• Nenhum resultado encontrado

Um espetáculo teatral de um autor importante, consagrado e pouco visto nos palcos brasileiros, o alemão Rainer Werner Fassbinder ( ).

N/A
N/A
Protected

Academic year: 2021

Share "Um espetáculo teatral de um autor importante, consagrado e pouco visto nos palcos brasileiros, o alemão Rainer Werner Fassbinder ( )."

Copied!
17
0
0

Texto

(1)
(2)
(3)

Um espetáculo teatral de um autor importante, consagrado e pouco visto nos palcos brasileiros, o alemão Rainer Werner Fassbinder (1945 – 1982).

Um provocante e provocador estudo de relacionamentos, a peça “Tröpfen Auf Heisse Steine” (Gotas D’Água Sobre Pedras Escaldantes”), foi escrita aos 19 anos por Rainer Werner Fassbinder, que nunca chegou a encená-la ou adaptá-la para o cinema. O ingênuo Franz, de 19 anos, conhece Leopold, um bem-sucedido e sedutor homem de negócios, e vai viver com ele. Leopold é bem mais velho do que Franz, mas no início essa diferença de idade não é um problema. O jogo de manipulação, no entanto, não demora a tomar conta do relacionamento, fazendo com que ambos passem a ver apenas suas diferenças e não mais aquilo que têm em comum. Inicia-se um jogo de torturas psicológicas e agressões mútuas.

Tanto Franz quanto Leopold estão infelizes. Franz perde sua identidade nos desejos de Leopold, que admite se cansar facilmente das coisas, perdendo o interesse depois de passada a exaltação inicial. Leopold domina Franz e o rejeita ao mesmo tempo que o deseja. Franz, em sua ânsia de ser amado, deixa-se levar pelos jogos de Leopold. A situação fica ainda mais confusa quando as ex-namoradas de cada um deles entram em cena, adensando o jogo de poder e encaminhando a situação para um tragicômico e inesperado desfecho.

A presente encenação representa o terceiro espetáculo na trajetória da companhia Empório de

Teatro Sortido, que foi consagrada em 2010 com a montagem da peça “Música Para Cortar Os

Pulsos”, sucesso de crítica e público e prêmio de ‘Melhor Peça Jovem’ pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA)

(4)

A montagem da peça “Gotas D’ água Sobre Pedras Escaldantes” terá temporada inicial de três meses na cidade de São Paulo.

O espetáculo tem como público alvo a platéia habitual de teatro adulto, com foco nas classe A e B. Há, no teor de sua história, também elementos de forte apelo junto ao público LGBT, no entanto não se restringindo de nenhuma forma a ele. Não se trata de um produto “de gueto”.

Pelo contrário: “Gotas D’Água Sobre Pedras Escaldantes” já foi adaptada para o cinema com grande êxito, em 2000, pelo diretor francês François Ozon. O, projeto, portanto, já nasce com certa familiaridade junto ao público. E conta, a seu favor, com o

poder do texto de Fassbinder e de sua relevância artística mundial.

Autor consagrado e texto inédito em sua forma original (o teatro).

Dramaturgia combinando enérgicas doses de sagacidade, humor e teor provocativo, capazes de entreter, perturbar e emocionar.

Potencialidade cênica e currículo destacado dos atores envolvidos no projeto.

O diretor da montagem, assim como Fassbinder, é um profissional que transita entre o Cinema e o Teatro, buscando as particularidades e convergências em cada uma das artes, bem como

(5)

A companhia Empório de Teatro Sortido foi criada em 2010 por Rafael Gomes e Vinicius Calderoni com o projeto de abarcar diversas dimensões da cena contemporânea. Ambos formados cineastas, mas também desdobrando-se pela dramaturgia em cinema, TV e teatro - além de um destacado trabalho musical como compositor e intérprete, no caso de Vinicius -, estabeleceram um coletivo que tem por meta a encenação sólida de textos clássicos e contemporâneos, permitindo-se o intercâmbio

com outras artes, manifestações e tecnologias.

O estabelecimento e o batismo definitivo da companhia deram-se com a estréia da premiada peça “Música Para Cortar Os Pulsos”, também sucesso de público e crítica

Vencedora do tradicional prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte)

de ‘Melhor Peça Jovem de 2010’ e indicada entre ‘As 10 melhores peças em cartaz’ pela revista Veja SP (novembro/ dezembro de 2010). O espetáculo também destacou-se por sua ampla comunicação com um público jovem, ávido por ver-se retratado na ficção.

(6)

Com a peça “Música Para Cortar

Os Pulsos”, a Cia. Empório de

Teatro Sortido garante grande repercussão na mídia e no público. Contabiliza 3 temporadas de

sucesso em São Paulo e quase

15 mil espectadores em mais de 24 cidades brasileiras.

Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA)

Melhor Peça Jovem de 2010

(7)
(8)
(9)

Veículo: O Esta

do de S. Paulo - SP Data: 15/03/2012

Editoria: Cadern o 2 Página: D - 9

3/26/12 www.clippingspbrasil.com.br/banda5/ver.asp?linkimagem=38

1/2 www.clippingspbrasil.com.br/banda5/ver.asp?linkimagem=38

Veículo: Veja São Paulo - SP

Data: 28/03/2012

Editoria: Veja São Paulo Recomenda

(10)
(11)
(12)

LUCIANO CHIROLLI (no papel de Leopold)

Com 25 anos de carreira, formado pela Escola de Arte Dramática (ECA – USP), Luciano Chirolli atuou em espetáculos dos maiores nomes da dramaturgia universal, como Moliére, Shakespeare, Federico García Lorca, Bertolt Brecht, Henrik Ibsen e Anton Tchekhov (autor que encenou em 5 diferentes oportunidades), bem como consagrados autores contemporâneos (José Sanches Sinisterra, Alejandro Jodorowsky, entre outros). Tais trabalhos renderam-no amplo reconhecimento e prêmios como o MAMBEMBE, Governador do Estado e APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte). Recentemente, recebeu o prêmio Shell como melhor ator de 2010 pela montagem de “As Três Velhas”, de Jodorowsky, sob direção de Maria Alice Vergueiro. Já atuou sob a direção de Enrique Diaz (“As Três Irmãs”), Aderbal Freire Filho (“Tio Vanya”), Christiane Jatahy (“Leitor Por Horas”) e Walter Lima Jr. (“Hedda Gabler”). Acumula também passagens pela televisão e pelo cinema, nas quais se insere seu histórico de colaborações com o diretor Rafael Gomes, como no curta metragens Ato II Cena 5 (2004), no qual foi premiado como ‘melhor ator’ no Festival de Gramado, e no seriado “Tudo O Que É Sólido Pode Derreter” (TV Cultura/2009).

THIAGO LEDIER (no papel de Franz)

Thiago Ledier teve sua primeira atuação de destaque no espetáculo de criação coletiva “O Que Eu Entendi do Que o Tom Zé Disse” (2005/ dir: Isabel Setti). Em seguida, iniciou uma bem sucedida parceria com o diretor Zé Henrique de Paula, com quem trabalhou em renomados textos de autores clássicos e contemporâneos. O primeiro deles foi “R&J” (2006), de Joe Calado. De Jez Butterworth, atuou em

“Mojo” (2007). Seguiram-se “Senhora dos Afogados” (2007), de Nelson Rodrigues, e “Cândida” (2008), de Bernard Shawn, todas montagens dirigidas por Zé Henrique de Paula, esta última acumulando quase três anos em cartaz. Atualmente, está no elenco de “Kabul”, do dramaturgo norte-americano Tony Kushner.

(13)

CAROLINE ABRAS (no papel de Anna)

Caroline Abras destacou-se no cinema em curtas metrages, pelos quais foi duas vezes premiada no Festival de Cinema de Gramado. Com “Alguma Coisa Assim” (2006; dir: Esmir Filho), participou da Semana da Crítica do Festival de Cannes, festival no qual esteve também com “Estação” (2009/ dir: Márcia Faria), selecionado para a Competição Oficial. Em longas metragens, participou de “Insolação” (2010/ dir: Felipe Hirsch e Daniela Thomas), do ainda inédito “Augustas” (dir: Francisco Cesar Filho) e protagonizou “Se Nada Mais Der Certo” (2009/ dir: José Eduardo Belmonte), pelo qual recebeu cinco prêmios de ‘melhor atriz’ em festivais, entre eles o Festival do Rio de 2008. Na televisão, esteve nas novelas “Paraíso” (Rede Globo/ 2009), “Tempos Modernos” (Rede Globo/ 2010) e está atualmente no elenco de “Morde & Assopra” (Rede Globo). Estreou no teatro em 2010, à frente da montagem de Babel, texto de Letizzia Russo dirigido por Alvise Camozzi.

GILDA NOMACCE (no papel de Vera) Gilda Nomacce integrou durante cinco anos o Centro de Pesquisa Teatral (CPT), coordenado por Antunes Filho. Lá, desenvolveu e participou do projeto “Prêt-à-Porter” e esteve no elenco dos espetáculos “Fragmentos Troianos” e “Medéia”. Em 2003, fundou com outros atores ex-integrantes do CPT a Companhia da Mentira, cujo primeiro espetáculo, “O Que Você Foi Quando Era Criança?”, adaptado da obra de Lourenço Mutarelli, foi eleito entre os melhores do ano de 2005 e concorreu ao prêmio Shell de melhor texto. Em 2007, a companhia estreou seu segundo espetáculo, “Soslaio”, com direção de Donizeti Mazonas e Gabriela Flores. Também em 2007, Gilda realizou residência artística no Watermill Center, do diretor norteamericano Bob Wilson. Em 2008, atuou em “O Natimorto”, texto de Lourenço Mutarelli e direção de Mário Bortolotto, e em “Rosa de Vidro”, texto de João Fabio Cabral e direção de Ruy Cortez. Em 2009, pela peça “Music Hall”, texto inédito de Jean-Luc Lagarce com direção de Luiz Päetow, foi indicada ao prêmio Shell SP de melhor atriz.

(14)

AUTOR: RAINER WERNER FASSBINDER

Rainer Werner Fassbinder (1956 – 1982) foi um autor de teatro, roteirista e diretor de cinema alemão, considerado um dos mais expressivos nomes do Novo Cinema Alemão. Em uma carreira profissional de menos de 15 anos, Fassbinder dirigiu 40 filmes, alguns deles mundialmente conhecidos, como “As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant”, “Querelle”, “O Casamento de Maria Braun”, entre outros, além do projeto para televisão “Berlin Alexandreplatz”, e escreveu cerca de 18 peças de teatro. Seu trabalho sempre foi fortemente marcado pelo tom provocador e por ressaltar aspectos pouco nobres do comportamento humano. Nome amplamente conhecido da dramaturgia e das artes audiovisuais, Fassbinder teve uma morte precoce, aos 37 anos, e ficou eternamente associado à figura de um autor intenso e visceral. Seus filmes mais importantes encontra-se todos em catálogos na maior parte do mundo ocidental, bem como seus textos para teatro são ainda hoje em dia bastante encenados em dezenas de países.

DIRETOR: RAFAEL GOMES

Formado em Cinema pela FAAP, dirigiu cinco curtas metragens premiados e exibidos em diversos países. Um deles,

Tapa Na Pantera, foi um enorme fenômeno de público na internet, com dezenas de milhões de visualizações. Foi

roteirista e diretor geral da série infanto juvenil Tudo O Que É Sólido Pode Derreter, para a TV Cultura, sucesso de público e crítica (Prix Jeunesse Iberoamericano 2009 – 2º lugar na categoria 12 a 15 anos; “Melhores do Ano” para os jornais Folha e Estado de SP). Criou e dirige o website Música de Bolso, que conta com mais de 300 vídeos de artistas como Pato Fu, Zélia Duncan, Arnaldo Antunes, Vanessa da Mata e Marcelo Camelo, entre outros. Trabalha com direção de videoclipes (Arnaldo Antunes, Zélia Duncan) e shows (5 A Seco) e estreou na autoria e direção teatral com o espetáculo Música Para Cortar Os Pulsos, vencedor do prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) como ‘melhor peça jovem’ de 2010. Recebeu recentemente da Secretaria Municipal de Cultura de SP prêmio para desenvolver o roteiro do projeto de longa metragem Pequeno Cidadão – O Filme.

(15)

Referência Visual para o Cenário

(cenografia – André Cortez)

(16)

Como Patrocinadora a Empresa terá direito a :

-  Exposição em todo material de divulgação da peça, como apresentadora do espetáculo

-  Crédito de apresentador em anúncios de rádios, jornais e revistas e exposição às demais mídias espontâneas -  Exibição do vídeo institucional; Ativação do vídeo também nas redes sociais do espetáculo.

-  Possibilidade de ações de divulgação da empresa - Sessão especial de pré-estréia para patrocinadores

(17)

Isabel Sachs

11 3842 1147 / 11 8964 7789 isabel@euforiaproducoes.com

Referências

Documentos relacionados

HERMÍNIO COELHO (Presidente) – Todas as leis quando elas são feitas de qualquer jeito quando é empurrada de goela abaixo muitas vezes elas são imorais e na maioria das vezes

Since wages are zero up to the graduation

A pesquisa propôs-se como uma análise/estudo do espetáculo Barafonda do grupo teatral paulista Cia São Jorge de Variedades, que estreou no ano de

A pesquisa propôs-se como uma análise/estudo do espetáculo Barafonda do grupo teatral paulista Cia São Jorge de Variedades, que estreou no ano de 2012,

172 LIVRO DE HOMENAGEM - PROFESSOR DOUTOR HUMBERTO CARLOS RAQUERO MORENO.. ñas reunióes de concessáo de

Este trabalho buscou, através de pesquisa de campo, estudar o efeito de diferentes alternativas de adubações de cobertura, quanto ao tipo de adubo e época de

Promovido pelo Sindifisco Nacio- nal em parceria com o Mosap (Mo- vimento Nacional de Aposentados e Pensionistas), o Encontro ocorreu no dia 20 de março, data em que também

Podem treinar tropas (fornecidas pelo cliente) ou levá-las para combate. Geralmente, organizam-se de forma ad-hoc, que respondem a solicitações de Estados; 2)