.
Mostrar mais

126 Ler mais

POSSIBILIDADES DE USO DAS INFORMAÇÕES DO SISTEMA MINEIRO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR NA GESTÃO DAS ESCOLAS

POSSIBILIDADES DE USO DAS INFORMAÇÕES DO SISTEMA MINEIRO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR NA GESTÃO DAS ESCOLAS

(...) contribuir para a redução das desigualdades regionais por meio do desenvolvimento da cultura do trabalho em rede nas escolas públicas e da incorporação das novas tecnologias ao trabalho educativo. Viabilizando a utilização do computador em todas as áreas da escola, o Projeto Escolas em Rede, leva este benefício a um amplo universo escolar, composto de dirigentes, funcionários, especialistas, professores, alunos e comunidade. Outra vantagem é a redução de distâncias entre as escolas de Minas, muitas delas prejudicadas pela extensão territorial ou pelas desigualdades que afetam o Estado. Construindo uma verdadeira rede de intercâmbio ágil e eficiente, o projeto possibilita as escolas da rede pública a atuarem de forma mais articulada e cooperativa (MINAS GERAIS, 2010, p.4).
Mostrar mais

137 Ler mais

Show all 10000 documents...