Os 7 Erros que te Impedem de Pentear

26 

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Loading....

Texto

(1)

Os

7

Erros que te

Impedem de

(2)

CONTEÚDO

V

OCÊ QUER PENTEAR DE VERDADE

? ... 3

E

RRO

N

ÚMERO

1

-

A

NSIEDADE EM PENTEAR

... 5

E

RRO NÚMERO

2

-

E

SCOLHA DE

P

RODUTOS INCORRETOS

... 7

E

RRO

N

ÚMERO

3

L

AVAGEM

I

NCORRETA

... 11

E

RRO NÚMERO

4

P

REPARAÇÕES

I

NADEQUADAS

... 14

E

RRO NÚMERO

5

F

ALTA DE

O

RGANIZAÇÃO

... 18

E

RRO NÚMERO

6

P

OSTURA

I

NCORRETA

... 21

E

RRO NÚMERO

7

F

ALTA DE

C

OMEÇO

,

M

EIO E

F

IM

... 23

(3)

V

OCÊ QUER PENTEAR DE VERDADE

?

Então precisa conhecer os 7 erros que impedem o profissional de pentear com maestria, é muito importante que você os conheça bem para eliminá-los do seu dia-a-dia, pois caso você não tenha essa consciência, se sabota sem perceber e dificulta seu trabalho tornando o penteado um bicho de 7 cabeças.

Eu estou acostumada a ouvir no mercado vários comentários estranhos, tais como:

"Não consigo pentear" "Não nasci com o dom"

"Este tipo de cabelo não é bom para penteado" "Esta cliente tem cabelo demais, vou me perder"

"Esta cliente não tem cabelo, é muito fino, não sei o que fazer." "Meus penteados não duram até o final da festa"

(4)

"Tenho medo, total insegurança.."

E por aí vai... A lista de comentários e sensações desagradáveis é bem longa e acho tudo isso uma tristeza, afinal ninguém merece trabalhar com medo e insegurança.

(5)

E

RRO

N

ÚMERO

1

-

A

NSIEDADE EM PENTEAR

Eu vejo uma grande ansiedade do profissional em sair penteando e isso atrapalha demais o profissional, pois antes de pentear existem alguns passos a serem seguidos...

1º PASSO - DIAGNÓSTICO - CONVERSA COM A CLIENTE.

É neste momento que o profissional vai estabelecer um diálogo e ouvir de verdade sua cliente, pois somente ela pode te passar as informações preciosas que precisamos saber... Até porque muitas vezes ela já se imagina pronta para aquela festa , e precisa nos explicar o que está passando em sua mente pois assim nosso atendimento será mais assertivo, e vai nos poupar tempo uma vez que vamos trilhar o melhor caminho para aquela cliente em especial.

E é aqui que ela expõe suas insatisfações como orelhas, testa, nariz, pescoço, cicatrizes, etc. E também fala de seus sonhos e como se sente melhor...

(6)

Ou seja, é exatamente aqui que ela vai nos fornecer uma fórmula mágica para fazer seu penteado.

É necessário olhar nos olhos desta cliente, ouvir de verdade e estabelecer uma sintonia, e é neste momento que já começamos a pentear, porque se eu não consegui ouvir o que a cliente me diz , corro o risco de pegar exatamente o caminho oposto do que ela me pediu e colher a consequência de ter uma cliente totalmente insatisfeita como resultado final.

Então esteja aberto e muito atento quando sua cliente te mostrar uma foto, uma imagem daquilo que ela imaginou e gostaria de fazer...

(7)

E

RRO NÚMERO

2

-

E

SCOLHA DE

P

RODUTOS

INCORRETOS

Existe no mercado uma grande variedade de marcas e produtos!

Se o profissional escolher o produto errado, vai arrumar um grande problema com o cabelo, pois vai ficar pesado, às vezes rígido demais e o resultado do penteado com toda certeza será estranho.

Inclusive a textura do cabelo fica difícil de ser manuseada e o cabelo engancha na escova e não desliza de forma leve e confortável como deveria ser tanto para a cliente como para o profissional.

Às vezes eu vejo o profissional usar um determinado produto e da certo, em outra situação ele usa o mesmo produto e não dá certo, o resultado disso é que ora da certo e ora não dá certo, e o profissional fica perdido e inseguro.

(8)

Vou compartilhar com vocês agora a regra que eu uso em relação aos produtos para facilitar meu trabalho.

Primeiro dê preferência para marcas que possuem produtos fortes, porém flexíveis para que o cabelo fixe, mas sem ficar duro, pois isso deixa o penteado artificial e a cliente odeia este efeito...

A forma que eu utilizo os produtos é esta:

Não citarei as marcas, pois a escolha do produto está ligada ao que a empresa lhe oferece. Por termos tantas opções, citarei os principais e indispensáveis produtos para construirmos um look do começo ao fim.

Leave-in, utilizados depois da lavagem, antes de desembaraçar o cabelo:

leave-in Líquido: pode ser utilizado em qualquer tipo de estrutura, pois sua textura é leve

(9)

Produtos para fixação e polimento:

Spray - Forte porém flexível: usado para toda a montagem do penteado e no passo da

preparação por exemplo, quando estamos preparando com babyliss.

Obs: Este é o principal produto, eu chamo de coringa, usamos praticamente

em todos os momentos do trabalho...

Spray Super Forte : usado para finalizar o penteado depois que mostramos para a cliente e ela

amou o resultado, aplicamos para garantir especialmente a durabilidade de topetes e moicanos.

Obs: Jamais utilizo para finalizar cachos e ondas soltas, pois tiraria o movimento dos fios, ficando artificial com aspecto duro...

E o ideal é que seja sempre aplicado a um palmo de distância para não molhar demais o cabelo...

(10)

Mousse Forte: Utilizado para a preparação de todos os cabelos finos, com pouco volume ou progressivas...

Aplicamos em pequenas quantidades no cabelo úmido, depois da lavagem.

Atenção, o excesso de qualquer produto é sempre um problema, então o ideal é ir aplicando em pequenas quantidades de acordo com a necessidade de cada cabelo.

Spray de Brilho: utilizamos para acabamentos em tranças, movimentos torcidos.

Ceras e Pomadas: utilizamos para melhor definição de acabamento e movimentos torcidos... Silicones e óleos: Auxilia nos acabamentos de cabelos novos e pontas desconectadas.

(11)

E

RRO

N

ÚMERO

3

L

AVAGEM

I

NCORRETA

Se lavarmos o cabelo de forma errada, a confusão já começa no lavatório...

Este é um tema bastante polêmico. No decorrer dos anos que estive dando curso de penteado pelo Brasil, eu escutei e ainda escuto muitos comentários, inclusive um absurdo de que

profissionais ensinam a deixar o cabelo sujo para fazer penteado, pois fica melhor. Porém eu posso garantir que isso não existe. Outro comentário muito forte que escutamos é que não se usa condicionador no dia de fazer penteado. Eu discordo, de forma alguma acho que isso

funciona.

Eu tenho a seguinte opinião: nós temos que dar para o cabelo tudo aquilo que ele pede. Basta você fazer um diagnóstico, ver, sentir e ouvir o que a sua cliente fala. Ela vai dizer que ele é muito oleoso, ou que está muito seco, que a ponta está seca e a raiz oleosa… Enfim, nós receberemos várias informações da cliente, e na hora que você tocar nele, também sentirá. Por isso o diagnóstico que se fala a nível universal é: ver, sentir e ouvir. Dessa forma você pode

(12)

fazer um diagnóstico muito rápido daquilo que aquele cabelo precisa.

Nós vamos trabalhar com a lavagem dentro daquilo que o cabelo pede

Sempre há várias opções de shampoo em uma bancada de lavatório. Eu vou usar, caso o

cabelo da minha cliente seja extremamente oleoso, o shampoo de limpeza, purificante, passar duas, três vezes, até que retire todo o excesso de oleosidade. Se for normal, vou lavar com shampoo de uso diário, frequente. Se for colorido ou mechado, também vou usar o shampoo específico e o adequando de cada marca que trabalho. E os cabelos com progressivas e

selamentos? Você pode lidar com ele como se fossem oleosos, ou como se fosse normais. Você fará o diagnóstico como profissional e usar a linha de shampoo que achar melhor.

Resumindo: No dia do penteado, você deve lavar o cabelo de sua cliente com o produto coringa, que é shampoo de uso diário de lavatório.

(13)

E o condicionador nós vamos utilizar todas as vezes que o cabelo pedir.

Cabelos longos, com mecha, loiros, que embaraçam sozinho, finos… Ou seja, em quase todas as situações. Porém, no dia da lavagem do penteado é uma lavagem só de condicionamento, para desembaraçar. Nada de creme de tratamento. Então deve-se usar um condicionador que

desembaraça, mas que não trata. Deve ser passado apenas no comprimento e nas pontas. Aplique desembarace exangue todo o creme, seque com toalha e leve-a para a cadeira para começar a preparação.

Em quais casos não deve-se usar condicionador? Em cabelos naturais curtos, em cabelos que dispensam esse tipo de produto.

O que eu quero neste momento é tirar o mito de que não pode passar o condicionador no dia de fazer o penteado preso.

Quando a cliente sai de casa, e comenta que secou o cabelo, muitas vezes ele secou amassado, o que vai virar um problema para prepará-lo. Então pelo menos devemos fazer uma lavagem rápida com shampoo, para tirar toda a marcação e peso. Até porque, quando ela lava em casa, nós não sabemos como foi feita a lavagem, se tem excesso de tratamento na raiz,

(14)

E

RRO NÚMERO

4

P

REPARAÇÕES

I

NADEQUADAS

Se esta etapa for construída de forma inadequada o profissional vai levar um baile na hora de pentear e além de demorar muito para executar o trabalho, o penteado fica estranho...

Sem dúvida este é um dos maiores erros que te impedem de pentear, para cada estrutura de cabelo existe uma preparação específica.

Costumo dizer que quando um cabelo é bem preparado é como se ele sorrisse para você, ou seja, você coloca o cabelo onde quer na hora de pentear pois ele te obedece...

(15)

PARA CABELOS FINOS, COM POUCO VOLUME E PROGRESSIVA.

Lavamos aplicamos mousse forte e secamos 100% o cabelo criando bastante volume, e seguimos a preparação na parte posterior com a técnica do lamine que consiste em fazer rolinhos de dedo, embalar com papel alumínio e na sequencia chapar por aproximadamente 10 segundos cada mecha.

Obs: a preparação com lamine é uma das preparações que tem uma durabilidade extraordinária e tem como resultado um volume 3x maior do que a cliente tem.

E na área de topo fazemos a preparação com babyliss para termos como resultado levantamento de raiz.

(16)

PARA CABELOS GROSSOS E VOLUMOSOS

Para preparação deste tipo de textura, após a lavagem aplicamos um leave-in que pode ser em forma de loção ou creme, tiramos o excesso de água com o secador, fazemos as divisões e efetuamos uma escova bem modelada se preocupando em dominar a raiz e na sequencia fazemos a colocação de bobs de velcro para não marcar ou rolinhos de dedos .

(17)

PARA CABELOS FÁCEIS DE MODELAR

Neste caso é um cabelo que responde super bem, então após a lavagem aplicamos um leaven-in liquido de forma bem leve, depois secamos todo o cabelo, dividimos e executamos uma escova com levantamento de raiz e uma dica bacana é ir deixando as escovas no cabelo e ir trocando, desta forma ele modela muito rápido e na sequencia fazemos rolinhos de dedos e liberamos para a maquiagem.

(18)

E

RRO NÚMERO

5

F

ALTA DE

O

RGANIZAÇÃO

Outro erro que você não pode cometer é não se organizar para executar um penteado pois o trabalho acaba demorando demais e o profissional fica atrapalhado e sai atropelando tudo...

O carrinho de trabalho, antes de iniciar qualquer penteado, deve estar organizado com todos os produtos que vamos utilizar, como: mousse, spray de fixação forte porém flexível, spray de brilho, spray ultraforte pra finalizar, escova raquete, elástico para as amarrações, e o restante, que são os grampos que estão no bracelete e o cinturão porta acessórios, que ajuda muito o profissional na hora de fazer o penteado. Às vezes a equipe está ocupada e não pode ajudar, então meu material já está comigo, o que dá velocidade e facilidade na hora da execução.

É assim que devemos nos preparar para nosso trabalho. Nosso carrinho deve estar impecável, com tudo aquilo que utilizaremos. Sua ferramenta de trabalho tem que estar à sua disposição,

(19)

do seu lado, pois não há nada mais chato e irritante do que você estar fazendo o penteado, como por exemplo o rabo de cavalo, olhar no carrinho e perceber que está sem o elástico. Às vezes o salão está uma loucura e não tem ninguém para te ajudar. Então você tem que soltar todo o cabelo e procurar os acessórios que precisa. Isso é perda de tempo e mostra desorganização.

Essa é a regra da minha casa. Eu, inclusive, checo todo o meu carrinho de trabalho e todo o meu material. Tudo o que eu preciso tem que estar em minha mão, junto comigo, de fácil acesso.

Toda essa organização mostra aos clientes que estão ao redor a sua postura de trabalho e seu profissionalismo.

Já citei em vários eventos o caso de você estar penteando e o cliente estar com o celular na orelha, falando, virando a cabeça, conversando… Isso atrapalha demais o profissional na hora de executar o trabalho. Então, quanto mais postura e organização melhor. Você é o modelo pra

(20)

sua cliente. Ela se comporta no ritmo do seu comportameto. É claro que a brincadeira é bem-vinda, e a conversa é necessária, mas tudo dentro de um contexto muito bem direcionado. Isso é o que faz com que a gente chegue no final do dia, depois de uma agenda bombando, ainda inteiro. Seu comportamento é tão profissional, mas ao mesmo tempo tão leve e divertido, que não dá abertura para confusão nenhuma, nem da sua cliente, nem da sua equipe que está ao seu redor.

(21)

E

RRO NÚMERO

6

P

OSTURA

I

NCORRETA

Se você estiver com o corpo na posição errada, você não consegue pentear.

Quero chamar a sua atenção para que você perceba o modo que trabalha com sua cliente.

Devemos estar um passo atrás da cliente, para uma mobilidade melhor de braço e de cotovelo, de forma confortável. Deste ângulo, podemos ver todo o posterior e as laterais, e o frontal deve ser visto através do espelho. Este é o momento de fortalecer sua imagem e mostrar seu profissionalismo. Além disso, trabalhar com uma postura correta também significa saúde e bem-estar. Depois de um dia agitado, é normal ter dor na coluna, então precisamos trabalhar de uma forma confortável.

Outra citação importante é sobre a força que temos no pulso. Os movimentos precisam ser precisos, porém leves. Se a cliente estiver movendo muito a cabeça, cavalgando, é sinal de que devemos sentir nossa força, pois deve estar em excesso .

É preciso sentir a força do seu pulso, da sua mão, como você se posiciona diante de sua cliente, se tem uma postura elegante e confortável.

(22)

Um outro detalhe que deve ser observado é em relação ao domínio dos dedos. Quando nós falamos de penteado preso, estamos falando de dedos. Ao segurar uma mecha, ela se

posiciona nos dedos polegar, indicador e médio. O cabelo nem chega a tocar na palma da mão. Devemos utilizar a ponta dos dedos.

Mais um detalhe importante que observo nos treinamentos é a colocação do grampo. Ela é feita com a ondulação para cima, e toda vez que toco no grampo, deve ser na parte de trás. Toda a área da frente deve estar livre. Para colocar no cabelo, basta empurrar com o indicador, e ele entra perfeitamente. Observe bem a forma que você utiliza os grampos.

Muitos profissionais tocam na parte da frente, então não há área de colocação, pois o dedo chega antes da estrutura do grampo. Grande parte da dificuldade dos profissionais está nessa colocação.

(23)

E

RRO NÚMERO

7

F

ALTA DE

C

OMEÇO

,

M

EIO E

F

IM

Um dos grandes erros dos profissionais é começar a pentear sem ter todo o passo a passo do penteado na sua mente, começo, meio e fim.

Eu citei vários detalhes, como organização, postura corporal, preparação, etc.

Pentear nesse momento se torna uma consequência natural de tudo o que foi visto anteriormente.

Então vamos falar agora de Desenho Mental

Então vamos falar agora de Desenho Mental

Então vamos falar agora de Desenho Mental

Então vamos falar agora de Desenho Mental

O que eu quero falar neste momento de mais importante é que, depois que

estamos totalmente organizados, com a preparação efetuada e o carrinho

organizado, o passo a passo do penteado tem que acontecer na nossa mente.

na nossa mente.

na nossa mente.

na nossa mente.

As sessões de trabalho que vou

As sessões de trabalho que vou

As sessões de trabalho que vou

(24)

sempre existe uma base da área de penteado, onde tudo vai acontecer ou para

sempre existe uma base da área de penteado, onde tudo vai acontecer ou para

sempre existe uma base da área de penteado, onde tudo vai acontecer ou para

sempre existe uma base da área de penteado, onde tudo vai acontecer ou para

ela, ou ao redor dela. Para pentearmos com facilidade tudo precisa ser muito

ela, ou ao redor dela. Para pentearmos com facilidade tudo precisa ser muito

ela, ou ao redor dela. Para pentearmos com facilidade tudo precisa ser muito

ela, ou ao redor dela. Para pentearmos com facilidade tudo precisa ser muito

bem organizado, dividido, secionado, e eu vou evoluindo o desen

bem organizado, dividido, secionado, e eu vou evoluindo o desen

bem organizado, dividido, secionado, e eu vou evoluindo o desen

bem organizado, dividido, secionado, e eu vou evoluindo o desenho do

ho do

ho do

ho do

penteado aos poucos

penteado aos poucos

penteado aos poucos

penteado aos poucos. Peço para você prestar bastante atenção na postura

corporal, no movimento das mãos, dos dedos, ir corrigindo tudo aquilo que for

necessário.

Antes de tocar na cliente para pentear, eu já preciso ter na minha mente começo, meio

Antes de tocar na cliente para pentear, eu já preciso ter na minha mente começo, meio

Antes de tocar na cliente para pentear, eu já preciso ter na minha mente começo, meio

Antes de tocar na cliente para pentear, eu já preciso ter na minha mente começo, meio e

e

e

e

fim ou seja todos os passos definidos...

fim ou seja todos os passos definidos...

fim ou seja todos os passos definidos...

fim ou seja todos os passos definidos...

(25)
(26)

A

TENÇÃO

-

L

EIA

Tenho certeza que você percebeu que pentear na base do truque trás sensações como medo, insegurança e frio na barriga, o melhor caminho é pentear através da técnica e da informação correta é mais fácil e prazeroso e é por isso que eu convido você a dar um passo mais

profundo na área de penteados e conhecer o método que eu desenvolvi ao longo de 29 anos de carreira que está fazendo um grande sucesso em todo Brasil.

É um programa muito especial, e para você conhecer este método revolucionário, basta acessar: www.Lucianarosa.com.br/cursoonline

Imagem

Referências

temas relacionados :