EDITAL Nº 14/2011-PGEAGRI PDEE CAPES. (Bolsas de doutorado sanduíche no exterior)

Texto

(1)

EDITAL Nº 14/2011-PGEAGRI

PDEE – CAPES

(Bolsas de doutorado sanduíche no exterior)

O Coordenador do Programa de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Engenharia Agrícola, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais e,

Considerando a cota destinada ao PGEAGRI/UNIOESTE pela CAPES para Doutorado Sanduíche no Exterior;

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola – PGEAGRI; de acordo com o calendário da CAPES (anexo I deste edital), receberá inscrições para o Programa de Doutorado no País com Estágio no Exterior - PDEE, para os seus estudantes de doutorado que atendendo aos requisitos especificados abaixo, pretendam realizar estágio doutoral no exterior.

1. OBJETIVO DO PROGRAMA

O PDEE é um programa institucional de bolsas de estágio de doutorando no exterior que reforça a linha de atuação da Capes, orientada pelo princípio de conferir autonomia as IES na utilização dos recursos desta modalidade de apoio com vistas ao fortalecimento da pós-graduação brasileira.

O objetivo do PDEE é contribuir para o estabelecimento e/ou manutenção do intercâmbio científico dos programas de pós-graduação consolidados do país com seus congêneres no exterior, por intermédio da concessão de cotas de bolsas de estágio de doutorando as IES. O PDEE atua de forma complementar aos esforços despendidos pelos programas de pós-graduação no Brasil, na formação de docentes e pesquisadores de alto nível para inserção no meio acadêmico e de pesquisa no país.

2. PROCEDIMENTOS PARA SELEÇÃO

A Coordenação do PGEAGRI procederá à seleção dos candidatos que atendam os requisitos enumerados no item 2, por meio de comissão especialmente constituída para esse fim, sendo:

- Coordenador do PGEAGRI; - um membro externo a UNIOESTE

- um professor (de cada área de concentração do PGEAGRI); - um representante discente.

No processo de seleção, a avaliação do candidato seguirá os seguintes aspectos: 2.1. o atendimento dos requisitos do item 2 na data prevista da seleção.

2.2. a sua plena qualificação, mediante comprovação do desempenho acadêmico e experiência técnico-científica e cultural;

2.3. a qualidade do projeto de tese, a ser elaborado de acordo com as orientações do item 5, e em especial, do plano de atividades a ser executado no exterior;

2.4. a pertinência do plano de atividades no exterior com o projeto de tese e sua exeqüibilidade dentro do cronograma previsto;

(2)

2.5. o compromisso do orientador brasileiro pelo acompanhamento do doutorando durante a realização das atividades propostas para o estágio no exterior; e,

2.6. a adequação da instituição de destino e pertinência técnicientífica do co-orientador estrangeiro às atividades a serem desenvolvidas.

3. DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA DO CANDIDATO PARA SELEÇÃO NA IES

O candidato deverá verificar com antecedência junto a Secretaria do PGEAGRI a disponibilidade da bolsa de estágio no exterior para iniciar o processo de inscrição e seleção.

O candidato deverá entregar requerimento de candidatura à bolsa do PDEE (anexo II) e termo de Ciência (anexo III) devidamente preenchidos na Secretaria do PGEAGRI, juntamente com os documentos citados a seguir:

3.1. Formulário de inscrição, devidamente preenchido, conforme modelo em anexo; 3.2. projeto de tese em português de acordo com as orientações constantes no item 5, deste documento;

3.3. histórico da graduação e da pós-graduação incluindo o doutorado em andamento; 3.4. currículo do candidato, preenchido na plataforma LATTES no endereço: www.cnpq.br e anexado à inscrição on-line;

3.5. carta do orientador brasileiro justificando a necessidade do estágio e demonstrando interação e/ou relacionamento técnico-científico com o co-orientador no exterior para o desenvolvimento das atividades propostas;

3.6. Termo de Aprovação e de Responsabilidade pela Candidatura ao PDEE, preenchido e assinado pelo orientador brasileiro, em formulário específico, disponível no endereço capes, acima especificado, no item documentos relacionados.

3.7. carta do co-orientador estrangeiro aprovando o plano e cronograma das atividades no exterior, especificando a data de início e de término do estágio;

3.8. currículo resumido do co-orientador estrangeiro;

3.9. declaração da coordenação do programa informando o prazo regulamentar do aluno para defesa de tese e que os créditos já obtidos no doutorado são compatíveis com a perspectiva de conclusão, em tempo hábil, após a realização do estágio no exterior; e,

3.10. comprovação de aprovação no exame de qualificação e/ou no projeto de tese. 3.11. documento do próprio candidato declarando sua ciência à obrigatoriedade de comprovação de proficiência no idioma, de acordo com as seguintes exigências: a)

língua inglesa deve ser apresentado certificado do Test of English as a Foreign

Language (TOEFL) em uma das modalidades: Paper Based Test com o resultado mínimo de 550 pontos, Computer Based Test com o resultado mínimo de 213 pontos, Internet Based Test com o resultado mínimo de 80 pontos; ou do Test of English for International Communication - TOEIC (mínimo de 605 pontos) ou ainda do International English Language Test - IELTS (mínimo de 6,0 pontos), todos com validade de dois anos. Para TOEFL e TOEIC informações em: http://www.ets.org e para IELTS informações em: http://www.ielts.org; Capes/BEX/Estágio de Doutorando no Exterior – PDEE 2010; b) língua francesa, deve ser apresentado certificado da Aliança Francesa (mínimo de 70 pontos), próprio para submissão de candidatura a bolsa pela Capes, com validade de 1 ano, ou diploma DALF ou DELF(mínimo = B2). Informações em: http://www.aliancafrancesa.com.br/; c) língua alemã, deve ser apresentado certificado do Instituto Goethe com classificação de, no mínimo, nível M III ou C1, para os candidatos das áreas de Ciências Humanas e Ciências Sociais, e G III

ou B1, para as demais áreas. Informações em:

http://www.goethe.de/ins/br/lp/ptindex.htm; d) língua espanhola, deve ser apresentado Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira – DELE – Nível B2 (Intermediário), emitido pelo Instituto Cervantes. Informações sobre o exame para a obtenção do

(3)

referido diploma estão disponíveis nos sites: http://www.saopaulo.cervantes.es e http:// www.diplomas.cervantes.es. Para os candidatos com destino a Argentina, deve ser apresentado Certificado de Español Lengua y Uso (CELU) – Nivel Intermedio. Informações em: http://www.celu.edu.ar/; e) língua Italiana, teste Lato Sensu do Instituto Italiano de Cultura, com aproveitamento igual ou superior a 50%, com validade de 5 anos. Informações em: http://www.iicsanpaolo.esteri.it/IIC_Sanpaolo; f) países de

línguas não especificadas anteriormente devem apresentar certificado de

proficiência no idioma do país, emitido por instituições oficialmente reconhecidas; g)

países de línguas não especificadas anteriormente podem optar por uma das

alternativas elencadas entre os itens de “a” a “e”, desde que haja anuência do co-orientador estrangeiro. Neste caso, também será exigida a comprovação do nível básico ou de curso em andamento na língua do país de destino a fim de demonstrar habilidade satisfatória no idioma do local, o que contribuirá para a adaptação do futuro bolsista; h) candidatos que comprovarem ter residido em um determinado país há no máximo 5 anos, por um período superior a doze meses, com evidência de certificado de estudos formais, estão dispensados da apresentação do certificado de proficiência na língua desse país.

4. ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE TESE

O projeto de tese com, no máximo, dez páginas, deve ser feito com fonte Arial, tamanho 11, espaço entre linhas 1,5 e conter, obrigatoriamente, os itens abaixo:

4.1. título;

4.2. introdução e justificativa;

4.3. objetivos, com definição e delimitação do objeto de estudo; 4.4. metodologia a ser empregada;

4.5. cronograma das atividades relativas à pesquisa e fases subseqüentes, até a defesa da tese;

4.6. plano de atividades no exterior, com indicação da existência de infra-estrutura na instituição de destino que viabilize a execução do trabalho proposto e do cronograma das atividades, formalmente aprovados pelo orientador brasileiro e pelo co-orientador estrangeiro; e,

4.7. bibliografia de referência.

Cascavel, 28 de abril de 2011.

Prof. Dr. Silvio Cesar Sampaio

Coordenador do Programa de Pós-Graduação “Stricto Sensu” em Engenharia Agrícola

(4)

Anexo I do Edital nº 14/2011-PGEAGRI

A apresentação de candidaturas pelo PGEAGRI e pela IES a CAPES seguirá o calendário abaixo: Data de início do estágio no exterior: Inscrições no PGEAGRI: Inscrições na internet site da capes: Prazo de homologação pela Coordenação do PGEAGRI até:

Prazo para envio dos pedidos pelas IES

Resultado da CAPES: Janeiro – Fevereiro Junho 03 de Julho a 16 de Agosto 25 de Agosto 01 de Setembro 30 de Novembro

Março – Abril Julho 03 de

Setembro a 16 de Outubro

25 de Outubro 01 de Novembro 31 de Janeiro

*Maio – Junho

Agosto

03 de

Novembro a 16

de Dezembro 23 de Dezembro 01 de Janeiro 31 de Março Julho – Agosto

Setembro

03 de Janeiro a 16 de

Fevereiro 25 de Fevereiro 01 de Março 31 de Maio Setembro –

Outubro Outubro

03 de Março a

16 de Abril 25 de Abril 01 de Maio 31 de Julho Novembro –

Dezembro Abril

03 de Maio a

16 de Junho 25 de Junho 01 de Julho

30 de Setembro

*Visto que o prazo de envio do pedido a CAPES irá coincidir com o final do ano, a coordenação do PGEAGRI solicita aos candidatos selecionados para o estágio no exterior que cumprem respectivas etapas do processo sempre no início do período indicado. Desse modo, o candidato pode se precaver de maiores transtornos causados pela época de férias e recesso acadêmico,

“Check list” dos documentos a serem apresentados no ato da inscrição:

Descrição detalhada dos documentos no item 5 das Orientações para Apresentação à IES de Candidaturas ao PDEE.

Conferência pelo candidato

1. Formulário de Inscrição para Estágio de Doutorando no Exterior. [ ] 2. Projeto de tese, com o plano de atividades no exterior, aprovado pelo

orientador brasileiro e co-orientador no exterior. [ ] 3. Históricos da graduação e da pós-graduação, incluindo o doutorado em

andamento

[ ] 4. Documento do próprio candidato, declarando sua ciência à obrigatoriedade

de comprovação de proficiência no idioma.

[ ] 5. Carta do orientador brasileiro justificando a necessidade do estágio e

demonstrando interação e/ou relacionamento técnico científico com o co-orientador no exterior, para o desenvolvimento das atividades propostas.

[ ]

6. Termo de Aprovação e de Responsabilidade, preenchido e assinado pelo

orientador brasileiro. [ ]

7. Carta do co-orientador no exterior aprovando o plano e cronograma das

atividades no exterior. [ ]

8. Currículo resumido do co-orientador estrangeiro. [ ] 9. Declaração da Coordenação do Programa referente ao prazo regulamentar

do curso e expectativa para defesa de tese.

[ ] 10. Comprovante de aprovação no exame de qualificação e/ou no projeto de

tese.

(5)

Anexo II, do Edital nº 014/2011, de 28/04/2011

REQUERIMENTO PARA CANDIDATURA NO PROGRAMA DE DOUTORADO NO PAÍS COM ESTÁGIO NO EXTERIOR – PDEE/CAPES 1. IDENTIFICAÇÃO: Nome do Candidato: Endereço: Rua: N0: Bairro: CEP: Cidade: Estado: E-Mail: Telefones:

Carteira de Identidade: Órgão e data de emissão:

CPF: Titulo de eleitor:

Passaporte: Data de emissão:

2. ÁREA DE CONCENTRAÇÃO E LINHA DE PESQUISA:

Área de concentração Linha de pesquisa

( ) Engenharia de Sistemas Agroindustriais ( ) Tecnologia da Produção Agrícola ( ) Agroindústria

( ) Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental ( ) Recursos Hídricos ( ) Saneamento Ambiental

Eu, ______________________________________________________________, aluno(a) regularmente matriculado(a) no curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, venho respeitosamente encaminhar a documentação abaixo relacionada para apresentação de candidatura ao Programa de Bolsa PDEE da CAPES:

( ) Formulário de inscrição devidamente preenchido;

( ) Projeto de tese (conforme as orientações do Manual de Orientações da CAPES), com o plano de atividades no exterior, aprovado pelo orientador brasileiro e co-orientador no exterior;

( ) Históricos da graduação e da pós-graduação, incluindo o doutorado em andamento; ( ) Curriculum vitae extraído da Plataforma Lattes;

( ) Documento do próprio candidato, declarando sua ciência à obrigatoriedade de comprovação de proficiência no idioma; ( ) Carta do orientador brasileiro justificando necessidade do estágio e demonstrando interação e/ou relacionamento

técnico-científico com o co-orientador no exterior para o desenvolvimento das atividades propostas;

( ) Termo de Aprovação e Responsabilidade pela candidatura ao PDEE, preenchido e assinado pelo orientador brasileiro; ( ) Currículo resumido do co-orientador estrangeiro;

( ) Carta do co-orientador no exterior no exterior devidamente assinada e em papel timbrado da instituição de origem, aprovando o plano e o cronograma das atividades no exterior, especificando a data de início e de término do estágio; ( ) Currículo resumido do co-orientador estrangeiro;

( ) Declaração da Coordenação do PGEAGRI referente ao prazo regulamentar do curso e que os créditos já obtidos no doutorado são compatíveis com a perspectiva de conclusão em tempo hábil, após a realização do estágio no exterior; ( ) Comprovante de aprovação no exame de qualificação e/ou no projeto de tese.

Declaro estar ciente que a documentação acima relacionada será analisada tecnicamente pela Comissão Pós-Graduação, e caso seja constatada alguma irregularidade, ficará sob minha inteira responsabilidade corrigir as falhas ou encaminhar a documentação sem correção.

Cascavel, ___de_________ de 20___. __________________________________

Assinatura do(a) aluno(a) Assinatura do Orientador: ( ) De acordo

(6)

Anexo III, do Edital nº 014/2011, de 28/04/2011

TERMO DE CIÊNCIA

1. IDENTIFICAÇÃO:

Nome do(a) aluno(a):

Nacionalidade: Estado Civil:

Endereço

Rua: N0:

Bairro: CEP:

Cidade: Estado:

E-Mail: Telefones:

Carteira de Identidade: Órgão e data de emissão:

CPF: Titulo de eleitor:

Passaporte: Data de emissão:

Declaro estar ciente da obrigatoriedade de defender minha tese até _____/______/_____

1

caso seja contemplado(a) com 01 cota de bolsa PDEE da CAPES.

Declaro ainda, estar ciente que o não cumprimento do prazo acima citado implicará na

devolução de todas as parcelas da bolsa pagas pela CAPES, bem como dedução de cota de

bolsa PDEE do Programa no qual estou regularmente matriculado(a).

Cascavel, ___de_________ de 20___.

_____________________________________ Assinatura do(a) aluno(a)

1 Não ultrapassar 48 meses no período total do doutorado, devendo o tempo de permanência no exterior ser previsto de modo a

restarem, no mínimo, 6 (seis) meses no Brasil para a redação final e defesa da tese. (Manual de Orientações da CAPES).

Imagem

Referências